SlideShare uma empresa Scribd logo

Slide Autismo

UNIME
UNIME

Conhecimentos Básico s do Autismo

1 de 8
Baixar para ler offline
AUTISMO: PARA CUIDAR É
PRECISO CONHECER.
Segundo o DSM-V:
 A partir do último Manual de Saúde Mental – DSM-5, que
é um guia de classificação diagnóstica, todos os
distúrbios do autismo, incluindo o transtorno autista,
transtorno desintegrativo da infância, transtorno
generalizado do desenvolvimento não-especificado (PDD-
NOS) e Síndrome de Asperger, fundiram-se em um único
diagnóstico chamado Transtornos do Espectro Autista
– TEA.
 O TEA é uma condição geral para um grupo de
desordens complexas do desenvolvimento do cérebro,
antes, durante ou logo após o nascimento. Esses
distúrbios se caracterizam pela dificuldade na
comunicação social e comportamentos repetitivos.
Embora todas as pessoas com TEA partilhem essas
dificuldades, o seu estado irá afetá-las com intensidades
Os déficits sociais e de
comunicação
A fim de receber um diagnóstico de Transtorno do
Espectro do Autismo, uma pessoa deve ter os três
seguintes déficits:
 Problemas de interação social ou emocional alternativo –
Isso pode incluir a dificuldade de estabelecer ou manter o
vai e vem de conversas e interações, a incapacidade de
iniciar uma interação e problemas com a atenção
compartilhada ou partilha de emoções e interesses com os
outros.
 Graves problemas para manter relações – Isso pode
envolver uma completa falta de interesse em outras
pessoas, as dificuldades de jogar fingir e se engajar em
atividades sociais apropriadas à idade e problemas de
adaptação a diferentes expectativas sociais.
 Problemas de comunicação não verbal – o que pode incluir
o contato anormal dos olhos, postura, expressões faciais,
tom de voz e gestos, bem como a incapacidade de
Comportamentos repetitivos e
restritivos
Além disso, o indivíduo deve apresentar pelo
menos dois destes comportamentos:
 Apego extremo a rotinas e padrões e resistência a
mudanças nas rotinas
 Fala ou movimentos repetitivos
 Interesses intensos e restritiva
 Dificuldade em integrar informação sensorial ou forte
procura ou evitar comportamentos de estímulos
sensoriais
Alterações principais, critérios e
diagnósticos
 O novo DSM terá apenas duas áreas principais:
comunicação social e os déficits e os
comportamentos fixos ou repetitivos.
 Os atrasos de linguagem não fazem parte do
diagnóstico: A nova versão do DSM não inclui
atraso de linguagem como um critério para o
diagnóstico. Atrasos de linguagem podem ocorrer
por muitas razões e não foram consistentes em
todo o espectro do autismo, a Equipe de
Desenvolvimento DSM-V sentiu que eles não
devem ser necessários para o diagnóstico.
 Anteriormente, um atraso de linguagem foi um
fator significativo no diagnóstico de autismo
clássico. Além disso, os indivíduos com
 Algumas pessoas com TEA podem ter dificuldades de
aprendizagem em diversos estágios da vida, desde
estudar na escola, até aprender atividades da vida
diária, como, por exemplo, tomar banho ou preparar a
própria refeição. Algumas poderão levar uma vida
relativamente “normal”, enquanto outras poderão
precisar de apoio especializado ao longo de toda a
vida.
 O autismo é uma condição permanente, a criança
nasce com autismo e torna-se um adulto com
autismo.
 Assim como qualquer ser humano, cada pessoa com
autismo é única e todas podem aprender.
 As pessoas com autismo podem ter alguma forma de
sensibilidade sensorial. Isto pode ocorrer em um ou
em mais dos cinco sentidos – visão, audição, olfato,
tato e paladar – que podem ser mais ou menos
intensificados. Por exemplo, uma pessoa com autismo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pedagogia - Autismo
Pedagogia - AutismoPedagogia - Autismo
Pedagogia - AutismoAurivan
 
