SlideShare uma empresa Scribd logo
Química10
Massa e tamanho dos átomos
Raquel Antunes
Massa e tamanho dos
átomos
I. Ordens de grandeza e Escalas de comprimento
II. Dimensões à escala atómica
III. Massa isotópica e Massa atómica relativa média
IV. Quantidade de matéria e Massa Molar
V. Fração molar e Fração mássica
2
Ordens de grandeza e escala de comprimento
› Notação Científica
Altura do ser humano 170 cm= 1,7 × 10−2
m
Tamanho da célula de pele 7µm = 7 × 10−6
m
Átomo de berílio 120pm = 1,2 × 10−10m
y x 10p
em que 1 ≤ y < 10 e p é um número inteiro, positivo ou negativo.
3
› Ordem de grandeza
Altura do ser humano 1,7 × 10−2
m; OG= 10−2
Tamanho da célula de pele 7 × 10−6m; OG= 10−5
Átomo de berílio 1,2 × 10−10m; OG= 10−10
Ordens de grandeza e escala de comprimento
y x 10p
em que: y < 3,16  10p ; y > 3,16  10p+1
4
Ordens de grandeza e escala de comprimento
› Múltiplos e Submúltiplos
5
Múltiplos Submúltiplos
Nome do
prefixo
Símbolo
do prefixo
Fator
multiplicador
Nome do
prefixo
Símbolo
do prefixo
Fator
multiplicador
giga G 109 micro µ 10-6
mega M 106 nano n 10-9
quilo k 103 pico p 10-12
mili m 10-3
Ordens de grandeza e escala de comprimento
› Nanotecnologia
A nanotecnologia estuda a manipulação da matéria à escala
molecular e atómica. Pequenas mudanças na estrutura da
matéria, de tamanho nanométrico, acarretam significativas
mudanças nas suas caraterísticas químicas e físicas criando
novos materiais.
Aplicações: sensores, células solares na área Aerospacial; filmes
ultrafinos em TIC; tecidos artificiais em Medicina; Energia;
sensores, ecomateriais em Transporte e Ambiente.
6
Dimensões à escala atómica
›Átomo
O átomo é constituído por um
núcleo (nucleões= protões e
neutrões) e por um espaço
grande e vazio onde se
movimentam os eletrões.
O átomo é uma partícula neutra.
Quando cede eletrões
transforma-se num catião (ião de
carga positiva); quando recebe
eletrões forma-se num anião (ião
de carga negativa)
A massa do átomo é aproximada
à massa dos nucleões. A massa
do protão é semelhante ao do
neutrão enquanto que a massa
do eletrão é cerca de 1000x
inferior.
7
Massa isotópica e Massa atómica relativa média
› Representação do átomo/ião
8
Carga
elétrica
Número
de
massa
Número
atómico
Símbolo
químico
Massa isotópica e Massa atómica relativa média
› Número Atómico e Massa Atómica
10
22
𝑁𝑒= 10 protões, 10 eletrões, 22-10=12 neutrões;
16
34
𝑆2−= 16 protões, 16+2=18 eletrões, 34-16=18 neutrões;
13
27
𝐴𝑙3+= 13 protões, 13-3=10 eletrões, 27-13 neutrões.
9
Número Atómico (Z)= número de protões
Número de massa (A)= número de neutrões + Z
Massa isotópica e Massa atómica relativa média
› Massa Atómica relativa média
– Pela massa dos isótopos:
– Por referência:
Ar(N)=14 significa que, em média a massa do átomo de azoto
é 14x superior a
1
12
da massa do átomo carbono- 12.
10
Ar(X)=
𝐴𝑟(𝑋𝑖) × %𝑋𝑖
100
Xi- isótopo de X; %- abundância
› Isótopos
Isótopos são átomos com o mesmo número atómico, mas
diferente número de massa.
11
Massa isotópica e Massa atómica relativa média
Massa isotópica e Massa atómica relativa média
› Exemplo:
1. Massa atómica relativa
Ar(Si)=
29,973770 × 3,0921+28,976495 × 4,6858 + 27,976927 × 92,2232
100
= 28,085%
2. Interpretar a proximidade do valor da massa atómica relativa do Si com o valor
da massa isotópica do Si-28.
A massa atómica relativa é mais próxima da massa do isótopo Si-28 porque o seu
valor resulta da média ponderada dos isótopos, tendo maior contributo a massa
