SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 38
Baixar para ler offline
Missão RH no
Vale do Silício
Arthur Diniz
CEO
Em 2003, fundou a Crescimentum. Autor
do livro “Líder do Futuro – A
Transformação em Líder Coach”.
Foi alto executivo de empresas como
Unibanco, Deutsche Bank e Santander
Especialista em Gestão de Cultura
Organizacional pelo Barrett Values
Centre
Neurociência aplicada a Liderança
pelo MIT Sloan Executive Education
Authentic Leadership Development pela
Harvard Business School
Leadership and High Performance
Teams na Kellogg School of
Management
Zappos Culture Camp em Las Vegas
Estratégia do Oceano Azul pelo Insead,
na França
Exponential Innovation Program na
Singularity University
People, Culture and Performance – Sillicon
Valley Strategies pela Stanford Graduated
School of Business
Um pouco sobre o Vale do Silício...
25 % do capital de risco mundial
Rebeldia marca o lugar
Mais de 50% das pessoas nasceram fora dos EUA
Vale do Silício – Bases fundamentais
1. Ninguém no Vale do Silício
acredita em plano de negócios
2. Startups criam MVPS e testam-
nos imediatamente com clientes
3. Se você não tiver vergonha
de apresentar seu produto para
um possível cliente, você já está
atrasado
4. Dinamismo e foco no cliente
são mais importantes do que
formalidades e ego
5. Foco no futuro. Passado não é
importante
6. Simplicidade e objetividade
7. Rebeldia + Conhecimento +
Capital
Alugue pensadores e contrate executores
Dois Caminhos
Tempo
Resultados
A mentalidade INCREMENTAL
Estipule objetivos realistas
Siga o plano
Minimize o risco
Padronize
Centralize a tomada de decisões
Aumente a autoridade
“Faça seus números”
10%
A mentalidade EXPONENCIAL
Estipule objetivos realistas
Siga o plano
Minimize o risco
Padronize
Centralize
Aumente a autoridade
“Faça
10x
AMBICIOSOS
VISÃO
MAXIMIZE O APRENDIZADO
PERSONALIZE
EMPODERE a tomada de decisões
INFLUÊNCIA
AUMENTE seus números A SUA REDE”
Fonte: SINGULARITY UNIVERSITY
Contratação é a coisa mais
importante que você faz
“Demore muito tempo
para contratar e pouco
tempo para demitir. A
maioria das companhias
faz o oposto.”
P
Problem
solver
EntrepreneurAdaptative
Creative
A EC
Fonte :Singularity
Cultura e performance
Culturas fracas
166% Aumento de receitas
36% Expansão mão de obra
74% Aumento do preço das ações
1% Crescimento da renda líquida
682%
282%
901%
756%
Culturas fortes
CULTURA?
Tony Hsieh
“Nossa estratégia de negócio tem sido em
investir na cultura da companhia, com a
crença de que a cultura irá em última
instância guiar a produtividade dos
funcionários, qualidade de serviço ao cliente e
força da marca.”
Alinhamento Cultural Prediz a Realização
ProbabilidadeCumulativadePromoção
Meses Empregado
Baixo ajuste cultural
Médio ajuste cultural
Alto ajuste culturalPromoção a Gerente
Modelo de risco proporcional
(com predições de variação de
tempo).
Controle: sociodemográfico
(idade, gênero), departamento
Alinhamento Cultural Prediz a Realização
ProbabilidadeCumulativadeSaídaInvoluntária
Meses Empregado
Baixo ajuste cultural
Médio ajuste cultural
Alto ajuste cultural
Saída Involuntária
Modelo de risco proporcional
(com predições de variação de
tempo).
Controle: sociodemográfico
(idade, gênero), departamento
Lições da HP
1. Cultura é a grande
chave para atrair talentos
2. Eliminar hierarquia e
burocracia
3. Tudo começa com
visão e propósito
4. Mudar a cultura sem
mudar o recrutamento e
a integração não
funciona
5. É preciso ouvir com
velocidade o cliente
GOOGLE
1.Inovação vem de qualquer lugar
2.Adapte projetos, não os mate
3.Termine rápido, depois aperfeiçoe
4.Compartilhe o máximo de informação possível
5.Criatividade adora limitações/obstáculos
Google
1. Demissão é rara no Google
2. Contratação só com certeza
3. Processo de demissão é
burocrático e desgastante
4. Tripé: Propósito, Maestria e
Autonomia
5. “Agora que” vs “Se então”
6. BP é uma mistura de “guarda”
com “advogado”
7. Se você quer alguma coisa,
levanta e busque
8. Autoavaliação submetida
semestralmente
• RH mínimo
• Sem chefe
• Funcionário solicita
promoção
• BP = guarda
• Auto aprendizado
• Recrutamento criterioso e
turnover baixo
• Ninguém sai e ninguém é
demitido
• RH estratégico
• Chefe próximo
• Avaliação de Performance
tradicional com curva
