SlideShare uma empresa Scribd logo
www.quimicasemmedo.blogspot.com/




        1º SIMULADO ENEM

                QUÍMICA 2012

                                       Prof. Máiquel Vieira




AULAS DE REFERÊNCIA:

     Matéria, suas propriedades e usos
     Misturas: tipos e métodos de separação
     Modelos atômicos – átomos e sua estrutura
     Elementos químicos e Tabela periódica
     Ligações químicas
     Geometria de uma molécula
     Funções inorgânicas
www.quimicasemmedo.blogspot.com/
QUESTÃO 1: Sal de cozinha (cloreto de sódio) e açúcar (sacarose) são sólidos
brancos solúveis em água. Suas soluções aquosas apresentam
comportamentos completamente diferentes quanto à condução de corrente
elétrica. É correto afirmar que:

A) o cloreto de sódio e um composto iônico e sua solução aquosa conduz
corrente elétrica, devido a presença de moléculas de NaCl. A sacarose é um
composto covalente e sua solução aquosa tem viscosidade muito alta,
diminuindo a condutividade da água.

B) uma substância como o cloreto de sódio, que em solução aquosa forma
íons, é chamada de eletrólito. A solução de sacarose conduz corrente elétrica,
devido a formação de ligações de hidrogênio entre as moléculas de sacarose e
água.

C) o cloreto de sódio é um composto iônico e suas soluções aquosas
conduzem corrente elétrica, devido à presença de íons livres. A sacarose e um
composto constituído de moléculas e suas soluções aquosas não conduzem
corrente elétrica, pois as moléculas neutras de sacarose não contribuem para o
transporte de cargas.

D) a dissolução de sacarose em água leva a quebra das moléculas de
sacarose em glicose e frutose e estas moléculas conduzem corrente elétrica. A
solução de sal, por sua vez, apresenta condutividade menor que a da água
destilada.

E) soluções aquosas de sacarose ou de cloreto de sódio apresentam
condutividade elétrica maior do que aquela apresentada pela água pura, pois
há formação de soluções eletrolíticas. Os íons formados são os responsáveis
pelo transporte de cargas em ambos os casos.



QUESTÃO 2: Um documentário transmitido pela T.V. mostrou como nativos
africanos “purificam” águas retiradas de poças quase secas e “imundas”, para
matar a sede. Molhando, nas poças, feixes de gramíneas muito enraizadas e
colocando-os em posição vertical, a água escorre limpa. Este procedimento
pode ser comparado com o processo de separação chamado de:

   A)   Ventilação
   B)   Destilação
   C)   Catação
   D)   Filtração
   E)   Sifonação
www.quimicasemmedo.blogspot.com/
QUESTÃO 3: A pele humana, quando está bem hidratada, adquire boa
elasticidade e aspecto macio e suave. Em contrapartida, quando está
ressecada, perde sua elasticidade e se apresenta opaca e áspera. Para evitar
o ressecamento da pele é necessário, sempre que possível, utilizar hidratantes
umectantes, feitos geralmente à base de glicerina e polietilenoglicol:




A retenção de água na superfície da pele promovida pelos hidratantes é
conseqüência da interação dos grupos hidroxila dos agentes umectantes com a
umidade contida no ambiente por meio de

A) ligações iônicas.

B) forças de London.

C) ligações covalentes.

D) forças dipolo-dipolo.

E) ligações de hidrogênio.
www.quimicasemmedo.blogspot.com/

QUESTÃO 4: O ciclo da água é fundamental para a preservação da vida no
planeta. As condições climáticas da Terra permitem que a água sofra
mudanças de fase e a compreensão dessas transformações é fundamental
para se entender o ciclo hidrológico. Numa dessas mudanças, a água ou a
umidade da terra absorve calor do sol e dos arredores. Quando já foi absorvido
calor suficiente, algumas das moléculas do líquido podem ter energia
necessária para recomeçar a subir para a atmosfera. A transformação
mencionada no texto é a:
a) Fusão.
b) Liquefação.
c) Evaporação.
d) Solidificação.
e) Condensação.


QUESTÃO 5: Observando-se o comportamento das substâncias nos sistemas
a seguir, é INCORRETO afirmar que:




A) O óleo deve ser solúvel em tetracloreto de carbono

B) a água e o óleo não são miscíveis, por serem ambos apolares.

C) juntando-se os conteúdos dos sistemas I, II e III, obtém-se uma mistura
heterogênea.

d) a sacarose é um composto polar.

e) o óleo é menos denso que a água.
www.quimicasemmedo.blogspot.com/


QUESTÃO 6: Suponha que um agricultor esteja interessado em fazer uma
plantação de girassóis. Procurando informação, leu a seguinte reportagem:


                       Solo ácido não favorece plantio


Alguns cuidados devem ser tomados por quem decide iniciar o cultivo do
girassol. A oleaginosa deve ser plantada em solos descompactados, com pH
acima de 5,2 (que indica menor acidez da terra). Conforme as recomendações
da Embrapa, o agricultor deve colocar, por hectare, 40 kg a 60 kg de nitrogênio,
40 kg a 80 kg de potássio e 40 kg a 80 kg de fósforo.


