O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Unidade 6
1
Capítulo 17
2
3
 Vermes: modo de vida Parasita e vida livre.
 A maioria é parasita.  quem vive (e depende) em outro
indivíduo
 Hospe...
Capítulo 17
4
5
 Annelus = pequeno anel
 Vermes segmentados  vários anéis
 Vida livre!! Vivem no ambiente terrestre, de água doce e
...
6
 Encontradas em todo o mundo
 Vivem enterradas
 Solos úmidos!  respiração cutânea
 Podem morrer afogadas! Tiram oxi...
7
 Cavam túneis  comedoras de matéria orgânica
 Cavar túneis: glândulas que fabricam muco, comem a terra
e possuem cerd...
8
Reprodução
 Hermafroditas!!
 Fecundação cruzada! (sexuada)
 Clitelo: secreta muco (casulo)
 Cada casulo dará origem
...
9
10
Página 195
Capítulo 17
11
12
 Encontradas em todo o mundo.
 A maioria é de água doce, mas também há poucas espécies
marinhas e outras terrestres.
...
13
 Hematófagas: se alimentam de sangue.
 Para sugar o sangue:
1) possuem duas ventosas (fixação e alimentação)
2) secre...
14
 Locomoção: mede-palmo
 Respiram pela pele
 Reprodução igual a da minhoca!
Capítulo 17
15
16
 Aquáticos  PREDOMINANTEMENTE MARINHOS!
 Vermes de vida livre! Há espécies que se locomovem
(rastejam) e outras são ...
17
 A maioria possui sexos separados!
 Fecundação externa e com desenvolvimento indireto!!
 Possuem cerdas que auxiliam...
18
 A alimentação está relacionada ao hábito de vida:
1) Sedentários: alimentam-se de matéria orgânica do
sedimento. Ou s...
Capítulo 17
19
20
 Vermes em forma de fios: compridos e finos
 Podem medir desde milímetros até 1 metro
 Podem ser de vida livre
 Mai...
21
 São chamados também de “vermes linha”
 Muito comuns nos humanos
 Se alojam no intestino grosso  causam inflamações...
22
 Pela ingestão dos ovos contendo as larvas dos oxiúros!
 Estão presentes na água (não filtrada), em verduras e frutas...
23
 Manter boa higiene!!
 Lavar as mãos com frequência, não deixar as unhas muito
grandes, ferver a água, lavar muito be...
24
 São bem grandes! Podem medir até 40 cm!
 Fêmeas maiores que os machos
 As fêmeas podem fabricar até 200 mil ovos po...
25
 Uma pessoa contaminada libera
os ovos com as fezes
 Se não há esgoto, esses ovos
acabam indo para a água ou
para o s...
26
 Os ovos se rompem no intestino da pessoa
 As larvas podem passear pelo corpo através do sangue e
chegar aos pulmões ...
27
 Manter boa higiene!!
 Lavar as mãos com frequência, não deixar as unhas muito
grandes, ferver a água, lavar muito be...
28
 Vermes que se desenvolvem no intestino delgado
 Apresentam ganchos na boca, que se fixam no intestino e
causam ferid...
29
 Essa liberação de sangue pelas feridas provoca hemorragia, e
isso pode causar anemia, diarreia e dor na barriga.
 Do...
30
 Os ovos são eliminados com as fezes da pessoa contaminada
 No solo úmido as larvas saem dos ovos e se uma pessoa
and...
31
Página 198
Capítulo 17
32
33
 Corpos achatados, parecendo uma fita. Não possuem anéis.
 Vivem em ambiente de água doce ou salgada ou ainda como
pa...
34
 Não é parasita! Verme de vida livre!
 Tamanho: de milímetros até 60 cm
 Vivem em ambientes de água doce, onde haja ...
35
 Hermafrotitas!!
 Reprodução sexuada e assexuada!
 Sexuada: Fecundação cruzada!! Precisa de duas planárias
para ter ...
36
 Assexuada: se dividem!
 Possuem alto grau de regeneração!!
37
Página 202
Capítulo 17
38
39
 Parasita!!
 Vive nas veias que ligam o fígado ao intestino
 Fêmea maior que o macho
 Doença grave: schistossomose ...
40
 Transmissão da doença:
41
42
 Parasita  intestino, músculos, cérebro..
 Chamada de solitária  Hermafrodita
 Possui 4 ventosas
 Pode ter muitos...
43
44
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

7 ano: Anelídeos, Platelmintos e nematelmintos

.