• BP estratégico colado no
gestor
• Muitos treinamentos
oferecidos
• Competição por talentos e
turnover alto
Do fit ao aculturamento
A entrada A jornada
Aculturamento é mais forte que o fit inicial
Rápida
enculturação
diminui a
probabilidade de
saída involuntária
Meses empregados
Probabilidadecumulativade
saídainvoluntária
Alto fit inicial, aculturamento lento
Médio recém-chegado
Baixo fit inicial, aculturamento rápido
O que muda em liderança na Era Exponencial?
A
B
C D E
B
G
DF
E
A
C
Como as coisas eram
no passado
Necessidade de um líder e uma
hierarquia bem definida
“Manda quem pode, obedece
quem tem juízo”
Como as coisas estão hoje
Figuras centras que
exercem formalmente o
papel de liderança
Líderes “informais” com
espaço para surgirem
“Me sigam que eu mostro o
caminho”
Como as coisas funcionarão no
futuro
Ausência de estruturas
Hierarquia horizontal e até mesmo
Holocracia
“Pessoas reconhecidas pelas
habilidades e atitudes, não pela
posição na hierarquia”
Fonte: Bersin by Deloitte, 2016
Valores e cultura compartilhados
Metas e projetos transparentes
Fluxo livre de informações e
feedback
NETFLIX DECK
• Os funcionários são cobrados pelo que entregam e não
pela carga horaria.
• Quanto menos politica melhor.
• Faça o que for melhor para a Netflix, pensando que esses
custos seriam do seu bolso.
• Um funcionário excepcional faz mais e custa menos que 2
funcionários inadequados. Nos esforçamos para ter apenas
funcionários excepcionais.
Netflix
1. Contratar com muito critério:
busca por pessoas maduras
profissionalmente
2. Cada gestor contrata como e
quando quiser
3. Pessoas entram, acessam o
Culture deck e VÃO =
liberdade
5. Presença física e trabalho em
equipe são exigidos
6. Não contratam estagiários –
contratam só referências
7. Quem tem performance
adequada é demitido
8. Não há avaliação de
performance, nem assessments4. Confiança é a base de
tudo
Netflix
1. Todos tem de ser os melhores
jogadores em suas posições
3. Pessoas são conhecidas por
entregas. Não há títulos
4. Não há promoções, títulos ou
planos de carreira
5. Uma vez por ano o gerente
questiona o colaborador sobre o
valor do trabalho dele no mercado
6. “Se essa pessoa pedisse demissão
hoje eu lutaria pra ela ficar?” Se a
resposta for não, a ação é a
demissão
2. Não há controle de gastos.
Sem aprovação de
reembolsos, sem políticas de
férias
Netflix
1. Todos na empresa tem
acesso a TUDO
2. Quem quer segurança
ou estabilidade não tem
lugar no Netflix. Essa é uma
empresa para quem
procura desafios
3. Fit cultural é a chave
4. Gestão fornece o contexto
em encontros trimestrais –
assim todos podem tomar
decisões adequadas
Netflix
LIBERDADE E
RESPONSABILIDADE
“O que você vai fazer no
seu 1º dia de trabalho”?
Regras e processos
matam:
• Motivação
• Criatividade
• Flexibilidade
• Liberdade
• Talento
Papel do Gestor no Vale...
Dê a caneta para cada um construir seu sonho –
veículos para condução dos sonhos
Fazer com que o ser
humano reconheça
seus valores como ser
humano e poder trazer sua
melhor versão
Invista tempo conversando com pessoas dentro e
fora da empresa e encontrar talentos.
Talento? Põe para dentro e depois achamos algo
para ela fazer
Contrate e faça de tudo
para não atrapalhar
Na maioria das empresas não se paga a mais para ser
Gestor. A pessoa pede para ser gestor se acha que
pode contribuir e queira passar por essa
experiência. Pode voltar para a parte técnica se
tiver interesse
Você não é o dono do time... Você
é um instrumento da
empresa...você é um
preparador de palco
Potencialize o
sucesso dos atores
Pessoas
antes dos
processos
Eu lutaria para manter
essa pessoa no time?
Reflexão
“Quanto tempo o c-level
da sua empresa gasta
desenvolvendo e
contratando pessoas?”
40%
7 segredos da Cultura do Vale
1. Tenha o proposito
como base de tudo
2. Desenvolva uma doutrina
baseada em valores
3. Construa uma cultura
baseada na doutrina
4. Treine e desenvolva
5. Dê autoridade e espaço
para as pessoas resolverem
o que for necessário
6. Incentive ideias e
aprenda com os erros
7. Use o feedback
como um acelerador
Obrigado!
Arthur Diniz
E-mail: adiniz@crescimentum.com.br
Whats: (11)98456-0011
www.crescimentum.com.br
CONECTE-SE COM A CRESCIMENTUM:
/crescimentum
@crescimentum
/company/crescimentum
/crescimentum