Habilidades sociais oficina apostila-pdf
Habilidades sociais oficina   apostila-pdfHabilidades sociais oficina   apostila-pdf
Habilidades sociais oficina apostila-pdfAnaí Peña
 
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
Autismo  os educadores são a chave para inclusão!Autismo  os educadores são a chave para inclusão!
Autismo os educadores são a chave para inclusão!Raline Guimaraes
 
Lidando com o autismo em sala de aula sem video
Lidando com o autismo em sala de aula sem videoLidando com o autismo em sala de aula sem video
Lidando com o autismo em sala de aula sem videocraeditgd
 
Deficiência Intelectual
Deficiência IntelectualDeficiência Intelectual
Deficiência IntelectualEdilene Sampaio
 
Autismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regular
Autismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regularAutismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regular
Autismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regularJanderly Reis
 
Informações sobre Autismo
Informações sobre AutismoInformações sobre Autismo
Informações sobre AutismoTathiane Cuesta
 
Transtornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimentoTranstornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimentoCaio Maximino
 
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@sSaúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@sProf. Marcus Renato de Carvalho
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDeisiane Cazaroto
 
Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...
Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...
Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...Vinícius Fagundes Dos Santos
 
Modelo de plano de desenvolvimento individual 1
Modelo  de plano de desenvolvimento individual 1Modelo  de plano de desenvolvimento individual 1
Modelo de plano de desenvolvimento individual 1Kelry Carvalho
 
Projeto Multidisciplinar sobre o Dia Mundial da Conscientização do Autismo
Projeto Multidisciplinar sobre o Dia Mundial da Conscientização do Autismo Projeto Multidisciplinar sobre o Dia Mundial da Conscientização do Autismo
Projeto Multidisciplinar sobre o Dia Mundial da Conscientização do Autismo Ivete Diniz
 

Mais procurados (20)

Pedagogia - Autismo
Pedagogia - AutismoPedagogia - Autismo
Pedagogia - Autismo
 
Habilidades sociais oficina apostila-pdf
Habilidades sociais oficina   apostila-pdfHabilidades sociais oficina   apostila-pdf
Habilidades sociais oficina apostila-pdf
 
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
Autismo  os educadores são a chave para inclusão!Autismo  os educadores são a chave para inclusão!
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
 
Lidando com o autismo em sala de aula sem video
Lidando com o autismo em sala de aula sem videoLidando com o autismo em sala de aula sem video
Lidando com o autismo em sala de aula sem video
 
Deficiência Intelectual
Deficiência IntelectualDeficiência Intelectual
Deficiência Intelectual
 
Slides sobre TDAH
Slides sobre TDAHSlides sobre TDAH
Slides sobre TDAH
 
Autismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regular
Autismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regularAutismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regular
Autismo: desafios da inclusão da criança autista na escola regular
 
TEA
TEATEA
TEA
 
Autismo e educação
Autismo e educaçãoAutismo e educação
Autismo e educação
 
Informações sobre Autismo
Informações sobre AutismoInformações sobre Autismo
Informações sobre Autismo
 
Metodologias ativas
Metodologias ativas Metodologias ativas
Metodologias ativas
 
Transtornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimentoTranstornos do neurodesenvolvimento
Transtornos do neurodesenvolvimento
 
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@sSaúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
Saúde Mental na Escola - Cartilha orienta professor@s e alun@s
 
TDAH
TDAH TDAH
TDAH
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagem
 
Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...
Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...
Tdah - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade - Prof. Esp. Viníciu...
 
