SlideShare uma empresa Scribd logo
Ética no ambiente de trabalho
Postura do professor
Conhecendo os termos
 Ambiente de trabalho
• Professor • Postura
O que é ética
 Ética é aquilo que pertence ao caráter -
caráter se constrói então ética se desenvolve.
 O caráter é algo que muda, que se desenvolve,
que pode melhorar e piorar.
Ambiente de trabalho
 Local onde você permanece por tempo
estipulado para exercer uma função/atividade,
remunerada ou não.
Professor
 O que ensina; mestre; Pessoa que professa
em público a verdade. (Dicionário On line)
Sabemos que professor é mais.
 Pessoa que, por conhecimento adquirido
ou experiência de vida, pode ser mentor,
espelho e ou norte para outros que
desconhecem fatos ou acontecimentos.
(Dicionário informal)
Objetivo do estudo:
 Desenvolver um caráter próprio no
ambiente escolar com comportamentos
adequados a quem deve ser espelho.
 Respeitar o próximo (colegas, alunos, pais)
 Abrir o campo da compreensão e auxílio
mútuo com os colegas de trabalho
 Apresentar regimento interno
Falhas no processo ético-
Síndrome Gabriela
 Eu nasci assim, Eu cresci assim, Vou ser
sempre assim...
A escola não é um espaço engessado onde
suas culturas e crenças predominam.
O ambiente é formado por vários grupos e o
que deve prevalecer é a missão, visão e valores
da empresa/escola que é o cérebro de toda
estrutura.
 Uma conduta ética no trabalho deve seguir
valores tanto da sociedade, quanto da própria
organização escolar.
Leis e normas que sustentam a ética no
ambiente escolar, segue :
 Regimento interno
CLT
ECA
LDB
Plano Nacional de Educação
Direitos Humanos
Constituição Federal 1998
 Regimentos - É o regulamento interno que
estabelece o que é permitido ou não dentro da
organização. Somente a empresa, utilizando-se de
seu poder diretivo, é quem dita tais regras, cabe ao
empregado cumpri-las de acordo com o
estabelecido dentro da CLT. É importante que
todos tenham conhecimento deste regulamento
(com assinatura de leitura e recebimento), de
forma a garantir que tais regras possam ser
cobradas quando da sua violação.
 CLT - Consolidação das Leis do Trabalho que
garante ao trabalhador direitos.
 LDB - Estabelece as diretrizes e bases da
educação nacional.
ECA - é um conjunto de normas do ordenamento
jurídico brasileiro que tem como objetivo a
proteção integral da criança e do adolescente,
aplicando medidas e expedindo encaminhamentos
para o juiz.
Seguir as normas favorecem o ambiente interno e
externo qualificando e garantindo a ordem.
 Plano Nacional de Educação – Lei
10172/2001
 Declaração direitos humanos - faz referência
ao respeito por todos cidadãos,
independentemente da sua raça, religião, sexo,
idade, cultura.
 Constituição Federal – Rege direitos de todos
Respeito ao colega no ambiente de trabalho
Assédio moral é crime. Artigo 483 da CLT
Assédio descendente - chefia para
subordinados
Assédio ascendente - subordinados para chefia
Assédio paritário - quando um grupo isola e
assedia um membro - parceiro
 Bom relacionamento com os colegas é fundamental.
Nesse ponto se inclui a capacidade de trabalhar em
equipe.
O professor deve ter facilidade para estabelecer
relações entre seu trabalho e dos colegas.
Só assim a escola poderá obter bons resultados.
Diretos Humanos Artigo 1: Todos os seres humanos
nascem livres e iguais em dignidade e em direitos.
Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para
com os outros em espírito de fraternidade.
Constituição Federal Art. 5º - Todos são iguais
perante a lei, sem distinção de qualquer natureza
Mix de atitudes éticas
 Geram além de um ambiente de trabalho
saudável, o desenvolvimento dos alunos que
é o objetivo da proposta de trabalho e a
satisfação dos pais.
 Art. 5º Nenhuma criança ou adolescente
será objeto de qualquer forma de
negligência, discriminação, exploração ...
 Art. 18. É dever de todos velar pela
dignidade da criança e do adolescente,
pondo-os a salvo de qualquer ... ECA - Lei
nº 8.069 de 13 de Julho de 1990.
“Não se pode falar de educação sem amor.”
Paulo Freire
 Atitudes tão nocivas quanto agressão
física
Gritar
Sacudir os
braços
Empurrar na
cadeira
Empurrar
