Mercado Brasileiro de Refrigerantes
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Mercado Brasileiro de Refrigerantes

on

  • 3,282 visualizações

 

Estatísticas

Visualizações

Visualizações totais
3,282
Visualizações no SlideShare
3,282
Visualizações incorporadas
0

Actions

Curtidas
0
Downloads
22
Comentários
0

0 Incorporações 0

No embeds

Categorias

Carregar detalhes

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Direitos de uso

© Todos os direitos reservados

Report content

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Sua mensagem vai aqui
    Processing...
Publicar comentário
Editar seu comentário

Mercado Brasileiro de Refrigerantes Mercado Brasileiro de Refrigerantes Presentation Transcript

  • UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS - UEGUNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CALDAS NOVAS ADMINISTRAÇÃO ANNA PATRÍCIA M. J. DA CRUZCAMILA CLÁUDIA DE B. FALCÃO CRISTIANE SEABRA ELIZÂNGELA LOPES DE LIMA MARIA HELENA DA SILVA CALDAS NOVAS 2012
  • ESTRUTURA DEMERCADOBRASILEIRO:REFRIGERANTES
  • COMPETIÇÃOMONOPOLÍSTICA• Grande Número de Produtores Competindo;• Produtos Diferenciados;• Livre Entrada e Saída da Indústria no Longo Prazo.
  • GRANDE NÚMERO DEPRODUTORES COMPETINDOCada produtor tem alguma capacidade para fixar opreço do seu bem, mas o nível é limitado pelacompetição dos outros produtores, que produzembens próximos, mas não idênticos.Exemplo:The Coca-Cola Company, Antártica, Pepsico,Schincariol, Reflexa e etc.
  • DIFERENCIAÇÃO DOPRODUTOVários produtores fabricam refrigerantesgaseificados, e cada um é diferente em termo degosto, da cadeia de restaurantes que o vende eetc.
  • POR ESTILO OU TIPOEssa preferencia pode depender do humor doconsumidor, da sua dieta ou do que ele já comumantes.Exemplo:Diferenciação de normal, light, diet e zero.
  • POR LOCALIZAÇÃOMuitos setores em competição monopolística oferecembens diferenciados pela localização.Exemplo:”Jesus” do Maranhão, “Mineiro” de Minas Gerais, entremuitos outros.
  • LEGISLAÇÃONo Brasil, a indústria de refrigerantes cumpre asnormas estabelecidas pelo Ministério daAgricultura, Pecuária e Abastecimento, através doDecreto nº 6.871, de 4 dejunho de 2009, regulamenta a Lei nº 8.918, de 14 dejulho de 1994, que dispõe sobrepadronização, classificação, registro, inspeção, produção e fiscalização de bebidas.
  • CONSUMO 28% da população consome O Brasil é um dos refrigerante pelo maiores menos 5 vezes consumidores de por semana; refrigerantes do mundo, ao lado dos Estados Unidos, China, Europa e México.
  • ALIMENTOS MAIS CONSUMIDOS NO BRASIL Alimento (g/dia)1 Café 215,12 Feijão 182,93 Arroz 160,34 Sucos 1455 Refrigerante “Normal” 94,76 Carne Bovina 63,27 Pão de Sal 538 Sopas e Caldos 50,39 Aves 36,510 Macarrão 36,311 Leite Integral 34,712 Chá 31,313 Cerveja 31,1
  • PRODUÇÃO• Em 2005, os refrigerantes apresentaram o maior número de lançamentos: novos produtos lançados com novas embalagens, sabores e linhas de produtos.• No ano de 2008, o volume total foi de 14.148.363 milhões de litros• Em 2009, passou para 14.339.322 milhões de litros, um aumento de 1,35%.
  • INVESTIMENTOOs fabricantes estão programando um pacote de 5bilhões de dólares em investimentos para ospróximos três anos, o que poderá transformar oparque brasileiro no segundo maior do mundo.
  • FATORES:• Explosão de vendas dos consumidores de menor renda (Consomem 37% do que as empresas produzem);• Setor que mais investe em publicidade no país;
  • REFERÊNCIAS• KRUGMAN, Paul R., Introdução a Economia /Paul Krugman, Robim Weles, tradução Helga Hoffmann - Rio de Janeiro: Tesevier 2007- 3º reimpressão.• VALENTINI, Cíntia. Com todo o gás. Revista Veja, Editora Abril, São Paulo. Disponível em: <http://veja.abril.com.br/270598/p_140.html> Acesso: 23 de setembro de 2012.• Refrigerante. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Refrigerante> Acesso: 15 de setembro de 2012.