O slideshow foi denunciado.

Comunicação eficaz

11.726 visualizações

Publicada em

Dicas para uma comunicação assertiva e eficaz

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

Comunicação eficaz

  1. 1. Como melhorar as suas relações através da comunicação Bia Andrade
  2. 2. Comunicação Todos sabemos que a comunicação é um processocomplexo de troca de informações e que pode ser verbal ou nãoTambém sabemos que nem sempre comunicar é algo fácil e muitas vezes somos presos em registos de comunicação pouco saudáveis, transformando as nossas relações em parcerias conflituosas e infelizesA comunicação é uma das ferramentas mais poderosas que possuímos, ficam aqui dicas para a usarmos a nosso favor na resolução de conflitos e dificuldades relacionais
  3. 3. Dicas Lembrar de respirar antes de começar a comunicar e durante o tempo em que está a comunicar. A respiração ajuda a criarmos distancia do que está a ser dito e a avaliarmos com maior clareza a situação e o que sentimos sobre ela A comunicação começa dentro de nós, falar connosco e perguntar:- O que sinto sobre essa situação- O que penso sobre essa situação- Que impacto essa situação tem agora no meu corpo Depois de respondidas essas questões, estamos mais preparados para falar com o outro Evitar atribuir intenções ao outro. Um dos maiores erros relacionais que fazemos constantemente é a atribuição de intenções aos outros. “Ele disse isso então é porque sente ou quer isso ou aquilo”. Não temos acesso ao mundo interno do outro, apenas ao externo, assim, as suas intenções não são acessíveis para nós. Use a PERGUNTA, uma das melhores ferramentas da comunicação, e questione sobre o que está por trás de determinado comportamento ou verbalização
  4. 4. Dicas Criar um “dicionário comum” com o outro. As palavras não têm o mesmo significado para todas as pessoas, partir do princípio que entendemos o que o outro quer dizer, leva muitas vezes a erros de interpretação. Pergunte sempre:- “ o que queres dizer com isso é…”- “ o que isso significa para ti?” Lembre sempre que melhorar a qualidade da comunicação, também é melhorar a qualidade do tom empregue, dos gestos, da nossa postura, atitudes e expressões do rosto Antes de começar a comunicar, verifique sempre a disponibilidade do outro perguntando “estás disponível para conversar?”. Corremos o risco de receber um não, mas no caso de uma resposta afirmativa, o outro responsabilizou-se também por participar na conversa e não se sentirá forçado a fazê-lo, fazendo com que a comunicação flua melhor
  5. 5. Dicas Em caso de discussão ou conflito, visualize um vidro entre si e o outro, deixe de ouvir o conteúdo do que está a ser dito e passe apenas a observar a forma como aquilo está a ser dito. Assim, conseguirá perceber a emoção presente no outro e poderá dirigir-se diretamente a esta emoção, em vez de ficar preso numa única frequência de comunicação:Exemplo:O que não fazer –A) B) Porque não me enviaste uma Porque não tive mensagem? Não B sentindo-se criticado tempo, estava a tens consideração responde trabalhar! nenhuma!
  6. 6. Dicas No exemplo anterior, B responde na mesma frequência de A justificando-se, e ao fazê-lo está a validar a comunicação de A, mantendo assim a mesma dinâmica, que levará a uma sucessão de “ataque” e “defesa”Exemplo:O que fazer –A) B) Porque não me enviaste Ficaste preocupada? uma mensagem? Não B respira, observa a emoção Não era a minha em A - medo tens consideração intenção preocupar-te nenhuma!
  7. 7. Dicas No exemplo anterior, B ao respirar, criou espaço entre si mesmo e A, deixando de se sentir atacado e assim, conseguiu observar a emoção por detrás da comunicação de A, respondendo diretamente a ela, quebrando a dinâmica e fazendo com que a emoção fosse pacificada
  8. 8. Dicas Comunicar bem consigo mesmo e com os outros, exige equilíbrio emocional, clareza, segurança, auto estima A psicoterapia é uma aliada fundamental na melhoria da qualidade de comunicação, ajudando cada indivíduo a ter uma vida relacional mais rica e menos conflituosa Estamos cá para o ajudar!

×