 O pH do solo, na região do agricultor, é de 4,8. Dessa forma, o agricultor
                        deverá fazer a “calagem”.
                                                     (Folha de S. Paulo, 25/09/1996)


Suponha que o agricultor vá fazer calagem (aumento do pH do solo por adição
de cal virgem – CaO). De maneira simplificada, a diminuição da acidez se dá
pela interação da cal (CaO) com a água presente no solo, gerando hidróxido de
cálcio (Ca(OH)2), que reage com os íons H+ (dos ácidos), ocorrendo, então, a
formação de água e deixando íons Ca2+ no solo.
Considere as seguintes equações:
I. CaO + 2H2O  Ca(OH)3
II. CaO + H2O  Ca(OH)2
III. Ca(OH)2 + 2H+  Ca2+ + 2H2O
IV. Ca(OH)2 + H+  CaO + H2O
O processo de calagem descrito acima pode ser representado pelas equações:
(A) I e II
(B) I e IV
(C) II e III
(D) II e IV
(E) III e IV
www.quimicasemmedo.blogspot.com/


QUESTÃO 7: O suco extraído do repolho roxo pode ser utilizado como
indicador do caráter ácido (pH entre 0 e 7) ou básico (pH entre 7 e 14) de
diferentes soluções. Misturando-se um pouco de suco de repolho e da solução,
a mistura passa a apresentar diferentes cores, segundo sua natureza ácida ou
básica, de acordo com a escala abaixo.




Algumas soluções foram testadas com esse indicador, produzindo os seguintes
resultados:



                               Material           Cor

                       I - Amoníaco             Verde

                       II - Leite de magnésia   Azul

                       III - Vinagre            Vermelha

                       IV - Leite de vaca       Rosa



De acordo com esses resultados, as soluções I, II, III e IV têm,
respectivamente, caráter:

a) ácido / básico / básico / ácido.

b) ácido / básico / ácido / básico.

c) básico / ácido / básico / ácido.

d) ácido / ácido / básico / básico.

e) básico / básico / ácido / ácido.
www.quimicasemmedo.blogspot.com/
QUESTÃO 8: Os exageros do final de semana podem levar o individuo a um
quadro de azia. A azia pode ser descrita como uma sensação de queimação no
esôfago, provocada pelo desbalanceamento do pH estomacal (excesso de
ácido clorídrico). Um dos antiácidos comumente empregados no combate à
azia é leite de magnésia.
O leite de magnésia possui 64,8g de hidróxido de magnésio [Mg(OH) 2] por litro
da solução. Quais os produtos que poderão ser obtidos quando o ácido é
neutralizado ao se ingerir o leite de magnésia?
a) MgCl e 2H2O
b) MgCl2 e H2O
c) 2MgCl e 3H2O
d) MgCl2 e 2H2O
e) 2H2O


QUESTÃO 9: As misturas efervescentes, em pó ou em comprimidos, são
comuns para a administração de vitamina C ou de medicamentos para azia.
Essa forma farmacêutica sólida foi desenvolvida para facilitar o transporte,
aumentar a estabilidade de substâncias e, quando em solução, acelerar a
absorção do fármaco pelo organismo. A matérias-primas que atuam na
efervescência são, em geral, o ácido tartárico ou o ácido cítrico que reagem
com um sal de caráter básico, como o bicarbonato de sódio (NaHCO 3), quando
em contato com a água. A partir do contato da mistura efervescente com a
água, ocorre uma série de reações químicas simultâneas: liberação de íons,
formação de ácido e liberação do gás carbônico – gerando a efervescência. As
equações a seguir representam as etapas da reação da mistura efervescente
na água, em que foram omitidos os estados de agregação dos reagentes, e
H3A representa o ácido cítrico.




A ionização, a dissociação iônica, a formação do ácido e a liberação do gás
ocorrem, respectivamente, nas seguintes etapas:

a) IV, I, III e II
b) IV, I, II e III
c) I, IV, III e II
d) IV, III, I e II
e) I, IV, II e III


QUESTÃO 10: O processo de industrialização tem gerado sérios problemas de
ordem ambiental, econômica e social, entre os quais se pode citar a chuva
ácida. Os ácidos usualmente presentes em maiores proporções na água da
chuva são o H2CO3, formado pela reação do CO2 atmosférico com a água, o
HNO3, o HNO2, o H2SO4 e o H2SO3. Esses quatro últimos são formados
principalmente a partir da reação da água com os óxidos de nitrogênio e de
enxofre gerados pela queima de combustíveis fósseis. A formação de chuva
mais ou menos ácida depende não só da concentração do ácido formado,
como também do tipo de ácido. Essa pode ser uma informação útil na
elaboração de estratégias para minimizar esse problema ambiental. Se
consideradas concentrações idênticas, quais dos ácidos citados no texto
conferem maior acidez às águas das chuvas?

a) HNO3 e HNO2.
b) H2SO4 e H2SO3.
c) H2SO3 e HNO2.
d) H2SO4 e HNO3.
e) H2CO3 e H2SO3.




                www.quimicasemmedo.blogspot.com/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revisao vieira
Revisao vieiraRevisao vieira
Revisao vieira
Rodrigo Sampaio
 
Simulado ENEM Química
Simulado ENEM QuímicaSimulado ENEM Química
Simulado ENEM Química
Fábio Oisiovici
 
Bioquímica questões
Bioquímica questõesBioquímica questões
Bioquímica questões
Fábio Oisiovici
 
Reações orgânicas bahiana revisão
Reações orgânicas bahiana revisãoReações orgânicas bahiana revisão
Reações orgânicas bahiana revisão
Fábio Oisiovici
 
revisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicosrevisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicos
Fábio Oisiovici
 
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARESREVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
Rodrigo Sampaio
 
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Rodrigo Sampaio
 
Inor parte 1
Inor parte 1Inor parte 1
Inor parte 1
Fábio Oisiovici
 
Lista 2 recuperacao
Lista 2   recuperacaoLista 2   recuperacao
Lista 2 recuperacao
Rodrigo Sampaio
 
