Luis Vidigal – Julho 2015 1
Boas%prá)cas%
em%e-Government%
Luís%Vidigal%
Luis Vidigal – Julho 2015 2
Programa%
1.  Inovação%
2.  Tendências%e%perspec;vas%da%Modernização%Administra;va%
3.  Admini...
Luis Vidigal – Julho 2015 3
%
%
%
Para%além%dos%textos%de%apoio%
%
%
204%slides%
para%download%em%
%
http://www.slideshare...
Luis Vidigal – Julho 2015 4
Inovação%
Luis Vidigal – Julho 2015 5
•  A%Inovação%
não%é%apenas%fazer%
coisas%diferentes%e%cria;vas%
•  É%criar%valor%
ouvindo%os%...
Luis Vidigal – Julho 2015 6
O que é desejado
pelos Utilizadores
O que é viável
para a Sociedade
O que é possível
com a Tec...
Luis Vidigal – Julho 2015 7
Pressão%da%Tecnologia%e%da%Sociedade%
Por%mais%que%façamos%parece%que%o%“copo”%está%a%esvaziar...
Luis Vidigal – Julho 2015 8
Convergência%
Luis Vidigal – Julho 2015 9
Administração Pública
inimiga do Cidadão
e da Economia
Luis Vidigal – Julho 2015 10
Luis Vidigal – Julho 2015 11
Tendências%e%perspec)vas%da%
Nodernização%Administra)va%
Luis Vidigal – Julho 2015 12
and Smart
Short and Simple
Um%Princípio%desde%os%anos%60%
%%%%(Programa%Apollo)%
Serviços
•  ...
Luis Vidigal – Julho 2015 13
%%%%%%%%Estado%Parceiro%
%%%%%%%%Governance%
%%%%%%%%New%Public%Service%
Interesses
do Estado...
Luis Vidigal – Julho 2015 14
Modelos%de%Estado%
%%%%%%%%Estado%%
%%%%%%%%%Distribuído%
%%%%%%%%%e%em%Rede%
%%%%%%%%New%Pub...
Luis Vidigal – Julho 2015 15
“Estamos
juntos!”
Pós-NPM%
Uma%vaga%de%norma)vidade%
Joined%up%
Government%
Transforma)onal%
...
Luis Vidigal – Julho 2015 16
442 0 ) . 0 , , , , 2 0 2 0
Modelos%de%Reforma%do%Estado%
•  Moderada%[%diminuição%da%burocra...
Luis Vidigal – Julho 2015 17
Tendências%da%Reforma%do%Estado%
Presidência%dinamarquesa%da%UE%-%2012%
IPSG%-%Innova)ve%Publ...
Luis Vidigal – Julho 2015 18
Oportunidade%da%Crise%
A%crise%é%uma%coisa%terrível%
para%ser%desperdiçada%
%
OECD (2010), Ma...
Luis Vidigal – Julho 2015 19
O%e-Government%é%prioritário%
para%a%Reforma%do%Estado%
O%e[Government%é%visto%mais%do%que%nu...
Luis Vidigal – Julho 2015 20
Caracteris)cas%do%NPM%
1.  Entrada%no%sector%público%de%gestores%profissionais%provenientes%do...
Luis Vidigal – Julho 2015 21
Forças%centrífugas%e%centrípetas%
21
Luis Vidigal – Julho 2015 22
Agências,%Mercados%e%Parcerias%
Mais
Autonomia
Mais
Controlo e
Responsabilização
Sim, mas…
GE...
Luis Vidigal – Julho 2015 23
Fases%da%Reforma%entre%1980s%e%2000s%
Experiência%da%Austrália%
Dimensão%da%
Reforma%
Manager...
Luis Vidigal – Julho 2015 24
Paradoxos%e%
Desafios%
Luis Vidigal – Julho 2015 25
Poder%e%controlo%
Aumentar o controlo político
sobre a burocracia
Gestores livres
para gerir
...
Luis Vidigal – Julho 2015 26
Opções%ges)onárias%
Dar prioridade às
poupanças
Dar prioridade à
melhoria da
qualidade do ser...
Luis Vidigal – Julho 2015 27
Liberalizar%ou%centralizar?%
Público Privado
Centralização
Autonomia
As TIC permitem
dar auto...
Luis Vidigal – Julho 2015 28
Uma%escolha%a%escru)nar%
Público Privado
Centralização da Informação
Autonomia e Responsabili...
Luis Vidigal – Julho 2015 29
Opções%de%Eficiência%
Os%recursos%
(inputs)%
diminuem%e%os%
outputs%
aumentam%%
Os%recursos%
m...
Luis Vidigal – Julho 2015 30
Existem%caminhos%
alterna)vos%para%a%
Reforma%do%Estado%
Redução%do%Estado%
•  Redução%de%efe...
Luis Vidigal – Julho 2015 31
•  Adopção%por%parte%dos%cidadãos%%
•  Acesso%à%internet%ou%aos%telemóveis%
•  Grupos%mais%vu...
Luis Vidigal – Julho 2015 32
•  Desenvolvimento%
From*“readiness”*to*“maturity”**
•  U,lização*
Ci8zen"centric*approach**
...
Luis Vidigal – Julho 2015 33
Tecnologias%para%quê?%
“Eu*quero*que*perguntemos*todos*os*dias,*
como*é*que*estamos*a*usar*as...
Luis Vidigal – Julho 2015 34
Princípios%Estratégicos%
•  Centrados% na% Informação% (“Informa,on"Centric”)% Deixar% de% te...
Luis Vidigal – Julho 2015 35
Princípios%chave%do%e-Government%
Irlanda%–%2012-2015%
•  As%necessidades%dos%cidadãos%e%das%...
Luis Vidigal – Julho 2015 36
Mudar%a%Administração%
par)ndo%do%serviço%
1. Introduzir%uma%cultura%de%simplificação%
2. Faze...
Luis Vidigal – Julho 2015 37
Princípios%e%valores%da%AP%na%UE%
Valores% Descrição%
Legalidade% A%boa%governação%começa%com...
Luis Vidigal – Julho 2015 38
Caminho%para%a%redução%da%
burocracia%na%Europa%
38
Estratégia%“only%once”%
Impact:o
•  Minim...
Luis Vidigal – Julho 2015 39
Cultura%de%
Simplificação%
Uma prioridade para a a Administração Pública
Luis Vidigal – Julho 2015 40
Níveis%de%Simplificação%do%SIMPLEX%
•  SIMPLIFICAÇÃO%PREVENTIVA%
(ex"ante)*
–  Teste%Simplex%(...
Luis Vidigal – Julho 2015 41
Teste%SIMPLEX%
Simplificação%Preven)va%(ex"ante)%
1.  Caracterização%da%inicia;va%
2.  Encargo...
Luis Vidigal – Julho 2015 42
Objec)vos%SIMPLEX%
SIMPLIFICAÇÃO%CORRECTIVA%%
•  Resposta%pronta%e%eficaz%às%necessidades%dos%...
Luis Vidigal – Julho 2015 43
Os%Princípios%da%Simplificação%
•  Deixar%o%cidadão%escolher%entre%pagar%uma%
segurança%acresc...
Luis Vidigal – Julho 2015 44
Um%exemplo%de%par)lha%
•  Novo%modelo%de%prestação%de%informação%e%contas%que%permite%às%
emp...
Luis Vidigal – Julho 2015 45
Luis Vidigal – Julho 2015 46
Administração%Pública%Electrónica%%
e-Government%
Luis Vidigal – Julho 2015 47
Todosos cidadãos
Com%Segurança%
A%qualquer%Hora%
Em%qualquer%Lugar%
Acesso%à%Informação%e%
a%...
Luis Vidigal – Julho 2015 48
Eficácia
Eficiência Transparência
Poupança
Rapidez
e-Gov
O%que%se%espera%do%e-Government%
Con...
Luis Vidigal – Julho 2015 49
O quê?
Transformação das
relações internas e
externas do sector
público
Como?
...através de
o...
Luis Vidigal – Julho 2015 50
Os%relacionamentos%decorrentes%
do%e-Government%
Administração
Pública
Organismo
Organismo
Or...
Luis Vidigal – Julho 2015 51
Objetivos do Milénio para o
Desenvolvimento (UN)
Objetivos do e-Governance
(Nações Unidas, 20...
Luis Vidigal – Julho 2015 52
Estágios%de%Maturidade%do%e-Government%
Luis Vidigal – Julho 2015 53
Dimensões%do%e-Government%
Serviços de
Informação
Serviços de
Comunicação
Serviços
Transaccio...
Luis Vidigal – Julho 2015 54
As%4%fases%de%Maturidade%
da%AP%Electrónica%na%EU%%
Desenvolvimento
Online
Informação
Interac...
Luis Vidigal – Julho 2015 55
Os%4%clusters%dos%20%serviços%eEurope%%
Luis Vidigal – Julho 2015 56
Estágios%de%Maturidade%na%UE%
Luis Vidigal – Julho 2015 57
Estamos
aqui
Estágios%de%maturidade%do%e"government%%
Presença
na Web
Interacção
Transacção
T...
Luis Vidigal – Julho 2015 58
1º%lugar%na%Europa%
em%e-Government%
Luis Vidigal – Julho 2015 59
Maturidade%do%e[Government%
Modelo%Tridimencional%
Integração
Interoperabilidade
Cooperação
P...
Luis Vidigal – Julho 2015 60
Abrimos%novos%desafios%sem%
resolver%os%anteriores%
Integrar
Planear e gerir
através de multip...
Luis Vidigal – Julho 2015 61
Mo)vações%ideológicas%para%o%e-Gov%
Gestão%Privada%
melhor%que%a%
Gestão%Pública%
(NPM)%
Pres...
Luis Vidigal – Julho 2015 62
Mo)vações%ideológicas%para%o%e-Gov%
E[Gov%para%%
aumentar%a%
eficiência%e%a%
eficácia%da%AP%
Ex...
Luis Vidigal – Julho 2015 63
É%urgente%uma%ruptura%no%foco%
Orientação%
ao%
Poder%
Orientação%
ao%
Cidadão%
Luis Vidigal – Julho 2015 64
Foco%no%Cidadão%
Fases%de%transformação%da%AP%
Departamentos%
isolados%
Fornecedores%
de%serv...
Luis Vidigal – Julho 2015 65
e-Gov%em%Moçambique%
Um Plano excelente
em qualquer
parte do mundo
Luis Vidigal – Julho 2015 66
O%percurso%
Luis Vidigal – Julho 2015 67
Alinhamento%com%a%Reforma%do%Estado%
PARPA - Plano de Acção para a Redução da Pobreza Absoluta
Luis Vidigal – Julho 2015 68
Dados%estars)cos%
No%Mundo%e%em%Moçambique%
Luis Vidigal – Julho 2015 69
E-Government%
no%Mundo%
http://unpan3.un.org/egovkb/Reports/UN-E-
Government-Survey-2014
Luis Vidigal – Julho 2015 70
Índice%de%acesso%às%telecomunicações%
Índice% U;lizadores%
Internet%
Linhas%telefónicas%
fixas...
Luis Vidigal – Julho 2015 71
Índice%de%acesso%às%telecomunicações%
Índice% U;lizadores%
Internet%
Linhas%telefónicas%
fixas...
Luis Vidigal – Julho 2015 72
Moçambique%
na%África%Oriental%
•  Índice%de%e[Gov%–%Elevado%
– Top%10%dos%países%de%baixo%re...
Luis Vidigal – Julho 2015 73
Trabalho%de%Grupo%
Uma%nova%maneira%de%olhar%o%Estado%
Repositórios%únicos%e%Processos%Básico...
Luis Vidigal – Julho 2015 74
Qual%a%situação%no%vosso%país?%
Construção%de%uma%Casa%%
Criação%de%uma%Empresa%
Nascimento%d...
Luis Vidigal – Julho 2015 75
Colaboração,%
Interoperabilidade%
e%Desmaterialização%
Luis Vidigal – Julho 2015 76
Morte
Euforia
Desilusão
Maturidade
Adaptado do Gartner
Luis Vidigal – Julho 2015 77Simplicidade na Comunicação e nos Processos Administrativos / | Luís Vidigal 77
Para%além%do%E...