  • Entre para ver os comentários

7 ano: Anelídeos, Platelmintos e nematelmintos

  1. 1. Unidade 6 1
  2. 2. Capítulo 17 2
  3. 3. 3  Vermes: modo de vida Parasita e vida livre.  A maioria é parasita.  quem vive (e depende) em outro indivíduo  Hospedeiro: quem “hospeda” o parasita  Hospedeiro definitivo: quem hospeda o parasita em fase reprodutiva  Hospedeiro Intermediário: quem hospeda o parasita em fase larvária
  4. 4. Capítulo 17 4
  5. 5. 5  Annelus = pequeno anel  Vermes segmentados  vários anéis  Vida livre!! Vivem no ambiente terrestre, de água doce e marinho!  Respiração cutânea! (pele úmida) ou brânquias  Maioria é hermafrodita!!
  6. 6. 6  Encontradas em todo o mundo  Vivem enterradas  Solos úmidos!  respiração cutânea  Podem morrer afogadas! Tiram oxigênio do ar!  Vários tamanhos
  7. 7. 7  Cavam túneis  comedoras de matéria orgânica  Cavar túneis: glândulas que fabricam muco, comem a terra e possuem cerdas para ancoragem.  Muco seca  deixa o túnel  Túneis  aeração do solo  Húmus = adubo
  8. 8. 8 Reprodução  Hermafroditas!!  Fecundação cruzada! (sexuada)  Clitelo: secreta muco (casulo)  Cada casulo dará origem a várias minhocas
  9. 9. 9
  10. 10. 10 Página 195
  11. 11. Capítulo 17 11
  12. 12. 12  Encontradas em todo o mundo.  A maioria é de água doce, mas também há poucas espécies marinhas e outras terrestres.  A maioria é parasita temporário: precisa de hospedeiro só para se alimentar.  Os de vida livre ou são carnívoros ou se alimentam de matéria orgânica  Hermafroditas!! Não possuem cerdas!!
  13. 13. 13  Hematófagas: se alimentam de sangue.  Para sugar o sangue: 1) possuem duas ventosas (fixação e alimentação) 2) secretam um anestésico 3) secretam um anticoagulante (hirudina) 4) sugam o sangue 5) se desprendem COPIAR!
  14. 14. 14  Locomoção: mede-palmo  Respiram pela pele  Reprodução igual a da minhoca!
  15. 15. Capítulo 17 15
  16. 16. 16  Aquáticos  PREDOMINANTEMENTE MARINHOS!  Vermes de vida livre! Há espécies que se locomovem (rastejam) e outras são sedentárias.  Respiração cutânea + branquial!  Muito coloridos!
  17. 17. 17  A maioria possui sexos separados!  Fecundação externa e com desenvolvimento indireto!!  Possuem cerdas que auxiliam na locomoção e na defesa!
  18. 18. 18  A alimentação está relacionada ao hábito de vida: 1) Sedentários: alimentam-se de matéria orgânica do sedimento. Ou se alimentam por filtração. 2) Móveis: carnívoros, herbívoros ou se alimentam de matéria orgânica.  Vídeo.
  19. 19. Capítulo 17 19
  20. 20. 20  Vermes em forma de fios: compridos e finos  Podem medir desde milímetros até 1 metro  Podem ser de vida livre  Maioria parasita!!! (animais, homem e vegetais)  Possuem sexos separados: machos e fêmeas  As fêmeas geralmente são maiores que os machos
  21. 21. 21  São chamados também de “vermes linha”  Muito comuns nos humanos  Se alojam no intestino grosso  causam inflamações, coceira e desconforto  Afeta mais as crianças que os adultos  Doença: Oxiurose!  Pequenos: cerca de 1 cm  A fêmea é maior que o macho
  22. 22. 22  Pela ingestão dos ovos contendo as larvas dos oxiúros!  Estão presentes na água (não filtrada), em verduras e frutas não lavadas, ou até nas mãos das pessoas contaminadas.  A fêmea fecundada pelo macho caminha até o final do intestino grosso (região do ânus) e deposita seus ovos.  Isso gera uma intensa coceira que a pessoa ao coçar se contamina com os ovos e os espalha por onde tocar. Como ocorre a transmissão?
