Luis Vidigal – Maio 2014
Inovação(em(
Serviços(Públicos(
Luís%Vidigal%
Luis Vidigal – Maio 2014 2
Programa(
1.  Inovar%e%Comunicar%
2.  Tendências%e%perspec;vas%da%Modernização%Administra;va%
3...
Luis Vidigal – Maio 2014 3
(
(
(
Para%além%dos%textos%de%apoio(
(
(
230(slides(
para(download(em(
(
http://www.slideshare....
Luis Vidigal – Maio 2014 4
Inovar(e(Comunicar%
Luis Vidigal – Maio 2014 5
Inovei!?(
2009 Luis Vidigal – Gestão da Inovação nos Serviços Públicos
Luis Vidigal – Maio 2014 6Luis Vidigal (APDSI) - 6
•  A(Inovação%
não%é%apenas%fazer%
coisas%diferentes%e%cria;vas%
•  É(c...
Luis Vidigal – Maio 2014 7
O que é desejado
pelos Utilizadores
O que é viável
para a Sociedade
O que é possível
com a Tecn...
Luis Vidigal – Maio 2014 8
Convergência(
Luis Vidigal – Maio 2014 9
Administração Pública
inimiga do Cidadão
e da Economia
Luis Vidigal – Maio 2014 10
Public Administration
Administração Pública
Um(
Organograma(
não(é(uma(
Organização(
Imagem(
f...
Luis Vidigal – Maio 2014 11
Luis Vidigal – Maio 2014 12
Tipos(de(imagem(
organizacional(
Imagem
Objectiva
O que é
Imagem
Subjectiva
Como é percebida
I...
Luis Vidigal – Maio 2014 13
Falar(ou(ouvir?(
Inside-Out
Media tradicionais
Outside-In
Social Media
O Criador antecipou o p...
Luis Vidigal – Maio 2014 14
O(Cliente(faz(os(produtos(
14
Luis Vidigal – Maio 2014 15
Tendências(e(perspecJvas(da(
Nodernização(AdministraJva%
Luis Vidigal – Maio 2014 16
and Smart
Short and Simple
Um(Princípio(desde(os(anos(60(
(((((Programa(Apollo)(
Serviços
•  S...
Luis Vidigal – Maio 2014 17
A(Mudança(do(Contexto(
para(a(Administração(Pública(
Era Industrial Era da Informação
Burocrac...
Luis Vidigal – Maio 2014 18
Pressões(para(a(Mudança(
da(Administração(Pública(
Pressões para a melhoria
da qualidade e efi...
Luis Vidigal – Maio 2014 19
((((((((Estado(Parceiro(
((((((((Governance(
((((((((New(Public(Service(
Interesses
do Estado
...
Luis Vidigal – Maio 2014 20
Modelos(de(Reforma(do(Estado(
•  Moderada%[%diminuição%da%burocracia;%desregulamentação;%melho...
Luis Vidigal – Maio 2014 21
Tendências(da(Reforma(do(Estado(
Presidência(dinamarquesa(da(UE(U(2012(
IPSG(U(InnovaJve(Publi...
Luis Vidigal – Maio 2014 22
Oportunidade(da(Crise(
A(crise(é(uma(coisa(terrível(
para(ser(desperdiçada(
%
OECD (2010), Mak...
Luis Vidigal – Maio 2014 23
O(eUGovernment(é(prioritário(
para(a(Reforma(do(Estado(
O%e[Government%é%visto%mais%do%que%nun...
Luis Vidigal – Maio 2014 24
Nova(Gestão(Pública(
New*Public*Management*
(Anos*80*e*90)*
“Verdadeiramente%a%primeira%
revol...
Luis Vidigal – Maio 2014 25
CaracterisJcas(do(NPM(
1.  Entrada%no%sector%público%de%gestores(profissionais(provenientes%do%...
Luis Vidigal – Maio 2014 26
Agências,(Mercados(e(Parcerias(
Mais
Autonomia
Mais
Controlo e
Responsabilização
Sim, mas…
GEE...
Luis Vidigal – Maio 2014 27
Fases(da(Reforma(entre(1980s(e(2000s(
Experiência(da(Austrália(
Dimensão(da(
Reforma(
Manageri...
Luis Vidigal – Maio 2014 28
Recentralização(em(tempo(de(crise(
Público Privado
Centralização
Autonomia
Integração central
...
Luis Vidigal – Maio 2014 29
Recentralização(em(tempo(de(crise(
Público Privado
Centralização da Informação
Autonomia e Res...
Luis Vidigal – Maio 2014 30
Uma(escolha(a(escruJnar(
Público Privado
Centralização da Informação
Autonomia e Responsabiliz...
Luis Vidigal – Maio 2014 31
Processo Público
ParJlhar(recursos(com(a(sociedade(
Coprodução privada
Opção Política e Social...
Luis Vidigal – Maio 2014 32
Opções(de(Eficiência(
32
Os(recursos(
(inputs)(
diminuem(e(os(
outputs(
aumentam((
Os(recursos(...
Luis Vidigal – Maio 2014 33
•  Adopção%por%parte%dos%cidadãos%%
•  Acesso%à%internet%ou%aos%telemóveis%
•  Grupos%mais%vul...
Luis Vidigal – Maio 2014 34
•  Desenvolvimento%
From+“readiness”+to+“maturity”++
•  U>lização+
Ci9zen"centric+approach++
•...
Luis Vidigal – Maio 2014 35
Tecnologias(para(quê?(
“Eu*quero*que*perguntemos*todos*os*dias,*
como*é*que*estamos*a*usar*as*...
Luis Vidigal – Maio 2014 36
Princípios(Estratégicos(
•  Centrados( na( Informação( (“Informa>on"Centric”)% Deixar% de% ter...
Luis Vidigal – Maio 2014 37
Princípios(chave(do(eUGovernment(
Irlanda(–(2012U2015(
•  As%necessidades(dos(cidadãos(e%das%e...
Luis Vidigal – Maio 2014 38
Mudar(a(Administração(
parJndo(do(serviço(
1. Introduzir%uma%cultura(de(simplificação(
2. Fazer...
Luis Vidigal – Maio 2014 39
Cultura(de(
Simplificação(
Uma prioridade para a a Administração Pública
Luis Vidigal – Maio 2014 40
Níveis(de(Simplificação(do(SIMPLEX(
•  SIMPLIFICAÇÃO(PREVENTIVA%
(ex"ante)+
–  Teste(Simplex%(P...
Luis Vidigal – Maio 2014 41
Teste(SIMPLEX(
Simplificação(PrevenJva((ex"ante)(
1.  Caracterização%da%inicia;va%
2.  Encargos...
Luis Vidigal – Maio 2014 42
ObjecJvos(SIMPLEX(
SIMPLIFICAÇÃO(CORRECTIVA((
•  Resposta(pronta(e(eficaz(às(necessidades(dos%
...
Luis Vidigal – Maio 2014 43
Os(Princípios(da(Simplificação(
•  Deixar%o%cidadão%escolher%entre%pagar%uma%
segurança%acresci...
Luis Vidigal – Maio 2014 44
Um(exemplo(de(parJlha(
•  Novo%modelo%de%prestação%de%informação%e%contas%que%permite%às%
empr...
Luis Vidigal – Maio 2014 45
Luis Vidigal – Maio 2014 46
Uma(estratégia(conjugada(
Luis Vidigal – Maio 2014 47
Balcão(Único(
Luis Vidigal – Maio 2014 48
Mais%próximo%de%quem%precisa%
Luis Vidigal – Maio 2014 49
Administração(Pública(Electrónica((
eUGovernment%
Luis Vidigal – Maio 2014 50
Todosos cidadãos
Com%Segurança(
A%qualquer%Hora(
Em%qualquer%Lugar(
Acesso(à(Informação(e(
a(S...
Luis Vidigal – Maio 2014 51
Eficácia
Eficiência Transparência
Poupança
Rapidez
e-Gov
O(que(se(espera(do(eUGovernment(
Conf...
Luis Vidigal – Maio 2014 52
O quê?
Transformação das
relações internas e
externas do sector
público
Como?
...através de
op...
Luis Vidigal – Maio 2014 53
Os(relacionamentos(decorrentes(
do(eUGovernment(
Administração
Pública
Organismo
Organismo
Org...
Luis Vidigal – Maio 2014 54
Estágios(de(Maturidade(do(eUGovernment%
Luis Vidigal – Maio 2014 55
Dimensões(do(eUGovernment(
Serviços de
Informação
Serviços de
Comunicação
Serviços
Transaccion...
Luis Vidigal – Maio 2014 56
As(6(fases(da(Deloire(
Deloitte Research (2000). At the Dawn of e-Government:
The Citizen as C...
Luis Vidigal – Maio 2014 57
As(4(fases(de(Maturidade(
da(AP(Electrónica(na(EU((Desenvolvimento
Online
Informação
Interacçã...
Luis Vidigal – Maio 2014 58
Os(4(clusters(dos(20(serviços(eEurope((
Luis Vidigal – Maio 2014 59
Estágios(de(Maturidade(na(UE(
Luis Vidigal – Maio 2014 60
Comparação(entre(os(estágios(de(maturidade(do(e"government(
Nível 1 Nível 2 Nível 3 Nível 4 Ní...
Luis Vidigal – Maio 2014 61
Estamos
aqui
Estágios(de(maturidade(do(e"government((
Presença
na Web
Interacção
Transacção
Tr...
Luis Vidigal – Maio 2014 62
Desdobramento(do(nível(Conectada(
Conectada%
Transacional%
Alargamento%
Presença%na%Web%
Ubiqu...
Luis Vidigal – Maio 2014 63
SofisJcação(dos(Serviços((UE27+)(
Luis Vidigal – Maio 2014 64
1º(lugar(na(Europa(
em(eUGovernment(
Luis Vidigal – Maio 2014 65
Maturidade%do%e[Government%
Modelo%Tridimencional%
65
Integração
Interoperabilidade
Cooperação...
Luis Vidigal – Maio 2014 66
Factores(críJcos(de(sucesso(para(o(eUGov(
•  A*coherent*Na>onal*Informa>on*
Infrastructure*(NI...
Luis Vidigal – Maio 2014 67
eUGov(em(Moçambique(
Um Plano excelente
em qualquer
parte do mundo
Luis Vidigal – Maio 2014 68
O(percurso(
Luis Vidigal – Maio 2014 69
Alinhamento(com(a(Reforma(do(Estado(
PARPA - Plano de Acção para a Redução da Pobreza Absoluta
Luis Vidigal – Maio 2014 70
Dados(estansJcos(
No%Mundo%e%em%Moçambique%
Luis Vidigal – Maio 2014 71
EUGovernment(
no(Mundo(
http://www2.unpan.org/egovkb/
global_reports/12report.htm
Luis Vidigal – Maio 2014 72
2012(
Top(20(
Índice(eUGovernment( Índice(de(eUParJcipação(
País% Indice% País% Indice%
Republ...
Luis Vidigal – Maio 2014 73
O(eUGovernment(
nos(países(da(África(
Oriental(
Luis Vidigal – Maio 2014 74
Índice(de(desenvolvimento(do(eUGov(
1⁄3 Serviços Online +
1⁄3 Índice de Telecomunicações +
1⁄3...
Luis Vidigal – Maio 2014 75
Serviços(Online(
IV
III
II
I
Moçambique
Luis Vidigal – Maio 2014 76
Telecomunicações(
Moçambique
Luis Vidigal – Maio 2014 77
Capital(Humano(
Moçambique
Luis Vidigal – Maio 2014 78
27º em 31
Índice
0.1316
Moçambique
ParJcipação(
Luis Vidigal – Maio 2014 79
Ambiente(
Índice
0.5294
Moçambique
Luis Vidigal – Maio 2014 80
Índice(de(acesso(às(telecomunicações(
Índice% U;lizadores%
Internet%
Linhas%telefónicas%
fixas%...
Luis Vidigal – Maio 2014 81
Evolução(do(eUGov(em(África(
Luis Vidigal – Maio 2014 82
•  Votações%
•  Inquéritos%
•  Newsgroups%
•  Blogues%
•  Chat%
•  Outros%
Interacção(online(c...
Luis Vidigal – Maio 2014 83
Colaboração,(
Interoperabilidade(
e(Desmaterialização%
Luis Vidigal – Maio 2014 84
A Organização"
Alargada"
Beneficiário"
Individual "
A organização

como Equipa"
Táctico"
Âmbto ...
Luis Vidigal – Maio 2014 85
Morte
Euforia
Desilusão
Maturidade
Adaptado do Gartner
Luis Vidigal – Maio 2014 86Simplicidade na Comunicação e nos Processos Administrativos / | Luís Vidigal 86
Para(além(do(EU...
Luis Vidigal – Maio 2014 87
Interoperabilidade?(
Luis Vidigal – Maio 2014 88
Interoperabilidade?(
base from Mikael Erlandsson
Dialog med kommunen/andra vård-grannar
Gemens...