Modelo de plano de desenvolvimento individual 1
Modelo  de plano de desenvolvimento individual 1Modelo  de plano de desenvolvimento individual 1
Modelo de plano de desenvolvimento individual 1
 
Projeto Multidisciplinar sobre o Dia Mundial da Conscientização do Autismo
Projeto Multidisciplinar sobre o Dia Mundial da Conscientização do Autismo Projeto Multidisciplinar sobre o Dia Mundial da Conscientização do Autismo
Projeto Multidisciplinar sobre o Dia Mundial da Conscientização do Autismo
 
Competencias socioemocionais--nova-escola
Competencias socioemocionais--nova-escolaCompetencias socioemocionais--nova-escola
Competencias socioemocionais--nova-escola
 
Apresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
Apresentação: Fundamentos da PsicopedagogiaApresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
Apresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
 

Destaque

Power point autismo
Power point  autismoPower point  autismo
Power point autismoadrianamnf13
 
Apresentaçao de slides autismo
Apresentaçao de slides autismoApresentaçao de slides autismo
Apresentaçao de slides autismoescolaJVC
 
Apresentação autismo escolinha
Apresentação autismo escolinhaApresentação autismo escolinha
Apresentação autismo escolinhaDaniela Santos
 
Estudo Coletivo sobre Transtornos do Espectro Autista - Abordagem Pedagógica ...
Estudo Coletivo sobre Transtornos do Espectro Autista - Abordagem Pedagógica ...Estudo Coletivo sobre Transtornos do Espectro Autista - Abordagem Pedagógica ...
Estudo Coletivo sobre Transtornos do Espectro Autista - Abordagem Pedagógica ...Anaí Peña
 
O que é autismo?
O que é autismo?O que é autismo?
O que é autismo?Mekinho20
 
Modelo de projeto_interdisciplinar-autismo
Modelo de projeto_interdisciplinar-autismoModelo de projeto_interdisciplinar-autismo
Modelo de projeto_interdisciplinar-autismoEdilania Batalha Batalha
 
40 Curiosidades sobre autismo (de autismoavila.org))
40 Curiosidades sobre autismo (de autismoavila.org))40 Curiosidades sobre autismo (de autismoavila.org))
40 Curiosidades sobre autismo (de autismoavila.org))Néstor González
 
40 curiosidades sobre autismo
40 curiosidades sobre autismo40 curiosidades sobre autismo
40 curiosidades sobre autismoEduardo Suárez
 
Identificando o autismo - Parte I
Identificando o autismo - Parte IIdentificando o autismo - Parte I
Identificando o autismo - Parte Iinstitutowalden4
 
Primeiro ciclo - sensibilização autismo
Primeiro ciclo - sensibilização autismoPrimeiro ciclo - sensibilização autismo
Primeiro ciclo - sensibilização autismoDaniela Santos
 
Autismo-Manual_para_as_Escolas
Autismo-Manual_para_as_EscolasAutismo-Manual_para_as_Escolas
Autismo-Manual_para_as_EscolasRosane Domingues
 
Guia Prático sobre Autismo
Guia Prático sobre AutismoGuia Prático sobre Autismo
Guia Prático sobre AutismoSarah Olliver
 
Sensibilização
SensibilizaçãoSensibilização
Sensibilizaçãocejad
 
Historia em quadrinhos sobre autismo
Historia em quadrinhos sobre autismoHistoria em quadrinhos sobre autismo
Historia em quadrinhos sobre autismoPri Domingos
 

Destaque (20)

Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Power point autismo
Power point  autismoPower point  autismo
Power point autismo
 
Apresentaçao de slides autismo
Apresentaçao de slides autismoApresentaçao de slides autismo
Apresentaçao de slides autismo
 
Apresentação autismo escolinha
Apresentação autismo escolinhaApresentação autismo escolinha
Apresentação autismo escolinha
 
Estudo Coletivo sobre Transtornos do Espectro Autista - Abordagem Pedagógica ...
Estudo Coletivo sobre Transtornos do Espectro Autista - Abordagem Pedagógica ...Estudo Coletivo sobre Transtornos do Espectro Autista - Abordagem Pedagógica ...
Estudo Coletivo sobre Transtornos do Espectro Autista - Abordagem Pedagógica ...
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
O que é autismo?
O que é autismo?O que é autismo?
O que é autismo?
 
