SlideShare uma empresa Scribd logo
Trabalho em equipe e
    ética no trabalho
               Leonardo Melo Santos
       http://about.me/leonardomelosantos
Agenda
Ética no trabalho
  -   Definições
  -   Ética e Conduta
  -   Código de ética do CIEE-PE
  -   Vídeo
Trabalho em equipe
  -   Definições
  -   Fatores
  -   Elementos e características
  -   Vídeo
Ética no trabalho
O que é ética?
"É um conjunto de princípios e disposições
voltados para a ação, historicamente
produzida, cujo objetivo é balizar as ações
humanas."

"E ética ilumina a consciência humana,
sustenta e dirige as ações do homem,
norteando a conduta individual e social."
No contexto empresarial...
"A ética deve ser entendida como um valor da
organização, que assegura sua sobrevivência, sua
reputação e, consequentemente, seus bons resultados."

"A ética deve sempre estar presente em suas atitudes.
Não importa se você trabalha em uma multinacional ou
em uma microempresa, todas as suas ações são vigiadas e,
optando pelo bem ou pelo mal, um dia você terá que
prestar contas de tudo."
Aplicação da ética
Fernando Savater considera a aplicação da
ética nas organizações importantíssima
para a sobrevivência das mesmas, inclusive
de pequenas e grandes empresas,
possibilitando uma imagem positiva que
permite um crescimento da relação entre
funcionários e clientes.
Vantagens da ética aplicada ao
ambiente de trabalho
- Maior nível de produção na empresa;
- Favorecimento para a criação de um
ambiente de trabalho harmonioso,
respeitoso e agradável;
- Aumento no índice de confiança entre os
funcionários.
Exemplos de atitudes éticas num
ambiente de trabalho
- Educação e respeito entre os funcionários;
- Cooperação e atitudes que visam à ajuda aos colegas de trabalho;
- Divulgação de conhecimentos que possam melhorar o desempenho
das atividades realizadas na empresa;
- Respeito à hierarquia dentro da empresa;
- Busca de crescimento profissional sem prejudicar outros colegas de
trabalho;
- Ações e comportamentos que visam criar um clima agradável e
positivo dentro da empresa como, por exemplo, manter o bom humor;
- Realização, em ambiente de trabalho, apenas de tarefas
relacionadas ao trabalho;
- Respeito às regras e normas da empresa.
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe
O que é uma equipe?

    "Grupo de pessoas com habilidades
complementares e que trabalham de forma
    compartilhada, compreendem seus
 objetivos, estão engajadas em alcançá-los
      e se consideram coletivamente
         responsáveis." [Wikipedia]
O que é uma equipe?

"É quando um grupo ou uma sociedade
resolve criar um esforço coletivo para
resolver um problema. Também pode ser
descrito como um conjunto ou grupo de
pessoas que dedicam-se a realizar uma
tarefa ou determinado trabalho." [1]

[1] Administração de Recursos Humanos - http://www.ebah.com.br/content/ABAAABW-cAK/administracao-recursos-humanos
Trabalhar em Equipe versus
        Trabalhar em Grupo
Muitas pessoas estão trabalhando em grupo e não em
equipe, como se estivessem em uma linha de
produção, onde o trabalho é individual e cada um se
preocupa em realizar apenas sua tarefa.

No trabalho em equipe, cada membro sabe o que os
outros estão fazendo e reconhecem sua importância
para o sucesso da tarefa. Os objetivos são comuns e
as metas coletivas. No trabalho em equipe há troca
de conhecimentos e agilidade no cumprimento de
metas.
Elementos da dinâmica de uma equipe, que
interage e busca os objetivos
●   Participação: deve haver uma participação equilibrada, não havendo dominante, nem
    ausente; dever haver equilíbrio;
●   Vender idéias: a responsabilidade de cada membro da equipe é preparar suas idéias
    antecipadamente e apresentá-la à equipe de forma lógica e equilibrada, possibilitando efetiva
    contribuição;
●   Renúncia: este é o elemento mais importante no relacionamento de equipe. Quando os
    membros conseguem renunciar uma posição pessoal em prol do grupo, todos saem ganhando;
●   Avaliação: saber avaliar os resultados alcançados pela equipe ao final de um período (de
    um trabalho, de um projeto ou de um fechamento de mês), buscando eliminar os pontos
    falhos e buscar as alternativas que melhores resultados apresentaram;
●   Relacionamento: todos são responsáveis pelo relacionamento quando são membros de
    uma equipe. Se houver um conflito pessoal, deve ser resolvido pelas partes o mais rápido
    possível, pois um conflito no grupo prejudica ao todo e, muitas vezes, impede a realização
    proveitosa das tarefas;
●   Realização das tarefas: é de extrema importância que todos estejam conscientes da
    sua responsabilidade em relação à realização das tarefas que cabem ao grupo. Em um
    relacionamento interdependente, a falha de um membro pode atrasar toda a equipe.
10 principais erros no Trabalho
em Equipe
1) Fazer fofoca de colegas ausentes: Se você tem algo a dizer para seu colega diga diretamente a ele. Desta
forma, evita que o comentário seja mal interpretado e retransmitido por outros funcionários de forma distorcida,
gerando conflitos.

