SlideShare uma empresa Scribd logo
Comunicação nas Relações Interpessoais Ana Kelly Martinez
Objetivos  A importância do autoconhecimento nas relações interpessoais. O papel da comunicação humana nos negócios. A importância de dar e receber feedback. Elementos que compõem as relações humanas. A comunicação e suas estruturas. Como diminuir conflitos.
O que é Relação Interpessoal e  Comunicação Humana?
Comunicação Humana Compreende miríades de formas, através das quais os homens transmitem e recebem idéias, impressões e imagens de toda ordem. Comunicação  vem da palavras latina “communicare” que significa “pôr em comum”.   Comunicação é convivência, baseada no consentimento espontâneo dos indivíduos.
6ª 5ª 2ª 4ª 1ª Veículos ou Transmissores O Processo da Comunicação Humana Mensagem Fonte ou emissor humano Voz Vocabulário Expressão corporal Decodificadores ou receptores (ouvintes) 3ª Retorno ou Feed-back
Feedback
O feedback no comportamento humano e nas relações interpessoais, são importantes para o monitoramento e desenvolvimento pessoal e relacional. Para tornar-se um processo realmente útil, precisa ser, tanto quanto possível:
Dirigido. Oportuno. Específico ao invés de geral. Solicitado ao invés de imposto. Descritivo ao invés de avaliativo. Esclarecido para assegurar comunicação precisa. Compatível com as necessidades (motivação) de ambos, comunicador e receptor.
Comunicação segundo a quantidade de pessoas envolvidas no processo
2. Comunicação Intrapessoal 1. Comunicação Interpessoal 3. Comunicação Intragrupal 4. Comunicação Intergrupal 5. Comunicação de  massa
Relações Interpessoais Em situações de trabalho, compartilhadas por duas ou mais pessoas, há atividade predeterminadas a serem executadas, bem como interações e sentimentos recomendados, tais como: comunicação, cooperação, respeito, amizade. FelaMoscovici
Quais os elementos que compõem  na comunicação e a relação interpessoal ? Os principais elementos são o VERBAL E NÃO-VERBAL
Comunicação Não-Verbal Esse canal corresponde às nossas atitudes e sentimentospara com os outros. Os signos não-verbais importantes são: Linguagem do corpo; Paralinguagens; Vestimenta.
Linguagem do corpo Há cinco elementos importantes na linguagem corporal, a saber: Gestos; Toque; Expressão; Proxêmica. Postura do corpo;
Paralinguagens Descreve os signos não-verbais que acompanham a fala. Há reações e emoções muitas vezes imediatas a mensagem do outro. E ela pode sugerir o estado emocional e ou sua alteração neurológica. Haaaaa; Éeeeeee Hummm
3. Vestimenta Arquiteto Este signo revela a personalidade, situação, status e trabalho das pessoas de certos grupos. Como parte do dia-dia e fundamental na comunicação, a vestimenta, a indumentária, está presente visualmente em todas as pessoas e sociedades.  Professor Professor Engenheiro Advogado Juiz Médico
Comunicação Verbal É ideal para descrever idéias, opiniões e argumentosque chamamos de abstratas. A fala é um código de signos regulados por convenções, como a sintaxe e a gramática. Temos registros que classificamos como forte e fracos.  A fala utiliza idiomas e coloquialismos que fazem parte de uma cultura.
Realizando o contato Auto – Apresentação A forma como nos apresentamos para os outros  dependerá da situação comunicativa. Estratégias É uma pequena peça do meio da comunicação, que diz respeito ao comportamento ou à interação. Utilizamos das estratégias a todo momento, mesmo quando não percebemos. Algumas podem constituir umhábito e quando utilizada repetidas vezes, torna-se um ritual.
Estratégias Importantes Redundância Uso de repetição para enfatizaridéias importantes. Feedback O feedback  pode ser enviado pelos canais não-verbal e verbale as respostas são ajustadasao contato e ao estilo da comunicação do emissor e receptor. Perguntas As perguntas servem para certificar o envio da mensagem.
Como diminuir conflitos
Conflitos nas relações interpessoais Para Daniel Webster o conflito pode ocorrer como: Ação competitiva. Estado ou ação antagônica (como idéias, interesses ou pessoas divergentes). Resultado de necessidade, instruções, desejos ou exigências incompatíveis.  Encontro hostil.
