SlideShare uma empresa Scribd logo

Trabalho grupo 3 final e emp pdf

Nuno Tasso de Figueiredo
Nuno Tasso de Figueiredo
Nuno Tasso de FigueiredoCountry Manager Portugal em United Technologies Fire & Security

Trabalho grupo 3 final e emp pdf

1 de 21
Baixar para ler offline
Unidade Curricular:  Economia da Empresa Docente:  Mestre Nuno Farinha
Índice ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Estrutura & Visão Organizacional
Estrutura & Visão Organizacional Este modelo é reflectido, no seguinte conjunto de órgãos sociais,  estruturas e responsáveis:  Assembleia Geral; Conselho de Remunerações e Previdência; Conselho Superior; Conselho de Administração Executivo; Secretário da Sociedade; Conselho Geral e de Supervisão; Auditores Externos; Comissões; Comités de Coordenação; Provedor do Cliente; Compliance Office; Risk Office; Representante para o Mercado; Revisor Oficial de Contas; Pelouros do Conselho de Administração Executivo e Conselho Fiscal. O  Portfolio   das Instituições Bancárias não diverge muito no “género mas mais na forma”. Quanto ao da Instituição aqui em análise a mesma apresenta de base os seguintes produtos:  Crédito :  Pessoal; Habitação; Automóvel e Credibolsa;  Poupanças :  Aplicações a prazo; Planos de poupança e Depósitos combinados;  Cartões :  Crédito e Débito;  Títulos :  Compra e Venda;  Contas à ordem :  Extratos; Saldos; Cheques, Transferências; Pagamentos & Carregamentos, etc.
Missão & Valores MISSÃO Contribuir para o desenvolvimento do sistema financeiro e da economia portuguesa Mediante a concepção e distribuição de produtos e serviços financeiros inovadores e personalizados, cobrindo a globalidade das necessidades e expectativas financeiras de diferentes segmentos de mercado, com padrões de qualidade e de especialização superiores, consolidando o seu posicionamento como Instituição de referência pela qualidade, inovação e liderança tecnológica das suas propostas de valor, tanto a nível doméstico como nos mercados geográficos em que está implantado. VALORES Estabelecidos conjunto de valores e princípios éticos a observar no  relacionamento com os Stakeholders . Referêncial orientador nas relações de interdependência com as  diversas partes interessadas, designadamente: CLIENTES Servir; Conhecer;  Exceder expectativas  e estabelecer relações  baseadas na confiança mútua. COLABORADORES Assumidos como o  activo mais importante ; Promover a responsabilização; Valorização e aquisição de competências; Respeito pelo bem estar pessoal e familiar; Contribuír para a realização de cada colaborador.
Estratégia & Visão Estratégica Visão 2008-2010: enfoque no “Retalho”, na “Eficiência” e no “Crescimento” como elementos base de diferenciação da estratégia do Banco
Anúncio

Recomendados

ApresentaçãO Comercial E Marketing
ApresentaçãO Comercial E MarketingApresentaçãO Comercial E Marketing
ApresentaçãO Comercial E MarketingJairo Costa
 
Instruções de Trabalho - Gestor de Vendas
Instruções de Trabalho - Gestor de VendasInstruções de Trabalho - Gestor de Vendas
Instruções de Trabalho - Gestor de VendasTalita Aquino
 
Como Aumentar A Produtividade Da ForçA De Vendas
Como Aumentar A Produtividade Da ForçA De VendasComo Aumentar A Produtividade Da ForçA De Vendas
Como Aumentar A Produtividade Da ForçA De VendasAndre Santos
 
Metodologia de gestão comercial de alta performance
Metodologia de gestão comercial de alta performanceMetodologia de gestão comercial de alta performance
Metodologia de gestão comercial de alta performanceErnesto Costa Santos
 
Pré-Projeto Reestruturação Comercial_083_Luciana_Gomes
Pré-Projeto Reestruturação Comercial_083_Luciana_GomesPré-Projeto Reestruturação Comercial_083_Luciana_Gomes
Pré-Projeto Reestruturação Comercial_083_Luciana_GomesLuciana Gomes
 
Estruturação da área comercial claudia cunha
Estruturação da área comercial claudia cunhaEstruturação da área comercial claudia cunha
Estruturação da área comercial claudia cunhacasa nova
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto organização área comercial e de serviços
Projeto   organização área comercial e de serviçosProjeto   organização área comercial e de serviços
Projeto organização área comercial e de serviçoslucasbissoliba
 
