Conference at FEICORTE, Campo Grande, BRAZIL, 2012

1.613 visualizações

Publicada em

Conference made by Luciano Roppa at FEICORTE, Campo Grande, Brazil. It is about the global meat perspectives, the Brazilian Beef production, the challenges and perspectives.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Conference at FEICORTE, Campo Grande, BRAZIL, 2012

  1. 1. “Desafios daprodução mundial de carnes” Luciano Roppa Médico Veterinário CIRCUITO FEICORTE Campo Grande, MS Maio, 2012 L. Roppa Consulting
  2. 2. Produção mundial de carnes, 2012-2022Objetivos desta apresentação: L. Roppa Consulting
  3. 3. FATO: O consumo vai aumentar Crescimento + 700 milhões da população 88% na Ásia mundial e na África Maior poder + 1,4 bilhões aquisitivo de pessoas na classe média Urbanização + 1 bilhão L. Roppa Consulting
  4. 4. O consumo de carnes vai aumentar 20% Carne Carne Carnede Frango Suína Bovina 25,5 % 17,8 % 14,2 %24,9 MT 19,5 MT 9,3 MT Fonte: L. Roppa, 2012 - Com base em: “OCDE-FAO Agricultural Outlook 2011-2020”, July 2011 L. Roppa Consulting
  5. 5. Onde aumentará o consumo?Estamos presenciando um fenômeno de migração de consumo dos mercados ricos para os Emergentes, que são novos e desiguais 74% (40 milhões de T) Fonte: L. Roppa, 2012 - Com base em: “OCDE-FAO Agricultural Outlook 2011-2020”, July 2011 L. Roppa Consulting
  6. 6. Ainda há muita oportunidade para crescer ... Consumo de carnes (aves, bovinos e suínos) em milhões de Toneladas 2010 2020 Quantidad Consumo e Kg/pessoa Milhões T 40,9MUNDO 269,08 322,75 53,67 80,0Desenvolvidos 108,18 119,77 11,59 32,0Em 160,90 202,98 42,08Desenvolvimento Fonte: L. Roppa, 2012 - Com base em: “OCDE-FAO Agricultural Outlook 2011-2020”, July 2011 L. Roppa Consulting
  7. 7. FATO: Os recursos naturais são limitados Fator limitante para Disponibilidade o crescimento da de Água produção na Ásia e África Disponibilidade Até 2050, 77% do crescimento será por de Terra Produtividade e só 9% arável por Expansão de área 15% da produção Disponibilidade global de Cereais e Oleaginosas será de Energia destinada à produção de Biocombustíveis L. Roppa Consulting
  8. 8. IMPACTO … Aumento nos preçosO uso de grãos para a produção de Biocombustíveiscontribui para uma maior volatilidade dos preços … Volatilidade = Seleção L. Roppa Consulting
  9. 9. Quem tem água e terra disponível? ÁGUA TERRA L. Roppa Consulting
  10. 10. IMPACTO … Globalização da agricultura Sem terras e sem água em seus próprios países, os governos irão comprar terras onde estiverem disponíveis … “Made in China” x “Made for China” Compras de Terras no estrangeiro (em ‘000 km2, 2006-2009) 31.0 7.3 6.9 5.1 3.5 China UAE Coréia do Arabia Líbia Sul SauditaSource: FAO, World Agriculture: towards 2015/2030, L. Roppa Consulting
  11. 11. FATO: o sistema de produção vai mudar As exigências dos Maior expectativa A crise Consumidores de vida Econômica- Segurança Alimentar - Queda no consumo - Saúde e Bem Estar 1 bilhão de pessoas nos países em crise - Bem estar animal com mais de 60 anos - Desaceleração da - Sustentabilidade economia mundialMudanças nos sistemas Maior consumo de 30% do consumo deatuais de produção para frutas, vegetais, carnes está em países atender às exigências peixes e carne de aves. com problemas dos consumidores Menor consumo de econômicos ... carnes vermelhas. L. Roppa Consulting
