SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 34
Baixar para ler offline
Biomecânica
do
JOELHO
• CINESIOLOGIA •
Biomecânica
do
JOELHO 3° Período de Fisioterapia
Grupo JOELHO
Isadora Clara
Mikaelly Ferreira
Welisson Porto
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 2
Introdução
O joelho é uma articulação
completa com três ossos, possui dois
graus de liberdade de movimento e
três superfícies que se articulam:
articulações tíbio-femoral medial,
tíbio-femoral lateral e femoro-
patelar, que estão localizadas em uma
cápsula articular comum
(HOUGLUM; BERTOTI, 2014).
De modo funcional, o joelho pode
suportar o peso corporal na posição
ereta sem contração muscular; um
indivíduo pode contar com os
ligamentos das articulações para se
manter de pé (HOUGLUM;
BERTOTI, 2014).
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 3
OSSO
Fêmur
OSSO
Patela
OSSO
Tíbia
Componentes
Ósseos
do Joelho
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 4
Anatomia
JOELHO
Componentes
Ósseos
do Joelho
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 5
Articulações
As articulações do joelho são formadas por três
ossos: o fêmur, a tíbia, e a patela. Estes ossos se
articulam formando 3 articulações:
• Fêmoro-Tibial medial e lateral: Entre o fêmur e
a tíbia;
• Fêmoro-Patelar ou Patelo-Femoral: Entre o
fêmur e a patela.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 6
Menisco
Os meniscos são estruturas fibrocartilaginosas em formato de
meia lua, de consistência semelhante à de uma borracha, que
ficam no interior dos joelhos. Em cada joelho, existem dois
meniscos, o medial (do lado interno do joelho) e o lateral (do
lado externo do joelho). A principal função deles é a de
distribuir a carga que passa na articulação para ajudar a
diminuir a pressão sobre a cartilagem que recobre os ossos no
joelho. Ou seja, funcionariam como “amortecedores”,
protegendo essa cartilagem.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 7
Ligamentos
Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.
Cada ligamento possui especialmente sua função, porém a junção de todos os ligamentos resultam
em uma função, a estabilidade do joelho.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 8
Ligamentos
• LCA: O ligamento cruzado anterior é o
ligamento que limita o deslocamento anterior da
perna, evitando que ela se desloque para frente.
• LCP: O ligamento cruzado posterior é o que
limita o deslocamento posterior da perna.
• LCM: O ligamento colateral medial é o
ligamento que limita a abertura medial do joelho.
• LCL: O ligamento colateral lateral é o que
limita a abertura lateral do joelho.
Fonte:DxrDevelopmentGroupInc.1999.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 9
Líquido Sinovial
Líquido sinovial (fluido sinovial ou
sinóvia) é um líquido transparente e
viscoso das cavidades articulares e
bainhas dos tendões. É segregado pelas
membranas sinoviais.
O líquido sinovial é um dos elementos
que formam o Sistema Locomotor, junto
com os ossos, músculos, ligamentos e
articulações. Tem a função de lubrificar as
articulações sinoviais, permitindo seu
movimento suave e indolor (nas
articulações imóveis, como as suturas
cranianas, não existe o líquido sinovial).
(STRASINGER, 1991).
Fonte: Reumart. Centro Reumatologia [Adaptada].
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 10
Músculos do Joelho
Os músculos que agem na articulação do joelho
produzem movimentos de flexão e extensão da
perna, mas também um certo grau de rotação,
especialmente do côndilo lateral do fêmur em
torno do eixo de rotação daquela articulação.
Alguns dos músculos que movem a perna atuando
na articulação do joelho são biarticulares, agem
sobre a articulação do quadril bem como sobre a
do joelho. São eles, vasto lateral, vasto medial e,
vasto intermédio, reto da coxa que constituem o
quadríceps, bíceps da coxa, semitendíneo,
semimembranáceo. (DÂNGELO e FATINI,
1988).
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 11
M. Vasto Lateral
Reto da Coxa
OSSO
Tíbia
Componentes
Musculares
do Joelho
M. Vasto Intermédio
M. Vasto Medial
Bíceps da Coxa
Semitendíneo
Semimembranáceo
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 12
Movimentos e Planos
Anatômicos
O joelho realiza os movimentos de: flexão, extensão, e
uma leve rotação lateral e medial. O joelho também possui
mecanismos especiais de travamento e destravamento,
relacionados ao movimento dos côndilos femorais no platô
tibial.
• A flexão é permitida até 120º quando o quadril está
estendido;
• 140º quando o quadril está flexionado;
• 160º quando o joelho é flexionado passivamente;
• A rotação medial é limitada a 10º e a lateral a 30º;
• A rotação medial e lateral só ocorre com o joelho
flexionado.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 13
Reflexo patelar
• O reflexo patelar é clinicamente usado para
determinar a sensibilidade dos reflexos de
estiramento (no joelho). Podemos testar o
reflexo patelar simplesmente percutindo-se o
tendão patelar com um martelo de reflexos;
essa ação estira o músculo quadríceps e inicia
um reflexo de estiramento dinâmico, fazendo a
perna se estender subitamente para frente.
• O teste do tendão patelar testa a função do
nervo femoral, seguimentos L2-L4 da medula
espinhal. A ausência ou diminuição deste
reflexo é conhecida como sinal de Westphal.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 14
Prótese
Artroplastia total de
joelho
• Quando o joelho está muito lesionado
pela artrite ou por outra lesão, atividades
simples, como caminhar ou subir
escadas, podem se tornar difíceis. Pode
haver dores mesmo sentado ou deitado.
• Se tratamentos não cirúrgicos, como
medicamentos e o uso de aparelhos que
auxiliam a caminhar, não são mais
capazes de ajudar, pode estar na hora de
pensar em fazer uma artroplastia total de
joelho. A artroplastia da articulação é um
procedimento seguro e efetivo para
aliviar as dores, corrigir deformidades
no membro e ajudar a retornar às
atividades normais.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 15
Prótese
Artroplastia total de joelho
• (Esquerda) Osteoartrose grave.
(Direita) Cartilagem
desgastada e osso subjacente
retirados; fêmur e tíbia
cobertos com implantes
metálicos. Um espaçador
plástico foi colocado entre os
implantes. O componente
patelar não é mostrado para
facilitar a visualização.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 16
Testes para identificar
lesões
Teste de Apley
Fonte: Instituto de Ortopedia e Medicina Esportiva.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 17