Tipos de Conflitos Conflito Interno: perturbações internas pode estar ligado a uma experiência, objetivo ou valores que estão sendo modificados para atenderem determinadas necessidades. Conflito Interpessoal: temos quatro necessidades psicológicas básicas:  ,[object Object]
necessidade de estar no controle.
necessidade de ter auto-estima.
a necessidade de ser coerente.Conflito em grupo: ocorrem em determinados grupos com equipes, departamentos, empresas. Geralmente este tipo de conflito ganha amplitudes maiores por políticas, fofocas ou insinuações.
A comunicação no conflito “A comunicação inadequada gera problemas porque os indivíduos começam a projetar o que eles acreditam ser a motivação da outra parte. Esta lacuna entre a mensagem enviada e a mensagem recebida contribui para os problemas de comunicação.”  PegPickering
Reduza seus conflitos provocados pela comunicação utilizando técnicas como:
Elimine a Linguagem Negativa:  Esta linguagem focaliza o que não pode ser feito.  EX: não posso; não vou; não sou capaz; esqueci de; falhei; ignorei; reclamei de; precisei de; tive que; deveria; sempre; nunca. Substitua a linguagem negativa pela positiva: Objetivo é  salientar o que pode ser feito, alternativas e escolhas.  EX: se...então; sugestão; ponto de vista; perspectivas; opção; bem-vindo; concordo; benefício; excelente
Barreiras na Comunicação
 Observa-se entre as pessoas no processo de comunicação. As barreiras são obstruções muitas vezes desencadeadas  pelas idéias ou valores, interferências físicas ou limitações decorrentes dos símbolos utilizados na comunicação.
Tipos de Barreiras Barreira Física ou  Mecânicas Barreira Semântica Barreira Humana
Barreira física Barreira semântica Barreira humana Interpretação de palavras. Tradução da linguagem. Significado de sinais. Significado de símbolos. Decodificação de gestos. Sentido das lembranças. Limitações pessoais. Hábitos de ouvir. Emoções. Preocupações. Sentimentos pessoais. Motivações.  Espaço físico. Distância. Interferência física. Falhas mecânicas. Ruídos ambientais. Ocorrências locais. Adapatado de CHIAVENATO, Idalberto. Administração e recursos humanos: fundamentos básicos. 2003, p.115.
Barreiras Humanas Mensagem filtrada Barreiras Físicas  DESTINO FONTE Mensagem  bloqueada Barreiras Semânticas Mensagem incorreta Adapatado de CHIAVENATO, Idalberto. Administração e recursos humanos: fundamentos básicos. 2003, p.116.
Criando barreiras comunicativas Avaliando a fonte. Tendo intenções e percepções diferentes. Sendo distraído pelo barulho. Ouvindo o que você espera ouvir. Ignorando comunicações não-verbais.
Barreiras Verbais Uso inadequado da língua portuguesa. Certos nomes insultuosos embora ditos em tom amistoso. Exemplos: boa vida, tubarão, vigarista, vagabundo, pilantra.  Uso de palavras sérias embora ditas em tom jocoso. Exemplos: chefinho, senhor, mestre, meu guia, filósofo. Palavras repetidas constantemente.
Palavras excessivamente familiares e que denotam uma intimidade inexistente entre os interlocutores.  Expressões que menosprezam a capacidade do ouvinte ou sua inteligência. Exemplos: Entendeu? Uso excessivos de exemplos pessoais, contextualizados ou não. Exemplos: Eu..., Em casa..., Uma vez aconteceu comigo Uso de palavras que se referem à nacionalidade, raça, apelido ou tipos regionais e derivados.  Expressões que constituem flagrantes ou mal dissimulados desafios. Exemplos: você está completamente enganado, isso é o que você pensa.
Barreiras Não - Verbais Proximidade excessiva do interlocutor, deixando-o desconfortável: geralmente mantemos uma distância ao redor de um metro, quando falamos com as pessoas. Toques e empurrões constantes nos outros, o que faz com que o interlocutor se afaste. Corpo com desvio de postura. Mexer constantemente nas roupas e acessórios. Não olhar para o interlocutor ou ter um olhar vago.
Gestos exagerados ou repetidos em excesso. Desviar o olhar do interlocutor, fixar o olhar firmemente nos olhos ou em qualquer parte do corpo do interlocutor.  Movimentos tensos durante a fala, tamborilar na mesa ou chacoalhar pernas e pés; ou, o extremo oposto, falar absolutamente parado. Atenção corporal não genuína, quando deveria estar na posição de ouvir.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Comunicação apresentação
Comunicação apresentaçãoComunicação apresentação
Comunicação apresentação
Cassia Dias
 
