SlideShare uma empresa Scribd logo
Pauta Leitura feita pela formadora; Slides: tematização da prática; Análise de registro; Elaboração da devolutiva – focos em destaque; Socialização Leitura do texto: “A tematização da prática”; Trabalho em grupo  Socialização Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
TEMATIZAÇÃO  DA PRÁTICA  O QUE É TEMATIZAR A PRÁTICA??? Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
1- PARA SER TEMATIZADA A PRÁTICA DO PROFESSOR PRECISA ESTAR DOCUMENTADA. Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
“  CHAMAMOS A ESTE TRABALHO TEMATIZAÇÃO DA PRÁTICA PORQUE SE TRATA DE OLHAR PARA A PRÁTICA DE SALA DE AULA COMO UM OBJETO SOBRE O QUAL SE PODE PENSAR.” TELMA WEISZ  Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
[object Object],[object Object],[object Object],Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
COMO ANALISAR AS AULAS? PODERÁ SER POR MEIO DE REGISTROS ESCRITOS EM VÍDEO; REGISTROS ESCRITOS DA AULAS Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
UMA PEQUENA AMOSTRA DA PRÁTICA REAL NA SALA DE AULA TORNA POSSÍVEL ABORDAR A COMPLEXIDADE DO OBJETO  QUE SE DESEJA ESTUDAR: Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
[object Object],[object Object],[object Object],Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
A MEDIDA EM QUE ESTE TRABALHO DE TEMATIZAÇÃO AVANÇA, O PROFESSOR DESCOBRE A POTENCIALIDADE DO REGISTRO COMO INSTRUMENTO DE OBJETIVAÇÃO DA PRÁTICA  Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
E DESTE MODO RECONHECE ESTE REGISTRO COMO RECURSO QUE PERMITE TOMAR CERTA DISTÂNCIA DA AÇÃO NA SALA DE AULA PARA OBSERVÁ-LA MELHOR.  Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
À MEDIDA QUE OS PROFESSORES AVANÇAM NA CONSTRUÇÃO DE CONHECIMENTO DIDÁTICO, PASSA A SER POSSÍVEL TEMATIZAR COM MAIOR FREQUÊNCIA SUAS PRÓPRIAS AULAS.  Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
A FINALIDADE DA ANÁLISE DE SITUAÇÕES DE SALA DE AULA SEMPRE É A APRENDIZAGEM E NÃO A AVALIAÇÃO DO QUE O PROFESSOR FEZ OU DEIXOU DE FAZER NA AULA REGISTRADA.  Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
PENSAR A PRÁTICA COMO OBJETO DE CONHECIMENTO COMPLEXO, NO QUAL É POSSÍVEL CONSIDERAR DIVERSOS ASPECTOS QUE PODEM SER RECORTADOS DO CONTEXTO ESPECÍFICO DE UMA AULA EM PARTICULAR E PODEM SER CARACTERIZADOS E PREVISTOS COMO VARIÁVEIS QUE DEVEM SER LEVADAS EM CONSIDERAÇÃO NO MOMENTO DO PLANEJAMENTO E DA CONCRETIZAÇÃO DE NOVAS SITUAÇÕES DE ENSINO.  Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
COMO COMPREENDER MELHOR AS COMPLEXAS RELAÇÕES ENTRE ENSINO DE APRENDIZAGEM? Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
QUANDO O PROFESSOR PARTICIPA DE UMA FORMAÇÃO  NA QUAL SERÁ ANALISADA UMA AULA PRÓPRIA... TRAJETO PERCORRIDO... Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
LIÇÃO COMPREENDIDA ... ...  A APRENDIZAGEM NÃO É UM FIEL REFLEXO DO ENSINO, QUE UMA MESMA INTERVENÇÃO PODE PROVOCAR DIVERSAS RESPOSTAS ENTRE AS CRIANÇAS, QUE FAZER A INTERVENÇÃO PRECISA NO MOMENTO OPORTUNOPARA FAVORECER O PROGRESSO DO CONHECIMENTO QUE ESTÁ LONGE DE SER FÁCIL...  TELMA WEISZ  Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
COMO FUNDAMENTAR AS AÇÕES PARA AVANÇAR NA DESCONTEXTUALIZAÇÃO DOS CONHECIMENTOS DIDÁTICOS?  Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
APROPRIAR-SE  NO SENTIDO DAS SITUAÇÕES E INTERVENÇÕES DIDÁTICAS ANALISADAS; TOMAR DECISÕES FUNDAMENTADAS AO PLANEJAR E ENFRENTAR EVENTOS INESPERADOS QUE COSTUMAM OCORRER DURANTE AS AULAS.  Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
ANÁLISE DO REGISTRO FEITO PELA PROFESSORA. LEITURA E PENSAR NO PROCESSO DE FORMAÇÃO Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
TRABALHO EM GRUPOS SOCIALIZAÇÃO Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
LEITURA: “A TEMATIZAÇÃO DA PRÁTICA” Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
MUDANÇA NA PRÁTICA DO PROFESSOR COORDENADOR: COMO SERÁ REALIZADA A / ORGANIZADA TEMATIZAÇÃO DA PRÁTICA ?  Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
SOCIALIZAÇÃO DOS GRUPOS  Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Organização da coletividade em sala de aula
Organização da coletividade em sala de aulaOrganização da coletividade em sala de aula
Organização da coletividade em sala de aula
Maria Cecilia Silva
 
DESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
DESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICADESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
DESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
carolnacari
 
Semana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alves
Semana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alvesSemana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alves
Semana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alves
SMEdeItabaianinha
 
Atpc sobre Avaliação
Atpc sobre AvaliaçãoAtpc sobre Avaliação
Atpc sobre Avaliação
Élida Catarino
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
Marcelo Assis
 
Gestão da Sala de Aula
Gestão da Sala de Aula Gestão da Sala de Aula
Gestão da Sala de Aula
Grasiela Dourado
 
Aula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão EscolarAula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão Escolar
Professora Florio
 
Conselho de Classe - Participativo
Conselho de Classe  - ParticipativoConselho de Classe  - Participativo
Conselho de Classe - Participativo
CÉSAR TAVARES
 
O que é gestão escolar césar tavares
O que é gestão  escolar césar tavaresO que é gestão  escolar césar tavares
O que é gestão escolar césar tavares
CÉSAR TAVARES
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
ELOI DE OLIVEIRA BATISTA
 
Gestão da sala de aula
Gestão da sala de aulaGestão da sala de aula
Gestão da sala de aula
Raquel Pereira
 
Ppt avaliação
Ppt avaliaçãoPpt avaliação
Ppt avaliação
Editora Moderna
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
Magda Marques
 
Relatorio final estágio_não escolar e gestão
Relatorio final estágio_não escolar e gestãoRelatorio final estágio_não escolar e gestão
Relatorio final estágio_não escolar e gestão
mkbariotto
 
Slides da reunião com professores
Slides da reunião com professoresSlides da reunião com professores
Slides da reunião com professores
driminas
 
Coordenação pedagógica
Coordenação pedagógicaCoordenação pedagógica
Coordenação pedagógica
Grasiela Dourado
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
Jocéia Nunes Mata
 
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasSlides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Marily Oliveira
 
Planejamento Educacional
Planejamento EducacionalPlanejamento Educacional
Planejamento Educacional
veracruzgabriela
 
Projeto de Intervenção
Projeto de IntervençãoProjeto de Intervenção
Projeto de Intervenção
moniquests
 

Mais procurados (20)

Organização da coletividade em sala de aula
Organização da coletividade em sala de aulaOrganização da coletividade em sala de aula
Organização da coletividade em sala de aula
 
DESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
DESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICADESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
DESAFIO COTIDIANO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
 
Semana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alves
Semana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alvesSemana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alves
Semana pedagógica em itabaianinha grupo rubem alves
 
Atpc sobre Avaliação
Atpc sobre AvaliaçãoAtpc sobre Avaliação
Atpc sobre Avaliação
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Gestão da Sala de Aula
Gestão da Sala de Aula Gestão da Sala de Aula
Gestão da Sala de Aula
 
Aula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão EscolarAula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão Escolar
 
Conselho de Classe - Participativo
Conselho de Classe  - ParticipativoConselho de Classe  - Participativo
Conselho de Classe - Participativo
 
O que é gestão escolar césar tavares
O que é gestão  escolar césar tavaresO que é gestão  escolar césar tavares
O que é gestão escolar césar tavares
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
Gestão da sala de aula
Gestão da sala de aulaGestão da sala de aula
Gestão da sala de aula
 