do isótopo mais abundante (Si-28).
12
Isótopo Massa Isotópica Abundância Relativa %
30
𝑆𝑖 29,973770 3,0921
29
𝑆𝑖 28,976495 4,6858
28
𝑆𝑖 27,976927 92,2232
Massa isotópica e Massa atómica relativa média
› Massa Molecular relativa
› M(𝐻2 𝑂2) = 2 × 1 + 2 × 16 = 34
M(𝐻2 𝑂2) = 34 significa que, em média a massa da molécula de
𝐻2 𝑂2 é 34x superior a
1
12
da massa do átomo carbono- 12.
13
M(𝐴 𝛼 𝐵 𝛽 𝐶 𝛾)=α × 𝐴𝑟 𝐴 + 𝛽 × 𝐴𝑟 𝐵 + 𝛾 × 𝐴𝑟(𝐶)
Quantidade de matéria e Massa molar
› Quantidade de matéria (mol)
É a porção de uma entidade que contém um número de
partículas igual ao número de átomos existentes em 12g do
isótopo de carbono-12.
› Número de Avogadro
Numero de partículas existentes numa mol
14
𝑵 𝑨 =6,022 x 1023
Quantidade de matéria e Massa molar
› Número de partículas
15
𝑁𝐴 =
𝑵
𝒏
𝑁 = 𝑛 × 𝑁𝐴
N-número de partículas; n-quantidade de matéria (mol); 𝑁𝐴-
número de Avogadro (mol-1)
Quantidade de matéria e Massa molar
› Massa Molar (g/mol)
Massa de uma mol de substância
16
𝑀 =
𝑚
𝑛
M(𝐴 𝛼 𝐵 𝛽 𝐶 𝛾)=α × 𝐴𝑟 𝐴 + 𝛽 × 𝐴𝑟 𝐵 + 𝛾 × 𝐴𝑟(𝐶)
Quantidade de matéria e Massa molar
› Exemplo
Em 18 g de água existem 6,022 x 1023 moléculas de água.
1. Indique qual é o número de moléculas de água que existe
em 36 g de água.
18g de água ----- 6,022 x 1023 moléculas de água
36g de água ----- x
6,022 x 1023×36
18
= 12,046 x 1023 moléculas de água
17
18
2. Determine o número de átomos que existe em 36 g de água.
𝑀 𝐻2 𝑂 = 2 × 1 + 16 = 18 𝑔/𝑚𝑜𝑙
𝑛 =
36
18
= 2𝑚𝑜𝑙
𝑁 = 2 × 6,022 x 1023 = 1,2044 x 1024 moléculas de água
1 molécula de água ----- 3 átomos
1,2044 x 1024 moléculas de água ----- x
x= 3, 64x1024 átomos
19
3. Determine o número de átomos de H e O que existe em 36 g
de água.
1 molécula de água ----- 2 átomos de H
1,2044 x 1024 moléculas de água ----- x
x= 2,4088x1024 átomos de H
1 molécula de água ----- 1 átomo de O
1,2044 x 1024 moléculas de água ----- x
X= 1,2044 x 1024 átomos de O
20
4. Um copo contém 0,0100 mol de cloreto de magnésio (𝑀𝑔𝐶𝑙2).
Quantos iões existem no copo?
1 molécula de 𝑀𝑔𝐶𝑙2 tem 1 ião de 𝑀𝑔2+ e 2 iões de 𝐶𝑙−.
n(𝑀𝑔2+ )=n(𝑀𝑔𝐶𝑙2)=0,0100 mol
n(𝐶𝑙−)=2×n(𝑀𝑔𝐶𝑙2)=0,0200 mol
N(𝑀𝑔2+
) = 0,0100 × 6,022 x 1023 = 6,02 x 1021 iões.
N(𝐶𝑙−
) = 0,0200 × 6,022 x 1023 = 1,20 x 1022 iões.
N(total)= 6,02 x 1021 + 1,20 x 1022= 1,80 x 1022 iões.
Fração Molar e Mássica
› Fração Molar numa mistura
› Fração Mássica numa mistura
A fração mássica pode vir em percentagem 21
22
1. De 28,87 g de uma amostra de ar, 6,72g são de oxigénio, 𝑂2 . Considere que o ar da
amostra é constituído apenas por oxigénio e nitrogénio, 𝑁2.
a) Determine a fração molar de cada componente na amostra de ar.
𝑀 𝑂2 = 2 × 16 = 32 𝑔/𝑚𝑜𝑙 𝑀 𝑁2 = 2 × 14 = 28 𝑔/𝑚𝑜𝑙
𝑛(𝑂2)=
6,72
32
= 0,21𝑚𝑜𝑙 𝑛(𝑁2)=
(28,87−6,72)
28
= 0,79𝑚𝑜𝑙
𝑥 𝑂2 =
0,21
0,21+0,79
= 0,21 𝑥 𝑁2 =
0,79
0,21+0,79
= 0,79
b) Determine a fração mássica de cada componente na amostra de ar.
𝑤 𝑂2 =
6,72
28,78
= 0,23 𝑤 𝑁2 =
28,78−6,72
28,78
= 0,77
c) Determine a percentagem mássica de azoto
𝑤 𝑁2 =
28,78−6,72
28,78
= 0,77 ×100=77%
Fração Molar e Mássica
› Fração Molar em 𝑨 𝜶 𝑩 𝜷 𝑪 𝜸
› Fração Mássica em 𝑨 𝜶 𝑩 𝜷 𝑪 𝜸
23
𝑥 𝐴 =
𝛼
𝛼 + 𝛽 + 𝛾
𝑤 𝐴 =
𝛼×𝐴𝑟(𝐴)
𝑀𝑟(𝐴 𝛼 𝐵 𝛽 𝐶 𝛾)
×(𝛼 + 𝛽 + 𝛾)
24
1. Segundo o butano de fórmula química 𝐶4 𝐻10.
a) Determina fração mássica de C e H neste hidrocarboneto.
Ar(C)=12 Ar(H)=1
M(𝐶4 𝐻10)= 4×12+10×1= 58
𝑤 𝐶 =
4×12
58
× 14 = 11,59 𝑤 𝐻 =
10×1
58
× 14 = 2,4
11,59+ 2,4= 13,99
b) Determina a fração molar de C e H no mesmo hidrocarboneto
𝑥 𝐶 =
4
4+10
= 0,29 𝑥 𝐻 =
10
4+10
= 0,71
0,29+ 0,71= 1