Luis Vidigal – Julho 2015 78
Interoperabilidade?%
Luis Vidigal – Julho 2015 79
Interoperabilidade?%
base from Mikael Erlandsson
Dialog med kommunen/andra vård-grannar
Gemen...
Luis Vidigal – Julho 2015 80
Interoperabilidade?%
Organizacional
Peopleware (Vontades)
Informacional / Semântica
Infoware ...
Luis Vidigal – Julho 2015 81
Interoperabilidade%
Interoperabilidade Semântica
Interoperabilidade Tecnológica
Interoperabil...
Luis Vidigal – Julho 2015 82
Holes*in*the*Whole*of*Government*
Os%buracos%na%totalidade%do%Estado%
300 5 300 5
Velocidade%...
Luis Vidigal – Julho 2015 83
Novas%Estruturas%/%Novas%Relações%
Putting
Citizens
First
OCDE
Luis Vidigal – Julho 2015 84
Estruturas%e%Processos%
Estruturas
Processos
In Out
Luis Vidigal – Julho 2015 85
Eventos de vida propostos no “Quality of Public Administration Toolbox”
da União Europeia em ...
Luis Vidigal – Julho 2015 86
Fim%às%Cer)dões!!!%
Tem que me trazer uma
prova de quem é você
Tem que me trazer uma
prova de...
Luis Vidigal – Julho 2015 87
Labirinto%
A irracionalidade do
Estado alimenta muitos
“negócios” privados
sem acrescentar va...
Luis Vidigal – Julho 2015 88
O%Tempo%é%amigo%de%muitos%
“negócios”%privados%
Tempo
Corrupção
Luis Vidigal – Julho 2015 89
A%informa)zação%nem%sempre%é%a%solução%
Luis Vidigal – Julho 2015 90
Licenciamento%Zero%
Não%se%trata%de%acabar%com%os%
licenciamentos,%
mas%sobretudo%ques)oná-lo...
Luis Vidigal – Julho 2015 91
Desburocra)zação%Procedimentosburocráticos
Garantias do Estado e da Sociedade
Zona de
Risco
E...
Luis Vidigal – Julho 2015 92
Transparência%e%simplicidade%
Sabe como fazer?
Então faça!
O que
quer fazer?
Quem é
você?
Luis Vidigal – Julho 2015 93
Remover%as%arbitrariedades%
A
verdadeira
lei é o
algorítmo
Recuperar
•  Accountability
•  Coo...
Luis Vidigal – Julho 2015 94
Da incerteza do Mais ou Menos à certeza do Sim ou Não
Remover%as%arbitrariedades%
Luis Vidigal – Julho 2015 95
Regras%claras%e%obje)vas%
Luis Vidigal – Julho 2015 96
Transparência%em%tempo%real%
Não Sim
Luis Vidigal – Julho 2015 97
-85%
É%di{cil%mas%compensa...%
•  Iden)ficar%eventos%
•  Analisar%
•  Simplificar%
•  Redesenha...
Luis Vidigal – Julho 2015 98
E%porque%não%também?%
Justiça Ambiente
etc, etc, etc…
Compras
Luis Vidigal – Julho 2015 99
Se existe lógica e rigor na legislação,
existe certeza e transparência na decisão
Porque não ...
Luis Vidigal – Julho 2015 100
Inicío
Exemplo%do%Estudo% Casa%na%Hora %
Análise%do%Processo%Actual%
$
Câmara Municipal
Pred...
Luis Vidigal – Julho 2015 101
Exemplo%do%Estudo% Casa%na%Hora %
Processo%Futuro*
$
Câmara Municipal
Predial
Notários
Insti...
Luis Vidigal – Julho 2015 102
M-Government%
Luis Vidigal – Julho 2015 103
Mobilidade%
•  Utilizadores
•  Serviços
•  Equipamentos
Espaço Tempo
Contexto
(Local e Hora ...
Luis Vidigal – Julho 2015 104
Exemplos%de%m-Government%
•  Avisos de pagamento de impostos
•  Pagamento de impostos
•  Cot...
Luis Vidigal – Julho 2015 105
Exemplos%de%m-Government%
•  Denuncia de um crime
•  Participação de ocorrências
•  Alerta d...
Luis Vidigal – Julho 2015 106
m-Gov:%Bene{cios%
m-Gov
Benefícios
Transparência
de actuação
Contextualização
Redução de
Cus...
Luis Vidigal – Julho 2015 107
m-Gov:%Riscos%
m-Gov
Riscos
Usabilidade
Qualidade da Info
Transmitida
Segurança
Standardizaç...
Luis Vidigal – Julho 2015 108
Exclusão%Digital%
Luis Vidigal – Julho 2015 109
Infoexclusão%
Luis Vidigal – Julho 2015 110
Fratura%Digital%
e%Serviço%Universal%
110
Contact
Center
Atendimento
presencial
Kiosk
ZYX% C...
Luis Vidigal – Julho 2015 111
One%Stop%Shop%
111
Parar
Avançar
Evento%de%vida%
Luis Vidigal – Julho 2015 112
Mediadores%de%cidadania%
Do%Poder%ao%Serviço%
112
Luis Vidigal – Julho 2015 113
Dos%Centros%Comerciais%aos%
Serviços%Digitais%Universais%
113
•  Descentralizados em todo o ...
Luis Vidigal – Julho 2015 114
Fratura%%%%%%%Digital%
Luis Vidigal – Julho 2015 115
Mapa da
Fratura Digital
Digital Access Index (DAI)
Luis Vidigal – Julho 2015 116
Índice%de%Acesso%Digital%(DAI)%
•  Infraestrutura%
–  Ligações%fixas%e%móveis%
•  Poder%de%Co...
Luis Vidigal – Julho 2015 117
Uma%estratégia%global...%
Fratura
Digital
Formação
e Emprego
Escolas
Bibliotecas e
Espaços I...
Luis Vidigal – Julho 2015 118
Repensar%as%estruturas%e%
os%processos%
Luis Vidigal – Julho 2015 119
Temos%de%abrir%a% Caixa%de%Pandora %
e%resolver%de%facto%os%problemas%
Informação
Incoerente...
Luis Vidigal – Julho 2015 120
Con)nuamos%a%construir%castelos%
em%vez%de%serviços%
Luis Vidigal – Julho 2015 121
Silos%Ver)cais%
Cheios%de%Poder%e%Vaidade%
Luis Vidigal – Julho 2015 122
Silos%Horizontais%
Cheios%de% Gordura %e%Desperdício%
Luis Vidigal – Julho 2015 123
Recursos e Serviços Comuns (SOA)
Par)lha%de%Dados%e%Serviços%
Administração*em*Rede *
Taerit...
Luis Vidigal – Julho 2015 124
Precisamos%de%algumas%espinhas%
mas%de%poucos%Peixes%
Sinergias Horizontais
Prioridade ao Ci...
Luis Vidigal – Julho 2015 125
Repositórios%únicos%e%Processos%Básicos%
Construção%de%uma%Casa%%
Criação%de%uma%Empresa%
Na...
Luis Vidigal – Julho 2015 126
Trabalho%de%Grupo%
A.  Eliminação%de%cer;dões%e%comprovantes%
inúteis%em%MZ%
B.  Interoperab...
Luis Vidigal – Julho 2015 127
Eventos%de%vida%
http://www.portaldogoverno.gov.mz
Luis Vidigal – Julho 2015 128
Iniciar%um%negócio%em%Moçambique%%
e-Baú,%um%o%projeto%à%beira%da%par)da%%
Luis Vidigal – Julho 2015 129
%
È%preciso%evitar%
as%
Múl)plas%faces%
para%a%mesma%
pessoa%
Luis Vidigal – Julho 2015 130
Várias%máscaras%
para%a%mesma%en)dade%informacional%
130
Dados%sobre%
mim%
Dados%sobre%
mim%...
Luis Vidigal – Julho 2015 131
Luis Vidigal – Julho 2015 132
CRUD%
• C%–%Create%
• R%–%Retrieve%
• U%–%Update%
• D%[%Delete%
Luis Vidigal – Julho 2015 133
•  Processo%A%
•  Processo%B%
•  Processo%C%
•  …%
•  Processo%n%
• Nome%
• Número%
• Sexo%
...
Luis Vidigal – Julho 2015 134
Consistência
e Qualidade
dos Dados
•  Processo%A%
•  Processo%B%
•  Processo%C%
•  …%
•  Pro...
Luis Vidigal – Julho 2015 135
Um%mapa%de%Moçambique%para%Todos %
Cadastro%Mul)-Funcional%
Proprietário
Valor Tributável
En...
Luis Vidigal – Julho 2015 136
SIMPLEX%a%três%dimensões%
•  Ver%os%processos%para%além%de%um%só%departamento,%Ministério%ou...
Luis Vidigal – Julho 2015 137
Será%que%há%muita%diferença?%
Ontem Hoje
Luis Vidigal – Julho 2015 138
Dos%documentos%aos%processos%
138
Poder sobre os
Papeis
Poder sobre os
Fluxos
Transparência ...
Luis Vidigal – Julho 2015 139
S.%Exª%o%Papel%
Paradoxo da (in)Produtividade
Luis Vidigal – Julho 2015 140
Colaboração%digital%
Luis Vidigal – Julho 2015 141
11101101011
11101101110
01100111000
01100111000
Mundo
Real
Mundo
Digital
10001110111
0000111...
Luis Vidigal – Julho 2015 142
Não%é%tão%fácil%como%parece…%
Luis Vidigal – Julho 2015 143
SCM%-%Workflow%
Luis Vidigal – Julho 2015 144
Algumas%tendências%tecnológicas%
Luis Vidigal – Julho 2015 145
Um%mundo%de%objectos%inteligentes%
das%pessoas%às%coisas%
•  Código%de%barras%
•  Tarja%magn...
Luis Vidigal – Julho 2015 146
•  Equipamento%móvel%
•  Sistema%opera)vo%móvel%
•  Mercado%de%aplicações%móveis%
•  Aplicaç...
Luis Vidigal – Julho 2015 147
Browsers%
(%%de%penetração%no%mundo%em%Março%de%2013)%
Luis Vidigal – Julho 2015 148
Venda%de%equipamentos%pessoais%conectados%
2012[2017%
(em%milhões%de%unidades)%
Luis Vidigal – Julho 2015 149
Vendas%de%Smatphones%no%Mundo%
(em%milhares%de%unidades)%
Luis Vidigal – Julho 2015 150
Armazenar%nas%“Nuvens”%(Cloud)%
Luis Vidigal – Julho 2015 151
Trabalhar%nas%“Nuvens”%(Cloud)%
O Office 365 combina
edições online do Word,
Excel, PowerPoi...
Luis Vidigal – Julho 2015 152
Formulários electrónicos
Personalizados, únicos, dinâmicos e inteligentes
Luis Vidigal – Julho 2015 153
Reutilização dos Dados
Luis Vidigal – Julho 2015 154
Documentos%
orientados%aos%
dados,%contextuais%
e%dinâmicos%
154
Luis Vidigal – Julho 2015 155
Nome
Morada
Profissão
Estado Civil
Rendimento
Pedidos em falta
Reclamações
Incidentes
...
Da...
Luis Vidigal – Julho 2015 156
Ir à escola
Empregar-se
Casar-se
Ter um filho
Mudar de casa
Construir uma casa
Criar uma emp...
Luis Vidigal – Julho 2015 157
As%3%camadas%
de%um%formulário%inteligente%
Apresentação
Parte visível
Lógica
Regras de Negó...
Luis Vidigal – Julho 2015 158
Estágios%de%Maturidade%Tecnológica%
Acesso à
Informação
Comunicar
Trabalhar juntos
Automatiz...
Luis Vidigal – Julho 2015 159
Redes
Sociais Mobilidade
Análise
de Dados
Anytime – Anywhere
Just in Time – Just in Case
Luis Vidigal – Julho 2015 160
Internet%das%Coisas%
Imagine um mundo
onde as coisas
estão sempre
conectadas à
Internet e in...
Luis Vidigal – Julho 2015 161
O%Trabalho%hoje...%
•  Mobilidade%constante%
•  Permanentemente%conectados%
•  Acesso%a%dado...
