SlideShare uma empresa Scribd logo
PSICOLOGIA  SOCIAL         E GÊNERO
GRUPO DE TRABALHOEstefânia A. Borges Pereira	Juliana MarquesRafael AugustoThayne Estevam
123 458697101211
1415161320191718
PSICOLOGIA SOCIALA Psicologia Social aborda as relações entre os membros de um grupo social. Ela busca compreender como o homem se comporta nas suas interações sociais. Para alguns estudiosos, porém, a comparação entre a Psicologia Social e a Sociologia não é assim tão simples, pois ambas constituem campos independentes, que partem de ângulos teóricos diversos. Há, portanto, uma distância considerável entre as duas, porque enquanto a psicologia destaca o aspecto individual, a sociologia se atém à esfera social.
No Brasil, destacam-se nesta esfera dois psicólogos que trilham caminhos opostos: Aroldo Rodrigues – empirista,  acredita nas experiências como fonte única do conhecimento . Silvia Lane – que adota uma linha marxista e sócio-histórica. É com Sílvia Lane que se passa a admitir, claramente, o lugar e o significado da Subjetividade na Constituição Humana, buscando-se elementos da Consciência que permitam compreender o seu processo de construção.
COMO SURGE O CONCEITO                      DE GÊNERONascido no intenso debate científico que o feminismo dos anos 60 e 70 gerou, o conceito de gênero rapidamente passou a integrar o discurso das ciências sociais e humanas. A emergência deste conceito inscrevia-se num novo projeto teórico que pretendia demonstrar a produção social das crenças e saberes sobre os sexos,  colocando a questão na agenda científica da investigação social e retirando-a definitivamente da zona de influências da biologia.
Gênero emerge de duas abordagens:A essencialista sugere a existência de diferenças inatas entre os sexos.  Conceituando gênero como uma propriedade estável, inata e bipolar de diferenciação sexual.
Socialização: O gênero passa a ser concebido, não como inato, mas como o resultado de forças sociais e culturais, aprendido por intermédio dos processos de modelagem e imitação (Bandura, 1977). Em  1990 surge uma nova abordagem o construcionismo social, traz uma nova visão ao conhecimento e às  práticas;centra-se essencialmente nos problemas das populações locais e critica-se as pesquisas que se pretendem universais.
O construcionismo social assume o gênero como uma construção social, um sistema de significados que se constrói e se organiza nas interações, e que governa o acesso ao poder e aos recursos (Crawford, 1995; Denzin, 1995). Não é por isso um atributo individual, mas uma forma de dar sentido às transações: ele não existe nas pessoas mas sim nas relações sociais.Na Psicologia Social, os estudos que enfocam as práticas discursivas e a produção de sentidos no cotidiano (SPINK, 2004) alinham-se às posturas do construcionismo social. Este, por sua vez, constitui-se na dinâmica das mudanças que vêm ocorrendo desde o século passado em vários domínios de saber, que deram centralidade à linguagem na produção de conhecimentos e de realidades (IBANEZ, 2004). Segundo Nogueira (2001), emerge como alternativa ao dualismo essencialista ou socializante, que avança ao questionar e recusar discursos universalizantes e generalizáveis sobre as mulheres. Com essa compreensão, a abordagem construcionista postula que não são identidades individuais que são construídas, mas formas de dar sentidos às relações sociais.
X
A Psicologia, enquanto campo de pesquisa, formação e atuação relacionada ao ser humano tem muito a contribuir no que se refere à desconstrução das desigualdades sociais e de gênero.O gênero corresponde então a uma construção social por meio da qual são construídas subjetividades e que organiza as relações entre homens e mulheres num determinado contexto, estruturando relações de poder.Estudar gênero, no âmbito da Psicologia, perpassa o entendimento de que categorias transversais de gênero, raça/etnia, classe social, orientação sexual e geração se cruzam construindo sujeitos com certas especificidades que precisam ser observadas.
LENISE SANTANA BORGESPossui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1982), mestrado em Women and Development - Institute of Social Studies (1995) e doutorado em Psicologia (Psicologia Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2008). Atualmente é coordenadora de projetos do Grupo Transas do Corpo e professor assistente I da Universidade Católica de Goiás. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Social, atuando principalmente nos seguintes temas: práticas discursivas, mídia, gênero, dst-aids e diversidade sexual.Coordena a Rede Goiana de Pesquisa em Gênero; Sexualidade e intersecções/FAPEG (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás). 
O que é Gênero e qual o seu contexto histórico?Explicar a questão das mulheres numa perspectiva relacional,
A idéia de masculino e feminino tem haver com relações estabelecidas na sociedade,
Eram relações perpassadas por poder e hierarquizadas
O gênero vem ajudar a pensar 2. Qual o espaço que o tema Gênero ocupa na Psicologia Social?Na psicologia o gênero ainda ocupa um espaço muito pequeno,
Somente a psicologia social vem tratando desse tema3.Qual a importância do trabalho do psicólogo social com a questão do gênero? Psicologia social tem uma preocupação com a transformação social e emancipação do sujeito excluído,
O gênero vem tentar mexer com as desigualdades4.É possível desconstruir a visão estereotipada de masculino e feminino, e reconstruir uma visão de gênero na sociedade  em que vivemos ?Várias instituições reproduzem essa visão polarizada do que é homem e mulher,
Quanto mais separar, mais difícil será desconstruir essa visão estereotipada,
Quais são as diferenças entre homem e mulher?
Quais são as diferenças entre homem e mulher?5.Quando as mulheres resolveram empunhar a bandeira emancipatória, foram taxadas de feministas. Esse processo trouxe inúmeras implicações no contexto social e o sentido para o psicólogo do gênero. Comente isso.O movimento feminista foi bastante importante para as conquistas da mulher,

