SlideShare uma empresa Scribd logo
igor.mateus@oi.com.br   1
                                     http://estudosespíritas.tk




 Cap. XVIII
Itens 6 a 9


               Senhor, Senhor!!!
              Quem entrará no Reino dos Céus?
2


         A passagem Evangélica


“Nem todos os que me dizem: Senhor! Senhor! entrarão
no reino dos céus; apenas entrará aquele que faz a
vontade de meu Pai, que está nos céus. - Muitos, nesse
dia, me dirão: Senhor! Senhor! não profetizamos em teu
nome? Não expulsamos em teu nome o demônio? Não
fizemos muitos milagres em teu nome? - Eu então lhes
direi em altas vozes: Afastai-vos de mim, vós que fazeis
obras de iniqüidade.”
                                   (Mateus, Cap. VII, vv. 21 a 23)
3


                Nem todos...


∗ Nem todos reconhecem Jesus
  Cristo como modelo e guia para
  a humanidade.
∗ Todos, porém, um dia, serão
  reconhecidos por Ele.



    Todos, um dia...
4


             Meus discípulos...


                          ∗ O próprio Cristo disse aos
                            seus discípulos que eles
                            deveriam ser reconhecidos
                            por muito se amarem.

∗ E, realmente, o amor é a nossa grande fatalidade, a
  mais líquida e certa fatalidade do Universo.
5
6


                    O Amor...



           Bondade                 Indul-gência
Caridade                                          Tolerân-cia
                      Paciên-cia

                                       Fraterni-dade
           Perdão
                       Piedade


                                           ∗ E muito mais!!!
7


As escolas...

      ∗ As reencarnações são
        oportunidades educativas
        para     aprendermos   a
        conjugação do verbo
        AMAR.
                ∗ Eu amo?
                ∗ Tu amas?
                ∗ Ele ama?
            ∗ E nós, amamos?
Os Mestres...             8




    Amai-vos... Eis a
exortação constante de
   todos os grandes
emissários divinos, que
    na sua tarefa de
 instrutores dos céus,
  sempre utilizaram a
pedagogia do exemplo:
  Como eu vos amei...
                          ?
9


         Eis que é chegado o dia...

∗ No momento em que o
  cartório    celeste   nos
  outorgar o AMOR como
  parte integrante do nosso
  próprio nome...

  AMOR, sejas bem-vindo ao meu regaço. Espalha-te pelo
  Universo e ajuda teus irmãos a te conjugarem no profundo
  de seus corações. Muitos ainda te esperam no caminho...
  Chama-os, afim de que, um dia, eu possa também escolhê-
  los e reconhecê-los, como hoje te escolho e reconheço...
10


 Nem todos...             AINDA!!!!
∗ Nem todos os Espíritos são criados no mesmo tempo;
∗ Nem todos fazem sempre as escolhas certas;
∗ Nem todos reconhecem Jesus como Mestre;
∗ Nem todos os que o reconhecem como Mestre
  vivenciam os seus ensinamentos;
∗ Nem todos os que vivenciam os ensinamentos do
  Cristo o fazem na plenitude...
∗ “Nem todos os que me dizem: Senhor! Senhor!
  entrarão no reino dos céus.”
Todos, porém, um dia,
                                             11



desfrutaremos desse abraço!

                    igor.mateus@oi.com.br
                    http://estudosespiritas.tk
                    @igormateus_RN




               Muita paz!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Meu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoMeu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundo
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
Lisete B.
 
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDESPALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
Mauro Santos
 
Os superiores e os inferiores
Os superiores e os inferioresOs superiores e os inferiores
Os superiores e os inferiores
Izabel Cristina Fonseca
 
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptNão se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Silvânio Barcelos
 
Felicidade E Infelicidade Relativa
Felicidade E  Infelicidade  RelativaFelicidade E  Infelicidade  Relativa
Felicidade E Infelicidade Relativa
Sergio Menezes
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
Eduardo Ottonelli Pithan
 
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMOAMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
Angela Ewerling
 
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
igmateus
 
Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Buscai e Achareis - ESE Cap 25Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Fábio Paiva
 
Pecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultérioPecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultério
Lorena Dias
 
Convidar os pobres e estropiados - Cap. XIII - ESE
Convidar os pobres e estropiados - Cap. XIII - ESEConvidar os pobres e estropiados - Cap. XIII - ESE
Convidar os pobres e estropiados - Cap. XIII - ESE
Fernanda Florian
 
O homem no mundo
O homem no mundoO homem no mundo
O homem no mundo
Manoel Gamas
 
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vidaSuicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
Ricardo Azevedo
 
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Izabel Cristina Fonseca
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Divulgador do Espiritismo
 
Estudos do evangelho 21
Estudos do evangelho 21Estudos do evangelho 21
Estudos do evangelho 21
Leonardo Pereira
 