Luis Vidigal – Maio 2014 89
Administração(em(Rede?(
Interoperabilidade?(
Organizacional
Peopleware (Vontades)
Informaciona...
Luis Vidigal – Maio 2014 90
Interoperabilidade(
Interoperabilidade Semântica
Interoperabilidade Tecnológica
Interoperabili...
Luis Vidigal – Maio 2014 91
Holes+in+the+Whole+of+Government+
Os%buracos%na%totalidade%do%Estado%
300 5 300 5
Velocidade(d...
Luis Vidigal – Maio 2014 92
Novas(Estruturas(/(Novas(Relações(
Putting
Citizens
First
OCDE
Luis Vidigal – Maio 2014 93
Uma(visão(alargada(e(horizontal(dos(serviços(públicos(
Uma(luta(entre(a(realidade(do(“ser”(e(a...
Luis Vidigal – Maio 2014 94
Estruturas(e(Processos(
Estruturas
Processos
In Out
Luis Vidigal – Maio 2014 95
Fim(às(CerJdões!!!(
Tem que me trazer
uma prova de quem
é você
Tem que me trazer
uma prova de ...
Luis Vidigal – Maio 2014 96
Labirinto(
96
A irracionalidade do
Estado alimenta muitos
“negócios” privados
sem acrescentar ...
Luis Vidigal – Maio 2014 97
O(Tempo(é(amigo(de(muitos(
“negócios”(privados(
97
Tempo
Corrupção
Luis Vidigal – Maio 2014 98
A(informaJzação(nem(sempre(é(a(solução(
Luis Vidigal (APDSI) - 98
Luis Vidigal – Maio 2014 99
Licenciamento(Zero(
Não(se(trata(de(acabar(com(os(
licenciamentos,(
mas(sobretudo(quesJonáUlos...
Luis Vidigal – Maio 2014 100
DesburocraJzação(
100
Procedimentosburocráticos
Garantias do Estado e da Sociedade
Zona de
Ri...
Luis Vidigal – Maio 2014 101
Transparência(e(simplicidade(
101
Sabe como fazer?
Então faça!
O que
quer fazer?
Quem é
você?
Luis Vidigal – Maio 2014 102
Remover(as(arbitrariedades(
A
verdadeira
lei é o
algorítmo
Recuperar
•  Accountability
•  Coo...
Luis Vidigal – Maio 2014 103
Da incerteza do Mais ou Menos à certeza do Sim ou Não
Remover%as%arbitrariedades%
103
Luis Vidigal – Maio 2014 104
Regras(claras(e(objeJvas(
104
Luis Vidigal – Maio 2014 105
Transparência(em(tempo(real(
105
Não Sim
Luis Vidigal – Maio 2014 106
Clareza(e(transparência(
106
Luis Vidigal – Maio 2014 107
-85%
É(di}cil(mas(compensa...(
107
•  IdenJficar(eventos(
•  Analisar(
•  Simplificar(
•  Redes...
Luis Vidigal – Maio 2014 108
E(porque(não(também?(
108
Justiça Ambiente
etc, etc, etc…
Compras
Luis Vidigal – Maio 2014 109109
Se existe lógica e rigor na legislação,
existe certeza e transparência na decisão
Porque n...
Luis Vidigal – Maio 2014 110
Inicío
Exemplo(do(Estudo( Casa(na(Hora (
Análise(do(Processo(Actual(
$
Câmara Municipal
Predi...
Luis Vidigal – Maio 2014 111
Exemplo(do(Estudo( Casa(na(Hora (
Processo(Futuro*
$
Câmara Municipal
Predial
Notários
Instit...
Luis Vidigal – Maio 2014 112
MUGovernment%
Luis Vidigal – Maio 2014 113
Mobilidade(
•  Utilizadores
•  Serviços
•  Equipamentos
Espaço Tempo
Contexto
(Local e Hora c...
Luis Vidigal – Maio 2014 114
Exemplos(de(mUGovernment(
•  Avisos de pagamento de impostos
•  Pagamento de impostos
•  Cota...
Luis Vidigal – Maio 2014 115
Exemplos(de(mUGovernment(
•  Denuncia de um crime
•  Participação de ocorrências
•  Alerta de...
Luis Vidigal – Maio 2014 116
mUGov:(Bene}cios(
m-Gov
Benefícios
Transparência
de actuação
Contextualização
Redução de
Cust...
Luis Vidigal – Maio 2014 117
mUGov:(Riscos(
m-Gov
Riscos
Usabilidade
Qualidade da Info
Transmitida
Segurança
Standardizaçã...
Luis Vidigal – Maio 2014 118
Exclusão(Digital%
Luis Vidigal – Maio 2014 119
Inclusão(Social(
Novas(Prioridades(para(o(e"Government*
... C B AZ Y X ...
From e-Government
...
Luis Vidigal – Maio 2014 120
Infoexclusão(
Luis Vidigal – Maio 2014 121
Fratura(((((((Digital(
Luis Vidigal – Maio 2014 122
Mapa da
Fratura Digital
Digital Access Index (DAI)
Luis Vidigal – Maio 2014 123
Índice(de(Acesso(Digital((DAI)(
•  Infraestrutura%
–  Ligações%fixas%e%móveis%
•  Poder(de(Com...
Luis Vidigal – Maio 2014 124
População(e(Acesso(à(Internet(
vis4.net
Mais de 80 mil locais da População
Mais de 350 mil lo...
Luis Vidigal – Maio 2014 125
Uma(estratégia(global...(
Fratura
Digital
Formação
e Emprego
Escolas
Bibliotecas e
Espaços In...
Luis Vidigal – Maio 2014 126
Repensar(as(estruturas(e(
os(processos(
Luis Vidigal – Maio 2014 127
Temos(de(abrir(a( Caixa(de(Pandora (
e(resolver(de(facto(os(problemas(
Informação
Incoerente
...
Luis Vidigal – Maio 2014 128
ConJnuamos(a(construir(castelos(
em(vez(de(serviços(
Luis Vidigal – Maio 2014 129
Silos(VerJcais(
Cheios(de(Poder(e(Vaidade(
Luis Vidigal – Maio 2014 130
Silos(Horizontais(
Cheios(de( Gordura (e(Desperdício(
Luis Vidigal – Maio 2014 131
Recursos e Serviços Comuns (SOA)
ParJlha(de(Dados(e(Serviços(
Administração*em*Rede *
Taeritó...
Luis Vidigal – Maio 2014 132
Precisamos(de(algumas(espinhas(
mas(de(poucos(Peixes(
Sinergias Horizontais
Prioridade ao Cid...
Luis Vidigal – Maio 2014 133
Necessidade(de(Mudar(
•  Abrir as aplicações actuais à cooperação
com outras entidades que tr...
Luis Vidigal – Maio 2014 134
Está(meio(cheio(ou(meio(vazio?(
Luis Vidigal – Maio 2014 135
Repositórios(únicos(e(Processos(Básicos(
Construção(de(uma(Casa((
Criação(de(uma(Empresa(
Nas...
Luis Vidigal – Maio 2014 136
Eventos(de(vida(
http://www.portaldogoverno.gov.mz
Luis Vidigal – Maio 2014 137
(
È(preciso(evitar(
as(
MúlJplas(faces(
para(a(mesma(
pessoa(
Luis Vidigal – Maio 2014 138
Luis Vidigal – Maio 2014 139
Fraude
•  Precariedade%
dos%Recursos%
Humanos%
%
•  Complexidade
–  Legisla;va%
–  Organizaci...
Luis Vidigal – Maio 2014 140
Confiança e Segurança
•  Simplicidade
•  Clareza
•  Transparência
•  Responsabilidade
•  Vinc...
Luis Vidigal – Maio 2014 141
CRUD(
• C%–%Create%
• R%–%Retrieve%
• U%–%Update%
• D%[%Delete%
Luis Vidigal – Maio 2014 142
•  Processo%A%
•  Processo%B%
•  Processo%C%
•  …%
•  Processo%n%
• Nome%
• Número%
• Sexo%
•...
Luis Vidigal – Maio 2014 143
Consistência
e Qualidade
dos Dados
•  Processo%A%
•  Processo%B%
•  Processo%C%
•  …%
•  Proc...
Luis Vidigal – Maio 2014 144
Um(Moçambique(para(Todos (
Cadastro(MulJUFuncional%
Proprietário
Valor Tributável
Endereços
S...
Luis Vidigal – Maio 2014 145
SIMPLEX(a(três(dimensões(
•  Ver(os(processos(para(além(de(um(só(departamento,(Ministério(ou(...
Luis Vidigal – Maio 2014 146
Será(que(há(muita(diferença?(
Ontem Hoje
Luis Vidigal – Maio 2014 147
S.(Exª(o(Papel(
Paradoxo da (in)Produtividade
Luis Vidigal – Maio 2014 148
Colaboração(digital(
Luis Vidigal – Maio 2014 149
11101101011
11101101110
01100111000
01100111000
Mundo
Real
Mundo
Digital
10001110111
00001110...
Luis Vidigal – Maio 2014 150
Não%é%tão%fácil%como%parece…%
Luis Vidigal – Maio 2014 151
SCM(U(Workflow(
Luis Vidigal – Maio 2014 152
Algumas(tendências(tecnológicas%
Luis Vidigal – Maio 2014 153
Um(mundo(de(objectos(inteligentes(
das(pessoas(às(coisas(
Tecnologias%de%auto[iden;ficação:%
•...
Luis Vidigal – Maio 2014 154
Google(/(Microsoá(/(Apple(
•  Equipamento(móvel(
•  Sistema(operaJvo(móvel(
•  Mercado(de(apl...
Luis Vidigal – Maio 2014 155
Browsers(
(%%de%penetração%no%mundo%em%Março%de%2013)%
15
Luis Vidigal – Maio 2014 156
Venda(de(equipamentos(pessoais(conectados(
2012[2017%
(em%milhões%de%unidades)%
15
Luis Vidigal – Maio 2014 157
Vendas(de(Smatphones(no(Mundo(
(em%milhares%de%unidades)%
15
Luis Vidigal – Maio 2014 158
Armazenar(nas(“Nuvens”((Cloud)(
15
Luis Vidigal – Maio 2014 159
Trabalhar(nas(“Nuvens”((Cloud)(
15
O Office 365 combina
edições online do Word,
Excel, PowerP...
Luis Vidigal – Maio 2014 160
Formulários electrónicos
Personalizados, únicos, dinâmicos e inteligentes
Luis Vidigal – Maio 2014 161
Reutilização dos Dados
Luis Vidigal – Maio 2014 162
Nome
Morada
Profissão
Estado Civil
Rendimento
Pedidos em falta
Reclamações
Incidentes
...
Dad...
Luis Vidigal – Maio 2014 163
Ir à escola
Empregar-se
Casar-se
Ter um filho
Mudar de casa
Construir uma casa
Criar uma empr...
Luis Vidigal – Maio 2014 164
As(3(camadas(
de(um(formulário(inteligente(
Apresentação
Parte visível
Lógica
Regras de Negóc...
Luis Vidigal – Maio 2014 165
Estágios(de(Maturidade(Tecnológica(
Acesso à
Informação
Comunicar
Trabalhar juntos
Automatiza...
Luis Vidigal – Maio 2014 166
Eles(andam(por(aí...(
Luis Vidigal – Maio 2014 167
Redes
Sociais Mobilidade
Análise
de Dados
Anytime – Anywhere
Just in Time – Just in Case
Luis Vidigal – Maio 2014 168
“Consumidorização“(
Consumeriza;on%
Luis Vidigal – Maio 2014 169
Internet(das(Coisas(
Imagine um mundo
onde as coisas
estão sempre
conectadas à
Internet e int...
Luis Vidigal – Maio 2014 170
O(Trabalho(hoje...(
•  Mobilidade%constante%
•  Permanentemente%conectados%
•  Acesso%a%dados...
Luis Vidigal – Maio 2014 171
Mais(e(mais...(
Luis Vidigal – Maio 2014 172
Consumo(Global(da(Internet((
Tráfico 2011-2016 (peta bytes/mês)
Fonte: Cisco Systems
Luis Vidigal – Maio 2014 173
ParJlha(de(grandes(volumes(de(dados...(
Luis Vidigal – Maio 2014 174
Não(é(só(a(parte(visível...(
Luis Vidigal – Maio 2014 175
Luis Vidigal – Maio 2014 176
Orientação(aos(Dados(
Luis Vidigal – Maio 2014 177
Federação(de(Dados(
Luis Vidigal – Maio 2014 178
Riscos(
• Disponibilidade%
• Con;nuidades%de%Serviços%
• Segurança%
• Privacidade%
• Fratura%...
Luis Vidigal – Maio 2014 179
Portais
Gestão de
Conteúdos
Ferramentas
Colaborativas
Gestão do
Conhecimento
Gestão
Documenta...