Estruturação da Área Comercial Indústria de Embalagens
Estruturação da Área Comercial Indústria de EmbalagensEstruturação da Área Comercial Indústria de Embalagens
Estruturação da Área Comercial Indústria de EmbalagensDirect Link Consultoria
 
Gestão e Inteligência de Vendas Corporativas
Gestão e Inteligência de Vendas CorporativasGestão e Inteligência de Vendas Corporativas
Gestão e Inteligência de Vendas CorporativasGuilherme Wosny
 
Estudo de caso - Estratégia de Vendas
Estudo de caso - Estratégia de VendasEstudo de caso - Estratégia de Vendas
Estudo de caso - Estratégia de VendasThais Souza
 
ApresentaçãO Comercial Generica
ApresentaçãO Comercial GenericaApresentaçãO Comercial Generica
ApresentaçãO Comercial GenericaJairo Costa
 
Consultoria em Gestão de Vendas
Consultoria em Gestão de VendasConsultoria em Gestão de Vendas
Consultoria em Gestão de Vendasthaiscorrea
 
Gestão dos indicadores no negócio do Varejo
Gestão dos indicadores no negócio do VarejoGestão dos indicadores no negócio do Varejo
Gestão dos indicadores no negócio do VarejoWalther Freitas
 
2ª Conferência S&OP - Planejamento de Vendas e Operações
2ª Conferência S&OP - Planejamento de Vendas e Operações2ª Conferência S&OP - Planejamento de Vendas e Operações
2ª Conferência S&OP - Planejamento de Vendas e OperaçõesMelissa Dalla Rosa
 
A Ascensão Da Estratégia Comercial
A Ascensão Da Estratégia ComercialA Ascensão Da Estratégia Comercial
A Ascensão Da Estratégia ComercialSandro Magaldi
 
Melhorar o processo comercial feed business performance
Melhorar o processo comercial   feed business performanceMelhorar o processo comercial   feed business performance
Melhorar o processo comercial feed business performanceFeed Business Performance
 
Estratégia de vendas
Estratégia de vendas Estratégia de vendas
Estratégia de vendas Carlos Rocha
 
Guia rápido para criar um plano de marketing em 5 etapas
Guia rápido para criar um plano de marketing em 5 etapasGuia rápido para criar um plano de marketing em 5 etapas
Guia rápido para criar um plano de marketing em 5 etapasLeonardo Seabra
 
Trabalho escrito plano e estratégia de marketing
Trabalho escrito plano e estratégia de marketingTrabalho escrito plano e estratégia de marketing
Trabalho escrito plano e estratégia de marketingdaavydsvaz
 
Planejamento estrategico de marketing - Aula 1
Planejamento estrategico de marketing - Aula 1Planejamento estrategico de marketing - Aula 1
Planejamento estrategico de marketing - Aula 1Bruno Mastrocolla
 
Programa de Gestão Comercial
Programa de Gestão ComercialPrograma de Gestão Comercial
Programa de Gestão ComercialJorge Remondes
 

Mais procurados (20)

Projeto organização área comercial e de serviços
Projeto   organização área comercial e de serviçosProjeto   organização área comercial e de serviços
Projeto organização área comercial e de serviços
 
Estruturação da Área Comercial Indústria de Embalagens
Estruturação da Área Comercial Indústria de EmbalagensEstruturação da Área Comercial Indústria de Embalagens
Estruturação da Área Comercial Indústria de Embalagens
 
Gestão e Inteligência de Vendas Corporativas
Gestão e Inteligência de Vendas CorporativasGestão e Inteligência de Vendas Corporativas
Gestão e Inteligência de Vendas Corporativas
 
Estudo de caso - Estratégia de Vendas
Estudo de caso - Estratégia de VendasEstudo de caso - Estratégia de Vendas
Estudo de caso - Estratégia de Vendas
 
ApresentaçãO Comercial Generica
ApresentaçãO Comercial GenericaApresentaçãO Comercial Generica
ApresentaçãO Comercial Generica
 
Consultoria em Gestão de Vendas
Consultoria em Gestão de VendasConsultoria em Gestão de Vendas
Consultoria em Gestão de Vendas
 
E-book Key Account Management
E-book Key Account ManagementE-book Key Account Management
E-book Key Account Management
 
Ebook cs
Ebook csEbook cs
Ebook cs
 
Vendas B2B B2C
Vendas B2B B2CVendas B2B B2C
Vendas B2B B2C
 
Gestão de Vendas
Gestão de VendasGestão de Vendas
Gestão de Vendas
 
Gestão dos indicadores no negócio do Varejo
Gestão dos indicadores no negócio do VarejoGestão dos indicadores no negócio do Varejo
Gestão dos indicadores no negócio do Varejo
 