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula -gestão_por_competências
Aula  -gestão_por_competênciasAula  -gestão_por_competências
Aula -gestão_por_competências
Cicero Feitosa
 
Gestão de Pessoas
Gestão de PessoasGestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
Luis Cunha
 
Apresentação da atps de recursos humanos
Apresentação da atps de recursos humanos   Apresentação da atps de recursos humanos
Apresentação da atps de recursos humanos
Rodrigo Cisco
 
Gestão de pessoas exercícios
Gestão de pessoas exercíciosGestão de pessoas exercícios
Gestão de pessoas exercícios
Cisco Kunsagi
 

Mais procurados (20)

Aula -gestão_por_competências
Aula  -gestão_por_competênciasAula  -gestão_por_competências
Aula -gestão_por_competências
 
Preparo para mercado de trabalho
Preparo para mercado de trabalhoPreparo para mercado de trabalho
Preparo para mercado de trabalho
 
Empreendedorismo no Brasil
Empreendedorismo no BrasilEmpreendedorismo no Brasil
Empreendedorismo no Brasil
 
Modelo de Negócios Canvas
Modelo de Negócios  Canvas Modelo de Negócios  Canvas
Modelo de Negócios Canvas
 
Gestão de Pessoas
Gestão de PessoasGestão de Pessoas
Gestão de Pessoas
 
Gestão e Liderança_Prof. Randes
Gestão e Liderança_Prof. RandesGestão e Liderança_Prof. Randes
Gestão e Liderança_Prof. Randes
 
Apresentação da atps de recursos humanos
Apresentação da atps de recursos humanos   Apresentação da atps de recursos humanos
Apresentação da atps de recursos humanos
 
Organizações Exponenciais 2016
Organizações Exponenciais 2016Organizações Exponenciais 2016
Organizações Exponenciais 2016
 
Cultura Organizacional
Cultura OrganizacionalCultura Organizacional
Cultura Organizacional
 
Habilidades sociais no mundo do trabalho (Aula 01)
Habilidades sociais no mundo do trabalho (Aula 01)Habilidades sociais no mundo do trabalho (Aula 01)
Habilidades sociais no mundo do trabalho (Aula 01)
 
Curso de Liderança e Comunicação
Curso de Liderança e ComunicaçãoCurso de Liderança e Comunicação
Curso de Liderança e Comunicação
 
Plano de Carreira
Plano de CarreiraPlano de Carreira
Plano de Carreira
 
Avaliação de Desempenho por Competência
Avaliação de Desempenho por CompetênciaAvaliação de Desempenho por Competência
Avaliação de Desempenho por Competência
 