Modelo de projeto_interdisciplinar-autismo
Modelo de projeto_interdisciplinar-autismoModelo de projeto_interdisciplinar-autismo
Modelo de projeto_interdisciplinar-autismo
 
40 Curiosidades sobre autismo (de autismoavila.org))
40 Curiosidades sobre autismo (de autismoavila.org))40 Curiosidades sobre autismo (de autismoavila.org))
40 Curiosidades sobre autismo (de autismoavila.org))
 
40 curiosidades sobre autismo
40 curiosidades sobre autismo40 curiosidades sobre autismo
40 curiosidades sobre autismo
 
Identificando o autismo - Parte I
Identificando o autismo - Parte IIdentificando o autismo - Parte I
Identificando o autismo - Parte I
 
Autismo aula
Autismo aulaAutismo aula
Autismo aula
 
Primeiro ciclo - sensibilização autismo
Primeiro ciclo - sensibilização autismoPrimeiro ciclo - sensibilização autismo
Primeiro ciclo - sensibilização autismo
 
Autismo - Ziraldo
Autismo  -  ZiraldoAutismo  -  Ziraldo
Autismo - Ziraldo
 
Autismo-Manual_para_as_Escolas
Autismo-Manual_para_as_EscolasAutismo-Manual_para_as_Escolas
Autismo-Manual_para_as_Escolas
 
Guia Prático sobre Autismo
Guia Prático sobre AutismoGuia Prático sobre Autismo
Guia Prático sobre Autismo
 
A u t i s m o crbbm
A u t i s m o crbbmA u t i s m o crbbm
A u t i s m o crbbm
 
Sensibilização
SensibilizaçãoSensibilização
Sensibilização
 
Bases NeurobiolóGicas Do Autismo 2010
Bases NeurobiolóGicas Do Autismo   2010Bases NeurobiolóGicas Do Autismo   2010
Bases NeurobiolóGicas Do Autismo 2010
 
Historia em quadrinhos sobre autismo
Historia em quadrinhos sobre autismoHistoria em quadrinhos sobre autismo
Historia em quadrinhos sobre autismo
 

Semelhante a Slide Autismo

Educação Física Adaptada - TEA Autismo.pptx
Educação Física Adaptada - TEA Autismo.pptxEducação Física Adaptada - TEA Autismo.pptx
Educação Física Adaptada - TEA Autismo.pptxAlineRibeiro942570
 
Apostila atividades
Apostila atividadesApostila atividades
Apostila atividadesDboradeLara
 
autismo como tratar.pdf
autismo como tratar.pdfautismo como tratar.pdf
autismo como tratar.pdflojakeuke
 
Palestra Autismo para a ONG AMAI Azul
Palestra Autismo para a ONG AMAI AzulPalestra Autismo para a ONG AMAI Azul
Palestra Autismo para a ONG AMAI AzulClinicaAssis
 
Direitos pessoasautismo leitura
Direitos pessoasautismo leituraDireitos pessoasautismo leitura
Direitos pessoasautismo leituraSimoneHelenDrumond
 
TEA- Transtorno do Espectro Autista, conceito, diagnóstico
TEA- Transtorno do Espectro Autista, conceito, diagnósticoTEA- Transtorno do Espectro Autista, conceito, diagnóstico
TEA- Transtorno do Espectro Autista, conceito, diagnósticoDanilloPalmeira3
 
Cartilha os direitos das crianças autistas no amazonas 1
Cartilha os direitos das crianças autistas no amazonas 1Cartilha os direitos das crianças autistas no amazonas 1
Cartilha os direitos das crianças autistas no amazonas 1SimoneHelenDrumond
 
AULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptx
AULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptxAULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptx
AULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptxemanoelefreitas2
 

Semelhante a Slide Autismo (20)

Educação Física Adaptada - TEA Autismo.pptx
Educação Física Adaptada - TEA Autismo.pptxEducação Física Adaptada - TEA Autismo.pptx
Educação Física Adaptada - TEA Autismo.pptx
 