  12. 12. Para onde caminha a produção de carnes ... América do Norte Europa Ásia MT MT MTProd 20,5 12,1 13,2 45,8 Prod 15,9 26,6 10,9 53,4 Prod 31,6 59,3 13,8 104,7Cons 17,3 9,4 13,1 39,8 Cons 16,8 25,9 12,0 54,7 Cons 34,5 60,4 15,2 110,1Dif.MT 3,2 2,7 0,1 6,0 Dif.MT 0,9 0,7 1,1 1,3 Dif.MT 2,9 1,1 1,4 5,4Kg/h 49,2 27,6 39,3 116,1 Kg/h 22,4 36,3 17,1 75,8 Kg/h 8,2 14,5 3,8 26,5 América Latina África Oceania MT MT MTProd 22,5 6,7 17,1 46,3 Prod 2,9 0,8 4,2 7,9 Prod 1,0 0,4 3,0 4,4Cons 20,0 6,7 14,6 41,3 Cons 3,8 1,0 4,7 9,5 Cons 1,0 0,7 1,0 2,7Dif.MT 2,5 - 2,5 5,0 Dif.MT 0,9 0,2 0,5 1,6 Dif.MT - 0,3 2,0 1,7Kg/h 31,6 10,8 26,0 68,4 Kg/h 3,5 0,8 4,7 9,0 Kg/h 38,1 24,0 31,0 93,1 L. Roppa Consulting
  13. 13. AÇÕES frente aos FATOS ...- Produzir mais(crescimento da população e do poder aquisitivo)- Melhor(segurança alimentar, bem estar animal e sustentabilidade)- Com menos recursos(terra, água, mão de obra e energia)- Por um custo menor(meio ambiente e bem estar animal)- Com mais tecnologia(Pesquisa, Inovação, investimentos ...) L. Roppa Consulting Foto: Alltech
  14. 14. AÇÕES: aumentar a produção de carnesCrescimento da produção de carnes 2010-2020: 19,7%Crescimento da produção de carnes 2010-2020: 19,7% milhões T 2010 2020 Crescimento, % Mundo 270,41 323,83 19,7 1 - China 72,62 89,51 23,2 2 - UE 27 42,10 43,80 4,0 3 - EUA 40,80 46,39 13,7 4 - Brasil 24,65 31,18 26,5 5 - Rússia 6,93 8,73 25,9 Source: L. Roppa, 2012 - Based: “OCDE-FAO Agricultural Outlook 2011-2020” and MAPA, 2011 L. Roppa Consulting
  15. 15. Participação do Brasil na produção mundial de CARNES A produção brasileira de carnes deverá aumentar 10,9 milhões de toneladas Milhões T 2011/12 2021/22 Crescimento, %Frangos 13,03 20,33 56,1Bovinos 8,95 11,83 32,3Suínos 3,33 4,07 22,0TOTAL 25,31 36,23 43,2 Mundo 270,41 323,83 19,7Participaçãodo Brasil 9,3 % 11,2 % 10,9 milhões T Fonte: L. Roppa, 2012 - Com base em: MAPA, Projeções da produção 2011/12 a 2021/22. L. Roppa Consulting
  16. 16. AÇÕES: aumentar a produção de Grãos Crescimento da demanda de Grãos 2011-2021: 16 % Crescimento da demanda de Grãos 2011-2021: 16 % 2011/12 2021/2022 Crescimento, % Brasil Mundo Brasil Mundo Brasil MundoMILHO, milhões T 59,6 844,4 70,4 987,1 18,1 18,5TRIGO, milhões T 5,7 653,2 6,9 745,9 22,1 14,2SOJA, milhões T 71,1 261,6 88,9 305,8 25,1 16,9TOTAL 136,4 1.759,2 166,2 2.038,8 24,7 15,9Participaçãodo Brasil 7,7 % 8,1 % 30 milhões T Source: L. Roppa, 2012 - Based: “OCDE-FAO Agricultural Outlook 2011-2021” & MAPA Projeções 2011/12 a 2021/22 L. Roppa Consulting
  17. 17. Evolução da produção Mundial de carnes O maior crescimento da produção, em percentual e em O maior crescimento da produção, em percentual e em quantidade, ocorrerá na carne de Aves quantidade, ocorrerá na carne de Aves Evolução da produção Mundial de carnes, 2010 a 2020 (milhões T) Carne Carne Carne Total de População Bovina Suína de Aves Carnes Humana2010 64,9 107,9 97,5 270,4 6,852020 74,1 127,3 122,4 323,8 7,60Aumento % 14,2 17,8 25,5 19,7 10,9 Source: L. Roppa, 2012 - Based: “OCDE-FAO Agricultural Outlook 2011-2020” and MAPA, 2011 L. Roppa Consulting
