Ativação das células T

33.484 visualizações

Publicada em

Aula teória Imunologia ICS 045 - Ativação das células T

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
33.484
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
335
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
355
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ativação das células T

  1. 1. Ativação das células T
  2. 2. Diferenciação dos linfócitos T no timo
  3. 3. Diferenciação dos linfócitos T no timo
  4. 4. Reconhecimento antigênico restrito pelo MHC
  5. 5. Receptor de Antígeno do linfócito T
  6. 6. Receptor de Antígeno do linfócito T
  7. 7. Gens que codificam o TCR
  8. 8. Gens do TCR rearranjados
  9. 9. Ativação do linfócito T
  10. 10. Linfócitos T “naïve” encontram o Ag durante recirculação nos órgãos linfoides periféricos
  11. 11. Passagem dos linfócitos pelas HEV
  12. 12. L-selectinas e adressinas dirigem os linfócitos para os tecidos linfoides
  13. 13. Integrinas são importantes na adesão leucocitária
  14. 14. Moléculas da superfamília das Igs são importantes na interação entre linfócitos e APC
  15. 15. Passagem dos linfócitos pelas HEV
  16. 16. Ativação dos linfócitos T requer dois sinais independentes
  17. 17. Os principais sinais co-estimulatórios expressos nas APC são as moléculas B-7 que se ligam à proteina CD28
  18. 18. A ativação de células T pelo TCR e CD28 induz o aumento na expressão de CTLA-4, que é um receptor inibidor, ligando-se às moléculas B-7
  19. 19. Células Apresentadoras de Antígeno (APC)
  20. 20. Células dendríticas-APC profissionais
  21. 21. Substâncias microbianas podem induzir atividade co-estimulatória em macrófagos
  22. 22. Células B podem usar seu receptor (Ig) para apresentar Ag específico às células T
  23. 23. As principais populações de Linfócitos T são as Células T CD4 + e Células T CD8 +
  24. 24. Os três principais tipos de células T Efetoras
  25. 25. Sensibilização dos linfócitos T
  26. 26. Receptores de alta afinidade de IL-2
  27. 27. Células T ativadas secretam e respondem a IL-2
  28. 28. Expansão clonal precede a diferenciação da função efetora
  29. 29. Ativação das células T muda a expressão de várias moléculas de superfície
  30. 30. Funções das subpopulações de células T
  31. 31. Os estágios de ativação das células T CD4+
  32. 32. Th1 ativa os macrófagos, tornando-os altamente microbicida
  33. 33. A resposta imune à bactérias intracelulares é coordenado por células ativadas Th1
  34. 34. Funções de Th1 e Th2
  35. 35. Células Th17: uma nova sub população de células T <ul><li>Os requerimentos necessários para a definição de uma nova sub população de células Th: </li></ul><ul><li>Células Th naive se diferenciam independentemente dentro de cada linhagem in vitro e in vivo. </li></ul><ul><li>Cada linhagem possui uma assinatura da expressão gênica que é distinta e hereditária. </li></ul>
  36. 36. Descoberta das células Th17 <ul><li>Th1- com especificidade para antígenos próprios, em experimentos de transferência adotiva, eram capazes de transferir autoimunidade. </li></ul><ul><li>Entretanto deficiências genéticas de moléculas relacionadas a Th1, como IL-12p35, IL-12R  2, STAT-1 e IFN-  não aboliam EAE e em alguns casos observava-se um aumento da incidência da doença e da gravidade. </li></ul><ul><li>Em 2000,houve a identificação de outra cadeia de citocina chamada de p19, a qual parecia estar associada com a IL-12p40. </li></ul><ul><li>Esta citocina foi chamada de IL-23. </li></ul>
  37. 37. IL-23 levou a identificação das células Th17 Camundongos apresentando a deleção do gene que codificava a p35 eram mais suscetíveis a doenças nos modelos crônicos de inflamação,, enquanto os camundongos que perdiam a subunidade p40 da IL-12 eram mais resistentes
  38. 38. Sinais específicos de citocinas e antígenos induzem a diferenciação de células T naive em várias sub populações International Immunology-2009
  39. 39. As principais atividades exercidas pela células Th17
  40. 40. Ativação das células T CD8+
  41. 41. Ativação das células T CD8+
  42. 44. Células T regulatórias Mecanismos básicos usados pelas células Treg- a- indução de citocinas inibitórias b- indução de citólise nas células efetoras c- quebra metabólica d- inibição da maturação e função da sDC
  43. 45. A relação recíproca entre células Th17 e Treg. A fonte de TGF-  -tipo de ativação e o local da diferenciação das células determinam a fonte da citocina.

×