Apresentação professores de inclusao novo

318 visualizações

Publicada em

ENCONTRO COM OS PROFESSORES DE INCLUSÃO DO MUNICÍPIO DE SEROPÉDICA

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
318
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
85
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação professores de inclusao novo

  1. 1. Coordenação de Classe Especial e Inclusão ENCONTRO COM OS PROFESSORES DE INCLUSÃO Tema: Inclusão
  2. 2. documentário sobre mente e cérebro (vídeo)
  3. 3. A EDUCAÇÃO INCLUSIVA... A Educação Inclusiva concebe a Escola como um espaço de todos, no qual os alunos constroem o conhecimento segundo suas capacidades, expressam suas ideias livremente, participam das tarefas de ensino e se desenvolvem como cidadãos, de acordo com suas especificidades. “ O conceito de deficiência não pode ser confundido com o de incapacidade” (autor desconhecido)
  4. 4. LEGISLAÇÃO Constituição Federal de 1988 - Art. 208 ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente - Art. 54 Inc. I Declaração de Salamanca (Espanha) LDB - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9394/96) Título IV, Art 13, Incisos III e IV. Capítulo V
  5. 5. AO RECEBER O ALUNO... * Procurar saber qual sua deficiência * Verificar informações na pasta do aluno (laudo médico) * Passar o caso para Orientadora da Unidade * Procurar compreender como ele aprende
  6. 6. “Aprender como o outro aprende é nosso maior desafio” (Paulo Freire)
  7. 7. ADAPTAÇÕES CURRICULARES... Cada aluno apresenta necessidades especiais particulares, algumas necessidades temporárias e outras permanentes. Para responder às necessidades de cada um aluno, em diferentes níveis de escolaridade, deve-se promover ajustes e modificações, são as adaptações curriculares. (MEC/SEESP)
  8. 8. ADAPTAÇÕES CURRICULARES - LEGISLAÇÃO “Estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento “ (LDB 9394/96 , Art. 13 inc .IV) “ Currículos, métodos, técnicas, recursos educativos e organização específicos, para atender às suas necessidades” (LDB 9394/96 , capítulo V, Art. 59, inc .I)
  9. 9. AVALIAÇÕES... A implementação da Educação Inclusiva não é tarefa fácil, pois o professor terá que garantir, o aprendizado de alunos com necessidades educacionais especiais diversas, dos demais alunos, no contexto de suas atividades rotineiras do planejamento para a turma como um todo. A Avaliação constitui-se em processo contínuo e permanente de análise, objetivando identificar as potencialidades do educando. “ O Ser humano é um ser em desenvolvimento, um ser em construção permanente” (autor desconhecido)
  10. 10. TIPOS DE AVALIAÇÕES: Avaliação objetiva Avaliação oral Avaliação adaptada Avaliação por relatório Lembrando que alguns alunos com deficiências, demandam ampliação de tempo para a realização das avaliações.
  11. 11. RELATÓRIO BIMESTRAL * Registre e valorize as intervenções realizadas com seu aluno em sala de aula. * É importante enfatizar os avanços e potencialidades do educando, não somente os fracassos. * Cada aluno é único, por mais que estejam no mesmo nível de aprendizagem. * Informar conteúdos , habilidades e competências que foram trabalhados * Estratégias utilizadas * Os avanços ou não do bimestre *Socialização em sala de aula Lembrem-se: é respaldo para aluno e professor!
  12. 12. RETER OU NÃO RETER? É necessário que se espere o máximo de aprendizado dos conteúdos, porém respeitando as limitações naturais dos alunos com deficiência. Às vezes ,não é na repetência que ele vai aprender, e sim no estímulo contínuo e na valorização de suas potencialidades. Em outras vezes, uma nova oportunidade de aprendizado, oferecido com conteúdo rico e plural, para que todos os alunos se identifiquem e aprendam a seu modo. Até quando um aluno deficiente intelectual de 15 anos vai ficar no 3º ano?
  13. 13. PROFESSOR AUXILIAR Legislação Parceria Atribuições
  14. 14. “Sem sensibilização não há humanidade, Sem humanidade não há inclusão”
  15. 15. Coordenação de Classe Especial e Inclusão Obrigado por sua presença!!!

×