RCP ( Reanimação Cardio Pulmonar ) .

3.036 visualizações

Publicada em

Primeiros Socorros de uma parada cardíaca e parada respiratória .

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.036
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
168
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

RCP ( Reanimação Cardio Pulmonar ) .

  1. 1. Parada Cardíaca e Parada Respiratória
  2. 2. Parada Cardíaca  O que é a Parada Cardíaca ?  Conceito : • É a interrupção da circulação sanguínea, decorrentes da suspensão súbita e inesperada dos batimentos cardíacos.
  3. 3. Parada Cardíaca  Partes do Coração 1 - Coronária Direita 2 - Coronária Descendente Anterior Esquerda 3 - Coronária Circunflexa Esquerda 4 - Veia Cava Superior 5 - Veia Cava Inferior 6 - Aorta 7 - Artéria Pulmonar 8 - Veias Pulmonares
  4. 4. Processo de bloqueio da artéria coronária 
  5. 5. Parada Cardíaca  Estatísticas • A morte súbita por problemas cardiovasculares é a maior causa de mortes no Brasil e no mundo. • No Brasil, ocorrem 160.000 mortes súbitas por ano (perto de 438 pessoas por dia).
  6. 6. Parada Cardíaca  Diagnóstico da parada cardíaca • Eletrocardiograma • Ecocardiograma • Ventriculografia das câmaras cardíacas • Ressonância magnética cardíaca
  7. 7. Parada Cardíaca  Sinais e Sintomas • Antes da pessoa apresentar uma parada cardíaca, ela pode sentir: • Uma parada cardíaca pode ser suspeita quando a vitima:
  8. 8. Parada Cardíaca
  9. 9. Parada Cardíaca  Sequelas de uma Parada Cardíaca • Nem sempre uma parada cardíaca deixa sequelas ; • Estão frequentes na ausência de batimentos cardíacos ; • inclusive o cérebro; • Sequelas mais frequentes após uma parada cardíaca são alterações neurológicas, causando dificuldade na fala, e perda de memória...
  10. 10. Parada Cardíaca  Sequelas de uma Parada Cardíaca  O cérebro tem três componentes estruturais principais: 1. Os grandes hemisférios cerebrais, 2. O cerebelo, 3. O tronco cerebral.  Cada hemisfério contém quatro lobos, que são: 1. 2. 3. 4. lobo frontal, lobo parietal, lobo occipital e lobos temporais.
  11. 11.  Causas Parada Cardíaca • Choque elétrico • Fibrilação ventricular • Problemas elétricos :  1. Doença das artérias coronárias 2. Estresse físico extremo • • • • Atividades física intensa; Níveis muito baixo de potássio e magnésio; Grande perda de sangue; Grave falta de oxigênio .
  12. 12.  Causas Parada Cardíaca 1. Desordens hereditárias 2. Alterações estruturais no coração
  13. 13. Parada Cardíaca  Técnicas de reanimação ( Primeiros Socorros ) em adulto e crianças .  Adultos : 1. Chame ajuda; 2. Deite a vítima no chão; 3. Posicione o queixo dela mais para cima para facilitar a respiração; 4. Apoie suas mãos, uma sobre a outra no peito da vítima, entre os mamilos; 5. Faça 2 compressões por segundo até que o coração da vítima volte a bater sozinho ou até a chegada do resgate.
  14. 14. Parada Cardíaca  Técnicas de reanimação ( Primeiros Socorros ) em adulto e crianças .  Crianças : 1. Chame ajuda ( ligue 192) 2. Deite a vítima no chão; 3. Posicione o queixo dela mais para cima para facilitar a respiração; 4. Somente a palma de uma mão sobre o peito, usando dois dedos 5. Pressione os dedos para baixo, contando 2 empurrões por segundo, até a chegada do resgate.
  15. 15. Parada Cardíaca  Fatores de Risco  As pessoas sob maior risco de parada cardíaca incluem aquelas que: • Já tiveram um ataque cardíaco ( enfarte do miocárdio) • Já experimentaram insuficiência cardíaca (coração com bombeamento fraco) • Sobreviveram a uma parada cardíaca anterior. • Possuem um histórico familiar de parada cardíaca.
  16. 16. Parada Cardíaca  Crianças também podem sofrer ataque cardíaco devido: • Histórico na família; • Parada respiratória; • Doenças crônicas que afetam o miocárdio.
  17. 17. Parada Respiratória  O que é Parada Respiratória ?  Conceito: • Cessação dos movimentos respiratórios, que pode ocorrer por obstrução das vias aéreas, por depressão do mecanismo de inspiração e expiração, ou ainda como fenômeno secundário a uma parada cardíaca.
  18. 18. Parada Respiratória  O que fazer: • Realize imediatamente as manobras de reanimação da vítima.

×