Testes para identificar
lesões
Teste de McMurray
Fonte: Instituto de Ortopedia e Medicina Esportiva.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 18
Testes para identificar
lesões
Teste de Lachman
Fonte: Desconhecida.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 19
Testes para identificar
lesões
Teste de Steinmann
Fonte: Desconhecida.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 20
Lesões
que
acometem
o
JOELHO
Lesões que
acometem o joelho
Condromalácia patelar
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 22
Lesões que
acometem o joelho
Cisto de Baker
2320/06/2017 Biomecânica do Joelho
Lesões que
acometem o joelho
Tendinite patelar
2420/06/2017 Biomecânica do Joelho
Lesões que
acometem o joelho
Joelho Varo e Valgo
• Joelho Varo
O joelho varo acontece devido a uma
alteração fisiológica, onde os joelhos se
afastam e os pés se juntam formando uma
abertura interna.
• Joelho Valgo
Alteração fisiológica, onde os joelhos se
juntam e os pés se afastam formando uma
abertura externa.
2520/06/2017 Biomecânica do Joelho
Rompimento do
Ligamento Cruzado
Anterior • A lesão do LCA é a ruptura deste ligamento
que pode ocorrer de forma completa (cerca de
95% das vezes), ou seja, das duas bandas, ou
parcial com uma das bandas íntegra e a outra
rompida (cerca de 5% das lesões de LCA).
• Acomete pincipalmente em pessoas que
praticam esportes como, futebol, vôlei,
basquete, tênis, danças e lutas. A lesão ocorre
mais em homens por praticarem mais esportes.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 26
Tratamento
• O tratamento para essa lesão nem
sempre é cirúrgico. Depende de diversos
fatores por exemplo, se o paciente deseja
praticar esportes que não têm risco como
musculação, natação, ciclismo ou
corrida e não tem instabilidade, o
tratamento deverá ser conservador (sem
cirurgia).
• No caso do paciente ter instabilidade,
deseja praticar esportes que envolvam
movimentos de rotação sobre o joelho
ou deslocamentos laterais, o tratamento
normalmente é cirúrgico.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 27
Tratamento
O tratamento cirúrgico é realizado com a
reconstrução do LCA por via artroscópica
(cirurgia por vídeo), ou seja, com o auxílio
de um equipamento chamado artroscópio
que permite a realização da cirurgia por
cortes pequenos. Nela, o ligamento
lesionado é substituído por um novo
ligamento constituído de um enxerto de
tendão (ou tendões) do nosso próprio
corpo. Os tendões normalmente utilizados
para a reconstrução do LCA são:
• Tendões dos músculos
semitendinoso e do músculo grácil;
• O tendão patelar;
• O tendão quadriciptal.Fonte: American Academy of Orthopaedic Surgeons.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 28
Fisioterapia
no pré e pós-
operatório de
procediment
os cirúrgicos
realizados no
Joelho
Pré-Operatório
A Fisioterapia pré-operatória, através de exercícios de
flexibilidade e fortalecimento poderá contribuir para a
recuperação mais rápida e eficaz do paciente.
Pós-operatório
Quando o paciente sair da cirurgia e for pra casa ele mesmo
pode fazer alguns exercícios antes de ir para a fisioterapia, tais
como: mexer o tornozelo e dedos do pé, melhorando a
circulação do membro, uso de compressas de gelo sobre a parte
anterior e laterais do joelho, mas não na parte posterior.
• Pós-Operatório Intermediário: É o período de fisioterapia
e reabilitação, desde os 15 dias após a cirurgia até a
liberação para a prática esportiva.
• Pós-Operatório Tardio: quando o paciente volta a prática
de suas atividades cotidianas e esportivas normais, sem
queixas20/06/2017 Biomecânica do Joelho 29
Conclusão
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 30
Concluímos através deste trabalho que o joelho é o
maior complexo articular do corpo, formado por 3
ossos e 3 articulações e quase todas as pessoas terão
algum problema em alguma destas articulações, seja
por desgaste ou por lesão traumática. O joelho é a
segunda articulação do corpo que mais sofre com
lesões, perdendo apenas para a articulação do ombro.
Neste seminário abordamos a anatomia do joelho, as
classificações e os movimento permitidos de suas
articulações e as lesões mais frequentes do joelho, que
são a condromalácia patelar, a ruptura do ligamento
cruzado anterior e a atuação da fisioterapia com
relação aos tratamentos de lesões no joelho.
Referências
• BOURBON, João. Ortopedia e Traumatologia Cirurgia do
Joelho. Disponível em: <http://ortopedistaemaracaju.com.br/>.
Acesso em: 05 jun. 2017.
• DÂNGELO, J. G.; FATINI, C. A. Anatomia Humana
Sistêmica e Segmentar: para o estudante de medicina. 2ed.
Rio de Janeiro: Atheneu, 1988.
• Fisioterapia Manual. Principais Lesões do Joelho. Disponível
em: <http://fisioterapiamanual.com.br/blog/artigos/lesoes-
joelho/>. Acesso em: 15 jun. 17.
• HOUGLUM, Peggy A.; BERTOTI, Dolores B. Cinesiologia
clínica de Brunnstrom. 6 ed. São Paulo, 2014.
• Instituto Afonso Pereira. Artroplasia Total de Joelho.
Disponível em: <http://www.iafortopedia.com.br/orientacoes-
para-pacientes/joelho/artroplastia-total-de-joelho-perguntas-
frequentes/>. Acesso em: 17 jun. 2017.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 31
Referências
• Instituto de ortopedia e medicina esportiva. Lesões meniscais.
São Paulo, 2012. Disponível em:
<http://www.iomeapucarana.com.br/lesoes_meniscais.html>.
Acesso em 05 jun. 2017.
• Instituto Trata. Lesões no joelho: causas, sintomas e
tratamento. Disponível em:
<http://www.institutotrata.com.br/joelho/lesoes-no-joelho-
causas-sintomas-e-tratamento/>. Acesso em: 08 jun. 2017.
• MAIA, João. Teste de Apley. 2013. Disponível em:
<http://fisioterapiajoaomaia.blogspot.com.br/2013/03/teste-de-
apley.html>. Acesso em: 13 jun. 2017.
• MOVITE. Anatomia do joelho. São Paulo. Disponível em:
<http://movite.com.br/uploads/artigos/6_01102013103912.pdf>
. Acesso em 15 jun. 17.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 32
Referências
• NETTER, Frank H. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto
Alegre: Artmed, 2000.
• Rumo Escolar. Reflexo Patelar. Disponível em:
<https://www.resumoescolar.com.br/biologia/reflexo-patelar/>.
Acesso em: 17 jun 2017.
• STRASINGER, Susan K, Uroanálise e Fluidos Biológicos,
São Paulo, SP: Editorial Médica Panamericana, 2a
edição, 1991.
• UTOPIA, Rodrigo. Meu Joelho. Disponível em:
<http://www.meujoelho.com.br/lesao-de-lca/>. Acesso em: 13
jun. 2017.
20/06/2017 Biomecânica do Joelho 33
Biomecânica
do
JOELHO
• BOA NOITE •