pela cabeça
Não valorizar
trabalhos
Intimidar
Excluir Estigmatizar
“Educação não transforma o mundo. Educação muda pessoas.
Pessoas transformam o mundo.” Paulo Freire
Ser afetivo
Amigo
IncluirRespeitar
Flexivo
Ser exemplo
Ser ouvinte
Empatia
 Vamos tratar algumas falas – condições:
Negativas que podem gerar desconforto na
equipe e desligamentos
Positivas que marcará a presença do
professor no trabalho pelo entusiasmo algo
que contagia o ambiente.
Atitudes negativas
 "Não é justo" - Junte dados e informações que
apresentem bem o seu trabalho e façam com que
ele seja reconhecido.
 "Não é problema meu", "Não sou pago
para isso" - atitudes egoístas podem limitar o
crescimento profissional ou fechar portas
 "Eu acho" - "Eu acho" transmite insegurança
 "Eu vou tentar" - Deixa clara possibilidade de
falhas. Quando for falar com alguém no ambiente
de trabalho, especialmente com seus superiores,
prefira usar palavras como "Eu vou fazer".
 "Mas nós sempre fazemos desse jeito" -
Coloca uma posição fechada. Inovar é preciso
 "Isso é impossível" ou "Não há nada que
eu possa fazer" - Atitude pessimista, passiva
e sem esperança.
 "Você deveria ter feito assim" ou "Você
poderia ter feito de tal forma" - O
ambiente de trabalho precisa ser um lugar de
colaboração e trabalho em equipe.
 “Eu não sei” Remete a desinteresse
 "Ele é um idiota", "Ela é uma preguiçosa",
"Odeio essa empresa" - Caso uma reclamação
realmente pertinente sobre alguém ou alguma
coisa, tente comunicar seus superiores com tato
e neutralidade.
 “Eu não tenho tempo para isso agora” ou
"Estou muito ocupado" - Ainda que isso seja
verdade, ninguém quer se sentir menos
importante que alguém ou alguma coisa.
Atitudes éticas
 Ser honesto em qualquer situação.
 Ter coragem para assumir as decisões,
mesmo que não tenha sido a melhor escolha
 Ser tolerante e flexível ser o dono da razão
não é uma escolha sabia
 Ser íntegro agir de acordo com os princípios,
mesmo nos momentos mais críticos.
 Ser humilde.
 Responsável
 Assiduidade
 Pontualidade
Atitudes positivas
 Domina os conteúdos curriculares das disciplinas.
 Tem consciência das características de
desenvolvimento dos alunos.
 Domina as diretrizes curriculares das disciplinas.
 Organiza os objetivos e conteúdos de maneira
coerente com o currículo, o desenvolvimento dos
estudantes e seu nível de aprendizagem.
 Seleciona recursos de aprendizagem de acordo com os
objetivos de aprendizagem e as características de seus
alunos.
 Avalia de forma coerente com os objetivos de
aprendizagem.
 Estabelece um clima favorável para a aprendizagem.
 Manifesta altas expectativas em relação às
possibilidades de aprendizagem de todos.
 Institui e mantém normas de convivência em sala.
 Demonstra e promove atitudes e comportamentos
positivos.
 Comunica-se efetivamente com os pais de alunos.
 Aplica estratégias de ensino desafiantes.
 Utiliza métodos e procedimentos que promovem o
desenvolvimento do pensamento autônomo.
 Otimiza o tempo disponível para o ensino.
 Trabalha em equipe.
 Possui informação atualizada sobre as
responsabilidades de sua profissão.
 Conhece o sistema educacional e as políticas vigentes.
 A ética estabelece um compromisso entre
seres humanos, pois utiliza a essência
interior, ou seja, utiliza sua formação de
caráter para determinar suas
características. Desta forma, a ética é
construída com base naquilo que é
necessário e/ou exigido pelo homem
colocando-o a frente de seus próprios
limites morais.
Filme para reflexão
 O circo borboleta
 A superação de problemas e obstáculos é
algo fácil?Todos enfrentam e reagem de
igual maneira frente às dificuldades?
 Qual a importância do grupo que
compunha o Circo Borboleta e que
diferença entre este, e o que compunha o
Circo dos Horrores?
 Qual a diferença entre ser ético e não
ser?
 Qual espetáculo você produz?
Bibliografia
 Ética profissional– Antônio Lopes de Sá,
2009, editora Atlas
 CLT
 ECA
 LDB
 Plano Nacional de Educação
 Direitos Humanos
 Constituição Federal 1998
michele.afetoeduca@gmail.com
Face: Michele Nascimento Pedagoga
Michele Nascimento
Pedagoga Especialista AEE
Diretora – coordenadora