O Poder da Fé
O Poder da FéO Poder da Fé
O Poder da Fé
igmateus
 
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direitaCap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
gmo1973
 
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaO PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
Jorge Luiz dos Santos
 

Mais procurados (20)

Meu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoMeu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundo
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
 
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDESPALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
PALESTRA - RENOVANDO ATITUDES
 
Os superiores e os inferiores
Os superiores e os inferioresOs superiores e os inferiores
Os superiores e os inferiores
 
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptNão se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
 
Felicidade E Infelicidade Relativa
Felicidade E  Infelicidade  RelativaFelicidade E  Infelicidade  Relativa
Felicidade E Infelicidade Relativa
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
 
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMOAMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO
 
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de FamíliaIngratidão dos Filhos e Laços de Família
Ingratidão dos Filhos e Laços de Família
 
Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Buscai e Achareis - ESE Cap 25Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Buscai e Achareis - ESE Cap 25
 
Pecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultérioPecado por pensamento e adultério
Pecado por pensamento e adultério
 
Convidar os pobres e estropiados - Cap. XIII - ESE
Convidar os pobres e estropiados - Cap. XIII - ESEConvidar os pobres e estropiados - Cap. XIII - ESE
Convidar os pobres e estropiados - Cap. XIII - ESE
 
O homem no mundo
O homem no mundoO homem no mundo
O homem no mundo
 
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vidaSuicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
 
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
 
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritasPalestra Espírita - Missão dos espíritas
Palestra Espírita - Missão dos espíritas
 
Estudos do evangelho 21
Estudos do evangelho 21Estudos do evangelho 21
Estudos do evangelho 21
 
O Poder da Fé
O Poder da FéO Poder da Fé
O Poder da Fé
 
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direitaCap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
 
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espíritaO PENSAMENTO Uma abordagem espírita
O PENSAMENTO Uma abordagem espírita
 

Destaque

Muitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidosMuitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidos
Graça Maciel
 
10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]
10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]
10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]
Departamento de Comunicação - DECOM | FEEES
 
O porquê da dor
O porquê da dorO porquê da dor
O porquê da dor
Luzia Gabriele
 
Causas das aflições slideshare
Causas das aflições slideshareCausas das aflições slideshare
Causas das aflições slideshare
Almir Silva
 
A era nova slides da palestra aos trabalhadores do Centro Espírita Humildad...
A era nova   slides da palestra aos trabalhadores do Centro Espírita Humildad...A era nova   slides da palestra aos trabalhadores do Centro Espírita Humildad...
A era nova slides da palestra aos trabalhadores do Centro Espírita Humildad...
Nivaldo Santos
 
Estudos do evangelho 12
Estudos do evangelho 12Estudos do evangelho 12
Estudos do evangelho 12
Leonardo Pereira
 
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Danilo Galvão
 
Evangelho por emmanuel marcos
Evangelho por emmanuel marcosEvangelho por emmanuel marcos
Evangelho por emmanuel marcos
André de Vasconcelos
 
Palestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligente
Palestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligentePalestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligente
Palestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligente
Taisy Silva
 
Jesus e o evangelho a luz da psicologia profunda
Jesus e o evangelho a luz da psicologia profundaJesus e o evangelho a luz da psicologia profunda
Jesus e o evangelho a luz da psicologia profunda
Leonardo Pereira
 
Espiritismo e o Lar
Espiritismo e o LarEspiritismo e o Lar
Espiritismo e o Lar
Rodrigo Da Silva Girio
 
Jesus no evangelho de marcos pe. bonifácio
Jesus no evangelho de marcos   pe. bonifácioJesus no evangelho de marcos   pe. bonifácio
Jesus no evangelho de marcos pe. bonifácio
Clarisse Kopp
 
Marcos 007
Marcos   007Marcos   007
Marcos 007
Marcos Nori
 
Transição planetária e os trabalhadores da última
Transição planetária e os trabalhadores da últimaTransição planetária e os trabalhadores da última
Transição planetária e os trabalhadores da última
familiaelopaz
 
O CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
O CARÁTER EDUCATIVO DA DORO CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
O CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
Jorge Luiz dos Santos
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
igmateus
 
ESE Cap. XVIII - Muitos os chamados, poucos os escolhidos
ESE Cap. XVIII -  Muitos os chamados, poucos os escolhidosESE Cap. XVIII -  Muitos os chamados, poucos os escolhidos
ESE Cap. XVIII - Muitos os chamados, poucos os escolhidos
grupodepaisceb
 
Parábola do festim de núpcias
Parábola do festim de núpciasParábola do festim de núpcias
Parábola do festim de núpcias
Leonardo Pereira
 
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrerPalestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
Divulgador do Espiritismo
 