2ª Conferência S&OP - Planejamento de Vendas e Operações
2ª Conferência S&OP - Planejamento de Vendas e Operações2ª Conferência S&OP - Planejamento de Vendas e Operações
2ª Conferência S&OP - Planejamento de Vendas e Operações
 
A Ascensão Da Estratégia Comercial
A Ascensão Da Estratégia ComercialA Ascensão Da Estratégia Comercial
A Ascensão Da Estratégia Comercial
 
Melhorar o processo comercial feed business performance
Melhorar o processo comercial   feed business performanceMelhorar o processo comercial   feed business performance
Melhorar o processo comercial feed business performance
 
Plano de marketing
Plano de marketingPlano de marketing
Plano de marketing
 
Estratégia de vendas
Estratégia de vendas Estratégia de vendas
Estratégia de vendas
 
Guia rápido para criar um plano de marketing em 5 etapas
Guia rápido para criar um plano de marketing em 5 etapasGuia rápido para criar um plano de marketing em 5 etapas
Guia rápido para criar um plano de marketing em 5 etapas
 
Trabalho escrito plano e estratégia de marketing
Trabalho escrito plano e estratégia de marketingTrabalho escrito plano e estratégia de marketing
Trabalho escrito plano e estratégia de marketing
 
Planejamento estrategico de marketing - Aula 1
Planejamento estrategico de marketing - Aula 1Planejamento estrategico de marketing - Aula 1
Planejamento estrategico de marketing - Aula 1
 
Programa de Gestão Comercial
Programa de Gestão ComercialPrograma de Gestão Comercial
Programa de Gestão Comercial
 

Destaque

Desenvolvimento de planejamento de vendas em empresa no ramo de serviços fina...
Desenvolvimento de planejamento de vendas em empresa no ramo de serviços fina...Desenvolvimento de planejamento de vendas em empresa no ramo de serviços fina...
Desenvolvimento de planejamento de vendas em empresa no ramo de serviços fina...Wagner Borges
 
Planejamento de vendas
Planejamento de vendasPlanejamento de vendas
Planejamento de vendasMkrH Uniesp
 
Account Planning in Salesforce: Trending in 2015
Account Planning in Salesforce:  Trending in 2015 Account Planning in Salesforce:  Trending in 2015
Account Planning in Salesforce: Trending in 2015 Altify
 
Como elaborar um plano de vendas para a sua empresa
Como elaborar um plano de vendas para a sua empresaComo elaborar um plano de vendas para a sua empresa
Como elaborar um plano de vendas para a sua empresaAgendor
 
Planejamento Comercial - Venda Mais Outubro 2014
Planejamento Comercial - Venda Mais Outubro 2014Planejamento Comercial - Venda Mais Outubro 2014
Planejamento Comercial - Venda Mais Outubro 2014Gustavo Encinas
 
4 Dicas para aumentar as vendas e o numero de clientes
4 Dicas para aumentar as vendas e o numero de clientes4 Dicas para aumentar as vendas e o numero de clientes
4 Dicas para aumentar as vendas e o numero de clientesSivaldo Gomes
 
Planejamento estratégico de vendas em 6 passos simples
Planejamento estratégico de vendas em 6 passos simples Planejamento estratégico de vendas em 6 passos simples
Planejamento estratégico de vendas em 6 passos simples Agendor
 
Strategic Account Plan Template
Strategic Account Plan TemplateStrategic Account Plan Template
Strategic Account Plan TemplateAvention
 
Você acredita no poder de seu discurso de vendas
Você acredita no poder de seu discurso de vendasVocê acredita no poder de seu discurso de vendas
Você acredita no poder de seu discurso de vendasAgendor
 
How to plan your sales territory
How to plan your sales territoryHow to plan your sales territory
How to plan your sales territoryCamilo Rojas
 
Plano de vendas_apresentacao
Plano de vendas_apresentacaoPlano de vendas_apresentacao
Plano de vendas_apresentacaoFabio Mesquita
 
LeadingAST.com - Sample 90 day leadership plan
LeadingAST.com - Sample 90 day leadership planLeadingAST.com - Sample 90 day leadership plan
LeadingAST.com - Sample 90 day leadership planMichael Weening
 