2) Rejeitar o trabalho em equipe: No ambiente corporativo, uns dependem dos outros. Se o funcionário não
estiver disposto a colaborar com os colegas, certamente será um elo quebrado. Ser resistente ao trabalho em equipe
é um revés grave.

3) Ser antipático: A empatia é muito útil no ambiente de trabalho. Falar bom dia, obrigado e cumprimentar os
outros são atitudes que demonstram educação e respeito.

4) Deixar conflitos pendentes: Conflitos acumulados podem se agravar. Qualquer tipo de problema referente
ao trabalho, dúvidas, responsabilidades que não foram bem entendidas, alguém que ficou magoado com outro por
algum motivo, enfim, qualquer tipo de desconforto deve ser esclarecido para evitar a discórdia.

5) Ficar de cara fechada: Ter um companheiro de equipe mal-humorado causa desconforto do início ao fim do
expediente. Esta postura gera desgastes, deixa a equipe desmotivada e ainda atrapalha a produtividade. Pessoas
mal-humoradas geralmente não toleram brincadeiras. Com isso, automaticamente são excluídas do grupo, o que não
é saudável. Por essa razão, manter o bom humor no trabalho é fundamental para cultivar bons relacionamentos.
10 principais erros no Trabalho
em Equipe
6) Deixar de cultivar relacionamentos: A partir do seu relacionamento interpessoal no trabalho é que
conseguirá construir um networking que servirá, no futuro, para encaminhá-lo às melhores oportunidades. É
importante mostrar dinamismo, ser cooperativo no trabalho e nunca fechar as portas pelos lugares onde passar.

7) Não ouvir os colegas: É importante escutar a todos, mesmo aqueles que têm menos experiência. Questionar
com um ar de superioridade as opiniões colocadas numa reunião não só intimida quem está expondo a ideia, como
passa uma imagem de que você é hostil.

8) Não respeitar a diversidade: Não é aceitável em uma sociedade alguém não querer contato com outro
indivíduo por ele ser diferente. Além disso, o respeito e o tratamento justo são valores que deveriam estar no DNA
de todos. Sem eles, o colaborador atrapalha o relacionamento do grupo, invade limites dos colegas e a natureza do
outro.

9) Apontar o erro do outro: A perfeição não é virtude de ninguém. Antes de apontar o erro do outro, deve-se
analisar a sua própria conduta dentro da organização. É melhor ajudar a solucionar um problema do que criar outro
maior em cima de algo que já deu errado. Lembre-se: errar é humano e o no futuro, o erro apontado pode ser o seu.

10) Ficar nervoso com a equipe: Atritos são inevitáveis no ambiente de trabalho, mas a empatia deve ser
colocada em prática nos momentos de tensão para evitar que o problema se torne ainda pior. Cada um tem um tipo
de aprendizagem e um ritmo de trabalho, o que não quer dizer que a qualidade da atividade seja melhor ou pior que
a sua. Equilíbrio emocional e uma conduta educada são importantes tanto para a empresa como para o profissional.
Características de uma [boa] equipe
●   Capacidade de aprendizado
●   Habilidades sociais e técnicas
●   Diversidade
●   União
●   Auto-crítica
●   Respeito
E o quê mais fora
esses conceitos?
Comunicação clara e honesta
Participação
Saber ouvir
Sintonia
União
Confiança
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Obrigado!
Bom final de semana!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Etica profissional
Etica profissionalEtica profissional
Etica profissional
Fatima Silva
 
Aula 2 ética profissional
Aula 2   ética profissionalAula 2   ética profissional
Aula 2 ética profissional
Jéssika Monteiro
 
Comportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura ProfissionalComportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura Profissional
Wandick Rocha de Aquino
 
Relações humanas
Relações humanasRelações humanas
Relações humanas
Jose Silvio Damacena Damacena
 
ETICA
ETICAETICA
ÉTica No Trabalho
ÉTica No TrabalhoÉTica No Trabalho
ÉTica No Trabalho
aroudus
 
Relacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20hRelacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20h
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
 
Código de Ética do Administrador
Código de Ética do AdministradorCódigo de Ética do Administrador
Código de Ética do Administrador
Vanderlei Moraes
 