Inor parte 2
Inor parte 2Inor parte 2
Inor parte 2
Fábio Oisiovici
 
concentração soluções
concentração soluçõesconcentração soluções
concentração soluções
Fábio Oisiovici
 
Bioquimica revisão
Bioquimica revisãoBioquimica revisão
Bioquimica revisão
Rodrigo Sampaio
 
Pilha2013
Pilha2013Pilha2013
Pilha2013
Fábio Oisiovici
 
Nox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido ReduçãoNox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido Redução
Fábio Oisiovici
 
Bioquímica teoria
Bioquímica teoriaBioquímica teoria
Bioquímica teoria
Fábio Oisiovici
 
Química - Professor Antônio Jéfferson
Química - Professor Antônio JéffersonQuímica - Professor Antônio Jéfferson
Química - Professor Antônio Jéfferson
Pré-Enem Seduc
 
3ª lista de exercícios 1º ano
3ª lista de exercícios 1º ano3ª lista de exercícios 1º ano
3ª lista de exercícios 1º ano
EEEPMJM
 
Eletrolise exercícios
Eletrolise exercíciosEletrolise exercícios
Eletrolise exercícios
Fábio Oisiovici
 
Lista de exerccios
Lista de exercciosLista de exerccios
Lista de exerccios
Sabrina Abud
 
Lista de exercícios neutralização ácido base
Lista de exercícios neutralização ácido baseLista de exercícios neutralização ácido base
Lista de exercícios neutralização ácido base
Marco Bumba
 

Mais procurados (20)

Revisao vieira
Revisao vieiraRevisao vieira
Revisao vieira
 
Simulado ENEM Química
Simulado ENEM QuímicaSimulado ENEM Química
Simulado ENEM Química
 
Bioquímica questões
Bioquímica questõesBioquímica questões
Bioquímica questões
 
Reações orgânicas bahiana revisão
Reações orgânicas bahiana revisãoReações orgânicas bahiana revisão
Reações orgânicas bahiana revisão
 
revisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicosrevisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicos
 
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARESREVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
 
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
 
Inor parte 1
Inor parte 1Inor parte 1
Inor parte 1
 
Lista 2 recuperacao
Lista 2   recuperacaoLista 2   recuperacao
Lista 2 recuperacao
 
Inor parte 2
Inor parte 2Inor parte 2
Inor parte 2
 
concentração soluções
concentração soluçõesconcentração soluções
concentração soluções
 
Bioquimica revisão
Bioquimica revisãoBioquimica revisão
Bioquimica revisão
 
Pilha2013
Pilha2013Pilha2013
Pilha2013
 
Nox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido ReduçãoNox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido Redução
 
Bioquímica teoria
Bioquímica teoriaBioquímica teoria
Bioquímica teoria
 
Química - Professor Antônio Jéfferson
Química - Professor Antônio JéffersonQuímica - Professor Antônio Jéfferson
Química - Professor Antônio Jéfferson
 
3ª lista de exercícios 1º ano
3ª lista de exercícios 1º ano3ª lista de exercícios 1º ano
3ª lista de exercícios 1º ano
 
Eletrolise exercícios
Eletrolise exercíciosEletrolise exercícios
Eletrolise exercícios
 
Lista de exerccios
Lista de exercciosLista de exerccios
Lista de exerccios
 
Lista de exercícios neutralização ácido base
Lista de exercícios neutralização ácido baseLista de exercícios neutralização ácido base
Lista de exercícios neutralização ácido base
 

Destaque

Prova enem 2009
Prova enem 2009Prova enem 2009
Prova enem 2009
Maiquel Vieira
 
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 2
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 2Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 2
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 2
Maiquel Vieira
 
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 4
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 4Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 4
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 4
Maiquel Vieira
 
Intregração de conhecimentos para o ENEM - Biocombustíveis
Intregração de conhecimentos para o ENEM  - BiocombustíveisIntregração de conhecimentos para o ENEM  - Biocombustíveis
Intregração de conhecimentos para o ENEM - Biocombustíveis
Maiquel Vieira
 
Passatempo Químico - Prof. Fernando Abreu
Passatempo Químico - Prof. Fernando AbreuPassatempo Químico - Prof. Fernando Abreu
Passatempo Químico - Prof. Fernando Abreu
Fernando Abreu
 
Gabarito Oficial de Todas as Provas do Enem 2013 - Ministério da Educação - MEC
Gabarito Oficial de Todas as Provas do Enem 2013 - Ministério da Educação - MECGabarito Oficial de Todas as Provas do Enem 2013 - Ministério da Educação - MEC
Gabarito Oficial de Todas as Provas do Enem 2013 - Ministério da Educação - MEC
Maiquel Vieira
 
Aula de química para o Enem - Eletroquímica: Eletrólise - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Eletroquímica: Eletrólise - Módulo 3Aula de química para o Enem - Eletroquímica: Eletrólise - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Eletroquímica: Eletrólise - Módulo 3
Maiquel Vieira
 
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 5
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 5Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 5
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 5
Maiquel Vieira
 
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 1
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 1Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 1
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 1
Maiquel Vieira
 
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 3Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 3
Maiquel Vieira
 
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Maiquel Vieira
 
Quimica tabela periodica
Quimica tabela periodicaQuimica tabela periodica
Quimica tabela periodica
Estude Mais
 
Uespi 2009 ( biologia quimica )
Uespi 2009 ( biologia   quimica )Uespi 2009 ( biologia   quimica )
Uespi 2009 ( biologia quimica )
tamandarealfamanha
 
