SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Autismo:
O autismo é um distúrbio neurológico caracterizado por comprometimento da interação
social, comunicação verbal e não-verbal e comportamento restrito e repetitivo.1 Os pais
costumam notar sinais nos dois primeiros anos de vida da criança.2Os sinais geralmente
desenvolvem-se gradualmente, mas algumas crianças com autismo alcançam o marco de
desenvolvimento em um ritmo normal e depois regridem.3
O autismo é altamente hereditário, mas a causa inclui tanto fatores ambientais quanto
predisposição genética O autismo afeta o processamento de informações no cérebro,
alterando a forma como as células nervosas e suas sinapses se conectam e se organizam;
como isso ocorre ainda não é bem compreendido.10 É um dos três distúrbios reconhecidos
do espectro do autismo (ASD), sendo os outros dois a Síndrome de Asperger, com a
ausência de atrasos no desenvolvimento cognitivo e o Transtorno global do
desenvolvimento
Intervenções precoces em deficiências comportamentais, cognitivas ou da fala podem
ajudar as crianças com autismo a ganhar autonomia e habilidades sociais e de
comunicação. Embora não exista nenhuma cura conhecida,2 há relatos de casos de
crianças que se recuperaram. Poucas crianças com autismo vivem de forma independente
depois de atingir a idade adulta, embora algumas têm sucesso.
Desde 2010, a taxa de autismo é estimada em cerca de 1-2 a cada 1.000 pessoas em todo
o mundo, ocorrendo 4-5 vezes mais em meninos do que meninas. Cerca de 1,5% das
crianças nos Estados Unidos (uma em cada 68) são diagnosticadas com ASD, a partir de
2014, houve um aumento de 30%, uma a cada 88, em 2012. A taxa de autismo em adultos
de 18 anos ou mais no Reino Unido é de 1,1% o número de pessoas diagnosticadas vem
aumentando drasticamente desde a década de 1980
Características:
O autismo é um transtorno neurológico altamente variável, que aparece pela primeira vez
durante a infância ou adolescência e geralmente segue um curso estável, sem
remissão. Os sintomas evidentes começam gradualmente após a idade de seis meses,
estabelecem-se por dois anos ou três anos e tendem a continuar até a idade adulta,
embora muitas vezes de forma mais moderada. Destaca-se não por um único sintoma,
mas por uma tríade de sintomas característicos: prejuízos na interação social, deficiências
na comunicação e interesses e comportamento repetitivo e restrito. Outros aspectos, como
comer atípico também são comuns, mas não são essenciais para o diagnóstico.
Comunicação:
Cerca de um terço da metade dos indivíduos com autismo não se desenvolvem o
suficiente para ter uma fala natural e que satisfaça suas necessidades diárias de
comunicação. As diferenças na comunicações podem estar presentes desde o primeiro
ano de vida e podem incluir o início tardio do balbucio, gestos incomuns, capacidade de
resposta diminuída e padrões vocais que não estão sincronizados com o cuidador. No
segundo e terceiro anos, as crianças com autismo têm menos balbucios frequentes e
consoantes, palavras e combinações de palavras menos diversificadas; seus gestos são
menos frequentemente integrados às palavras. As crianças com autismo são menos
propensas a fazer pedidos ou compartilhar experiências e são mais propensas a
simplesmente repetir as palavras dos outros. As crianças com autismo podem ter
dificuldade em jogos imaginativos e com o desenvolvimento de símbolos em linguagem.
Comportamentos repetitivos:
 Estereotipia é o movimento repetitivo, como agitar as mãos, virar a cabeça de um
lado para o outro ou balançar o corpo.
 Comportamento compulsivo destina-se e parece seguir regras, como organizar
objetos em pilhas ou linhas.
 Uniformidade é a resistência à mudanças; por exemplo, insistir que os móveis não
sejam movidos ou recusando-se a ser interrompido.
 Comportamento ritualista envolve um padrão invariável de suas atividades diárias,