Luis Vidigal – Julho 2015 162
Consumo%Global%da%Internet%%
Tráfico 2011-2016 (peta bytes/mês)
Fonte: Cisco Systems
Luis Vidigal – Julho 2015 163
Não%é%só%a%parte%visível%que%interessa...%
Luis Vidigal – Julho 2015 164
Luis Vidigal – Julho 2015 165
Federação%de%Dados%
Luis Vidigal – Julho 2015 166
Riscos%
• Disponibilidade%
• Con;nuidades%de%Serviços%
• Segurança%
• Privacidade%
• Fratura...
Luis Vidigal – Julho 2015 167
Portais
Gestão de
Conteúdos
Ferramentas
Colaborativas
Gestão do
Conhecimento
Gestão
Document...
Luis Vidigal – Julho 2015 168
Segurança%na%Era%Digital%
Luis Vidigal – Julho 2015 169
Requisitos de Segurança
•  Integridade
– Completa e não alterada
•  Confidencialidade
– Aces...
Luis Vidigal – Julho 2015 170
Assinaturas digitais
A
Entidade
Certificadora
B
AE
Luis Vidigal – Julho 2015 171
Gerir%a%Mudança%e%as%TIC%
na%Administração%Pública%
Luis Vidigal – Julho 2015 172
Modelo%de%IT%Governance%
Competências%necessárias%
Arquitecturas
de Gestão, Informação,
Apli...
Luis Vidigal – Julho 2015 173
Plataforma SOA
Metadados (XML) e Regras de Negócio (BPM)
Tecnologia
A
Tecnologia
B
Tecnologi...
Luis Vidigal – Julho 2015 174
É%preciso%apostar%também%em%
"corridas%de%fundo"%
Luis Vidigal – Julho 2015 175
Conciliar%os%tempos%e%as%
racionalidades%
Tempo e
racionalidades
Políticas
Tempo e
racionali...
Luis Vidigal – Julho 2015 176
Formas%de%melhorar%os%processos%
•  Normalizar%
•  Reduzir%erros%
•  Usar%equipas%em%rede%
•...
Luis Vidigal – Julho 2015 177
Estratégia%e%Tác)ca%
Objectivo
Estratégico
Objectivo
Táctico
Objectivo
Táctico
Objectivo
Tác...
Luis Vidigal – Julho 2015 178
Perigo%e%Oportunidade%
A palavra mudança
é representada na
escrita chinesa por
dois símbolos...
Luis Vidigal – Julho 2015 179
Resistência%à%Mudança%
Luis Vidigal – Julho 2015 180
Se%alguém%faz%
… alguém desfaz
Luis Vidigal – Julho 2015 181
Caminho%mais%longo%e%
dispendioso%
Luis Vidigal – Julho 2015 182
Mudança%e%preconceito%
“Nada do que é
novo será bem
sucedido se não
parecer louco
quando for...
Luis Vidigal – Julho 2015 183
Mudança%e%preconceito%
"É mais fácil
desintegrar um
átomo
do que um
preconceito“
%
Albert%Ei...
Luis Vidigal – Julho 2015 184
Mudança%
184
Novas Tecnologias Novos Paradígmas
Luis Vidigal – Julho 2015 185
Descongelar%/%Re-congelar%
Descongelar Re-congelar
Luis Vidigal – Julho 2015 186
Coordenar%é%servir%os%outros%
“É%melhor%liderar%a%par;r%de%trás%e%dar%
o%protagonismo%aos%ou...
Luis Vidigal – Julho 2015 187
Estrelas%
Solitárias%
e%
Galáxia%
Luis Vidigal – Julho 2015 188
Luis Vidigal – Julho 2015 189
Criatividade Harmonização
Inovação Clareza
Competitividade Simplicidade
Risco Segurança
( 0....
Luis Vidigal – Julho 2015 190
Público%/%Privado%–%Diferenças%Reais%/%Formais%
Dimensão% Gestão%Privada% Administração%Públ...
Luis Vidigal – Julho 2015 191
e construir pontes
Com mais e melhores
Informação e serviços
Demolir paredes
Luis Vidigal – Julho 2015 192
•  Sonhar%
•  Inovar%
•  Criar%
•  Comunicar%
•  Dar%afecto%
•  Decidir%
%
Informação e
Conh...
Luis Vidigal – Julho 2015 193
Empregos%em%risco%
Frey†, Carl Benedikt & Michael A. Osborne (2013). The Future of Employmen...
Luis Vidigal – Julho 2015 194
Desgaste%dos%empregos%intermédios%
A tecnologia está a substituir progressivamente
empregos ...
Luis Vidigal – Julho 2015 195
Maus%e%Bons%
Desemprego Emprego
Luis Vidigal – Julho 2015 196
O%Apagão!%
Imaginem que
deixava de haver
tecnologias da
informação e
comunicação nos
organis...
Luis Vidigal – Julho 2015 197
Custo
Redundâncias
Desintegração
Incoerências
Incompatibilidades
Conflitos de Poder
Desperdí...
Luis Vidigal – Julho 2015 198
Onde%estão%as%poupanças?%
Inputs% Outputs% Outcomes%Incomes%
Eficiência% Eficácia%
Demasiado%
...
Luis Vidigal – Julho 2015 199
Qual%a%estratégia%para%o%futuro%
•  Economia
Crescimento%ou%Declínio?%
•  Intervenção da AP ...
Luis Vidigal – Julho 2015 200
Prioridade%
ao%Cidadão%
Par)lhar%
Simplificar%
Re-u)lizar%
Integrar%
Cooperar%
Porque%é%
que%...
Luis Vidigal – Julho 2015 201
Minha
Iniciativa
Minha
Iniciativa
Minha
Iniciativa
Minha
Iniciativa
Esta é
para si...
Feira ...
Luis Vidigal – Julho 2015 202
Infaticídio
Tecnológico ?!
Luis Vidigal – Julho 2015 203
Contra%a%
corrente%
A)tudes%
80%%
20%%
Tecnologia%
Luis Vidigal – Julho 2015 204
Obrigado%
Até%breve%
Telefone: +351 963459044
Skype: luis.vidigal1
Blog: http://mudaroestado...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Highscore - Luis Vidigal - Boas práticas de e-Government - Julho 2015

659 visualizações

Publicada em

Slides de apoio ao curso da Highscore Moçambique sobre "Boas práticas de e-Government"

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
659
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Highscore - Luis Vidigal - Boas práticas de e-Government - Julho 2015

  1. 1. Luis Vidigal – Julho 2015 1 Boas%prá)cas% em%e-Government% Luís%Vidigal%
  2. 2. Luis Vidigal – Julho 2015 2 Programa% 1.  Inovação% 2.  Tendências%e%perspec;vas%da%Modernização%Administra;va% 3.  Administração%Pública%Electrónica%(e"Government)% 4.  Estágios%de%Maturidade%do%e"Government* 5.  Dados%estaMs;cos% 6.  Colaboração,%Interoperabilidade%e%Desmaterialização% 7.  M"Government* 8.  Exclusão%Digital% 9.  Repensar%as%estruturas%e%os%processos% 10. Algumas%tendências%tecnológicas% 11. Segurança%na%Era%Digital% 12. Gerir%a%Mudança%e%as%TIC%na%Administração%Pública%
  3. 3. Luis Vidigal – Julho 2015 3 % % % Para%além%dos%textos%de%apoio% % % 204%slides% para%download%em% % http://www.slideshare.net/vidigal
  4. 4. Luis Vidigal – Julho 2015 4 Inovação%
  5. 5. Luis Vidigal – Julho 2015 5 •  A%Inovação% não%é%apenas%fazer% coisas%diferentes%e%cria;vas% •  É%criar%valor% ouvindo%os%outros% e%aproveitando%o%que%está%feito%
  6. 6. Luis Vidigal – Julho 2015 6 O que é desejado pelos Utilizadores O que é viável para a Sociedade O que é possível com a Tecnologia Inovação%
  7. 7. Luis Vidigal – Julho 2015 7 Pressão%da%Tecnologia%e%da%Sociedade% Por%mais%que%façamos%parece%que%o%“copo”%está%a%esvaziar% 7
  8. 8. Luis Vidigal – Julho 2015 8 Convergência%
  9. 9. Luis Vidigal – Julho 2015 9 Administração Pública inimiga do Cidadão e da Economia
  10. 10. Luis Vidigal – Julho 2015 10
  11. 11. Luis Vidigal – Julho 2015 11 Tendências%e%perspec)vas%da% Nodernização%Administra)va%
  12. 12. Luis Vidigal – Julho 2015 12 and Smart Short and Simple Um%Princípio%desde%os%anos%60% %%%%(Programa%Apollo)% Serviços •  Simples •  Rápidos •  Eficientes
  13. 13. Luis Vidigal – Julho 2015 13 %%%%%%%%Estado%Parceiro% %%%%%%%%Governance% %%%%%%%%New%Public%Service% Interesses do Estado Interesses do Cidadão O Estado controla O Cidadão controla Cidadão Democracia Sec XXI %%%%%%%%%%%%%%%%Estado%Neo-Liberal% %%%%%%%%%%%%%%%Regulador% %%%%%%%%%%%%%%%%%%%New%Public%Management% Cliente Negócio Anos 80 Modelos%de%Estado% Estado%Providência% Administração% Weberiana% Administrado Burocracia Anos 20 Estamos aqui
  14. 14. Luis Vidigal – Julho 2015 14 Modelos%de%Estado% %%%%%%%%Estado%% %%%%%%%%%Distribuído% %%%%%%%%%e%em%Rede% %%%%%%%%New%Public%Service% Sec XXI Est%%%%%%%%aEstado% %%%%%%%%%%%%%%%%Descentralizado% %%%%%%%%%%%%%%%%%%%%New%Public%Management% Anos 80 Estado% Centralizado% Administração% Weberiana% Anos 20
  15. 15. Luis Vidigal – Julho 2015 15 “Estamos juntos!” Pós-NPM% Uma%vaga%de%norma)vidade% Joined%up% Government% Transforma)onal% Government% Whole%of% Government% New%Weberian% Restauração dos valores do Serviço Público Collabora)ve% Governance%
  16. 16. Luis Vidigal – Julho 2015 16 442 0 ) . 0 , , , , 2 0 2 0 Modelos%de%Reforma%do%Estado% •  Moderada%[%diminuição%da%burocracia;%desregulamentação;%melhoria%dos% processos%%(Alemanha%–%Comissão%Europeia,%OCDE)% •  Modernizadores%[%Mudanças%no%papel%do%Estado%e%no%sistema%de% administração:%equilíbrio%resultado/orçamento;%flexibilidade%na%carreira%do% serviço%público;%priva;zação%(Finlândia,%Holanda,%Suécia,%Bélgica%e% Alemanha)% –  Grupo%I:%modernização%ges;onária%–%métodos%trabalho%e%organização% –  Grupo%II:%Modernização%par;cipa;va;%descentralização;%cidadão% •  Mercado%%–%Introdução%de%mecanismos%de%mercado%no%sector%público;% desenvolvimento%do%mercado%de%serviços%públicos;%introdução%da%gestão% empresarial%%e%%técnicos%e%gestores%do%sector%privado%%(UK,%NZ%Austrália)% •  Estado%mínimo%–%“emagrecimento”%e%limitação%das%funções%públicas% (suple;va)%priva;zação%das%funções%públicas%e%esba;mento%%das%fronteiras% público%[%privada%(face%mais%radical%de%NZ%e%Austrália)%
  17. 17. Luis Vidigal – Julho 2015 17 Tendências%da%Reforma%do%Estado% Presidência%dinamarquesa%da%UE%-%2012% IPSG%-%Innova)ve%Public%Services%Group%%% •  Medidas%de%gestão%do%desempenho% e%da%austeridade%% •  Foco%no%cidadão%e%seu%envolvimento% para%melhorar%a%definição%de% prioridades% •  Digitalização%e%e"Government*para% reduzir%o%custo%
  18. 18. Luis Vidigal – Julho 2015 18 Oportunidade%da%Crise% A%crise%é%uma%coisa%terrível% para%ser%desperdiçada% % OECD (2010), Making Reform Happen - Lessons from O18ECD Countries. Online: http://www.oecd.org/site/sgemrh/46159078.pdf
  19. 19. Luis Vidigal – Julho 2015 19 O%e-Government%é%prioritário% para%a%Reforma%do%Estado% O%e[Government%é%visto%mais%do%que%nunca%como%o% cerne%das%reformas%do%sector%público%e%os%agentes% polí;cos%consideram[no%como%uma%ferramenta%polí)ca% essencial%para%permi;r%que%os%governos%façam%mais% com%menos.% As%estratégias%de%e[Government%visam%explorar%novas% eficiências,%criar%maneiras%mais%eficazes%de%trabalho%e% melhorar%a%produ)vidade%no%sector%público.% OECD (2011). Government at a Glance
  20. 20. Luis Vidigal – Julho 2015 20 Caracteris)cas%do%NPM% 1.  Entrada%no%sector%público%de%gestores%profissionais%provenientes%do% sector%privado%procurando%a%profissionalização%da%gestão%e%uma% orientação%para%as%técnicas%de%gestão;% 2.  Desagregação%de%unidades%do%sector%público%dividindo%grandes% estruturas%em%unidades%mais%pequenas%recorrendo%a%formas%inovadoras% de%organização%das%ac;vidades;% 3.  Introdução%da%concorrência%no%sector%público,%recorrendo%à% contratação,%procurando%baixar%custos%e%melhorar%a%qualidade%da% prestação%dos%serviços;% 4.  Ênfase%nos%es)los%e%prá)cas%de%gestão%privada,%introduzindo%modelos% capazes%de%flexibilizar%a%gestão;% 5.  Definição%de%medidas%e%padrões%de%desempenho%com%objec;vos% mensuráveis%e%claramente%definidos;% 6.  Preocupação%com%o%controlo%dos%resultados%salientando%a%necessidade% de%insis;r%nos%resultados%e%não%nos%processos;% 7.  Preocupação%com%a%disciplina%e%parcimónia%na%u)lização%de%recursos,% cortando%nos%custos%e%procurando%maior%eficiência%na%u;lização%dos% recursos.% Hood, Christopher (1991). A Public Management for All Seasons? Public Administration, pp. 3-19.