Aula 5 - Ligações químicas
Aula 5 - Ligações químicasAula 5 - Ligações químicas
Aula 5 - Ligações químicas
Maiquel Vieira
 
Aula 6 - Geometria molecular
Aula 6 - Geometria molecularAula 6 - Geometria molecular
Aula 6 - Geometria molecular
Maiquel Vieira
 
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
Maiquel Vieira
 
Aula 10 - Transformações químicas e energia
Aula 10 - Transformações químicas e energiaAula 10 - Transformações químicas e energia
Aula 10 - Transformações químicas e energia
Maiquel Vieira
 
Aula 4 - Elementos químicos e a Tabela periódica
Aula 4 -  Elementos químicos e a Tabela periódicaAula 4 -  Elementos químicos e a Tabela periódica
Aula 4 - Elementos químicos e a Tabela periódica
Maiquel Vieira
 
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Maiquel Vieira
 
Aula 2 - Misturas, tipos e métodos de separação
Aula 2 - Misturas, tipos e métodos de separaçãoAula 2 - Misturas, tipos e métodos de separação
Aula 2 - Misturas, tipos e métodos de separação
Maiquel Vieira
 

Destaque (20)

Prova enem 2009
Prova enem 2009Prova enem 2009
Prova enem 2009
 
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 2
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 2Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 2
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 2
 
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 4
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 4Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 4
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 4
 
Intregração de conhecimentos para o ENEM - Biocombustíveis
Intregração de conhecimentos para o ENEM  - BiocombustíveisIntregração de conhecimentos para o ENEM  - Biocombustíveis
Intregração de conhecimentos para o ENEM - Biocombustíveis
 
Passatempo Químico - Prof. Fernando Abreu
Passatempo Químico - Prof. Fernando AbreuPassatempo Químico - Prof. Fernando Abreu
Passatempo Químico - Prof. Fernando Abreu
 
Gabarito Oficial de Todas as Provas do Enem 2013 - Ministério da Educação - MEC
Gabarito Oficial de Todas as Provas do Enem 2013 - Ministério da Educação - MECGabarito Oficial de Todas as Provas do Enem 2013 - Ministério da Educação - MEC
Gabarito Oficial de Todas as Provas do Enem 2013 - Ministério da Educação - MEC
 
Aula de química para o Enem - Eletroquímica: Eletrólise - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Eletroquímica: Eletrólise - Módulo 3Aula de química para o Enem - Eletroquímica: Eletrólise - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Eletroquímica: Eletrólise - Módulo 3
 
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 5
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 5Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 5
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 5
 
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 1
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 1Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 1
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 1
 
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 3Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Orgânica - Módulo 3
 
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
Exercícios - ref. Aulas 1 a 5
 
Quimica tabela periodica
Quimica tabela periodicaQuimica tabela periodica
Quimica tabela periodica
 
Uespi 2009 ( biologia quimica )
Uespi 2009 ( biologia   quimica )Uespi 2009 ( biologia   quimica )
Uespi 2009 ( biologia quimica )
 
Aula 5 - Ligações químicas
Aula 5 - Ligações químicasAula 5 - Ligações químicas
Aula 5 - Ligações químicas
 
Aula 6 - Geometria molecular
Aula 6 - Geometria molecularAula 6 - Geometria molecular
Aula 6 - Geometria molecular
 
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
 
Aula 10 - Transformações químicas e energia
Aula 10 - Transformações químicas e energiaAula 10 - Transformações químicas e energia
Aula 10 - Transformações químicas e energia
 
Aula 4 - Elementos químicos e a Tabela periódica
Aula 4 -  Elementos químicos e a Tabela periódicaAula 4 -  Elementos químicos e a Tabela periódica
Aula 4 - Elementos químicos e a Tabela periódica
 
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
Exercicios Enem Química - Treinamento para as aulas 1, 2 e 3
 
Aula 2 - Misturas, tipos e métodos de separação
Aula 2 - Misturas, tipos e métodos de separaçãoAula 2 - Misturas, tipos e métodos de separação
Aula 2 - Misturas, tipos e métodos de separação
 

Semelhante a Simulado 2012 10 questões (aula 1 a 7) publicar

Revisão Química - enem 2009
Revisão Química - enem 2009Revisão Química - enem 2009
Revisão Química - enem 2009
Vestibular Seriado
 
2ª lista de exercícios 1º ano
2ª lista de exercícios 1º ano2ª lista de exercícios 1º ano
2ª lista de exercícios 1º ano
EEEPMJM
 
2ª lista de exercícios 1º ano
2ª lista de exercícios 1º ano2ª lista de exercícios 1º ano
2ª lista de exercícios 1º ano
rommelalves
 
EXERCÍCIOS DE ÁCIDOS E BASES
EXERCÍCIOS DE ÁCIDOS E BASESEXERCÍCIOS DE ÁCIDOS E BASES
EXERCÍCIOS DE ÁCIDOS E BASES
Kaires Braga
 
Recuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bimRecuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bim
blogprofbento
 
Alex 01
Alex 01Alex 01
QUESTÕES DA UVA - REVISÃO
QUESTÕES DA UVA - REVISÃOQUESTÕES DA UVA - REVISÃO
QUESTÕES DA UVA - REVISÃO
Kaires Braga
 
Exercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºbExercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºb
blogprofbento
 
Lista de exercícios 48 coeficciente de solubilidade
Lista de exercícios 48   coeficciente de solubilidadeLista de exercícios 48   coeficciente de solubilidade
Lista de exercícios 48 coeficciente de solubilidade
Colegio CMC
 