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A importancia do trabalho em equipe
A importancia do trabalho em equipeA importancia do trabalho em equipe
A importancia do trabalho em equipe
Ligia Coppetti
 
Violência nas escolas palestra para crianças
Violência nas escolas palestra para criançasViolência nas escolas palestra para crianças
Violência nas escolas palestra para crianças
laboratório de informática cef15
 
Responsabilidade e Pontualidade
Responsabilidade e PontualidadeResponsabilidade e Pontualidade
Responsabilidade e Pontualidade
Mariana De Oliveira Barrozo
 
éTica e formação profissional
éTica e formação profissional   éTica e formação profissional
éTica e formação profissional
Darlan Campos
 
Apresentação auto estima grupo 1
Apresentação auto estima grupo 1Apresentação auto estima grupo 1
Apresentação auto estima grupo 1
pedagogicosjdelrei
 
Indisciplina escolar
Indisciplina escolarIndisciplina escolar
Ética no trabalho
Ética no trabalhoÉtica no trabalho
Ética no trabalho
Josiel Barbosa
 
Conduta Ética - Prof. Reinaldo Bulgarelli
Conduta Ética - Prof. Reinaldo BulgarelliConduta Ética - Prof. Reinaldo Bulgarelli
Conduta Ética - Prof. Reinaldo Bulgarelli
Sustentare Escola de Negócios
 
Relação Professor Aluno
Relação Professor Aluno Relação Professor Aluno
Relação Professor Aluno
Universidade Federal do Ceará
 
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outroEmpatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Vera Lessa
 
Etica e educacao
Etica e educacaoEtica e educacao
Etica e educacao
Susanne Messias
 
Relacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalRelacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoal
Leandro Lopes
 
ÉTica No Trabalho
ÉTica No TrabalhoÉTica No Trabalho
ÉTica No Trabalho
aroudus
 
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Eunice Mendes de Oliveira
 
Palestra sobre bullying
Palestra sobre bullyingPalestra sobre bullying
O papel do diretor
O  papel do diretorO  papel do diretor
O papel do diretor
biwal
 
Bullying na Escola
Bullying na EscolaBullying na Escola
Etica profissional
Etica profissionalEtica profissional
Etica profissional
Fatima Silva
 
Palestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino MédioPalestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino Médio
angelavbecker
 
Assédio Moral no Trabalho
Assédio Moral no TrabalhoAssédio Moral no Trabalho
Assédio Moral no Trabalho
Karina Cunha
 

Mais procurados (20)

A importancia do trabalho em equipe
A importancia do trabalho em equipeA importancia do trabalho em equipe
A importancia do trabalho em equipe
 
Violência nas escolas palestra para crianças
Violência nas escolas palestra para criançasViolência nas escolas palestra para crianças
Violência nas escolas palestra para crianças
 
Responsabilidade e Pontualidade
Responsabilidade e PontualidadeResponsabilidade e Pontualidade
Responsabilidade e Pontualidade
 
éTica e formação profissional
éTica e formação profissional   éTica e formação profissional
éTica e formação profissional
 
Apresentação auto estima grupo 1
Apresentação auto estima grupo 1Apresentação auto estima grupo 1
Apresentação auto estima grupo 1
 
Indisciplina escolar
Indisciplina escolarIndisciplina escolar
Indisciplina escolar
 
Ética no trabalho
Ética no trabalhoÉtica no trabalho
Ética no trabalho
 
Conduta Ética - Prof. Reinaldo Bulgarelli
Conduta Ética - Prof. Reinaldo BulgarelliConduta Ética - Prof. Reinaldo Bulgarelli
Conduta Ética - Prof. Reinaldo Bulgarelli
 