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Graça Maciel
 

Destaque (20)

Muitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidosMuitos os chamados, poucos os escolhidos
Muitos os chamados, poucos os escolhidos
 
10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]
10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]
10º SIMCADE | Exposição Espírita - Pesquisa e Organização [Palestra Espírita]
 
O porquê da dor
O porquê da dorO porquê da dor
O porquê da dor
 
Causas das aflições slideshare
Causas das aflições slideshareCausas das aflições slideshare
Causas das aflições slideshare
 
A era nova slides da palestra aos trabalhadores do Centro Espírita Humildad...
A era nova   slides da palestra aos trabalhadores do Centro Espírita Humildad...A era nova   slides da palestra aos trabalhadores do Centro Espírita Humildad...
A era nova slides da palestra aos trabalhadores do Centro Espírita Humildad...
 
Estudos do evangelho 12
Estudos do evangelho 12Estudos do evangelho 12
Estudos do evangelho 12
 
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
Causas anteriores das aflições - palestra espírita - Danilo Galvão SAJ
 
Evangelho por emmanuel marcos
Evangelho por emmanuel marcosEvangelho por emmanuel marcos
Evangelho por emmanuel marcos
 
Palestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligente
Palestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligentePalestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligente
Palestra Espírita | Evangelho Segundo o Espiritismo: Missão do homem inteligente
 
Jesus e o evangelho a luz da psicologia profunda
Jesus e o evangelho a luz da psicologia profundaJesus e o evangelho a luz da psicologia profunda
Jesus e o evangelho a luz da psicologia profunda
 
Espiritismo e o Lar
Espiritismo e o LarEspiritismo e o Lar
Espiritismo e o Lar
 
Jesus no evangelho de marcos pe. bonifácio
Jesus no evangelho de marcos   pe. bonifácioJesus no evangelho de marcos   pe. bonifácio
Jesus no evangelho de marcos pe. bonifácio
 
Marcos 007
Marcos   007Marcos   007
Marcos 007
 
Transição planetária e os trabalhadores da última
Transição planetária e os trabalhadores da últimaTransição planetária e os trabalhadores da última
Transição planetária e os trabalhadores da última
 
O CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
O CARÁTER EDUCATIVO DA DORO CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
O CARÁTER EDUCATIVO DA DOR
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
 
ESE Cap. XVIII - Muitos os chamados, poucos os escolhidos
ESE Cap. XVIII -  Muitos os chamados, poucos os escolhidosESE Cap. XVIII -  Muitos os chamados, poucos os escolhidos
ESE Cap. XVIII - Muitos os chamados, poucos os escolhidos
 
Parábola do festim de núpcias
Parábola do festim de núpciasParábola do festim de núpcias
Parábola do festim de núpcias
 
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrerPalestra Espírita - Bem e mal sofrer
Palestra Espírita - Bem e mal sofrer
 
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
 

Semelhante a Senhor, Senhor

O Cristo Consolador
O Cristo ConsoladorO Cristo Consolador
O Cristo Consolador
CEENA_SS
 
Jesus e o Amor
Jesus e o AmorJesus e o Amor
Luc
LucLuc
Luc
LucLuc
Luc
LucLuc
Luc
LucLuc
Luc
LucLuc
Luc
LucLuc

Semelhante a Senhor, Senhor (8)

O Cristo Consolador
O Cristo ConsoladorO Cristo Consolador
O Cristo Consolador
 
Jesus e o Amor
Jesus e o AmorJesus e o Amor
Jesus e o Amor
 
Luc
LucLuc
Luc
 
Luc
LucLuc
Luc
 
Luc
LucLuc
Luc
 
Luc
LucLuc
Luc
 
Luc
LucLuc
Luc
 
Luc
LucLuc
Luc
 

Mais de igmateus

Violência não
Violência   nãoViolência   não
Violência não
igmateus
 
Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispírito
igmateus
 
A Eficácia da Prece
A Eficácia da PreceA Eficácia da Prece
A Eficácia da Prece
igmateus
 
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da almaObsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
igmateus
 
Amar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmoAmar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmo
igmateus
 
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de VidaJesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
igmateus
 
O Caminho da Felicidade
O Caminho da FelicidadeO Caminho da Felicidade
O Caminho da Felicidade
igmateus
 
O que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescerO que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescer
igmateus
 
Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão
igmateus
 
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes DestruidasDecepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
igmateus
 
A Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de VidaA Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de Vida
igmateus
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
igmateus
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
igmateus
 
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser VividaJesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
igmateus
 
ENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAMENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAM
igmateus
 
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquenteComo NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
igmateus
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862
igmateus
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
igmateus
 
Caracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro ProfetaCaracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro Profeta
igmateus
 
Provas da Reencarnação
Provas da ReencarnaçãoProvas da Reencarnação
Provas da Reencarnação
igmateus
 