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Personalidade - Teorias e Testes
Personalidade - Teorias e TestesPersonalidade - Teorias e Testes
Personalidade - Teorias e Testes
Marcela Montalvão Teti
 
Gestalt-Terapia
Gestalt-TerapiaGestalt-Terapia
Cognição Social
Cognição SocialCognição Social
Cognição Social
alicecanuto
 
psicologia social
psicologia socialpsicologia social
psicologia social
faculdadeteologica
 
Cognição social (slides da aula)
Cognição social (slides da aula)Cognição social (slides da aula)
Cognição social (slides da aula)
Adalene Sales
 
Estruturalismo
EstruturalismoEstruturalismo
Psicologia social
Psicologia socialPsicologia social
Psicologia social
Isac Soares
 
Fundamentos da Psicologia Social
Fundamentos da Psicologia SocialFundamentos da Psicologia Social
Fundamentos da Psicologia Social
Marcos Pereira
 
Grupos
GruposGrupos
Grupoterapias
GrupoterapiasGrupoterapias
Grupoterapias
Rayanne Chagas
 
Psicologia e Políticas Públicas
Psicologia e Políticas PúblicasPsicologia e Políticas Públicas
Psicologia e Políticas Públicas
Arie Storch
 
Cognição social
Cognição socialCognição social
Cognição social
Josevânia Silva
 
Slide: A psicologia social e uma nova concepção do homem para a psicologia
Slide: A psicologia social e uma nova concepção do homem para a psicologiaSlide: A psicologia social e uma nova concepção do homem para a psicologia
Slide: A psicologia social e uma nova concepção do homem para a psicologia
Universidade de Fortaleza
 
Teoria sócio historica
Teoria sócio historicaTeoria sócio historica
Teoria sócio historica
Caio Grimberg
 
Introdução ao estudo de psicologia de grupos
Introdução ao estudo de psicologia de gruposIntrodução ao estudo de psicologia de grupos
Introdução ao estudo de psicologia de grupos
Claudson Cerqueira Santana
 
Estudo de caso psicologia clínica
Estudo de caso psicologia clínicaEstudo de caso psicologia clínica
Estudo de caso psicologia clínica
Endriely Teodoro
 
Introdução à Psicologia Jurídica
Introdução à Psicologia JurídicaIntrodução à Psicologia Jurídica
Introdução à Psicologia Jurídica
Sergio Luis dos Santos Lima
 
3. psicologia social
3. psicologia social3. psicologia social
3. psicologia social
Ludmylla Toledo
 
O que é a psicologia
O que é a psicologiaO que é a psicologia
O que é a psicologia
psicologiaazambuja
 