Atividade de ética profissional
Atividade de ética profissionalAtividade de ética profissional
Atividade de ética profissional
Waldeval Sousa
 
etica no trabalho
 etica no trabalho etica no trabalho
etica no trabalho
Mila Rosa
 
Princípios para uma deontologia profissional
Princípios para uma deontologia profissionalPrincípios para uma deontologia profissional
Princípios para uma deontologia profissional
Paulo Rui
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
aavbatista
 
Comportamento no Trabalho
Comportamento no TrabalhoComportamento no Trabalho
Comportamento no Trabalho
Maria Lemos
 
Aula ética na administração
Aula ética na administraçãoAula ética na administração
Aula ética na administração
Felipe Saraiva Nunes de Pinho
 
Inteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalhoInteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalho
Celso Stumpo de Oliveira
 
Etica e postura profissional
Etica e postura profissionalEtica e postura profissional
Etica e postura profissional
adelynny
 
Autoconhecimento e projeto de vida
Autoconhecimento e projeto de vidaAutoconhecimento e projeto de vida
Autoconhecimento e projeto de vida
Nadini de Sousa
 
O jogo da ética
O jogo da éticaO jogo da ética
O jogo da ética
Chrys Souza
 
ética e deontologia profissional (apresentação)
ética e deontologia profissional  (apresentação)ética e deontologia profissional  (apresentação)
ética e deontologia profissional (apresentação)
Sérgio Rocha
 
Saúde mental e trabalho
Saúde mental e trabalhoSaúde mental e trabalho
Saúde mental e trabalho
Oficina Psicologia
 

Mais procurados (20)

Etica profissional
Etica profissionalEtica profissional
Etica profissional
 
Aula 2 ética profissional
Aula 2   ética profissionalAula 2   ética profissional
Aula 2 ética profissional
 
Comportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura ProfissionalComportamento e Postura Profissional
Comportamento e Postura Profissional
 
Relações humanas
Relações humanasRelações humanas
Relações humanas
 
ETICA
ETICAETICA
ETICA
 
ÉTica No Trabalho
ÉTica No TrabalhoÉTica No Trabalho
ÉTica No Trabalho
 
Relacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20hRelacionamento Interpessoal 20h
Relacionamento Interpessoal 20h
 
Código de Ética do Administrador
Código de Ética do AdministradorCódigo de Ética do Administrador
Código de Ética do Administrador
 
Atividade de ética profissional
Atividade de ética profissionalAtividade de ética profissional
Atividade de ética profissional
 
etica no trabalho
 etica no trabalho etica no trabalho
etica no trabalho
 
Princípios para uma deontologia profissional
Princípios para uma deontologia profissionalPrincípios para uma deontologia profissional
Princípios para uma deontologia profissional
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
 
Comportamento no Trabalho
Comportamento no TrabalhoComportamento no Trabalho
Comportamento no Trabalho
 
Aula ética na administração
Aula ética na administraçãoAula ética na administração
Aula ética na administração
 
Inteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalhoInteligencia emocional no trabalho
Inteligencia emocional no trabalho
 
Etica e postura profissional
Etica e postura profissionalEtica e postura profissional
Etica e postura profissional
 
Autoconhecimento e projeto de vida
Autoconhecimento e projeto de vidaAutoconhecimento e projeto de vida
Autoconhecimento e projeto de vida
 
O jogo da ética
O jogo da éticaO jogo da ética
O jogo da ética
 
ética e deontologia profissional (apresentação)
ética e deontologia profissional  (apresentação)ética e deontologia profissional  (apresentação)
ética e deontologia profissional (apresentação)
 
Saúde mental e trabalho
Saúde mental e trabalhoSaúde mental e trabalho
Saúde mental e trabalho
 

Semelhante a Trabalho em equipe e ética no trabalho

Como Administrar Seu Tempo ApresentaçãO Ibc Sara Batista
Como Administrar Seu Tempo   ApresentaçãO Ibc   Sara BatistaComo Administrar Seu Tempo   ApresentaçãO Ibc   Sara Batista
Como Administrar Seu Tempo ApresentaçãO Ibc Sara Batista
Sara Batista
 
2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf
2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf
2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf
Beacarol
 
Falta cooperação
Falta cooperaçãoFalta cooperação
Falta cooperação
Jennifer S
 
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potxLider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
Norberto Tomasini Jr
 
Lider-Liderança- Espírita
Lider-Liderança- Espírita Lider-Liderança- Espírita
Lider-Liderança- Espírita
NorbertoTomasini
 