como um menu imutável ou um ritual de vestir. Isto está intimamente associado com a
uniformidade e uma validação independente sugeriu a combinação dos dois fatores.33
 Comportamento restrito é o foco limitado em um só interesse ou atividade, como a
preocupação com um programa de televisão, brinquedo ou jogo.
 Automutilação inclui movimentos que ferem ou podem ferir a pessoa, como o dedo
nos olhos, bater a cabeça ou morder as mãos
Causas:
Presume que há uma causa comum genética, cognitiva e de níveis neurais para a tríade
de sintomas característica do autismo. No entanto, há a suspeita crescente de que o
autismo é um distúrbio mais complexo cujos aspectos centrais têm causas distintas que
muitas vezes co-ocorrem. O autismo tem fortes bases ambientais
O autismo tem uma forte base genética, embora a genética do autismo é complexa e não
está claro se a ASD é explicada por mutações mais raras, com grandes efeitos, ou por
interações mutagénicas raras de variantes genéticas comuns. A complexidade surge
devido a interações entre múltiplos genes, o meio ambiente e fatores epigenéticos que não
alteram o DNA, mas que são hereditários e influenciam a expressão do gene.
Diagnóstico:
O diagnóstico do autismo baseia-se no comportamento e não nas causas ou
mecanismo.27 51
Para um indivíduo ser diagnosticado com autismo tem que apresentar
pelo menos seis sintomas no total, incluindo dois sintomas de deficiência qualitativa na
interação social, uma sintoma de deficiência qualitativa em comunicação, e um sintoma de
comportamento restrito e repetitivo. Sintomas da amostra incluem falta de reciprocidade
social ou emocional, uso estereotipado e repetitivo da linguagem ou linguagem
idiossincrática e preocupação persistente com partes de objetos.
Tratamentos do autismo:
Os principais objetivos no tratamento de crianças com autismo são52 :
 Estimular o desenvolvimento social e comunicativo;
 Aprimorar o aprendizado e a capacidade de solucionar problemas;
 Diminuir comportamentos que interferem com o aprendizado e com o acesso às
oportunidades de experiências do cotidiano; e
 Ajudar as famílias a lidarem com o autismo.
Dia mundial doautismo:
Em 2011, no Dia Mundial da Conscientização do Autismo, todo 2 de abril, conforme
decretado pela ONU em dezembro de 2007 , a revista tornou-se a página oficial do
evento em todo o mundo, em prol da divulgação de informações sobre autismo na luta por
mais direitos e menos preconceito
Características comuns do autista:
 Tem dificuldade em estabelecer contacto com os olhos,
 Parece surdo, apesar de não o ser,
 Pode começar a desenvolver a linguagem mas repentinamente ela é completamente
interrompida.
 Age como se não tomasse conhecimento do que acontece com os outros,
 Por vezes ataca e fere outras pessoas mesmo que não existam motivos para isso,
 Costuma estar inacessível perante as tentativas de comunicação das outras pessoas,
 Não explora o ambiente e as novidades e costuma restringir-se e fixar-se em poucas
coisas,
 Apresenta certos gestos repetitivos e imotivados como balançar as mãos ou balançar-
se,
 Cheira, morde ou lambe os brinquedos e ou roupas,
 Mostra-se insensível aos ferimentos podendo inclusive ferir-se intencionalmente
 Etc.
Fundação portuguesa de autismo (FPDA):
A FPDA-Federação Portuguesa de Autismo é uma pessoa colectiva de direito privado com a natureza
de instituição particular de solidariedade social, com sede em Lisboa. Foi fundada em2003 mas iniciou as
suas actividades em Janeiro de 2004.
Tem âmbito nacional e substitui a organização nacional APPDA, Associação Portuguesa para a Protecção
aos Deficientes Autistas (anteriormente denominada Associação Portuguesa para a Protecção às Crianças
Autistas), fundada em1971
http://dislexia.do.sapo.pt/autismo.html#ixzz3ZFzUx02R
http://pt.wikipedia.org/wiki/Autismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slide Autismo
Slide   AutismoSlide   Autismo
Slide AutismoUNIME
 