79361331 barreiras-comunicacao
79361331 barreiras-comunicacao79361331 barreiras-comunicacao
79361331 barreiras-comunicacao
Anabela Silva
 
Relacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalRelacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoal
Leandro Lopes
 
Comunicação verbal não-verbal
Comunicação verbal não-verbalComunicação verbal não-verbal
Comunicação verbal não-verbal
ArmandoTeixeira12
 
Psicologia comunicação
Psicologia   comunicaçãoPsicologia   comunicação
Psicologia comunicação
Arlane
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
Cristina de Souza
 
Barreiras a comunicação
Barreiras a comunicaçãoBarreiras a comunicação
Barreiras a comunicação
Martinha Vilaça
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
Claudio Toldo
 
Comunicação Assertiva - Karime Kamel
Comunicação Assertiva  - Karime KamelComunicação Assertiva  - Karime Kamel
Comunicação Assertiva - Karime Kamel
Karime Kamel
 
GP - Comunicação Interpessoal Julho 08 (aula 1)
GP - Comunicação Interpessoal Julho 08 (aula 1)GP - Comunicação Interpessoal Julho 08 (aula 1)
GP - Comunicação Interpessoal Julho 08 (aula 1)
Vinícius Luiz
 
Comunicação interpessoal comunicação assertiva
Comunicação interpessoal comunicação assertivaComunicação interpessoal comunicação assertiva
Comunicação interpessoal comunicação assertiva
Beatriz123Letras
 
O que é a comunicação
O que é a comunicaçãoO que é a comunicação
O que é a comunicação
luisvicente
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação interpessoal e comunicação assertiva
Comunicação interpessoal e comunicação assertivaComunicação interpessoal e comunicação assertiva
Comunicação interpessoal e comunicação assertiva
fernandosantos7272
 
Relacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20hRelacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20h
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
 
Slides comunicação
Slides comunicaçãoSlides comunicação
Slides comunicação
ciro79
 
Relacionamento interpessoal e equipes de trabalho
Relacionamento interpessoal e equipes de trabalhoRelacionamento interpessoal e equipes de trabalho
Relacionamento interpessoal e equipes de trabalho
Bruno Morais Lopes
 
Gestão conflitos
Gestão conflitosGestão conflitos
Gestão conflitos
Hélder Santos
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
Nome Sobrenome
 
Comunicacao interpessoal (1)
Comunicacao interpessoal (1)Comunicacao interpessoal (1)
Comunicacao interpessoal (1)
damaceno87
 

Mais procurados (20)

Comunicação apresentação
Comunicação apresentaçãoComunicação apresentação
Comunicação apresentação
 
79361331 barreiras-comunicacao
79361331 barreiras-comunicacao79361331 barreiras-comunicacao
79361331 barreiras-comunicacao
 
Relacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalRelacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoal
 
Comunicação verbal não-verbal
Comunicação verbal não-verbalComunicação verbal não-verbal
Comunicação verbal não-verbal
 
Psicologia comunicação
Psicologia   comunicaçãoPsicologia   comunicação
Psicologia comunicação
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
Barreiras a comunicação
Barreiras a comunicaçãoBarreiras a comunicação
Barreiras a comunicação
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
 
Comunicação Assertiva - Karime Kamel
Comunicação Assertiva  - Karime KamelComunicação Assertiva  - Karime Kamel
Comunicação Assertiva - Karime Kamel
 