Apresentação tema trabalho em equipe
Apresentação tema trabalho em equipeApresentação tema trabalho em equipe
Apresentação tema trabalho em equipe
Renan Kaltenegger
 
Trabalho_em_Equipe.pptx
Trabalho_em_Equipe.pptxTrabalho_em_Equipe.pptx
Trabalho_em_Equipe.pptx
ErickOdilon
 
O Que Te Colocou Na tua Posicao Nao Eo Que Vai Te Manter Nela
O Que Te Colocou Na tua Posicao Nao Eo Que Vai Te Manter NelaO Que Te Colocou Na tua Posicao Nao Eo Que Vai Te Manter Nela
O Que Te Colocou Na tua Posicao Nao Eo Que Vai Te Manter Nela
Ricardo Jordão Magalhaes
 
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptxmanual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
Raquel Peixoto
 
A corporação e seus Relacionamentos
A corporação e seus RelacionamentosA corporação e seus Relacionamentos
A corporação e seus Relacionamentos
Taila Poliana Becker
 
L I D E R E S
L I D E R E SL I D E R E S
L I D E R E S
megsp15
 
Trabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Trabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxTrabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Trabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 
Apostila do curso assistente administrativo
Apostila do curso assistente administrativoApostila do curso assistente administrativo
Apostila do curso assistente administrativo
INTEC CURSOS PROFISSIONALIZANTES
 
Apostila do-curso-assistente-administrativo-180110145722
Apostila do-curso-assistente-administrativo-180110145722Apostila do-curso-assistente-administrativo-180110145722
Apostila do-curso-assistente-administrativo-180110145722
FilipeQuelhas
 
Trabalho de psico grupo e equipe
Trabalho de psico grupo e equipeTrabalho de psico grupo e equipe
Trabalho de psico grupo e equipe
Ligia Coppetti
 
Aula 01 trabalho em equipe
Aula 01   trabalho em equipeAula 01   trabalho em equipe
Aula 01 trabalho em equipe
EDJANIORODRIGUESOLIV
 
Treinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em EquipeTreinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em Equipe
Vinicius Souza
 
Formando grandes equipes
Formando grandes equipesFormando grandes equipes
Formando grandes equipes
Rui da Silveira Cruz Ventura
 
Formação de Equipes.
Formação de Equipes.Formação de Equipes.
Formação de Equipes.
Rui da Silveira Cruz Ventura
 
12 passos
12 passos12 passos
12 passos
Jhonas Rodrigues
 

Semelhante a Trabalho em equipe e ética no trabalho (20)

Como Administrar Seu Tempo ApresentaçãO Ibc Sara Batista
Como Administrar Seu Tempo   ApresentaçãO Ibc   Sara BatistaComo Administrar Seu Tempo   ApresentaçãO Ibc   Sara Batista
Como Administrar Seu Tempo ApresentaçãO Ibc Sara Batista
 
2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf
2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf
2253075.pdf - 7844- gestão de equipas.pdf
 
Falta cooperação
Falta cooperaçãoFalta cooperação
Falta cooperação
 
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potxLider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
Lider-Liderança-Workshop - Tatuape.potx
 
Lider-Liderança- Espírita
Lider-Liderança- Espírita Lider-Liderança- Espírita
Lider-Liderança- Espírita
 
Apresentação tema trabalho em equipe
Apresentação tema trabalho em equipeApresentação tema trabalho em equipe
Apresentação tema trabalho em equipe
 
Trabalho_em_Equipe.pptx
Trabalho_em_Equipe.pptxTrabalho_em_Equipe.pptx
Trabalho_em_Equipe.pptx
 
O Que Te Colocou Na tua Posicao Nao Eo Que Vai Te Manter Nela
O Que Te Colocou Na tua Posicao Nao Eo Que Vai Te Manter NelaO Que Te Colocou Na tua Posicao Nao Eo Que Vai Te Manter Nela
O Que Te Colocou Na tua Posicao Nao Eo Que Vai Te Manter Nela
 
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptxmanual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
 
A corporação e seus Relacionamentos
A corporação e seus RelacionamentosA corporação e seus Relacionamentos
A corporação e seus Relacionamentos
 
L I D E R E S
L I D E R E SL I D E R E S
L I D E R E S
 
Trabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Trabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxTrabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Trabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
Apostila do curso assistente administrativo
Apostila do curso assistente administrativoApostila do curso assistente administrativo
Apostila do curso assistente administrativo
 
Apostila do-curso-assistente-administrativo-180110145722
Apostila do-curso-assistente-administrativo-180110145722Apostila do-curso-assistente-administrativo-180110145722
Apostila do-curso-assistente-administrativo-180110145722
 
Trabalho de psico grupo e equipe
Trabalho de psico grupo e equipeTrabalho de psico grupo e equipe
Trabalho de psico grupo e equipe
 
Aula 01 trabalho em equipe
Aula 01   trabalho em equipeAula 01   trabalho em equipe
Aula 01 trabalho em equipe
 
Treinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em EquipeTreinamento - Trabalho em Equipe
Treinamento - Trabalho em Equipe
 
Formando grandes equipes
Formando grandes equipesFormando grandes equipes
Formando grandes equipes
 
Formação de Equipes.
Formação de Equipes.Formação de Equipes.
Formação de Equipes.
 