Autismo Unip Fórum Odontodologia
Autismo Unip Fórum OdontodologiaAutismo Unip Fórum Odontodologia
Autismo Unip Fórum OdontodologiaClinicaAssis
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismoluis
 
Síndrome de Asperger e Austismo de Alto Funcionamento
Síndrome de Asperger e Austismo de Alto FuncionamentoSíndrome de Asperger e Austismo de Alto Funcionamento
Síndrome de Asperger e Austismo de Alto FuncionamentoHebert Campos
 
Autismo pela Análise do Comportamento
Autismo pela Análise do ComportamentoAutismo pela Análise do Comportamento
Autismo pela Análise do ComportamentoFernandaMars1
 
02 de abril dia dia autismo por simone helen drumond
02 de abril dia dia  autismo por simone helen drumond02 de abril dia dia  autismo por simone helen drumond
02 de abril dia dia autismo por simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
Pedagogia - Autismo
Pedagogia - AutismoPedagogia - Autismo
Pedagogia - AutismoAurivan
 
O que é autismo?
O que é autismo?O que é autismo?
O que é autismo?Mekinho20
 
Newra rotta diagnóstico autismo ebpa 2010
Newra rotta   diagnóstico autismo ebpa 2010Newra rotta   diagnóstico autismo ebpa 2010
Newra rotta diagnóstico autismo ebpa 2010Caminhos do Autismo
 
Autismo 07-de-abril-de-2015-taboao
Autismo 07-de-abril-de-2015-taboaoAutismo 07-de-abril-de-2015-taboao
Autismo 07-de-abril-de-2015-taboaoClinicaAssis
 

Mais procurados (20)

Espectro Autismo
Espectro AutismoEspectro Autismo
Espectro Autismo
 
Autismo - Liga de Pediatria UNICID
Autismo - Liga de Pediatria UNICIDAutismo - Liga de Pediatria UNICID
Autismo - Liga de Pediatria UNICID
 
Slide Autismo
Slide   AutismoSlide   Autismo
Slide Autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Autismo Unip Fórum Odontodologia
Autismo Unip Fórum OdontodologiaAutismo Unip Fórum Odontodologia
Autismo Unip Fórum Odontodologia
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Bases NeurobiolóGicas Do Autismo 2010
Bases NeurobiolóGicas Do Autismo   2010Bases NeurobiolóGicas Do Autismo   2010
Bases NeurobiolóGicas Do Autismo 2010
 
Síndrome de Asperger e Austismo de Alto Funcionamento
Síndrome de Asperger e Austismo de Alto FuncionamentoSíndrome de Asperger e Austismo de Alto Funcionamento
Síndrome de Asperger e Austismo de Alto Funcionamento
 
Autismo e asperger
Autismo e aspergerAutismo e asperger
Autismo e asperger
 
Autismo pela Análise do Comportamento
Autismo pela Análise do ComportamentoAutismo pela Análise do Comportamento
Autismo pela Análise do Comportamento
 
Genética do autismo
Genética do autismoGenética do autismo
Genética do autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
02 de abril dia dia autismo por simone helen drumond
02 de abril dia dia  autismo por simone helen drumond02 de abril dia dia  autismo por simone helen drumond
02 de abril dia dia autismo por simone helen drumond
 
Pedagogia - Autismo
Pedagogia - AutismoPedagogia - Autismo
Pedagogia - Autismo
 
O que é autismo?
O que é autismo?O que é autismo?
O que é autismo?
 
Newra rotta diagnóstico autismo ebpa 2010
Newra rotta   diagnóstico autismo ebpa 2010Newra rotta   diagnóstico autismo ebpa 2010
Newra rotta diagnóstico autismo ebpa 2010
 
Autismo 07-de-abril-de-2015-taboao
Autismo 07-de-abril-de-2015-taboaoAutismo 07-de-abril-de-2015-taboao
Autismo 07-de-abril-de-2015-taboao
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 

Destaque

Insertar power point en el blog y crear cuenta en slideshare
Insertar power point en el blog y crear cuenta en slideshareInsertar power point en el blog y crear cuenta en slideshare
Insertar power point en el blog y crear cuenta en slidesharehernanmiguel55
 
37 турнир имени ломоносова
37 турнир имени ломоносова37 турнир имени ломоносова
37 турнир имени ломоносоваMasha Bo
 
Mesociclo N.º 1 (Setembro) Juniores D 2014/2015
Mesociclo N.º 1 (Setembro) Juniores D 2014/2015Mesociclo N.º 1 (Setembro) Juniores D 2014/2015
Mesociclo N.º 1 (Setembro) Juniores D 2014/2015Nuno Vieira
 
Avaandmete (Open Data) kasutuspotentsiaali uuring
Avaandmete (Open Data) kasutuspotentsiaali uuringAvaandmete (Open Data) kasutuspotentsiaali uuring
Avaandmete (Open Data) kasutuspotentsiaali uuringgerttusimm
 
