12ª mssfi preenchida co

382 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
382
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

12ª mssfi preenchida co

  1. 1. 1 4 / 1 0 / 2 0 1 4 1 4 : 3 1 : 5 2 ESCOL A MUNICI PAL ROTAR Y ROSELI FERREIRA DA COSTA GONÇALVES OS GÊNEROS TEXTUAIS E O ENSINO DA LÍNGUA MATERNA: A PARTIR DA SEQUÊNCI A DIDÁTICA DO GÊNERO HISTÓRIA EM QUADRIN HOS “CHAPEUZ INHO VERMELH O” LETRAMEN TO E LINGUAGE M C I RESUMO Neste trabalho apresento como instrumento de ensino os gêneros textuais, Pois eles estão ligados ao nosso cotidiano, tanto os informais como também os formais são usados no processo de interação nos diferentes contextos sociais. Portanto, precisamos conhecê-los para usá-los adequadamente em cada momento e situações que nos encontramos. Para tanto, torna-se interessante que o aluno comece a conhecê-lo e aprenda usá-lo desde os primeiros anos do ensino f undamental. Além, disso o gênero textual pode ser utilizando como instrumento no processo de desenv olvimento das habilidades tanto, na escrita quanto na leitura. Seguindo este pressuposto pesquisei e desenvolvi algumas sequências didáticas utilizando gêneros textuais como: fábula, poema, história em quadrinhos, quadrilha entre outros. Entre elas destaco história em quadrinhos, no qual f oi apresentada a história de Chapeuzinho Vermelho. Para a realização das atividades f oram propostos alguns objetivos entre eles estão: Compreensão e valorização da cultura escrita (letramento); Construção do princípio alfabético (alfabetização); Leitura e interpretação de textos; Produção de textos escritos. O trabalho teve como duração uma semana (5 dias), ele foi desenv olvido em forma de sequencia didática. Foi realizado na escola Municipal Rotary com alunos do 10 ano do ensino f undamental do segundo turno, turma C11304. Os alunos realizaram várias ativ idades como leitura, interpretação oral e escrita, ditado de palavras retiradas do texto, brincadeiras envolvendo a história, montagens da história levando em consideração a ordem ou sequência, formação de palavras com o alfabeto móvel, cruzadinhas, música entre outras. Busquei f undamentar minhas concepções a respeito dos gêneros textuais a partir de Bakhtin, Bronckart, Marcuschi, Schneuwly e Dolz e outros autores do interacionismo sociodiscursivo. A partir da observ ação e das análises de atividades propostas e realizadas pelos alunos, posso afirmar que houv e envolvimento por partes dos alunos em todas as atividades propostas em sala de aula, houv e avanços significativos na leitura, na escrita e na produção textual do aluno. Fazendo-me acreditar que alcancei os objetivos propostos na realização do trabalho. PALAVRAS CHAVES: Gêneros textuais. Alfabetização. Ensino da língua materna. Gêneros textuais. Alf abetizaç ão. Ensino da língua materna. 20/10/2014 20:24:50 Marcus Vinicius Leão Azev ed o de Sena Marcus Vinicius Leão Azev edo de Sena TER RELIGIÃO NÃO É SER DIFERENT E (Ecumenis mo) ESTUDO, ANÁLISE E COMPREE NSÃO DE ELEMENT OS RELIGIOS OS DA RELIGIÃO CATÓLICA, PROTESTA NTE, ESPÍRITA E AFRO-BRASILEIR A. A Escola Municipal Remigio Fernandez, localizada no distrito de Mosqueiro, vem apresentando, atrav és de seus educadores, uma gama de eventos relacionados ao ambiente religioso. Neste projeto os professores, a equipe técnica e os funcionários em geral da escola, se organizarão para realizar