12 passos
12 passos12 passos
12 passos
 

Mais de Leonardo Melo Santos

Sencha Touch, RhoMobile, AppMobi e jQuery Mobile um comparativo entre platafo...
Sencha Touch, RhoMobile, AppMobi e jQuery Mobile um comparativo entre platafo...Sencha Touch, RhoMobile, AppMobi e jQuery Mobile um comparativo entre platafo...
Sencha Touch, RhoMobile, AppMobi e jQuery Mobile um comparativo entre platafo...
Leonardo Melo Santos
 
Curso de OO com C# - Parte 06 - ADO.NET
Curso de OO com C# - Parte 06 - ADO.NETCurso de OO com C# - Parte 06 - ADO.NET
Curso de OO com C# - Parte 06 - ADO.NET
Leonardo Melo Santos
 
Curso de OO com C# - Parte 05 - Coleções genéricas e não-genéricas
Curso de OO com C# - Parte 05 - Coleções genéricas e não-genéricasCurso de OO com C# - Parte 05 - Coleções genéricas e não-genéricas
Curso de OO com C# - Parte 05 - Coleções genéricas e não-genéricas
Leonardo Melo Santos
 
Curso de OO com C# - Parte 04 - Estruturas de controle e Strings
Curso de OO com C# - Parte 04 - Estruturas de controle e StringsCurso de OO com C# - Parte 04 - Estruturas de controle e Strings
Curso de OO com C# - Parte 04 - Estruturas de controle e Strings
Leonardo Melo Santos
 
Curso de OO com C# - Parte 03 - Plataforma .NET
Curso de OO com C# - Parte 03 - Plataforma .NETCurso de OO com C# - Parte 03 - Plataforma .NET
Curso de OO com C# - Parte 03 - Plataforma .NET
Leonardo Melo Santos
 
Curso de OO com C# - Parte 02 - Introdução ao C#
Curso de OO com C# - Parte 02 - Introdução ao C#Curso de OO com C# - Parte 02 - Introdução ao C#
Curso de OO com C# - Parte 02 - Introdução ao C#
Leonardo Melo Santos
 
Curso de OO com C# - Parte 01 - Orientação a objetos
Curso de OO com C# - Parte 01 - Orientação a objetosCurso de OO com C# - Parte 01 - Orientação a objetos
Curso de OO com C# - Parte 01 - Orientação a objetos
Leonardo Melo Santos
 
Scrum - Visão Geral
Scrum - Visão GeralScrum - Visão Geral
Scrum - Visão Geral
Leonardo Melo Santos
 
Desenvolvimento de aplicações Java™ para TV Digital
Desenvolvimento de aplicações Java™ para TV DigitalDesenvolvimento de aplicações Java™ para TV Digital
Desenvolvimento de aplicações Java™ para TV Digital
Leonardo Melo Santos
 
Web Services XML - .NET framework
Web Services XML - .NET frameworkWeb Services XML - .NET framework
Web Services XML - .NET framework
Leonardo Melo Santos
 
DotNet Remoting - .NET framework
DotNet Remoting - .NET frameworkDotNet Remoting - .NET framework
DotNet Remoting - .NET framework
Leonardo Melo Santos
 
Curso de J2ME - Parte 04 - Otimização
Curso de J2ME - Parte 04 - OtimizaçãoCurso de J2ME - Parte 04 - Otimização
Curso de J2ME - Parte 04 - Otimização
Leonardo Melo Santos
 
Curso de J2ME - Parte 03 - Desenvolvimento de aplicações
Curso de J2ME - Parte 03 - Desenvolvimento de aplicaçõesCurso de J2ME - Parte 03 - Desenvolvimento de aplicações
Curso de J2ME - Parte 03 - Desenvolvimento de aplicações
Leonardo Melo Santos
 
Curso de J2ME - Parte 02 - Ambiente de desenvolvimento
Curso de J2ME - Parte 02 - Ambiente de desenvolvimentoCurso de J2ME - Parte 02 - Ambiente de desenvolvimento
Curso de J2ME - Parte 02 - Ambiente de desenvolvimento
Leonardo Melo Santos
 