Introdução À Psicologia
Introdução À PsicologiaIntrodução À Psicologia
Introdução À Psicologia
psicologiaisecensa
 

Mais procurados (20)

Personalidade - Teorias e Testes
Personalidade - Teorias e TestesPersonalidade - Teorias e Testes
Personalidade - Teorias e Testes
 
Gestalt-Terapia
Gestalt-TerapiaGestalt-Terapia
Gestalt-Terapia
 
Cognição Social
Cognição SocialCognição Social
Cognição Social
 
psicologia social
psicologia socialpsicologia social
psicologia social
 
Cognição social (slides da aula)
Cognição social (slides da aula)Cognição social (slides da aula)
Cognição social (slides da aula)
 
Estruturalismo
EstruturalismoEstruturalismo
Estruturalismo
 
Psicologia social
Psicologia socialPsicologia social
Psicologia social
 
Fundamentos da Psicologia Social
Fundamentos da Psicologia SocialFundamentos da Psicologia Social
Fundamentos da Psicologia Social
 
Grupos
GruposGrupos
Grupos
 
Grupoterapias
GrupoterapiasGrupoterapias
Grupoterapias
 
Psicologia e Políticas Públicas
Psicologia e Políticas PúblicasPsicologia e Políticas Públicas
Psicologia e Políticas Públicas
 
Cognição social
Cognição socialCognição social
Cognição social
 
Slide: A psicologia social e uma nova concepção do homem para a psicologia
Slide: A psicologia social e uma nova concepção do homem para a psicologiaSlide: A psicologia social e uma nova concepção do homem para a psicologia
Slide: A psicologia social e uma nova concepção do homem para a psicologia
 
Teoria sócio historica
Teoria sócio historicaTeoria sócio historica
Teoria sócio historica
 
Introdução ao estudo de psicologia de grupos
Introdução ao estudo de psicologia de gruposIntrodução ao estudo de psicologia de grupos
Introdução ao estudo de psicologia de grupos
 
Estudo de caso psicologia clínica
Estudo de caso psicologia clínicaEstudo de caso psicologia clínica
Estudo de caso psicologia clínica
 
Introdução à Psicologia Jurídica
Introdução à Psicologia JurídicaIntrodução à Psicologia Jurídica
Introdução à Psicologia Jurídica
 
3. psicologia social
3. psicologia social3. psicologia social
3. psicologia social
 
O que é a psicologia
O que é a psicologiaO que é a psicologia
O que é a psicologia
 
Introdução À Psicologia
Introdução À PsicologiaIntrodução À Psicologia
Introdução À Psicologia
 

Destaque

Sexualidade e Gênero
Sexualidade e GêneroSexualidade e Gênero
Sexualidade e Gênero
Marina Godoy
 
Corpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidade
Corpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidadeCorpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidade
Corpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidade
pstec25
 
Slides atualizados psicologia social (2)
Slides atualizados psicologia social (2)Slides atualizados psicologia social (2)
Slides atualizados psicologia social (2)
Conceição Gomes
 
Relações de genero e divers sexual
Relações de genero e divers sexualRelações de genero e divers sexual
Relações de genero e divers sexual
Flávia Cunha Lima
 
Psicologia social
Psicologia socialPsicologia social
Psicologia social
Leonardo Gutierrez
 
Gênero e Sexualidade
Gênero e Sexualidade Gênero e Sexualidade
Gênero e Sexualidade
Ilana Fernandes
 
O ensino de Psicologia Social
O ensino de Psicologia SocialO ensino de Psicologia Social
O ensino de Psicologia Social
mnatrodrigues
 
Género e Diversidade nas Escolas
Género e Diversidade nas EscolasGénero e Diversidade nas Escolas
Género e Diversidade nas Escolas
Michele Pó
 
Relaçoes.de.genero
Relaçoes.de.generoRelaçoes.de.genero
Relaçoes.de.genero
Kati Froes
 
Atitudes e Mudança de Atitudes
Atitudes e Mudança de AtitudesAtitudes e Mudança de Atitudes
Atitudes e Mudança de Atitudes
alicecanuto
 
Reflexões sobre Diversidade e Gênero
Reflexões sobre Diversidade e GêneroReflexões sobre Diversidade e Gênero
Reflexões sobre Diversidade e Gênero
sinteimp
 