درس في أهداف الشريعة ومقاصدها (1/5) | سعد السكندراني
درس في أهداف الشريعة ومقاصدها (1/5) | سعد السكندرانيدرس في أهداف الشريعة ومقاصدها (1/5) | سعد السكندراني
درس في أهداف الشريعة ومقاصدها (1/5) | سعد السكندرانيSaad_Iskandarani
 
Course on what is internet 6e ? French Teacher Librarians
Course on what is internet 6e ? French Teacher LibrariansCourse on what is internet 6e ? French Teacher Librarians
Course on what is internet 6e ? French Teacher LibrariansMy French Library - IFLA 2014
 
Stock manager performance appraisal
Stock manager performance appraisalStock manager performance appraisal
Stock manager performance appraisalwilliamconrad3
 
Beautyofordinarydesign 150422105732-conversion-gate01
Beautyofordinarydesign 150422105732-conversion-gate01Beautyofordinarydesign 150422105732-conversion-gate01
Beautyofordinarydesign 150422105732-conversion-gate01선진 윤
 

Destaque (14)

Insertar power point en el blog y crear cuenta en slideshare
Insertar power point en el blog y crear cuenta en slideshareInsertar power point en el blog y crear cuenta en slideshare
Insertar power point en el blog y crear cuenta en slideshare
 
37 турнир имени ломоносова
37 турнир имени ломоносова37 турнир имени ломоносова
37 турнир имени ломоносова
 
Mesociclo N.º 1 (Setembro) Juniores D 2014/2015
Mesociclo N.º 1 (Setembro) Juniores D 2014/2015Mesociclo N.º 1 (Setembro) Juniores D 2014/2015
Mesociclo N.º 1 (Setembro) Juniores D 2014/2015
 
ACONEX Certificate (ACP)
ACONEX Certificate (ACP)ACONEX Certificate (ACP)
ACONEX Certificate (ACP)
 
celula vegetal
celula vegetalcelula vegetal
celula vegetal
 
Virus Informàtico
Virus InformàticoVirus Informàtico
Virus Informàtico
 
Avaandmete (Open Data) kasutuspotentsiaali uuring
Avaandmete (Open Data) kasutuspotentsiaali uuringAvaandmete (Open Data) kasutuspotentsiaali uuring
Avaandmete (Open Data) kasutuspotentsiaali uuring
 
celula animal
celula animalcelula animal
celula animal
 
درس في أهداف الشريعة ومقاصدها (1/5) | سعد السكندراني
درس في أهداف الشريعة ومقاصدها (1/5) | سعد السكندرانيدرس في أهداف الشريعة ومقاصدها (1/5) | سعد السكندراني
درس في أهداف الشريعة ومقاصدها (1/5) | سعد السكندراني
 
Course on what is internet 6e ? French Teacher Librarians
Course on what is internet 6e ? French Teacher LibrariansCourse on what is internet 6e ? French Teacher Librarians
Course on what is internet 6e ? French Teacher Librarians
 
Stock manager performance appraisal
Stock manager performance appraisalStock manager performance appraisal
Stock manager performance appraisal
 
Beautyofordinarydesign 150422105732-conversion-gate01
Beautyofordinarydesign 150422105732-conversion-gate01Beautyofordinarydesign 150422105732-conversion-gate01
Beautyofordinarydesign 150422105732-conversion-gate01
 
Alibendol 26750-81-2-api-manufacturer-suppliers
Alibendol 26750-81-2-api-manufacturer-suppliersAlibendol 26750-81-2-api-manufacturer-suppliers
Alibendol 26750-81-2-api-manufacturer-suppliers
 
Energia
EnergiaEnergia
Energia
 

Semelhante a Autismo (20)

autismo como tratar.pdf
autismo como tratar.pdfautismo como tratar.pdf
autismo como tratar.pdf
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Informações sobre Autismo
Informações sobre AutismoInformações sobre Autismo
Informações sobre Autismo
 
entre dois mundo
entre dois mundoentre dois mundo
entre dois mundo
 
ApresentaçãO Autismo
ApresentaçãO AutismoApresentaçãO Autismo
ApresentaçãO Autismo
 
Transtornos Globais do Desenvolvimento
Transtornos Globais do DesenvolvimentoTranstornos Globais do Desenvolvimento
Transtornos Globais do Desenvolvimento
 