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Manual Tens-Fes Clínico HTM
Manual Tens-Fes Clínico HTMManual Tens-Fes Clínico HTM
Manual Tens-Fes Clínico HTMAmericanFisio
 
Aula Tratamento da Osteoartrose do Joelho - Dr David Sadigursky
Aula Tratamento da Osteoartrose do Joelho - Dr David SadigurskyAula Tratamento da Osteoartrose do Joelho - Dr David Sadigursky
Aula Tratamento da Osteoartrose do Joelho - Dr David SadigurskyDavid Sadigursky
 
ESCALA DE EQUILÍBRIO DE BERG e ESCALA DE MOBILIDADE E EQUILÍBRIO DE TINETTI
ESCALA DE EQUILÍBRIO DE BERG e ESCALA DE MOBILIDADE E EQUILÍBRIO DE TINETTIESCALA DE EQUILÍBRIO DE BERG e ESCALA DE MOBILIDADE E EQUILÍBRIO DE TINETTI
ESCALA DE EQUILÍBRIO DE BERG e ESCALA DE MOBILIDADE E EQUILÍBRIO DE TINETTIRenan Malaquias
 
Alongamento muscular
Alongamento  muscularAlongamento  muscular
Alongamento muscularlcinfo
 
Aula de exame fisico do cotovelo e epicondilite
Aula de exame fisico do cotovelo e epicondiliteAula de exame fisico do cotovelo e epicondilite
Aula de exame fisico do cotovelo e epicondiliteMauricio Fabiani
 
Cinesio unidade 1 1-conceitos e principios do movimento humano
Cinesio   unidade 1 1-conceitos e principios do movimento humanoCinesio   unidade 1 1-conceitos e principios do movimento humano
Cinesio unidade 1 1-conceitos e principios do movimento humanoGuilherme Weiss Freccia
 
2014827 111116 lesao+ligamentar+joelho
2014827 111116 lesao+ligamentar+joelho2014827 111116 lesao+ligamentar+joelho
2014827 111116 lesao+ligamentar+joelhoIsabel Amarante
 
FISIOTERAPIA NAS DISFUNÇÕES DO TORNOZELO E PÉ_FINAL2020.pdf
FISIOTERAPIA NAS DISFUNÇÕES DO TORNOZELO E PÉ_FINAL2020.pdfFISIOTERAPIA NAS DISFUNÇÕES DO TORNOZELO E PÉ_FINAL2020.pdf
FISIOTERAPIA NAS DISFUNÇÕES DO TORNOZELO E PÉ_FINAL2020.pdfMisslenyHaruna
 
Slides dos Curso de Avaliação em Fisioterapia
Slides dos Curso de Avaliação em FisioterapiaSlides dos Curso de Avaliação em Fisioterapia
Slides dos Curso de Avaliação em Fisioterapiaphpalacio
 
Testes especiais de coluna lombar e pelve em Fisioterapia
Testes especiais de coluna lombar e pelve em FisioterapiaTestes especiais de coluna lombar e pelve em Fisioterapia
Testes especiais de coluna lombar e pelve em FisioterapiaFisioterapeuta
 
Princípios físicos da água
Princípios físicos da águaPrincípios físicos da água
Princípios físicos da águaFUAD HAZIME
 