Estratégia comercial e os diversos modelos de venda
Estratégia comercial e os diversos modelos de vendaEstratégia comercial e os diversos modelos de venda
Estratégia comercial e os diversos modelos de vendaSandro Magaldi
 
My First 90 Days - Strategies for Success
My First 90 Days - Strategies for SuccessMy First 90 Days - Strategies for Success
My First 90 Days - Strategies for SuccessSuresh Kodoor
 
30 60 90 Day Sales Plan
30 60 90 Day Sales Plan30 60 90 Day Sales Plan
30 60 90 Day Sales Plannatevans65
 
The First 90 days
The First 90 daysThe First 90 days
The First 90 daysGMR Group
 

Destaque (18)

Desenvolvimento de planejamento de vendas em empresa no ramo de serviços fina...
Desenvolvimento de planejamento de vendas em empresa no ramo de serviços fina...Desenvolvimento de planejamento de vendas em empresa no ramo de serviços fina...
Desenvolvimento de planejamento de vendas em empresa no ramo de serviços fina...
 
Planejamento Estratégico Comercial
Planejamento Estratégico ComercialPlanejamento Estratégico Comercial
Planejamento Estratégico Comercial
 
Plano Comercial
Plano ComercialPlano Comercial
Plano Comercial
 
Planejamento de vendas
Planejamento de vendasPlanejamento de vendas
Planejamento de vendas
 
Account Planning in Salesforce: Trending in 2015
Account Planning in Salesforce:  Trending in 2015 Account Planning in Salesforce:  Trending in 2015
Account Planning in Salesforce: Trending in 2015
 
Como elaborar um plano de vendas para a sua empresa
Como elaborar um plano de vendas para a sua empresaComo elaborar um plano de vendas para a sua empresa
Como elaborar um plano de vendas para a sua empresa
 
Planejamento Comercial - Venda Mais Outubro 2014
Planejamento Comercial - Venda Mais Outubro 2014Planejamento Comercial - Venda Mais Outubro 2014
Planejamento Comercial - Venda Mais Outubro 2014
 
4 Dicas para aumentar as vendas e o numero de clientes
4 Dicas para aumentar as vendas e o numero de clientes4 Dicas para aumentar as vendas e o numero de clientes
4 Dicas para aumentar as vendas e o numero de clientes
 
Planejamento estratégico de vendas em 6 passos simples
Planejamento estratégico de vendas em 6 passos simples Planejamento estratégico de vendas em 6 passos simples
Planejamento estratégico de vendas em 6 passos simples
 
Strategic Account Plan Template
Strategic Account Plan TemplateStrategic Account Plan Template
Strategic Account Plan Template
 
Você acredita no poder de seu discurso de vendas
Você acredita no poder de seu discurso de vendasVocê acredita no poder de seu discurso de vendas
Você acredita no poder de seu discurso de vendas
 
How to plan your sales territory
How to plan your sales territoryHow to plan your sales territory
How to plan your sales territory
 
Plano de vendas_apresentacao
Plano de vendas_apresentacaoPlano de vendas_apresentacao
Plano de vendas_apresentacao
 
LeadingAST.com - Sample 90 day leadership plan
LeadingAST.com - Sample 90 day leadership planLeadingAST.com - Sample 90 day leadership plan
LeadingAST.com - Sample 90 day leadership plan
 
Estratégia comercial e os diversos modelos de venda
Estratégia comercial e os diversos modelos de vendaEstratégia comercial e os diversos modelos de venda
Estratégia comercial e os diversos modelos de venda
 
My First 90 Days - Strategies for Success
My First 90 Days - Strategies for SuccessMy First 90 Days - Strategies for Success
My First 90 Days - Strategies for Success
 
30 60 90 Day Sales Plan
30 60 90 Day Sales Plan30 60 90 Day Sales Plan
30 60 90 Day Sales Plan
 
The First 90 days
The First 90 daysThe First 90 days
The First 90 days
 

Semelhante a Trabalho grupo 3 final e emp pdf

Aula 07 Balanced ScoreCard
Aula 07 Balanced ScoreCardAula 07 Balanced ScoreCard
Aula 07 Balanced ScoreCardSilvio Souza
 
Conteúdo Sugerido para um Diagnóstico Comercial Ampliado
Conteúdo Sugerido para um Diagnóstico Comercial AmpliadoConteúdo Sugerido para um Diagnóstico Comercial Ampliado
Conteúdo Sugerido para um Diagnóstico Comercial AmpliadoErnesto Costa Santos
 
