Carne de frango - Perspectivas Atual e Futura

684 visualizações

Publicada em

A briefing on how the socioeconomical changes the wolrd population will undergo over the next decades, how they will affect the food and meat production and consumption, as a whole, and why chicken meat emerges as the most promissing protein to feed a meat-hungry world.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
684
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carne de frango - Perspectivas Atual e Futura

  1. 1. CARNE DE FRANGO:PERSPECTIVAS ATUAL E FUTURA Eng. Fabio Nunes fabio.g.nunes@uol.com.br
  2. 2. Visualizar as mudanças porque passam as sociedades; Entender como elas afetarãoa demanda futura por alimentos,em geral; Analisar porque a carne defrango emerge, neste contexto,como a proteína animal maispromissora; 2
  3. 3. Crescerá a demandapor alimentos e carnesnas próximas décadas,fruto das transformaçõessocioeconômicas emcurso, sobretudo nos PED,pressionando a produçãodestes fortemente; 4
  4. 4. Por conta disto,alimentar o mundoem 2050, exigirá 50%mais alimentos que oproduzido em 2007; 6
  5. 5. Juntas, elas podem ser vistas como a segunda revolução da história da alimentação; A primeira, a Revolução Verde, teve como motor a produção ; A atual, a Revolução Pecuária*, tem como motor o consumo;Frans Franzen, WP, 2010; * FAO, 2010 8
  6. 6. E que transformações sãoestas? 9
  7. 7. 10ONU, 2011
  8. 8. 11ONU, 2006; Média estimada
  9. 9. 90% do crescimento populacionalocorre em áreas urbanas dos PED e àuma taxa 5 a 10 x superior à dos PD; 12
  10. 10. 1950 2030 29% 60% 71% 40%Rural Urbana Rural Urbana 13
  11. 11. 100 Rural 1950-2030 75 5 Bilhões 50 3,2 Bilhões 25 Urbana 0 14
  12. 12. 1950 2000 2030 85 82 76 74 61 54 55 53 47 42 37 37 29 15 17 Mundo Africa Asia AL & Caribe PD 15WRI, 2010
  13. 13. Em 2030, 81% da população urbana - 5 bilhões de pessoas - estarão nos PED e destes, 70% estarão na Ásia e na África;Earth Policy Institute, 2012 16
  14. 14. 1980 2010 2040 25 15 16 16 14 8 7 7 8 5 6 3 3 4 4 Mundo Africa Asia AL & C PD 17UN World Population Prospects: The 2008 Revision (Medium Scenario)
  15. 15. 18FAO, 2009
  16. 16. 1990 - 2015 % População < US$1/diaMundo 32,0 13,2- África Subsaariana 47,7 39,3- O. Médio & N. África 2,4 1,5- A.Latina & Caribe 16,8 9,7- Sul da Ásia 44 16,7 FAO, 2010- Leste da Ásia 27,6 2,8 19
  17. 17. > US$ 10 • Marca, Fresco, Conveniência.. US$ 2 - 10 • De Grãos a Carne e Lácteos US$ 1 - 2 • Maior Consumo de Alimentos 20Rabobank, 2010
  18. 18. 22FAO, 2002
  19. 19. 23FAO, The State of Food Insecurity in the World 2012
  20. 20. 26Rabobank, 2012
  21. 21. 28FAO 2010; PIB per capita em PPC a US$ constante 2005; FAOSTAT, consumo; World Bank, PIB
  22. 22. Estas mudanças levarão o consumo anual per capita de carne de frango de um nível marginal, em 1980, à liderança, junto à carne suína, em 2030; 29FAO, 2002
  23. 23. 30Matthey, 2008
  24. 24. 31Matthey, 2008
  25. 25. Será liderada pelos PED 53% da carne e 44% do leite; Ásia, o epicentro; a China, o motor; Regiões não produtoras de grãos; Trazer carne ou grãos (Segurança)? 32Earth Policy Institute, 2012
  26. 26. FAPRI, 2010 33
  27. 27. 63% 60% 55% 1998 2007 2017 34FAO, 2008
  28. 28. 35OECD-FAO Agricultural Outlook 2010-2019
  29. 29. Atenção! Há outras questões quedevem ser levadas em conta nocontexto do comércio internacionaldo agronegócio avícola, por suarelevância e relação com ele; 36
  30. 30. 37
  31. 31. 38
  32. 32. 39
  33. 33. 40
  34. 34. 42
  35. 35. 43
  36. 36. 44
  37. 37. 500 M TM 45S. Bringezu et al., 2009;
  38. 38. 46FAO, 2002
  39. 39. 47Financial Times, 2011
  40. 40. 48FAO, 2002
  41. 41. Produção Mundial de Cereais 49FAO, 2002
  42. 42. 49% 43% 12% 1980 1990 2000 50CONAB/OECD, 2011 - Crescimento médio da produção brasileira de grãos na década
  43. 43. 51FAO, 2002
  44. 44. 52FAO, 2002
  45. 45. 5,39% 2,85% 2,25% 1980 1990 2000CONAB/OECD, 2011 - Médiaanual de crescimento daprodutividade dos fatores: 53terra + trabalho + capital
  46. 46. 1976-2010 Grãos & Oleaginosas Área +27% Produção +213% 54CONAB, 2011
  47. 47. Brasil - Aumento Absoluto da Produção 1976-2010 3,51 2,92 3,04 2,18 1,90 Soja Feijão Trigo Milho Arroz 55CONAB, 2011
  48. 48. Em função de suascaracterísticas, a carnede frango surge comouma resposta promissoraà elevada demanda porproteína nas próximasdécadas; 56
  49. 49. Menor Conversão AlimentarMenor Impacto AmbientalIsenta de Restrição ReligiosaNutritiva e Percebida como SaudávelRelativamente a mais BarataPropriedades Funcionais FantásticasCriar Incontáveis Produtos 57
  50. 50. nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnn nnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnRabobank, 2012 58
  51. 51. 7:1 3:1 2:1Earth-Policy.org 59
  52. 52. The Protein Puzzle, 2011 60
  53. 53. World Bank, 2010 61
  54. 54. World Bank , 2010 62
  55. 55. The Protein Puzzle, 2011 63
  56. 56. 65
  57. 57. SP - Preço no Varejo R$/kg ou Dúzia - 1976-2010 12 9 6 3 0 Boi Frango Ovos 66APA, 2011
  58. 58. 67
  59. 59. 68
  60. 60. Todavia, serão os distintos níveis deprosperidade das nações que irãopautar os atributos e o consumo dosprodutos avícolas! 69
  61. 61. Rabobank, 2010 70
  62. 62. Prato Pronto Valor Agrega do Cortes Frescos Frango Frango Inteiro Ovos VivoRabobank, 2011 71
  63. 63. Atender a tão variadademanda exige conhecerdosclientes, culturas, leis, fortalezas & fraquezas, comonegociam e gostos; 72
  64. 64. DisponívelAcessível 73
  65. 65. Variedade FrescorConveniência 74
  66. 66. OrgânicoFuncional Sustentável Bem-estar animal Sem antibióticos 75
  67. 67. A demanda por carnes aumentará; Com ótimas perspectivas para o frango; Consumo pautado por prosperidade e distintos atributos; Exigindo dos países e empresas avícolasvisão, flexibilidade e preparo; 76
  68. 68. OBRIGADO!Filme de Terror 77
  69. 69. 78

×