Fisioterapia aplicada a traumato ortopedia e desporto i cap 8 patologias da c...
Fisioterapia aplicada a traumato ortopedia e desporto i cap 8 patologias da c...Fisioterapia aplicada a traumato ortopedia e desporto i cap 8 patologias da c...
Fisioterapia aplicada a traumato ortopedia e desporto i cap 8 patologias da c...Helen Vieira
 
Escoliose e método klapp.
Escoliose e método klapp.Escoliose e método klapp.
Escoliose e método klapp.Paulo Bueno
 
Avaliação funcional
Avaliação funcionalAvaliação funcional
Avaliação funcionalHugo Almeida
 
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.pptAula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.pptSuzyOliveira20
 

Mais procurados (20)

Aula 9 Biomec Ossos e Articulação
Aula 9   Biomec Ossos e ArticulaçãoAula 9   Biomec Ossos e Articulação
Aula 9 Biomec Ossos e Articulação
 
Manual Tens-Fes Clínico HTM
Manual Tens-Fes Clínico HTMManual Tens-Fes Clínico HTM
Manual Tens-Fes Clínico HTM
 
Aula Tratamento da Osteoartrose do Joelho - Dr David Sadigursky
Aula Tratamento da Osteoartrose do Joelho - Dr David SadigurskyAula Tratamento da Osteoartrose do Joelho - Dr David Sadigursky
Aula Tratamento da Osteoartrose do Joelho - Dr David Sadigursky
 
ESCALA DE EQUILÍBRIO DE BERG e ESCALA DE MOBILIDADE E EQUILÍBRIO DE TINETTI
ESCALA DE EQUILÍBRIO DE BERG e ESCALA DE MOBILIDADE E EQUILÍBRIO DE TINETTIESCALA DE EQUILÍBRIO DE BERG e ESCALA DE MOBILIDADE E EQUILÍBRIO DE TINETTI
ESCALA DE EQUILÍBRIO DE BERG e ESCALA DE MOBILIDADE E EQUILÍBRIO DE TINETTI
 
Alongamento muscular
Alongamento  muscularAlongamento  muscular
Alongamento muscular
 
Aula de exame fisico do cotovelo e epicondilite
Aula de exame fisico do cotovelo e epicondiliteAula de exame fisico do cotovelo e epicondilite
Aula de exame fisico do cotovelo e epicondilite
 
Cinesio unidade 1 1-conceitos e principios do movimento humano
Cinesio   unidade 1 1-conceitos e principios do movimento humanoCinesio   unidade 1 1-conceitos e principios do movimento humano
Cinesio unidade 1 1-conceitos e principios do movimento humano
 
2014827 111116 lesao+ligamentar+joelho
2014827 111116 lesao+ligamentar+joelho2014827 111116 lesao+ligamentar+joelho
2014827 111116 lesao+ligamentar+joelho
 
FISIOTERAPIA NAS DISFUNÇÕES DO TORNOZELO E PÉ_FINAL2020.pdf
FISIOTERAPIA NAS DISFUNÇÕES DO TORNOZELO E PÉ_FINAL2020.pdfFISIOTERAPIA NAS DISFUNÇÕES DO TORNOZELO E PÉ_FINAL2020.pdf
FISIOTERAPIA NAS DISFUNÇÕES DO TORNOZELO E PÉ_FINAL2020.pdf
 
Slides dos Curso de Avaliação em Fisioterapia
Slides dos Curso de Avaliação em FisioterapiaSlides dos Curso de Avaliação em Fisioterapia
Slides dos Curso de Avaliação em Fisioterapia
 
Testes especiais de coluna lombar e pelve em Fisioterapia
Testes especiais de coluna lombar e pelve em FisioterapiaTestes especiais de coluna lombar e pelve em Fisioterapia
Testes especiais de coluna lombar e pelve em Fisioterapia
 
Princípios físicos da água
Princípios físicos da águaPrincípios físicos da água
Princípios físicos da água
 
Coluna lombar
Coluna lombarColuna lombar
Coluna lombar
 
Fisioterapia aplicada a traumato ortopedia e desporto i cap 8 patologias da c...
Fisioterapia aplicada a traumato ortopedia e desporto i cap 8 patologias da c...Fisioterapia aplicada a traumato ortopedia e desporto i cap 8 patologias da c...
Fisioterapia aplicada a traumato ortopedia e desporto i cap 8 patologias da c...
 
Escoliose e método klapp.
Escoliose e método klapp.Escoliose e método klapp.
Escoliose e método klapp.
 
Tornozelo e pe
Tornozelo e peTornozelo e pe
Tornozelo e pe
 
Avaliação funcional
Avaliação funcionalAvaliação funcional
Avaliação funcional
 
Cotovelo
CotoveloCotovelo
Cotovelo
 
Biomecanica da marcha
Biomecanica da marchaBiomecanica da marcha
Biomecanica da marcha
 
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.pptAula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
Aula 07 Eletroestimulação FES e CR.ppt
 

Semelhante a Biomecânica do Joelho

Treinamento no joelho patológico / Pathological knee training
Treinamento no joelho patológico / Pathological knee trainingTreinamento no joelho patológico / Pathological knee training
Treinamento no joelho patológico / Pathological knee trainingFabio Mazzola
 
Alteração Biomecânica do Cotovelo
Alteração Biomecânica do CotoveloAlteração Biomecânica do Cotovelo
Alteração Biomecânica do CotoveloWelisson Porto
 