Gestão de pessoas exercícios
Gestão de pessoas exercíciosGestão de pessoas exercícios
Gestão de pessoas exercícios
 
Avaliação de Desempenho com foco em Competências
Avaliação de Desempenho com foco em CompetênciasAvaliação de Desempenho com foco em Competências
Avaliação de Desempenho com foco em Competências
 
O Futuro do Trabalho
O Futuro do TrabalhoO Futuro do Trabalho
O Futuro do Trabalho
 
O futuro do RH
O futuro do RHO futuro do RH
O futuro do RH
 
Liderança impulsionadora de Agilidade e Diversidade
Liderança impulsionadora de Agilidade e DiversidadeLiderança impulsionadora de Agilidade e Diversidade
Liderança impulsionadora de Agilidade e Diversidade
 
Gestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- IntroduçãoGestão de Pessoas- Introdução
Gestão de Pessoas- Introdução
 
Treinamento Liderança - Embali
Treinamento Liderança - EmbaliTreinamento Liderança - Embali
Treinamento Liderança - Embali
 

Semelhante a Manhã com RH - O Mindset do Vale do Silício

liderdofuturoemummundoexponencial-manhacomrh-190326202235.pptx
liderdofuturoemummundoexponencial-manhacomrh-190326202235.pptxliderdofuturoemummundoexponencial-manhacomrh-190326202235.pptx
liderdofuturoemummundoexponencial-manhacomrh-190326202235.pptx
Pedro Luis Moraes
 
PROC.de MUDANÇA - PRODUTIVIDADE NOS LIONS
PROC.de MUDANÇA - PRODUTIVIDADE NOS LIONSPROC.de MUDANÇA - PRODUTIVIDADE NOS LIONS
PROC.de MUDANÇA - PRODUTIVIDADE NOS LIONS
Jaime F. Ribeiro
 

Semelhante a Manhã com RH - O Mindset do Vale do Silício (20)

Slides - Palestra CBTD - Arthur Diniz
Slides - Palestra CBTD - Arthur Diniz Slides - Palestra CBTD - Arthur Diniz
Slides - Palestra CBTD - Arthur Diniz
 
Palestra ABRH 2018 - Arthur Diniz
Palestra ABRH 2018 - Arthur DinizPalestra ABRH 2018 - Arthur Diniz
Palestra ABRH 2018 - Arthur Diniz
 
RD SUMMIT - Arthur Diniz
RD SUMMIT - Arthur DinizRD SUMMIT - Arthur Diniz
RD SUMMIT - Arthur Diniz
 
RH para Tempos de Grandes Desafios
RH para Tempos de Grandes DesafiosRH para Tempos de Grandes Desafios
RH para Tempos de Grandes Desafios
 
A cultura como uma aceleradora de negócios
A cultura como uma aceleradora de negóciosA cultura como uma aceleradora de negócios
A cultura como uma aceleradora de negócios
 
Estratégias para tempos de turbulências e liderança para tempos de crise
Estratégias para tempos de turbulências e liderança para tempos de criseEstratégias para tempos de turbulências e liderança para tempos de crise
Estratégias para tempos de turbulências e liderança para tempos de crise
 
Liderança 2030
Liderança 2030 Liderança 2030
Liderança 2030
 
Educação corporativa e organizacional do departamento de rh
Educação corporativa e organizacional do departamento de rhEducação corporativa e organizacional do departamento de rh
Educação corporativa e organizacional do departamento de rh
 
MiniBA em Liderança - Mini Business Administration Course
MiniBA em Liderança - Mini Business Administration CourseMiniBA em Liderança - Mini Business Administration Course
MiniBA em Liderança - Mini Business Administration Course
 
Recursos Humanos
Recursos Humanos Recursos Humanos
Recursos Humanos
 
liderdofuturoemummundoexponencial-manhacomrh-190326202235.pptx
liderdofuturoemummundoexponencial-manhacomrh-190326202235.pptxliderdofuturoemummundoexponencial-manhacomrh-190326202235.pptx
liderdofuturoemummundoexponencial-manhacomrh-190326202235.pptx
 