Desigualdade de gênero
Desigualdade de gêneroDesigualdade de gênero
Desigualdade de gênero
Wednei Gama
 
Amostragem - estatistica
Amostragem - estatisticaAmostragem - estatistica
Amostragem - estatistica
Gabriel Romão Zan Taquetti
 
Relações de Gênero
Relações de GêneroRelações de Gênero
Relações de Gênero
Privada
 
Desigualdade De Género
Desigualdade De GéneroDesigualdade De Género
Desigualdade De Género
Instituto Monitor
 
psicologia social
psicologia socialpsicologia social
psicologia social
fabiana
 
Gênero inicialppt
Gênero   inicialpptGênero   inicialppt
Gênero inicialppt
temastransversais
 
Técnicas de poder1
Técnicas de poder1Técnicas de poder1
Técnicas de poder1
Zuleica Jaroszewski
 
Psicologia Social
Psicologia SocialPsicologia Social
Psicologia Social
Carla Perfect
 
Aspectos importantes de la psicologia de genero
Aspectos importantes de la psicologia de generoAspectos importantes de la psicologia de genero
Aspectos importantes de la psicologia de genero
Patty Cuadros
 

Destaque (20)

Sexualidade e Gênero
Sexualidade e GêneroSexualidade e Gênero
Sexualidade e Gênero
 
Corpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidade
Corpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidadeCorpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidade
Corpo, gênero e sexualidade - Educando para a diversidade
 
Slides atualizados psicologia social (2)
Slides atualizados psicologia social (2)Slides atualizados psicologia social (2)
Slides atualizados psicologia social (2)
 
Relações de genero e divers sexual
Relações de genero e divers sexualRelações de genero e divers sexual
Relações de genero e divers sexual
 
Psicologia social
Psicologia socialPsicologia social
Psicologia social
 
Gênero e Sexualidade
Gênero e Sexualidade Gênero e Sexualidade
Gênero e Sexualidade
 
O ensino de Psicologia Social
O ensino de Psicologia SocialO ensino de Psicologia Social
O ensino de Psicologia Social
 
Género e Diversidade nas Escolas
Género e Diversidade nas EscolasGénero e Diversidade nas Escolas
Género e Diversidade nas Escolas
 
Relaçoes.de.genero
Relaçoes.de.generoRelaçoes.de.genero
Relaçoes.de.genero
 
Atitudes e Mudança de Atitudes
Atitudes e Mudança de AtitudesAtitudes e Mudança de Atitudes
Atitudes e Mudança de Atitudes
 
Reflexões sobre Diversidade e Gênero
Reflexões sobre Diversidade e GêneroReflexões sobre Diversidade e Gênero
Reflexões sobre Diversidade e Gênero
 
Desigualdade de gênero
Desigualdade de gêneroDesigualdade de gênero
Desigualdade de gênero
 
Amostragem - estatistica
Amostragem - estatisticaAmostragem - estatistica
Amostragem - estatistica
 
Relações de Gênero
Relações de GêneroRelações de Gênero
Relações de Gênero
 
Desigualdade De Género
Desigualdade De GéneroDesigualdade De Género
Desigualdade De Género
 
psicologia social
psicologia socialpsicologia social
psicologia social
 
Gênero inicialppt
Gênero   inicialpptGênero   inicialppt
Gênero inicialppt
 
Técnicas de poder1
Técnicas de poder1Técnicas de poder1
Técnicas de poder1
 
Psicologia Social
Psicologia SocialPsicologia Social
Psicologia Social
 
Aspectos importantes de la psicologia de genero
Aspectos importantes de la psicologia de generoAspectos importantes de la psicologia de genero
Aspectos importantes de la psicologia de genero
 

Semelhante a Psicologia Social e Gênero

Cultura e sexualidade resumo
Cultura e sexualidade resumoCultura e sexualidade resumo
Cultura e sexualidade resumo
Tradicao Viva
 
Estereótipos femininos fomentados pelos meios de comunicação
Estereótipos femininos fomentados pelos meios de comunicaçãoEstereótipos femininos fomentados pelos meios de comunicação
Estereótipos femininos fomentados pelos meios de comunicação
Cassia Barbosa
 