Disfunção sacro ilíaca como causa de dor lombar
Disfunção sacro ilíaca como causa de dor lombarDisfunção sacro ilíaca como causa de dor lombar
Disfunção sacro ilíaca como causa de dor lombaradrianomedico
 
Avaliação da coluna lombar
Avaliação da coluna lombarAvaliação da coluna lombar
Avaliação da coluna lombarJunio Alves
 
Flexiteste FlexãO Da Coxa
Flexiteste FlexãO Da CoxaFlexiteste FlexãO Da Coxa
Flexiteste FlexãO Da CoxaHolmes Place
 
Manual Eliminando Dor Nas Costas V2.docx
Manual Eliminando Dor Nas Costas V2.docxManual Eliminando Dor Nas Costas V2.docx
Manual Eliminando Dor Nas Costas V2.docxlucasgrassi460
 
Enfermidades específicas do joelho
Enfermidades específicas do joelhoEnfermidades específicas do joelho
Enfermidades específicas do joelhoThais Benicio
 
Fotopodoscopia na análise do arco plantar longitudinal após bandagem funciona...
Fotopodoscopia na análise do arco plantar longitudinal após bandagem funciona...Fotopodoscopia na análise do arco plantar longitudinal após bandagem funciona...
Fotopodoscopia na análise do arco plantar longitudinal após bandagem funciona...marcos1611
 
Osteologia sistema axial e apendicular
Osteologia sistema axial e apendicularOsteologia sistema axial e apendicular
Osteologia sistema axial e apendicularRui Fonseca-Pinto
 
Sistema articular aula 4 (1).pdf
Sistema articular aula 4 (1).pdfSistema articular aula 4 (1).pdf
Sistema articular aula 4 (1).pdfglendaregosoares2
 

Semelhante a Biomecânica do Joelho (20)

Modulo_18.pdf
Modulo_18.pdfModulo_18.pdf
Modulo_18.pdf
 
Pé equino
Pé equinoPé equino
Pé equino
 
Treinamento no joelho patológico / Pathological knee training
Treinamento no joelho patológico / Pathological knee trainingTreinamento no joelho patológico / Pathological knee training
Treinamento no joelho patológico / Pathological knee training
 
Alteração Biomecânica do Cotovelo
Alteração Biomecânica do CotoveloAlteração Biomecânica do Cotovelo
Alteração Biomecânica do Cotovelo
 
Modulo 18
Modulo 18Modulo 18
Modulo 18
 
Disfunção sacro ilíaca como causa de dor lombar
Disfunção sacro ilíaca como causa de dor lombarDisfunção sacro ilíaca como causa de dor lombar
Disfunção sacro ilíaca como causa de dor lombar
 
Articulacoes
ArticulacoesArticulacoes
Articulacoes
 
Avaliação da coluna lombar
Avaliação da coluna lombarAvaliação da coluna lombar
Avaliação da coluna lombar
 
Flexiteste FlexãO Da Coxa
Flexiteste FlexãO Da CoxaFlexiteste FlexãO Da Coxa
Flexiteste FlexãO Da Coxa
 
Manual Eliminando Dor Nas Costas V2.docx
Manual Eliminando Dor Nas Costas V2.docxManual Eliminando Dor Nas Costas V2.docx
Manual Eliminando Dor Nas Costas V2.docx
 
Enfermidades específicas do joelho
Enfermidades específicas do joelhoEnfermidades específicas do joelho
Enfermidades específicas do joelho
 
Fotopodoscopia na análise do arco plantar longitudinal após bandagem funciona...
Fotopodoscopia na análise do arco plantar longitudinal após bandagem funciona...Fotopodoscopia na análise do arco plantar longitudinal após bandagem funciona...
Fotopodoscopia na análise do arco plantar longitudinal após bandagem funciona...
 
Osteologia sistema axial e apendicular
Osteologia sistema axial e apendicularOsteologia sistema axial e apendicular
Osteologia sistema axial e apendicular
 
SpineMED - Osteofitose
SpineMED -  OsteofitoseSpineMED -  Osteofitose
SpineMED - Osteofitose
 
Modulo 14
Modulo 14Modulo 14
Modulo 14
 
Articulacoes
ArticulacoesArticulacoes
Articulacoes
 
Articulacoes
ArticulacoesArticulacoes
Articulacoes
 
Sistema articular aula 4 (1).pdf
Sistema articular aula 4 (1).pdfSistema articular aula 4 (1).pdf
Sistema articular aula 4 (1).pdf
 
Sistema muscular parte 3
Sistema muscular parte 3Sistema muscular parte 3
Sistema muscular parte 3
 
Articulacoes
ArticulacoesArticulacoes
Articulacoes
 

Mais de Welisson Porto

Síndrome dos Ovários Policísticos
Síndrome dos Ovários PolicísticosSíndrome dos Ovários Policísticos
Síndrome dos Ovários PolicísticosWelisson Porto
 
Efeitos Deletéris da Radiação
Efeitos Deletéris da RadiaçãoEfeitos Deletéris da Radiação
Efeitos Deletéris da RadiaçãoWelisson Porto
 
Fisioterapia Dermato Funcional
Fisioterapia Dermato FuncionalFisioterapia Dermato Funcional
Fisioterapia Dermato FuncionalWelisson Porto
 
Primeiros Socorros - Emergências Pediátricas e Geriátricas
Primeiros Socorros - Emergências Pediátricas e GeriátricasPrimeiros Socorros - Emergências Pediátricas e Geriátricas
Primeiros Socorros - Emergências Pediátricas e GeriátricasWelisson Porto
 