Relação Professor Aluno
Relação Professor Aluno Relação Professor Aluno
Relação Professor Aluno
 
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outroEmpatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
 
Etica e educacao
Etica e educacaoEtica e educacao
Etica e educacao
 
Relacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoalRelacionalmento interpessoal
Relacionalmento interpessoal
 
ÉTica No Trabalho
ÉTica No TrabalhoÉTica No Trabalho
ÉTica No Trabalho
 
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
Apresentação1 autoestima AUTOESTIMA
 
Palestra sobre bullying
Palestra sobre bullyingPalestra sobre bullying
Palestra sobre bullying
 
O papel do diretor
O  papel do diretorO  papel do diretor
O papel do diretor
 
Bullying na Escola
Bullying na EscolaBullying na Escola
Bullying na Escola
 
Etica profissional
Etica profissionalEtica profissional
Etica profissional
 
Palestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino MédioPalestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino Médio
 
Assédio Moral no Trabalho
Assédio Moral no TrabalhoAssédio Moral no Trabalho
Assédio Moral no Trabalho
 

Destaque

Etica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de TrabalhoEtica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de Trabalho
Nyedson Barbosa
 
éTica no ambiente profissional
éTica no ambiente profissionaléTica no ambiente profissional
éTica no ambiente profissional
leojusto
 
Aula 3 noções de ética profissional
Aula 3   noções de ética profissionalAula 3   noções de ética profissional
Aula 3 noções de ética profissional
Luiz Siles
 
Faeead - Aula 7- Atitudes e comportamentos - pmac parte1.
Faeead - Aula 7- Atitudes e comportamentos - pmac parte1.Faeead - Aula 7- Atitudes e comportamentos - pmac parte1.
Faeead - Aula 7- Atitudes e comportamentos - pmac parte1.
zeusi9iuto
 
ÉTICA NO TRABALHO ( FILOSOFIA)
ÉTICA NO TRABALHO ( FILOSOFIA)ÉTICA NO TRABALHO ( FILOSOFIA)
ÉTICA NO TRABALHO ( FILOSOFIA)
Josilene Braga
 
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalhoTrabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Leonardo Melo Santos
 
Ética Moral e Valores.
Ética Moral e Valores.Ética Moral e Valores.
Ética Moral e Valores.
Secretaria da Educação
 
Mulheres Nas Redes Sociais
Mulheres Nas Redes SociaisMulheres Nas Redes Sociais
Mulheres Nas Redes Sociais
Patrícia Moura
 
Família e Limites
Família e LimitesFamília e Limites
Família e Limites
Alexandre Rivero
 
Mulher protagonista
Mulher protagonistaMulher protagonista
Mulher protagonista
Atualidades Do Direito
 
Altas habilidades superdotados 2
Altas habilidades   superdotados 2Altas habilidades   superdotados 2
Altas habilidades superdotados 2
Michele Nascimento Pedagoga
 
respeito as pessoas.
respeito as pessoas.respeito as pessoas.
A importância da ética no trabalho
A importância da ética no trabalhoA importância da ética no trabalho
A importância da ética no trabalho
CarlosAlbertJr
 
Formação Médica
Formação MédicaFormação Médica
Formação Médica
Elisa Brietzke
 
etica no trabalho
 etica no trabalho etica no trabalho
etica no trabalho
Mila Rosa
 
Aula11
Aula11Aula11
Limites que os pais desconhecem.
Limites que os pais desconhecem.Limites que os pais desconhecem.
Limites que os pais desconhecem.
carlos freire
 
Trabalho de ergonomia apresentação 2
Trabalho de ergonomia   apresentação 2Trabalho de ergonomia   apresentação 2
Trabalho de ergonomia apresentação 2
Célia Brandão
 
Pesquisa mulheres na web
Pesquisa mulheres na webPesquisa mulheres na web
Pesquisa mulheres na web
movimentohabla
 
Respeito bia
Respeito biaRespeito bia

Destaque (20)

Etica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de TrabalhoEtica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de Trabalho
 
éTica no ambiente profissional
éTica no ambiente profissionaléTica no ambiente profissional
éTica no ambiente profissional
 
Aula 3 noções de ética profissional
Aula 3   noções de ética profissionalAula 3   noções de ética profissional
Aula 3 noções de ética profissional
 
Faeead - Aula 7- Atitudes e comportamentos - pmac parte1.
Faeead - Aula 7- Atitudes e comportamentos - pmac parte1.Faeead - Aula 7- Atitudes e comportamentos - pmac parte1.
Faeead - Aula 7- Atitudes e comportamentos - pmac parte1.
 