Curso de J2ME - Parte 01 - Conceitos básicos
Curso de J2ME - Parte 01 - Conceitos básicosCurso de J2ME - Parte 01 - Conceitos básicos
Curso de J2ME - Parte 01 - Conceitos básicos
Leonardo Melo Santos
 
Sistemas Workflow
Sistemas WorkflowSistemas Workflow
Sistemas Workflow
Leonardo Melo Santos
 
Fundamentos de sistemas de informação
Fundamentos de sistemas de informaçãoFundamentos de sistemas de informação
Fundamentos de sistemas de informação
Leonardo Melo Santos
 
Conceitos básicos de programação orientada a objetos
Conceitos básicos de programação orientada a objetosConceitos básicos de programação orientada a objetos
Conceitos básicos de programação orientada a objetos
Leonardo Melo Santos
 
Verificação e validação de software
Verificação e validação de softwareVerificação e validação de software
Verificação e validação de software
Leonardo Melo Santos
 
Marketing pessoal e as redes sociais
Marketing pessoal e as redes sociaisMarketing pessoal e as redes sociais
Marketing pessoal e as redes sociais
Leonardo Melo Santos
 

Mais de Leonardo Melo Santos (20)

Sencha Touch, RhoMobile, AppMobi e jQuery Mobile um comparativo entre platafo...
Sencha Touch, RhoMobile, AppMobi e jQuery Mobile um comparativo entre platafo...Sencha Touch, RhoMobile, AppMobi e jQuery Mobile um comparativo entre platafo...
Sencha Touch, RhoMobile, AppMobi e jQuery Mobile um comparativo entre platafo...
 
Curso de OO com C# - Parte 06 - ADO.NET
Curso de OO com C# - Parte 06 - ADO.NETCurso de OO com C# - Parte 06 - ADO.NET
Curso de OO com C# - Parte 06 - ADO.NET
 
Curso de OO com C# - Parte 05 - Coleções genéricas e não-genéricas
Curso de OO com C# - Parte 05 - Coleções genéricas e não-genéricasCurso de OO com C# - Parte 05 - Coleções genéricas e não-genéricas
Curso de OO com C# - Parte 05 - Coleções genéricas e não-genéricas
 
Curso de OO com C# - Parte 04 - Estruturas de controle e Strings
Curso de OO com C# - Parte 04 - Estruturas de controle e StringsCurso de OO com C# - Parte 04 - Estruturas de controle e Strings
Curso de OO com C# - Parte 04 - Estruturas de controle e Strings
 
Curso de OO com C# - Parte 03 - Plataforma .NET
Curso de OO com C# - Parte 03 - Plataforma .NETCurso de OO com C# - Parte 03 - Plataforma .NET
Curso de OO com C# - Parte 03 - Plataforma .NET
 
Curso de OO com C# - Parte 02 - Introdução ao C#
Curso de OO com C# - Parte 02 - Introdução ao C#Curso de OO com C# - Parte 02 - Introdução ao C#
Curso de OO com C# - Parte 02 - Introdução ao C#
 
Curso de OO com C# - Parte 01 - Orientação a objetos
Curso de OO com C# - Parte 01 - Orientação a objetosCurso de OO com C# - Parte 01 - Orientação a objetos
Curso de OO com C# - Parte 01 - Orientação a objetos
 
Scrum - Visão Geral
Scrum - Visão GeralScrum - Visão Geral
Scrum - Visão Geral
 
Desenvolvimento de aplicações Java™ para TV Digital
Desenvolvimento de aplicações Java™ para TV DigitalDesenvolvimento de aplicações Java™ para TV Digital
Desenvolvimento de aplicações Java™ para TV Digital
 
Web Services XML - .NET framework
Web Services XML - .NET frameworkWeb Services XML - .NET framework
Web Services XML - .NET framework
 
DotNet Remoting - .NET framework
DotNet Remoting - .NET frameworkDotNet Remoting - .NET framework
DotNet Remoting - .NET framework
 
Curso de J2ME - Parte 04 - Otimização
Curso de J2ME - Parte 04 - OtimizaçãoCurso de J2ME - Parte 04 - Otimização
Curso de J2ME - Parte 04 - Otimização
 
Curso de J2ME - Parte 03 - Desenvolvimento de aplicações
Curso de J2ME - Parte 03 - Desenvolvimento de aplicaçõesCurso de J2ME - Parte 03 - Desenvolvimento de aplicações
Curso de J2ME - Parte 03 - Desenvolvimento de aplicações
 
Curso de J2ME - Parte 02 - Ambiente de desenvolvimento
Curso de J2ME - Parte 02 - Ambiente de desenvolvimentoCurso de J2ME - Parte 02 - Ambiente de desenvolvimento
Curso de J2ME - Parte 02 - Ambiente de desenvolvimento
 