Plano de Negócio Analise SWOT para farmácias
Plano de Negócio Analise SWOT para farmáciasPlano de Negócio Analise SWOT para farmácias
Plano de Negócio Analise SWOT para farmáciasfarmwaine
 
Parcerias do Negócio Electrónico
Parcerias do Negócio ElectrónicoParcerias do Negócio Electrónico
Parcerias do Negócio Electróniconesi
 
Exercicio 6.2 - Plano de negócios sinergética estudos e projetos
Exercicio 6.2 - Plano de negócios sinergética estudos e projetosExercicio 6.2 - Plano de negócios sinergética estudos e projetos
Exercicio 6.2 - Plano de negócios sinergética estudos e projetosantenorjr
 
PETI - Planejamento Estratégico de TI
PETI - Planejamento Estratégico de TI PETI - Planejamento Estratégico de TI
PETI - Planejamento Estratégico de TI CompanyWeb
 
PPTs - Capítulo 5.pdf
PPTs - Capítulo 5.pdfPPTs - Capítulo 5.pdf
PPTs - Capítulo 5.pdfRenan Cotta
 
Csu apresentação 4 t12_v1
Csu apresentação 4 t12_v1Csu apresentação 4 t12_v1
Csu apresentação 4 t12_v1CSURIWEB
 
Planejamento de Marketing e Vendas-Aula 2-Unifran 2015
Planejamento de Marketing e Vendas-Aula 2-Unifran 2015Planejamento de Marketing e Vendas-Aula 2-Unifran 2015
Planejamento de Marketing e Vendas-Aula 2-Unifran 2015Rodrigo Dantas, PMP, Msc
 
Estrategia de valor_fabio.borges
Estrategia de valor_fabio.borgesEstrategia de valor_fabio.borges
Estrategia de valor_fabio.borgesIvana da Silveira
 
Datasul Alexandre Azevedo Final
Datasul Alexandre Azevedo FinalDatasul Alexandre Azevedo Final
Datasul Alexandre Azevedo Finalthiagoliveira
 
Bsc balanced scorecard perspectiva do cliente
Bsc balanced scorecard perspectiva do clienteBsc balanced scorecard perspectiva do cliente
Bsc balanced scorecard perspectiva do clienteCarlos Rocha
 
Balanced Scorecard IV Congress South America
Balanced Scorecard IV Congress South AmericaBalanced Scorecard IV Congress South America
Balanced Scorecard IV Congress South Americaguestad8ca6
 

Semelhante a Trabalho grupo 3 final e emp pdf (20)

Trabalho grupo 03 meo
Trabalho grupo 03 meoTrabalho grupo 03 meo
Trabalho grupo 03 meo
 
BSC - Balanced Scorecard
BSC - Balanced ScorecardBSC - Balanced Scorecard
BSC - Balanced Scorecard
 
Retenção de Clientes Corporativos
Retenção de Clientes CorporativosRetenção de Clientes Corporativos
Retenção de Clientes Corporativos
 
Modelo delta
Modelo deltaModelo delta
Modelo delta
 
Service Design - Customer Experience Portfolio | Hélio Basso
Service Design - Customer Experience Portfolio | Hélio BassoService Design - Customer Experience Portfolio | Hélio Basso
Service Design - Customer Experience Portfolio | Hélio Basso
 
Aula 07 Balanced ScoreCard
Aula 07 Balanced ScoreCardAula 07 Balanced ScoreCard
Aula 07 Balanced ScoreCard
 
Conteúdo Sugerido para um Diagnóstico Comercial Ampliado
Conteúdo Sugerido para um Diagnóstico Comercial AmpliadoConteúdo Sugerido para um Diagnóstico Comercial Ampliado
Conteúdo Sugerido para um Diagnóstico Comercial Ampliado
 
Plano de Negócio Analise SWOT para farmácias
Plano de Negócio Analise SWOT para farmáciasPlano de Negócio Analise SWOT para farmácias
Plano de Negócio Analise SWOT para farmácias
 
Parcerias do Negócio Electrónico
Parcerias do Negócio ElectrónicoParcerias do Negócio Electrónico
Parcerias do Negócio Electrónico
 
Exercicio 6.2 - Plano de negócios sinergética estudos e projetos
Exercicio 6.2 - Plano de negócios sinergética estudos e projetosExercicio 6.2 - Plano de negócios sinergética estudos e projetos
Exercicio 6.2 - Plano de negócios sinergética estudos e projetos
 
PETI - Planejamento Estratégico de TI
PETI - Planejamento Estratégico de TI PETI - Planejamento Estratégico de TI
PETI - Planejamento Estratégico de TI
 