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatório biologia 10ºano - membrana celular
Relatório biologia 10ºano - membrana celularRelatório biologia 10ºano - membrana celular
Relatório biologia 10ºano - membrana celular
AMLDRP
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
margaridabt
 
Cap iii louvores particular
Cap iii louvores particularCap iii louvores particular
Cap iii louvores particular
Helena Coutinho
 
Energia e Movimentos - 10ºano FQ A
Energia e Movimentos - 10ºano FQ AEnergia e Movimentos - 10ºano FQ A
Energia e Movimentos - 10ºano FQ A
adelinoqueiroz
 
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoesBiologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
Fernando Bação
 
Popper – o problema da demarcação
Popper – o problema da demarcaçãoPopper – o problema da demarcação
Popper – o problema da demarcação
Luis De Sousa Rodrigues
 
Extração do ADN / DNA do kiwi - Relatório biologia 11º
Extração do ADN / DNA do kiwi - Relatório biologia 11ºExtração do ADN / DNA do kiwi - Relatório biologia 11º
Extração do ADN / DNA do kiwi - Relatório biologia 11º
Francisco Palaio
 
Canto vii est 78_97
Canto vii est 78_97Canto vii est 78_97
Canto vii est 78_97
Maria Teresa Soveral
 
Cap v repreensões particular
Cap v repreensões particularCap v repreensões particular
Cap v repreensões particular
Helena Coutinho
 
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 AnoResumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Rui Oliveira
 
Filosofia 10º Ano - O Problema do Livre-Arbítrio
Filosofia 10º Ano - O Problema do Livre-Arbítrio Filosofia 10º Ano - O Problema do Livre-Arbítrio
Filosofia 10º Ano - O Problema do Livre-Arbítrio
InesTeixeiraDuarte
 
EXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMESEXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMES
sandranascimento
 
Sermão aos peixes cap. i
Sermão aos peixes   cap. iSermão aos peixes   cap. i
Sermão aos peixes cap. i
ameliapadrao
 
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º AnoResumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Vitor Perfeito
 
Princípios básicos do raciocínio geológico
Princípios básicos do raciocínio geológicoPrincípios básicos do raciocínio geológico
Princípios básicos do raciocínio geológico
margaridabt
 
Medição em Química
Medição em Química Medição em Química
Medição em Química
Rui Barqueiro
 
Geologia 10º ano
Geologia 10º anoGeologia 10º ano
Geologia 10º ano
Renata Sofia
 
Regras Das Potências
Regras Das PotênciasRegras Das Potências
Regras Das Potências
nunograca
 
Relatório extração dna
Relatório extração dnaRelatório extração dna
Relatório extração dna
margaridabt
 
Canto viii 96_99
Canto viii 96_99Canto viii 96_99
Canto viii 96_99
Maria Teresa Soveral
 

Mais procurados (20)

Relatório biologia 10ºano - membrana celular
Relatório biologia 10ºano - membrana celularRelatório biologia 10ºano - membrana celular
Relatório biologia 10ºano - membrana celular
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
 
Cap iii louvores particular
Cap iii louvores particularCap iii louvores particular
Cap iii louvores particular
 
Energia e Movimentos - 10ºano FQ A
Energia e Movimentos - 10ºano FQ AEnergia e Movimentos - 10ºano FQ A
Energia e Movimentos - 10ºano FQ A
 
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoesBiologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
 
Popper – o problema da demarcação
Popper – o problema da demarcaçãoPopper – o problema da demarcação
Popper – o problema da demarcação
 