uma grande aula ecumênica para seu corpo estudantil. O intuito e demonstrando em um único momento que varias religiões podem ser trabalhadas no mesmo espaço escolar, mostrando para os alunos e para a comunidade o significado de ecumenismo. PALAVRAS -CHAVES: ESCOLA, ECUMENISMO, DIVERSIDADE RELIGIOSA PALAVRA S - CHAVES: ESCOLA, ECUMENI SMO, DIVERSID ADE RELIGIOS A marcus_leao2@hot mail.com 21/10/2014 10:29:57 Prof º. Josino Viana Francy Taissa Nunes Barbosa SEQUÊNCI A DIDÁTICA: PROPAGA NDA Inclusão e Cidadania E J A Justificativa: A sequência didática trabalha com um conjunto de atividades ligadas entre si, planejadas para trabalhar assuntos e organizadas de acordo com os objetivos que o professor quer alcançar para a aprendizagem de seus alunos. Optamos por trabalhar com o gênero propaganda, porque é um modo específico de apresentar informação sobre um produto, marca, empresa ou política que visa inf luenciar as pessoas para uma causa, posição ou atuação. Por meio deste projeto, buscamos trabalhar o gênero propaganda e relacioná-lo ao cotidiano dos alunos de forma participativa, a fim de trabalhar principalmente a oralidade, a leitura e a escrita. Relacionamos a propaganda a conteúdos da Língua Portuguesa, Matemática e a alguns temas transversais como cidadania. f ranuepa@ hotmail.co m f ranuepa@hotmail. com
  2. 2. Objetiv os: - Sondar o conhecimento prévio dos alunos sobre o gênero propaganda; - Apresentar o gênero propaganda evidenciando a sua finalidade e os diversos tipos: propaganda publicitária – comercial; propaganda política; propaganda enganosa. - Apresentar os métodos usuais para transmitir mensagens de propaganda: revistas, comerciais, f olhetos, rádio, televisão e sites da internet. - Trabalhar assuntos referentes a Língua Portuguesa, Matemática e temas transversais. Metodologia: - Roda de conv ersa sobre o que alunos sabem sobre propaganda. - Registro da fala da turma no quadro. - Produção dos alunos: pedir a eles que montem empresas de produtos na área de roupa, sapato, alimentos, eletrodomésticos, entre outros, nomear a empresa, fazer cartazes, anunciar o preço e apresentar os produtos para a turma, tentando convencê-los a comprar. Disciplina(s) envolvida(s): Módulo 1: A propaganda e a matemática. Objetiv os: - Relacionar os conhecimentos do gênero propaganda com os conteúdos da matemática. - Desenv olver junto com os alunos, uma visão ampla do conhecimento. Metodologia: - Trabalhamos os preços que foram citados pelos alunos relacionando-os com o sistema monetário brasileiro, explicando a soma com cédulas e moedas. - Trabalhamos a soma dos produtos anunciados, colocando os valores no quadro valor de lugar e explicando o sistema de numeração decimal com o auxílio do material dourado e do ábaco. - Produção dos alunos: pedimos a eles que construíssem o ábaco utilizando materiais recicláveis ou outros de sua preferência. - Sabendo que toda propaganda na TV e da rádio tem um tempo de duração, então trabalhamos com as medidas de tempo. Módulo 2: A propaganda e a Língua Portuguesa Objetiv os: - Relacionar a propaganda a outros conteúdos da Língua Portuguesa como os substantivos e v erbos por exemplo. Metodologia: Como a propaganda está voltada principalmente para a venda de produtos, objetos, utiliza muitos v erbos no modo imperativo, entre outros, relacionamos o gênero com os conteúdos de substantivos e v erbos.