Mais de igmateus (20)

Violência não
Violência   nãoViolência   não
Violência não
 
Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispírito
 
A Eficácia da Prece
A Eficácia da PreceA Eficácia da Prece
A Eficácia da Prece
 
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da almaObsessão e suas relações com as doenças da alma
Obsessão e suas relações com as doenças da alma
 
Amar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmoAmar ao próximo como a si mesmo
Amar ao próximo como a si mesmo
 
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de VidaJesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
 
O Caminho da Felicidade
O Caminho da FelicidadeO Caminho da Felicidade
O Caminho da Felicidade
 
O que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescerO que você quer ser quando crescer
O que você quer ser quando crescer
 
Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão
 
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes DestruidasDecepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
Decepcoes, Ingratidao, Afeicoes Destruidas
 
A Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de VidaA Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de Vida
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
 
Auta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico XavierAuta de Souza e Chico Xavier
Auta de Souza e Chico Xavier
 
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser VividaJesus - Uma Verdade para ser Vivida
Jesus - Uma Verdade para ser Vivida
 
ENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAMENTRENAT 2012 - DAM
ENTRENAT 2012 - DAM
 
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquenteComo NÃO tornar seu filho um delinquente
Como NÃO tornar seu filho um delinquente
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862
 
Falsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da ErraticidadeFalsos Profetas da Erraticidade
Falsos Profetas da Erraticidade
 
Caracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro ProfetaCaracteres do Verdadeiro Profeta
Caracteres do Verdadeiro Profeta
 
Provas da Reencarnação
Provas da ReencarnaçãoProvas da Reencarnação
Provas da Reencarnação
 

Último

Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 

Último (12)

Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 

Senhor, Senhor

  • 1. igor.mateus@oi.com.br 1 http://estudosespíritas.tk Cap. XVIII Itens 6 a 9 Senhor, Senhor!!! Quem entrará no Reino dos Céus?
  • 2. 2 A passagem Evangélica “Nem todos os que me dizem: Senhor! Senhor! entrarão no reino dos céus; apenas entrará aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. - Muitos, nesse dia, me dirão: Senhor! Senhor! não profetizamos em teu nome? Não expulsamos em teu nome o demônio? Não fizemos muitos milagres em teu nome? - Eu então lhes direi em altas vozes: Afastai-vos de mim, vós que fazeis obras de iniqüidade.” (Mateus, Cap. VII, vv. 21 a 23)
  • 3. 3 Nem todos... ∗ Nem todos reconhecem Jesus Cristo como modelo e guia para a humanidade. ∗ Todos, porém, um dia, serão reconhecidos por Ele. Todos, um dia...
  • 4. 4 Meus discípulos... ∗ O próprio Cristo disse aos seus discípulos que eles deveriam ser reconhecidos por muito se amarem. ∗ E, realmente, o amor é a nossa grande fatalidade, a mais líquida e certa fatalidade do Universo.
  • 5. 5
  • 6. 6 O Amor... Bondade Indul-gência Caridade Tolerân-cia Paciên-cia Fraterni-dade Perdão Piedade ∗ E muito mais!!!
  • 7. 7 As escolas... ∗ As reencarnações são oportunidades educativas para aprendermos a conjugação do verbo AMAR. ∗ Eu amo? ∗ Tu amas? ∗ Ele ama? ∗ E nós, amamos?
  • 8. Os Mestres... 8 Amai-vos... Eis a exortação constante de todos os grandes emissários divinos, que na sua tarefa de instrutores dos céus, sempre utilizaram a pedagogia do exemplo: Como eu vos amei... ?
  • 9. 9 Eis que é chegado o dia... ∗ No momento em que o cartório celeste nos outorgar o AMOR como parte integrante do nosso próprio nome... AMOR, sejas bem-vindo ao meu regaço. Espalha-te pelo Universo e ajuda teus irmãos a te conjugarem no profundo de seus corações. Muitos ainda te esperam no caminho... Chama-os, afim de que, um dia, eu possa também escolhê- los e reconhecê-los, como hoje te escolho e reconheço...
  • 10. 10 Nem todos... AINDA!!!! ∗ Nem todos os Espíritos são criados no mesmo tempo; ∗ Nem todos fazem sempre as escolhas certas; ∗ Nem todos reconhecem Jesus como Mestre; ∗ Nem todos os que o reconhecem como Mestre vivenciam os seus ensinamentos; ∗ Nem todos os que vivenciam os ensinamentos do Cristo o fazem na plenitude... ∗ “Nem todos os que me dizem: Senhor! Senhor! entrarão no reino dos céus.”
  • 11. Todos, porém, um dia, 11 desfrutaremos desse abraço! igor.mateus@oi.com.br http://estudosespiritas.tk @igormateus_RN Muita paz!