GP - Comunicação Interpessoal Julho 08 (aula 1)
GP - Comunicação Interpessoal Julho 08 (aula 1)GP - Comunicação Interpessoal Julho 08 (aula 1)
GP - Comunicação Interpessoal Julho 08 (aula 1)
 
Comunicação interpessoal comunicação assertiva
Comunicação interpessoal comunicação assertivaComunicação interpessoal comunicação assertiva
Comunicação interpessoal comunicação assertiva
 
O que é a comunicação
O que é a comunicaçãoO que é a comunicação
O que é a comunicação
 
Comunicação
ComunicaçãoComunicação
Comunicação
 
Comunicação interpessoal e comunicação assertiva
Comunicação interpessoal e comunicação assertivaComunicação interpessoal e comunicação assertiva
Comunicação interpessoal e comunicação assertiva
 
Relacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20hRelacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20h
 
Slides comunicação
Slides comunicaçãoSlides comunicação
Slides comunicação
 
Relacionamento interpessoal e equipes de trabalho
Relacionamento interpessoal e equipes de trabalhoRelacionamento interpessoal e equipes de trabalho
Relacionamento interpessoal e equipes de trabalho
 
Gestão conflitos
Gestão conflitosGestão conflitos
Gestão conflitos
 
Relacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoalRelacionamento interpessoal
Relacionamento interpessoal
 
Comunicacao interpessoal (1)
Comunicacao interpessoal (1)Comunicacao interpessoal (1)
Comunicacao interpessoal (1)
 

Semelhante a Comunicação nas relações interpessoais

3º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento - 16hs
3º Encontro - Comunicação  Eficaz no Atendimento - 16hs3º Encontro - Comunicação  Eficaz no Atendimento - 16hs
3º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento - 16hs
Falarte
 
GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)
GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)
GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)
Vinícius Luiz
 
Comunicação organizacional
Comunicação organizacionalComunicação organizacional
Comunicação organizacional
Gabriela Ferreira
 
Comunicação interpessoal
Comunicação interpessoalComunicação interpessoal
Comunicação interpessoal
tiagom171
 
Português Instrumental - Comunicação - Aula 2.pptx
Português Instrumental - Comunicação - Aula 2.pptxPortuguês Instrumental - Comunicação - Aula 2.pptx
Português Instrumental - Comunicação - Aula 2.pptx
Noelle44
 
Barreiras ao processo de comunicação
Barreiras ao processo de comunicaçãoBarreiras ao processo de comunicação
Barreiras ao processo de comunicação
Leonor Alves
 
aula comunicação.pptx
aula comunicação.pptxaula comunicação.pptx
aula comunicação.pptx
RosaSantos738119
 
Psicologia aula 3 comunicação
Psicologia aula 3 comunicaçãoPsicologia aula 3 comunicação
Psicologia aula 3 comunicação
Cintia Colotoni
 
Apresentação comunicação oral
Apresentação comunicação oralApresentação comunicação oral
Apresentação comunicação oral
Sonia Amaral
 
Comportamento Comunicacional: Passivo - Passividade
Comportamento Comunicacional: Passivo - PassividadeComportamento Comunicacional: Passivo - Passividade
Comportamento Comunicacional: Passivo - Passividade
Catarina Simões
 
Apresentação Comunicação
Apresentação ComunicaçãoApresentação Comunicação
Apresentação Comunicação
Patrícia Ervilha
 
1206745766_contexto_organizacional_e_comunicacao[1].ppt
1206745766_contexto_organizacional_e_comunicacao[1].ppt1206745766_contexto_organizacional_e_comunicacao[1].ppt
1206745766_contexto_organizacional_e_comunicacao[1].ppt
MariaManuelaSampaio
 
1202661643 janine kieling_monteiro
1202661643 janine kieling_monteiro1202661643 janine kieling_monteiro
1202661643 janine kieling_monteiro
cleusa_1968
 
PREVENIR .pdf
PREVENIR .pdfPREVENIR .pdf
PREVENIR .pdf
mariasantana771293
 
PPT Mód. II - Atendimento
PPT Mód. II - AtendimentoPPT Mód. II - Atendimento
PPT Mód. II - Atendimento
Acessasp.formacao
 