  21. 21. Luis Vidigal – Julho 2015 21 Forças%centrífugas%e%centrípetas% 21
  22. 22. Luis Vidigal – Julho 2015 22 Agências,%Mercados%e%Parcerias% Mais Autonomia Mais Controlo e Responsabilização Sim, mas… GEERT BOUCKAERT Performance Measurement and Budgeting in the Public Sector Towards a Comprehensive Reform of Public Governance. Lisboa, January 28th, 2013
  23. 23. Luis Vidigal – Julho 2015 23 Fases%da%Reforma%entre%1980s%e%2000s% Experiência%da%Austrália% Dimensão%da% Reforma% Managerialism% New%Public% Management% Governance% centrada%no%Estado% Conceito%central% Management% Mercado% Coordenação% Foco%da%Reforma%–% Serviços%públicos% core% Melhoria%da%gestão% financeira% Outsourcing% Totalidade%da% administração% pública% Foco%da%Reforma%–% Sector%público% externo% Empresarialização% Empresas%estatais% Priva;zação% Publico/privado% Racionalização%da% governança% corpora;va% Tendências%gerais% Mudança%de% paradigma%para% gestão%por% resultados% Devolução% Desagregação% Integração%central% e%fortalecimento% Tendências% público-privado% Importação%de% técnicas%do%sector% privado% Exportar%a;vos%e% funções% Renovação%do% sector%público% John Halligan Reform of Public Sector Governance in Australia Towards a Comprehensive Reform of Public Governance. Lisboa, 28-30 January 2013 Tradução: Luís Vidigal (2013)
  24. 24. Luis Vidigal – Julho 2015 24 Paradoxos%e% Desafios%
  25. 25. Luis Vidigal – Julho 2015 25 Poder%e%controlo% Aumentar o controlo político sobre a burocracia Gestores livres para gerir Dar poder aos consumidores de serviços Políticos Gestores Cidadãos Pollitt, Christopher & Geert Bouckaert (2011), Public management reform: A comparative analysis, Oxford, Oxford
  26. 26. Luis Vidigal – Julho 2015 26 Opções%ges)onárias% Dar prioridade às poupanças Dar prioridade à melhoria da qualidade do serviço público Poupança Qualidade Pollitt, Christopher & Geert Bouckaert (2011), Public management reform: A comparative analysis, Oxford, Oxford
  27. 27. Luis Vidigal – Julho 2015 27 Liberalizar%ou%centralizar?% Público Privado Centralização Autonomia As TIC permitem dar autonomia centralizando a informação Integração central e fortalecimento do Estado
  28. 28. Luis Vidigal – Julho 2015 28 Uma%escolha%a%escru)nar% Público Privado Centralização da Informação Autonomia e Responsabilização Opção Política
  29. 29. Luis Vidigal – Julho 2015 29 Opções%de%Eficiência% Os%recursos% (inputs)% diminuem%e%os% outputs% aumentam%% Os%recursos% mantém-se% na%mesma%e% os%outputs% aumentam%% Os%recursos% aumentam%mas%os% outputs% aumentam%ainda% mais% Os%outputs% mantém-se% mas%os%recursos% diminuem% Os%outputs% diminuem%mas% os%inputs% diminuem% ainda%mais% Pollis%and%Bouckaert%(2011)%%O)mista% Outcomes%e%Eficácia% Pessimista% Outputs%e%Eficiência% Automa)zação%do%Estado% Crescimento -85% Redução%do%Estado% •  Redução%de%efe;vos% •  Redução%de%salários%e%pensões% •  Venda%de%a;vos% Estado Austeridade
  30. 30. Luis Vidigal – Julho 2015 30 Existem%caminhos% alterna)vos%para%a% Reforma%do%Estado% Redução%do%Estado% •  Redução%de%efe;vos% •  Corte%de%salários%e%pensões% •  Venda%de%a;vos% Estado Austeridade Fazer%menos% com%muito%menos% Ganhos%(radicais)% de%Eficiência%e%Produ;vidade% Automa)zação%do%Estado% •  e-Government •  Desmaterialização •  Interoperabilidade •  Prioridade ao Cidadão •  Colaboração •  Partilha % Crescimento Fazer%muito%mais% com%menos% -85%
  31. 31. Luis Vidigal – Julho 2015 31 •  Adopção%por%parte%dos%cidadãos%% •  Acesso%à%internet%ou%aos%telemóveis% •  Grupos%mais%vulneráveis% •  Serviços%mul;[canal% •  “One%Stop%Shop”% •  Sustentabilidade%ambiental% Grandes%Orientações%da%UN% United Nations E-Government Survey 2012
  32. 32. Luis Vidigal – Julho 2015 32 •  Desenvolvimento% From*“readiness”*to*“maturity”** •  U,lização* Ci8zen"centric*approach** •  Transparência% “Open*government”** •  Novos%canais% Web*2.0,*M"Gov* * Tendências%
  33. 33. Luis Vidigal – Julho 2015 33 Tecnologias%para%quê?% “Eu*quero*que*perguntemos*todos*os*dias,* como*é*que*estamos*a*usar*as*tecnologias*para* melhorar*efe,vamente*a*vida*dos*cidadãos.”* * * * * *Presidente*dos*EUA*Barack*Obama*% %DIGITAL GOVERNMENT: Building a 21ST Century Platform to Better Serve the American People 23 de Maio, 2012
  34. 34. Luis Vidigal – Julho 2015 34 Princípios%Estratégicos% •  Centrados% na% Informação% (“Informa,on"Centric”)% Deixar% de% ter% uma% abordagem% orientada% aos% “documentos”% para% passar% a% gerir% dados% e% conteúdos%que%podem%ser%indexados,%par;lhados,%garan;dos,%misturados%e% apresentados%de%uma%forma%que%seja%mais%ú;l%para%o%u;lizador;% •  Plataforma%Par)lhada%(“Shared*PlaKorm”)%[%Trabalho%colabora;vo,%intra%e% interorganizacional,% reduzindo% custos,% desobstruindo% processos,% aplicando% normas% e% assegurando% consistência% na% forma% como% se% cria% e% distribui% informação;% •  Centrados% no% Cidadão% (“Customer"Centric”)% -% Influencia% o% modo% como% criamos,% gerimos% e% apresentamos% os% dados% através% dos% sí;os% Web,% aplicações% móveis,% dados% em% bruto% e% outras% formas% de% distribuição,% permi;ndo% aos% u;lizadores% configurar,% par;lhar% e% consumir% informação% quando%e%como%eles%quiserem;% •  Segurança*e*Privacidade*(“Security*and*Privacy”)%Assegura%que%a%inovação% aconteça% de% modo% seguro,% usando% os% serviços% digitais% para% proteger% a% informação%e%a%privacidade.% DIGITAL GOVERNMENT: Building a 21ST Century Platform to Better Serve the American People - 23 de Maio, 2012
  35. 35. Luis Vidigal – Julho 2015 35 Princípios%chave%do%e-Government% Irlanda%–%2012-2015% •  As%necessidades%dos%cidadãos%e%das%empresas%estão%no%centro%do%e[ Government;% •  Os%serviços%públicos%devem%ser%facultados%através%dos%canais%mais% adequados;% •  O%e[Government%deve%reduzir%os%encargos%administra)vos%para%os% cidadãos%e%empresas;% •  Os%projetos%de%e[Government%devem%refle;r%melhorias%nos% processos,%garan;ndo%efe;vamente%ganhos%de%eficiência,%eficácia%e% retorno%do%inves)mento;% •  Os%organismos%devem%trabalhar%para%assegurar%que%o%canal%digital% seja%a%opção%mais%atraente%para%os%cidadãos.% República da Irlanda - Supporting Public Service Reform: eGovernment 2012 – 2015
  36. 36. Luis Vidigal – Julho 2015 36 Mudar%a%Administração% par)ndo%do%serviço% 1. Introduzir%uma%cultura%de%simplificação% 2. Fazer%com%que%a%mudança%na%forma%de% prestação%do%serviço%produza%impactos% na%sua%organização% 3. Olhar%para%a%procura%e%es;mular%a% par)cipação%dos%utentes%
  37. 37. Luis Vidigal – Julho 2015 37 Princípios%e%valores%da%AP%na%UE% Valores% Descrição% Legalidade% A%boa%governação%começa%com%a%aplicação%do%primado%da%lei.%No%contexto%da%governação%fiscal,%a%legalidade%também%é%referida%como%regularidade.% Integridade% A%boa%governação%vai%para%além%das%restrições%legais,%significa%fazer%as%coisas%certas%–%assegurar%que%a%administração%é%confiável%e%uma%boa%parceira%de% negócios.%A%é;ca%individual%e%a%hones;dade%são%elementos%integrais.%Os%recursos%públicos%devem%ser%geridos%com%propriedade.% Imparcialidade% As%administrações%públicas%devem%aplicar%a%igualdade%de%tratamento%a%todos%os%cidadãos%e%empresas,%o%que%implica%o%respeito%por%todos,%jus;ça%e% equidade,%obje;vidade%na%tomada%de%decisões%e%evitar%a%discriminação.% Inclusão% Este%valor%vai%para%além%da%imparcialidade,%garan;ndo%que%a%governança%é%par;cipa;va,%incluindo%parcerias%com%as%partes%interessadas%para%que%a% administração%se%torne%orientada%para%o%consenso.% Abertura% Transparência*que*permite*que*os*cidadãos*e*as*empresas*abram*uma*janela*para*o*funcionamento*interno*da*administração*pública.*Abrir*a* administração*pública*vai*mais*longe,*colocando*as*informações*em*domínio*público.*Este*valor*está*in8mamente*relacionado*com*a*inclusão*e*a* responsabilidade.% Orientação*ao* cidadão% As%administrações%públicas%estão%cada%vez%mais%a%ser%orientadas%para%os%cidadãos%e%a%ser%amigas%dos%negócios.%Este%valor%também%está%relacionado%com%a% inclusão,%e%enfa;za%o%profissionalismo,%a%confiabilidade,%o%respeito%e%a%cortesia.% Responsividade% A%orientação%ao%cidadão%implica%que%as%administrações%públicas%sejam%sensíveis,%garan;r%que%as%informações%e%outros%serviços%são%prestados%de%forma% atempada,%corrigir%as%coisas%quando%não%estão%a%ir%bem,%e%mostrar%agilidade,%resistência%e%flexibilidade%face%às%crises.% Conec,vidade% As%administrações%públicas%devem%ser%"indivisíveis",%de%modo%que%os%cidadãos%e%as%empresas%recebem%o%mesmo%padrão%de%atendimento%e%possam%aceder% aos%serviços%através%de%um%ou%vários%portais%da%sua%conveniência.