Luis Vidigal – Maio 2014 180
Soáware(Livre(na(AP(
Concentração de
Conhecimento
Software
Proprietário
País de
Consumidores
...
Luis Vidigal – Maio 2014 181
Segurança(na(Era(Digital%
Luis Vidigal – Maio 2014 182
Requisitos de Segurança
•  Integridade
– Completa e não alterada
•  Confidencialidade
– Acess...
Luis Vidigal – Maio 2014 183
Assinaturas digitais
A
Entidade
Certificadora
B
AE
Luis Vidigal – Maio 2014 184
Spam
•  É uma mensagem electrónica não solicitada
enviada em massa.
•  Consiste numa mensagem...
Luis Vidigal – Maio 2014 185
Spam
•  Boatos
•  Correntes de mail (chain letters)
•  Propagandas
•  Golpes / Oportunidades ...
Luis Vidigal – Maio 2014 186
Programas maliciosos
•  Worm
–  É um programa autorreplicante, semelhante a um vírus.
Enquant...
Luis Vidigal – Maio 2014 187
Spyware
•  Consiste num programa automático de
computador, que recolhe informações sobre o
ut...
Luis Vidigal – Maio 2014 188
Segurança(e(Confiança(na(Web(2.0(
•  Mudanças%constantes%e%mecanismos%de%controle%de%
vulnerab...
Luis Vidigal – Maio 2014 189
Gerir(a(Mudança(e(as(TIC(
na(Administração(Pública%
Luis Vidigal – Maio 2014 190
Modelo(de(IT(Governance(
Competências(necessárias(
Arquitecturas
de Gestão, Informação,
Aplic...
Luis Vidigal – Maio 2014 191
Plataforma SOA
Metadados (XML) e Regras de Negócio (BPM)
Tecnologia
A
Tecnologia
B
Tecnologia...
Luis Vidigal – Maio 2014 192
Integração Identidade
Uniformidade
Facilidade Inovação
Economia
de escala
Velocidade
Agilidad...
Luis Vidigal – Maio 2014 193
É(preciso(apostar(também(em(
"corridas(de(fundo"(
Luis Vidigal – Maio 2014 194
Formas(de(melhorar(os(processos(
•  Normalizar(
•  Reduzir(erros(
•  Usar(equipas(em(rede(
• ...
Luis Vidigal – Maio 2014 195
de pessoas, processos
e tecnologias
Luis Vidigal – Maio 2014 196
Estratégia(e(TácJca(
Objectivo
Estratégico
Objectivo
Táctico
Objectivo
Táctico
Objectivo
Táct...
Luis Vidigal – Maio 2014 197
Perigo(e(Oportunidade(
A palavra mudança
é representada na
escrita chinesa por
dois símbolos,...
Luis Vidigal – Maio 2014 198
Resistência(à(Mudança(
Luis Vidigal – Maio 2014 199
Se(alguém(faz(
… alguém desfaz
Luis Vidigal – Maio 2014 200
Caminho(mais(longo(e(
dispendioso(
Luis Vidigal – Maio 2014 201
Mudança(e(preconceito(
“Nada do que é
novo será bem
sucedido se não
parecer louco
quando for
...
Luis Vidigal – Maio 2014 202
Mudança(e(preconceito(
"É mais fácil
desintegrar um
átomo
do que um
preconceito“
%
Albert%Ein...
Luis Vidigal – Maio 2014 203
As(cinco(faces(da(mudança(
Tecnologia
Pessoas
Alinhamento
Luis Vidigal – Maio 2014 204
Capacidade(de(Mudar((Os(3( W )(
Poder(
Willing+
Querer(
Wan9ng+
Saber(
knoWing+
Luis Vidigal – Maio 2014 205
Descongelar(/(ReUcongelar(
Descongelar Re-congelar
Luis Vidigal – Maio 2014 206
Lobotomia(frontal(
A(Felicidade(forçada(
•  Apaga%do%cérebro%imagens%de%eventos%
ausentes%que...
Luis Vidigal – Maio 2014 207
Precisamos(de(pessoas(com(um(perfil(diferente(
•  Pessoas%que%não%se%conformem%com%coisas%mal%...
Luis Vidigal – Maio 2014 208
Todos(têm(o(poder(de(
•  Sonhar%com%aquilo%que%não%existe%
•  Criar%algo%que%nunca%ninguém%pe...
Luis Vidigal – Maio 2014 209
Mudança(de(perspecJva(e(de(aJtude(
De Espectador a
Personagem Principal
Luis Vidigal – Maio 2014 210
Estrelas(
Solitárias(
e(
Galáxia(
Luis Vidigal – Maio 2014 211
Luis Vidigal – Maio 2014 212
Criatividade Harmonização
Inovação Clareza
Competitividade Simplicidade
Risco Segurança
Secto...
Luis Vidigal – Maio 2014 213
Público(/(Privado(–(Diferenças(Reais(/(Formais(
Dimensão( Gestão%Privada( Administração%Públi...
Luis Vidigal – Maio 2014 214
Gerir(paradoxos(
Luis Vidigal – Maio 2014 215
Gerir(paradoxos(
Luis Vidigal – Maio 2014 216
e construir pontes
Com mais e melhores
Informação e serviços
Demolir paredes
Luis Vidigal – Maio 2014 217
•  Sonhar(
•  Inovar(
•  Criar(
•  Comunicar(
•  Dar(afecto(
•  Decidir(
(
Informação e
Conhe...
Luis Vidigal – Maio 2014 218
Empregos(em(risco(
Frey†, Carl Benedikt & Michael A. Osborne (2013). The Future of Employment...
Luis Vidigal – Maio 2014 219
Maus(e(Bons(
Desemprego Emprego
Luis Vidigal – Maio 2014 220
Voltar(a(trás(
Para continuar a ter a quantidade
e a qualidade de serviços actuais
sem tecnol...
Luis Vidigal – Maio 2014 221
O(Apagão!(
Imaginem que
deixava de haver
tecnologias da
informação e
comunicação nos
organism...
Luis Vidigal – Maio 2014 222
Os(Trabalhadores(do(Conhecimento(
devem(perseguir(a(Empregabilidade(Contexto
Empregabilidade
...
Luis Vidigal – Maio 2014 223
Custo
Redundâncias
Desintegração
Incoerências
Incompatibilidades
Conflitos de Poder
Desperdíc...
Luis Vidigal – Maio 2014 224
Onde(estão(as(poupanças?(
Inputs( Outputs( Outcomes(Incomes(
Eficiência( Eficácia(
Demasiado(
R...
Luis Vidigal – Maio 2014 225
Qual(a(estratégia(para(o(futuro(
•  Economia
Crescimento%ou%Declínio?%
•  Intervenção da AP n...
Luis Vidigal – Maio 2014 226
Prioridade(
ao(Cidadão%ParJlhar(
Simplificar%
ReUuJlizar%
Integrar%
Cooperar%
Porque(é(
que(nã...
Luis Vidigal – Maio 2014 227
Minha
Iniciativa
Minha
Iniciativa
Minha
Iniciativa
Minha
Iniciativa
Esta é
para si...
Feira d...
Luis Vidigal – Maio 2014 228
Infaticídio
Tecnológico ?!
Luis Vidigal – Maio 2014 229
Contra(a(
corrente(
AJtudes%
80%(
20%(
Tecnologia(
Luis Vidigal – Maio 2014 230
Até(breve!(
vidigal.luis@gmail.com(
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Curso sobre "Inovação em Serviços Públicos" - Luís Vidigal

451 visualizações

Publicada em

Curso sobre "Inovação em Serviços Públicos", ministrado por Luís Vidigal, para dirigentes moçambicanos, nos dias 13 e 14 de Maio de 2014, ao serviço da HighScore Moçambique

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
451
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso sobre "Inovação em Serviços Públicos" - Luís Vidigal

  1. 1. Luis Vidigal – Maio 2014 Inovação(em( Serviços(Públicos( Luís%Vidigal%
  2. 2. Luis Vidigal – Maio 2014 2 Programa( 1.  Inovar%e%Comunicar% 2.  Tendências%e%perspec;vas%da%Modernização%Administra;va% 3.  Administração%Pública%Electrónica%(E"Government)% 4.  Estágios%de%Maturidade%do%e"Government+ 5.  Dados%estaNs;cos%no%Mundo%e%em%Moçambique%% 6.  Colaboração,%Interoperabilidade%e%Desmaterialização% 7.  M"Government+ 8.  Exclusão%Digital% 9.  Repensar%as%estruturas%e%os%processos% 10. Algumas%tendências%tecnológicas% 11. Segurança%na%Era%Digital% 12. Gerir%a%Mudança%e%as%TIC%na%Administração%Pública%
  3. 3. Luis Vidigal – Maio 2014 3 ( ( ( Para%além%dos%textos%de%apoio( ( ( 230(slides( para(download(em( ( http://www.slideshare.net/vidigal
  4. 4. Luis Vidigal – Maio 2014 4 Inovar(e(Comunicar%
  5. 5. Luis Vidigal – Maio 2014 5 Inovei!?( 2009 Luis Vidigal – Gestão da Inovação nos Serviços Públicos
  6. 6. Luis Vidigal – Maio 2014 6Luis Vidigal (APDSI) - 6 •  A(Inovação% não%é%apenas%fazer% coisas%diferentes%e%cria;vas% •  É(criar(valor( ouvindo%os%outros% e%aproveitando%o%que%está%feito%
  7. 7. Luis Vidigal – Maio 2014 7 O que é desejado pelos Utilizadores O que é viável para a Sociedade O que é possível com a Tecnologia Inovação(
  8. 8. Luis Vidigal – Maio 2014 8 Convergência(
  9. 9. Luis Vidigal – Maio 2014 9 Administração Pública inimiga do Cidadão e da Economia
  10. 10. Luis Vidigal – Maio 2014 10 Public Administration Administração Pública Um( Organograma( não(é(uma( Organização( Imagem( formal( Imagem( real(
  11. 11. Luis Vidigal – Maio 2014 11
  12. 12. Luis Vidigal – Maio 2014 12 Tipos(de(imagem( organizacional( Imagem Objectiva O que é Imagem Subjectiva Como é percebida Imagem Prospectiva O que deseja Imagem Global Imagem Pública Generalizada a um grupo social
  13. 13. Luis Vidigal – Maio 2014 13 Falar(ou(ouvir?( Inside-Out Media tradicionais Outside-In Social Media O Criador antecipou o poder dos Social Media ao criar duas orelhas e uma boca ! 13
  14. 14. Luis Vidigal – Maio 2014 14 O(Cliente(faz(os(produtos( 14
  15. 15. Luis Vidigal – Maio 2014 15 Tendências(e(perspecJvas(da( Nodernização(AdministraJva%
  16. 16. Luis Vidigal – Maio 2014 16 and Smart Short and Simple Um(Princípio(desde(os(anos(60( (((((Programa(Apollo)( Serviços •  Simples •  Rápidos •  Eficientes
  17. 17. Luis Vidigal – Maio 2014 17 A(Mudança(do(Contexto( para(a(Administração(Pública( Era Industrial Era da Informação Burocracia estável e centralizada Mudanças muito rápidas Gestão hierarquizada AP mais ágil / flexível Processo de trabalho tradicional Incorporação de TIC, gestão em rede Serviços de qualidade baixa Pressão da procura para serviços com mais qualidade Serviços standard One size fits all Utentes que desejam poder escolher e dispor de alternativas Serviços públicos em monopólio com capacidade de resposta lenta AP responsável perante os utentes Orçamentos em expansão Constrangimentos financeiros severos
  18. 18. Luis Vidigal – Maio 2014 18 Pressões(para(a(Mudança( da(Administração(Pública( Pressões para a melhoria da qualidade e eficácia do serviço: •  Cidadão; •  Empresas; •  Comparação com os serviços privados; •  Comparação com outras Administrações Públicas. Pressões para a redução de custos: •  Competitividade e crescimento; •  Disponibilidade para investimento. Situação Actual Situação Futura QualidadedosServiçosPrestados Eficiência no Consumo de Recursos
  19. 19. Luis Vidigal – Maio 2014 19 ((((((((Estado(Parceiro( ((((((((Governance( ((((((((New(Public(Service( Interesses do Estado Interesses do Cidadão O Estado controla O Cidadão controla Cidadão Democracia Sec XXI ((((((((((((((((Estado(NeoULiberal( (((((((((((((((Regulador( (((((((((((((((((((New(Public(Management( Cliente Negócio Anos 80 Modelos(de(Estado( Estado(Providência( Administração( Weberiana( Administrado Burocracia Anos 20 Estamos aqui
  20. 20. Luis Vidigal – Maio 2014 20 Modelos(de(Reforma(do(Estado( •  Moderada%[%diminuição%da%burocracia;%desregulamentação;%melhoria%dos% processos%%(Alemanha%–%Comissão%Europeia,%OCDE)% •  Modernizadores%[%Mudanças%no%papel%do%Estado%e%no%sistema%de% administração:%equilíbrio%resultado/orçamento;%flexibilidade%na%carreira%do% serviço%público;%priva;zação%(Finlândia,%Holanda,%Suécia,%Bélgica%e% Alemanha)% –  Grupo%I:%modernização%ges;onária%–%métodos%trabalho%e%organização% –  Grupo%II:%Modernização%par;cipa;va;%descentralização;%cidadão% •  Mercado%%–%Introdução%de%mecanismos%de%mercado%no%sector%público;% desenvolvimento%do%mercado%de%serviços%públicos;%introdução%da%gestão% empresarial%%e%%técnicos%e%gestores%do%sector%privado%%(UK,%NZ%Austrália)% •  Estado(mínimo(–%“emagrecimento”%e%limitação%das%funções%públicas% (suple;va)%priva;zação%das%funções%públicas%e%esba;mento%%das%fronteiras% público%[%privada%(face%mais%radical%de%NZ%e%Austrália)%