Extração do ADN / DNA do kiwi - Relatório biologia 11º
Extração do ADN / DNA do kiwi - Relatório biologia 11ºExtração do ADN / DNA do kiwi - Relatório biologia 11º
Extração do ADN / DNA do kiwi - Relatório biologia 11º
 
Canto vii est 78_97
Canto vii est 78_97Canto vii est 78_97
Canto vii est 78_97
 
Cap v repreensões particular
Cap v repreensões particularCap v repreensões particular
Cap v repreensões particular
 
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 AnoResumo da disciplina de Português - 10 Ano
Resumo da disciplina de Português - 10 Ano
 
Filosofia 10º Ano - O Problema do Livre-Arbítrio
Filosofia 10º Ano - O Problema do Livre-Arbítrio Filosofia 10º Ano - O Problema do Livre-Arbítrio
Filosofia 10º Ano - O Problema do Livre-Arbítrio
 
EXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMESEXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMES
 
Sermão aos peixes cap. i
Sermão aos peixes   cap. iSermão aos peixes   cap. i
Sermão aos peixes cap. i
 
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º AnoResumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
 
Princípios básicos do raciocínio geológico
Princípios básicos do raciocínio geológicoPrincípios básicos do raciocínio geológico
Princípios básicos do raciocínio geológico
 
Medição em Química
Medição em Química Medição em Química
Medição em Química
 
Geologia 10º ano
Geologia 10º anoGeologia 10º ano
Geologia 10º ano
 
Regras Das Potências
Regras Das PotênciasRegras Das Potências
Regras Das Potências
 
Relatório extração dna
Relatório extração dnaRelatório extração dna
Relatório extração dna
 
Canto viii 96_99
Canto viii 96_99Canto viii 96_99
Canto viii 96_99
 

Semelhante a Química10: massa e tamanho do átomo

Aula sobre grandezas químicas
Aula sobre grandezas químicasAula sobre grandezas químicas
Aula sobre grandezas químicas
Profª Alda Ernestina
 
Calculos quimicos
Calculos quimicosCalculos quimicos
Calculos quimicos
cristina resende
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
AulasEnsinoMedio
 
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.AulasParticularesApoio.Com - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)www.AulasParticularesApoio.Com - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
ApoioAulas ParticularesCom
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
Gabriel Lencione
 
Massa atômica, massa molecular, mol
Massa atômica, massa molecular, molMassa atômica, massa molecular, mol
Massa atômica, massa molecular, mol
profaugustosergio
 
Calculos e massas
Calculos e massasCalculos e massas
Calculos e massas
Hugo Cruz Rangel
 
3 mole massa_molar_volume_molar
3 mole massa_molar_volume_molar3 mole massa_molar_volume_molar
3 mole massa_molar_volume_molar
Fisica-Quimica
 
Calculos e massas
Calculos e massasCalculos e massas
Calculos e massas
Ronaldo Assis
 
Recuperação anual 1 poliedro
Recuperação anual 1 poliedroRecuperação anual 1 poliedro
Recuperação anual 1 poliedro
Analynne Almeida
 
www.AulasDeQuímicaApoio.com - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasDeQuímicaApoio.com  - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)www.AulasDeQuímicaApoio.com  - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasDeQuímicaApoio.com - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
Aulas de Química Apoio
 
Resumo grandezas químicas
Resumo     grandezas químicasResumo     grandezas químicas
Resumo grandezas químicas
Profª Alda Ernestina
 
1 elementos químicos
1   elementos químicos1   elementos químicos
1 elementos químicos
daniela pinto
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
Estude Mais
 
Aulas 3 e 4 progressao semi ext noite 2016 atual
Aulas 3 e 4   progressao semi ext noite 2016 atualAulas 3 e 4   progressao semi ext noite 2016 atual
Aulas 3 e 4 progressao semi ext noite 2016 atual
paulomigoto
 
Mol a unidade da química
Mol a unidade da químicaMol a unidade da química
Mol a unidade da química
Augusto Sérgio Costa Souza
 
Mol a unidade da química
Mol a unidade da químicaMol a unidade da química
Mol a unidade da química
Augusto Sérgio Costa Souza
 
CáLculo EstequioméTrico
CáLculo EstequioméTricoCáLculo EstequioméTrico
CáLculo EstequioméTrico
Governo do Estado do Rio Grande do Sul
 
www.videoaulagratisapoio.com.br - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.videoaulagratisapoio.com.br - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)www.videoaulagratisapoio.com.br - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.videoaulagratisapoio.com.br - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
Video Aulas Apoio
 
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequimétrico
www.AulasParticularesApoio.Com  - Química -  Cálculo Estequimétrico www.AulasParticularesApoio.Com  - Química -  Cálculo Estequimétrico
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequimétrico
ApoioAulas ParticularesCom
 