O papel estratégico de rh cópia (nx power-lite)
O papel estratégico de rh   cópia (nx power-lite)O papel estratégico de rh   cópia (nx power-lite)
O papel estratégico de rh cópia (nx power-lite)
 
HollywoodCEO Pixar
HollywoodCEO PixarHollywoodCEO Pixar
HollywoodCEO Pixar
 
Palestra Joel Dutra - Liderança, RH e Avaliação de Desempenho
Palestra Joel Dutra - Liderança, RH e Avaliação de DesempenhoPalestra Joel Dutra - Liderança, RH e Avaliação de Desempenho
Palestra Joel Dutra - Liderança, RH e Avaliação de Desempenho
 
Grandes Decisões sobre Pessoas
Grandes Decisões sobre PessoasGrandes Decisões sobre Pessoas
Grandes Decisões sobre Pessoas
 
Empresa 2.0 - Novos conceitos de gestão
Empresa 2.0 - Novos conceitos de gestãoEmpresa 2.0 - Novos conceitos de gestão
Empresa 2.0 - Novos conceitos de gestão
 
Slides-Prontos-Recursos-Humanos-2021.pptx
Slides-Prontos-Recursos-Humanos-2021.pptxSlides-Prontos-Recursos-Humanos-2021.pptx
Slides-Prontos-Recursos-Humanos-2021.pptx
 
Comunicação Interna em Tempos de Crise
Comunicação Interna em Tempos de CriseComunicação Interna em Tempos de Crise
Comunicação Interna em Tempos de Crise
 
Transformação Ágil: A mudança de cultura (TOT - Meetup RJ - Jul2017)
Transformação Ágil: A mudança de cultura (TOT - Meetup RJ - Jul2017)Transformação Ágil: A mudança de cultura (TOT - Meetup RJ - Jul2017)
Transformação Ágil: A mudança de cultura (TOT - Meetup RJ - Jul2017)
 
PROC.de MUDANÇA - PRODUTIVIDADE NOS LIONS
PROC.de MUDANÇA - PRODUTIVIDADE NOS LIONSPROC.de MUDANÇA - PRODUTIVIDADE NOS LIONS
PROC.de MUDANÇA - PRODUTIVIDADE NOS LIONS
 

Último

Objeções - Jeb Blount livro negociios de
Objeções - Jeb Blount livro negociios deObjeções - Jeb Blount livro negociios de
Objeções - Jeb Blount livro negociios de
rafaelventura53
 
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdfb2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
Renandantas16
 

Último (7)

Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 
Objeções - Jeb Blount livro negociios de
Objeções - Jeb Blount livro negociios deObjeções - Jeb Blount livro negociios de
Objeções - Jeb Blount livro negociios de
 
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos AcontecerPesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
Pesquisa de satisfação - Encontro Fazemos Acontecer
 
DROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptx
DROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptxDROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptx
DROGASIL EQUIPE LOGISTICA MERCADOLOGICA.pptx
 
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdfb2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
b2ee375d-671f-406c-8c60-df328a75e662.pdf
 
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
Imóvel do Banco, Apartamento T5 com Sótão; Bank Property, Apartment near Cent...
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 