%As%administrações%devem%seguir%a%subsidiariedade%quando%se%adota%uma%abordagem%de% “whole%of%government”%à%organização%de%meios%e%de%coordenação%do%seu%uso,%para%garan;r%o%“joined%up%government”.% Eficiência% A%eficiência%trata%da%relação%entre%as%entradas%e%as%saídas%em%polí;cas,%programas,%projetos,%serviços%e%organizações.%As%administrações%públicas% modernas%gerem%os%seus%processos%e%recursos%disponíveis%para%alcançar%os%melhores%resultados%para%as%suas%comunidades:%“value%for%money”e%boa% gestão%financeira.% Eficácia% A%eficácia%diz%respeito%à%medida%em%que%os%obje;vos%foram%ou%deveriam%ser%alcançados%devido%à%polí;ca,%programa,%projeto,%serviço%ou%as%a;vidades%da% organização.%Cada%vez%mais%se%espera%que%as%administrações%se%orientem%para%os%resultados,%para%selecionar%e%aplicar%os%instrumentos%para%a;ngir%os% obje;vos%de%alto%nível%e%sa;sfazer%as%necessidades%da%sociedade.% Sustentabilidade% Dependendo%do%contexto,%o%foco%pode%ser%a%durabilidade%dos%resultados%(financeiros%e%/%ou%técnicos)%para%além%do%ciclo%polí;co,%do%uso%de%recursos% finitos%e%do%impacto%sobre%o%ambiente%natural%e%as%mudanças%climá;cas,%como%parte%da%responsabilidade%social%.% Visão% Por%uma%questão%de%sustentabilidade,%as%administrações%públicas%precisam%pensar%sobre%como%o;mizar%a%médio%e%longo%prazo,%bem%como%sa;sfazer%as% necessidades%de%curto%prazo,%o%que%exige%liderança.% Reflexão% Desafiar%o%status%quo,%inves;gando%e%esforçando[se%para%melhorar,%efectuar%a%mudança%e%a%aprendizagem%conMnua%para%criar%oportunidades%de%inovação.% Inovação% A%busca%da%melhoria%deve%traduzir[se%em%abertura%à%transformação%e%criação%de%sistemas%que%encorajam%o%pensamento%fresco%e%formas%cria;vas%para% resolver%desafios%novos%ou%já%existentes,%tanto%a%par;r%de%dentro%como%de%fora%da%administração.%Para%transformar%a%teoria%em%realidade,%as%organizações% do%setor%público%devem%ser%capazes%de%gerir%a%mudança.% Accountability% Em%úl;ma%análise,%os%governos%e%as%suas%administrações%são%responsáveis%pelas%decisões%que%tomam%(pondo%a%ênfase%sobre%a%sua%legalidade,%integridade,% abertura%e%%transparência).% EU Quality of Public Administration Toolbox – March 2015
  38. 38. Luis Vidigal – Julho 2015 38 Caminho%para%a%redução%da% burocracia%na%Europa% 38 Estratégia%“only%once”% Impact:o •  Minimização de custos •  Maximização de benefícios Tempo EU (2014). Study on eGovernment and the Reduction of Administrative Burden Estratégia%de%simplificação% e%personalização% Estratégia% “Digital%by%default”%
  39. 39. Luis Vidigal – Julho 2015 39 Cultura%de% Simplificação% Uma prioridade para a a Administração Pública
  40. 40. Luis Vidigal – Julho 2015 40 Níveis%de%Simplificação%do%SIMPLEX% •  SIMPLIFICAÇÃO%PREVENTIVA% (ex"ante)* –  Teste%Simplex%(PCM)% •  SIMPLIFICAÇÃO%CORRECTIVA%(ex"post)% –  333%Medidas%em%2006%(UCMA)% –  235%Medidas%em%2007%(UCMA)% –  189%Medidas%em%2008%(SEMA)% –  200%Medidas%em%2009%(SEMA)% –  129%Medidas%em%2010%(SEMA)%
  41. 41. Luis Vidigal – Julho 2015 41 Teste%SIMPLEX% Simplificação%Preven)va%(ex"ante)% 1.  Caracterização%da%inicia;va% 2.  Encargos%administra;vos% 3.  Compa)bilidade%com%a%AP%Electrónica% – U;lização%de%Formulários%Electrónicos% – Per;nência%e%atualidade%dos%dados%pedidos% – Vias%de%comunicação% – Pontos%únicos%de%recolha%e%acesso% 4.  Consolidação%norma;va%e%avaliação%
  42. 42. Luis Vidigal – Julho 2015 42 Objec)vos%SIMPLEX% SIMPLIFICAÇÃO%CORRECTIVA%% •  Resposta%pronta%e%eficaz%às%necessidades%dos% cidadãos%e%das%empresas% •  Aumentar%a%confiança%dos%cidadãos% •  Permi;r%às%empresas%obter%mais%rapidamente% licenças%e%autorizações%e%cumprir%outras% formalidades% •  Facilitar%a%racionalização%e%a%eficiência%da% própria%Administração%Pública% •  Favorecer%a%compe))vidade%de%Portugal%
  43. 43. Luis Vidigal – Julho 2015 43 Os%Princípios%da%Simplificação% •  Deixar%o%cidadão%escolher%entre%pagar%uma% segurança%acrescida%ou%u;lizar%formas%mais% simples%e%mais%baratas%% •  Fazer%com%que%as%exigências%burocrá;cas% sejam%proporcionais%ao%risco%% •  Não%solicitar%informação%desnecessária% •  Par)lhar%informação%disponível%na%AP%
  44. 44. Luis Vidigal – Julho 2015 44 Um%exemplo%de%par)lha% •  Novo%modelo%de%prestação%de%informação%e%contas%que%permite%às% empresas%a%sua%apresentação%por%via%informá)ca,%num%único%ponto% e%de%uma%só%vez.% •  Neste%processo%incluem[se%declarações%obrigatórias,% designadamente%no%âmbito%das%Finanças,%do%Trabalho%e%da%Segurança% Social,%mas%também%a%recolha%de%informação%para%fins%estars)cos,% com%a%consequente%eliminação%de%um%conjunto%de%inquéritos%feitos,% entre%outros,%pelo%Banco%de%Portugal%e%pelo%Ins;tuto%Nacional%de% EstaMs;ca.% Arranque%em%2006%para%ser%enviada%em%2007% % INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA
  45. 45. Luis Vidigal – Julho 2015 45
  46. 46. Luis Vidigal – Julho 2015 46 Administração%Pública%Electrónica%% e-Government%
  47. 47. Luis Vidigal – Julho 2015 47 Todosos cidadãos Com%Segurança% A%qualquer%Hora% Em%qualquer%Lugar% Acesso%à%Informação%e% a%Serviços%Electrónicos%
  48. 48. Luis Vidigal – Julho 2015 48 Eficácia Eficiência Transparência Poupança Rapidez e-Gov O%que%se%espera%do%e-Government% Confiança Usabilidade Mobilidade Disponibilidade Democracia
  49. 49. Luis Vidigal – Julho 2015 49 O quê? Transformação das relações internas e externas do sector público Como? ...através de operações na Internet e TIC... e-Government ...para optimizar a prestação de serviços públicos, a participação democrática e os processos internos... Para quê? Políticas, leis e regulações que suportam a sociedade da informação e o e-Government Esquema regulador Infra-estruturas Educação e Formação Desenvolvimento Económico IT Governance Sociedade da Informação Avanços na adopção da economia interconectada
  50. 50. Luis Vidigal – Julho 2015 50 Os%relacionamentos%decorrentes% do%e-Government% Administração Pública Organismo Organismo Organismo Organismo Fornecedores E-Procurement Empresas Cidadãos G2C Funcionários
  51. 51. Luis Vidigal – Julho 2015 51 Objetivos do Milénio para o Desenvolvimento (UN) Objetivos do e-Governance (Nações Unidas, 2013) •  Aumentar a eficiência, a transparência e a responsabilização das instituições públicas •  Melhorar o acesso à informação e à prestação de serviços básicos a toda a população, em particular os pobres e mais vulneráveis, criando assim um vínculo para os Objetivos do Milénio para o Desenvolvimento (MDGs) •  Promover a cidadania e a participação de todas as partes interessadas (stakeholders), nos processos de decisão e de políticas públicas, particularmente entre os pobres e marginalizados, mulheres e jovens.
  52. 52. Luis Vidigal – Julho 2015 52 Estágios%de%Maturidade%do%e-Government%
  53. 53. Luis Vidigal – Julho 2015 53 Dimensões%do%e-Government% Serviços de Informação Serviços de Comunicação Serviços Transaccionais Vida do dia a dia Informação sobre Trabalho, Habitação, Educação, Saúde, Cultura, Transporte, Ambiente, etc. Forum de discussão relacionado com assuntos quotidianos. Anúncios de casas e empregos. . Reserva de bilhetes Registo em cursos. Tele-Administração Directório de serviços públicos Guia de procedimentos administrativos Registos públicos e bases de dados. Correio electrónico com os funcionários públicos. . Preenchimento e envio electrónico de formulários. Participação política Leis, discussões parlamentares, programas políticos, documentos para consulta pública. Informação de apoio ao processo de decisão política. . Forum de discussão sobre assuntos políticos Correio electrónico com os políticos. Referendos. Eleições. Sondagens. Petições. Aichholzer et al. (1998: 4) and European Commission (COM (1998) 585: 8). e-Governance
  54. 54. Luis Vidigal – Julho 2015 54 As%4%fases%de%Maturidade% da%AP%Electrónica%na%EU%% Desenvolvimento Online Informação Interacção num só sentido download de formulários Interacção nos dois sentidos Transacção Resolução plena de problemas eEurope – Online Avaibility of Public Services (Capgemini)
  55. 55. Luis Vidigal – Julho 2015 55 Os%4%clusters%dos%20%serviços%eEurope%%
  56. 56. Luis Vidigal – Julho 2015 56 Estágios%de%Maturidade%na%UE%
  57. 57. Luis Vidigal – Julho 2015 57 Estamos aqui Estágios%de%maturidade%do%e"government%% Presença na Web Interacção Transacção Transformação e-Democracia Salto Tecnológico Salto Tecnológico Salto Cultural Salto Político Automatização dos serviços que existem Transformação dos serviços da AP Tempo / Complexidade / IntegraçãoTempo / Complexidade / Integração Benefícios/Custos Adaptado de Siau & Long (2005)
  58. 58. Luis Vidigal – Julho 2015 58 1º%lugar%na%Europa% em%e-Government%