  21. 21. Luis Vidigal – Maio 2014 21 Tendências(da(Reforma(do(Estado( Presidência(dinamarquesa(da(UE(U(2012( IPSG(U(InnovaJve(Public(Services(Group((( •  Medidas%de%gestão%do%desempenho% e%da%austeridade%% •  Foco%no%cidadão%e%seu%envolvimento% para%melhorar%a%definição%de% prioridades% •  Digitalização(e(e"Government*para( reduzir(o(custo(
  22. 22. Luis Vidigal – Maio 2014 22 Oportunidade(da(Crise( A(crise(é(uma(coisa(terrível( para(ser(desperdiçada( % OECD (2010), Making Reform Happen - Lessons from O22ECD Countries. Online: http://www.oecd.org/site/sgemrh/46159078.pdf
  23. 23. Luis Vidigal – Maio 2014 23 O(eUGovernment(é(prioritário( para(a(Reforma(do(Estado( O%e[Government%é%visto%mais%do%que%nunca%como%o( cerne(das(reformas(do(sector(público(e%os%agentes% polí;cos%consideram[no%como%uma%ferramenta(políJca( essencial%para%permi;r%que%os%governos%façam%mais( com(menos.% As%estratégias%de%e[Government%visam%explorar%novas( eficiências,%criar%maneiras(mais(eficazes(de(trabalho%e% melhorar(a(produJvidade%no%sector%público.% OECD (2011). Government at a Glance
  24. 24. Luis Vidigal – Maio 2014 24 Nova(Gestão(Pública( New*Public*Management* (Anos*80*e*90)* “Verdadeiramente%a%primeira% revolução%na%Era%da%Informação”% % % % % % %(Donald%Keol,%1997)% Donald F. Kettl , The Global Revolution In Public Management: Driving Themes Missing Links, Journal of Policy Analysis and Management, 1997, 16: 446 Mãe e Madrasta do e-Government
  25. 25. Luis Vidigal – Maio 2014 25 CaracterisJcas(do(NPM( 1.  Entrada%no%sector%público%de%gestores(profissionais(provenientes%do% sector%privado%procurando%a%profissionalização%da%gestão%e%uma% orientação%para%as%técnicas%de%gestão;% 2.  Definição%de%medidas(e(padrões(de(desempenho(com%objec;vos% mensuráveis%e%claramente%definidos;% 3.  Preocupação%com%o%controlo(dos(resultados(salientando%a%necessidade% de%insis;r%nos%resultados%e%não%nos%processos;% 4.  Desagregação(de(unidades(do(sector(público(dividindo%grandes% estruturas%em%unidades%mais%pequenas%recorrendo%a%formas%inovadoras% de%organização%das%ac;vidades;% 5.  Introdução%da%concorrência(no(sector(público,%recorrendo%à% contratação,%procurando%baixar%custos%e%melhorar%a%qualidade%da% prestação%dos%serviços;% 6.  Ênfase%nos%esJlos(e(práJcas(de(gestão(privada,%introduzindo%modelos% capazes%de%flexibilizar%a%gestão;% 7.  Preocupação%com%a%disciplina(e(parcimónia(na(uJlização(de(recursos,% cortando%nos%custos%e%procurando%maior%eficiência%na%u;lização%dos% recursos.% Hood, Christopher (1991). A Public Management for All Seasons? Public Administration, pp. 3-19.
  26. 26. Luis Vidigal – Maio 2014 26 Agências,(Mercados(e(Parcerias( Mais Autonomia Mais Controlo e Responsabilização Sim, mas… GEERT BOUCKAERT Performance Measurement and Budgeting in the Public Sector Towards a Comprehensive Reform of Public Governance. Lisboa, January 28th, 2013
  27. 27. Luis Vidigal – Maio 2014 27 Fases(da(Reforma(entre(1980s(e(2000s( Experiência(da(Austrália( Dimensão(da( Reforma( Managerialism( New(Public( Management( Governance( centrada(no(Estado( Conceito(central( Management% Mercado% Coordenação% Foco(da(Reforma(–( Serviços(públicos( core( Melhoria%da%gestão% financeira% Outsourcing% Totalidade%da% administração% pública% Foco(da(Reforma(–( Sector(público( externo( Empresarialização% Empresas%estatais% Priva;zação% Publico/privado% Racionalização%da% governança% corpora;va% Tendências(gerais( Mudança%de% paradigma%para% gestão%por% resultados% Devolução% Desagregação% Integração%central% e%fortalecimento% Tendências( públicoUprivado( Importação%de% técnicas%do%sector% privado% Exportar%a;vos%e% funções% Renovação%do% sector%público% John Halligan Reform of Public Sector Governance in Australia Towards a Comprehensive Reform of Public Governance. Lisboa, 28-30 January 2013 Tradução: Luís Vidigal (2013)
  28. 28. Luis Vidigal – Maio 2014 28 Recentralização(em(tempo(de(crise( Público Privado Centralização Autonomia Integração central e fortalecimento do Estado
  29. 29. Luis Vidigal – Maio 2014 29 Recentralização(em(tempo(de(crise( Público Privado Centralização da Informação Autonomia e Responsabilização
  30. 30. Luis Vidigal – Maio 2014 30 Uma(escolha(a(escruJnar( Público Privado Centralização da Informação Autonomia e Responsabilização Opção Política
  31. 31. Luis Vidigal – Maio 2014 31 Processo Público ParJlhar(recursos(com(a(sociedade( Coprodução privada Opção Política e Social •  Na Saúde •  Na Educação •  Na Justiça •  Na Proteção Social •  Na Segurança •  etc. Quebra de Solidariedade
  32. 32. Luis Vidigal – Maio 2014 32 Opções(de(Eficiência( 32 Os(recursos( (inputs)( diminuem(e(os( outputs( aumentam(( Os(recursos( mantémUse( na(mesma(e( os(outputs( aumentam(( Os(recursos( aumentam(mas(os( outputs( aumentam(ainda( mais( Os(outputs( mantémUse( mas(os(recursos( diminuem( Os(outputs( diminuem(mas( os(inputs( diminuem( ainda(mais( Pollio%and%Bouckaert%(2011)%%OJmista( Outcomes%e%Eficácia% Pessimista( Outputs%e%Eficiência% AutomaJzação(do(Estado( Crescimento -85% Redução(do(Estado( •  Redução%de%efe;vos% •  Redução%de%salários%e%pensões% •  Venda%de%a;vos% Estado Austeridade
  33. 33. Luis Vidigal – Maio 2014 33 •  Adopção%por%parte%dos%cidadãos%% •  Acesso%à%internet%ou%aos%telemóveis% •  Grupos%mais%vulneráveis% •  Serviços%mul;[canal% •  “One%Stop%Shop”% •  Sustentabilidade%ambiental% Grandes(Orientações(da(UN( United Nations E-Government Survey 2012
  34. 34. Luis Vidigal – Maio 2014 34 •  Desenvolvimento% From+“readiness”+to+“maturity”++ •  U>lização+ Ci9zen"centric+approach++ •  Transparência% “Open+government”++ •  Novos(canais% Web+2.0,+M"Gov+ + Tendências(
  35. 35. Luis Vidigal – Maio 2014 35 Tecnologias(para(quê?( “Eu*quero*que*perguntemos*todos*os*dias,* como*é*que*estamos*a*usar*as*tecnologias*para* melhorar*efe>vamente*a*vida*dos*cidadãos.”* * * * * *Presidente*dos*EUA*Barack*Obama*% %DIGITAL GOVERNMENT: Building a 21ST Century Platform to Better Serve the American People 23 de Maio, 2012
  36. 36. Luis Vidigal – Maio 2014 36 Princípios(Estratégicos( •  Centrados( na( Informação( (“Informa>on"Centric”)% Deixar% de% ter% uma% abordagem% orientada% aos% “documentos”% para% passar% a% gerir% dados% e% conteúdos%que%podem%ser%indexados,%par;lhados,%garan;dos,%misturados%e% apresentados%de%uma%forma%que%seja%mais%ú;l%para%o%u;lizador;% •  Plataforma(ParJlhada((“Shared*PlaSorm”)([%Trabalho%colabora;vo,%intra%e% interorganizacional,% reduzindo% custos,% desobstruindo% processos,% aplicando% normas% e% assegurando% consistência% na% forma% como% se% cria% e% distribui% informação;% •  Centrados( no( Cidadão( (“Customer"Centric”)( U( Influencia% o% modo% como% criamos,% gerimos% e% apresentamos% os% dados% através% dos% sí;os% Web,% aplicações% móveis,% dados% em% bruto% e% outras% formas% de% distribuição,% permi;ndo% aos% u;lizadores% configurar,% par;lhar% e% consumir% informação% quando%e%como%eles%quiserem;% •  Segurança*e*Privacidade*(“Security*and*Privacy”)%Assegura%que%a%inovação% aconteça% de% modo% seguro,% usando% os% serviços% digitais% para% proteger% a% informação%e%a%privacidade.% DIGITAL GOVERNMENT: Building a 21ST Century Platform to Better Serve the American People - 23 de Maio, 2012
  37. 37. Luis Vidigal – Maio 2014 37 Princípios(chave(do(eUGovernment( Irlanda(–(2012U2015( •  As%necessidades(dos(cidadãos(e%das%empresas%estão%no%centro%do%e[ Government;% •  Os%serviços%públicos%devem%ser%facultados%através%dos%canais(mais( adequados;% •  O%e[Government%deve%reduzir(os(encargos(administraJvos%para%os% cidadãos%e%empresas;% •  Os%projetos%de%e[Government%devem%refle;r%melhorias(nos( processos,%garan;ndo%efe;vamente%ganhos(de(eficiência,(eficácia(e( retorno(do(invesJmento;% •  Os%organismos%devem%trabalhar%para(assegurar(que(o(canal(digital( seja(a(opção(mais(atraente%para%os%cidadãos.% República da Irlanda - Supporting Public Service Reform: eGovernment 2012 – 2015
  38. 38. Luis Vidigal – Maio 2014 38 Mudar(a(Administração( parJndo(do(serviço( 1. Introduzir%uma%cultura(de(simplificação( 2. Fazer%com%que%a%mudança%na%forma%de% prestação%do%serviço%produza(impactos% na%sua%organização% 3. Olhar%para%a%procura%e%es;mular%a% parJcipação%dos%utentes%
  39. 39. Luis Vidigal – Maio 2014 39 Cultura(de( Simplificação( Uma prioridade para a a Administração Pública
  40. 40. Luis Vidigal – Maio 2014 40 Níveis(de(Simplificação(do(SIMPLEX( •  SIMPLIFICAÇÃO(PREVENTIVA% (ex"ante)+ –  Teste(Simplex%(PCM)% •  SIMPLIFICAÇÃO(CORRECTIVA((ex"post)( –  333(Medidas(em(2006((UCMA)% –  235(Medidas(em(2007%(UCMA)% –  189(Medidas(em(2008%(SEMA)% –  200(Medidas(em(2009%(SEMA)% –  129(Medidas(em(2010%(SEMA)%
  41. 41. Luis Vidigal – Maio 2014 41 Teste(SIMPLEX( Simplificação(PrevenJva((ex"ante)( 1.  Caracterização%da%inicia;va% 2.  Encargos%administra;vos% 3.  CompaJbilidade(com(a(AP(Electrónica( – U;lização%de%Formulários%Electrónicos% – Per;nência%e%atualidade%dos%dados%pedidos% – Vias%de%comunicação% – Pontos%únicos%de%recolha%e%acesso% 4.  Consolidação%norma;va%e%avaliação% Luis Vidigal (APDSI) - 41
  42. 42. Luis Vidigal – Maio 2014 42 ObjecJvos(SIMPLEX( SIMPLIFICAÇÃO(CORRECTIVA(( •  Resposta(pronta(e(eficaz(às(necessidades(dos% cidadãos%e%das%empresas% •  Aumentar(a(confiança(dos%cidadãos% •  Permi;r%às%empresas%obter(mais(rapidamente( licenças%e%autorizações%e%cumprir%outras% formalidades% •  Facilitar%a%racionalização%e%a%eficiência%da% própria%Administração%Pública% •  Favorecer%a%compeJJvidade%de%Portugal%
  43. 43. Luis Vidigal – Maio 2014 43 Os(Princípios(da(Simplificação( •  Deixar%o%cidadão%escolher%entre%pagar%uma% segurança%acrescida%ou%u;lizar%formas%mais% simples(e(mais(baratas%% •  Fazer%com%que%as%exigências%burocrá;cas% sejam%proporcionais(ao(risco%% •  Não(solicitar%informação%desnecessária% •  ParJlhar%informação%disponível%na%AP%
