CAMINHOS E  DESCAMINHOS: A QUESTÃO DA PERMANÊNCIA DOS EDUCANDOS NO PROEJA FIC
Aurea Maria Seben  1 Cláudia Postal Rizzardo  1 Dinanci Dal Ponte  1 Gilce Grasselli  1 Jacinta Maria Tesser Cristofoli  1...
BENTO GONÇALVES – RS - ESCOLAS - EMEF SANTA HELENA EMEF ERNESTO DORNELES EMEM ALFREDO AVELINE EMEF MARIA BORGES FROTA EMEF...
O objetivo deste estudo é estabelecer as relações  pertinentes entre a teoria  e a prática educativa dos docentes que atua...
PALAVRAS-CHAVE:  PROEJA FIC   PRÁTICA EDUCATIVA COMPROMETIMENTO
SUJEITOS DA PESQUISA: DEZENOVE(19)   EDUCANDOS  DO PROEJA FIC DO  MUNICÍPIO DE BENTO GONÇALVES
METODOLOGIA   QUESTIONÁRIOS COM QUESTÕES  ABERTAS E FECHADAS ABORDANDO  QUESTÕES PERTINENTES  À APRENDIZAGEM, AO COMPROMET...
REFERENCIAL TEÓRICO OS SUPORTES TEÓRICOS ANALISADOS  E QUE NOS SERVIRAM DE  EMBASAMENTO PARA O ESTUDO E APERFEIÇOAMENTO DO...
RESULTADOS PRINCIPAIS DA PESQUISA:  A maioria dos educandos optou pela alternativa quase sempre devido à comparação das au...
O aluno está atingindo um bom nível de  conhecimento, levando em consideração  a sua expectativa.
A maioria dos alunos procurou se esforçar nas atividades  realizadas. Contudo, o item raramente, apresenta um  indicador, ...
A metodologia utilizada pelos educadores em sala de  aula nem sempre satisfaz as expectativas dos alunos,  entretanto, os ...
Devido à infrequência e ao alto grau de dificuldades de aprendizagem dos educandos, eles não conseguem  realizar plenament...
Alguns aspectos negativos que influenciam  diretamente na aprendizagem, tais como a  indisciplina de alguns colegas, a fai...
Os educandos se relacionam bem com os professores e  isso se deve a vários fatores, dentre os quais é possível  destacar a...
OS ENCONTROS E DESENCONTROS NA CAMINHADA A PESQUISA POSSIBILITOU UMA REFLEXÃO  SOBRE AS PRÁTICAS DOCENTES,  ELENCANDO NOVA...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRASIL. Decreto 5.840 , de 13 de julho de 2006. Institui o Programa Nacional de Integração da E...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PROEJA-FIC - Caminhos e Descaminhos: A Questão da Permanência dos Educandos no PROEJA-FIC - Prof. Edson C. Camargo e Outros - Bento Gonçalves - RS

2.572 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.572
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.867
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PROEJA-FIC - Caminhos e Descaminhos: A Questão da Permanência dos Educandos no PROEJA-FIC - Prof. Edson C. Camargo e Outros - Bento Gonçalves - RS