Assertividade
AssertividadeAssertividade
Assertividade
JemersonMonte2
 
Curso de chefia e liderança parte 3/6
Curso de chefia e liderança   parte 3/6Curso de chefia e liderança   parte 3/6
Curso de chefia e liderança parte 3/6
ABCursos OnLine
 
Comunicação interpessoal.pptx
Comunicação interpessoal.pptxComunicação interpessoal.pptx
Comunicação interpessoal.pptx
VandaOliveira44
 
Comunicação e expressão
Comunicação e expressãoComunicação e expressão
Comunicação e expressão
lorenatcbenfica
 
Diapositivo comunicação 2 (3)
Diapositivo comunicação 2 (3)Diapositivo comunicação 2 (3)
Diapositivo comunicação 2 (3)
Gabriela Ferreira
 

Semelhante a Comunicação nas relações interpessoais (20)

3º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento - 16hs
3º Encontro - Comunicação  Eficaz no Atendimento - 16hs3º Encontro - Comunicação  Eficaz no Atendimento - 16hs
3º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento - 16hs
 
GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)
GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)
GP - Comunicação Interpessoal Julho 12 (aula 2)
 
Comunicação organizacional
Comunicação organizacionalComunicação organizacional
Comunicação organizacional
 
Comunicação interpessoal
Comunicação interpessoalComunicação interpessoal
Comunicação interpessoal
 
Português Instrumental - Comunicação - Aula 2.pptx
Português Instrumental - Comunicação - Aula 2.pptxPortuguês Instrumental - Comunicação - Aula 2.pptx
Português Instrumental - Comunicação - Aula 2.pptx
 
Barreiras ao processo de comunicação
Barreiras ao processo de comunicaçãoBarreiras ao processo de comunicação
Barreiras ao processo de comunicação
 
aula comunicação.pptx
aula comunicação.pptxaula comunicação.pptx
aula comunicação.pptx
 
Psicologia aula 3 comunicação
Psicologia aula 3 comunicaçãoPsicologia aula 3 comunicação
Psicologia aula 3 comunicação
 
Apresentação comunicação oral
Apresentação comunicação oralApresentação comunicação oral
Apresentação comunicação oral
 
Comportamento Comunicacional: Passivo - Passividade
Comportamento Comunicacional: Passivo - PassividadeComportamento Comunicacional: Passivo - Passividade
Comportamento Comunicacional: Passivo - Passividade
 
Apresentação Comunicação
Apresentação ComunicaçãoApresentação Comunicação
Apresentação Comunicação
 
1206745766_contexto_organizacional_e_comunicacao[1].ppt
1206745766_contexto_organizacional_e_comunicacao[1].ppt1206745766_contexto_organizacional_e_comunicacao[1].ppt
1206745766_contexto_organizacional_e_comunicacao[1].ppt
 
1202661643 janine kieling_monteiro
1202661643 janine kieling_monteiro1202661643 janine kieling_monteiro
1202661643 janine kieling_monteiro
 
PREVENIR .pdf
PREVENIR .pdfPREVENIR .pdf
PREVENIR .pdf
 
PPT Mód. II - Atendimento
PPT Mód. II - AtendimentoPPT Mód. II - Atendimento
PPT Mód. II - Atendimento
 
Assertividade
AssertividadeAssertividade
Assertividade
 
Curso de chefia e liderança parte 3/6
Curso de chefia e liderança   parte 3/6Curso de chefia e liderança   parte 3/6
Curso de chefia e liderança parte 3/6
 
Comunicação interpessoal.pptx
Comunicação interpessoal.pptxComunicação interpessoal.pptx
Comunicação interpessoal.pptx
 
Comunicação e expressão
Comunicação e expressãoComunicação e expressão
Comunicação e expressão
 
Diapositivo comunicação 2 (3)
Diapositivo comunicação 2 (3)Diapositivo comunicação 2 (3)
Diapositivo comunicação 2 (3)
 

Mais de Falarte

4º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento 16 hs
4º Encontro - Comunicação  Eficaz no Atendimento 16 hs4º Encontro - Comunicação  Eficaz no Atendimento 16 hs
4º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento 16 hs
Falarte
 