Apostila atividades
Apostila atividadesApostila atividades
Apostila atividades
 
autismo como tratar.pdf
autismo como tratar.pdfautismo como tratar.pdf
autismo como tratar.pdf
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
exemplo.pptx
exemplo.pptxexemplo.pptx
exemplo.pptx
 
Déficit de Atenção, Hiperatividade, Discalculia e Outras Síndromes Que Causam...
Déficit de Atenção, Hiperatividade, Discalculia e Outras Síndromes Que Causam...Déficit de Atenção, Hiperatividade, Discalculia e Outras Síndromes Que Causam...
Déficit de Atenção, Hiperatividade, Discalculia e Outras Síndromes Que Causam...
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
TEA AUTISM.pptx
TEA AUTISM.pptxTEA AUTISM.pptx
TEA AUTISM.pptx
 
Palestra Autismo para a ONG AMAI Azul
Palestra Autismo para a ONG AMAI AzulPalestra Autismo para a ONG AMAI Azul
Palestra Autismo para a ONG AMAI Azul
 
Direitospessoasautismo leitura
Direitospessoasautismo leituraDireitospessoasautismo leitura
Direitospessoasautismo leitura
 
Direitos pessoasautismo leitura
Direitos pessoasautismo leituraDireitos pessoasautismo leitura
Direitos pessoasautismo leitura
 
TEA- Transtorno do Espectro Autista, conceito, diagnóstico
TEA- Transtorno do Espectro Autista, conceito, diagnósticoTEA- Transtorno do Espectro Autista, conceito, diagnóstico
TEA- Transtorno do Espectro Autista, conceito, diagnóstico
 
Transtornos Globais do Desenvolvimento
Transtornos Globais do DesenvolvimentoTranstornos Globais do Desenvolvimento
Transtornos Globais do Desenvolvimento
 
Neuropedagogia
NeuropedagogiaNeuropedagogia
Neuropedagogia
 
Autismo 1º encontro
Autismo 1º encontroAutismo 1º encontro
Autismo 1º encontro
 
Cartilha os direitos das crianças autistas no amazonas 1
Cartilha os direitos das crianças autistas no amazonas 1Cartilha os direitos das crianças autistas no amazonas 1
Cartilha os direitos das crianças autistas no amazonas 1
 
Tg ds
Tg dsTg ds
Tg ds
 
Panfletoautismo
PanfletoautismoPanfletoautismo
Panfletoautismo
 
AULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptx
AULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptxAULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptx
AULA AUTISMO - PARTE 1 - DA DEFINIÇÃO A TERAPIA.pptx
 
Contexto educacional do estudante com autismo
Contexto educacional do estudante com autismoContexto educacional do estudante com autismo
Contexto educacional do estudante com autismo
 

Último

A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMHisrelBlog
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...GraceDavino
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...apoioacademicoead
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...assessoriaff01
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxColmeias
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 

Último (20)