Massoterapia - Técnicas de Shantala e Shiatsu
Massoterapia -  Técnicas de Shantala e Shiatsu Massoterapia -  Técnicas de Shantala e Shiatsu
Massoterapia - Técnicas de Shantala e Shiatsu Welisson Porto
 
Eletroneuromiografia (ENMG)
Eletroneuromiografia (ENMG)Eletroneuromiografia (ENMG)
Eletroneuromiografia (ENMG)Welisson Porto
 
Obesidade na Adolescência
Obesidade na AdolescênciaObesidade na Adolescência
Obesidade na AdolescênciaWelisson Porto
 
Saúde Pública - História Natural da Doença
Saúde Pública - História Natural da DoençaSaúde Pública - História Natural da Doença
Saúde Pública - História Natural da DoençaWelisson Porto
 
Refluxo Gastroesofágico
Refluxo GastroesofágicoRefluxo Gastroesofágico
Refluxo GastroesofágicoWelisson Porto
 
Transtornos Musculoesqueléticos Causados Pelo uso Abusivo das Tecnologias
Transtornos Musculoesqueléticos Causados Pelo uso Abusivo das TecnologiasTranstornos Musculoesqueléticos Causados Pelo uso Abusivo das Tecnologias
Transtornos Musculoesqueléticos Causados Pelo uso Abusivo das TecnologiasWelisson Porto
 

Mais de Welisson Porto (16)

Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
 
Distrofia Muscular
Distrofia MuscularDistrofia Muscular
Distrofia Muscular
 
Doação de Órgãos
Doação de ÓrgãosDoação de Órgãos
Doação de Órgãos
 
Síndrome dos Ovários Policísticos
Síndrome dos Ovários PolicísticosSíndrome dos Ovários Policísticos
Síndrome dos Ovários Policísticos
 
Efeitos Deletéris da Radiação
Efeitos Deletéris da RadiaçãoEfeitos Deletéris da Radiação
Efeitos Deletéris da Radiação
 
Câncer de Mama
Câncer de MamaCâncer de Mama
Câncer de Mama
 
Fisioterapia Dermato Funcional
Fisioterapia Dermato FuncionalFisioterapia Dermato Funcional
Fisioterapia Dermato Funcional
 
Primeiros Socorros - Emergências Pediátricas e Geriátricas
Primeiros Socorros - Emergências Pediátricas e GeriátricasPrimeiros Socorros - Emergências Pediátricas e Geriátricas
Primeiros Socorros - Emergências Pediátricas e Geriátricas
 
Massoterapia - Técnicas de Shantala e Shiatsu
Massoterapia -  Técnicas de Shantala e Shiatsu Massoterapia -  Técnicas de Shantala e Shiatsu
Massoterapia - Técnicas de Shantala e Shiatsu
 
Eletroneuromiografia (ENMG)
Eletroneuromiografia (ENMG)Eletroneuromiografia (ENMG)
Eletroneuromiografia (ENMG)
 
Obesidade na Adolescência
Obesidade na AdolescênciaObesidade na Adolescência
Obesidade na Adolescência
 
Saúde Pública - História Natural da Doença
Saúde Pública - História Natural da DoençaSaúde Pública - História Natural da Doença
Saúde Pública - História Natural da Doença
 
Meningite Bacteriana
Meningite BacterianaMeningite Bacteriana
Meningite Bacteriana
 
Refluxo Gastroesofágico
Refluxo GastroesofágicoRefluxo Gastroesofágico
Refluxo Gastroesofágico
 
Transtornos Musculoesqueléticos Causados Pelo uso Abusivo das Tecnologias
Transtornos Musculoesqueléticos Causados Pelo uso Abusivo das TecnologiasTranstornos Musculoesqueléticos Causados Pelo uso Abusivo das Tecnologias
Transtornos Musculoesqueléticos Causados Pelo uso Abusivo das Tecnologias
 