Neuropedagogia
NeuropedagogiaNeuropedagogia
Neuropedagogia
 
Dia do autista 2 de abril
Dia do autista 2 de abril Dia do autista 2 de abril
Dia do autista 2 de abril
 
Panfletoautismo
PanfletoautismoPanfletoautismo
Panfletoautismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Apresentac3a7c3a3o autismo
Apresentac3a7c3a3o autismoApresentac3a7c3a3o autismo
Apresentac3a7c3a3o autismo
 
O autismo é uma alteração cerebral
O autismo é uma alteração cerebralO autismo é uma alteração cerebral
O autismo é uma alteração cerebral
 
Autismo sem preconceito.pdf
Autismo sem preconceito.pdfAutismo sem preconceito.pdf
Autismo sem preconceito.pdf
 
O Autismo
O AutismoO Autismo
O Autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 

Último

AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoprofleticiasantosbio
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 

Último (20)

AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 

Autismo

  • 1. Autismo: O autismo é um distúrbio neurológico caracterizado por comprometimento da interação social, comunicação verbal e não-verbal e comportamento restrito e repetitivo.1 Os pais costumam notar sinais nos dois primeiros anos de vida da criança.2Os sinais geralmente desenvolvem-se gradualmente, mas algumas crianças com autismo alcançam o marco de desenvolvimento em um ritmo normal e depois regridem.3 O autismo é altamente hereditário, mas a causa inclui tanto fatores ambientais quanto predisposição genética O autismo afeta o processamento de informações no cérebro, alterando a forma como as células nervosas e suas sinapses se conectam e se organizam; como isso ocorre ainda não é bem compreendido.10 É um dos três distúrbios reconhecidos do espectro do autismo (ASD), sendo os outros dois a Síndrome de Asperger, com a ausência de atrasos no desenvolvimento cognitivo e o Transtorno global do desenvolvimento Intervenções precoces em deficiências comportamentais, cognitivas ou da fala podem ajudar as crianças com autismo a ganhar autonomia e habilidades sociais e de comunicação. Embora não exista nenhuma cura conhecida,2 há relatos de casos de crianças que se recuperaram. Poucas crianças com autismo vivem de forma independente depois de atingir a idade adulta, embora algumas têm sucesso. Desde 2010, a taxa de autismo é estimada em cerca de 1-2 a cada 1.000 pessoas em todo o mundo, ocorrendo 4-5 vezes mais em meninos do que meninas. Cerca de 1,5% das crianças nos Estados Unidos (uma em cada 68) são diagnosticadas com ASD, a partir de 2014, houve um aumento de 30%, uma a cada 88, em 2012. A taxa de autismo em adultos de 18 anos ou mais no Reino Unido é de 1,1% o número de pessoas diagnosticadas vem aumentando drasticamente desde a década de 1980 Características: O autismo é um transtorno neurológico altamente variável, que aparece pela primeira vez durante a infância ou adolescência e geralmente segue um curso estável, sem remissão. Os sintomas evidentes começam gradualmente após a idade de seis meses, estabelecem-se por dois anos ou três anos e tendem a continuar até a idade adulta, embora muitas vezes de forma mais moderada. Destaca-se não por um único sintoma, mas por uma tríade de sintomas característicos: prejuízos na interação social, deficiências na comunicação e interesses e comportamento repetitivo e restrito. Outros aspectos, como comer atípico também são comuns, mas não são essenciais para o diagnóstico. Comunicação: Cerca de um terço da metade dos indivíduos com autismo não se desenvolvem o suficiente para ter uma fala natural e que satisfaça suas necessidades diárias de comunicação. As diferenças na comunicações podem estar presentes desde o primeiro ano de vida e podem incluir o início tardio do balbucio, gestos incomuns, capacidade de resposta diminuída e padrões vocais que não estão sincronizados com o cuidador. No segundo e terceiro anos, as crianças com autismo têm menos balbucios frequentes e