Lista 1 - 2015
Lista 1 - 2015Lista 1 - 2015
Lista 1 - 2015
Marcelo Miorim
 
Lista de exerccios quimica
Lista de exerccios quimicaLista de exerccios quimica
Lista de exerccios quimica
Osileia Monteiro
 
3 ano-quimica-lista-de-exercicio-gabarito
3 ano-quimica-lista-de-exercicio-gabarito3 ano-quimica-lista-de-exercicio-gabarito
3 ano-quimica-lista-de-exercicio-gabarito
Universidade Federal do Vale do São Francisco
 
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro anoRevisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
AlessandraRaiolDasNe
 
Reações ácido base
Reações ácido baseReações ácido base
Reações ácido base
Celestino Silva
 
Lista 10 2014
Lista  10   2014Lista  10   2014
Lista 10 2014
profNICODEMOS
 
Exercícios de recuperação 2
Exercícios de recuperação 2Exercícios de recuperação 2
Exercícios de recuperação 2
Claudia Cinara Braga
 
4549621 quimica-organica-reacoes-organicas-50-questoes
4549621 quimica-organica-reacoes-organicas-50-questoes4549621 quimica-organica-reacoes-organicas-50-questoes
4549621 quimica-organica-reacoes-organicas-50-questoes
Alexssan Moura
 
3ª lista de exercícios 1º ano
3ª lista de exercícios 1º ano3ª lista de exercícios 1º ano
3ª lista de exercícios 1º ano
rommelalves
 
Lista 35 funções inorgânicas - difícil
Lista 35   funções inorgânicas - difícilLista 35   funções inorgânicas - difícil
Lista 35 funções inorgânicas - difícil
Colegio CMC
 
AITIVIDADE.QUIMICA .ENSINO MÉDIO.docx
AITIVIDADE.QUIMICA .ENSINO MÉDIO.docxAITIVIDADE.QUIMICA .ENSINO MÉDIO.docx
AITIVIDADE.QUIMICA .ENSINO MÉDIO.docx
celenubialiradeolive
 

Semelhante a Simulado 2012 10 questões (aula 1 a 7) publicar (20)

Revisão Química - enem 2009
Revisão Química - enem 2009Revisão Química - enem 2009
Revisão Química - enem 2009
 
2ª lista de exercícios 1º ano
2ª lista de exercícios 1º ano2ª lista de exercícios 1º ano
2ª lista de exercícios 1º ano
 
2ª lista de exercícios 1º ano
2ª lista de exercícios 1º ano2ª lista de exercícios 1º ano
2ª lista de exercícios 1º ano
 
EXERCÍCIOS DE ÁCIDOS E BASES
EXERCÍCIOS DE ÁCIDOS E BASESEXERCÍCIOS DE ÁCIDOS E BASES
EXERCÍCIOS DE ÁCIDOS E BASES
 
Recuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bimRecuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bim
 
Alex 01
Alex 01Alex 01
Alex 01
 
QUESTÕES DA UVA - REVISÃO
QUESTÕES DA UVA - REVISÃOQUESTÕES DA UVA - REVISÃO
QUESTÕES DA UVA - REVISÃO
 
Exercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºbExercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºb
 
Lista de exercícios 48 coeficciente de solubilidade
Lista de exercícios 48   coeficciente de solubilidadeLista de exercícios 48   coeficciente de solubilidade
Lista de exercícios 48 coeficciente de solubilidade
 
Lista 1 - 2015
Lista 1 - 2015Lista 1 - 2015
Lista 1 - 2015
 
Lista de exerccios quimica
Lista de exerccios quimicaLista de exerccios quimica
Lista de exerccios quimica
 
3 ano-quimica-lista-de-exercicio-gabarito
3 ano-quimica-lista-de-exercicio-gabarito3 ano-quimica-lista-de-exercicio-gabarito
3 ano-quimica-lista-de-exercicio-gabarito
 
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro anoRevisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
 
Reações ácido base
Reações ácido baseReações ácido base
Reações ácido base
 
Lista 10 2014
Lista  10   2014Lista  10   2014
Lista 10 2014
 
Exercícios de recuperação 2
Exercícios de recuperação 2Exercícios de recuperação 2
Exercícios de recuperação 2
 
4549621 quimica-organica-reacoes-organicas-50-questoes
4549621 quimica-organica-reacoes-organicas-50-questoes4549621 quimica-organica-reacoes-organicas-50-questoes
4549621 quimica-organica-reacoes-organicas-50-questoes
 
3ª lista de exercícios 1º ano
3ª lista de exercícios 1º ano3ª lista de exercícios 1º ano
3ª lista de exercícios 1º ano
 
Lista 35 funções inorgânicas - difícil
Lista 35   funções inorgânicas - difícilLista 35   funções inorgânicas - difícil
Lista 35 funções inorgânicas - difícil
 
AITIVIDADE.QUIMICA .ENSINO MÉDIO.docx
AITIVIDADE.QUIMICA .ENSINO MÉDIO.docxAITIVIDADE.QUIMICA .ENSINO MÉDIO.docx
AITIVIDADE.QUIMICA .ENSINO MÉDIO.docx
 

Mais de Maiquel Vieira

Saiba como instalar seu filtro para poços artesiano
Saiba como instalar seu filtro para poços artesianoSaiba como instalar seu filtro para poços artesiano
Saiba como instalar seu filtro para poços artesiano
Maiquel Vieira
 
