Mabi

2.525 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.525
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
117
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mabi

  1. 1. Atlas de Parasitologia Por Mabi de Almeida Farmácia Disciplina Relação de parasita e hospedeiro Professores: Andreza Menezes, Flavio Arruda
  2. 2. Cronograma 1. Amebíase 2. Giardíase 3. tricomoníase 4. Toxoplasmose 5. Himenolepíase 6. Equinococose 7. Esquistossomose 8. Fasciolose 9. Ancilostomídeos 10. Ascaridíase 11. Enterobíase 12. Filariose linfática
  3. 3. Amebíase Infecção causada por protozoário que se apresenta em duas formas: cistos e trofozoitos. Esse parasito pode atuar como comensal ou provocar a invasão de tecidos, originando as formas intestinal e extra intestinal da doença. Agente etiológico - Entamoeba histolytica.
  4. 4. Morfologia Entamoeba histolytica Entamoeba dispa CISTO TROFOZOÍTO
  5. 5. Entamoeba coli Trofozoíto Cisto = contendo oito núcleos
  6. 6. • Entamoeba hartmanni (comensal) • Formas comensais pequenas, entre 4 a 10 micra, movimentação ativa. Citoplasma vacúolos e detritos, mas nunca hemácias. Possui cistos semelhantes aos da E. histolytica porém menores. • Iodamoeba butschilli (comensal) • É uma ameba pequena, comumente encontrada no porco, com incidência em torno de 14% no homem. Seu tamanho varia de 8 a 30 micra, em média 13 micra.
  7. 7. • Endolimax nana (comensal) • É uma das menores amebas que parasitam o homem e seu tamanho varia de 10 a 12 micra. Nas preparações a fresco observa-se essa pequenina ameba emitindo pseudópodes, contendo bactérias e vacúolos: o núcleo geralmente é visível.
  8. 8. Giardías e• Infecção pelo protozoário Giardia lamblia que atinge, principalmente, a porção superior do intestino delgado Trofozoíto Cisto
  9. 9. Morfologia
  10. 10. MORFOLOGIA
  11. 11. • A Tricomoníase é uma doença ocasionada peloTrichomonas vaginalis, protozoário unicelular eucarionte do grupo dos triapanossomos, sendo transmitido sexualmente, considerada uma uretrite. • Atinge principalmente mulheres e homens sexualmente ativos Tricomoníase Trofozoítos
  12. 12. Tricomoníase Giemsa Gram Citologia - TGF
  13. 13. TOXOPLASMOSE Toxoplasma gondii • Habitat :Vários tecidos e células (exceto hemácias) e líquidos orgânicos. TAQUIZOÍTO S
  14. 14. BRADIZOÍTOS - CISTOS
  15. 15. OOCISTO
  16. 16. ENDODIOGENIA
  17. 17. Hymenolepiase Hymenolepis nana Filo: Platyhelminthes Classe: Cestoda Família: Hymenolepididae Gênero: Hymenolepis Espécie: Hymenolepis nana
  18. 18. Ovos
  19. 19. Larva cisticercóide
  20. 20. Verme Adulto
  21. 21. Equinococose A equinococose, também conhecida como cisto hidático é uma doença bastante grave causada pela ingestão acidental de larvas dos parasitas platelmintes de canídeos, do género Echinococcus. Há duas formas de equinococose: cística (hidática) e equinococose alveolar. É uma das poucas parasitoses que ainda é algo frequentes nos países de clima temperado, inclusivamente nos desenvolvidos.
  22. 22. Equinococose
  23. 23. Fasciola
  24. 24. Tricuríase CLASSIFICAÇÃO CLASSE:Nematoda FAMÍLIA: Trichuroidae GÊNERO: Trichuris ESPÉCIES: Trichuris trichiura A tricuríase é o nome que se dá a uma doença causada por um verme chamado Trichocephatus trichiurus.
  25. 25. ESTRONGILOIDÍASE • O homem é infectado por Strongyloides stercoralis, que possui em seu ciclo vital machos e fêmeas capazes de viver no solo; mas outra parte do ciclo é obrigatoriamente parasitária e tem por hábitat a parede intestinal.
  26. 26. Ancilostomídeos
  27. 27. Ascaridía se• São vermes nemátodes, ou seja fusiformes sem segmentação, e com tubo digestivocompleto. A reprodução é sexuada, sendo a fêmea (com até 40 cm de comprimento) bem maior que o macho, e com o diâmetro de um lápis. Os ovos têm 50 micrometros e são absolutamente invisíveis a olho nu.
  28. 28. Enterobía se• A enterobíase ou oxiuríase é uma infecção parasitária intestinal causada pelo nematódeo Enterobius vermicularis ou Oxyurus vermicularis. A evolução nos mostra que esta verminose foi originária no continente africano, dispersando-se com as migrações ocorridas no passado para outros continentes. Um dos ramos de estudo da Parasitologia, a Paleoparasitologia, tem contribuído em muito para os dados históricos da patologia, reconstruindo rotas da dispersão, com especial atenção nos achados em material arqueológico
  29. 29. Filariose linfáticaelefantíase (filariose linfática) é a filariose mais comum e é causada principalmente pelas espécies Wuchereria bancrofti eBrugia malayi. As larvas do parasita, denominadas microfilárias, são encontradas no sangue de indivíduos infectados e são ingeridas por animais que se alimentam de sangue (hematófagos).

×