Semelhante a Química10: massa e tamanho do átomo (20)

Aula sobre grandezas químicas
Aula sobre grandezas químicasAula sobre grandezas químicas
Aula sobre grandezas químicas
 
Calculos quimicos
Calculos quimicosCalculos quimicos
Calculos quimicos
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
 
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.AulasParticularesApoio.Com - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)www.AulasParticularesApoio.Com - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
 
Massa atômica, massa molecular, mol
Massa atômica, massa molecular, molMassa atômica, massa molecular, mol
Massa atômica, massa molecular, mol
 
Calculos e massas
Calculos e massasCalculos e massas
Calculos e massas
 
3 mole massa_molar_volume_molar
3 mole massa_molar_volume_molar3 mole massa_molar_volume_molar
3 mole massa_molar_volume_molar
 
Calculos e massas
Calculos e massasCalculos e massas
Calculos e massas
 
Recuperação anual 1 poliedro
Recuperação anual 1 poliedroRecuperação anual 1 poliedro
Recuperação anual 1 poliedro
 
www.AulasDeQuímicaApoio.com - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasDeQuímicaApoio.com  - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)www.AulasDeQuímicaApoio.com  - Química -  Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
www.AulasDeQuímicaApoio.com - Química - Cálculo Estequimétrico (Parte 1)
 
Resumo grandezas químicas
Resumo     grandezas químicasResumo     grandezas químicas
Resumo grandezas químicas
 
1 elementos químicos
1   elementos químicos1   elementos químicos
1 elementos químicos
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
 
Aulas 3 e 4 progressao semi ext noite 2016 atual
Aulas 3 e 4   progressao semi ext noite 2016 atualAulas 3 e 4   progressao semi ext noite 2016 atual
Aulas 3 e 4 progressao semi ext noite 2016 atual
 
Mol a unidade da química
Mol a unidade da químicaMol a unidade da química
Mol a unidade da química
 
Mol a unidade da química
Mol a unidade da químicaMol a unidade da química
Mol a unidade da química
 
CáLculo EstequioméTrico
CáLculo EstequioméTricoCáLculo EstequioméTrico
CáLculo EstequioméTrico
 
www.videoaulagratisapoio.com.br - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.videoaulagratisapoio.com.br - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)www.videoaulagratisapoio.com.br - Química -  Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
www.videoaulagratisapoio.com.br - Química - Cálculo Estequiométrico (Parte 1)
 
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequimétrico
www.AulasParticularesApoio.Com  - Química -  Cálculo Estequimétrico www.AulasParticularesApoio.Com  - Química -  Cálculo Estequimétrico
www.AulasParticularesApoio.Com - Química - Cálculo Estequimétrico
 

Mais de Raquel Antunes

Ficha 2: massa e tamanho dos átomos
Ficha 2: massa e tamanho dos átomosFicha 2: massa e tamanho dos átomos
Ficha 2: massa e tamanho dos átomos
Raquel Antunes
 
Ficha 1: Massa e tamanho dos átomos_ resolução
Ficha 1: Massa e tamanho dos átomos_ resoluçãoFicha 1: Massa e tamanho dos átomos_ resolução
Ficha 1: Massa e tamanho dos átomos_ resolução
Raquel Antunes
 
Ficha 1: massa e tamanho dos átomos
Ficha 1: massa e tamanho dos átomosFicha 1: massa e tamanho dos átomos
Ficha 1: massa e tamanho dos átomos
Raquel Antunes
 
Figuras e Sólidos geométricos
Figuras e Sólidos geométricosFiguras e Sólidos geométricos
Figuras e Sólidos geométricos
Raquel Antunes
 
Tabela tpc
Tabela tpcTabela tpc
Tabela tpc
Raquel Antunes
 
Tabela de avaliação
Tabela de avaliaçãoTabela de avaliação
Tabela de avaliação
Raquel Antunes
 
Horário escolar saber+
Horário escolar saber+Horário escolar saber+
Horário escolar saber+
Raquel Antunes
 
Casos Notáveis da multiplicação
Casos Notáveis da multiplicaçãoCasos Notáveis da multiplicação
Casos Notáveis da multiplicação
Raquel Antunes
 
Lei do anulamento do produto
Lei do anulamento do produtoLei do anulamento do produto
Lei do anulamento do produto
Raquel Antunes
 
Teste de avaliação
Teste de avaliação Teste de avaliação
Teste de avaliação
Raquel Antunes
 
Mini-ficha_ funções
Mini-ficha_ funçõesMini-ficha_ funções
Mini-ficha_ funções
Raquel Antunes
 
Monómio
MonómioMonómio
Monómio
Raquel Antunes
 
Polinómio
PolinómioPolinómio
Polinómio
Raquel Antunes
 
Teste de avaliação
Teste de avaliação Teste de avaliação
Teste de avaliação
Raquel Antunes
 