  18. 18. Participação do Brasil na produção mundial de CARNE BOVINA Produzir carne bovina em um mundo de recursos limitados é missão para poucos e privilegiados países: Evolução da produção de carne bovina, milhões T 2000 2010 % 2020 %Mundo 59,08 64,92 9,9 74,12 14,2USA 12,29 11,52 - 6,3 12,52 8,7Brasil 6,57 9,16 39,4 11,35 23,9EU-27 8,39 7,96 - 5,1 7,40 - 7,0China 5,15 6,17 19,8 7,18 16,4Índia 2,24 2,90 29,5 3,08 6,2Argentina 2,72 2,56 - 5,9 3,22 25,8Austrália 1,99 2,34 17,6 2,64 12,8Partic. Brasil, % 11,1 14,1 - 15,3 Source: L. Roppa, 2012 - Based: “OCDE-FAO Agricultural Outlook 2011-2020”, 2011 e MAPA 2012 L. Roppa Consulting
  19. 19. Exportadores mundiais de carne Bovina Possuímos 200 milhões de bovinos e temos diversidade em raças paraproduzir diferentes tipos de carcaças que atendam a qualquer tipo de mercado(milhões T) 2011 2021 Crescimento %1 – Brasil (USDA) 1,32 1,97 48,7 Brasil (MAPA) 1,34 1,61 20,12 - EUA 1,25 1,43 14,23 - Austrália 1,25 1,34 7,74 - Índia 1,07 ?5 - EU-27 0,47 0,42 - 12,0Participação do Brasil, % 17,0 20,2 - Source: L. Roppa, 2012 - Based: “USDA Agricultural Outlook 2011-2021” e MAPA “Projeções do Agronegócio Brasil L. Roppa Consulting 2011/12 a 2021/22”
  20. 20. Quem serão os grandes importadores? Principais importadores mundiais de carne Bovina, 2010 a 2021 (milhões T)(mil T) 2010 2021 Crescimento %Japão 721 900 24,8Coréia do Sul 366 617 68,6Outros Ásia 939 1.594 69,8Total Ásia 2.026 3.111 53,6EUA 1.042 1.504 44,3EU - 27 437 359 - 17,8Rússia 1.020 1.034 1,4África e Oriente Médio 1.180 1.651 39,9México 296 599 102,4 Source: L. Roppa, 2012 - Based: “USDA Agricultural projections to 2021”, February 2012 L. Roppa Consulting
  21. 21. Os Fatos e a pecuária BrasileiraA atividade certa, no lugar certo, na hora certa! L. Roppa Consulting
  22. 22. Dentro e fora da porteira: a grande diferença L. Roppa Consulting
  23. 23. O Mundo conta com a produção do Brasil ... O que o Brasil está fazendo para atingir este patamar de produção? “Tudo indica que isso virá sem nenhum planejamento, o que deve custar muito caro ao Produtor, que deve pagar a conta da ineficiência da logística de armazenamento, escoamento e portuária” – André Pessoa L. Roppa Consulting
  24. 24. Brasil: a dependência por FertilizantesDemanda de fertilizantes no Brasil deverá crescer 5% por ano até 2025 O Brasil é o 4º maior consumidor de fertilizantes do Mundo, mas produz apenas 2% da produção mundial Fonte: ANDA - Projeções: MB Agro L. Roppa Consulting
  25. 25. Custo logístico para chegar na China … US$ 170/T US$ 102/T US$ 71/TSource: Centrograos, Caramuru and Soy Transport Coalition, Aug.2010, BCR Rosário L. Roppa Consulting
  26. 26. Diferença da Matriz de Transporte: Brasil x USA BRASILHidroviaFerroviaRodoviaBrasil: Matriz de Transporte Inadequada• Predominância do Modal Rodoviário para longas distâncias• Hidrovias Subutilizadas L. Roppa Consulting
  27. 27. Logística e redução de custo de transporteO novo Canal do Panamá (2014-2015): aumento da capacidade e queda no custo de transporte entre a Ásia e as Américas 12.000 TEU 4.400 TEU L. Roppa Consulting
  28. 28. a demanda por carne bovina está ficando cada vez mais específica ecom mais detalhes. O frigorífico precisa de boi europa, precisa de boisbem acabados. Precisa de boi orgânico. Precisa de boi com boaspráticas de produção, com bem-estar animal. Precisa de bois queestão dentro do período de carência no uso de vermífugos, precisa debois que tiveram uma nutrição balanceada e não vão ter carne comgosto de fígado. Ou seja, precisam mais do que de um boi, precisamde um produto com muitas especificações. E precisam, para isso, terum relacionamento melhor com seus fornecedores.Miguel Cavalcanti, Beefpoint L. Roppa Consulting