  3. 3. - Produção dos alunos: pedir que recortem de jornais e revistas substantivos próprios, comuns, abstratos, etc., e colem no caderno, assim como os verbos em seus diferentes modos e tempos. - Propaganda política - Eleições 2014: Objetiv os: •Desenvolver a cidadania; •Trabalhar a leitura e escrita; •Compreender seus direitos e obrigações; •Compreender características fundamentais das eleições, constituindo a noção de identidade nacional; •Questionar a realidade; •Construir o conceito de democracia, eleição, voto, título de eleitor; •Identif icar os candidatos, seus partidos políticos e siglas. Metodologia: •Analisar propagandas e programas eleitorais; • Desenv olver um processo de eleição em sala de aula. Produção dos alunos: •Os alunos f oram motivados a formar grupos, criar siglas de partidos, escolher candidatos a Gov ernador, elaborar propostas de campanha na área da saúde, educação, transporte,saneamento básico e f azer folders; •Organizamos debates com os alunos, onde cada candidato teve oportunidade de esclarecer suas propostas; •Organizamos o dia da eleição (mesário, apuradores, local da votação e apuração, fiscal de boca de urna); •Apuramos os votos dos candidatos; •Div ulgamos a apuração e realizamos uma cerimônia de posse do governador eleito e discurso de posse. Resultados obtidos: Av aliamos que essa sequência didática, que envolveu o gênero propaganda, teve um êxito muito grande, v isto que os alunos realizaram as atividades propostas e elogiaram bastante, demonstraram interesse em participar das mesmas e tiveram avanços significativos no que tange ao processo de aprendizagem da Língua Portuguesa, da Matemática, bem como os temas transv ersais que foram trabalhados. 22/10/2014 09:37:08 E.M. PALMIR A DE OLIVRE IRA GABRIE L Biblioteca – Luzia Sousa e Wélia Araújo Inf ormática – Ana Lúcia Diniz Turma CII – Profª Cristina Almeida – 1º Turno Projeto: “Recontand o a Moça do Táxi” (Walcyr Monteiro) no aplicativo HagáQuê.( História em Quadrinhos ). A Moça do Táxi C I I
  4. 4. 22/10/2014 15:04:08 Escola Municpa l Antonio Carv alh o Brasil Oziel Ferreira Luz Quer barato v á à f eira! D - Educação e tecnologia da inf ormação e comunicaçã o C I , C I I Este projeto surgiu das conversas com as professoras titulares das turmas, percebe-se que é muito comum ter familiares dos alunos trabalhando nas Feiras Livre de Belém ou muitos trabalham com v endas de Lanches, DVD's e Açaí. E também vermos crianças pequenas manuseando dinheiro, para comprar o lanche na escola. Esse contato é muito importante, pois aos poucos a criança vai aprendendo as primeiras noções matemáticas, além de criar noção de valor das coisas e a importância de se juntar e economizar dinheiro. Observamos que os alunos apresentam algumas dúvidas ao manusear o dinheiro, na hora do recreio alguns vão até a professora pedir que conte quanto os pais deram de dinheiro, e o que dá para comprar com o mesmo. Percebendo estas dificuldades o principal objetivo do projeto foi de proporcionar os alunos o uso do dinhreiro de maneira consciente e conhecer os produtos vendidos nas feiras, através da visita a um supermecado e atividades digitais que oportuniza a simulação de: compras, calculo matemático com cédulas e moedas, leitura e interpretação de encartes, ordenar números e conhecer o nosso sistema monetário e numérico por meio das informações contidas nas embalagens de alimentos e bebidas, como: tabela nutricional, peso, data, validade, local de produção e código de barras. ozielluz@y ahoo.com. br 22/10/2014 18:51:15 E.M. REPÚP LICA DE PORTU GAL Izabel Eleonora Conte Ferreira Pedagoga /E.M. Repúplica de Portugal Vera Alice Nogueira da Silv a Pedagoga /E.M. Repúplica de Portugal Leonice da Rocha Cardoso Pedagoga/ E.M. Repúplica de O PROCESSO DE APRENDIZAGEM