Teste de avaliação
Teste de avaliação Teste de avaliação
Teste de avaliação
Raquel Antunes
 
Mini-ficha_ Vetores
Mini-ficha_ VetoresMini-ficha_ Vetores
Mini-ficha_ Vetores
Raquel Antunes
 
Mini-ficha_ Triângulo retângulo
Mini-ficha_ Triângulo retânguloMini-ficha_ Triângulo retângulo
Mini-ficha_ Triângulo retângulo
Raquel Antunes
 
Mini-ficha_Segmentos orientados
Mini-ficha_Segmentos orientadosMini-ficha_Segmentos orientados
Mini-ficha_Segmentos orientados
Raquel Antunes
 
Vetores
VetoresVetores
Simetria
SimetriaSimetria
Simetria
Raquel Antunes
 

Mais de Raquel Antunes (20)

Ficha 2: massa e tamanho dos átomos
Ficha 2: massa e tamanho dos átomosFicha 2: massa e tamanho dos átomos
Ficha 2: massa e tamanho dos átomos
 
Ficha 1: Massa e tamanho dos átomos_ resolução
Ficha 1: Massa e tamanho dos átomos_ resoluçãoFicha 1: Massa e tamanho dos átomos_ resolução
Ficha 1: Massa e tamanho dos átomos_ resolução
 
Ficha 1: massa e tamanho dos átomos
Ficha 1: massa e tamanho dos átomosFicha 1: massa e tamanho dos átomos
Ficha 1: massa e tamanho dos átomos
 
Figuras e Sólidos geométricos
Figuras e Sólidos geométricosFiguras e Sólidos geométricos
Figuras e Sólidos geométricos
 
Tabela tpc
Tabela tpcTabela tpc
Tabela tpc
 
Tabela de avaliação
Tabela de avaliaçãoTabela de avaliação
Tabela de avaliação
 
Horário escolar saber+
Horário escolar saber+Horário escolar saber+
Horário escolar saber+
 
Casos Notáveis da multiplicação
Casos Notáveis da multiplicaçãoCasos Notáveis da multiplicação
Casos Notáveis da multiplicação
 
Lei do anulamento do produto
Lei do anulamento do produtoLei do anulamento do produto
Lei do anulamento do produto
 
Teste de avaliação
Teste de avaliação Teste de avaliação
Teste de avaliação
 
Mini-ficha_ funções
Mini-ficha_ funçõesMini-ficha_ funções
Mini-ficha_ funções
 
Monómio
MonómioMonómio
Monómio
 
Polinómio
PolinómioPolinómio
Polinómio
 
Teste de avaliação
Teste de avaliação Teste de avaliação
Teste de avaliação
 
Teste de avaliação
Teste de avaliação Teste de avaliação
Teste de avaliação
 
Mini-ficha_ Vetores
Mini-ficha_ VetoresMini-ficha_ Vetores
Mini-ficha_ Vetores
 
Mini-ficha_ Triângulo retângulo
Mini-ficha_ Triângulo retânguloMini-ficha_ Triângulo retângulo
Mini-ficha_ Triângulo retângulo
 
Mini-ficha_Segmentos orientados
Mini-ficha_Segmentos orientadosMini-ficha_Segmentos orientados
Mini-ficha_Segmentos orientados
 
Vetores
VetoresVetores
Vetores
 
Simetria
SimetriaSimetria
Simetria
 

Último

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 

Último (20)

