SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
A Deficiência no contexto Escolar Adaptar & Incluir
O que é Deficiência ? ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Deficiência Visual
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Necessidades Educacionais
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Necessidades Educacionais
Métodos de Ensino
[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Necessidades Educacionais
Deficiência Física
[object Object],[object Object],[object Object]
 
Necessidades Educacionais
Autismo Veja também: “Autismo e comunicação alternativa” no slideshare
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Necessidades Educacionais Comunicação  Alternativa Tecnologia  Assistiva Adaptação do  Currículo Apoio visual e Rotina escolar
Métodos de Ensino PECS:   símbolos da comunicação alternativa utilizados para facilitar a comunicação e o aprendizado. ABA:   É um tratamento comportamental analítico do autismo visa ensinar à criança habilidades que ela não possui, através da introdução de etapas da ação, como um passo a passo a ser seguido. Método Teacch:   Trabalho terapêutico que modifica o ambiente físico para trabalhar com o autista estimulação visual, corporal e cinestésico. Utiliza uma rotina sistemática.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Deficiência Intelectual
Deficiência IntelectualDeficiência Intelectual
Deficiência IntelectualEdilene Sampaio
 
Slide Autismo
Slide   AutismoSlide   Autismo
Slide AutismoUNIME
 
Deficiência Intelectual Etiologias – PEI
Deficiência Intelectual Etiologias – PEI Deficiência Intelectual Etiologias – PEI
Deficiência Intelectual Etiologias – PEI lucianacarvalho
 
Historia da Educação Especial no Brasil
 Historia da Educação Especial no Brasil Historia da Educação Especial no Brasil
Historia da Educação Especial no Brasilizabel Lucia
 
Deficiência física
Deficiência físicaDeficiência física
Deficiência físicayurigadelha
 
Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.
Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.
Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.Instituto Consciência GO
 
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
Autismo  os educadores são a chave para inclusão!Autismo  os educadores são a chave para inclusão!
Autismo os educadores são a chave para inclusão!Raline Guimaraes
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDeisiane Cazaroto
 
Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva
Política nacional  de educação especial  na perspectiva da educação inclusivaPolítica nacional  de educação especial  na perspectiva da educação inclusiva
Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusivaceciliaconserva
 
Características das pessoas com deficiências
Características das pessoas com deficiênciasCaracterísticas das pessoas com deficiências
Características das pessoas com deficiênciasCristiana Chaves
 
Histórico da Educação Especial
Histórico da Educação EspecialHistórico da Educação Especial
Histórico da Educação EspecialVera Zacharias
 

Mais procurados (20)

Deficiência Intelectual
Deficiência IntelectualDeficiência Intelectual
Deficiência Intelectual
 
Capacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
Capacitação de educadores e cuidadores Educação InclusivaCapacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
Capacitação de educadores e cuidadores Educação Inclusiva
 
Slide Autismo
Slide   AutismoSlide   Autismo
Slide Autismo
 
inclusão social
inclusão socialinclusão social
inclusão social
 
Deficiência Intelectual Etiologias – PEI
Deficiência Intelectual Etiologias – PEI Deficiência Intelectual Etiologias – PEI
Deficiência Intelectual Etiologias – PEI
 
Palestra Autismo
Palestra AutismoPalestra Autismo
Palestra Autismo
 
Historia da Educação Especial no Brasil
 Historia da Educação Especial no Brasil Historia da Educação Especial no Brasil
Historia da Educação Especial no Brasil
 
inclusão escolar
inclusão escolarinclusão escolar
inclusão escolar
 
Deficiência Auditiva
Deficiência AuditivaDeficiência Auditiva
Deficiência Auditiva
 
Deficiência física
Deficiência físicaDeficiência física
Deficiência física
 
Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.
Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.
Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.
 
Educação inclusiva
Educação inclusivaEducação inclusiva
Educação inclusiva
 
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
Autismo  os educadores são a chave para inclusão!Autismo  os educadores são a chave para inclusão!
Autismo os educadores são a chave para inclusão!
 
DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
DEFICIÊNCIA MÚLTIPLADEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
AEE
AEEAEE
AEE
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagem
 
Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva
Política nacional  de educação especial  na perspectiva da educação inclusivaPolítica nacional  de educação especial  na perspectiva da educação inclusiva
Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva
 
Características das pessoas com deficiências
Características das pessoas com deficiênciasCaracterísticas das pessoas com deficiências
Características das pessoas com deficiências
 
Histórico da Educação Especial
Histórico da Educação EspecialHistórico da Educação Especial
Histórico da Educação Especial
 

Destaque

Inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho
Inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalhoInclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho
Inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalhoAriovaldo Vieira da Silva
 
Inclusão de Deficientes no Mercado de Trabalho
Inclusão de Deficientes no Mercado de Trabalho Inclusão de Deficientes no Mercado de Trabalho
Inclusão de Deficientes no Mercado de Trabalho Kim Evy
 
A Educação Profissional e a Inclusão de Pessoas com Deficiência - Amankay
A Educação Profissional e a Inclusão de Pessoas com Deficiência - AmankayA Educação Profissional e a Inclusão de Pessoas com Deficiência - Amankay
A Educação Profissional e a Inclusão de Pessoas com Deficiência - AmankayCentro Paula Souza
 
A pessoa com deficiencia e o trabalho
A pessoa com deficiencia e o trabalhoA pessoa com deficiencia e o trabalho
A pessoa com deficiencia e o trabalhoCosmo Palasio
 
A pessoa com deficiência e o mercado de trabalho
A pessoa com deficiência e o mercado de trabalhoA pessoa com deficiência e o mercado de trabalho
A pessoa com deficiência e o mercado de trabalhoAdeildo Vila Nova
 
Deficiencia Fisica
Deficiencia FisicaDeficiencia Fisica
Deficiencia Fisicaguest5fedaea
 
Pessoas com Deficiência - Direitos e Deveres
Pessoas com Deficiência - Direitos e DeveresPessoas com Deficiência - Direitos e Deveres
Pessoas com Deficiência - Direitos e DeveresCarlos Junior
 
Temas para TCC- curso Serviço Social
Temas para TCC- curso Serviço SocialTemas para TCC- curso Serviço Social
Temas para TCC- curso Serviço SocialRosane Domingues
 
Diferença não é deficiência
Diferença não é deficiênciaDiferença não é deficiência
Diferença não é deficiênciapedagogosdesucesso
 
17º Congresso Brasileiro De Fonoaudiologia
17º Congresso Brasileiro De Fonoaudiologia17º Congresso Brasileiro De Fonoaudiologia
17º Congresso Brasileiro De FonoaudiologiaPaulo Marcondes
 
Deficiências - Mário Quintana
Deficiências - Mário QuintanaDeficiências - Mário Quintana
Deficiências - Mário QuintanaMima Badan
 
Diferença não é deficiência
Diferença não é deficiência Diferença não é deficiência
Diferença não é deficiência Alan Santos
 
Ensino de frações a crianças deficientes visuais ailton 00154.image.marked
Ensino de frações a crianças deficientes visuais ailton 00154.image.markedEnsino de frações a crianças deficientes visuais ailton 00154.image.marked
Ensino de frações a crianças deficientes visuais ailton 00154.image.markedAilton Barcelos
 
A língua como sistema diferenciado
A língua como sistema diferenciadoA língua como sistema diferenciado
A língua como sistema diferenciadoAna Vogeley
 
Reunião pedagógica 08 2013
Reunião pedagógica 08 2013Reunião pedagógica 08 2013
Reunião pedagógica 08 2013Viviane Moreiras
 
Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2009
Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2009Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2009
Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2009Soraia Nogueira Felix
 

Destaque (20)

Inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho
Inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalhoInclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho
Inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho
 
Deficiencias
DeficienciasDeficiencias
Deficiencias
 
Inclusão de Deficientes no Mercado de Trabalho
Inclusão de Deficientes no Mercado de Trabalho Inclusão de Deficientes no Mercado de Trabalho
Inclusão de Deficientes no Mercado de Trabalho
 
A Educação Profissional e a Inclusão de Pessoas com Deficiência - Amankay
A Educação Profissional e a Inclusão de Pessoas com Deficiência - AmankayA Educação Profissional e a Inclusão de Pessoas com Deficiência - Amankay
A Educação Profissional e a Inclusão de Pessoas com Deficiência - Amankay
 
A pessoa com deficiencia e o trabalho
A pessoa com deficiencia e o trabalhoA pessoa com deficiencia e o trabalho
A pessoa com deficiencia e o trabalho
 
A pessoa com deficiência e o mercado de trabalho
A pessoa com deficiência e o mercado de trabalhoA pessoa com deficiência e o mercado de trabalho
A pessoa com deficiência e o mercado de trabalho
 
Trabalho e pessoas com deficiencia
Trabalho e pessoas com deficienciaTrabalho e pessoas com deficiencia
Trabalho e pessoas com deficiencia
 
Deficiencia Fisica
Deficiencia FisicaDeficiencia Fisica
Deficiencia Fisica
 
Pessoas com Deficiência - Direitos e Deveres
Pessoas com Deficiência - Direitos e DeveresPessoas com Deficiência - Direitos e Deveres
Pessoas com Deficiência - Direitos e Deveres
 