2º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento - 16 hs
2º Encontro - Comunicação  Eficaz no Atendimento - 16 hs2º Encontro - Comunicação  Eficaz no Atendimento - 16 hs
2º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento - 16 hs
Falarte
 
1º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento-16 hs
1º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento-16 hs1º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento-16 hs
1º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento-16 hs
Falarte
 
Técnicas Para Apresentação de Trabalhos Acadêmicos
Técnicas Para Apresentação de Trabalhos AcadêmicosTécnicas Para Apresentação de Trabalhos Acadêmicos
Técnicas Para Apresentação de Trabalhos Acadêmicos
Falarte
 
4ª aula Como Falar em Público
4ª aula   Como Falar em Público4ª aula   Como Falar em Público
4ª aula Como Falar em Público
Falarte
 
3ª aula como falar em público
3ª aula   como falar em público3ª aula   como falar em público
3ª aula como falar em público
Falarte
 
2ª aula Como Falar em Público
2ª aula   Como Falar em Público2ª aula   Como Falar em Público
2ª aula Como Falar em Público
Falarte
 
1ª aula Como Falar em Público
1ª aula   Como Falar em Público1ª aula   Como Falar em Público
1ª aula Como Falar em Público
Falarte
 
Palestra técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos
Palestra   técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicosPalestra   técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos
Palestra técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos
Falarte
 

Mais de Falarte (9)

4º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento 16 hs
4º Encontro - Comunicação  Eficaz no Atendimento 16 hs4º Encontro - Comunicação  Eficaz no Atendimento 16 hs
4º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento 16 hs
 
2º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento - 16 hs
2º Encontro - Comunicação  Eficaz no Atendimento - 16 hs2º Encontro - Comunicação  Eficaz no Atendimento - 16 hs
2º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento - 16 hs
 
1º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento-16 hs
1º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento-16 hs1º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento-16 hs
1º Encontro - Comunicação Eficaz no Atendimento-16 hs
 
Técnicas Para Apresentação de Trabalhos Acadêmicos
Técnicas Para Apresentação de Trabalhos AcadêmicosTécnicas Para Apresentação de Trabalhos Acadêmicos
Técnicas Para Apresentação de Trabalhos Acadêmicos
 
4ª aula Como Falar em Público
4ª aula   Como Falar em Público4ª aula   Como Falar em Público
4ª aula Como Falar em Público
 
3ª aula como falar em público
3ª aula   como falar em público3ª aula   como falar em público
3ª aula como falar em público
 
2ª aula Como Falar em Público
2ª aula   Como Falar em Público2ª aula   Como Falar em Público
2ª aula Como Falar em Público
 
1ª aula Como Falar em Público
1ª aula   Como Falar em Público1ª aula   Como Falar em Público
1ª aula Como Falar em Público
 
Palestra técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos
Palestra   técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicosPalestra   técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos
Palestra técnicas para apresentação de trabalhos acadêmicos
 