  44. 44. Luis Vidigal – Maio 2014 44 Um(exemplo(de(parJlha( •  Novo%modelo%de%prestação%de%informação%e%contas%que%permite%às% empresas%a%sua%apresentação%por(via(informáJca,(num(único(ponto% e(de(uma(só(vez.% •  Neste%processo%incluem[se(declarações(obrigatórias,% designadamente%no%âmbito%das%Finanças,%do%Trabalho%e%da%Segurança% Social,%mas%também%a%recolha%de(informação(para(fins(estansJcos,% com%a%consequente%eliminação%de%um%conjunto%de%inquéritos%feitos,% entre%outros,%pelo%Banco%de%Portugal%e%pelo%Ins;tuto%Nacional%de% EstaNs;ca.% Arranque%em%2006%para%ser%enviada%em%2007% % INFORMAÇÃO EMPRESARIAL SIMPLIFICADA
  45. 45. Luis Vidigal – Maio 2014 45
  46. 46. Luis Vidigal – Maio 2014 46 Uma(estratégia(conjugada(
  47. 47. Luis Vidigal – Maio 2014 47 Balcão(Único(
  48. 48. Luis Vidigal – Maio 2014 48 Mais%próximo%de%quem%precisa%
  49. 49. Luis Vidigal – Maio 2014 49 Administração(Pública(Electrónica(( eUGovernment%
  50. 50. Luis Vidigal – Maio 2014 50 Todosos cidadãos Com%Segurança( A%qualquer%Hora( Em%qualquer%Lugar( Acesso(à(Informação(e( a(Serviços(Electrónicos(
  51. 51. Luis Vidigal – Maio 2014 51 Eficácia Eficiência Transparência Poupança Rapidez e-Gov O(que(se(espera(do(eUGovernment( Confiança Usabilidade Mobilidade Disponibilidade Democracia
  52. 52. Luis Vidigal – Maio 2014 52 O quê? Transformação das relações internas e externas do sector público Como? ...através de operações na Internet e TIC... e-Government ...para optimizar a prestação de serviços públicos, a participação democrática e os processos internos... Para quê? Políticas, leis e regulações que suportam a sociedade da informação e o e-Government Esquema regulador Infra-estruturas Educação e Formação Desenvolvimento Económico IT Governance Sociedade da Informação Avanços na adopção da economia interconectada
  53. 53. Luis Vidigal – Maio 2014 53 Os(relacionamentos(decorrentes( do(eUGovernment( Administração Pública Organismo Organismo Organismo Organismo Fornecedores E-Procurement Empresas Cidadãos G2C Funcionários
  54. 54. Luis Vidigal – Maio 2014 54 Estágios(de(Maturidade(do(eUGovernment%
  55. 55. Luis Vidigal – Maio 2014 55 Dimensões(do(eUGovernment( Serviços de Informação Serviços de Comunicação Serviços Transaccionais Vida do dia a dia Informação sobre Trabalho, Habitação, Educação, Saúde, Cultura, Transporte, Ambiente, etc. Forum de discussão relacionado com assuntos quotidianos. Anúncios de casas e empregos. . Reserva de bilhetes Registo em cursos. Tele-Administração Directório de serviços públicos Guia de procedimentos administrativos Registos públicos e bases de dados. Correio electrónico com os funcionários públicos. . Preenchimento e envio electrónico de formulários. Participação política Leis, discussões parlamentares, programas políticos, documentos para consulta pública. Informação de apoio ao processo de decisão política. . Forum de discussão sobre assuntos políticos Correio electrónico com os políticos. Referendos. Eleições. Sondagens. Petições. Aichholzer et al. (1998: 4) and European Commission (COM (1998) 585: 8).
  56. 56. Luis Vidigal – Maio 2014 56 As(6(fases(da(Deloire( Deloitte Research (2000). At the Dawn of e-Government: The Citizen as Customer. New York, Public Sector Institute.
  57. 57. Luis Vidigal – Maio 2014 57 As(4(fases(de(Maturidade( da(AP(Electrónica(na(EU((Desenvolvimento Online Informação Interacção num só sentido download de formulários Interacção nos dois sentidos Transacção Resolução plena de problemas eEurope – Online Avaibility of Public Services (Capgemini)
  58. 58. Luis Vidigal – Maio 2014 58 Os(4(clusters(dos(20(serviços(eEurope((
  59. 59. Luis Vidigal – Maio 2014 59 Estágios(de(Maturidade(na(UE(
  60. 60. Luis Vidigal – Maio 2014 60 Comparação(entre(os(estágios(de(maturidade(do(e"government( Nível 1 Nível 2 Nível 3 Nível 4 Nível 5 Nível 6 Layne & Lee (2001) Catálogo Transacção Integração vertical Integração horizontal Baum & Di Maio (2000), Gartner Presença Interacção Transacção Transformação Ronaghan (2001), United Nations & ASPA (2002) Presença emergente Presença alargada Interactiva Administração transaccional Inter- operabilidade contínua (Seamless) Hiller & Bélanger (2001) Disseminação da informação Comunicação nos dois sentidos Integração Transacção Participação Wescott (2001) E-mail e rede interna Promover o acesso público e inter- organizacional à informação Comunicação nos dois sentidos Troca de valor Democracia digital Joined-up government Adaptado de Coursey & Norris (2008)
  61. 61. Luis Vidigal – Maio 2014 61 Estamos aqui Estágios(de(maturidade(do(e"government(( Presença na Web Interacção Transacção Transformação e-Democracia Salto Tecnológico Salto Tecnológico Salto Cultural Salto Político Automatização dos serviços que existem Transformação dos serviços da AP Tempo / Complexidade / IntegraçãoTempo / Complexidade / Integração Benefícios/Custos Adaptado de Siau & Long (2005)
  62. 62. Luis Vidigal – Maio 2014 62 Desdobramento(do(nível(Conectada( Conectada% Transacional% Alargamento% Presença%na%Web% Ubiqua( Extra(Gov( Inter(Gov( Intra(Gov( EA As Platform for Connected Government | Phase 1 Report © National University of Singapore - Institute of Systems Science (2010) 2010 2001
  63. 63. Luis Vidigal – Maio 2014 63 SofisJcação(dos(Serviços((UE27+)(
  64. 64. Luis Vidigal – Maio 2014 64 1º(lugar(na(Europa( em(eUGovernment(
  65. 65. Luis Vidigal – Maio 2014 65 Maturidade%do%e[Government% Modelo%Tridimencional% 65 Integração Interoperabilidade Cooperação Ponto de Excelência do e-Government Transformação Personalização Ponto de Partida Maturidade dos Serviços Transação end-to-end Dimensão( Tecnológica( Dimensão( Social( Dimensão( PolíJca(
  66. 66. Luis Vidigal – Maio 2014 66 Factores(críJcos(de(sucesso(para(o(eUGov( •  A*coherent*Na>onal*Informa>on* Infrastructure*(NII)*% •  Inter"departmental*coordina>on*and*related* policies*% •  Poli>cal*support,*government*vision*and* strategy,*and*suppor>ng*legisla>on*% •  Good*governance*frameworks*and*prac>ces*% •  Change*management*strategy*% Prananto, Adi and Sue McKemmish (2007). Critical Success Factors for the Establishment of e- Government: A Critical Analysis of the Indonesian Cabinet Secretariat’s Legal Document Retrieval System (LDRS) Project. PACIS 2007 Proceedings
  67. 67. Luis Vidigal – Maio 2014 67 eUGov(em(Moçambique( Um Plano excelente em qualquer parte do mundo
  68. 68. Luis Vidigal – Maio 2014 68 O(percurso(
  69. 69. Luis Vidigal – Maio 2014 69 Alinhamento(com(a(Reforma(do(Estado( PARPA - Plano de Acção para a Redução da Pobreza Absoluta
  70. 70. Luis Vidigal – Maio 2014 70 Dados(estansJcos( No%Mundo%e%em%Moçambique%
  71. 71. Luis Vidigal – Maio 2014 71 EUGovernment( no(Mundo( http://www2.unpan.org/egovkb/ global_reports/12report.htm
  72. 72. Luis Vidigal – Maio 2014 72 2012( Top(20( Índice(eUGovernment( Índice(de(eUParJcipação( País% Indice% País% Indice% Republic%of%Korea%% 0.9283% Netherlands% 1.0000% Netherlands%% 0.9125% Republic%of%Korea% 1.0000% UK%and%Northern%Ireland% 0.8960% Kazakhstan% 0.9474% Denmark% 0.8889% Singapore% 0.9474% United%States% 0.8687% UK%and%Northern%Ireland% 0.9211% France% 0.8635% United%States% 0.9211% Sweden% 0.8599% Israel% 0.8947% Norway%% 0.8593% Australia% 0.7632% Finland% 0.8505% Estonia% 0.7632% Singapore% 0.8474% Germany%% 0.7632% Canada% 0.8430% Colombia% 0.7368% Australia%% 0.8390% Finland% 0.7368%% New%Zealand% 0.8381% Japan% 0.7368% Liechtenstein% 0.8264% United%Arab%Emirates% 0.7368%% Switzerland% 0.8134% Egypt% 0.6842% Israel% 0.8100% Canada% 0.6842% Germany% 0.8079% Norway% 0.6842% Japan% 0.8019% Sweden% 0.6842% Luxembourg% 0.8014% Chile% 0.6579% Estonia% 0.7987%% Russian%Federa;on% 0.6579%
  73. 73. Luis Vidigal – Maio 2014 73 O(eUGovernment( nos(países(da(África( Oriental(
  74. 74. Luis Vidigal – Maio 2014 74 Índice(de(desenvolvimento(do(eUGov( 1⁄3 Serviços Online + 1⁄3 Índice de Telecomunicações + 1⁄3 Índice de Capital Humano 193 estados 2012 EGDI =
  75. 75. Luis Vidigal – Maio 2014 75 Serviços(Online( IV III II I Moçambique
  76. 76. Luis Vidigal – Maio 2014 76 Telecomunicações( Moçambique
  77. 77. Luis Vidigal – Maio 2014 77 Capital(Humano( Moçambique
  78. 78. Luis Vidigal – Maio 2014 78 27º em 31 Índice 0.1316 Moçambique ParJcipação(
  79. 79. Luis Vidigal – Maio 2014 79 Ambiente( Índice 0.5294 Moçambique
  80. 80. Luis Vidigal – Maio 2014 80 Índice(de(acesso(às(telecomunicações( Índice% U;lizadores% Internet% Linhas%telefónicas% fixas% Subscritores%de% telemóveis% Subscritores%de% Internet%fixa% Banda%larga% fixa% 0,0443% 4,17%% 0,38%% 30,88%% 0,06%% 0,06%% Índice(de(Serviços(Online( Índice% Estágio%I% Estágio%II% Estágio%III% Estágio%IV% Total% 0.3660%% 100%% 45% % 8%% 30%% 32%% Índice(de(Capital(Humano( Índice(de(ParJcipação( Índice(Ambiental( Valor%do%Serviço% Online% Literacia% adulta% Alunos% matriculados% 27º%em%31% 0.4255% 55.06%% 58.77%% 0.1316%% 0.5294%% Índice(Desenvolvimento(de(eUGovernment( Ranking% Índice%EGDI% Serviços%Online% Telecomunicações% Capital%Humano% 158( 0.2786% % 0.3660%% 0.0443%% 0.4255%% 193 países membros das UN IV III II I2012(U(EGDI(U(Moçambique(
  81. 81. Luis Vidigal – Maio 2014 81 Evolução(do(eUGov(em(África(
  82. 82. Luis Vidigal – Maio 2014 82 •  Votações% •  Inquéritos% •  Newsgroups% •  Blogues% •  Chat% •  Outros% Interacção(online(com(o(cidadão( Número de países Boas%pá;cas%moçambicanas% •  Educação%[%hop://www.%mec.gov.mz% •  Saúde%[%hop://%www.misau.gov.mz% Boas%prá;cas%no%Mundo% •  Bolívia% •  Brasil% •  Hungria% •  Panamá% Número(de( países( ( %( Funcionários%respondem%aos%cidadãos% 38% 20% Funcionários%moderam%consultas%online% 17% 9% Quadros%no;ciosos% 76% 39% Foruns%de%discussão% 78% 40% Pe;ções%online% 42% 22% Votações%online% 18% 9%
  83. 83. Luis Vidigal – Maio 2014 83 Colaboração,( Interoperabilidade( e(Desmaterialização%
  84. 84. Luis Vidigal – Maio 2014 84 A Organização" Alargada" Beneficiário" Individual " A organização
 como Equipa" Táctico" Âmbto das TI ou iniciativas do negócio" Estratégico" b" Inovação! Conectividade! Produtividade! Colaboração! Progredir(para(Inovar(com(as(TI( (Gartner, 2005)"
  85. 85. Luis Vidigal – Maio 2014 85 Morte Euforia Desilusão Maturidade Adaptado do Gartner
  86. 86. Luis Vidigal – Maio 2014 86Simplicidade na Comunicação e nos Processos Administrativos / | Luís Vidigal 86 Para(além(do(EUGovernment( Hype(Cycle(do(Gartner( Prioridades para a Maturidade • Interoperabilidade • Estratégias Multi-canal • Arquitectura de Empresa • Reengenharia do Back-office • Medida do Desempenho