PPTs - Capítulo 5.pdf
PPTs - Capítulo 5.pdfPPTs - Capítulo 5.pdf
PPTs - Capítulo 5.pdf
 
Csu apresentação 4 t12_v1
Csu apresentação 4 t12_v1Csu apresentação 4 t12_v1
Csu apresentação 4 t12_v1
 
Planejamento de Marketing e Vendas-Aula 2-Unifran 2015
Planejamento de Marketing e Vendas-Aula 2-Unifran 2015Planejamento de Marketing e Vendas-Aula 2-Unifran 2015
Planejamento de Marketing e Vendas-Aula 2-Unifran 2015
 
Estrategia de valor_fabio.borges
Estrategia de valor_fabio.borgesEstrategia de valor_fabio.borges
Estrategia de valor_fabio.borges
 
Datasul Alexandre Azevedo Final
Datasul Alexandre Azevedo FinalDatasul Alexandre Azevedo Final
Datasul Alexandre Azevedo Final
 
Bsc balanced scorecard perspectiva do cliente
Bsc balanced scorecard perspectiva do clienteBsc balanced scorecard perspectiva do cliente
Bsc balanced scorecard perspectiva do cliente
 
Ibope Waba 2020
Ibope Waba 2020 Ibope Waba 2020
Ibope Waba 2020
 
Balanced Scorecard IV Congress South America
Balanced Scorecard IV Congress South AmericaBalanced Scorecard IV Congress South America
Balanced Scorecard IV Congress South America
 
Ids financial services ppt
Ids financial services pptIds financial services ppt
Ids financial services ppt
 

Mais de Nuno Tasso de Figueiredo

Certificado de habilitações licenciatura
Certificado de habilitações licenciaturaCertificado de habilitações licenciatura
Certificado de habilitações licenciaturaNuno Tasso de Figueiredo
 
Tecnologia sob o ponto de vista do fabricante
Tecnologia sob o ponto de vista do fabricanteTecnologia sob o ponto de vista do fabricante
Tecnologia sob o ponto de vista do fabricanteNuno Tasso de Figueiredo
 

Mais de Nuno Tasso de Figueiredo (20)

CETO / Drop shot 2017
CETO / Drop shot  2017CETO / Drop shot  2017
CETO / Drop shot 2017
 
Op format word_fy01mwlayout
Op format word_fy01mwlayoutOp format word_fy01mwlayout
Op format word_fy01mwlayout
 
Ws leis regulamentos & normas
Ws leis regulamentos & normasWs leis regulamentos & normas
Ws leis regulamentos & normas
 
Leadership training
Leadership trainingLeadership training
Leadership training
 
Certificado de habilitações licenciatura
Certificado de habilitações licenciaturaCertificado de habilitações licenciatura
Certificado de habilitações licenciatura
 
Diploma licenciatura
Diploma licenciaturaDiploma licenciatura
Diploma licenciatura
 
Certificado mestrado
Certificado mestradoCertificado mestrado
Certificado mestrado
 
Cgma launch report
Cgma launch reportCgma launch report
Cgma launch report
 
Utc ccs corporate 2012 pt
Utc ccs corporate 2012 ptUtc ccs corporate 2012 pt
Utc ccs corporate 2012 pt
 
Tese mestrado 2012_final
Tese mestrado 2012_finalTese mestrado 2012_final
Tese mestrado 2012_final
 
Ws ifs
Ws ifsWs ifs
Ws ifs
 
Ws uma luz_no_caminho_da_seguranca_v1.0
Ws uma luz_no_caminho_da_seguranca_v1.0Ws uma luz_no_caminho_da_seguranca_v1.0
Ws uma luz_no_caminho_da_seguranca_v1.0
 
Workshop with marioff 2012
Workshop with marioff 2012Workshop with marioff 2012
Workshop with marioff 2012
 
A simplicidade da agua na segurança
A simplicidade da agua na segurançaA simplicidade da agua na segurança
A simplicidade da agua na segurança
 
Marioff workshop utc pt
Marioff   workshop utc ptMarioff   workshop utc pt
Marioff workshop utc pt
 
Mkt relacional crm & mobile mkt
Mkt relacional crm & mobile mktMkt relacional crm & mobile mkt
Mkt relacional crm & mobile mkt
 
Trabalho individual Medidas de
Trabalho individual Medidas deTrabalho individual Medidas de
Trabalho individual Medidas de
 