  29. 29. NOSSO DESAFIO … SER EFICIENTETer resultados sempre acima da média e os menores custos de produção L. Roppa Consulting
  30. 30. Estar sempre entre os TOP 10% ... Índices zootécnicos em sistemas de ciclo completo Média Brasil META TOP 10%Natalidade, % 60 90Mortalidade até a desmama, % 8 2Mortalidade pós desmama, % 4 1Idade de abate, meses 42 21 a 24Peso de carcaça, kg 200 245Taxa de abate, % 17 35Taxa lotação, animais /Ha 0,9 2Idade ao primeiro parto, anos 4 2Intervalo entre partos, meses 21 12Kg de carcaça /ha 34 200Fonte: adaptado de A. Zimmer (Embrapa Gado de Corte) e Oliveira et all, 2012 L. Roppa Consulting
  31. 31. Buscar sempre o menor custo de produção Peso de cada item no custo de produção, % Ciclo Completo ConfinamentoAnimais (Boi magro ou 32,5 62,5Vacas)Alimentação (Ração ou 37,6 27,5Pasto)Depreciação 12,4 6,6Mão de Obra 7,4 1,9Sanidade 1,7 0,5Outros 8,4 1,0Total, % 100,0 100,0Fonte: Luciano Roppa, adaptado de dados publicados porM. A. Lopes, F. M. Carvalho (Universidade Federal de Lavras) referente Custos de Confinamentoe C. Costa, M. A. Factori, P. R.L. Meirelles e C.M. Pariz, (Beefpoint, 2011) referente Custos em Pasto. L. Roppa Consulting
  32. 32. SER EFICIENTE NA CRIAÇÃO A PASTO ... L. Roppa Consulting
  33. 33. Genética no Ciclo Completo: 32,5% do custo META - Através do melhoramento genético: - melhorar o padrão de qualidade e acabamento das carcaças - melhorar o ganho de peso e a conversão alimentar - diminuir o tempo de abate PERGUNTA:Qual a tua estratégia de melhoramento genético do teu rebanho? L. Roppa Consulting
  34. 34. Alimentação no Ciclo Completo: 37,6% do custo No Brasil, cerca de 50% dos 105 milhões de Ha de pastagens implantadas, encontram-se degradados ou em início de degradação META: Recuperar pastagens degradadas para obter uma maior lotação e melhor ganho de peso PERGUNTA:Como está tua estratégia de adubação e de reforma das pastagens? L. Roppa Consulting
  35. 35. Benefício das pastagens melhoradas ... Taxa de lotação do pasto e produtividade por animal em diferentes níveis da exploração da pastagem Unidade Produtividade/animal/ano Animal/ha (kg Peso Vivo)Extensivo degradado 0,5 120Extensivo melhorado 1,0 180Integração Lavoura:Pasto 2,0 200Adubação de manutenção + pasto 1,6 260consorciado + semi-confinamentoIntegração Lavoura:Pasto + 2,1 280semi-confinamentoAdubação intensiva + semi-confinamento 4,7 300Pastagem irrigada + semi-confinamento 8,0 300 Fonte: Aguiar (2008), adaptado por Luciano Roppa, 2011. L. Roppa Consulting
  36. 36. Eficiência na Mineralização do rebanho …Bovinocultura Brasileira: possibilidades de aumento na Produtividade com o uso de Suplementos Minerais (quilos de carne por hectare) Kg/Ha 65% GO MG MS MT PA PR RO RS SP Média Fonte: Rabobank, 2011 L. Roppa Consulting
  37. 37. SER EFICIENTE NO CONFINAMENTO ... L. Roppa Consulting