ÉTICA NO TRABALHO ( FILOSOFIA)
ÉTICA NO TRABALHO ( FILOSOFIA)ÉTICA NO TRABALHO ( FILOSOFIA)
ÉTICA NO TRABALHO ( FILOSOFIA)
 
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalhoTrabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalho
 
Ética Moral e Valores.
Ética Moral e Valores.Ética Moral e Valores.
Ética Moral e Valores.
 
Mulheres Nas Redes Sociais
Mulheres Nas Redes SociaisMulheres Nas Redes Sociais
Mulheres Nas Redes Sociais
 
Família e Limites
Família e LimitesFamília e Limites
Família e Limites
 
Mulher protagonista
Mulher protagonistaMulher protagonista
Mulher protagonista
 
Altas habilidades superdotados 2
Altas habilidades   superdotados 2Altas habilidades   superdotados 2
Altas habilidades superdotados 2
 
respeito as pessoas.
respeito as pessoas.respeito as pessoas.
respeito as pessoas.
 
A importância da ética no trabalho
A importância da ética no trabalhoA importância da ética no trabalho
A importância da ética no trabalho
 
Formação Médica
Formação MédicaFormação Médica
Formação Médica
 
etica no trabalho
 etica no trabalho etica no trabalho
etica no trabalho
 
Aula11
Aula11Aula11
Aula11
 
Limites que os pais desconhecem.
Limites que os pais desconhecem.Limites que os pais desconhecem.
Limites que os pais desconhecem.
 
Trabalho de ergonomia apresentação 2
Trabalho de ergonomia   apresentação 2Trabalho de ergonomia   apresentação 2
Trabalho de ergonomia apresentação 2
 
Pesquisa mulheres na web
Pesquisa mulheres na webPesquisa mulheres na web
Pesquisa mulheres na web
 
Respeito bia
Respeito biaRespeito bia
Respeito bia
 

Semelhante a éTica no ambiente de trabalho 1

tica-141014092411-conversion-gate02.pptx
tica-141014092411-conversion-gate02.pptxtica-141014092411-conversion-gate02.pptx
tica-141014092411-conversion-gate02.pptx
DeboraCaroline16
 
Ética na Escola
Ética na EscolaÉtica na Escola
Ética na Escola
angelazampiva
 
Etica, valores
Etica, valoresEtica, valores
Etica, valores
Telma Sousa
 
Moralidade infantil 2014
Moralidade infantil 2014Moralidade infantil 2014
Moralidade infantil 2014
cristinatb
 
Moralidade infantil 2014
Moralidade infantil 2014Moralidade infantil 2014
Moralidade infantil 2014
cristinatb
 
Aula 02- Ética Profissional .pptx
Aula 02- Ética Profissional .pptxAula 02- Ética Profissional .pptx
Aula 02- Ética Profissional .pptx
DrikaSato
 
éTica
éTicaéTica
Educando filhos
Educando filhosEducando filhos
Educando filhos
Cesar Augusto Borella
 
Vídeo aula 7
Vídeo aula 7Vídeo aula 7
Vídeo aula 7
giovannimusetti
 
Tcc sobre gestão
Tcc sobre gestãoTcc sobre gestão
Tcc sobre gestão
CemeiAlfaAvelarMaia
 
Sustentare - Aula Conduta Ética, prof Reinaldo Bulgarelli
Sustentare - Aula Conduta Ética, prof Reinaldo BulgarelliSustentare - Aula Conduta Ética, prof Reinaldo Bulgarelli
Sustentare - Aula Conduta Ética, prof Reinaldo Bulgarelli
Reinaldo Bulgarelli
 
Ética no marketing
Ética no marketingÉtica no marketing
Ética no marketing
crrrs
 
Workshop_Yokanam_Fundação_Estudar
Workshop_Yokanam_Fundação_EstudarWorkshop_Yokanam_Fundação_Estudar
Workshop_Yokanam_Fundação_Estudar
Carlos Sousa
 