Ppt avaliação
Ppt avaliaçãoPpt avaliação
Ppt avaliação
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
 
Relatorio final estágio_não escolar e gestão
Relatorio final estágio_não escolar e gestãoRelatorio final estágio_não escolar e gestão
Relatorio final estágio_não escolar e gestão
 
Slides da reunião com professores
Slides da reunião com professoresSlides da reunião com professores
Slides da reunião com professores
 
Coordenação pedagógica
Coordenação pedagógicaCoordenação pedagógica
Coordenação pedagógica
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasSlides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
 
Planejamento Educacional
Planejamento EducacionalPlanejamento Educacional
Planejamento Educacional
 
Projeto de Intervenção
Projeto de IntervençãoProjeto de Intervenção
Projeto de Intervenção
 

Mais de pri_alquimim

DIA DO SARESP NA ESCOLA
DIA DO SARESP NA ESCOLADIA DO SARESP NA ESCOLA
DIA DO SARESP NA ESCOLA
pri_alquimim
 
O.T - DIA DO SARESP NA ESCOLA
O.T - DIA DO SARESP NA ESCOLAO.T - DIA DO SARESP NA ESCOLA
O.T - DIA DO SARESP NA ESCOLA
pri_alquimim
 
SARESP - CICLO I
SARESP - CICLO ISARESP - CICLO I
SARESP - CICLO I
pri_alquimim
 
SARESP - CIC
SARESP - CICSARESP - CIC
SARESP - CIC
pri_alquimim
 
11º ENCONTRO - LER E ESCREVER
11º ENCONTRO - LER E ESCREVER  11º ENCONTRO - LER E ESCREVER
11º ENCONTRO - LER E ESCREVER
pri_alquimim
 
7 encontro
7 encontro7 encontro
7 encontro
pri_alquimim
 
Apresentação - Entrega de certificados
Apresentação - Entrega de  certificadosApresentação - Entrega de  certificados
Apresentação - Entrega de certificados
pri_alquimim
 
O.T MATEMÁTICA 22 04
O.T MATEMÁTICA 22 04O.T MATEMÁTICA 22 04
O.T MATEMÁTICA 22 04
pri_alquimim
 
5 encontro
5 encontro5 encontro
5 encontro
pri_alquimim
 
O.T MATEMATICA 15 04
O.T MATEMATICA 15 04O.T MATEMATICA 15 04
O.T MATEMATICA 15 04
pri_alquimim
 
ORIENT TÉCNICA 08 04
ORIENT TÉCNICA 08 04ORIENT TÉCNICA 08 04
ORIENT TÉCNICA 08 04pri_alquimim
 
Orientacao Tecnica Ciclo I 18/03/10
Orientacao Tecnica Ciclo I 18/03/10Orientacao Tecnica Ciclo I 18/03/10
Orientacao Tecnica Ciclo I 18/03/10
pri_alquimim
 
O.T 04 03 10
O.T 04 03 10O.T 04 03 10
O.T 04 03 10
pri_alquimim
 
Diretoria De Ensino – Regiao De Caieiras – Saresp[1]
Diretoria De Ensino – Regiao De Caieiras – Saresp[1]Diretoria De Ensino – Regiao De Caieiras – Saresp[1]
Diretoria De Ensino – Regiao De Caieiras – Saresp[1]
pri_alquimim
 
SARESP 2009 - 4 SÉRIE
SARESP 2009 - 4 SÉRIESARESP 2009 - 4 SÉRIE
SARESP 2009 - 4 SÉRIE
pri_alquimim
 
SARESP 2009
SARESP 2009SARESP 2009
SARESP 2009
pri_alquimim
 
Recuperação Paralela
Recuperação ParalelaRecuperação Paralela
Recuperação Paralela
pri_alquimim
 
DIA DO SARESP NA ESCOLA
DIA DO SARESP NA ESCOLADIA DO SARESP NA ESCOLA
DIA DO SARESP NA ESCOLA
pri_alquimim
 
AÇÕES DOS GESTORES - LEITURA
AÇÕES DOS GESTORES - LEITURAAÇÕES DOS GESTORES - LEITURA
AÇÕES DOS GESTORES - LEITURA
pri_alquimim
 