Comunicação nas relações interpessoais

  • 1. Comunicação nas Relações Interpessoais Ana Kelly Martinez
  • 2. Objetivos A importância do autoconhecimento nas relações interpessoais. O papel da comunicação humana nos negócios. A importância de dar e receber feedback. Elementos que compõem as relações humanas. A comunicação e suas estruturas. Como diminuir conflitos.
  • 3. O que é Relação Interpessoal e Comunicação Humana?
  • 4. Comunicação Humana Compreende miríades de formas, através das quais os homens transmitem e recebem idéias, impressões e imagens de toda ordem. Comunicação vem da palavras latina “communicare” que significa “pôr em comum”. Comunicação é convivência, baseada no consentimento espontâneo dos indivíduos.
  • 5. 6ª 5ª 2ª 4ª 1ª Veículos ou Transmissores O Processo da Comunicação Humana Mensagem Fonte ou emissor humano Voz Vocabulário Expressão corporal Decodificadores ou receptores (ouvintes) 3ª Retorno ou Feed-back
  • 7. O feedback no comportamento humano e nas relações interpessoais, são importantes para o monitoramento e desenvolvimento pessoal e relacional. Para tornar-se um processo realmente útil, precisa ser, tanto quanto possível:
  • 8. Dirigido. Oportuno. Específico ao invés de geral. Solicitado ao invés de imposto. Descritivo ao invés de avaliativo. Esclarecido para assegurar comunicação precisa. Compatível com as necessidades (motivação) de ambos, comunicador e receptor.
  • 9. Comunicação segundo a quantidade de pessoas envolvidas no processo
  • 10. 2. Comunicação Intrapessoal 1. Comunicação Interpessoal 3. Comunicação Intragrupal 4. Comunicação Intergrupal 5. Comunicação de massa
  • 11. Relações Interpessoais Em situações de trabalho, compartilhadas por duas ou mais pessoas, há atividade predeterminadas a serem executadas, bem como interações e sentimentos recomendados, tais como: comunicação, cooperação, respeito, amizade. FelaMoscovici
  • 12. Quais os elementos que compõem na comunicação e a relação interpessoal ? Os principais elementos são o VERBAL E NÃO-VERBAL
  • 13. Comunicação Não-Verbal Esse canal corresponde às nossas atitudes e sentimentospara com os outros. Os signos não-verbais importantes são: Linguagem do corpo; Paralinguagens; Vestimenta.
  • 14. Linguagem do corpo Há cinco elementos importantes na linguagem corporal, a saber: Gestos; Toque; Expressão; Proxêmica. Postura do corpo;
  • 15. Paralinguagens Descreve os signos não-verbais que acompanham a fala. Há reações e emoções muitas vezes imediatas a mensagem do outro. E ela pode sugerir o estado emocional e ou sua alteração neurológica. Haaaaa; Éeeeeee Hummm
  • 16. 3. Vestimenta Arquiteto Este signo revela a personalidade, situação, status e trabalho das pessoas de certos grupos. Como parte do dia-dia e fundamental na comunicação, a vestimenta, a indumentária, está presente visualmente em todas as pessoas e sociedades. Professor Professor Engenheiro Advogado Juiz Médico
  • 17. Comunicação Verbal É ideal para descrever idéias, opiniões e argumentosque chamamos de abstratas. A fala é um código de signos regulados por convenções, como a sintaxe e a gramática. Temos registros que classificamos como forte e fracos. A fala utiliza idiomas e coloquialismos que fazem parte de uma cultura.
  • 18. Realizando o contato Auto – Apresentação A forma como nos apresentamos para os outros dependerá da situação comunicativa. Estratégias É uma pequena peça do meio da comunicação, que diz respeito ao comportamento ou à interação. Utilizamos das estratégias a todo momento, mesmo quando não percebemos. Algumas podem constituir umhábito e quando utilizada repetidas vezes, torna-se um ritual.
  • 19. Estratégias Importantes Redundância Uso de repetição para enfatizaridéias importantes. Feedback O feedback pode ser enviado pelos canais não-verbal e verbale as respostas são ajustadasao contato e ao estilo da comunicação do emissor e receptor. Perguntas As perguntas servem para certificar o envio da mensagem.
  • 21. Conflitos nas relações interpessoais Para Daniel Webster o conflito pode ocorrer como: Ação competitiva. Estado ou ação antagônica (como idéias, interesses ou pessoas divergentes). Resultado de necessidade, instruções, desejos ou exigências incompatíveis. Encontro hostil.
  • 22.
  • 23. necessidade de estar no controle.
  • 24. necessidade de ter auto-estima.