  • 2. consoantes, palavras e combinações de palavras menos diversificadas; seus gestos são menos frequentemente integrados às palavras. As crianças com autismo são menos propensas a fazer pedidos ou compartilhar experiências e são mais propensas a simplesmente repetir as palavras dos outros. As crianças com autismo podem ter dificuldade em jogos imaginativos e com o desenvolvimento de símbolos em linguagem. Comportamentos repetitivos:  Estereotipia é o movimento repetitivo, como agitar as mãos, virar a cabeça de um lado para o outro ou balançar o corpo.  Comportamento compulsivo destina-se e parece seguir regras, como organizar objetos em pilhas ou linhas.  Uniformidade é a resistência à mudanças; por exemplo, insistir que os móveis não sejam movidos ou recusando-se a ser interrompido.  Comportamento ritualista envolve um padrão invariável de suas atividades diárias, como um menu imutável ou um ritual de vestir. Isto está intimamente associado com a uniformidade e uma validação independente sugeriu a combinação dos dois fatores.33  Comportamento restrito é o foco limitado em um só interesse ou atividade, como a preocupação com um programa de televisão, brinquedo ou jogo.  Automutilação inclui movimentos que ferem ou podem ferir a pessoa, como o dedo nos olhos, bater a cabeça ou morder as mãos Causas: Presume que há uma causa comum genética, cognitiva e de níveis neurais para a tríade de sintomas característica do autismo. No entanto, há a suspeita crescente de que o autismo é um distúrbio mais complexo cujos aspectos centrais têm causas distintas que muitas vezes co-ocorrem. O autismo tem fortes bases ambientais O autismo tem uma forte base genética, embora a genética do autismo é complexa e não está claro se a ASD é explicada por mutações mais raras, com grandes efeitos, ou por interações mutagénicas raras de variantes genéticas comuns. A complexidade surge devido a interações entre múltiplos genes, o meio ambiente e fatores epigenéticos que não alteram o DNA, mas que são hereditários e influenciam a expressão do gene. Diagnóstico: O diagnóstico do autismo baseia-se no comportamento e não nas causas ou mecanismo.27 51 Para um indivíduo ser diagnosticado com autismo tem que apresentar pelo menos seis sintomas no total, incluindo dois sintomas de deficiência qualitativa na interação social, uma sintoma de deficiência qualitativa em comunicação, e um sintoma de comportamento restrito e repetitivo. Sintomas da amostra incluem falta de reciprocidade social ou emocional, uso estereotipado e repetitivo da linguagem ou linguagem idiossincrática e preocupação persistente com partes de objetos. Tratamentos do autismo:
  • 3. Os principais objetivos no tratamento de crianças com autismo são52 :  Estimular o desenvolvimento social e comunicativo;  Aprimorar o aprendizado e a capacidade de solucionar problemas;  Diminuir comportamentos que interferem com o aprendizado e com o acesso às oportunidades de experiências do cotidiano; e  Ajudar as famílias a lidarem com o autismo. Dia mundial doautismo: Em 2011, no Dia Mundial da Conscientização do Autismo, todo 2 de abril, conforme decretado pela ONU em dezembro de 2007 , a revista tornou-se a página oficial do evento em todo o mundo, em prol da divulgação de informações sobre autismo na luta por mais direitos e menos preconceito Características comuns do autista:  Tem dificuldade em estabelecer contacto com os olhos,  Parece surdo, apesar de não o ser,  Pode começar a desenvolver a linguagem mas repentinamente ela é completamente interrompida.  Age como se não tomasse conhecimento do que acontece com os outros,  Por vezes ataca e fere outras pessoas mesmo que não existam motivos para isso,  Costuma estar inacessível perante as tentativas de comunicação das outras pessoas,  Não explora o ambiente e as novidades e costuma restringir-se e fixar-se em poucas coisas,  Apresenta certos gestos repetitivos e imotivados como balançar as mãos ou balançar- se,  Cheira, morde ou lambe os brinquedos e ou roupas,  Mostra-se insensível aos ferimentos podendo inclusive ferir-se intencionalmente  Etc. Fundação portuguesa de autismo (FPDA): A FPDA-Federação Portuguesa de Autismo é uma pessoa colectiva de direito privado com a natureza de instituição particular de solidariedade social, com sede em Lisboa. Foi fundada em2003 mas iniciou as suas actividades em Janeiro de 2004. Tem âmbito nacional e substitui a organização nacional APPDA, Associação Portuguesa para a Protecção aos Deficientes Autistas (anteriormente denominada Associação Portuguesa para a Protecção às Crianças Autistas), fundada em1971 http://dislexia.do.sapo.pt/autismo.html#ixzz3ZFzUx02R