Como instalar seu filtro pentair para remoção de ferro da água
Como instalar seu filtro pentair para remoção de ferro da águaComo instalar seu filtro pentair para remoção de ferro da água
Como instalar seu filtro pentair para remoção de ferro da água
Maiquel Vieira
 
Como Instalar seu Filtro para Poço Artesiano
Como Instalar seu Filtro para Poço ArtesianoComo Instalar seu Filtro para Poço Artesiano
Como Instalar seu Filtro para Poço Artesiano
Maiquel Vieira
 
Revisão de Química Para o Enem 2013 - Reta final QUIMICASEMMEDO
Revisão de Química Para o Enem 2013 - Reta final QUIMICASEMMEDORevisão de Química Para o Enem 2013 - Reta final QUIMICASEMMEDO
Revisão de Química Para o Enem 2013 - Reta final QUIMICASEMMEDO
Maiquel Vieira
 
Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9
Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9
Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9
Maiquel Vieira
 
Caderno de resposta 1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 - Referente aulas 1...
Caderno de resposta 1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 - Referente aulas 1...Caderno de resposta 1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 - Referente aulas 1...
Caderno de resposta 1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 - Referente aulas 1...
Maiquel Vieira
 
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
Maiquel Vieira
 
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
Maiquel Vieira
 
Palestra dia mundial da agua
Palestra dia mundial da aguaPalestra dia mundial da agua
Palestra dia mundial da agua
Maiquel Vieira
 
Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3
Maiquel Vieira
 
Aula de química para o Enem - Ácidos, bases e sais - Módulo 2
Aula de química para o Enem - Ácidos, bases e sais - Módulo 2Aula de química para o Enem - Ácidos, bases e sais - Módulo 2
Aula de química para o Enem - Ácidos, bases e sais - Módulo 2
Maiquel Vieira
 
Reta final - Revisão
Reta final  - RevisãoReta final  - Revisão
Reta final - Revisão
Maiquel Vieira
 
Intregração de conhecimentos para o ENEM - Camada de ozônio
Intregração de conhecimentos para o ENEM - Camada de ozônioIntregração de conhecimentos para o ENEM - Camada de ozônio
Intregração de conhecimentos para o ENEM - Camada de ozônio
Maiquel Vieira
 
Simulado Revisão 1
Simulado Revisão 1Simulado Revisão 1
Simulado Revisão 1
Maiquel Vieira
 
Aula de química para o Enem - Estudo de soluçoes
Aula de química para o Enem - Estudo de soluçoesAula de química para o Enem - Estudo de soluçoes
Aula de química para o Enem - Estudo de soluçoes
Maiquel Vieira
 
Aula de química para o Enem - Equilibrio químico - Módulo 2
Aula de química para o Enem - Equilibrio químico - Módulo 2Aula de química para o Enem - Equilibrio químico - Módulo 2
Aula de química para o Enem - Equilibrio químico - Módulo 2
Maiquel Vieira
 
Aula de química para o Enem - Equilibrio químico - Módulo 1
Aula de química para o Enem - Equilibrio químico -  Módulo 1Aula de química para o Enem - Equilibrio químico -  Módulo 1
Aula de química para o Enem - Equilibrio químico - Módulo 1
Maiquel Vieira
 

Mais de Maiquel Vieira (17)

Saiba como instalar seu filtro para poços artesiano
Saiba como instalar seu filtro para poços artesianoSaiba como instalar seu filtro para poços artesiano
Saiba como instalar seu filtro para poços artesiano
 
Como instalar seu filtro pentair para remoção de ferro da água
Como instalar seu filtro pentair para remoção de ferro da águaComo instalar seu filtro pentair para remoção de ferro da água
Como instalar seu filtro pentair para remoção de ferro da água
 
Como Instalar seu Filtro para Poço Artesiano
Como Instalar seu Filtro para Poço ArtesianoComo Instalar seu Filtro para Poço Artesiano
Como Instalar seu Filtro para Poço Artesiano
 
Revisão de Química Para o Enem 2013 - Reta final QUIMICASEMMEDO
Revisão de Química Para o Enem 2013 - Reta final QUIMICASEMMEDORevisão de Química Para o Enem 2013 - Reta final QUIMICASEMMEDO
Revisão de Química Para o Enem 2013 - Reta final QUIMICASEMMEDO
 
Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9
Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9
Exercícios Enem Química - Treinamento aulas 7, 8 e 9
 
Caderno de resposta 1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 - Referente aulas 1...
Caderno de resposta 1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 - Referente aulas 1...Caderno de resposta 1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 - Referente aulas 1...
Caderno de resposta 1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 - Referente aulas 1...
 
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
CADERNO DE RESPOSTAS - Treinamento para as aulas 4, 5 e 6
 
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3CADERNO DE RESPOSTAS-  Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
CADERNO DE RESPOSTAS- Treinamento para as aulas 1, 2 a 3
 
Palestra dia mundial da agua
Palestra dia mundial da aguaPalestra dia mundial da agua
Palestra dia mundial da agua
 
Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3
Aula de química para o Enem - Reação de Neutralização e Óxidos - Módulo 3
 
Aula de química para o Enem - Ácidos, bases e sais - Módulo 2
Aula de química para o Enem - Ácidos, bases e sais - Módulo 2Aula de química para o Enem - Ácidos, bases e sais - Módulo 2
Aula de química para o Enem - Ácidos, bases e sais - Módulo 2
 
Reta final - Revisão
Reta final  - RevisãoReta final  - Revisão
Reta final - Revisão
 