Artigo juventudes e diferença
Artigo juventudes e diferençaArtigo juventudes e diferença
Artigo juventudes e diferença
Osmar R. Braga
 
Relatório final de pesquisa
Relatório final de pesquisaRelatório final de pesquisa
Relatório final de pesquisa
Romario Sousa
 
264. projeto despertar
264. projeto despertar264. projeto despertar
264. projeto despertar
Lúcia Bernadette Russo Luiz
 
264. projeto despertar
264. projeto despertar264. projeto despertar
264. projeto despertar
Welinton J Pereira Pereira
 
Teoria de vygotyski ed. física
Teoria de vygotyski   ed. físicaTeoria de vygotyski   ed. física
Teoria de vygotyski ed. física
Silvia Marina Anaruma
 
Transcender o concreto uma utopia contemporânea
Transcender o concreto   uma utopia contemporâneaTranscender o concreto   uma utopia contemporânea
Transcender o concreto uma utopia contemporânea
Francisco Brito Souza
 
Texto 6 avanços américa latina
Texto 6 avanços américa latinaTexto 6 avanços américa latina
Texto 6 avanços américa latina
Psicologia_2015
 
Conceito de gênero.
Conceito de gênero.Conceito de gênero.
Conceito de gênero.
Fábio Fernandes
 
RELAÇÕES DE GÊNERO: FONTES, METODOLOGIAS E POTENCIALIDADES DE PESQUISA EM HIS...
RELAÇÕES DE GÊNERO: FONTES, METODOLOGIAS E POTENCIALIDADES DE PESQUISA EM HIS...RELAÇÕES DE GÊNERO: FONTES, METODOLOGIAS E POTENCIALIDADES DE PESQUISA EM HIS...
RELAÇÕES DE GÊNERO: FONTES, METODOLOGIAS E POTENCIALIDADES DE PESQUISA EM HIS...
Fábio Fernandes
 
Um olhar sobre gênero e identidade
Um olhar sobre gênero e identidadeUm olhar sobre gênero e identidade
Um olhar sobre gênero e identidade
pibiduergsmontenegro
 
Lamas, 1999 os conflitos e desafios do novo paradgma
Lamas, 1999   os conflitos e desafios do novo paradgmaLamas, 1999   os conflitos e desafios do novo paradgma
Lamas, 1999 os conflitos e desafios do novo paradgma
Florêncio M. Costa Jr
 
Repres. social e gênero
Repres. social e gêneroRepres. social e gênero
Repres. social e gênero
Psicologia_2015
 
Conceito de gênero.
Conceito de gênero.Conceito de gênero.
Conceito de gênero.
Fábio Fernandes
 
Roteiro de aula: Psicologia Social Contemporânea
Roteiro de aula: Psicologia Social ContemporâneaRoteiro de aula: Psicologia Social Contemporânea
Roteiro de aula: Psicologia Social Contemporânea
Lucas Rodrigues
 
Resenha um corpo extranho
 Resenha  um corpo extranho Resenha  um corpo extranho
Resenha um corpo extranho
Ilca Guimarães
 
[e-book] Desmunhecando o Discurso.pdf
[e-book] Desmunhecando o Discurso.pdf[e-book] Desmunhecando o Discurso.pdf
[e-book] Desmunhecando o Discurso.pdf
Contemplo Cia de Dança
 
87115298 moscovici-representacoes-sociais
87115298 moscovici-representacoes-sociais87115298 moscovici-representacoes-sociais
87115298 moscovici-representacoes-sociais
sioliv
 
Sociologia Gênero e Saúde
Sociologia Gênero e Saúde Sociologia Gênero e Saúde
Sociologia Gênero e Saúde
Cláudia Hellena Ribeiro
 

Semelhante a Psicologia Social e Gênero (20)

Cultura e sexualidade resumo
Cultura e sexualidade resumoCultura e sexualidade resumo
Cultura e sexualidade resumo
 
Estereótipos femininos fomentados pelos meios de comunicação
Estereótipos femininos fomentados pelos meios de comunicaçãoEstereótipos femininos fomentados pelos meios de comunicação
Estereótipos femininos fomentados pelos meios de comunicação
 
Artigo juventudes e diferença
Artigo juventudes e diferençaArtigo juventudes e diferença
Artigo juventudes e diferença
 