  38. 38. Genética no Confinamento: 62,5% do custo META - Adquirir animais: Jovens, que são mais eficientes quanto à conversão alimentar Que tenham “caixa” para ganho de massa muscular Provenientes de cruzamento industrial Lotes uniforme quanto ao tamanho, sexo e grau de sangue Atingir o peso de abate (450 - 480 kg) no menor tempo possível. PERGUNTAS- Qual o teu Protocolo sanitário para o recebimento dos animais?- Os teus lotes são padronizados e de mesma origem?- Você fornece áreas de sombra adequadas ao tamanho do lote? L. Roppa Consulting
  39. 39. Alimentação no Confinamento: 27,5% do custo META: diminuir o custo de alimentação utilizando mais resíduos e subprodutos agrícolas A capacidade do rúmen em utilizar uma grande variedade de alimentos é uma grande vantagem que nós humanos não temos, e deve ser eficientemente exploradaRESÍDUOS DO BENEFICIAMENTO DE MILHO MELAÇO , URÉIA GRÃO ou CASCA DE SOJA RESÍDUO DE CERVEJARIA FARELO DE ARROZ POLPA DE TOMATE SORGO, MILHETO POLPA DE CITRUS FARELO DE TRIGO BAGAÇO DE CANA RAIZ, RASPA ou FARELO DA MANDIOCA TRIGUILHO CAROÇO DE ALGODÃO TRITICALE PERGUNTA:Você já avaliou o potencial de resíduos e subprodutos agrícolas de tua região? L. Roppa Consulting
  40. 40. Próximo passo: Nutrição de precisãoÉ uma abordagem inovadorada, que se baseia no uso integrado dos avanços em ciência animal e nas novas tecnologias de informação e comunicação.“a composição certa, na quantidade certa, no momento certo, para cada lote” Analisar constantemente Formular dietas precisas, sem Manejo de cocho vazio.todos os ingredientes da ração excesso de nutrientes e com Não mudar a forma de Aditivos de nova geração apresentação do alimento (granulometria, tamanho) Formar lotes homogêneos Distribuição informatizada, (peso, sexo e genética) de forma homogênea, Registrar tudo e tomar e determinar suas por toda extensão do cocho, decisões com base nos dados necessidades nutricionais L. Roppa Consulting sempre no mesmo horário
  41. 41. Sanidade: 1 a 100% do custo ... Com o aumento das densidades no confinamento e nas pastagens torna-se necessário elaborar um novo protocolo sanitário (vacinas, antiparasitários, etc.) PERGUNTAS:Você já adotou um novo Protocolo de saúde, devido ao aumento do risco de ocorrência de doenças infecciosas em altas densidades? O que tem feito para reduzir a poeira? L. Roppa Consulting
  42. 42. Nossa responsabilidade Social META: Reduzir emissões de CO2 por kg de carne produzidaDiminuindo a idade de abate através da intensificação do pastejo, do melhoramento genético, de dietas de melhor qualidade, da mineralização adequada e do confinamento. Ganho de peso, kg/dia Kg de CO2 produzidos/dia 0,500 110 1,000 60 1,500 40 L. Roppa Consulting
  43. 43. PESSOAS: 2 a 5% do custo ...... 100% do sucesso! L. Roppa Consulting
  44. 44. Resumo e lição de casaDevido à valorização das terras, o agronegócio passou a ser um jogo caro. Não permite mais improvisação e falta de planejamento. Definir metas e estabelecer Estratégias a longo prazopassou a ser essencial para o sucesso na bovinocultura de Corte Entender as tendências e Definir nossas metas para os nosso posicionamento atual próximos 10 anos e estabelecer(produtividade e material humano) uma estratégia Conferir periodicamente os Programar os investimentos resultados e ajustar necessários e executar os desvios da rota a estratégia. L. Roppa Consulting
  45. 45. Obrigado pela Vossa atenção! Email: Lroppa@uol.com.br Telefone: (019) 8176 14 09 Endereço: Rua Araça, 567 CEP 13.098-379 Campinas (SP) L. Roppa Consulting

×