Intregração de conhecimentos para o ENEM - Camada de ozônio
Intregração de conhecimentos para o ENEM - Camada de ozônioIntregração de conhecimentos para o ENEM - Camada de ozônio
Intregração de conhecimentos para o ENEM - Camada de ozônio
 
Simulado Revisão 1
Simulado Revisão 1Simulado Revisão 1
Simulado Revisão 1
 
Aula de química para o Enem - Estudo de soluçoes
Aula de química para o Enem - Estudo de soluçoesAula de química para o Enem - Estudo de soluçoes
Aula de química para o Enem - Estudo de soluçoes
 
Aula de química para o Enem - Equilibrio químico - Módulo 2
Aula de química para o Enem - Equilibrio químico - Módulo 2Aula de química para o Enem - Equilibrio químico - Módulo 2
Aula de química para o Enem - Equilibrio químico - Módulo 2
 
Aula de química para o Enem - Equilibrio químico - Módulo 1
Aula de química para o Enem - Equilibrio químico -  Módulo 1Aula de química para o Enem - Equilibrio químico -  Módulo 1
Aula de química para o Enem - Equilibrio químico - Módulo 1
 

Último

Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdfCopia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
davidreyes364666
 

Último (20)

Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdfCopia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
Copia de cartilla de portugués 1 2024.pdf
 

