PROJETO PUBLICIDADE LITERÁRIA - LENDO E ANUNCIANDO BOAS HISTÓRIAS

370 visualizações

Publicada em

O Projeto Publicidade Literária - Lendo e Anunciando Boas Histórias foi desenvolvido com os alunos dos 7ªAnos A, B, C e D, do Ensino Fundamental II, Eleni Moroni de Barros com o apoio da Sala de Leitura da E. E. Dr. Sylvio de Aguiar Maya, no ano de 2014.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
370
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PROJETO PUBLICIDADE LITERÁRIA - LENDO E ANUNCIANDO BOAS HISTÓRIAS

  1. 1. 2.2.8. PROJETO PUBLICIDADE LITERÁRIA – LENDO E ANUNCIANDO BOAS LEITURAS O projeto Publicidade Literária – Lendo e Anunciando Boas Leituras, foi desenvolvido com o 8º Ano D do Ensino Fundamental ll, da E. E. Dr. Sylvio de Aguiar Maya, no ano letivo de 2014. RESUMO Acreditamos que por meio do trabalho com gêneros discursivos, os alunos terão condições de ler nas entrelinhas, desvelar e desmistificar as intenções, desenvolver uma fruição estética do seu próprio pensamento quando em contato com todo e qualquer tipo de texto, pois o conceito de gênero discursivo não se limita a considerar apenas aspectos estruturais ou formais do texto. Tal atividade consistiu na abordagem do gênero discursivo anúncio publicitário, bem como, na diferenciação desse gênero em relação à propaganda e à publicidade, com o objetivo de ampliar as competências linguístico textuais dos alunos. Para tanto, nos pautamos na concepção bakhtiniana (1992) de linguagem como um fenômeno social, histórico, ideológico, na concepção de gêneros discursivos e na caracterização da linguagem dos gêneros publicitários de Carvalho (2000). JUSTIFICATIVA Ler é mais que necessário! Abrir as portas do mundo da leitura de forma lúdica e prazerosa. O objetivo principal deste projeto é influenciar a opinião do leitor, tentando convencê-lo do prazer em ler um determinado livro. Para isso, aos alunos utilizaram dois elementos fundamentais: a imagem, que deve produzir forte impacto visual, e o texto, que deve ter frases curtas e linguagem convincente. Faz parte do texto o nome dos anunciantes. 148
  2. 2. OBJETIVO O Objetivo fundamental deste projeto é fazer com que os alunos desenvolvam o gosto pela leitura, e através dela, produzam anúncios publicitários para estes, aprimorando e promovendo o desenvolvimento das habilidades escritora e leitora. DESENVOLVIMENTO A biblioteca exerce um papel fundamental na realização desse projeto, na formação do aluno leitor, e deve ser transformada no espaço mais fascinante da escola. Deve ser um lugar agradável, dinâmico, descontraído, onde imperem as boas relações entre alunos, livros e professores. O espaço físico deve ser acolhedor, cheio de vida, organizado e limpo; com cantinhos aconchegantes, gostosos aonde, a aprendizagem vá acontecendo, sem imposições, como um convite mágico, como uma descoberta. A função primordial é o prazer do leitor. Através deste prazer estaremos atingindo o objetivo do projeto. - 1ª Etapa: Sob a orientação da professora os alunos foram até a Sala de Leitura para a escolha do livro para dar início ao desenvolvimento do projeto de leitura. (junho) - 2ª Etapa: Depois de concluído a leitura, os alunos produziram anúncios com a intenção de atrair mais leitores do livro em questão. (julho) - 3ª Etapa: Apresentação para classe dos anúncios elaborados. 149
  3. 3. Alunos do 9ºAno D fazendo propaganda do livro escolhido 150
  4. 4. CONCLUSÃO Ao final desse projeto, percebemos que o aluno pode sim se envolver com uma obra literária, e que esse aluno consegue ter uma postura crítica e participativa. A participação dos alunos nesse projeto foi muito significativa. Todos se envolveram na leitura e em seguida, produziram anúncios publicitários cativantes. Ao final das produções textuais do anúncio publicitário podemos concluir como foi proveitoso o trabalho com esse gênero, tendo vista o empenho dos alunos em acreditar na possibilidade de produção de um texto extremamente familiar a eles, e no qual se deparam a todo instante, mas que muitas vezes é passado despercebido, devido às enormes lacunas ainda existentes no ensino de língua portuguesa, principalmente, nas escolas da rede pública deste país. A maior parte dos alunos se comprometeu com a proposta, vivenciando um trabalho de equipe, no qual uns ajudavam os outros, fosse ao desenho, no texto ou na decoração da cartolina. Com esse engajamento mútuo, tivemos nas três turmas onde a evasão é grandiosa, mais de oitenta alunos produzindo um, ou mais de um, texto atendendo a proposta do gênero anúncio publicitário. A adequação a elementos peculiares ao anúncio foi explorada de modo muito inteligente pelos discentes: eles mostraram ser capazes de manusear a linguagem persuasiva de forma a alcançar o seu propósito; as imagens conseguiram fazer parte do texto de modo harmonioso, como um complemento. Conseguimos fazer um trabalho não só de produção textual, mas também buscamos, já que era necessário, explorar outros conhecimentos, principalmente o crítico, fazendo-os conhecer a importância de se analisar um anúncio não só para atender uma proposta da disciplina de língua portuguesa, mas também para eles conhecerem o “grandioso mundo” dos textos da esfera publicitária. 151
  5. 5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In: _Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1992. BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: língua portuguesa Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: 1997. CARVALHO, Nelly. Publicidade: a linguagem da sedução. 3.ed. São Paulo: Ática, 2000. SANDMANN, A. J. A linguagem da propaganda. 2.ed. São Paulo: Contexto, 1997. REFERÊNCIAS FIORIN, José Luiz.Linguagem e ideologia. São Paulo: Ática, 2003. LOWY, Michael.Ideologias e ciência social: elementos para uma análise marxista.14.ed.São Paulo.Cortez,2000. RICHARDSON, Roberto Jarry. Artigo. Como Fazer Pesquisa Ação? Disponível em: http://jarry.sites.uol.com.br/pesquisacao.htm. Acesso em: 10 de fevereiro de 2011. SAVIANI, Dermeval. Pedagogia Histórica-crítica: primeiras aproximações. 8 ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2003. 152
  6. 6. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso. In: _Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1992. BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: língua portuguesa Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: 1997. CARVALHO, Nelly. Publicidade: a linguagem da sedução. 3.ed. São Paulo: Ática, 2000. SANDMANN, A. J. A linguagem da propaganda. 2.ed. São Paulo: Contexto, 1997. REFERÊNCIAS FIORIN, José Luiz.Linguagem e ideologia. São Paulo: Ática, 2003. LOWY, Michael.Ideologias e ciência social: elementos para uma análise marxista.14.ed.São Paulo.Cortez,2000. RICHARDSON, Roberto Jarry. Artigo. Como Fazer Pesquisa Ação? Disponível em: http://jarry.sites.uol.com.br/pesquisacao.htm. Acesso em: 10 de fevereiro de 2011. SAVIANI, Dermeval. Pedagogia Histórica-crítica: primeiras aproximações. 8 ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2003. 152

×