OT MATEMÁTICA 04/06
OT MATEMÁTICA 04/06OT MATEMÁTICA 04/06
OT MATEMÁTICA 04/06
pri_alquimim
 

Mais de pri_alquimim (20)

DIA DO SARESP NA ESCOLA
DIA DO SARESP NA ESCOLADIA DO SARESP NA ESCOLA
DIA DO SARESP NA ESCOLA
 
O.T - DIA DO SARESP NA ESCOLA
O.T - DIA DO SARESP NA ESCOLAO.T - DIA DO SARESP NA ESCOLA
O.T - DIA DO SARESP NA ESCOLA
 
SARESP - CICLO I
SARESP - CICLO ISARESP - CICLO I
SARESP - CICLO I
 
SARESP - CIC
SARESP - CICSARESP - CIC
SARESP - CIC
 
11º ENCONTRO - LER E ESCREVER
11º ENCONTRO - LER E ESCREVER  11º ENCONTRO - LER E ESCREVER
11º ENCONTRO - LER E ESCREVER
 
7 encontro
7 encontro7 encontro
7 encontro
 
Apresentação - Entrega de certificados
Apresentação - Entrega de  certificadosApresentação - Entrega de  certificados
Apresentação - Entrega de certificados
 
O.T MATEMÁTICA 22 04
O.T MATEMÁTICA 22 04O.T MATEMÁTICA 22 04
O.T MATEMÁTICA 22 04
 
5 encontro
5 encontro5 encontro
5 encontro
 
O.T MATEMATICA 15 04
O.T MATEMATICA 15 04O.T MATEMATICA 15 04
O.T MATEMATICA 15 04
 
ORIENT TÉCNICA 08 04
ORIENT TÉCNICA 08 04ORIENT TÉCNICA 08 04
ORIENT TÉCNICA 08 04
 
Orientacao Tecnica Ciclo I 18/03/10
Orientacao Tecnica Ciclo I 18/03/10Orientacao Tecnica Ciclo I 18/03/10
Orientacao Tecnica Ciclo I 18/03/10
 
O.T 04 03 10
O.T 04 03 10O.T 04 03 10
O.T 04 03 10
 
Diretoria De Ensino – Regiao De Caieiras – Saresp[1]
Diretoria De Ensino – Regiao De Caieiras – Saresp[1]Diretoria De Ensino – Regiao De Caieiras – Saresp[1]
Diretoria De Ensino – Regiao De Caieiras – Saresp[1]
 
SARESP 2009 - 4 SÉRIE
SARESP 2009 - 4 SÉRIESARESP 2009 - 4 SÉRIE
SARESP 2009 - 4 SÉRIE
 
SARESP 2009
SARESP 2009SARESP 2009
SARESP 2009
 
Recuperação Paralela
Recuperação ParalelaRecuperação Paralela
Recuperação Paralela
 