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 

Química10: massa e tamanho do átomo

  • 1. Química10 Massa e tamanho dos átomos Raquel Antunes
  • 2. Massa e tamanho dos átomos I. Ordens de grandeza e Escalas de comprimento II. Dimensões à escala atómica III. Massa isotópica e Massa atómica relativa média IV. Quantidade de matéria e Massa Molar V. Fração molar e Fração mássica 2
  • 3. Ordens de grandeza e escala de comprimento › Notação Científica Altura do ser humano 170 cm= 1,7 × 10−2 m Tamanho da célula de pele 7µm = 7 × 10−6 m Átomo de berílio 120pm = 1,2 × 10−10m y x 10p em que 1 ≤ y < 10 e p é um número inteiro, positivo ou negativo. 3
  • 4. › Ordem de grandeza Altura do ser humano 1,7 × 10−2 m; OG= 10−2 Tamanho da célula de pele 7 × 10−6m; OG= 10−5 Átomo de berílio 1,2 × 10−10m; OG= 10−10 Ordens de grandeza e escala de comprimento y x 10p em que: y < 3,16  10p ; y > 3,16  10p+1 4
  • 5. Ordens de grandeza e escala de comprimento › Múltiplos e Submúltiplos 5 Múltiplos Submúltiplos Nome do prefixo Símbolo do prefixo Fator multiplicador Nome do prefixo Símbolo do prefixo Fator multiplicador giga G 109 micro µ 10-6 mega M 106 nano n 10-9 quilo k 103 pico p 10-12 mili m 10-3
  • 6. Ordens de grandeza e escala de comprimento › Nanotecnologia A nanotecnologia estuda a manipulação da matéria à escala molecular e atómica. Pequenas mudanças na estrutura da matéria, de tamanho nanométrico, acarretam significativas mudanças nas suas caraterísticas químicas e físicas criando novos materiais. Aplicações: sensores, células solares na área Aerospacial; filmes ultrafinos em TIC; tecidos artificiais em Medicina; Energia; sensores, ecomateriais em Transporte e Ambiente. 6
  • 7. Dimensões à escala atómica ›Átomo O átomo é constituído por um núcleo (nucleões= protões e neutrões) e por um espaço grande e vazio onde se movimentam os eletrões. O átomo é uma partícula neutra. Quando cede eletrões transforma-se num catião (ião de carga positiva); quando recebe eletrões forma-se num anião (ião de carga negativa) A massa do átomo é aproximada à massa dos nucleões. A massa do protão é semelhante ao do neutrão enquanto que a massa do eletrão é cerca de 1000x inferior. 7
  • 8. Massa isotópica e Massa atómica relativa média › Representação do átomo/ião 8 Carga elétrica Número de massa Número atómico Símbolo químico
  • 9. Massa isotópica e Massa atómica relativa média › Número Atómico e Massa Atómica 10 22 𝑁𝑒= 10 protões, 10 eletrões, 22-10=12 neutrões; 16 34 𝑆2−= 16 protões, 16+2=18 eletrões, 34-16=18 neutrões; 13 27 𝐴𝑙3+= 13 protões, 13-3=10 eletrões, 27-13 neutrões. 9 Número Atómico (Z)= número de protões Número de massa (A)= número de neutrões + Z
  • 10. Massa isotópica e Massa atómica relativa média › Massa Atómica relativa média – Pela massa dos isótopos: – Por referência: Ar(N)=14 significa que, em média a massa do átomo de azoto é 14x superior a 1 12 da massa do átomo carbono- 12. 10 Ar(X)= 𝐴𝑟(𝑋𝑖) × %𝑋𝑖 100 Xi- isótopo de X; %- abundância
  • 11. › Isótopos Isótopos são átomos com o mesmo número atómico, mas diferente número de massa. 11 Massa isotópica e Massa atómica relativa média
  • 12. Massa isotópica e Massa atómica relativa média › Exemplo: 1. Massa atómica relativa Ar(Si)= 29,973770 × 3,0921+28,976495 × 4,6858 + 27,976927 × 92,2232 100 = 28,085% 2. Interpretar a proximidade do valor da massa atómica relativa do Si com o valor da massa isotópica do Si-28. A massa atómica relativa é mais próxima da massa do isótopo Si-28 porque o seu valor resulta da média ponderada dos isótopos, tendo maior contributo a massa do isótopo mais abundante (Si-28). 12 Isótopo Massa Isotópica Abundância Relativa % 30 𝑆𝑖 29,973770 3,0921 29 𝑆𝑖 28,976495 4,6858 28 𝑆𝑖 27,976927 92,2232