A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 

Slide Autismo

  • 1. AUTISMO: PARA CUIDAR É PRECISO CONHECER.
  • 2. Segundo o DSM-V:  A partir do último Manual de Saúde Mental – DSM-5, que é um guia de classificação diagnóstica, todos os distúrbios do autismo, incluindo o transtorno autista, transtorno desintegrativo da infância, transtorno generalizado do desenvolvimento não-especificado (PDD- NOS) e Síndrome de Asperger, fundiram-se em um único diagnóstico chamado Transtornos do Espectro Autista – TEA.  O TEA é uma condição geral para um grupo de desordens complexas do desenvolvimento do cérebro, antes, durante ou logo após o nascimento. Esses distúrbios se caracterizam pela dificuldade na comunicação social e comportamentos repetitivos. Embora todas as pessoas com TEA partilhem essas dificuldades, o seu estado irá afetá-las com intensidades
  • 3. Os déficits sociais e de comunicação A fim de receber um diagnóstico de Transtorno do Espectro do Autismo, uma pessoa deve ter os três seguintes déficits:  Problemas de interação social ou emocional alternativo – Isso pode incluir a dificuldade de estabelecer ou manter o vai e vem de conversas e interações, a incapacidade de iniciar uma interação e problemas com a atenção compartilhada ou partilha de emoções e interesses com os outros.  Graves problemas para manter relações – Isso pode envolver uma completa falta de interesse em outras pessoas, as dificuldades de jogar fingir e se engajar em atividades sociais apropriadas à idade e problemas de adaptação a diferentes expectativas sociais.  Problemas de comunicação não verbal – o que pode incluir o contato anormal dos olhos, postura, expressões faciais, tom de voz e gestos, bem como a incapacidade de
  • 4. Comportamentos repetitivos e restritivos Além disso, o indivíduo deve apresentar pelo menos dois destes comportamentos:  Apego extremo a rotinas e padrões e resistência a mudanças nas rotinas  Fala ou movimentos repetitivos  Interesses intensos e restritiva  Dificuldade em integrar informação sensorial ou forte procura ou evitar comportamentos de estímulos sensoriais
  • 5. Alterações principais, critérios e diagnósticos  O novo DSM terá apenas duas áreas principais: comunicação social e os déficits e os comportamentos fixos ou repetitivos.  Os atrasos de linguagem não fazem parte do diagnóstico: A nova versão do DSM não inclui atraso de linguagem como um critério para o diagnóstico. Atrasos de linguagem podem ocorrer por muitas razões e não foram consistentes em todo o espectro do autismo, a Equipe de Desenvolvimento DSM-V sentiu que eles não devem ser necessários para o diagnóstico.  Anteriormente, um atraso de linguagem foi um fator significativo no diagnóstico de autismo clássico. Além disso, os indivíduos com
  • 6.  Algumas pessoas com TEA podem ter dificuldades de aprendizagem em diversos estágios da vida, desde estudar na escola, até aprender atividades da vida diária, como, por exemplo, tomar banho ou preparar a própria refeição. Algumas poderão levar uma vida relativamente “normal”, enquanto outras poderão precisar de apoio especializado ao longo de toda a vida.  O autismo é uma condição permanente, a criança nasce com autismo e torna-se um adulto com autismo.  Assim como qualquer ser humano, cada pessoa com autismo é única e todas podem aprender.  As pessoas com autismo podem ter alguma forma de sensibilidade sensorial. Isto pode ocorrer em um ou em mais dos cinco sentidos – visão, audição, olfato, tato e paladar – que podem ser mais ou menos intensificados. Por exemplo, uma pessoa com autismo
  • 7. As pessoas com TEA podem se destacar em habilidades visuais, música, arte e matemática. Ainda:  A maioria das pessoas com autismo é boa em aprender visualmente;  Algumas pessoas com autismo são muito atentas aos detalhes e à exatidão;  Geralmente possuem capacidade de memória muito acima da média;  É provável que as informações, rotinas ou processos uma vez aprendidos, sejam retidos;  Algumas pessoas conseguem concentrar-se na sua área de interesse especifico durante muito tempo e podem optar por estudar ou trabalhar em áreas afins;  A paixão pela rotina pode ser fator favorável na execução de um trabalho;  Indivíduos com autismo são funcionários leais e de
  • 8. Referências  http://www.usp.br/rbtcc/index.php/RBTCC/article/view File/659/406  http://www.usp.br/rbtcc/index.php/RBTCC/article/view File/659/406  A LÓGICA DO AUTISMO: UMA ANÁLISE ATRAVÉS DA AUTOBIOGRAFIA DE UM AUTISTA disponível em:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext& pid=S1413-73722014000400645  https://autismoprojetointegrar.wordpress.com/aspecto s-legais/dsm-v-informando-o-que-e-o-autismo/  http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid =S1516-44462004000400012&lang=pt