  • 25. a necessidade de ser coerente.Conflito em grupo: ocorrem em determinados grupos com equipes, departamentos, empresas. Geralmente este tipo de conflito ganha amplitudes maiores por políticas, fofocas ou insinuações.
  • 26. A comunicação no conflito “A comunicação inadequada gera problemas porque os indivíduos começam a projetar o que eles acreditam ser a motivação da outra parte. Esta lacuna entre a mensagem enviada e a mensagem recebida contribui para os problemas de comunicação.” PegPickering
  • 27. Reduza seus conflitos provocados pela comunicação utilizando técnicas como:
  • 28. Elimine a Linguagem Negativa: Esta linguagem focaliza o que não pode ser feito. EX: não posso; não vou; não sou capaz; esqueci de; falhei; ignorei; reclamei de; precisei de; tive que; deveria; sempre; nunca. Substitua a linguagem negativa pela positiva: Objetivo é salientar o que pode ser feito, alternativas e escolhas. EX: se...então; sugestão; ponto de vista; perspectivas; opção; bem-vindo; concordo; benefício; excelente
  • 30. Observa-se entre as pessoas no processo de comunicação. As barreiras são obstruções muitas vezes desencadeadas pelas idéias ou valores, interferências físicas ou limitações decorrentes dos símbolos utilizados na comunicação.
  • 31. Tipos de Barreiras Barreira Física ou Mecânicas Barreira Semântica Barreira Humana
  • 32. Barreira física Barreira semântica Barreira humana Interpretação de palavras. Tradução da linguagem. Significado de sinais. Significado de símbolos. Decodificação de gestos. Sentido das lembranças. Limitações pessoais. Hábitos de ouvir. Emoções. Preocupações. Sentimentos pessoais. Motivações. Espaço físico. Distância. Interferência física. Falhas mecânicas. Ruídos ambientais. Ocorrências locais. Adapatado de CHIAVENATO, Idalberto. Administração e recursos humanos: fundamentos básicos. 2003, p.115.
  • 33. Barreiras Humanas Mensagem filtrada Barreiras Físicas DESTINO FONTE Mensagem bloqueada Barreiras Semânticas Mensagem incorreta Adapatado de CHIAVENATO, Idalberto. Administração e recursos humanos: fundamentos básicos. 2003, p.116.
  • 34. Criando barreiras comunicativas Avaliando a fonte. Tendo intenções e percepções diferentes. Sendo distraído pelo barulho. Ouvindo o que você espera ouvir. Ignorando comunicações não-verbais.
  • 35. Barreiras Verbais Uso inadequado da língua portuguesa. Certos nomes insultuosos embora ditos em tom amistoso. Exemplos: boa vida, tubarão, vigarista, vagabundo, pilantra. Uso de palavras sérias embora ditas em tom jocoso. Exemplos: chefinho, senhor, mestre, meu guia, filósofo. Palavras repetidas constantemente.
  • 36. Palavras excessivamente familiares e que denotam uma intimidade inexistente entre os interlocutores. Expressões que menosprezam a capacidade do ouvinte ou sua inteligência. Exemplos: Entendeu? Uso excessivos de exemplos pessoais, contextualizados ou não. Exemplos: Eu..., Em casa..., Uma vez aconteceu comigo Uso de palavras que se referem à nacionalidade, raça, apelido ou tipos regionais e derivados. Expressões que constituem flagrantes ou mal dissimulados desafios. Exemplos: você está completamente enganado, isso é o que você pensa.
  • 37. Barreiras Não - Verbais Proximidade excessiva do interlocutor, deixando-o desconfortável: geralmente mantemos uma distância ao redor de um metro, quando falamos com as pessoas. Toques e empurrões constantes nos outros, o que faz com que o interlocutor se afaste. Corpo com desvio de postura. Mexer constantemente nas roupas e acessórios. Não olhar para o interlocutor ou ter um olhar vago.
  • 38. Gestos exagerados ou repetidos em excesso. Desviar o olhar do interlocutor, fixar o olhar firmemente nos olhos ou em qualquer parte do corpo do interlocutor. Movimentos tensos durante a fala, tamborilar na mesa ou chacoalhar pernas e pés; ou, o extremo oposto, falar absolutamente parado. Atenção corporal não genuína, quando deveria estar na posição de ouvir.
  • 39. Comportamento comunicativo eficiente na relação interpessoal Utilizar estratégias eficazes; Estabelecer empatia; Nos apresentar de forma clara; Perceber a nós mesmos e aos outros; Responder positivamente ao feedback recebido; Mostrar nossa aprovação aos outros; Ser capaz de ouvir efetivamente os outros.
  • 41. Chegamos ao final de mais uma jornada. Muito obrigada por sua companhia! Ana Kelly Martinez Contato: (67)9980-1311 anakelly@falarte.com.br www.falarte.com.br