Simulado 2012 10 questões (aula 1 a 7) publicar

  • 1. www.quimicasemmedo.blogspot.com/ 1º SIMULADO ENEM QUÍMICA 2012 Prof. Máiquel Vieira AULAS DE REFERÊNCIA:  Matéria, suas propriedades e usos  Misturas: tipos e métodos de separação  Modelos atômicos – átomos e sua estrutura  Elementos químicos e Tabela periódica  Ligações químicas  Geometria de uma molécula  Funções inorgânicas
  • 2. www.quimicasemmedo.blogspot.com/ QUESTÃO 1: Sal de cozinha (cloreto de sódio) e açúcar (sacarose) são sólidos brancos solúveis em água. Suas soluções aquosas apresentam comportamentos completamente diferentes quanto à condução de corrente elétrica. É correto afirmar que: A) o cloreto de sódio e um composto iônico e sua solução aquosa conduz corrente elétrica, devido a presença de moléculas de NaCl. A sacarose é um composto covalente e sua solução aquosa tem viscosidade muito alta, diminuindo a condutividade da água. B) uma substância como o cloreto de sódio, que em solução aquosa forma íons, é chamada de eletrólito. A solução de sacarose conduz corrente elétrica, devido a formação de ligações de hidrogênio entre as moléculas de sacarose e água. C) o cloreto de sódio é um composto iônico e suas soluções aquosas conduzem corrente elétrica, devido à presença de íons livres. A sacarose e um composto constituído de moléculas e suas soluções aquosas não conduzem corrente elétrica, pois as moléculas neutras de sacarose não contribuem para o transporte de cargas. D) a dissolução de sacarose em água leva a quebra das moléculas de sacarose em glicose e frutose e estas moléculas conduzem corrente elétrica. A solução de sal, por sua vez, apresenta condutividade menor que a da água destilada. E) soluções aquosas de sacarose ou de cloreto de sódio apresentam condutividade elétrica maior do que aquela apresentada pela água pura, pois há formação de soluções eletrolíticas. Os íons formados são os responsáveis pelo transporte de cargas em ambos os casos. QUESTÃO 2: Um documentário transmitido pela T.V. mostrou como nativos africanos “purificam” águas retiradas de poças quase secas e “imundas”, para matar a sede. Molhando, nas poças, feixes de gramíneas muito enraizadas e colocando-os em posição vertical, a água escorre limpa. Este procedimento pode ser comparado com o processo de separação chamado de: A) Ventilação B) Destilação C) Catação D) Filtração E) Sifonação
  • 3. www.quimicasemmedo.blogspot.com/ QUESTÃO 3: A pele humana, quando está bem hidratada, adquire boa elasticidade e aspecto macio e suave. Em contrapartida, quando está ressecada, perde sua elasticidade e se apresenta opaca e áspera. Para evitar o ressecamento da pele é necessário, sempre que possível, utilizar hidratantes umectantes, feitos geralmente à base de glicerina e polietilenoglicol: A retenção de água na superfície da pele promovida pelos hidratantes é conseqüência da interação dos grupos hidroxila dos agentes umectantes com a umidade contida no ambiente por meio de A) ligações iônicas. B) forças de London. C) ligações covalentes. D) forças dipolo-dipolo. E) ligações de hidrogênio.
  • 4. www.quimicasemmedo.blogspot.com/ QUESTÃO 4: O ciclo da água é fundamental para a preservação da vida no planeta. As condições climáticas da Terra permitem que a água sofra mudanças de fase e a compreensão dessas transformações é fundamental para se entender o ciclo hidrológico. Numa dessas mudanças, a água ou a umidade da terra absorve calor do sol e dos arredores. Quando já foi absorvido calor suficiente, algumas das moléculas do líquido podem ter energia necessária para recomeçar a subir para a atmosfera. A transformação mencionada no texto é a: a) Fusão. b) Liquefação. c) Evaporação. d) Solidificação. e) Condensação. QUESTÃO 5: Observando-se o comportamento das substâncias nos sistemas a seguir, é INCORRETO afirmar que: A) O óleo deve ser solúvel em tetracloreto de carbono B) a água e o óleo não são miscíveis, por serem ambos apolares. C) juntando-se os conteúdos dos sistemas I, II e III, obtém-se uma mistura heterogênea. d) a sacarose é um composto polar. e) o óleo é menos denso que a água.
  • 5. www.quimicasemmedo.blogspot.com/ QUESTÃO 6: Suponha que um agricultor esteja interessado em fazer uma plantação de girassóis. Procurando informação, leu a seguinte reportagem: Solo ácido não favorece plantio Alguns cuidados devem ser tomados por quem decide iniciar o cultivo do girassol. A oleaginosa deve ser plantada em solos descompactados, com pH acima de 5,2 (que indica menor acidez da terra). Conforme as recomendações da Embrapa, o agricultor deve colocar, por hectare, 40 kg a 60 kg de nitrogênio, 40 kg a 80 kg de potássio e 40 kg a 80 kg de fósforo. O pH do solo, na região do agricultor, é de 4,8. Dessa forma, o agricultor deverá fazer a “calagem”. (Folha de S. Paulo, 25/09/1996) Suponha que o agricultor vá fazer calagem (aumento do pH do solo por adição de cal virgem – CaO). De maneira simplificada, a diminuição da acidez se dá pela interação da cal (CaO) com a água presente no solo, gerando hidróxido de cálcio (Ca(OH)2), que reage com os íons H+ (dos ácidos), ocorrendo, então, a formação de água e deixando íons Ca2+ no solo. Considere as seguintes equações: I. CaO + 2H2O  Ca(OH)3 II. CaO + H2O  Ca(OH)2 III. Ca(OH)2 + 2H+  Ca2+ + 2H2O IV. Ca(OH)2 + H+  CaO + H2O O processo de calagem descrito acima pode ser representado pelas equações: (A) I e II (B) I e IV (C) II e III (D) II e IV (E) III e IV
  • 6. www.quimicasemmedo.blogspot.com/ QUESTÃO 7: O suco extraído do repolho roxo pode ser utilizado como indicador do caráter ácido (pH entre 0 e 7) ou básico (pH entre 7 e 14) de diferentes soluções. Misturando-se um pouco de suco de repolho e da solução, a mistura passa a apresentar diferentes cores, segundo sua natureza ácida ou básica, de acordo com a escala abaixo. Algumas soluções foram testadas com esse indicador, produzindo os seguintes resultados: Material Cor I - Amoníaco Verde II - Leite de magnésia Azul III - Vinagre Vermelha IV - Leite de vaca Rosa De acordo com esses resultados, as soluções I, II, III e IV têm, respectivamente, caráter: a) ácido / básico / básico / ácido. b) ácido / básico / ácido / básico. c) básico / ácido / básico / ácido. d) ácido / ácido / básico / básico. e) básico / básico / ácido / ácido.
  • 7. www.quimicasemmedo.blogspot.com/ QUESTÃO 8: Os exageros do final de semana podem levar o individuo a um quadro de azia. A azia pode ser descrita como uma sensação de queimação no esôfago, provocada pelo desbalanceamento do pH estomacal (excesso de ácido clorídrico). Um dos antiácidos comumente empregados no combate à azia é leite de magnésia. O leite de magnésia possui 64,8g de hidróxido de magnésio [Mg(OH) 2] por litro da solução. Quais os produtos que poderão ser obtidos quando o ácido é neutralizado ao se ingerir o leite de magnésia? a) MgCl e 2H2O b) MgCl2 e H2O c) 2MgCl e 3H2O d) MgCl2 e 2H2O e) 2H2O QUESTÃO 9: As misturas efervescentes, em pó ou em comprimidos, são comuns para a administração de vitamina C ou de medicamentos para azia. Essa forma farmacêutica sólida foi desenvolvida para facilitar o transporte, aumentar a estabilidade de substâncias e, quando em solução, acelerar a absorção do fármaco pelo organismo. A matérias-primas que atuam na efervescência são, em geral, o ácido tartárico ou o ácido cítrico que reagem com um sal de caráter básico, como o bicarbonato de sódio (NaHCO 3), quando em contato com a água. A partir do contato da mistura efervescente com a água, ocorre uma série de reações químicas simultâneas: liberação de íons, formação de ácido e liberação do gás carbônico – gerando a efervescência. As equações a seguir representam as etapas da reação da mistura efervescente na água, em que foram omitidos os estados de agregação dos reagentes, e H3A representa o ácido cítrico. A ionização, a dissociação iônica, a formação do ácido e a liberação do gás ocorrem, respectivamente, nas seguintes etapas: a) IV, I, III e II b) IV, I, II e III c) I, IV, III e II
  • 8. d) IV, III, I e II e) I, IV, II e III QUESTÃO 10: O processo de industrialização tem gerado sérios problemas de ordem ambiental, econômica e social, entre os quais se pode citar a chuva ácida. Os ácidos usualmente presentes em maiores proporções na água da chuva são o H2CO3, formado pela reação do CO2 atmosférico com a água, o HNO3, o HNO2, o H2SO4 e o H2SO3. Esses quatro últimos são formados principalmente a partir da reação da água com os óxidos de nitrogênio e de enxofre gerados pela queima de combustíveis fósseis. A formação de chuva mais ou menos ácida depende não só da concentração do ácido formado, como também do tipo de ácido. Essa pode ser uma informação útil na elaboração de estratégias para minimizar esse problema ambiental. Se consideradas concentrações idênticas, quais dos ácidos citados no texto conferem maior acidez às águas das chuvas? a) HNO3 e HNO2. b) H2SO4 e H2SO3. c) H2SO3 e HNO2. d) H2SO4 e HNO3. e) H2CO3 e H2SO3. www.quimicasemmedo.blogspot.com/