  59. 59. Luis Vidigal – Julho 2015 59 Maturidade%do%e[Government% Modelo%Tridimencional% Integração Interoperabilidade Cooperação Ponto de Excelência do e-Government Transformação Personalização Ponto de Partida Maturidade dos Serviços Transação end-to-end Dimensão% Tecnológica% Dimensão% Social% Dimensão% Polí)ca%
  60. 60. Luis Vidigal – Julho 2015 60 Abrimos%novos%desafios%sem% resolver%os%anteriores% Integrar Planear e gerir através de multiplos domínios, processos e jurisdições para gerar valor público sustentável
  61. 61. Luis Vidigal – Julho 2015 61 Mo)vações%ideológicas%para%o%e-Gov% Gestão%Privada% melhor%que%a% Gestão%Pública% (NPM)% Pressupostos E[Gov%para%% aumentar%a% eficiência%e%a% eficácia%da%AP% ExpectativasU;lização%das%TIC%induzida% por%fornecedores%privados% Autonomia%de%Gestão%e% Empresarialização% Experimentalismo%avulso%% de%“gestores”%privados% Concorrência%entre% serviços%públicos% Orientação%ao%marke;ng% ins;tucional% Instrumentos de Reforma (NPM)
  62. 62. Luis Vidigal – Julho 2015 62 Mo)vações%ideológicas%para%o%e-Gov% E[Gov%para%% aumentar%a% eficiência%e%a% eficácia%da%AP% Expectativas Captura%do%estado%por%parte% de%interesses%privados% Desagregação% organizacional%do%estado% Mul;plicidade%de%repositórios% e%entropia%informacional% Enfraquecimento%e% descredibilização%do%estado% Orientação%e%fecho%em%ciclos% polí;cos%de%curto%prazo% Realidades
  63. 63. Luis Vidigal – Julho 2015 63 É%urgente%uma%ruptura%no%foco% Orientação% ao% Poder% Orientação% ao% Cidadão%
  64. 64. Luis Vidigal – Julho 2015 64 Foco%no%Cidadão% Fases%de%transformação%da%AP% Departamentos% isolados% Fornecedores% de%serviços% integrados% AP%integrada% e%centrada% no%Cidadão% Cidadãos% Al-Khouri, Ali M. (2011), An Innovative Approach for e-Government Transformation. International Journal of Managing Value and Supply Chains (IJMVSC) Vol. 2, No. 1, March 2011 Acreditem que não é
  65. 65. Luis Vidigal – Julho 2015 65 e-Gov%em%Moçambique% Um Plano excelente em qualquer parte do mundo
  66. 66. Luis Vidigal – Julho 2015 66 O%percurso%
  67. 67. Luis Vidigal – Julho 2015 67 Alinhamento%com%a%Reforma%do%Estado% PARPA - Plano de Acção para a Redução da Pobreza Absoluta
  68. 68. Luis Vidigal – Julho 2015 68 Dados%estars)cos% No%Mundo%e%em%Moçambique%
  69. 69. Luis Vidigal – Julho 2015 69 E-Government% no%Mundo% http://unpan3.un.org/egovkb/Reports/UN-E- Government-Survey-2014
  70. 70. Luis Vidigal – Julho 2015 70 Índice%de%acesso%às%telecomunicações% Índice% U;lizadores% Internet% Linhas%telefónicas% fixas% Subscritores%de% telemóveis% Subscritores%de% Internet%fixa% Banda%larga% fixa% 0,0443% 4,17%% 0,38%% 30,88%% 0,06%% 0,06%% Índice%de%Serviços%Online% Índice% Estágio%I% Estágio%II% Estágio%III% Estágio%IV% Total% 0.3660%% 100%% 45% % 8%% 30%% 32%% Índice%de%Capital%Humano% Índice%de%Par)cipação% Índice%Ambiental% Valor%do%Serviço% Online% Literacia% adulta% Alunos% matriculados% 27º%em%31% 0.4255% 55.06%% 58.77%% 0.1316%% 0.5294%% Índice%Desenvolvimento%de%e-Government% Ranking% Índice%EGDI% Serviços%Online% Telecomunicações% Capital%Humano% 158% 0.2786% % 0.3660%% 0.0443%% 0.4255%% 193 países membros das UN IV III II I 2012%-%EGDI%-%Moçambique%
  71. 71. Luis Vidigal – Julho 2015 71 Índice%de%acesso%às%telecomunicações% Índice% U;lizadores% Internet% Linhas%telefónicas% fixas% Subscritores%de% telemóveis% Subscritores%de% Internet%fixa% Banda%larga% fixa% 0.0545%% 4.85%% 0.35%% 36.24%% 0.08%% 1.78%% Índice%de%Serviços%Online% Índice% Estágio%I% Estágio%II% Estágio%III% Estágio%IV% Total% 0.3150% 69%% 41% % 5%% 15%% 31%% Índice%de%Capital%Humano% Índice%de%Par)cipação% Índice%Ambiental% Valor%do%Serviço% Online% Literacia% adulta% Alunos% matriculados% 97º%em%154%países% 50.58%% 0.3333% Índice%Desenvolvimento%de%e-Government% Ranking% Índice%EGDI% Serviços%Online% Telecomunicações% Capital%Humano% 164% 0.2384 % 0.3150%% 0.0545%%% 0.3457%% 193 países membros das UN IV III II I 2014%-%EGDI%-%Moçambique%
  72. 72. Luis Vidigal – Julho 2015 72 Moçambique% na%África%Oriental% •  Índice%de%e[Gov%–%Elevado% – Top%10%dos%países%de%baixo%rendimento%e%na%região% 5º 10º
  73. 73. Luis Vidigal – Julho 2015 73 Trabalho%de%Grupo% Uma%nova%maneira%de%olhar%o%Estado% Repositórios%únicos%e%Processos%Básicos%
  74. 74. Luis Vidigal – Julho 2015 74 Qual%a%situação%no%vosso%país?% Construção%de%uma%Casa%% Criação%de%uma%Empresa% Nascimento%de%um%Filho% Morte%de%um%Familiar% Compra%de%Casa% Obter%um%subsídio%da%Segurança%Social% Compra%de%Carro% Pessoas% Empresas% Território% Prédios% Veículos%
  75. 75. Luis Vidigal – Julho 2015 75 Colaboração,% Interoperabilidade% e%Desmaterialização%
  76. 76. Luis Vidigal – Julho 2015 76 Morte Euforia Desilusão Maturidade Adaptado do Gartner
  77. 77. Luis Vidigal – Julho 2015 77Simplicidade na Comunicação e nos Processos Administrativos / | Luís Vidigal 77 Para%além%do%E-Government% Hype%Cycle%do%Gartner% Prioridades para a Maturidade • Interoperabilidade • Estratégias Multi-canal • Arquitectura de Empresa • Reengenharia do Back-office • Medida do Desempenho
  78. 78. Luis Vidigal – Julho 2015 78 Interoperabilidade?%
  79. 79. Luis Vidigal – Julho 2015 79 Interoperabilidade?% base from Mikael Erlandsson Dialog med kommunen/andra vård-grannar Gemensam uppslutning kring mål Oh!%Você% também%está%a% desenvolver% esse%sistema?%
  80. 80. Luis Vidigal – Julho 2015 80 Interoperabilidade?% Organizacional Peopleware (Vontades) Informacional / Semântica Infoware (Língua) Tecnológica Software e Hardware (infra-estrutura) É aqui que tudo falha
  81. 81. Luis Vidigal – Julho 2015 81 Interoperabilidade% Interoperabilidade Semântica Interoperabilidade Tecnológica Interoperabilidade Organizacional Processo Básico Cidadãos Empresas
  82. 82. Luis Vidigal – Julho 2015 82 Holes*in*the*Whole*of*Government* Os%buracos%na%totalidade%do%Estado% 300 5 300 5 Velocidade%de%caracol%
  83. 83. Luis Vidigal – Julho 2015 83 Novas%Estruturas%/%Novas%Relações% Putting Citizens First OCDE
  84. 84. Luis Vidigal – Julho 2015 84 Estruturas%e%Processos% Estruturas Processos In Out
  85. 85. Luis Vidigal – Julho 2015 85 Eventos de vida propostos no “Quality of Public Administration Toolbox” da União Europeia em Março de 2015, UE (2015) Eventos%de%Vida%
  86. 86. Luis Vidigal – Julho 2015 86 Fim%às%Cer)dões!!!% Tem que me trazer uma prova de quem é você Tem que me trazer uma prova de que não nos deve nada Uma Certidão é um toque a uma Base de Dados Peça Informação uma só vez e utilize-a muitas vezes Tem que me trazer uma prova de que não é criminoso “Only Once”
  87. 87. Luis Vidigal – Julho 2015 87 Labirinto% A irracionalidade do Estado alimenta muitos “negócios” privados sem acrescentar valor à economia
  88. 88. Luis Vidigal – Julho 2015 88 O%Tempo%é%amigo%de%muitos% “negócios”%privados% Tempo Corrupção
  89. 89. Luis Vidigal – Julho 2015 89 A%informa)zação%nem%sempre%é%a%solução%
  90. 90. Luis Vidigal – Julho 2015 90 Licenciamento%Zero% Não%se%trata%de%acabar%com%os% licenciamentos,% mas%sobretudo%ques)oná-los%e% acelerá-los%eletronicamente%
  91. 91. Luis Vidigal – Julho 2015 91 Desburocra)zação%Procedimentosburocráticos Garantias do Estado e da Sociedade Zona de Risco E-Government Aceleração electrónica Com •  Menos Tempo •  Menos Custo •  Mais Qualidade
  92. 92. Luis Vidigal – Julho 2015 92 Transparência%e%simplicidade% Sabe como fazer? Então faça! O que quer fazer? Quem é você?
  93. 93. Luis Vidigal – Julho 2015 93 Remover%as%arbitrariedades% A verdadeira lei é o algorítmo Recuperar •  Accountability •  Coordenação •  Transparência •  Equidade •  Imparcialidade New Weberian e post NPM
  94. 94. Luis Vidigal – Julho 2015 94 Da incerteza do Mais ou Menos à certeza do Sim ou Não Remover%as%arbitrariedades%
  95. 95. Luis Vidigal – Julho 2015 95 Regras%claras%e%obje)vas%
  96. 96. Luis Vidigal – Julho 2015 96 Transparência%em%tempo%real% Não Sim
  97. 97. Luis Vidigal – Julho 2015 97 -85% É%di{cil%mas%compensa...% •  Iden)ficar%eventos% •  Analisar% •  Simplificar% •  Redesenhar% •  Par)lhar% •  Contextualizar% •  Automa)zar% •  Apresentar% Da Administração Pública •  Simplicidade% •  Clareza% •  Personalização% •  Rigor% •  Transparência% •  Equidade% •  Rapidez% •  Economia% para a Sociedade
  98. 98. Luis Vidigal – Julho 2015 98 E%porque%não%também?% Justiça Ambiente etc, etc, etc… Compras
  99. 99. Luis Vidigal – Julho 2015 99 Se existe lógica e rigor na legislação, existe certeza e transparência na decisão Porque não deixar a máquina decidir em 80% dos casos?