Slide+(Disciplina)+2003+Definitivo+Remodelado1
Slide+(Disciplina)+2003+Definitivo+Remodelado1Slide+(Disciplina)+2003+Definitivo+Remodelado1
Slide+(Disciplina)+2003+Definitivo+Remodelado1
Marta Durão Nunes
 
CÓDIGO DE CONDUTA - Aluno.docx
CÓDIGO DE CONDUTA - Aluno.docxCÓDIGO DE CONDUTA - Aluno.docx
CÓDIGO DE CONDUTA - Aluno.docx
SueltonSousaLima1
 
A Indisciplina Em Contexto Escolar
A Indisciplina Em Contexto EscolarA Indisciplina Em Contexto Escolar
A Indisciplina Em Contexto Escolar
Maria Sousa
 
Limites e valores
Limites e valoresLimites e valores
Limites e valores
comunicacaoespirita
 
éTica
éTicaéTica

Semelhante a éTica no ambiente de trabalho 1 (18)

tica-141014092411-conversion-gate02.pptx
tica-141014092411-conversion-gate02.pptxtica-141014092411-conversion-gate02.pptx
tica-141014092411-conversion-gate02.pptx
 
Ética na Escola
Ética na EscolaÉtica na Escola
Ética na Escola
 
Etica, valores
Etica, valoresEtica, valores
Etica, valores
 
Moralidade infantil 2014
Moralidade infantil 2014Moralidade infantil 2014
Moralidade infantil 2014
 
Moralidade infantil 2014
Moralidade infantil 2014Moralidade infantil 2014
Moralidade infantil 2014
 
Aula 02- Ética Profissional .pptx
Aula 02- Ética Profissional .pptxAula 02- Ética Profissional .pptx
Aula 02- Ética Profissional .pptx
 
éTica
éTicaéTica
éTica
 
Educando filhos
Educando filhosEducando filhos
Educando filhos
 
Vídeo aula 7
Vídeo aula 7Vídeo aula 7
Vídeo aula 7
 
Tcc sobre gestão
Tcc sobre gestãoTcc sobre gestão
Tcc sobre gestão
 
Sustentare - Aula Conduta Ética, prof Reinaldo Bulgarelli
Sustentare - Aula Conduta Ética, prof Reinaldo BulgarelliSustentare - Aula Conduta Ética, prof Reinaldo Bulgarelli
Sustentare - Aula Conduta Ética, prof Reinaldo Bulgarelli
 
Ética no marketing
Ética no marketingÉtica no marketing
Ética no marketing
 
Workshop_Yokanam_Fundação_Estudar
Workshop_Yokanam_Fundação_EstudarWorkshop_Yokanam_Fundação_Estudar
Workshop_Yokanam_Fundação_Estudar
 
Slide+(Disciplina)+2003+Definitivo+Remodelado1
Slide+(Disciplina)+2003+Definitivo+Remodelado1Slide+(Disciplina)+2003+Definitivo+Remodelado1
Slide+(Disciplina)+2003+Definitivo+Remodelado1
 
CÓDIGO DE CONDUTA - Aluno.docx
CÓDIGO DE CONDUTA - Aluno.docxCÓDIGO DE CONDUTA - Aluno.docx
CÓDIGO DE CONDUTA - Aluno.docx
 
A Indisciplina Em Contexto Escolar
A Indisciplina Em Contexto EscolarA Indisciplina Em Contexto Escolar
A Indisciplina Em Contexto Escolar
 
Limites e valores
Limites e valoresLimites e valores
Limites e valores
 
éTica
éTicaéTica
éTica
 

Último

educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
Mary Alvarenga
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manualUFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
Manuais Formação
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
WelidaFreitas1
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
kdn15710
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Mary Alvarenga
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Mary Alvarenga
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manualUFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
 
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptxLIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
LIÇÃO 9 - ORDENANÇAS PARA UMA VIDA DE SANTIFICAÇÃO.pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
 
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e ZCaça-palavras - ortografia  S, SS, X, C e Z
Caça-palavras - ortografia S, SS, X, C e Z
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 