Mkt relacional semestre 21.01.2011
Mkt relacional semestre 21.01.2011Mkt relacional semestre 21.01.2011
Mkt relacional semestre 21.01.2011
 
Desenho & operações de serviço
Desenho & operações de serviçoDesenho & operações de serviço
Desenho & operações de serviço
 
Tecnologia sob o ponto de vista do fabricante
Tecnologia sob o ponto de vista do fabricanteTecnologia sob o ponto de vista do fabricante
Tecnologia sob o ponto de vista do fabricante
 

Trabalho grupo 3 final e emp pdf

  • 1. Unidade Curricular: Economia da Empresa Docente: Mestre Nuno Farinha
  • 2.
  • 3. Estrutura & Visão Organizacional
  • 4. Estrutura & Visão Organizacional Este modelo é reflectido, no seguinte conjunto de órgãos sociais, estruturas e responsáveis: Assembleia Geral; Conselho de Remunerações e Previdência; Conselho Superior; Conselho de Administração Executivo; Secretário da Sociedade; Conselho Geral e de Supervisão; Auditores Externos; Comissões; Comités de Coordenação; Provedor do Cliente; Compliance Office; Risk Office; Representante para o Mercado; Revisor Oficial de Contas; Pelouros do Conselho de Administração Executivo e Conselho Fiscal. O Portfolio das Instituições Bancárias não diverge muito no “género mas mais na forma”. Quanto ao da Instituição aqui em análise a mesma apresenta de base os seguintes produtos: Crédito : Pessoal; Habitação; Automóvel e Credibolsa; Poupanças : Aplicações a prazo; Planos de poupança e Depósitos combinados; Cartões : Crédito e Débito; Títulos : Compra e Venda; Contas à ordem : Extratos; Saldos; Cheques, Transferências; Pagamentos & Carregamentos, etc.
  • 5. Missão & Valores MISSÃO Contribuir para o desenvolvimento do sistema financeiro e da economia portuguesa Mediante a concepção e distribuição de produtos e serviços financeiros inovadores e personalizados, cobrindo a globalidade das necessidades e expectativas financeiras de diferentes segmentos de mercado, com padrões de qualidade e de especialização superiores, consolidando o seu posicionamento como Instituição de referência pela qualidade, inovação e liderança tecnológica das suas propostas de valor, tanto a nível doméstico como nos mercados geográficos em que está implantado. VALORES Estabelecidos conjunto de valores e princípios éticos a observar no relacionamento com os Stakeholders . Referêncial orientador nas relações de interdependência com as diversas partes interessadas, designadamente: CLIENTES Servir; Conhecer; Exceder expectativas e estabelecer relações baseadas na confiança mútua. COLABORADORES Assumidos como o activo mais importante ; Promover a responsabilização; Valorização e aquisição de competências; Respeito pelo bem estar pessoal e familiar; Contribuír para a realização de cada colaborador.
  • 6. Estratégia & Visão Estratégica Visão 2008-2010: enfoque no “Retalho”, na “Eficiência” e no “Crescimento” como elementos base de diferenciação da estratégia do Banco
  • 7. Estratégia & Visão Estratégica
  • 8. Tácticas Recentrar nos clientes, D inamizar a actividade comercial e melhorar níveis de serviço Expandir operações de r etalho n os mercados com m aior P otencial Reforçar disiplina de P ricing, risco e capital Simplificar o Banco para a lcançar níveis de eficiência s uperiores Fortalecer a reputação institucional Racional Intensificar os esforços de aquisição de clientes com mecanismos de retenção e de relação para sustentar os ganhos de quota de mercado, especialmente num mercado cada vez mais competitivo Enfocar no segmento historicamente mais rentável, em que as capacidades de execução do Millennium bcp são mais fortes em todas as geografias Optimizar a eficiência da alocação de capital para criar valor e minimizar o impacto do aumento de custos de funding e financiamento de um contexto de mercado mais desafiante Simplificar de forma ambiciosa a estrutura e procedimentos do Banco, por forma a viabilizar uma operação com uma base de custos significativamente menor Recuperar a imagem de credibilidade do Banco para um nível consistente com a sua posição de banco pioneiro em Portugal, moderno e orientado para o cliente