Parto Humanizado
Parto HumanizadoParto Humanizado
Parto Humanizado
 

Biomecânica do Joelho

  • 2. Biomecânica do JOELHO 3° Período de Fisioterapia Grupo JOELHO Isadora Clara Mikaelly Ferreira Welisson Porto 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 2
  • 3. Introdução O joelho é uma articulação completa com três ossos, possui dois graus de liberdade de movimento e três superfícies que se articulam: articulações tíbio-femoral medial, tíbio-femoral lateral e femoro- patelar, que estão localizadas em uma cápsula articular comum (HOUGLUM; BERTOTI, 2014). De modo funcional, o joelho pode suportar o peso corporal na posição ereta sem contração muscular; um indivíduo pode contar com os ligamentos das articulações para se manter de pé (HOUGLUM; BERTOTI, 2014). 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 3
  • 6. Articulações As articulações do joelho são formadas por três ossos: o fêmur, a tíbia, e a patela. Estes ossos se articulam formando 3 articulações: • Fêmoro-Tibial medial e lateral: Entre o fêmur e a tíbia; • Fêmoro-Patelar ou Patelo-Femoral: Entre o fêmur e a patela. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 6
  • 7. Menisco Os meniscos são estruturas fibrocartilaginosas em formato de meia lua, de consistência semelhante à de uma borracha, que ficam no interior dos joelhos. Em cada joelho, existem dois meniscos, o medial (do lado interno do joelho) e o lateral (do lado externo do joelho). A principal função deles é a de distribuir a carga que passa na articulação para ajudar a diminuir a pressão sobre a cartilagem que recobre os ossos no joelho. Ou seja, funcionariam como “amortecedores”, protegendo essa cartilagem. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 7
  • 8. Ligamentos Fonte: NETTER, Frank H.. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. Cada ligamento possui especialmente sua função, porém a junção de todos os ligamentos resultam em uma função, a estabilidade do joelho. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 8
  • 9. Ligamentos • LCA: O ligamento cruzado anterior é o ligamento que limita o deslocamento anterior da perna, evitando que ela se desloque para frente. • LCP: O ligamento cruzado posterior é o que limita o deslocamento posterior da perna. • LCM: O ligamento colateral medial é o ligamento que limita a abertura medial do joelho. • LCL: O ligamento colateral lateral é o que limita a abertura lateral do joelho. Fonte:DxrDevelopmentGroupInc.1999. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 9
  • 10. Líquido Sinovial Líquido sinovial (fluido sinovial ou sinóvia) é um líquido transparente e viscoso das cavidades articulares e bainhas dos tendões. É segregado pelas membranas sinoviais. O líquido sinovial é um dos elementos que formam o Sistema Locomotor, junto com os ossos, músculos, ligamentos e articulações. Tem a função de lubrificar as articulações sinoviais, permitindo seu movimento suave e indolor (nas articulações imóveis, como as suturas cranianas, não existe o líquido sinovial). (STRASINGER, 1991). Fonte: Reumart. Centro Reumatologia [Adaptada]. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 10
  • 11. Músculos do Joelho Os músculos que agem na articulação do joelho produzem movimentos de flexão e extensão da perna, mas também um certo grau de rotação, especialmente do côndilo lateral do fêmur em torno do eixo de rotação daquela articulação. Alguns dos músculos que movem a perna atuando na articulação do joelho são biarticulares, agem sobre a articulação do quadril bem como sobre a do joelho. São eles, vasto lateral, vasto medial e, vasto intermédio, reto da coxa que constituem o quadríceps, bíceps da coxa, semitendíneo, semimembranáceo. (DÂNGELO e FATINI, 1988). 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 11
  • 12. M. Vasto Lateral Reto da Coxa OSSO Tíbia Componentes Musculares do Joelho M. Vasto Intermédio M. Vasto Medial Bíceps da Coxa Semitendíneo Semimembranáceo 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 12
  • 13. Movimentos e Planos Anatômicos O joelho realiza os movimentos de: flexão, extensão, e uma leve rotação lateral e medial. O joelho também possui mecanismos especiais de travamento e destravamento, relacionados ao movimento dos côndilos femorais no platô tibial. • A flexão é permitida até 120º quando o quadril está estendido; • 140º quando o quadril está flexionado; • 160º quando o joelho é flexionado passivamente; • A rotação medial é limitada a 10º e a lateral a 30º; • A rotação medial e lateral só ocorre com o joelho flexionado. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 13
  • 14. Reflexo patelar • O reflexo patelar é clinicamente usado para determinar a sensibilidade dos reflexos de estiramento (no joelho). Podemos testar o reflexo patelar simplesmente percutindo-se o tendão patelar com um martelo de reflexos; essa ação estira o músculo quadríceps e inicia um reflexo de estiramento dinâmico, fazendo a perna se estender subitamente para frente. • O teste do tendão patelar testa a função do nervo femoral, seguimentos L2-L4 da medula espinhal. A ausência ou diminuição deste reflexo é conhecida como sinal de Westphal. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 14
  • 15. Prótese Artroplastia total de joelho • Quando o joelho está muito lesionado pela artrite ou por outra lesão, atividades simples, como caminhar ou subir escadas, podem se tornar difíceis. Pode haver dores mesmo sentado ou deitado. • Se tratamentos não cirúrgicos, como medicamentos e o uso de aparelhos que auxiliam a caminhar, não são mais capazes de ajudar, pode estar na hora de pensar em fazer uma artroplastia total de joelho. A artroplastia da articulação é um procedimento seguro e efetivo para aliviar as dores, corrigir deformidades no membro e ajudar a retornar às atividades normais. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 15
  • 16. Prótese Artroplastia total de joelho • (Esquerda) Osteoartrose grave. (Direita) Cartilagem desgastada e osso subjacente retirados; fêmur e tíbia cobertos com implantes metálicos. Um espaçador plástico foi colocado entre os implantes. O componente patelar não é mostrado para facilitar a visualização. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 16
  • 17. Testes para identificar lesões Teste de Apley Fonte: Instituto de Ortopedia e Medicina Esportiva. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 17