  87. 87. Luis Vidigal – Maio 2014 87 Interoperabilidade?(
  88. 88. Luis Vidigal – Maio 2014 88 Interoperabilidade?( base from Mikael Erlandsson Dialog med kommunen/andra vård-grannar Gemensam uppslutning kring mål Oh!%Você% também%está%a% desenvolver% esse%sistema?%
  89. 89. Luis Vidigal – Maio 2014 89 Administração(em(Rede?( Interoperabilidade?( Organizacional Peopleware (Vontades) Informacional / Semântica Infoware (Língua) Tecnológica Software e Hardware (infra-estrutura) É aqui que tudo falha
  90. 90. Luis Vidigal – Maio 2014 90 Interoperabilidade( Interoperabilidade Semântica Interoperabilidade Tecnológica Interoperabilidade Organizacional Processo Básico Cidadãos Empresas
  91. 91. Luis Vidigal – Maio 2014 91 Holes+in+the+Whole+of+Government+ Os%buracos%na%totalidade%do%Estado% 300 5 300 5 Velocidade(de(caracol( Sistemas de Informação da AP - Luís Vidigal 2014 91
  92. 92. Luis Vidigal – Maio 2014 92 Novas(Estruturas(/(Novas(Relações( Putting Citizens First OCDE
  93. 93. Luis Vidigal – Maio 2014 93 Uma(visão(alargada(e(horizontal(dos(serviços(públicos( Uma(luta(entre(a(realidade(do(“ser”(e(a(normaJvidade(do(“dever(ser”( Ministro 1 Ministro 2 Ministro 3 Ministro n Estágios de Maturidade do e-Government Andersen & Henriksen (2006) Layne & Lee (2001) Dep.%A% Dep.%C% Dep.%n% NPM fechado Empreserialismo Que Estratégia? Que Liderança? Que Financiamentos? Públicos( Eventos(de(Vida( x x x x% x x x x% x x x x% x x x x% x x x x% x x x x% Realidade do "Ser” (Fechada) Normatividadedo“DeverSer”(Partilhada) “Consultocracia” fechada Denis Saint Martin (2000; 2007) Dep.%B% Co-Produção de Valor John Alford (2009) 93 “Holes of the Whole” Tempo Custo Qualidade
  94. 94. Luis Vidigal – Maio 2014 94 Estruturas(e(Processos( Estruturas Processos In Out
  95. 95. Luis Vidigal – Maio 2014 95 Fim(às(CerJdões!!!( Tem que me trazer uma prova de quem é você Tem que me trazer uma prova de que não nos deve nada Uma Certidão é um toque a uma Base de Dados Peça Informação uma só vez e utilize-a muitas vezes
  96. 96. Luis Vidigal – Maio 2014 96 Labirinto( 96 A irracionalidade do Estado alimenta muitos “negócios” privados sem acrescentar valor à economia
  97. 97. Luis Vidigal – Maio 2014 97 O(Tempo(é(amigo(de(muitos( “negócios”(privados( 97 Tempo Corrupção
  98. 98. Luis Vidigal – Maio 2014 98 A(informaJzação(nem(sempre(é(a(solução( Luis Vidigal (APDSI) - 98
  99. 99. Luis Vidigal – Maio 2014 99 Licenciamento(Zero( Não(se(trata(de(acabar(com(os( licenciamentos,( mas(sobretudo(quesJonáUlos(e( aceleráUlos(eletronicamente( Luis Vidigal (APDSI) - 99
  100. 100. Luis Vidigal – Maio 2014 100 DesburocraJzação( 100 Procedimentosburocráticos Garantias do Estado e da Sociedade Zona de Risco E-Government Aceleração electrónica Com •  Menos Tempo •  Menos Custo •  Mais Qualidade
  101. 101. Luis Vidigal – Maio 2014 101 Transparência(e(simplicidade( 101 Sabe como fazer? Então faça! O que quer fazer? Quem é você?
  102. 102. Luis Vidigal – Maio 2014 102 Remover(as(arbitrariedades( A verdadeira lei é o algorítmo Recuperar •  Accountability •  Coordenação •  Transparência •  Equidade •  Imparcialidade New Weberian e post NPM 102
  103. 103. Luis Vidigal – Maio 2014 103 Da incerteza do Mais ou Menos à certeza do Sim ou Não Remover%as%arbitrariedades% 103
  104. 104. Luis Vidigal – Maio 2014 104 Regras(claras(e(objeJvas( 104
  105. 105. Luis Vidigal – Maio 2014 105 Transparência(em(tempo(real( 105 Não Sim
  106. 106. Luis Vidigal – Maio 2014 106 Clareza(e(transparência( 106
  107. 107. Luis Vidigal – Maio 2014 107 -85% É(di}cil(mas(compensa...( 107 •  IdenJficar(eventos( •  Analisar( •  Simplificar( •  Redesenhar( •  ParJlhar( •  Contextualizar( •  AutomaJzar( •  Apresentar( Da Administração Pública •  Simplicidade( •  Clareza( •  Personalização( •  Rigor( •  Transparência( •  Equidade( •  Rapidez( •  Economia( para a Sociedade
  108. 108. Luis Vidigal – Maio 2014 108 E(porque(não(também?( 108 Justiça Ambiente etc, etc, etc… Compras
  109. 109. Luis Vidigal – Maio 2014 109109 Se existe lógica e rigor na legislação, existe certeza e transparência na decisão Porque não deixar a máquina decidir em 80% dos casos?
  110. 110. Luis Vidigal – Maio 2014 110 Inicío Exemplo(do(Estudo( Casa(na(Hora ( Análise(do(Processo(Actual( $ Câmara Municipal Predial Notários Instituições Bancárias Tribunal 6 1 2 3 45 7 8 9 10 11 12 13 ! Pedido de Cert. Teor ! Pedido Cadern. Predial ! Licença Hab / Const ! Falência! Crédito ! Reg. Prov. Aquisição e Hipoteca ! Cert. Direito Preferência ! Cert. Direito Preferência ! Pedido Cadern. Predial ! Pagamento/Isenção IMT ! Escritura ! Registo Definitivo ! Planta Autenticada ! Pagamento/Isenção IMI 13 passos
  111. 111. Luis Vidigal – Maio 2014 111 Exemplo(do(Estudo( Casa(na(Hora ( Processo(Futuro* $ Câmara Municipal Predial Notários Instituições Bancárias Tribunal 1 ! Pedido de Cert. Teor ! Pedido Cadern. Predial ! Licença Hab / Const ! Falência! Crédito ! Reg. Prov. Aquisição e Hipoteca ! Cert. Direito Preferência ! Cert. Direito Preferência ! Pedido Cadern. Predial ! Pagamento/Isenção IMT ! Escritura ! Registo Definitivo ! Planta Autenticada ! Pagamento/Isenção IMI 3 passos
  112. 112. Luis Vidigal – Maio 2014 112 MUGovernment%
  113. 113. Luis Vidigal – Maio 2014 113 Mobilidade( •  Utilizadores •  Serviços •  Equipamentos Espaço Tempo Contexto (Local e Hora certos)
  114. 114. Luis Vidigal – Maio 2014 114 Exemplos(de(mUGovernment( •  Avisos de pagamento de impostos •  Pagamento de impostos •  Cotação de certificados de Dívida Pública •  Despachos aduaneiros •  Marcação e confirmação de consultas em Centros de saúde via SMS •  Receber resultados de análises •  Aviso de procedimentos em caso de doenças (pandemias) •  Aviso de tomada de medicamentos Saúde Finanças •  Previsões meteorológicas •  Alerta de catástrofes eminentes •  Abandono de veículos e sua localização •  Envio de ocorrências e fotos de crimes ambientais •  m-Voting •  Acompanhamento do estado de pedido de Cartão Cidadão •  Estado dos processos judiciais •  Aviso a testemunhas Justiça Ambiente anytime anywhere real-time
  115. 115. Luis Vidigal – Maio 2014 115 Exemplos(de(mUGovernment( •  Denuncia de um crime •  Participação de ocorrências •  Alerta de actos terroristas •  Procura de pessoas desaparecidas •  Situação de processos de licenciamento •  Pagamento e aviso de estacionamentos •  Avisos de trânsito e estado de vias públicas municipais Autarquias Criminalidade •  Roteiros turísticos e agenda cultural •  m-Portal culturais (http:// m.culturaonline.pt) •  Descrição contextual de monumentos •  Compra e reserva de lugares em eventos •  Aviso de início de matrículas escolares •  Avisos de entrega e pedidos de renovação de livros em bibliotecas •  Aviso de colocação de professores e alunos Educação Turismo / Cultura sms Internet e-mail
  116. 116. Luis Vidigal – Maio 2014 116 mUGov:(Bene}cios( m-Gov Benefícios Transparência de actuação Contextualização Redução de Custos Eficiência e Produtividade Ubiquidade Democraticidade
  117. 117. Luis Vidigal – Maio 2014 117 mUGov:(Riscos( m-Gov Riscos Usabilidade Qualidade da Info Transmitida Segurança Standardização de Processos Sincronização multicanal Inoportunidade
  118. 118. Luis Vidigal – Maio 2014 118 Exclusão(Digital%
  119. 119. Luis Vidigal – Maio 2014 119 Inclusão(Social( Novas(Prioridades(para(o(e"Government* ... C B AZ Y X ... From e-Government to e-Inclusion Nações Unidas (2005) Mediadores de Cidadania
  120. 120. Luis Vidigal – Maio 2014 120 Infoexclusão(
  121. 121. Luis Vidigal – Maio 2014 121 Fratura(((((((Digital(
  122. 122. Luis Vidigal – Maio 2014 122 Mapa da Fratura Digital Digital Access Index (DAI)
  123. 123. Luis Vidigal – Maio 2014 123 Índice(de(Acesso(Digital((DAI)( •  Infraestrutura% –  Ligações%fixas%e%móveis% •  Poder(de(Compra( –  Preço%/%Rendimento% •  Conhecimento% –  Literacia%e%escolaridade% •  Qualidade% –  Largura%de%banda%e%subscritores% •  UJlização% –  U;lizadores%da%Internet%
  124. 124. Luis Vidigal – Maio 2014 124 População(e(Acesso(à(Internet( vis4.net Mais de 80 mil locais da População Mais de 350 mil locais de endereços IP
  125. 125. Luis Vidigal – Maio 2014 125 Uma(estratégia(global...( Fratura Digital Formação e Emprego Escolas Bibliotecas e Espaços Internet Tecnologia Estado Associações e ONGs Prioridades Serviços e-Gov Empregos Digitais Competências Formação de Adultos Reintegração Incentivos Financiamento Acesso Mobilização Social Financiamento Reintegração Voluntariado Competências Formação de Adultos Reintegração Curricula Laboratórios Conteúdos Ensino / Aprendizagem Acesso Voluntariado Acesso Conteúdos Serviços Voluntariado Banda Larga WiFi Couds Laboratórios Empresas Media Empregos Digitais Competências Formação de Adultos Reintegração Conteúdos Serviços Acesso Mobilização Social
  126. 126. Luis Vidigal – Maio 2014 126 Repensar(as(estruturas(e( os(processos(
  127. 127. Luis Vidigal – Maio 2014 127 Temos(de(abrir(a( Caixa(de(Pandora ( e(resolver(de(facto(os(problemas( Informação Incoerente Conflitosde Poder Defesa de Territórios Desperdício de Recursos Falta de Digitalização Desintegração de Sistemas etc., etc., etc,,…. Como na Mitologia, depois esperamos encontrar a Esperança
  128. 128. Luis Vidigal – Maio 2014 128 ConJnuamos(a(construir(castelos( em(vez(de(serviços(
  129. 129. Luis Vidigal – Maio 2014 129 Silos(VerJcais( Cheios(de(Poder(e(Vaidade(
  130. 130. Luis Vidigal – Maio 2014 130 Silos(Horizontais( Cheios(de( Gordura (e(Desperdício(
  131. 131. Luis Vidigal – Maio 2014 131 Recursos e Serviços Comuns (SOA) ParJlha(de(Dados(e(Serviços( Administração*em*Rede * Taeritório Pessoas Empresas Veículos
  132. 132. Luis Vidigal – Maio 2014 132 Precisamos(de(algumas(espinhas( mas(de(poucos(Peixes( Sinergias Horizontais Prioridade ao Cidadão €
  133. 133. Luis Vidigal – Maio 2014 133 Necessidade(de(Mudar( •  Abrir as aplicações actuais à cooperação com outras entidades que tratam informação relevante para os cidadãos e as empresas. •  As actuais aplicações terão que ser migradas para novas plataformas e novas arquitecturas mais abertas e capazes de interagir com sistemas de terceiros.