  1. 1. CAMINHOS E DESCAMINHOS: A QUESTÃO DA PERMANÊNCIA DOS EDUCANDOS NO PROEJA FIC
  2. 2. Aurea Maria Seben 1 Cláudia Postal Rizzardo 1 Dinanci Dal Ponte 1 Gilce Grasselli 1 Jacinta Maria Tesser Cristofoli 1 Laures Carraro Baggio 1 Maria do Carmo Postal Rizzardo 1 Neusa Maria Ferrarri 1 Sandra Missaggia 1 Tânia Maria dos Santos Deolindo 1 Edson Carpes Camargo 2 1 Professoras participantes do PROEJA FIC. 2 Professor do IFRS – Campus Bento Gonçalves.
  3. 3. BENTO GONÇALVES – RS - ESCOLAS - EMEF SANTA HELENA EMEF ERNESTO DORNELES EMEM ALFREDO AVELINE EMEF MARIA BORGES FROTA EMEF ANSELMO LUIGI PICOLLI EMEF PROFESSOR ULYSSES LEONEL DE GASPERI
  4. 4. O objetivo deste estudo é estabelecer as relações pertinentes entre a teoria e a prática educativa dos docentes que atuam no PROEJA-FIC.
  5. 5. PALAVRAS-CHAVE: PROEJA FIC PRÁTICA EDUCATIVA COMPROMETIMENTO
  6. 6. SUJEITOS DA PESQUISA: DEZENOVE(19) EDUCANDOS DO PROEJA FIC DO MUNICÍPIO DE BENTO GONÇALVES
  7. 7. METODOLOGIA QUESTIONÁRIOS COM QUESTÕES ABERTAS E FECHADAS ABORDANDO QUESTÕES PERTINENTES À APRENDIZAGEM, AO COMPROMETIMENTO E AO INTERESSE DOS EDUCANDOS. A PARTIR DOS RESULTADOS,FOI POSSÍVEL IDENTIFICAR QUE A MAIORIA DOS ENTREVISTADOS DEMONSTRA INTERESSE NA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES; A METODOLOGIA UTILIZADA PELO EDUCADOR AUXILIA NA APRENDIZAGEM E OS EDUCANDOS ATINGEM ALTO NÍVEL DE CRESCIMENTO.
  8. 8. REFERENCIAL TEÓRICO OS SUPORTES TEÓRICOS ANALISADOS E QUE NOS SERVIRAM DE EMBASAMENTO PARA O ESTUDO E APERFEIÇOAMENTO DO PROCESSO EDUCATIVO FORAM PAUTADOS EM PAULO FREIRE (1992, 1997, 2005), MAURICE TARDIF (2007) E NA LEGISLAÇÃO EDUCACIONAL PERTINENTE AO TEMA.
  9. 9. RESULTADOS PRINCIPAIS DA PESQUISA: A maioria dos educandos optou pela alternativa quase sempre devido à comparação das aulas – tanto em relação ao conteúdo quanto ao processo metodológico – com o ensino regular.
  10. 10. O aluno está atingindo um bom nível de conhecimento, levando em consideração a sua expectativa.
  11. 11. A maioria dos alunos procurou se esforçar nas atividades realizadas. Contudo, o item raramente, apresenta um indicador, 5%, de que os pesquisados nem sempre se interessam pelas atividades propostas, obstruindo o fluxo no processo ensino e aprendizagem.
  12. 12. A metodologia utilizada pelos educadores em sala de aula nem sempre satisfaz as expectativas dos alunos, entretanto, os índices de “quase sempre” e “sempre”, se somados, contribuem para a representação de que há uma tentativa de aperfeiçoamento constante por parte dos educadores.
  13. 13. Devido à infrequência e ao alto grau de dificuldades de aprendizagem dos educandos, eles não conseguem realizar plenamente as atividades. São muitas as faltas à escola, o que acarreta um descompasso com os demais colegas, resultando numa fragilidade da aprendizagem.
  14. 14. Alguns aspectos negativos que influenciam diretamente na aprendizagem, tais como a indisciplina de alguns colegas, a faixa etária muito diversificada e a evasão.
  15. 15. Os educandos se relacionam bem com os professores e isso se deve a vários fatores, dentre os quais é possível destacar a metodologia utilizada. Os educadores procuram trabalhar com a realidade dos educandos, o que facilita o bom relacionamento em sala de aula.
  16. 16. OS ENCONTROS E DESENCONTROS NA CAMINHADA A PESQUISA POSSIBILITOU UMA REFLEXÃO SOBRE AS PRÁTICAS DOCENTES, ELENCANDO NOVAS ALTERNATIVAS À APRENDIZAGEM NESTA MODALIDADE DE ENSINO. OS DADOS DEMONSTRARAM QUE O PROEJA FIC É CONSIDERADO COMO UMA NOVA OPORTUNIDADE DE CERTIFICAÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL, PERMITINDO A ARTICULAÇÃO DOS SABERES FORMAIS COM OS SABERES DO MUNDO DO TRABALHO .
  17. 17. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRASIL. Decreto 5.840 , de 13 de julho de 2006. Institui o Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos – PROEJA. Brasília: Presidência da República, 13/07/2006. FREIRE,Paulo. A Pedagogia da esperança 7ª ed. Editora Paz e Terra Rio de Janeiro, 1992. FREIRE,Paulo . Pedagogia da Autonomia- Saberes necessários à prática educativa 6 ed. Editora Paz e Terra Rio de Janeiro,1997. FREIRE,Paulo. Pedagogia do Oprimido 48ª reimpressão, Ed Paz e Terra Rio de Janeiro, 2005. TARDIF, Maurice . Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2007.

×