Manhã com RH - O Mindset do Vale do Silício

  • 1. Missão RH no Vale do Silício
  • 2.
  • 3.
  • 4. Arthur Diniz CEO Em 2003, fundou a Crescimentum. Autor do livro “Líder do Futuro – A Transformação em Líder Coach”. Foi alto executivo de empresas como Unibanco, Deutsche Bank e Santander Especialista em Gestão de Cultura Organizacional pelo Barrett Values Centre Neurociência aplicada a Liderança pelo MIT Sloan Executive Education Authentic Leadership Development pela Harvard Business School Leadership and High Performance Teams na Kellogg School of Management Zappos Culture Camp em Las Vegas Estratégia do Oceano Azul pelo Insead, na França Exponential Innovation Program na Singularity University People, Culture and Performance – Sillicon Valley Strategies pela Stanford Graduated School of Business
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8. Um pouco sobre o Vale do Silício... 25 % do capital de risco mundial Rebeldia marca o lugar Mais de 50% das pessoas nasceram fora dos EUA
  • 9. Vale do Silício – Bases fundamentais 1. Ninguém no Vale do Silício acredita em plano de negócios 2. Startups criam MVPS e testam- nos imediatamente com clientes 3. Se você não tiver vergonha de apresentar seu produto para um possível cliente, você já está atrasado 4. Dinamismo e foco no cliente são mais importantes do que formalidades e ego 5. Foco no futuro. Passado não é importante 6. Simplicidade e objetividade 7. Rebeldia + Conhecimento + Capital Alugue pensadores e contrate executores
  • 11. A mentalidade INCREMENTAL Estipule objetivos realistas Siga o plano Minimize o risco Padronize Centralize a tomada de decisões Aumente a autoridade “Faça seus números” 10%
  • 12. A mentalidade EXPONENCIAL Estipule objetivos realistas Siga o plano Minimize o risco Padronize Centralize Aumente a autoridade “Faça 10x AMBICIOSOS VISÃO MAXIMIZE O APRENDIZADO PERSONALIZE EMPODERE a tomada de decisões INFLUÊNCIA AUMENTE seus números A SUA REDE” Fonte: SINGULARITY UNIVERSITY
  • 13. Contratação é a coisa mais importante que você faz
  • 14. “Demore muito tempo para contratar e pouco tempo para demitir. A maioria das companhias faz o oposto.”
  • 16. Cultura e performance Culturas fracas 166% Aumento de receitas 36% Expansão mão de obra 74% Aumento do preço das ações 1% Crescimento da renda líquida 682% 282% 901% 756% Culturas fortes
  • 18. Tony Hsieh “Nossa estratégia de negócio tem sido em investir na cultura da companhia, com a crença de que a cultura irá em última instância guiar a produtividade dos funcionários, qualidade de serviço ao cliente e força da marca.”
  • 19.
  • 20. Alinhamento Cultural Prediz a Realização ProbabilidadeCumulativadePromoção Meses Empregado Baixo ajuste cultural Médio ajuste cultural Alto ajuste culturalPromoção a Gerente Modelo de risco proporcional (com predições de variação de tempo). Controle: sociodemográfico (idade, gênero), departamento
  • 21. Alinhamento Cultural Prediz a Realização ProbabilidadeCumulativadeSaídaInvoluntária Meses Empregado Baixo ajuste cultural Médio ajuste cultural Alto ajuste cultural Saída Involuntária Modelo de risco proporcional (com predições de variação de tempo). Controle: sociodemográfico (idade, gênero), departamento
  • 22. Lições da HP 1. Cultura é a grande chave para atrair talentos 2. Eliminar hierarquia e burocracia 3. Tudo começa com visão e propósito 4. Mudar a cultura sem mudar o recrutamento e a integração não funciona 5. É preciso ouvir com velocidade o cliente
  • 23. GOOGLE 1.Inovação vem de qualquer lugar 2.Adapte projetos, não os mate 3.Termine rápido, depois aperfeiçoe 4.Compartilhe o máximo de informação possível 5.Criatividade adora limitações/obstáculos
  • 24. Google 1. Demissão é rara no Google 2. Contratação só com certeza 3. Processo de demissão é burocrático e desgastante 4. Tripé: Propósito, Maestria e Autonomia 5. “Agora que” vs “Se então” 6. BP é uma mistura de “guarda” com “advogado” 7. Se você quer alguma coisa, levanta e busque 8. Autoavaliação submetida semestralmente
  • 25. • RH mínimo • Sem chefe • Funcionário solicita promoção • BP = guarda • Auto aprendizado • Recrutamento criterioso e turnover baixo • Ninguém sai e ninguém é demitido • RH estratégico • Chefe próximo • Avaliação de Performance tradicional com curva • BP estratégico colado no gestor • Muitos treinamentos oferecidos • Competição por talentos e turnover alto