  23. 23. 23  Manter boa higiene!!  Lavar as mãos com frequência, não deixar as unhas muito grandes, ferver a água, lavar muito bem os alimentos crus, lavar as roupas íntimas com frequência.  Há remédios que expulsam esses organismos do nosso corpo! Como a oxiurose pode ser evitada?
  24. 24. 24  São bem grandes! Podem medir até 40 cm!  Fêmeas maiores que os machos  As fêmeas podem fabricar até 200 mil ovos por dia!  Doença: ascaridíase!
  25. 25. 25  Uma pessoa contaminada libera os ovos com as fezes  Se não há esgoto, esses ovos acabam indo para a água ou para o solo  Se uma pessoa entrar em contato com essa água ou solo contaminado, ela adquire o ovo com as larvas  Dentro da pessoa o ovo libera as larvas e nascem as lombrigas! Como ocorre a transmissão da ascaridíase?
  26. 26. 26  Os ovos se rompem no intestino da pessoa  As larvas podem passear pelo corpo através do sangue e chegar aos pulmões e à faringe!  Depois elas voltam ao intestino e se tornam adultas.  No ambiente, os ovos são muito resistentes e podem sobreviver por muitos dias sem encontrar um hospedeiro.
  27. 27. 27  Manter boa higiene!!  Lavar as mãos com frequência, não deixar as unhas muito grandes, ferver a água, lavar muito bem os alimentos crus, lavar as roupas íntimas com frequência.  Há remédios que expulsam esses organismos do nosso corpo! Como a ascaridíase pode ser evitada?
  28. 28. 28  Vermes que se desenvolvem no intestino delgado  Apresentam ganchos na boca, que se fixam no intestino e causam feridas que sangram!  Se alimentam do sangue liberado pela ferida!
  29. 29. 29  Essa liberação de sangue pelas feridas provoca hemorragia, e isso pode causar anemia, diarreia e dor na barriga.  Doença: Ancilostomose  A pessoa com a doença fica amarelada (amarelão)
  30. 30. 30  Os ovos são eliminados com as fezes da pessoa contaminada  No solo úmido as larvas saem dos ovos e se uma pessoa andar descalça por esse local, as larvar penetram pela pele!  As larvas vão parar na corrente sanguínea, passeiam pelo corpo e vão para o intestino quando estão adultas  Andar sempre calçados na terra! Como ocorre a transmissão da ancilostomose?
  31. 31. 31 Página 198
  32. 32. Capítulo 17 32
  33. 33. 33  Corpos achatados, parecendo uma fita. Não possuem anéis.  Vivem em ambiente de água doce ou salgada ou ainda como parasitas!  Podem medir de milímetros até vários metros de comprimento.  Possuem tubo digestório incompleto: possuem somente uma abertura que funciona como boca e ânus
  34. 34. 34  Não é parasita! Verme de vida livre!  Tamanho: de milímetros até 60 cm  Vivem em ambientes de água doce, onde haja bastante folhas e troncos  Carnívora de outros invertebrados
  35. 35. 35  Hermafrotitas!!  Reprodução sexuada e assexuada!  Sexuada: Fecundação cruzada!! Precisa de duas planárias para ter reprodução!  Liberam os ovos na água
  36. 36. 36  Assexuada: se dividem!  Possuem alto grau de regeneração!!
  37. 37. 37 Página 202
  38. 38. Capítulo 17 38
  39. 39. 39  Parasita!!  Vive nas veias que ligam o fígado ao intestino  Fêmea maior que o macho  Doença grave: schistossomose (barriga d’água)  Sintomas: febre, tosse, diarreia, vômitos, enjoo  Forma grave: hepatite  aumento do fígado E do baço e acúmulo de líquido na barriga
  40. 40. 40  Transmissão da doença:
  41. 41. 41
  42. 42. 42  Parasita  intestino, músculos, cérebro..  Chamada de solitária  Hermafrodita  Possui 4 ventosas  Pode ter muitos metros de comprimento  Absorve os nutrientes vindos da digestão  Doença muito grave: teníase
  43. 43. 43
  44. 44. 44

×