  100. 100. Luis Vidigal – Julho 2015 100 Inicío Exemplo%do%Estudo% Casa%na%Hora % Análise%do%Processo%Actual% $ Câmara Municipal Predial Notários Instituições Bancárias Tribunal 6 1 2 3 45 7 8 9 10 11 12 13 ! Pedido de Cert. Teor ! Pedido Cadern. Predial ! Licença Hab / Const ! Falência! Crédito ! Reg. Prov. Aquisição e Hipoteca ! Cert. Direito Preferência ! Cert. Direito Preferência ! Pedido Cadern. Predial ! Pagamento/Isenção IMT ! Escritura ! Registo Definitivo ! Planta Autenticada ! Pagamento/Isenção IMI 13 passos
  101. 101. Luis Vidigal – Julho 2015 101 Exemplo%do%Estudo% Casa%na%Hora % Processo%Futuro* $ Câmara Municipal Predial Notários Instituições Bancárias Tribunal 1 ! Pedido de Cert. Teor ! Pedido Cadern. Predial ! Licença Hab / Const ! Falência! Crédito ! Reg. Prov. Aquisição e Hipoteca ! Cert. Direito Preferência ! Cert. Direito Preferência ! Pedido Cadern. Predial ! Pagamento/Isenção IMT ! Escritura ! Registo Definitivo ! Planta Autenticada ! Pagamento/Isenção IMI 3 passos
  102. 102. Luis Vidigal – Julho 2015 102 M-Government%
  103. 103. Luis Vidigal – Julho 2015 103 Mobilidade% •  Utilizadores •  Serviços •  Equipamentos Espaço Tempo Contexto (Local e Hora certos)
  104. 104. Luis Vidigal – Julho 2015 104 Exemplos%de%m-Government% •  Avisos de pagamento de impostos •  Pagamento de impostos •  Cotação de certificados de Dívida Pública •  Despachos aduaneiros •  Marcação e confirmação de consultas em Centros de saúde via SMS •  Receber resultados de análises •  Aviso de procedimentos em caso de doenças (pandemias) •  Aviso de tomada de medicamentos Saúde Finanças •  Previsões meteorológicas •  Alerta de catástrofes eminentes •  Abandono de veículos e sua localização •  Envio de ocorrências e fotos de crimes ambientais •  m-Voting •  Acompanhamento do estado de pedido de Cartão Cidadão •  Estado dos processos judiciais •  Aviso a testemunhas Justiça Ambiente anytime anywhere real-time
  105. 105. Luis Vidigal – Julho 2015 105 Exemplos%de%m-Government% •  Denuncia de um crime •  Participação de ocorrências •  Alerta de actos terroristas •  Procura de pessoas desaparecidas •  Situação de processos de licenciamento •  Pagamento e aviso de estacionamentos •  Avisos de trânsito e estado de vias públicas municipais Autarquias Criminalidade •  Roteiros turísticos e agenda cultural •  m-Portal culturais (http:// m.culturaonline.pt) •  Descrição contextual de monumentos •  Compra e reserva de lugares em eventos •  Aviso de início de matrículas escolares •  Avisos de entrega e pedidos de renovação de livros em bibliotecas •  Aviso de colocação de professores e alunos Educação Turismo / Cultura sms Internet e-mail
  106. 106. Luis Vidigal – Julho 2015 106 m-Gov:%Bene{cios% m-Gov Benefícios Transparência de actuação Contextualização Redução de Custos Eficiência e Produtividade Ubiquidade Democraticidade
  107. 107. Luis Vidigal – Julho 2015 107 m-Gov:%Riscos% m-Gov Riscos Usabilidade Qualidade da Info Transmitida Segurança Standardização de Processos Sincronização multicanal Inoportunidade
  108. 108. Luis Vidigal – Julho 2015 108 Exclusão%Digital%
  109. 109. Luis Vidigal – Julho 2015 109 Infoexclusão%
  110. 110. Luis Vidigal – Julho 2015 110 Fratura%Digital% e%Serviço%Universal% 110 Contact Center Atendimento presencial Kiosk ZYX% CBA% Inclusão Exclusão
  111. 111. Luis Vidigal – Julho 2015 111 One%Stop%Shop% 111 Parar Avançar Evento%de%vida%
  112. 112. Luis Vidigal – Julho 2015 112 Mediadores%de%cidadania% Do%Poder%ao%Serviço% 112
  113. 113. Luis Vidigal – Julho 2015 113 Dos%Centros%Comerciais%aos% Serviços%Digitais%Universais% 113 •  Descentralizados em todo o país •  Integrados e orientados a eventos de vida •  Mais baratos •  Centralizados nas grandes cidades •  Desintegrados •  Dispendiosos
  114. 114. Luis Vidigal – Julho 2015 114 Fratura%%%%%%%Digital%
  115. 115. Luis Vidigal – Julho 2015 115 Mapa da Fratura Digital Digital Access Index (DAI)
  116. 116. Luis Vidigal – Julho 2015 116 Índice%de%Acesso%Digital%(DAI)% •  Infraestrutura% –  Ligações%fixas%e%móveis% •  Poder%de%Compra% –  Preço%/%Rendimento% •  Conhecimento% –  Literacia%e%escolaridade% •  Qualidade% –  Largura%de%banda%e%subscritores% •  U)lização% –  U;lizadores%da%Internet%
  117. 117. Luis Vidigal – Julho 2015 117 Uma%estratégia%global...% Fratura Digital Formação e Emprego Escolas Bibliotecas e Espaços Internet Tecnologia Estado Associações e ONGs Prioridades Serviços e-Gov Empregos Digitais Competências Formação de Adultos Reintegração Incentivos Financiamento Acesso Mobilização Social Financiamento Reintegração Voluntariado Competências Formação de Adultos Reintegração Curricula Laboratórios Conteúdos Ensino / Aprendizagem Acesso Voluntariado Acesso Conteúdos Serviços Voluntariado Banda Larga WiFi Couds Laboratórios Empresas Media Empregos Digitais Competências Formação de Adultos Reintegração Conteúdos Serviços Acesso Mobilização Social
  118. 118. Luis Vidigal – Julho 2015 118 Repensar%as%estruturas%e% os%processos%
  119. 119. Luis Vidigal – Julho 2015 119 Temos%de%abrir%a% Caixa%de%Pandora % e%resolver%de%facto%os%problemas% Informação Incoerente Conflitosde Poder Defesa de Territórios Desperdício de Recursos Falta de Digitalização Desintegração de Sistemas etc., etc., etc,,…. Como na Mitologia, depois esperamos encontrar a Esperança
  120. 120. Luis Vidigal – Julho 2015 120 Con)nuamos%a%construir%castelos% em%vez%de%serviços%
  121. 121. Luis Vidigal – Julho 2015 121 Silos%Ver)cais% Cheios%de%Poder%e%Vaidade%
  122. 122. Luis Vidigal – Julho 2015 122 Silos%Horizontais% Cheios%de% Gordura %e%Desperdício%
  123. 123. Luis Vidigal – Julho 2015 123 Recursos e Serviços Comuns (SOA) Par)lha%de%Dados%e%Serviços% Administração*em*Rede * Taeritório Pessoas Empresas Veículos
  124. 124. Luis Vidigal – Julho 2015 124 Precisamos%de%algumas%espinhas% mas%de%poucos%Peixes% Sinergias Horizontais Prioridade ao Cidadão €
  125. 125. Luis Vidigal – Julho 2015 125 Repositórios%únicos%e%Processos%Básicos% Construção%de%uma%Casa%% Criação%de%uma%Empresa% Nascimento%de%um%Filho% Morte%de%um%Familiar% Compra%de%Casa% Obter%um%subsídio%da%Segurança%Social% Compra%de%Carro% Pessoas% Empresas% Território% Prédios% Veículos%
  126. 126. Luis Vidigal – Julho 2015 126 Trabalho%de%Grupo% A.  Eliminação%de%cer;dões%e%comprovantes% inúteis%em%MZ% B.  Interoperabilidade,%repositórios%comuns%e% qualidade%da%informação%em%MZ;% C.  Integração%do%atendimento%e%orientação%aos% eventos%de%vida%dos%cidadãos%em%MZ;% D.  Coordenação%da%inovação%e%modernização%da% administração%pública%em%MZ;%
  127. 127. Luis Vidigal – Julho 2015 127 Eventos%de%vida% http://www.portaldogoverno.gov.mz
  128. 128. Luis Vidigal – Julho 2015 128 Iniciar%um%negócio%em%Moçambique%% e-Baú,%um%o%projeto%à%beira%da%par)da%%
  129. 129. Luis Vidigal – Julho 2015 129 % È%preciso%evitar% as% Múl)plas%faces% para%a%mesma% pessoa%
  130. 130. Luis Vidigal – Julho 2015 130 Várias%máscaras% para%a%mesma%en)dade%informacional% 130 Dados%sobre% mim% Dados%sobre% mim% Dados%sobre% mim% Dados%sobre% mim%
  131. 131. Luis Vidigal – Julho 2015 131
  132. 132. Luis Vidigal – Julho 2015 132 CRUD% • C%–%Create% • R%–%Retrieve% • U%–%Update% • D%[%Delete%
  133. 133. Luis Vidigal – Julho 2015 133 •  Processo%A% •  Processo%B% •  Processo%C% •  …% •  Processo%n% • Nome% • Número% • Sexo% • Data%Nascimento% • Nacionalidade% • Naturalidade% • Filiação% • Morada% • xxx% • yyy% C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C Diagrama de CRUD
  134. 134. Luis Vidigal – Julho 2015 134 Consistência e Qualidade dos Dados •  Processo%A% •  Processo%B% •  Processo%C% •  …% •  Processo%n% • Nome% • Número% • Sexo% • Data%Nascimento% • Nacionalidade% • Naturalidade% • Filiação% • Morada% • xxx% • yyy% C U R D C R D U C U D R C D R R C U R D C U R D C R R D R C U U R U C U R U U C Matrícula
  135. 135. Luis Vidigal – Julho 2015 135 Um%mapa%de%Moçambique%para%Todos % Cadastro%Mul)-Funcional% Proprietário Valor Tributável Endereços Serviços de Utilidade Pública Representação geo-espacial única Census Estatístico
  136. 136. Luis Vidigal – Julho 2015 136 SIMPLEX%a%três%dimensões% •  Ver%os%processos%para%além%de%um%só%departamento,%Ministério%ou%nível%de% Governo% •  Incluir%os%cidadãos%e%os%agentes%económicos%no%ambiente%operacional%da% Administração%Pública,%através%de%serviços%web%personalizados;% •  Reu)lizar%informação%já%recolhida%algures%na%Administração%Pública%("ask%once,% use%many"),%garan)do%a%consistência%dos%dados%interdepartamentais;% •  Acabar%com%a%defesa%dos%territórios,%com%os%conflitos%de%poder%e%as%"Feiras%de% Vaidades",%salvaguardando%a%integração%do%sistema%Estado%sem%deixar%de% garan)r%a%iden)dade%de%cada%organismo%par)cipante%(stakeholder);% •  Digitalizar%tudo%o%que%se%puder%-%Enviar%em%vez%de%Imprimir,%passando-se%a% acreditar%na%auten)cidade%dos%dados%informa)zados%em%detrimento%do%actual% uso%intensivo%do%suporte%em%papel,%mais%susceprvel%de%fraude%e%falsificação;% •  Ter%um%olhar%360º%em%torno%de%cada%cidadão%ou%empresa%(repositórios%únicos%e% fiáveis)%-%Ter%apenas%um%só%rosto%perante%a%Administração%Pública,% proporcionando%confiança%e%auten)cidade%nos%relacionamentos%entre%o%Estado%e% a%sociedade% •  Maximizar%a%integração%e%a%interoperabilidade%entre%os%diversos%sistemas%da% Administração%Pública,%através%de%normas%semân)cas%e%tecnológicas%capazes%de% desobstruir%a%fluidez%dos%processos.%
  137. 137. Luis Vidigal – Julho 2015 137 Será%que%há%muita%diferença?% Ontem Hoje
  138. 138. Luis Vidigal – Julho 2015 138 Dos%documentos%aos%processos% 138 Poder sobre os Papeis Poder sobre os Fluxos Transparência e Responsabilidade
  139. 139. Luis Vidigal – Julho 2015 139 S.%Exª%o%Papel% Paradoxo da (in)Produtividade
  140. 140. Luis Vidigal – Julho 2015 140 Colaboração%digital%
  141. 141. Luis Vidigal – Julho 2015 141 11101101011 11101101110 01100111000 01100111000 Mundo Real Mundo Digital 10001110111 00001110101 11101101000 10111011010 01010111000 Onde%está% a%versão% completa?% Não%façam% batota!%
  142. 142. Luis Vidigal – Julho 2015 142 Não%é%tão%fácil%como%parece…%
  143. 143. Luis Vidigal – Julho 2015 143 SCM%-%Workflow%
  144. 144. Luis Vidigal – Julho 2015 144 Algumas%tendências%tecnológicas%
  145. 145. Luis Vidigal – Julho 2015 145 Um%mundo%de%objectos%inteligentes% das%pessoas%às%coisas% •  Código%de%barras% •  Tarja%magné)ca% •  Chip% •  Reconhecimento%óp)co%de%caracteres%(OCR)% •  Biometria%(voz,%imagem%e%gesto)% •  Rádio-frequência%(RFID)%
  146. 146. Luis Vidigal – Julho 2015 146 •  Equipamento%móvel% •  Sistema%opera)vo%móvel% •  Mercado%de%aplicações%móveis% •  Aplicações%móveis% •  Hardware%de%música% •  Vídeo%/%Voz%/%Chat% •  Ferramentas%Office% •  Conteúdos%de%Vídeo% •  Web%Browser% •  Sistema%Opera)vo%no%Desktop% •  Armazenamento%de%Fotos% •  Pesquisa%Online% Cada vez mais fácil e mais móvel
  147. 147. Luis Vidigal – Julho 2015 147 Browsers% (%%de%penetração%no%mundo%em%Março%de%2013)%
  148. 148. Luis Vidigal – Julho 2015 148 Venda%de%equipamentos%pessoais%conectados% 2012[2017% (em%milhões%de%unidades)%
  149. 149. Luis Vidigal – Julho 2015 149 Vendas%de%Smatphones%no%Mundo% (em%milhares%de%unidades)%
  150. 150. Luis Vidigal – Julho 2015 150 Armazenar%nas%“Nuvens”%(Cloud)%
  151. 151. Luis Vidigal – Julho 2015 151 Trabalhar%nas%“Nuvens”%(Cloud)% O Office 365 combina edições online do Word, Excel, PowerPoint e OneNote, com o Exchange que permite aceder ao calendário móvel e ao email. O Google Apps inclui Documentos, Folhas de Cálculo, Apresentações, Gmail, Calendario, Grupos (para colaboração em grupo), e Sites (para intranets).