  • 18. Testes para identificar lesões Teste de McMurray Fonte: Instituto de Ortopedia e Medicina Esportiva. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 18
  • 19. Testes para identificar lesões Teste de Lachman Fonte: Desconhecida. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 19
  • 20. Testes para identificar lesões Teste de Steinmann Fonte: Desconhecida. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 20
  • 22. Lesões que acometem o joelho Condromalácia patelar 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 22
  • 23. Lesões que acometem o joelho Cisto de Baker 2320/06/2017 Biomecânica do Joelho
  • 24. Lesões que acometem o joelho Tendinite patelar 2420/06/2017 Biomecânica do Joelho
  • 25. Lesões que acometem o joelho Joelho Varo e Valgo • Joelho Varo O joelho varo acontece devido a uma alteração fisiológica, onde os joelhos se afastam e os pés se juntam formando uma abertura interna. • Joelho Valgo Alteração fisiológica, onde os joelhos se juntam e os pés se afastam formando uma abertura externa. 2520/06/2017 Biomecânica do Joelho
  • 26. Rompimento do Ligamento Cruzado Anterior • A lesão do LCA é a ruptura deste ligamento que pode ocorrer de forma completa (cerca de 95% das vezes), ou seja, das duas bandas, ou parcial com uma das bandas íntegra e a outra rompida (cerca de 5% das lesões de LCA). • Acomete pincipalmente em pessoas que praticam esportes como, futebol, vôlei, basquete, tênis, danças e lutas. A lesão ocorre mais em homens por praticarem mais esportes. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 26
  • 27. Tratamento • O tratamento para essa lesão nem sempre é cirúrgico. Depende de diversos fatores por exemplo, se o paciente deseja praticar esportes que não têm risco como musculação, natação, ciclismo ou corrida e não tem instabilidade, o tratamento deverá ser conservador (sem cirurgia). • No caso do paciente ter instabilidade, deseja praticar esportes que envolvam movimentos de rotação sobre o joelho ou deslocamentos laterais, o tratamento normalmente é cirúrgico. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 27
  • 28. Tratamento O tratamento cirúrgico é realizado com a reconstrução do LCA por via artroscópica (cirurgia por vídeo), ou seja, com o auxílio de um equipamento chamado artroscópio que permite a realização da cirurgia por cortes pequenos. Nela, o ligamento lesionado é substituído por um novo ligamento constituído de um enxerto de tendão (ou tendões) do nosso próprio corpo. Os tendões normalmente utilizados para a reconstrução do LCA são: • Tendões dos músculos semitendinoso e do músculo grácil; • O tendão patelar; • O tendão quadriciptal.Fonte: American Academy of Orthopaedic Surgeons. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 28
  • 29. Fisioterapia no pré e pós- operatório de procediment os cirúrgicos realizados no Joelho Pré-Operatório A Fisioterapia pré-operatória, através de exercícios de flexibilidade e fortalecimento poderá contribuir para a recuperação mais rápida e eficaz do paciente. Pós-operatório Quando o paciente sair da cirurgia e for pra casa ele mesmo pode fazer alguns exercícios antes de ir para a fisioterapia, tais como: mexer o tornozelo e dedos do pé, melhorando a circulação do membro, uso de compressas de gelo sobre a parte anterior e laterais do joelho, mas não na parte posterior. • Pós-Operatório Intermediário: É o período de fisioterapia e reabilitação, desde os 15 dias após a cirurgia até a liberação para a prática esportiva. • Pós-Operatório Tardio: quando o paciente volta a prática de suas atividades cotidianas e esportivas normais, sem queixas20/06/2017 Biomecânica do Joelho 29
  • 30. Conclusão 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 30 Concluímos através deste trabalho que o joelho é o maior complexo articular do corpo, formado por 3 ossos e 3 articulações e quase todas as pessoas terão algum problema em alguma destas articulações, seja por desgaste ou por lesão traumática. O joelho é a segunda articulação do corpo que mais sofre com lesões, perdendo apenas para a articulação do ombro. Neste seminário abordamos a anatomia do joelho, as classificações e os movimento permitidos de suas articulações e as lesões mais frequentes do joelho, que são a condromalácia patelar, a ruptura do ligamento cruzado anterior e a atuação da fisioterapia com relação aos tratamentos de lesões no joelho.
  • 31. Referências • BOURBON, João. Ortopedia e Traumatologia Cirurgia do Joelho. Disponível em: <http://ortopedistaemaracaju.com.br/>. Acesso em: 05 jun. 2017. • DÂNGELO, J. G.; FATINI, C. A. Anatomia Humana Sistêmica e Segmentar: para o estudante de medicina. 2ed. Rio de Janeiro: Atheneu, 1988. • Fisioterapia Manual. Principais Lesões do Joelho. Disponível em: <http://fisioterapiamanual.com.br/blog/artigos/lesoes- joelho/>. Acesso em: 15 jun. 17. • HOUGLUM, Peggy A.; BERTOTI, Dolores B. Cinesiologia clínica de Brunnstrom. 6 ed. São Paulo, 2014. • Instituto Afonso Pereira. Artroplasia Total de Joelho. Disponível em: <http://www.iafortopedia.com.br/orientacoes- para-pacientes/joelho/artroplastia-total-de-joelho-perguntas- frequentes/>. Acesso em: 17 jun. 2017. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 31
  • 32. Referências • Instituto de ortopedia e medicina esportiva. Lesões meniscais. São Paulo, 2012. Disponível em: <http://www.iomeapucarana.com.br/lesoes_meniscais.html>. Acesso em 05 jun. 2017. • Instituto Trata. Lesões no joelho: causas, sintomas e tratamento. Disponível em: <http://www.institutotrata.com.br/joelho/lesoes-no-joelho- causas-sintomas-e-tratamento/>. Acesso em: 08 jun. 2017. • MAIA, João. Teste de Apley. 2013. Disponível em: <http://fisioterapiajoaomaia.blogspot.com.br/2013/03/teste-de- apley.html>. Acesso em: 13 jun. 2017. • MOVITE. Anatomia do joelho. São Paulo. Disponível em: <http://movite.com.br/uploads/artigos/6_01102013103912.pdf> . Acesso em 15 jun. 17. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 32
  • 33. Referências • NETTER, Frank H. Atlas de Anatomia Humana. 2ed. Porto Alegre: Artmed, 2000. • Rumo Escolar. Reflexo Patelar. Disponível em: <https://www.resumoescolar.com.br/biologia/reflexo-patelar/>. Acesso em: 17 jun 2017. • STRASINGER, Susan K, Uroanálise e Fluidos Biológicos, São Paulo, SP: Editorial Médica Panamericana, 2a edição, 1991. • UTOPIA, Rodrigo. Meu Joelho. Disponível em: <http://www.meujoelho.com.br/lesao-de-lca/>. Acesso em: 13 jun. 2017. 20/06/2017 Biomecânica do Joelho 33