Aula imunidade-inata-20-03-20121

251 visualizações

Publicada em

Artigo

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
251
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula imunidade-inata-20-03-20121

  1. 1. Imunidade Inata Profa. Dra. Ana Paula Ferreira
  2. 2. Características  Sempre presentes e prontos para eliminar os microorganismos.  Reconhecem e respondem somente a microorganismos.  Podem ser desencadeados por células do hospedeiro que estejam danificadas.  Conferem uma resposta rápida e poderosa contra o microorganismo invasor.
  3. 3. Componentes da imunidade
  4. 4. Primeira linha de defesa (epitélios)
  5. 5. Primeira linha de defesa (epitélios) Lágrima e saliva  Fosfolipases A, Lisozima, estatinas (saliva) Trato instestinal  Criptidinas ou α-defensinas (Cels de Paneth) Trato respiratório, geniturinário, pele e língua  β-defensinas
  6. 6. Segunda linha de defesa Células
  7. 7.  fagocitose, lise intracelular e extra- celular, reparo de tecido, apresentação de antígeno, ativação da resposta imune específica.  Núcleo característico e marcador de membrana CD14. Fagócitos Macrófagos
  8. 8. Fagócitos Macrófagos
  9. 9.  Fagocitose, lise intracelular, inflamação e dano tecidual  Grânulos com lisosima, colagenase e elastase.  Núcleo característico  Vivem cerca de 6 horas  Marcador de membrana CD66. Produção: cerca de 1011 por dia Fagócitos neutrofílicos polimorfonucleares – PMNs Principal componente do pus Fagócitos Neutrófilos
  10. 10. Reconhecimento do antígeno
  11. 11.  Reconhecem padrões estruturais que se repetem nos patógenos.  Chamadas de Padrões Moleculares Associados a Patógenos (PAMPS).  Ex: LPS, CpG, RNA de dupla fita, Ácido lipoteicóico, etc. Receptores de reconhecimento de padrões (PRR) Reconhecimento na imunidade inata
  12. 12. Especificidades e funções dos TLRsTLRs
  13. 13. Ativação dos receptores e respostas funcionais dos fagócitos
  14. 14. A Fagocitose
  15. 15. Produtos de MØ e Neutrófilos
  16. 16. Células Natural Killer (NK)Células Natural Killer (NK) Também conhecidas como “large granular lymphocytes” (LGL) Lisam céls. Infectadas, células malígnas ou estressadas Ativados por IL-2, IL-12 e IFN-γ. Também conhecidas como “large granular lymphocytes” (LGL) Lisam céls. Infectadas, células malígnas ou estressadas Ativados por IL-2, IL-12 e IFN-γ.
  17. 17. Ação das células NK
  18. 18. Ativação das células NK
  19. 19. Células Dendríticas  Endocitose, processamento e apresentação de Ag.  Encontrada como precursores em potenciais sítios de infecção.  Principal marcador  CD11chi -Mielóide CD11Clow - Plasmocitóide Juntamente com os Macrófagos e Linfócitos B, as células dendríticas são potentes apresentadoras de antigenos.
  20. 20. Questões Para Estudo 1) Como a especificidade da imunidade inata difere da imunidade adquirida ? 2) Dê 3 exemplos de habilidade dos mecanismos da imunidade inata de reconhecerem os microorganismos, mas não células dos mamíferos ? 3) Quais são os mecanismos pelos quais o epitélio da pele previne a entrada de microorganismos ? 4) Como os fagócitos ingerem e destroem os microorganismos ? 5) Qual o papel da moléculas do MHC no reconhecimento das células infectadas pelas células NK e qual o significado fisiológico deste reconhecimento ?
  21. 21. ...Deus é contigo por onde quer que andares! Tenha Fé...

×