PEPLoArt uMgUaSl ICALIZAÇÃO LETRAMEN TO E LINGUAGE NS E J A O presente trabalho tem como referência o projeto “Letramento na perspectiva dos gêneros textuais” desenvolvido pela escola através da Equipe Técnica de Jovens e Adultos- ETEJA/DIED/SEMEC por meio de formações continuadas aos professores da primeira e segunda totalidades. O projeto em questão tem como objetivo favorecer a alfabetização e letramento a partir do trabalho com gêneros textuais que possibilitem aos alunos práticas sociais da leitura e da escrita, observando seus propósitos em nossa sociedade. Conforme destaca Magda Soares (1999, p. 3), letramento significa “estado ou condição de quem não só sabe ler e escrever, mas exerce as práticas sociais de leitura e de escrita que circulam na sociedade em que vive, conjugando-as com as práticas sociais de interação oral”. Neste contexto, a E.M. República de Portugal desenvolveu o projeto de sequência didática intitulado “O processo de aprendizagem pela musicalização” com as turmas de primeira e segunda totalidades . Segundo Schneuwly e Dolz (2004) a sequência didática possibilita a estruturação do trabalho de modo sistemático e aprofundado, visando a aprendizagem de determinado gênero textual. Com o objetivo de fomentar o conhecimento dos educandos sobre o gênero paródia , as prof essoras planejaram suas atividades a partir dos seguintes objetivos específicos: ... 22/10/2014 20:49:02 Escola Maria Luiza Pinto Amaral Andreza de Sousa Moreira, Ingred de Lourdes Pereira e Marícia Ferreira Freitas Mundo que lê Leitura e Gêneros literários E J A I- Justificativa Vivemos numa cultura predominantemente escrita, num mundo permeado por diferentes objetos escritos, impressos ou virtuais, que exercem sobre nós uma constante interação através da ação leitora. A todo instante nos deparamos com a linguagem escrita: em jornais, revistas, panfletos, cartazes, outdoors, placas de trânsito, e-mails, blogs, sites, whatsapp e outros; um mundo escrito que se põe diante de nossos olhos, nos caracterizando como verdadeiros leitores ambulantes e, agora, nav egantes. A urgência da comunicação é inevitável, e os indivíduos (crianças ou adultos) se deparam com situações comunicativas a todo momento, e é necessário estar preparado para o reconhecimento das v ariedades textuais que circulam em sociedade. Este projeto justifica-se pelo incentivo à leitura, não apenas como simples decodificação de linguagem verbal, mas como instrumento de conhecimento, reflexão e percepção dos assuntos relativos ao mundo em que vivemos. O aluno dev e desenvolver a capacidade de ler e de interpretar textos em múltiplas linguagens. andreza20 2@y ahoo. com 99128778 23/10/2014 00:31:50 U.P.PA ULO PROFª LUCI DOS ANJOS ERA UMA VEZ... O CONTO E RECONTO. E O RESPECTIVO TRABALHO APRESENTA UMA TEMÁTICA DO CONTO E RECONTO, ONDE OS ALUNOS POR MEIO DE REPRESENTAÇÃO DOS PERSONAGENS DO MUNDO lucimaria_ oliv eira@h 81558511
  5. 5. ALMEID A BRASIL PROFª GENOVA RIBEIRO PROFª ANDREZA SOUZA ENCONTR O DOS ENCANTA DOS NO MUNDO FANTÁSTI CO DO PAULO ALMEIDA. I , C I ENCANTADO, POSSA ESTAR ADQUIRINDO MAIS CONHECIMENTOS A CERCA DA LITERATURA REGIONAL E NACIONAL, COMO TAMBÉM FOMENTAR O GOSTO PELA LEITURA. DESTA FORMA DE ATUAÇÃO, PROCUROU-SE CORRESPONDER COM AS ORIENTÇÕES DO EXPERTIZE, ONDE PRIORIZA PARA A ALFABETIZAÇÃO A UTILIZAÇÃO DA LITRATURA NO UNIVERSO INFANTIL. OJETIVA-SE ASSIM: FAZER COM AS PARTICIPAÇÕES DOS ALUNOS NAS REFERIDAS APRESENTAÇÕES, AGUÇE CADA VEZ MAIS A LEITURA E A QUE CONTAGIE OS SEUS FAMILIARES, COM O INTUTO DE FORMAR LEITORES ASSIDUOS. DESTA FORMA,ESPERA-SE QUE O GOSTO E HÁBITO DA LEITURA SEJA CADA VEZ MAIS FORTALECIDO A PARTIR DE NOSSAS AÇÕES, ESTENDENDO-SE A COMUNIDADE PARA TRANSFORMAÇÃO DA REALIDADE. PALAVRAS CHAVES: LITERATURA,MUSICAL,HÁBITO E LEITURA otmail,com

×