Temas para TCC- curso Serviço Social
Temas para TCC- curso Serviço SocialTemas para TCC- curso Serviço Social
Temas para TCC- curso Serviço Social
 
Diferença não é deficiência
Diferença não é deficiênciaDiferença não é deficiência
Diferença não é deficiência
 
17º Congresso Brasileiro De Fonoaudiologia
17º Congresso Brasileiro De Fonoaudiologia17º Congresso Brasileiro De Fonoaudiologia
17º Congresso Brasileiro De Fonoaudiologia
 
Deficiencias
DeficienciasDeficiencias
Deficiencias
 
Deficiências - Mário Quintana
Deficiências - Mário QuintanaDeficiências - Mário Quintana
Deficiências - Mário Quintana
 
Diferença não é deficiência
Diferença não é deficiência Diferença não é deficiência
Diferença não é deficiência
 
Alfabetizacao e letramento
Alfabetizacao e letramentoAlfabetizacao e letramento
Alfabetizacao e letramento
 
Ensino de frações a crianças deficientes visuais ailton 00154.image.marked
Ensino de frações a crianças deficientes visuais ailton 00154.image.markedEnsino de frações a crianças deficientes visuais ailton 00154.image.marked
Ensino de frações a crianças deficientes visuais ailton 00154.image.marked
 
A língua como sistema diferenciado
A língua como sistema diferenciadoA língua como sistema diferenciado
A língua como sistema diferenciado
 
Reunião pedagógica 08 2013
Reunião pedagógica 08 2013Reunião pedagógica 08 2013
Reunião pedagógica 08 2013
 
Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2009
Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2009Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2009
Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2009
 

Semelhante a Deficiências, Necessidades e Métodos de Ensino

CADERNO TV ESCOLA - DEFICIÊNCIA VISUAL
CADERNO TV ESCOLA - DEFICIÊNCIA VISUALCADERNO TV ESCOLA - DEFICIÊNCIA VISUAL
CADERNO TV ESCOLA - DEFICIÊNCIA VISUALfatimafalciferreira
 
Educação especial ciências possibilidades e perspectivas - 2013
Educação especial ciências possibilidades e perspectivas - 2013Educação especial ciências possibilidades e perspectivas - 2013
Educação especial ciências possibilidades e perspectivas - 2013Fernanda Rezende Pedroza
 
Deficiência mentoal
Deficiência mentoalDeficiência mentoal
Deficiência mentoalMarcos Cunha
 
Deficiencia Visual
Deficiencia VisualDeficiencia Visual
Deficiencia VisualCassia Dias
 
Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica
Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisicaAtividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica
Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisicaIvone Reges
 
Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica[1]
Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica[1]Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica[1]
Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica[1]Elisabeth Mattos
 
Deficiência mental
Deficiência mentalDeficiência mental
Deficiência mentalTeeOliveira
 
Educação especial e biologia possibilidades e perspectivas ii – deficiência a...
Educação especial e biologia possibilidades e perspectivas ii – deficiência a...Educação especial e biologia possibilidades e perspectivas ii – deficiência a...
Educação especial e biologia possibilidades e perspectivas ii – deficiência a...Fernanda Rezende Pedroza
 
Deficiências e Tecnologias Assistivas
Deficiências e Tecnologias AssistivasDeficiências e Tecnologias Assistivas
Deficiências e Tecnologias Assistivasaiadufmg
 
Deficiencias multiplas dani
 Deficiencias multiplas dani Deficiencias multiplas dani
Deficiencias multiplas daniNéia Boehme
 
Daniela coelho - Multideficiência
Daniela coelho -  MultideficiênciaDaniela coelho -  Multideficiência
Daniela coelho - MultideficiênciaDaniela Coelho
 
Notas diacrónicas sobre as nees.pptx
Notas diacrónicas sobre as nees.pptxNotas diacrónicas sobre as nees.pptx
Notas diacrónicas sobre as nees.pptxFilipaGameiroPinto
 
Musica e inclusao
Musica e inclusaoMusica e inclusao
Musica e inclusaoElis Santos
 
Ações do Projeto Conecta - Deficiencia auditiva
Ações do Projeto Conecta - Deficiencia auditivaAções do Projeto Conecta - Deficiencia auditiva
Ações do Projeto Conecta - Deficiencia auditivaEduardo Perez
 
Ser diferente é normal
Ser diferente  é normalSer diferente  é normal
Ser diferente é normalSuzana Duraes
 