DIA DO SARESP NA ESCOLA
DIA DO SARESP NA ESCOLADIA DO SARESP NA ESCOLA
DIA DO SARESP NA ESCOLA
 
AÇÕES DOS GESTORES - LEITURA
AÇÕES DOS GESTORES - LEITURAAÇÕES DOS GESTORES - LEITURA
AÇÕES DOS GESTORES - LEITURA
 
OT MATEMÁTICA 04/06
OT MATEMÁTICA 04/06OT MATEMÁTICA 04/06
OT MATEMÁTICA 04/06
 

Tematização da Prática

  • 1. Pauta Leitura feita pela formadora; Slides: tematização da prática; Análise de registro; Elaboração da devolutiva – focos em destaque; Socialização Leitura do texto: “A tematização da prática”; Trabalho em grupo Socialização Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 2. TEMATIZAÇÃO DA PRÁTICA O QUE É TEMATIZAR A PRÁTICA??? Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 3. 1- PARA SER TEMATIZADA A PRÁTICA DO PROFESSOR PRECISA ESTAR DOCUMENTADA. Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 4. “ CHAMAMOS A ESTE TRABALHO TEMATIZAÇÃO DA PRÁTICA PORQUE SE TRATA DE OLHAR PARA A PRÁTICA DE SALA DE AULA COMO UM OBJETO SOBRE O QUAL SE PODE PENSAR.” TELMA WEISZ Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 5.
  • 6. COMO ANALISAR AS AULAS? PODERÁ SER POR MEIO DE REGISTROS ESCRITOS EM VÍDEO; REGISTROS ESCRITOS DA AULAS Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 7. UMA PEQUENA AMOSTRA DA PRÁTICA REAL NA SALA DE AULA TORNA POSSÍVEL ABORDAR A COMPLEXIDADE DO OBJETO QUE SE DESEJA ESTUDAR: Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 8.
  • 9. A MEDIDA EM QUE ESTE TRABALHO DE TEMATIZAÇÃO AVANÇA, O PROFESSOR DESCOBRE A POTENCIALIDADE DO REGISTRO COMO INSTRUMENTO DE OBJETIVAÇÃO DA PRÁTICA Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 10. E DESTE MODO RECONHECE ESTE REGISTRO COMO RECURSO QUE PERMITE TOMAR CERTA DISTÂNCIA DA AÇÃO NA SALA DE AULA PARA OBSERVÁ-LA MELHOR. Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 11. À MEDIDA QUE OS PROFESSORES AVANÇAM NA CONSTRUÇÃO DE CONHECIMENTO DIDÁTICO, PASSA A SER POSSÍVEL TEMATIZAR COM MAIOR FREQUÊNCIA SUAS PRÓPRIAS AULAS. Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 12. A FINALIDADE DA ANÁLISE DE SITUAÇÕES DE SALA DE AULA SEMPRE É A APRENDIZAGEM E NÃO A AVALIAÇÃO DO QUE O PROFESSOR FEZ OU DEIXOU DE FAZER NA AULA REGISTRADA. Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 13. PENSAR A PRÁTICA COMO OBJETO DE CONHECIMENTO COMPLEXO, NO QUAL É POSSÍVEL CONSIDERAR DIVERSOS ASPECTOS QUE PODEM SER RECORTADOS DO CONTEXTO ESPECÍFICO DE UMA AULA EM PARTICULAR E PODEM SER CARACTERIZADOS E PREVISTOS COMO VARIÁVEIS QUE DEVEM SER LEVADAS EM CONSIDERAÇÃO NO MOMENTO DO PLANEJAMENTO E DA CONCRETIZAÇÃO DE NOVAS SITUAÇÕES DE ENSINO. Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 14.
  • 15. COMO COMPREENDER MELHOR AS COMPLEXAS RELAÇÕES ENTRE ENSINO DE APRENDIZAGEM? Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 16. QUANDO O PROFESSOR PARTICIPA DE UMA FORMAÇÃO NA QUAL SERÁ ANALISADA UMA AULA PRÓPRIA... TRAJETO PERCORRIDO... Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 17. LIÇÃO COMPREENDIDA ... ... A APRENDIZAGEM NÃO É UM FIEL REFLEXO DO ENSINO, QUE UMA MESMA INTERVENÇÃO PODE PROVOCAR DIVERSAS RESPOSTAS ENTRE AS CRIANÇAS, QUE FAZER A INTERVENÇÃO PRECISA NO MOMENTO OPORTUNOPARA FAVORECER O PROGRESSO DO CONHECIMENTO QUE ESTÁ LONGE DE SER FÁCIL... TELMA WEISZ Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 18. COMO FUNDAMENTAR AS AÇÕES PARA AVANÇAR NA DESCONTEXTUALIZAÇÃO DOS CONHECIMENTOS DIDÁTICOS? Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 19. APROPRIAR-SE NO SENTIDO DAS SITUAÇÕES E INTERVENÇÕES DIDÁTICAS ANALISADAS; TOMAR DECISÕES FUNDAMENTADAS AO PLANEJAR E ENFRENTAR EVENTOS INESPERADOS QUE COSTUMAM OCORRER DURANTE AS AULAS. Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 20. ANÁLISE DO REGISTRO FEITO PELA PROFESSORA. LEITURA E PENSAR NO PROCESSO DE FORMAÇÃO Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 21. TRABALHO EM GRUPOS SOCIALIZAÇÃO Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 22. LEITURA: “A TEMATIZAÇÃO DA PRÁTICA” Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 23. MUDANÇA NA PRÁTICA DO PROFESSOR COORDENADOR: COMO SERÁ REALIZADA A / ORGANIZADA TEMATIZAÇÃO DA PRÁTICA ? Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I
  • 24. SOCIALIZAÇÃO DOS GRUPOS Márcia Corrales - Priscila Alquimim - PC OP Ciclo I