  • 13. Massa isotópica e Massa atómica relativa média › Massa Molecular relativa › M(𝐻2 𝑂2) = 2 × 1 + 2 × 16 = 34 M(𝐻2 𝑂2) = 34 significa que, em média a massa da molécula de 𝐻2 𝑂2 é 34x superior a 1 12 da massa do átomo carbono- 12. 13 M(𝐴 𝛼 𝐵 𝛽 𝐶 𝛾)=α × 𝐴𝑟 𝐴 + 𝛽 × 𝐴𝑟 𝐵 + 𝛾 × 𝐴𝑟(𝐶)
  • 14. Quantidade de matéria e Massa molar › Quantidade de matéria (mol) É a porção de uma entidade que contém um número de partículas igual ao número de átomos existentes em 12g do isótopo de carbono-12. › Número de Avogadro Numero de partículas existentes numa mol 14 𝑵 𝑨 =6,022 x 1023
  • 15. Quantidade de matéria e Massa molar › Número de partículas 15 𝑁𝐴 = 𝑵 𝒏 𝑁 = 𝑛 × 𝑁𝐴 N-número de partículas; n-quantidade de matéria (mol); 𝑁𝐴- número de Avogadro (mol-1)
  • 16. Quantidade de matéria e Massa molar › Massa Molar (g/mol) Massa de uma mol de substância 16 𝑀 = 𝑚 𝑛 M(𝐴 𝛼 𝐵 𝛽 𝐶 𝛾)=α × 𝐴𝑟 𝐴 + 𝛽 × 𝐴𝑟 𝐵 + 𝛾 × 𝐴𝑟(𝐶)
  • 17. Quantidade de matéria e Massa molar › Exemplo Em 18 g de água existem 6,022 x 1023 moléculas de água. 1. Indique qual é o número de moléculas de água que existe em 36 g de água. 18g de água ----- 6,022 x 1023 moléculas de água 36g de água ----- x 6,022 x 1023×36 18 = 12,046 x 1023 moléculas de água 17
  • 18. 18 2. Determine o número de átomos que existe em 36 g de água. 𝑀 𝐻2 𝑂 = 2 × 1 + 16 = 18 𝑔/𝑚𝑜𝑙 𝑛 = 36 18 = 2𝑚𝑜𝑙 𝑁 = 2 × 6,022 x 1023 = 1,2044 x 1024 moléculas de água 1 molécula de água ----- 3 átomos 1,2044 x 1024 moléculas de água ----- x x= 3, 64x1024 átomos
  • 19. 19 3. Determine o número de átomos de H e O que existe em 36 g de água. 1 molécula de água ----- 2 átomos de H 1,2044 x 1024 moléculas de água ----- x x= 2,4088x1024 átomos de H 1 molécula de água ----- 1 átomo de O 1,2044 x 1024 moléculas de água ----- x X= 1,2044 x 1024 átomos de O
  • 20. 20 4. Um copo contém 0,0100 mol de cloreto de magnésio (𝑀𝑔𝐶𝑙2). Quantos iões existem no copo? 1 molécula de 𝑀𝑔𝐶𝑙2 tem 1 ião de 𝑀𝑔2+ e 2 iões de 𝐶𝑙−. n(𝑀𝑔2+ )=n(𝑀𝑔𝐶𝑙2)=0,0100 mol n(𝐶𝑙−)=2×n(𝑀𝑔𝐶𝑙2)=0,0200 mol N(𝑀𝑔2+ ) = 0,0100 × 6,022 x 1023 = 6,02 x 1021 iões. N(𝐶𝑙− ) = 0,0200 × 6,022 x 1023 = 1,20 x 1022 iões. N(total)= 6,02 x 1021 + 1,20 x 1022= 1,80 x 1022 iões.
  • 21. Fração Molar e Mássica › Fração Molar numa mistura › Fração Mássica numa mistura A fração mássica pode vir em percentagem 21
  • 22. 22 1. De 28,87 g de uma amostra de ar, 6,72g são de oxigénio, 𝑂2 . Considere que o ar da amostra é constituído apenas por oxigénio e nitrogénio, 𝑁2. a) Determine a fração molar de cada componente na amostra de ar. 𝑀 𝑂2 = 2 × 16 = 32 𝑔/𝑚𝑜𝑙 𝑀 𝑁2 = 2 × 14 = 28 𝑔/𝑚𝑜𝑙 𝑛(𝑂2)= 6,72 32 = 0,21𝑚𝑜𝑙 𝑛(𝑁2)= (28,87−6,72) 28 = 0,79𝑚𝑜𝑙 𝑥 𝑂2 = 0,21 0,21+0,79 = 0,21 𝑥 𝑁2 = 0,79 0,21+0,79 = 0,79 b) Determine a fração mássica de cada componente na amostra de ar. 𝑤 𝑂2 = 6,72 28,78 = 0,23 𝑤 𝑁2 = 28,78−6,72 28,78 = 0,77 c) Determine a percentagem mássica de azoto 𝑤 𝑁2 = 28,78−6,72 28,78 = 0,77 ×100=77%
  • 23. Fração Molar e Mássica › Fração Molar em 𝑨 𝜶 𝑩 𝜷 𝑪 𝜸 › Fração Mássica em 𝑨 𝜶 𝑩 𝜷 𝑪 𝜸 23 𝑥 𝐴 = 𝛼 𝛼 + 𝛽 + 𝛾 𝑤 𝐴 = 𝛼×𝐴𝑟(𝐴) 𝑀𝑟(𝐴 𝛼 𝐵 𝛽 𝐶 𝛾) ×(𝛼 + 𝛽 + 𝛾)
  • 24. 24 1. Segundo o butano de fórmula química 𝐶4 𝐻10. a) Determina fração mássica de C e H neste hidrocarboneto. Ar(C)=12 Ar(H)=1 M(𝐶4 𝐻10)= 4×12+10×1= 58 𝑤 𝐶 = 4×12 58 × 14 = 11,59 𝑤 𝐻 = 10×1 58 × 14 = 2,4 11,59+ 2,4= 13,99 b) Determina a fração molar de C e H no mesmo hidrocarboneto 𝑥 𝐶 = 4 4+10 = 0,29 𝑥 𝐻 = 10 4+10 = 0,71 0,29+ 0,71= 1