Def. auditiva, visual e motora
Def. auditiva, visual e motoraDef. auditiva, visual e motora
Def. auditiva, visual e motoraFabiana Mourão
 

Semelhante a Deficiências, Necessidades e Métodos de Ensino (20)

CADERNO TV ESCOLA - DEFICIÊNCIA VISUAL
CADERNO TV ESCOLA - DEFICIÊNCIA VISUALCADERNO TV ESCOLA - DEFICIÊNCIA VISUAL
CADERNO TV ESCOLA - DEFICIÊNCIA VISUAL
 
Educação especial ciências possibilidades e perspectivas - 2013
Educação especial ciências possibilidades e perspectivas - 2013Educação especial ciências possibilidades e perspectivas - 2013
Educação especial ciências possibilidades e perspectivas - 2013
 
Deficiência mentoal
Deficiência mentoalDeficiência mentoal
Deficiência mentoal
 
Deficiencia Visual
Deficiencia VisualDeficiencia Visual
Deficiencia Visual
 
Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica
Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisicaAtividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica
Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica
 
Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica[1]
Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica[1]Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica[1]
Atividades motoras-e-esportivas-na-deficiencia-fisica[1]
 
Deficiência mental
Deficiência mentalDeficiência mental
Deficiência mental
 
Educação Inclusiva
Educação InclusivaEducação Inclusiva
Educação Inclusiva
 
Educação especial e biologia possibilidades e perspectivas ii – deficiência a...
Educação especial e biologia possibilidades e perspectivas ii – deficiência a...Educação especial e biologia possibilidades e perspectivas ii – deficiência a...
Educação especial e biologia possibilidades e perspectivas ii – deficiência a...
 
Deficiências e Tecnologias Assistivas
Deficiências e Tecnologias AssistivasDeficiências e Tecnologias Assistivas
Deficiências e Tecnologias Assistivas
 
Deficiências e Tecnologias Assistivas
Deficiências e Tecnologias AssistivasDeficiências e Tecnologias Assistivas
Deficiências e Tecnologias Assistivas
 
Deficiencias multiplas dani
 Deficiencias multiplas dani Deficiencias multiplas dani
Deficiencias multiplas dani
 
Daniela coelho - Multideficiência
Daniela coelho -  MultideficiênciaDaniela coelho -  Multideficiência
Daniela coelho - Multideficiência
 
Notas diacrónicas sobre as nees.pptx
Notas diacrónicas sobre as nees.pptxNotas diacrónicas sobre as nees.pptx
Notas diacrónicas sobre as nees.pptx
 
Musica e inclusao
Musica e inclusaoMusica e inclusao
Musica e inclusao
 
Ot EducaçãO Especial Pcop Marisa
Ot EducaçãO Especial Pcop MarisaOt EducaçãO Especial Pcop Marisa
Ot EducaçãO Especial Pcop Marisa
 
A surdez
A surdezA surdez
A surdez
 
Ações do Projeto Conecta - Deficiencia auditiva
Ações do Projeto Conecta - Deficiencia auditivaAções do Projeto Conecta - Deficiencia auditiva
Ações do Projeto Conecta - Deficiencia auditiva
 
Ser diferente é normal
Ser diferente  é normalSer diferente  é normal
Ser diferente é normal
 
Def. auditiva, visual e motora
Def. auditiva, visual e motoraDef. auditiva, visual e motora
Def. auditiva, visual e motora
 

Mais de Adaptar e Incluir

Mais de Adaptar e Incluir (6)

Comunicação suplementar e alternativa
Comunicação suplementar e  alternativaComunicação suplementar e  alternativa
Comunicação suplementar e alternativa
 
Apresentação do livro
Apresentação do livroApresentação do livro
Apresentação do livro
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Surdocegueira
Surdocegueira Surdocegueira
Surdocegueira
 
Comunicação Alternativa e Calendários
Comunicação Alternativa e CalendáriosComunicação Alternativa e Calendários
Comunicação Alternativa e Calendários
 
Board slides
Board slidesBoard slides
Board slides
 

Último

POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...MANUELJESUSVENTURASA
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º BimestreProfaCintiaDosSantos
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 

Último (20)

POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
PROPUESTA DE LOGO PARA EL DISTRITO DE MOCHUMI, LLENO DE HISTORIA 200 AÑOS DE ...
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º BimestreLer e compreender 7º ano -  Aula 7 - 1º Bimestre
Ler e compreender 7º ano - Aula 7 - 1º Bimestre
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptxSlides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
Slides Lição 2, Betel, Ordenança para participar da Ceia do Senhor, 2Tr24.pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 

Deficiências, Necessidades e Métodos de Ensino