  • 26. Do fit ao aculturamento A entrada A jornada
  • 27. Aculturamento é mais forte que o fit inicial Rápida enculturação diminui a probabilidade de saída involuntária Meses empregados Probabilidadecumulativade saídainvoluntária Alto fit inicial, aculturamento lento Médio recém-chegado Baixo fit inicial, aculturamento rápido
  • 28. O que muda em liderança na Era Exponencial? A B C D E B G DF E A C Como as coisas eram no passado Necessidade de um líder e uma hierarquia bem definida “Manda quem pode, obedece quem tem juízo” Como as coisas estão hoje Figuras centras que exercem formalmente o papel de liderança Líderes “informais” com espaço para surgirem “Me sigam que eu mostro o caminho” Como as coisas funcionarão no futuro Ausência de estruturas Hierarquia horizontal e até mesmo Holocracia “Pessoas reconhecidas pelas habilidades e atitudes, não pela posição na hierarquia” Fonte: Bersin by Deloitte, 2016 Valores e cultura compartilhados Metas e projetos transparentes Fluxo livre de informações e feedback
  • 29. NETFLIX DECK • Os funcionários são cobrados pelo que entregam e não pela carga horaria. • Quanto menos politica melhor. • Faça o que for melhor para a Netflix, pensando que esses custos seriam do seu bolso. • Um funcionário excepcional faz mais e custa menos que 2 funcionários inadequados. Nos esforçamos para ter apenas funcionários excepcionais.
  • 30. Netflix 1. Contratar com muito critério: busca por pessoas maduras profissionalmente 2. Cada gestor contrata como e quando quiser 3. Pessoas entram, acessam o Culture deck e VÃO = liberdade 5. Presença física e trabalho em equipe são exigidos 6. Não contratam estagiários – contratam só referências 7. Quem tem performance adequada é demitido 8. Não há avaliação de performance, nem assessments4. Confiança é a base de tudo
  • 31. Netflix 1. Todos tem de ser os melhores jogadores em suas posições 3. Pessoas são conhecidas por entregas. Não há títulos 4. Não há promoções, títulos ou planos de carreira 5. Uma vez por ano o gerente questiona o colaborador sobre o valor do trabalho dele no mercado 6. “Se essa pessoa pedisse demissão hoje eu lutaria pra ela ficar?” Se a resposta for não, a ação é a demissão 2. Não há controle de gastos. Sem aprovação de reembolsos, sem políticas de férias
  • 32. Netflix 1. Todos na empresa tem acesso a TUDO 2. Quem quer segurança ou estabilidade não tem lugar no Netflix. Essa é uma empresa para quem procura desafios 3. Fit cultural é a chave 4. Gestão fornece o contexto em encontros trimestrais – assim todos podem tomar decisões adequadas
  • 33. Netflix LIBERDADE E RESPONSABILIDADE “O que você vai fazer no seu 1º dia de trabalho”? Regras e processos matam: • Motivação • Criatividade • Flexibilidade • Liberdade • Talento
  • 34. Papel do Gestor no Vale... Dê a caneta para cada um construir seu sonho – veículos para condução dos sonhos Fazer com que o ser humano reconheça seus valores como ser humano e poder trazer sua melhor versão Invista tempo conversando com pessoas dentro e fora da empresa e encontrar talentos. Talento? Põe para dentro e depois achamos algo para ela fazer Contrate e faça de tudo para não atrapalhar Na maioria das empresas não se paga a mais para ser Gestor. A pessoa pede para ser gestor se acha que pode contribuir e queira passar por essa experiência. Pode voltar para a parte técnica se tiver interesse Você não é o dono do time... Você é um instrumento da empresa...você é um preparador de palco Potencialize o sucesso dos atores Pessoas antes dos processos Eu lutaria para manter essa pessoa no time?
  • 35. Reflexão “Quanto tempo o c-level da sua empresa gasta desenvolvendo e contratando pessoas?” 40%
  • 36. 7 segredos da Cultura do Vale 1. Tenha o proposito como base de tudo 2. Desenvolva uma doutrina baseada em valores 3. Construa uma cultura baseada na doutrina 4. Treine e desenvolva 5. Dê autoridade e espaço para as pessoas resolverem o que for necessário 6. Incentive ideias e aprenda com os erros 7. Use o feedback como um acelerador
  • 37.
  • 38. Obrigado! Arthur Diniz E-mail: adiniz@crescimentum.com.br Whats: (11)98456-0011 www.crescimentum.com.br CONECTE-SE COM A CRESCIMENTUM: /crescimentum @crescimentum /company/crescimentum /crescimentum