  152. 152. Luis Vidigal – Julho 2015 152 Formulários electrónicos Personalizados, únicos, dinâmicos e inteligentes
  153. 153. Luis Vidigal – Julho 2015 153 Reutilização dos Dados
  154. 154. Luis Vidigal – Julho 2015 154 Documentos% orientados%aos% dados,%contextuais% e%dinâmicos% 154
  155. 155. Luis Vidigal – Julho 2015 155 Nome Morada Profissão Estado Civil Rendimento Pedidos em falta Reclamações Incidentes ... Dados
  156. 156. Luis Vidigal – Julho 2015 156 Ir à escola Empregar-se Casar-se Ter um filho Mudar de casa Construir uma casa Criar uma empresa Morrer ... Eventos
  157. 157. Luis Vidigal – Julho 2015 157 As%3%camadas% de%um%formulário%inteligente% Apresentação Parte visível Lógica Regras de Negócio Validações XML Dados para importação / exportação
  158. 158. Luis Vidigal – Julho 2015 158 Estágios%de%Maturidade%Tecnológica% Acesso à Informação Comunicar Trabalhar juntos Automatizar os Processos Interactividade Impacto
  159. 159. Luis Vidigal – Julho 2015 159 Redes Sociais Mobilidade Análise de Dados Anytime – Anywhere Just in Time – Just in Case
  160. 160. Luis Vidigal – Julho 2015 160 Internet%das%Coisas% Imagine um mundo onde as coisas estão sempre conectadas à Internet e interagem com pessoas e outras coisas
  161. 161. Luis Vidigal – Julho 2015 161 O%Trabalho%hoje...% •  Mobilidade%constante% •  Permanentemente%conectados% •  Acesso%a%dados%e%processos% •  Criação%de%relatórios%em%tempo%real% •  Proa;vidade%processual%
  162. 162. Luis Vidigal – Julho 2015 162 Consumo%Global%da%Internet%% Tráfico 2011-2016 (peta bytes/mês) Fonte: Cisco Systems
  163. 163. Luis Vidigal – Julho 2015 163 Não%é%só%a%parte%visível%que%interessa...%
  164. 164. Luis Vidigal – Julho 2015 164
  165. 165. Luis Vidigal – Julho 2015 165 Federação%de%Dados%
  166. 166. Luis Vidigal – Julho 2015 166 Riscos% • Disponibilidade% • Con;nuidades%de%Serviços% • Segurança% • Privacidade% • Fratura%digital%
  167. 167. Luis Vidigal – Julho 2015 167 Portais Gestão de Conteúdos Ferramentas Colaborativas Gestão do Conhecimento Gestão Documental % Organizações% inteligentes%% % % Smart% Enterprise% Suite%
  168. 168. Luis Vidigal – Julho 2015 168 Segurança%na%Era%Digital%
  169. 169. Luis Vidigal – Julho 2015 169 Requisitos de Segurança •  Integridade – Completa e não alterada •  Confidencialidade – Acesso condicionado •  Autenticidade – Identidade da pessoa •  Não repúdio – Transacção garantida
  170. 170. Luis Vidigal – Julho 2015 170 Assinaturas digitais A Entidade Certificadora B AE
  171. 171. Luis Vidigal – Julho 2015 171 Gerir%a%Mudança%e%as%TIC% na%Administração%Pública%
  172. 172. Luis Vidigal – Julho 2015 172 Modelo%de%IT%Governance% Competências%necessárias% Arquitecturas de Gestão, Informação, Aplicacionais e Tecnológicas Alinhamento Estratégico Gestão de Contratos e Controlo de Qualidade Governo Administração Pública Serviços Partilhados Mercado Desenvolvimento de soluções Centro%%de% Excelência%
  173. 173. Luis Vidigal – Julho 2015 173 Plataforma SOA Metadados (XML) e Regras de Negócio (BPM) Tecnologia A Tecnologia B Tecnologia C Proteger os Activos Informacionais (Dados e Processos) O que entra tem de sair
  174. 174. Luis Vidigal – Julho 2015 174 É%preciso%apostar%também%em% "corridas%de%fundo"%
  175. 175. Luis Vidigal – Julho 2015 175 Conciliar%os%tempos%e%as% racionalidades% Tempo e racionalidades Políticas Tempo e racionalidades Administrativas
  176. 176. Luis Vidigal – Julho 2015 176 Formas%de%melhorar%os%processos% •  Normalizar% •  Reduzir%erros% •  Usar%equipas%em%rede% •  Agrupar%trabalho%semelhante% •  Combinar%operações%e%ac)vidades%similares% •  Reduzir%controlos%e%revisões% •  Mover%a%decisão%para%níveis%próximos%do%cidadão% •  Eliminar%dados%não%u)lizados% •  Remover%atrasos%ar)ficiais% •  Assegurar%100%%de%qualidade% •  Automa)zar%tudo%o%que%for%possível%
  177. 177. Luis Vidigal – Julho 2015 177 Estratégia%e%Tác)ca% Objectivo Estratégico Objectivo Táctico Objectivo Táctico Objectivo Táctico
  178. 178. Luis Vidigal – Julho 2015 178 Perigo%e%Oportunidade% A palavra mudança é representada na escrita chinesa por dois símbolos, o primeiro significa perigo e o segundo oportunidade
  179. 179. Luis Vidigal – Julho 2015 179 Resistência%à%Mudança%
  180. 180. Luis Vidigal – Julho 2015 180 Se%alguém%faz% … alguém desfaz
  181. 181. Luis Vidigal – Julho 2015 181 Caminho%mais%longo%e% dispendioso%
  182. 182. Luis Vidigal – Julho 2015 182 Mudança%e%preconceito% “Nada do que é novo será bem sucedido se não parecer louco quando for apresentado pela primeira vez“ % Albert%Einstein%%
  183. 183. Luis Vidigal – Julho 2015 183 Mudança%e%preconceito% "É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito“ % Albert%Einstein%%
  184. 184. Luis Vidigal – Julho 2015 184 Mudança% 184 Novas Tecnologias Novos Paradígmas
  185. 185. Luis Vidigal – Julho 2015 185 Descongelar%/%Re-congelar% Descongelar Re-congelar
  186. 186. Luis Vidigal – Julho 2015 186 Coordenar%é%servir%os%outros% “É%melhor%liderar%a%par;r%de%trás%e%dar% o%protagonismo%aos%outros,% principalmente%quando%alcançamos%o% sucesso”% % * * Nelson*Mandela*
  187. 187. Luis Vidigal – Julho 2015 187 Estrelas% Solitárias% e% Galáxia%
  188. 188. Luis Vidigal – Julho 2015 188
  189. 189. Luis Vidigal – Julho 2015 189 Criatividade Harmonização Inovação Clareza Competitividade Simplicidade Risco Segurança ( 0. 2 Sector Privado Iniciativa Confiança e Estabilidade Sector Público
  190. 190. Luis Vidigal – Julho 2015 190 Público%/%Privado%–%Diferenças%Reais%/%Formais% Dimensão% Gestão%Privada% Administração%Pública% Objecto% Necessidades%individuais/grupos% Necessidades%colec;vas% Finalidade% Interesse%privado%ou%individual% Interesse%público% Meios% Igualdade%entre%as%partes%–%contrato% Definidos%pela%lei%e%pelos% procedimentos% Interacção% Indivíduos%ligados%na%livre%inicia;va% Em%relações%de%autoridade%e%de% constrangimentos%formais%(e% monopolista)% Meio% envolvente% Pressão%da%concorrência,%eficiência,% custos% Pressão%polí;cas,%dos%grupos%e%dos% cidadãos% Formas%de% gestão% Flexibilidade%–%relação%orçamentos%e% resultados% Constrangimentos%orçamentais%–% exigências%de%eficácia%e%de% legi;midade% Estrutura% Adaptabilidade%[%Descon;nuidade% Ins;tucionalizada%[%Con;nuidade% Dificuldades% Procura%de%iden;dade%organizacional%e% produ;vidade%e%eficiência% Procura%de%iden;dade% organizacional% e%produ;vidade%e%eficiência% Adaptado de Pollitt, C. (1990), Managerialism and the public services: the anglo-american experience, Basil Blackwrll, citado por Rocha , A (2001), Gestão pública e modernização administrativa, Oeiras, INA e de Mozzicafreddo, Juan e João Salis Gomes,(org.) (2001), Administração e Política - Perspectiva de reforma da Administração Pública na Europa e nos Estados Unidos, Oeiras, Celta Editora
  191. 191. Luis Vidigal – Julho 2015 191 e construir pontes Com mais e melhores Informação e serviços Demolir paredes
  192. 192. Luis Vidigal – Julho 2015 192 •  Sonhar% •  Inovar% •  Criar% •  Comunicar% •  Dar%afecto% •  Decidir% % Informação e Conhecimento Tarefas cognitivas não rotineiras Dave 2001 Odisseia no Espaço (Stanley Kubrick - 1968) Energia e Dados Tarefas mecânicas rotineiras Novo Trabalhador do Conhecimento •  Procurar% •  Recolher% •  Copiar% •  Comparar% •  Ordenar% •  Calcular% •  Medir% •  Verificar% •  Armazenar%
  193. 193. Luis Vidigal – Julho 2015 193 Empregos%em%risco% Frey†, Carl Benedikt & Michael A. Osborne (2013). The Future of Employment: How Susceptible are Jobs to Computerisation? Oxford University Engineering Sciences Department and the Oxford Martin Programme on the Impacts of Future Technology, in Workshop “Machines and Employment”, September 17th Parar%Avançar% A%AP%está%aqui%
  194. 194. Luis Vidigal – Julho 2015 194 Desgaste%dos%empregos%intermédios% A tecnologia está a substituir progressivamente empregos de competências médias, aumentando a polarização OCDE (2014). Policy Challenges for the Next 50 Years. Economic Policy Paper, July No. 9 “Mediadores de Cidadania”
  195. 195. Luis Vidigal – Julho 2015 195 Maus%e%Bons% Desemprego Emprego
  196. 196. Luis Vidigal – Julho 2015 196 O%Apagão!% Imaginem que deixava de haver tecnologias da informação e comunicação nos organismos públicos Quanto%custaria?%
  197. 197. Luis Vidigal – Julho 2015 197 Custo Redundâncias Desintegração Incoerências Incompatibilidades Conflitos de Poder Desperdícios … Investimento Interoperabilidade Partilha Reutilização Tranparência Rapidez Rigor … Custo%ou%Inves)mento?%
  198. 198. Luis Vidigal – Julho 2015 198 Onde%estão%as%poupanças?% Inputs% Outputs% Outcomes%Incomes% Eficiência% Eficácia% Demasiado% Redusir 558 M€ / ano em TIC Value%for%money% Pouco% Problema ou Solução? Sistemas de Informação da AP - Luís Vidigal 2014 198
  199. 199. Luis Vidigal – Julho 2015 199 Qual%a%estratégia%para%o%futuro% •  Economia Crescimento%ou%Declínio?% •  Intervenção da AP na Economia Fraca%ou%Forte?% •  Globalização Aceleração%ou%Abrandamento?% •  Penetração das TIC na Sociedade Elevada%ou%Fraca?% •  Atitude do Cidadão à Privacidade Restri;va%ou%Permissiva?% •  Capacidade da AP absorver as TIC Elevada%ou%Fraca?% •  Soberania Man;da%ou%Desgastada?%
  200. 200. Luis Vidigal – Julho 2015 200 Prioridade% ao%Cidadão% Par)lhar% Simplificar% Re-u)lizar% Integrar% Cooperar% Porque%é% que%não% acontece?%
  201. 201. Luis Vidigal – Julho 2015 201 Minha Iniciativa Minha Iniciativa Minha Iniciativa Minha Iniciativa Esta é para si... Feira de Vaidades
  202. 202. Luis Vidigal – Julho 2015 202 Infaticídio Tecnológico ?!
  203. 203. Luis Vidigal – Julho 2015 203 Contra%a% corrente% A)tudes% 80%% 20%% Tecnologia%
  204. 204. Luis Vidigal – Julho 2015 204 Obrigado% Até%breve% Telefone: +351 963459044 Skype: luis.vidigal1 Blog: http://mudaroestado.blogspot.com Facebook: http://www.facebook.com/lvidigal Linkedin: http://www.linkedin.com/in/luisvidigal Twitter: @luisvidigal Apresentações: http://www.slideshare.net/vidigal Papers: https://ulisboa.academia.edu/LuisVidigal

×