  134. 134. Luis Vidigal – Maio 2014 134 Está(meio(cheio(ou(meio(vazio?(
  135. 135. Luis Vidigal – Maio 2014 135 Repositórios(únicos(e(Processos(Básicos( Construção(de(uma(Casa(( Criação(de(uma(Empresa( Nascimento(de(um(Filho( Morte(de(um(Familiar( Compra(de(Casa( Obter(um(subsídio(da(Segurança(Social( Compra(de(Carro( Pessoas( Empresas( Território( Prédios( Veículos(
  136. 136. Luis Vidigal – Maio 2014 136 Eventos(de(vida( http://www.portaldogoverno.gov.mz
  137. 137. Luis Vidigal – Maio 2014 137 ( È(preciso(evitar( as( MúlJplas(faces( para(a(mesma( pessoa(
  138. 138. Luis Vidigal – Maio 2014 138
  139. 139. Luis Vidigal – Maio 2014 139 Fraude •  Precariedade% dos%Recursos% Humanos% % •  Complexidade –  Legisla;va% –  Organizacional% –  Tecnológica% The Economist Intelligence Unit – 2007 892 executivos de topo 1º 2ºSimplifique( Não(Complique(
  140. 140. Luis Vidigal – Maio 2014 140 Confiança e Segurança •  Simplicidade •  Clareza •  Transparência •  Responsabilidade •  Vinculação ao Serviço Público •  Auditabilidade
  141. 141. Luis Vidigal – Maio 2014 141 CRUD( • C%–%Create% • R%–%Retrieve% • U%–%Update% • D%[%Delete%
  142. 142. Luis Vidigal – Maio 2014 142 •  Processo%A% •  Processo%B% •  Processo%C% •  …% •  Processo%n% • Nome% • Número% • Sexo% • Data%Nascimento% • Nacionalidade% • Naturalidade% • Filiação% • Morada% • xxx% • yyy% C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C C Diagrama de CRUD
  143. 143. Luis Vidigal – Maio 2014 143 Consistência e Qualidade dos Dados •  Processo%A% •  Processo%B% •  Processo%C% •  …% •  Processo%n% • Nome% • Número% • Sexo% • Data%Nascimento% • Nacionalidade% • Naturalidade% • Filiação% • Morada% • xxx% • yyy% C U R D C R D U C U D R C D R R C U R D C U R D C R R D R C U U R U C U R U U C Matrícula
  144. 144. Luis Vidigal – Maio 2014 144 Um(Moçambique(para(Todos ( Cadastro(MulJUFuncional% Proprietário Valor Tributável Endereços Serviços de Utilidade Pública Representação geo-espacial única Census Estatístico
  145. 145. Luis Vidigal – Maio 2014 145 SIMPLEX(a(três(dimensões( •  Ver(os(processos(para(além(de(um(só(departamento,(Ministério(ou(nível(de( Governo( •  Incluir(os(cidadãos(e(os(agentes(económicos(no(ambiente(operacional(da( Administração(Pública,(através(de(serviços(web(personalizados;( •  ReuJlizar(informação(já(recolhida(algures(na(Administração(Pública(("ask(once,( use(many"),(garanJdo(a(consistência(dos(dados(interdepartamentais;( •  Acabar(com(a(defesa(dos(territórios,(com(os(conflitos(de(poder(e(as("Feiras(de( Vaidades",(salvaguardando(a(integração(do(sistema(Estado(sem(deixar(de( garanJr(a(idenJdade(de(cada(organismo(parJcipante((stakeholder);( •  Digitalizar(tudo(o(que(se(puder(U(Enviar(em(vez(de(Imprimir,(passandoUse(a( acreditar(na(autenJcidade(dos(dados(informaJzados(em(detrimento(do(actual( uso(intensivo(do(suporte(em(papel,(mais(suscepnvel(de(fraude(e(falsificação;( •  Ter(um(olhar(360º(em(torno(de(cada(cidadão(ou(empresa((repositórios(únicos(e( fiáveis)(U(Ter(apenas(um(só(rosto(perante(a(Administração(Pública,( proporcionando(confiança(e(autenJcidade(nos(relacionamentos(entre(o(Estado(e( a(sociedade( •  Maximizar(a(integração(e(a(interoperabilidade(entre(os(diversos(sistemas(da( Administração(Pública,(através(de(normas(semânJcas(e(tecnológicas(capazes(de( desobstruir(a(fluidez(dos(processos.(
  146. 146. Luis Vidigal – Maio 2014 146 Será(que(há(muita(diferença?( Ontem Hoje
  147. 147. Luis Vidigal – Maio 2014 147 S.(Exª(o(Papel( Paradoxo da (in)Produtividade
  148. 148. Luis Vidigal – Maio 2014 148 Colaboração(digital(
  149. 149. Luis Vidigal – Maio 2014 149 11101101011 11101101110 01100111000 01100111000 Mundo Real Mundo Digital 10001110111 00001110101 11101101000 10111011010 01010111000 Onde(está( a(versão( completa?( Não(façam( batota!(
  150. 150. Luis Vidigal – Maio 2014 150 Não%é%tão%fácil%como%parece…%
  151. 151. Luis Vidigal – Maio 2014 151 SCM(U(Workflow(
  152. 152. Luis Vidigal – Maio 2014 152 Algumas(tendências(tecnológicas%
  153. 153. Luis Vidigal – Maio 2014 153 Um(mundo(de(objectos(inteligentes( das(pessoas(às(coisas( Tecnologias%de%auto[iden;ficação:% •  Código(de(barras( •  Tarja(magnéJca( •  Chip( •  Reconhecimento(ópJco(de(caracteres((OCR)% •  Biometria((voz,%imagem%e%gesto)% •  RádioUfrequência((RFID)%
  154. 154. Luis Vidigal – Maio 2014 154 Google(/(Microsoá(/(Apple( •  Equipamento(móvel( •  Sistema(operaJvo(móvel( •  Mercado(de(aplicações(móveis( •  Aplicações(móveis( •  Hardware(de(música( •  Vídeo(/(Voz(/(Chat( •  Ferramentas(Office( •  Conteúdos(de(Vídeo( •  Web(Browser( •  Sistema(OperaJvo(no(Desktop( •  Armazenamento(de(Fotos( •  Pesquisa(Online( 15 Cada vez mais fácil e mais móvel
  155. 155. Luis Vidigal – Maio 2014 155 Browsers( (%%de%penetração%no%mundo%em%Março%de%2013)% 15
  156. 156. Luis Vidigal – Maio 2014 156 Venda(de(equipamentos(pessoais(conectados( 2012[2017% (em%milhões%de%unidades)% 15
  157. 157. Luis Vidigal – Maio 2014 157 Vendas(de(Smatphones(no(Mundo( (em%milhares%de%unidades)% 15
  158. 158. Luis Vidigal – Maio 2014 158 Armazenar(nas(“Nuvens”((Cloud)( 15
  159. 159. Luis Vidigal – Maio 2014 159 Trabalhar(nas(“Nuvens”((Cloud)( 15 O Office 365 combina edições online do Word, Excel, PowerPoint e OneNote, com o Exchange que permite aceder ao calendário móvel e ao email. O Google Apps inclui Documentos, Folhas de Cálculo, Apresentações, Gmail, Calendario, Grupos (para colaboração em grupo), e Sites (para intranets).
  160. 160. Luis Vidigal – Maio 2014 160 Formulários electrónicos Personalizados, únicos, dinâmicos e inteligentes
  161. 161. Luis Vidigal – Maio 2014 161 Reutilização dos Dados
  162. 162. Luis Vidigal – Maio 2014 162 Nome Morada Profissão Estado Civil Rendimento Pedidos em falta Reclamações Incidentes ... Dados
  163. 163. Luis Vidigal – Maio 2014 163 Ir à escola Empregar-se Casar-se Ter um filho Mudar de casa Construir uma casa Criar uma empresa Morrer ... Eventos
  164. 164. Luis Vidigal – Maio 2014 164 As(3(camadas( de(um(formulário(inteligente( Apresentação Parte visível Lógica Regras de Negócio Validações XML Dados para importação / exportação
  165. 165. Luis Vidigal – Maio 2014 165 Estágios(de(Maturidade(Tecnológica( Acesso à Informação Comunicar Trabalhar juntos Automatizar os Processos Interactividade Impacto
  166. 166. Luis Vidigal – Maio 2014 166 Eles(andam(por(aí...(
  167. 167. Luis Vidigal – Maio 2014 167 Redes Sociais Mobilidade Análise de Dados Anytime – Anywhere Just in Time – Just in Case
  168. 168. Luis Vidigal – Maio 2014 168 “Consumidorização“( Consumeriza;on%
  169. 169. Luis Vidigal – Maio 2014 169 Internet(das(Coisas( Imagine um mundo onde as coisas estão sempre conectadas à Internet e interagem com pessoas e outras coisas
  170. 170. Luis Vidigal – Maio 2014 170 O(Trabalho(hoje...( •  Mobilidade%constante% •  Permanentemente%conectados% •  Acesso%a%dados%e%processos% •  Criação%de%relatórios%em%tempo%real% •  Proa;vidade%processual%
  171. 171. Luis Vidigal – Maio 2014 171 Mais(e(mais...(
  172. 172. Luis Vidigal – Maio 2014 172 Consumo(Global(da(Internet(( Tráfico 2011-2016 (peta bytes/mês) Fonte: Cisco Systems
  173. 173. Luis Vidigal – Maio 2014 173 ParJlha(de(grandes(volumes(de(dados...(
  174. 174. Luis Vidigal – Maio 2014 174 Não(é(só(a(parte(visível...(
  175. 175. Luis Vidigal – Maio 2014 175
  176. 176. Luis Vidigal – Maio 2014 176 Orientação(aos(Dados(
  177. 177. Luis Vidigal – Maio 2014 177 Federação(de(Dados(
  178. 178. Luis Vidigal – Maio 2014 178 Riscos( • Disponibilidade% • Con;nuidades%de%Serviços% • Segurança% • Privacidade% • Fratura%digital%
  179. 179. Luis Vidigal – Maio 2014 179 Portais Gestão de Conteúdos Ferramentas Colaborativas Gestão do Conhecimento Gestão Documental ( Organizações( inteligentes(( ( ( Smart( Enterprise( Suite(
  180. 180. Luis Vidigal – Maio 2014 180 Soáware(Livre(na(AP( Concentração de Conhecimento Software Proprietário País de Consumidores Partilha do Conhecimento Software Livre País de Produtores Uma decisão Política a tomar
  181. 181. Luis Vidigal – Maio 2014 181 Segurança(na(Era(Digital%
  182. 182. Luis Vidigal – Maio 2014 182 Requisitos de Segurança •  Integridade – Completa e não alterada •  Confidencialidade – Acesso condicionado •  Autenticidade – Identidade da pessoa •  Não repúdio – Transacção garantida
  183. 183. Luis Vidigal – Maio 2014 183 Assinaturas digitais A Entidade Certificadora B AE
  184. 184. Luis Vidigal – Maio 2014 184 Spam •  É uma mensagem electrónica não solicitada enviada em massa. •  Consiste numa mensagem de correio electrónico com fins publicitários •  O termo spam pode ser aplicado a mensagens enviadas por outros meios e noutras situações até modestas. Geralmente os spams têm carácter apelativo e na grande maioria das vezes são incómodos e inconvenientes.