éTica no ambiente de trabalho 1

  • 1. Ética no ambiente de trabalho Postura do professor
  • 2. Conhecendo os termos  Ambiente de trabalho • Professor • Postura
  • 3. O que é ética  Ética é aquilo que pertence ao caráter - caráter se constrói então ética se desenvolve.  O caráter é algo que muda, que se desenvolve, que pode melhorar e piorar.
  • 4. Ambiente de trabalho  Local onde você permanece por tempo estipulado para exercer uma função/atividade, remunerada ou não.
  • 5. Professor  O que ensina; mestre; Pessoa que professa em público a verdade. (Dicionário On line) Sabemos que professor é mais.  Pessoa que, por conhecimento adquirido ou experiência de vida, pode ser mentor, espelho e ou norte para outros que desconhecem fatos ou acontecimentos. (Dicionário informal)
  • 6. Objetivo do estudo:  Desenvolver um caráter próprio no ambiente escolar com comportamentos adequados a quem deve ser espelho.  Respeitar o próximo (colegas, alunos, pais)  Abrir o campo da compreensão e auxílio mútuo com os colegas de trabalho  Apresentar regimento interno
  • 7. Falhas no processo ético- Síndrome Gabriela  Eu nasci assim, Eu cresci assim, Vou ser sempre assim... A escola não é um espaço engessado onde suas culturas e crenças predominam. O ambiente é formado por vários grupos e o que deve prevalecer é a missão, visão e valores da empresa/escola que é o cérebro de toda estrutura.
  • 8.  Uma conduta ética no trabalho deve seguir valores tanto da sociedade, quanto da própria organização escolar. Leis e normas que sustentam a ética no ambiente escolar, segue :  Regimento interno CLT ECA LDB Plano Nacional de Educação Direitos Humanos Constituição Federal 1998
  • 9.  Regimentos - É o regulamento interno que estabelece o que é permitido ou não dentro da organização. Somente a empresa, utilizando-se de seu poder diretivo, é quem dita tais regras, cabe ao empregado cumpri-las de acordo com o estabelecido dentro da CLT. É importante que todos tenham conhecimento deste regulamento (com assinatura de leitura e recebimento), de forma a garantir que tais regras possam ser cobradas quando da sua violação.  CLT - Consolidação das Leis do Trabalho que garante ao trabalhador direitos.  LDB - Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.
  • 10. ECA - é um conjunto de normas do ordenamento jurídico brasileiro que tem como objetivo a proteção integral da criança e do adolescente, aplicando medidas e expedindo encaminhamentos para o juiz. Seguir as normas favorecem o ambiente interno e externo qualificando e garantindo a ordem.  Plano Nacional de Educação – Lei 10172/2001  Declaração direitos humanos - faz referência ao respeito por todos cidadãos, independentemente da sua raça, religião, sexo, idade, cultura.  Constituição Federal – Rege direitos de todos
  • 11. Respeito ao colega no ambiente de trabalho Assédio moral é crime. Artigo 483 da CLT Assédio descendente - chefia para subordinados Assédio ascendente - subordinados para chefia Assédio paritário - quando um grupo isola e assedia um membro - parceiro
  • 12.  Bom relacionamento com os colegas é fundamental. Nesse ponto se inclui a capacidade de trabalhar em equipe. O professor deve ter facilidade para estabelecer relações entre seu trabalho e dos colegas. Só assim a escola poderá obter bons resultados. Diretos Humanos Artigo 1: Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de fraternidade. Constituição Federal Art. 5º - Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza
  • 13. Mix de atitudes éticas  Geram além de um ambiente de trabalho saudável, o desenvolvimento dos alunos que é o objetivo da proposta de trabalho e a satisfação dos pais.  Art. 5º Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração ...  Art. 18. É dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer ... ECA - Lei nº 8.069 de 13 de Julho de 1990.
  • 14. “Não se pode falar de educação sem amor.” Paulo Freire  Atitudes tão nocivas quanto agressão física Gritar Sacudir os braços Empurrar na cadeira Empurrar pela cabeça Não valorizar trabalhos Intimidar Excluir Estigmatizar