  • 9. Capacidades & Limitações PONTOS FORTES: . Boa notoriedade no mercado . Base de Clientes de elevada dimensão . Excelência operativa (níveis de serviços, melhoria sustentada na eficiência . Agilidade da organização (orientada para o desempenho dos Colaboradores . Foco no cliente (elevado nível de “cross selling” – fidelização de clientes. PONTOS FRACOS: . Congestionamento dos balcões . Excesso de publicidade nos balcões e falta de um fio condutor entre as campanhas . Perda de liderança nos produtos transaccionais – meios de pagamento . Perda de liderança nas novas tecnologias, fruto de estratégias e de interesses considerados primordiais. . Imagem negativa transmitida para o mercado derivada aos últimos acontecimentos que tiveram a ver com a luta pelo poder. OPORTUNIDADES: . Abertura prevista de novos balcões . Aposta nos canais alternativos, nomeadamente telefone, nas sobretudo, “home banking” e “seft banking” quer permite a redução de custos . Horários diferenciados para alguns balcões . Aumento dos níveis de satisfação dos clientes. AMEAÇAS: . Concorrentes directos baseados em novos conceitos de imagem . A pressão nas margens de intermediação, com reflexo na rentabilidade do Banco . A pressão de empresas que não são bancos mas que apresentam produtos e serviços substitutos.
  • 10.
  • 11. Síntese dos Resultados em Portugal Redução dos Custos Operacionais (enfoque na eficiência) e m Milhões de Euros Resultados Líquidos e m Milhões de Euros
  • 12. Síntese dos Resultados em Portugal Resultados Totais por Áreas de Negócio e m Milhões de Euros
  • 14.
  • 15. 5 Forças de Porter Indústria Banca Pressão dos potenciais concorrentes: Traduz-se na redução de margens; Obriga à diversificação e parcerias; Obriga à eficiência. Intensidade da rivalidade: Traduz-se na consolidação; Obriga a análises constantes ao mercado e alinhar as estratégias de acordo com os dados obtidos. Pressão dos Produtos Substitutos: Digitalização dos canais e actores não financeiros traduzem-se no constrangimento das margens. Pressão dos Fornecedores: Esta não se revela muito penalizante já que a Banca e as suas carteiras de clientes têm um peso muito grande. Pressão dos Clientes: A pressão traduz-se na redução das margens e obriga a um maior enfoque na imagem, eficiência e no serviço prestado.
  • 16. Condicionantes Estruturais da Indústria Processo de consolidação (indicando pelo número decrescente de instituições de crédito) taxa de redução aproximadamente 2%. Aparecimento de instituições de maior dimensão. Estudo dos canais de distribuição na banca a retalho identificou os seguintes desenvolvimentos nas estratégias de distribuição dos bancos: primeiro, as sucursais estão a ser reestruturadas em termos de localização e serviços, de modo a serem mais eficientes. Os canais electrónicos registam um crescimento rápido, não só disponibilizando informação e serviços de transacções, mas sendo também usados para a promoção e venda de produtos bancários. Terceiro, num esforço para fazer face à forte concorrência na área do credito ao consumo, os bancos estão a aumentar a sua cooperação com terceiros , como por exemplo, retalhistas, sociedades financeiras e grupos de agentes/serviços financeiros. As estratégias de distribuição dos bancos devem ser alvo de acompanhamento, inclusivamente, em virtude do seu impacto potencial sobre a concorrência e a integração no sector bancário.
  • 17. Enquadramentos (Global / Portugal) Indústria Projecções económicas FMI (Jan. 08) A favor: Dinâmica da procura interna Ganhos de competitividade Diversificação exportação Contra: Enquadraento externo Endividamento Depêndencia energética Ajustamentos estruturais
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21. Netgrafia: Wikipedia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cart%C3%A3o_de_cr%C3%A9dito Diário Económico: http://diarioeconomico.sapo.pt/edicion/diarioeconomico/nacional/empresas/pt/desarrollo/1023121.html BCP: http://www.bpatlantico.pt/site/conteudos/25/article.jhtml?articleID=444919 http://www.bpatlantico.pt/pubs/pt/grupobcp/;jsessionid=5RUIMUFEMFKEDQFIAMGCFFWAVABQYIY4 O Diário: http://odiario.info/articulo.php?p=473&more=1&c=1 INE: http://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_estudos&ESTUDOSest_boui=106109&ESTUDOSmodo=2 SIBS: http://www.sibs.pt/ Vários: http://www.estig.ipbeja.pt/~pmmsc/papers/ciawi.pdf http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/artigo11801.pdf Bibliografia Porter, Michael; Competitive Advantage; The Free Press Freire, Adriano; Estratégia - Sucesso em Portugal; Verbo Costa, Horácio e Ribeiro, Pedro Correia; Criação e Gestão de Micro-Empresa e Pequenos Negócios; Lidel Bibliografia e Netgrafia