Curso de J2ME - Parte 01 - Conceitos básicos
Curso de J2ME - Parte 01 - Conceitos básicosCurso de J2ME - Parte 01 - Conceitos básicos
Curso de J2ME - Parte 01 - Conceitos básicos
 
Sistemas Workflow
Sistemas WorkflowSistemas Workflow
Sistemas Workflow
 
Fundamentos de sistemas de informação
Fundamentos de sistemas de informaçãoFundamentos de sistemas de informação
Fundamentos de sistemas de informação
 
Conceitos básicos de programação orientada a objetos
Conceitos básicos de programação orientada a objetosConceitos básicos de programação orientada a objetos
Conceitos básicos de programação orientada a objetos
 
Verificação e validação de software
Verificação e validação de softwareVerificação e validação de software
Verificação e validação de software
 
Marketing pessoal e as redes sociais
Marketing pessoal e as redes sociaisMarketing pessoal e as redes sociais
Marketing pessoal e as redes sociais
 

Último

Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 

Último (20)

Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 

Trabalho em equipe e ética no trabalho

  • 1. Trabalho em equipe e ética no trabalho Leonardo Melo Santos http://about.me/leonardomelosantos
  • 2. Agenda Ética no trabalho - Definições - Ética e Conduta - Código de ética do CIEE-PE - Vídeo Trabalho em equipe - Definições - Fatores - Elementos e características - Vídeo
  • 4. O que é ética? "É um conjunto de princípios e disposições voltados para a ação, historicamente produzida, cujo objetivo é balizar as ações humanas." "E ética ilumina a consciência humana, sustenta e dirige as ações do homem, norteando a conduta individual e social."
  • 5. No contexto empresarial... "A ética deve ser entendida como um valor da organização, que assegura sua sobrevivência, sua reputação e, consequentemente, seus bons resultados." "A ética deve sempre estar presente em suas atitudes. Não importa se você trabalha em uma multinacional ou em uma microempresa, todas as suas ações são vigiadas e, optando pelo bem ou pelo mal, um dia você terá que prestar contas de tudo."
  • 6. Aplicação da ética Fernando Savater considera a aplicação da ética nas organizações importantíssima para a sobrevivência das mesmas, inclusive de pequenas e grandes empresas, possibilitando uma imagem positiva que permite um crescimento da relação entre funcionários e clientes.
  • 7. Vantagens da ética aplicada ao ambiente de trabalho - Maior nível de produção na empresa; - Favorecimento para a criação de um ambiente de trabalho harmonioso, respeitoso e agradável; - Aumento no índice de confiança entre os funcionários.
  • 8. Exemplos de atitudes éticas num ambiente de trabalho - Educação e respeito entre os funcionários; - Cooperação e atitudes que visam à ajuda aos colegas de trabalho; - Divulgação de conhecimentos que possam melhorar o desempenho das atividades realizadas na empresa; - Respeito à hierarquia dentro da empresa; - Busca de crescimento profissional sem prejudicar outros colegas de trabalho; - Ações e comportamentos que visam criar um clima agradável e positivo dentro da empresa como, por exemplo, manter o bom humor; - Realização, em ambiente de trabalho, apenas de tarefas relacionadas ao trabalho; - Respeito às regras e normas da empresa.
  • 11. O que é uma equipe? "Grupo de pessoas com habilidades complementares e que trabalham de forma compartilhada, compreendem seus objetivos, estão engajadas em alcançá-los e se consideram coletivamente responsáveis." [Wikipedia]
  • 12. O que é uma equipe? "É quando um grupo ou uma sociedade resolve criar um esforço coletivo para resolver um problema. Também pode ser descrito como um conjunto ou grupo de pessoas que dedicam-se a realizar uma tarefa ou determinado trabalho." [1] [1] Administração de Recursos Humanos - http://www.ebah.com.br/content/ABAAABW-cAK/administracao-recursos-humanos
  • 13. Trabalhar em Equipe versus Trabalhar em Grupo Muitas pessoas estão trabalhando em grupo e não em equipe, como se estivessem em uma linha de produção, onde o trabalho é individual e cada um se preocupa em realizar apenas sua tarefa. No trabalho em equipe, cada membro sabe o que os outros estão fazendo e reconhecem sua importância para o sucesso da tarefa. Os objetivos são comuns e as metas coletivas. No trabalho em equipe há troca de conhecimentos e agilidade no cumprimento de metas.