  185. 185. Luis Vidigal – Maio 2014 185 Spam •  Boatos •  Correntes de mail (chain letters) •  Propagandas •  Golpes / Oportunidades de “negócio” (scam) •  Estelionato (phishing) •  Programas maliciosos •  Vírus •  Cavalos de Tróia •  Ofensivos
  186. 186. Luis Vidigal – Maio 2014 186 Programas maliciosos •  Worm –  É um programa autorreplicante, semelhante a um vírus. Enquanto um vírus infecta um programa e necessita deste programa hospedeiro para se propagar, já o Worm é um programa completo e não precisa de outro programa para se propagar •  Trojan Horse ou Cavalo de Tróia –  É um programa que age como a lenda do cavalo de Tróia, entrando no computador e liberando uma porta para um possível invasor. –  O conceito nasceu de simples programas que se faziam passar por esquemas de autenticação, em que o utilizador era obrigado a inserir as senhas, pensando que estas operações eram legítimas. –  Entretanto, o conceito evoluiu para programas mais completos. Os trojans atuais são disfarçados de programas legítimos, embora, diferentemente de vírus ou de worms, não criem réplicas de si. São instalados diretamente no computador. De fato, alguns trojan são programados para se autodestruir com um comando do cliente ou depois de um determinado tempo.
  187. 187. Luis Vidigal – Maio 2014 187 Spyware •  Consiste num programa automático de computador, que recolhe informações sobre o utilizador, sobre os seus costumes na Internet e transmite essa informação a uma entidade externa na Internet, sem o seu conhecimento nem o seu consentimento. •  Diferem dos cavalos de Tróia por não terem como objectivo que o sistema do utilizador seja dominado, seja manipulado, por uma entidade externa, por um hacker.
  188. 188. Luis Vidigal – Maio 2014 188 Segurança(e(Confiança(na(Web(2.0( •  Mudanças%constantes%e%mecanismos%de%controle%de% vulnerabilidade%na%auten;cação.% •  Cuidados%no%ambiente:%o%que%é%público,%por%que%tornar% público,%qual%as%garan;as%da%segurança%individual%dos% dados,%desinformação?%% •  Invasão%de%ambientes:%phishing+saber%diferenciar%o%que% é%real%ou%falso,%codificação%maliciosa.%% •  Troca%da%informação% •  Acessos%e%senhas% •  Qualidade%da%informação:%integridade,%legi;midade,% rigor.%%
  189. 189. Luis Vidigal – Maio 2014 189 Gerir(a(Mudança(e(as(TIC( na(Administração(Pública%
  190. 190. Luis Vidigal – Maio 2014 190 Modelo(de(IT(Governance( Competências(necessárias( Arquitecturas de Gestão, Informação, Aplicacionais e Tecnológicas Alinhamento Estratégico Gestão de Contratos e Controlo de Qualidade Governo Administração Pública Serviços Partilhados Mercado Desenvolvimento de soluções Centro((de( Excelência(
  191. 191. Luis Vidigal – Maio 2014 191 Plataforma SOA Metadados (XML) e Regras de Negócio (BPM) Tecnologia A Tecnologia B Tecnologia C Proteger os Activos Informacionais (Dados e Processos) O que entra tem de sair
  192. 192. Luis Vidigal – Maio 2014 192 Integração Identidade Uniformidade Facilidade Inovação Economia de escala Velocidade Agilidade Coordenação Estratégia Autonomia departamental
  193. 193. Luis Vidigal – Maio 2014 193 É(preciso(apostar(também(em( "corridas(de(fundo"(
  194. 194. Luis Vidigal – Maio 2014 194 Formas(de(melhorar(os(processos( •  Normalizar( •  Reduzir(erros( •  Usar(equipas(em(rede( •  Agrupar(trabalho(semelhante( •  Combinar(operações(e(acJvidades(similares( •  Reduzir(controlos(e(revisões( •  Mover(a(decisão(para(níveis(próximos(do(cidadão( •  Eliminar(dados(não(uJlizados( •  Remover(atrasos(arJficiais( •  Assegurar(100%(de(qualidade( •  AutomaJzar(tudo(o(que(for(possível(
  195. 195. Luis Vidigal – Maio 2014 195 de pessoas, processos e tecnologias
  196. 196. Luis Vidigal – Maio 2014 196 Estratégia(e(TácJca( Objectivo Estratégico Objectivo Táctico Objectivo Táctico Objectivo Táctico
  197. 197. Luis Vidigal – Maio 2014 197 Perigo(e(Oportunidade( A palavra mudança é representada na escrita chinesa por dois símbolos, o primeiro significa perigo e o segundo oportunidade
  198. 198. Luis Vidigal – Maio 2014 198 Resistência(à(Mudança(
  199. 199. Luis Vidigal – Maio 2014 199 Se(alguém(faz( … alguém desfaz
  200. 200. Luis Vidigal – Maio 2014 200 Caminho(mais(longo(e( dispendioso(
  201. 201. Luis Vidigal – Maio 2014 201 Mudança(e(preconceito( “Nada do que é novo será bem sucedido se não parecer louco quando for apresentado pela primeira vez“ % Albert%Einstein%%
  202. 202. Luis Vidigal – Maio 2014 202 Mudança(e(preconceito( "É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito“ % Albert%Einstein%%
  203. 203. Luis Vidigal – Maio 2014 203 As(cinco(faces(da(mudança( Tecnologia Pessoas Alinhamento
  204. 204. Luis Vidigal – Maio 2014 204 Capacidade(de(Mudar((Os(3( W )( Poder( Willing+ Querer( Wan9ng+ Saber( knoWing+
  205. 205. Luis Vidigal – Maio 2014 205 Descongelar(/(ReUcongelar( Descongelar Re-congelar
  206. 206. Luis Vidigal – Maio 2014 206 Lobotomia(frontal( A(Felicidade(forçada( •  Apaga%do%cérebro%imagens%de%eventos% ausentes%que%geram%prazer%e%desconforto% •  A%capacidade%de%imaginação%e%as%respostas% afec;vas%ficam%separadas%% •  Acabam%as%escolhas%intertemporais% •  Vive[se%o%presente% •  Perde[se%a%capacidade%de%sonhar% •  Acaba(a(AngúsJa(e(o(Desejo(de(Mudança (
  207. 207. Luis Vidigal – Maio 2014 207 Precisamos(de(pessoas(com(um(perfil(diferente( •  Pessoas%que%não%se%conformem%com%coisas%mal% feitas% •  Pessoas%que%não%se%in;midem%diante%das%crises% e%das%dificuldades% •  Pessoas%que%se%u;lizem%da%cria;vidade,%da% compreensão,%da%humildade,%da%perseverança,% da%mo;vação%e%do%espírito%de%liderança%
  208. 208. Luis Vidigal – Maio 2014 208 Todos(têm(o(poder(de( •  Sonhar%com%aquilo%que%não%existe% •  Criar%algo%que%nunca%ninguém%pensou%antes% •  Chegar%aonde%só%os%nossos%pensamentos% ousaram%chegar% •  Transformar:% – Limitações%em%Ousadias% – Sonhos%em%Acções% – Derrotas%em%Vitórias% – Dificuldades%em%oportunidades% – Dúvidas%em%Certezas%
  209. 209. Luis Vidigal – Maio 2014 209 Mudança(de(perspecJva(e(de(aJtude( De Espectador a Personagem Principal
  210. 210. Luis Vidigal – Maio 2014 210 Estrelas( Solitárias( e( Galáxia(
  211. 211. Luis Vidigal – Maio 2014 211
  212. 212. Luis Vidigal – Maio 2014 212 Criatividade Harmonização Inovação Clareza Competitividade Simplicidade Risco Segurança Sector Privado Iniciativa Confiança e Estabilidade Sector Público
  213. 213. Luis Vidigal – Maio 2014 213 Público(/(Privado(–(Diferenças(Reais(/(Formais( Dimensão( Gestão%Privada( Administração%Pública( Objecto( Necessidades%individuais/grupos% Necessidades%colec;vas% Finalidade( Interesse%privado%ou%individual% Interesse%público% Meios( Igualdade%entre%as%partes%–%contrato% Definidos%pela%lei%e%pelos% procedimentos% Interacção( Indivíduos%ligados%na%livre%inicia;va% Em%relações%de%autoridade%e%de% constrangimentos%formais%(e% monopolista)% Meio( envolvente( Pressão%da%concorrência,%eficiência,% custos% Pressão%polí;cas,%dos%grupos%e%dos% cidadãos% Formas(de( gestão( Flexibilidade%–%relação%orçamentos%e% resultados% Constrangimentos%orçamentais%–% exigências%de%eficácia%e%de% legi;midade% Estrutura( Adaptabilidade%[%Descon;nuidade% Ins;tucionalizada%[%Con;nuidade% Dificuldades( Procura%de%iden;dade%organizacional%e% produ;vidade%e%eficiência% Procura%de%iden;dade% organizacional% e%produ;vidade%e%eficiência% Adaptado de Pollitt, C. (1990), Managerialism and the public services: the anglo-american experience, Basil Blackwrll, citado por Rocha , A (2001), Gestão pública e modernização administrativa, Oeiras, INA e de Mozzicafreddo, Juan e João Salis Gomes,(org.) (2001), Administração e Política - Perspectiva de reforma da Administração Pública na Europa e nos Estados Unidos, Oeiras, Celta Editora
  214. 214. Luis Vidigal – Maio 2014 214 Gerir(paradoxos(
  215. 215. Luis Vidigal – Maio 2014 215 Gerir(paradoxos(
  216. 216. Luis Vidigal – Maio 2014 216 e construir pontes Com mais e melhores Informação e serviços Demolir paredes
  217. 217. Luis Vidigal – Maio 2014 217 •  Sonhar( •  Inovar( •  Criar( •  Comunicar( •  Dar(afecto( •  Decidir( ( Informação e Conhecimento Tarefas cognitivas não rotineiras Dave 2001 Odisseia no Espaço (Stanley Kubrick - 1968) Energia e Dados Tarefas mecânicas rotineiras Novo Trabalhador do Conhecimento •  Procurar( •  Recolher( •  Copiar( •  Comparar( •  Ordenar( •  Calcular( •  Medir( •  Verificar( •  Armazenar(
  218. 218. Luis Vidigal – Maio 2014 218 Empregos(em(risco( Frey†, Carl Benedikt & Michael A. Osborne (2013). The Future of Employment: How Susceptible are Jobs to Computerisation? Oxford University Engineering Sciences Department and the Oxford Martin Programme on the Impacts of Future Technology, in Workshop “Machines and Employment”, September 17th Parar%Avançar% A%AP%está%aqui%
  219. 219. Luis Vidigal – Maio 2014 219 Maus(e(Bons( Desemprego Emprego
  220. 220. Luis Vidigal – Maio 2014 220 Voltar(a(trás( Para continuar a ter a quantidade e a qualidade de serviços actuais sem tecnologias de informação e comunicação, precisaríamos de 15000 vezes a população mundial actual
  221. 221. Luis Vidigal – Maio 2014 221 O(Apagão!( Imaginem que deixava de haver tecnologias da informação e comunicação nos organismos públicos Quanto(custaria?(
  222. 222. Luis Vidigal – Maio 2014 222 Os(Trabalhadores(do(Conhecimento( devem(perseguir(a(Empregabilidade(Contexto Empregabilidade Através do alargamento do Tempo e do Espaço
  223. 223. Luis Vidigal – Maio 2014 223 Custo Redundâncias Desintegração Incoerências Incompatibilidades Conflitos de Poder Desperdícios … Investimento Interoperabilidade Partilha Reutilização Tranparência Rapidez Rigor … Custo(ou(InvesJmento?(
  224. 224. Luis Vidigal – Maio 2014 224 Onde(estão(as(poupanças?( Inputs( Outputs( Outcomes(Incomes( Eficiência( Eficácia( Demasiado( Redusir 558 M€ / ano em TIC Value(for(money( Pouco( Problema ou Solução? Sistemas de Informação da AP - Luís Vidigal 2014 224
  225. 225. Luis Vidigal – Maio 2014 225 Qual(a(estratégia(para(o(futuro( •  Economia Crescimento%ou%Declínio?% •  Intervenção da AP na Economia Fraca%ou%Forte?% •  Globalização Aceleração%ou%Abrandamento?% •  Penetração das TIC na Sociedade Elevada%ou%Fraca?% •  Atitude do Cidadão à Privacidade Restri;va%ou%Permissiva?% •  Capacidade da AP absorver as TIC Elevada%ou%Fraca?% •  Soberania Man;da%ou%Desgastada?%
  226. 226. Luis Vidigal – Maio 2014 226 Prioridade( ao(Cidadão%ParJlhar( Simplificar% ReUuJlizar% Integrar% Cooperar% Porque(é( que(não( acontece?(
  227. 227. Luis Vidigal – Maio 2014 227 Minha Iniciativa Minha Iniciativa Minha Iniciativa Minha Iniciativa Esta é para si... Feira de Vaidades
  228. 228. Luis Vidigal – Maio 2014 228 Infaticídio Tecnológico ?!
  229. 229. Luis Vidigal – Maio 2014 229 Contra(a( corrente( AJtudes% 80%( 20%( Tecnologia(
  230. 230. Luis Vidigal – Maio 2014 230 Até(breve!( vidigal.luis@gmail.com(

×