O império português do oriente parte 2

5.319 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.319
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.912
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
74
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O império português do oriente parte 2

  1. 1. Descobrimentos e conquistas no período henriquino O Infante D. Henrique teve um papel fundamental no início da Expansão portuguesa.
  2. 2. 1419-1420 Madeira 1427 Açores
  3. 3. <ul><li>Madeira e Porto Santo </li></ul><ul><li>A descoberta oficial do arquipélago da Madeira foi feita por João Gonçalves Zarco, Tristão Vaz Teixeira e Bartolomeu Perestrelo; </li></ul><ul><li>Entre 1419 e 1420 </li></ul><ul><li>Açores </li></ul><ul><li>A redescoberta dos Açores iniciou-se em 1427, com Diogo de Silves; </li></ul><ul><li>Só em 1452 foram conhecidas todas as ilhas que compõem o arquipélago. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Quando foram descobertos, estes arquipélagos (MADEIRA e AÇORES) eram desertos, isto é, não tinham habitantes. </li></ul><ul><li>Dadas as suas excelentes condições naturais, para evitar que fossem alvo da cobiça (ROUBO) de outros países, o Infante D. Henrique vai promover o seu povoamento (principalmente com pessoas do Algarve, do Minho e estrangeiros), aproveitamento, e desenvolvimento dos recursos naturais, ou seja vai realizar a sua colonização. </li></ul>
  5. 6. <ul><li>Colonização, QUER DIZER: povoamento e exploração económica das terras descobertas. </li></ul><ul><li>Assim, a colonização iniciou-se pelos Arquipélagos do Atlântico a Madeira a sudoeste de Portugal continental e os Açores a oeste. </li></ul>
  6. 8. <ul><li>Para isso, dividiu os dois arquipélagos em capitanias ou donatarias( que entregou aos respectivos descobridores. </li></ul><ul><li>A Capitania era uma parcela de território entregue a um capitão - donatário, para que este a administrasse e explorasse. </li></ul>
  7. 9. Produtos explorados <ul><li>Madeira: </li></ul><ul><li> Cereais </li></ul><ul><li> Cana-de Açúcar </li></ul><ul><li> Árvores de fruto </li></ul><ul><li> Vinha </li></ul>Açores:  Cereais  Gado  Plantas tintureiras
  8. 10. 1434 Gil Eanes passou além do Cabo Bojador.
  9. 11. Arquipélago de Cabo Verde
  10. 12. Foi descoberto em 1460 por Diogo Gomes, que encontrou as ilhas desabitadas. Foi colónia de Portugal desde o século XV até à sua independência em 1975.
  11. 13. A posição estratégica das ilhas nas rotas que ligavam Portugal ao Brasil e ao resto da África contribuíram para o facto dessas serem utilizadas como entreposto comercial e de aprovisionamento das naus. Abolido o tráfico de escravos em 1876, o interesse comercial do arquipélago para a metrópole decresceu, só voltando a ter importância a partir da segunda metade do século XX.
  12. 14. Do Cabo Bojador até Serra Leoa <ul><li>1434 – Cabo Bojador – Gil Eanes; </li></ul><ul><li>1436 – Rio do Ouro – Afonso Baldaia; </li></ul><ul><li>1441 – Cabo Branco – Antão Gonçalves; </li></ul><ul><li>1443 – Arguim – Nuno Tristão; </li></ul><ul><li>1456 – Arq. Cabo Verde – Cadamosto; </li></ul><ul><li>1460 – Serra Leoa – Pedro de Sintra </li></ul>A partir de 1460( ano da morte do Infante D. Henrique)as viagens de descoberta abrandaram. D. Afonso V estava mais interessado numa política de conquistas no Norte de África.
  13. 15. Os territórios de África <ul><li>Ao entrarem em contato com os povos africanos, os portugueses procuraram estabelecer relações comerciais, criando, para esse efeito as Feitorias . </li></ul>Feitoria é: local de comércio, geralmente junto ao litoral, onde eram construídos armazéns para se guardarem os produtos e fazer as trocas comerciais.
  14. 17. <ul><li>Arguim, criada pelo Infante D. Henrique, talvez em 1455; </li></ul><ul><li>São Jorge da Mina, criada por D. João II, em 1482; </li></ul>FEITORIAS MAIS IMPORTANTES
  15. 18. <ul><li>S. Jorge da Mina foi um importante mercado de escravos, marfim, malagueta e ouro. </li></ul>
  16. 19. <ul><li>Os portugueses levavam para trocar: </li></ul><ul><ul><li>panos; </li></ul></ul><ul><ul><li>sal; </li></ul></ul><ul><ul><li>objectos de cobre; </li></ul></ul><ul><ul><li>objectos de latão; </li></ul></ul><ul><ul><li>bugigangas ; </li></ul></ul>PRODUTOS EXPLORADOS

×