  • 14. Elementos da dinâmica de uma equipe, que interage e busca os objetivos ● Participação: deve haver uma participação equilibrada, não havendo dominante, nem ausente; dever haver equilíbrio; ● Vender idéias: a responsabilidade de cada membro da equipe é preparar suas idéias antecipadamente e apresentá-la à equipe de forma lógica e equilibrada, possibilitando efetiva contribuição; ● Renúncia: este é o elemento mais importante no relacionamento de equipe. Quando os membros conseguem renunciar uma posição pessoal em prol do grupo, todos saem ganhando; ● Avaliação: saber avaliar os resultados alcançados pela equipe ao final de um período (de um trabalho, de um projeto ou de um fechamento de mês), buscando eliminar os pontos falhos e buscar as alternativas que melhores resultados apresentaram; ● Relacionamento: todos são responsáveis pelo relacionamento quando são membros de uma equipe. Se houver um conflito pessoal, deve ser resolvido pelas partes o mais rápido possível, pois um conflito no grupo prejudica ao todo e, muitas vezes, impede a realização proveitosa das tarefas; ● Realização das tarefas: é de extrema importância que todos estejam conscientes da sua responsabilidade em relação à realização das tarefas que cabem ao grupo. Em um relacionamento interdependente, a falha de um membro pode atrasar toda a equipe.
  • 15. 10 principais erros no Trabalho em Equipe 1) Fazer fofoca de colegas ausentes: Se você tem algo a dizer para seu colega diga diretamente a ele. Desta forma, evita que o comentário seja mal interpretado e retransmitido por outros funcionários de forma distorcida, gerando conflitos. 2) Rejeitar o trabalho em equipe: No ambiente corporativo, uns dependem dos outros. Se o funcionário não estiver disposto a colaborar com os colegas, certamente será um elo quebrado. Ser resistente ao trabalho em equipe é um revés grave. 3) Ser antipático: A empatia é muito útil no ambiente de trabalho. Falar bom dia, obrigado e cumprimentar os outros são atitudes que demonstram educação e respeito. 4) Deixar conflitos pendentes: Conflitos acumulados podem se agravar. Qualquer tipo de problema referente ao trabalho, dúvidas, responsabilidades que não foram bem entendidas, alguém que ficou magoado com outro por algum motivo, enfim, qualquer tipo de desconforto deve ser esclarecido para evitar a discórdia. 5) Ficar de cara fechada: Ter um companheiro de equipe mal-humorado causa desconforto do início ao fim do expediente. Esta postura gera desgastes, deixa a equipe desmotivada e ainda atrapalha a produtividade. Pessoas mal-humoradas geralmente não toleram brincadeiras. Com isso, automaticamente são excluídas do grupo, o que não é saudável. Por essa razão, manter o bom humor no trabalho é fundamental para cultivar bons relacionamentos.
  • 16. 10 principais erros no Trabalho em Equipe 6) Deixar de cultivar relacionamentos: A partir do seu relacionamento interpessoal no trabalho é que conseguirá construir um networking que servirá, no futuro, para encaminhá-lo às melhores oportunidades. É importante mostrar dinamismo, ser cooperativo no trabalho e nunca fechar as portas pelos lugares onde passar. 7) Não ouvir os colegas: É importante escutar a todos, mesmo aqueles que têm menos experiência. Questionar com um ar de superioridade as opiniões colocadas numa reunião não só intimida quem está expondo a ideia, como passa uma imagem de que você é hostil. 8) Não respeitar a diversidade: Não é aceitável em uma sociedade alguém não querer contato com outro indivíduo por ele ser diferente. Além disso, o respeito e o tratamento justo são valores que deveriam estar no DNA de todos. Sem eles, o colaborador atrapalha o relacionamento do grupo, invade limites dos colegas e a natureza do outro. 9) Apontar o erro do outro: A perfeição não é virtude de ninguém. Antes de apontar o erro do outro, deve-se analisar a sua própria conduta dentro da organização. É melhor ajudar a solucionar um problema do que criar outro maior em cima de algo que já deu errado. Lembre-se: errar é humano e o no futuro, o erro apontado pode ser o seu. 10) Ficar nervoso com a equipe: Atritos são inevitáveis no ambiente de trabalho, mas a empatia deve ser colocada em prática nos momentos de tensão para evitar que o problema se torne ainda pior. Cada um tem um tipo de aprendizagem e um ritmo de trabalho, o que não quer dizer que a qualidade da atividade seja melhor ou pior que a sua. Equilíbrio emocional e uma conduta educada são importantes tanto para a empresa como para o profissional.
  • 17. Características de uma [boa] equipe ● Capacidade de aprendizado ● Habilidades sociais e técnicas ● Diversidade ● União ● Auto-crítica ● Respeito
  • 18. E o quê mais fora esses conceitos?