  • 15. “Educação não transforma o mundo. Educação muda pessoas. Pessoas transformam o mundo.” Paulo Freire Ser afetivo Amigo IncluirRespeitar Flexivo Ser exemplo Ser ouvinte Empatia
  • 16.  Vamos tratar algumas falas – condições: Negativas que podem gerar desconforto na equipe e desligamentos Positivas que marcará a presença do professor no trabalho pelo entusiasmo algo que contagia o ambiente.
  • 17. Atitudes negativas  "Não é justo" - Junte dados e informações que apresentem bem o seu trabalho e façam com que ele seja reconhecido.  "Não é problema meu", "Não sou pago para isso" - atitudes egoístas podem limitar o crescimento profissional ou fechar portas  "Eu acho" - "Eu acho" transmite insegurança  "Eu vou tentar" - Deixa clara possibilidade de falhas. Quando for falar com alguém no ambiente de trabalho, especialmente com seus superiores, prefira usar palavras como "Eu vou fazer".
  • 18.  "Mas nós sempre fazemos desse jeito" - Coloca uma posição fechada. Inovar é preciso  "Isso é impossível" ou "Não há nada que eu possa fazer" - Atitude pessimista, passiva e sem esperança.  "Você deveria ter feito assim" ou "Você poderia ter feito de tal forma" - O ambiente de trabalho precisa ser um lugar de colaboração e trabalho em equipe.  “Eu não sei” Remete a desinteresse
  • 19.  "Ele é um idiota", "Ela é uma preguiçosa", "Odeio essa empresa" - Caso uma reclamação realmente pertinente sobre alguém ou alguma coisa, tente comunicar seus superiores com tato e neutralidade.  “Eu não tenho tempo para isso agora” ou "Estou muito ocupado" - Ainda que isso seja verdade, ninguém quer se sentir menos importante que alguém ou alguma coisa.
  • 20. Atitudes éticas  Ser honesto em qualquer situação.  Ter coragem para assumir as decisões, mesmo que não tenha sido a melhor escolha  Ser tolerante e flexível ser o dono da razão não é uma escolha sabia  Ser íntegro agir de acordo com os princípios, mesmo nos momentos mais críticos.  Ser humilde.  Responsável  Assiduidade  Pontualidade
  • 21. Atitudes positivas  Domina os conteúdos curriculares das disciplinas.  Tem consciência das características de desenvolvimento dos alunos.  Domina as diretrizes curriculares das disciplinas.  Organiza os objetivos e conteúdos de maneira coerente com o currículo, o desenvolvimento dos estudantes e seu nível de aprendizagem.  Seleciona recursos de aprendizagem de acordo com os objetivos de aprendizagem e as características de seus alunos.  Avalia de forma coerente com os objetivos de aprendizagem.  Estabelece um clima favorável para a aprendizagem.
  • 22.  Manifesta altas expectativas em relação às possibilidades de aprendizagem de todos.  Institui e mantém normas de convivência em sala.  Demonstra e promove atitudes e comportamentos positivos.  Comunica-se efetivamente com os pais de alunos.  Aplica estratégias de ensino desafiantes.  Utiliza métodos e procedimentos que promovem o desenvolvimento do pensamento autônomo.  Otimiza o tempo disponível para o ensino.  Trabalha em equipe.  Possui informação atualizada sobre as responsabilidades de sua profissão.  Conhece o sistema educacional e as políticas vigentes.
  • 23.  A ética estabelece um compromisso entre seres humanos, pois utiliza a essência interior, ou seja, utiliza sua formação de caráter para determinar suas características. Desta forma, a ética é construída com base naquilo que é necessário e/ou exigido pelo homem colocando-o a frente de seus próprios limites morais.
  • 24. Filme para reflexão  O circo borboleta
  • 25.  A superação de problemas e obstáculos é algo fácil?Todos enfrentam e reagem de igual maneira frente às dificuldades?  Qual a importância do grupo que compunha o Circo Borboleta e que diferença entre este, e o que compunha o Circo dos Horrores?  Qual a diferença entre ser ético e não ser?  Qual espetáculo você produz?
  • 26. Bibliografia  Ética profissional– Antônio Lopes de Sá, 2009, editora Atlas  CLT  ECA  LDB  Plano Nacional de Educação  Direitos Humanos  Constituição Federal 1998
  • 27. michele.afetoeduca@gmail.com Face: Michele Nascimento Pedagoga Michele Nascimento Pedagoga Especialista AEE Diretora – coordenadora