Relatório final de pesquisa
Relatório final de pesquisaRelatório final de pesquisa
Relatório final de pesquisa
 
264. projeto despertar
264. projeto despertar264. projeto despertar
264. projeto despertar
 
264. projeto despertar
264. projeto despertar264. projeto despertar
264. projeto despertar
 
Teoria de vygotyski ed. física
Teoria de vygotyski   ed. físicaTeoria de vygotyski   ed. física
Teoria de vygotyski ed. física
 
Transcender o concreto uma utopia contemporânea
Transcender o concreto   uma utopia contemporâneaTranscender o concreto   uma utopia contemporânea
Transcender o concreto uma utopia contemporânea
 
Texto 6 avanços américa latina
Texto 6 avanços américa latinaTexto 6 avanços américa latina
Texto 6 avanços américa latina
 
Conceito de gênero.
Conceito de gênero.Conceito de gênero.
Conceito de gênero.
 
RELAÇÕES DE GÊNERO: FONTES, METODOLOGIAS E POTENCIALIDADES DE PESQUISA EM HIS...
RELAÇÕES DE GÊNERO: FONTES, METODOLOGIAS E POTENCIALIDADES DE PESQUISA EM HIS...RELAÇÕES DE GÊNERO: FONTES, METODOLOGIAS E POTENCIALIDADES DE PESQUISA EM HIS...
RELAÇÕES DE GÊNERO: FONTES, METODOLOGIAS E POTENCIALIDADES DE PESQUISA EM HIS...
 
Um olhar sobre gênero e identidade
Um olhar sobre gênero e identidadeUm olhar sobre gênero e identidade
Um olhar sobre gênero e identidade
 
Lamas, 1999 os conflitos e desafios do novo paradgma
Lamas, 1999   os conflitos e desafios do novo paradgmaLamas, 1999   os conflitos e desafios do novo paradgma
Lamas, 1999 os conflitos e desafios do novo paradgma
 
Repres. social e gênero
Repres. social e gêneroRepres. social e gênero
Repres. social e gênero
 
Conceito de gênero.
Conceito de gênero.Conceito de gênero.
Conceito de gênero.
 
Roteiro de aula: Psicologia Social Contemporânea
Roteiro de aula: Psicologia Social ContemporâneaRoteiro de aula: Psicologia Social Contemporânea
Roteiro de aula: Psicologia Social Contemporânea
 
Resenha um corpo extranho
 Resenha  um corpo extranho Resenha  um corpo extranho
Resenha um corpo extranho
 
[e-book] Desmunhecando o Discurso.pdf
[e-book] Desmunhecando o Discurso.pdf[e-book] Desmunhecando o Discurso.pdf
[e-book] Desmunhecando o Discurso.pdf
 
87115298 moscovici-representacoes-sociais
87115298 moscovici-representacoes-sociais87115298 moscovici-representacoes-sociais
87115298 moscovici-representacoes-sociais
 
Sociologia Gênero e Saúde
Sociologia Gênero e Saúde Sociologia Gênero e Saúde
Sociologia Gênero e Saúde
 

Último

Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 

Último (20)

Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdfPlano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
Plano Diretor da Tecnologia da Informação PDTIC 2020 a 2023.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdfSistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras - SISFRON.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 

Psicologia Social e Gênero

  • 1. PSICOLOGIA SOCIAL E GÊNERO
  • 2. GRUPO DE TRABALHOEstefânia A. Borges Pereira Juliana MarquesRafael AugustoThayne Estevam
  • 5. PSICOLOGIA SOCIALA Psicologia Social aborda as relações entre os membros de um grupo social. Ela busca compreender como o homem se comporta nas suas interações sociais. Para alguns estudiosos, porém, a comparação entre a Psicologia Social e a Sociologia não é assim tão simples, pois ambas constituem campos independentes, que partem de ângulos teóricos diversos. Há, portanto, uma distância considerável entre as duas, porque enquanto a psicologia destaca o aspecto individual, a sociologia se atém à esfera social.
  • 6. No Brasil, destacam-se nesta esfera dois psicólogos que trilham caminhos opostos: Aroldo Rodrigues – empirista, acredita nas experiências como fonte única do conhecimento . Silvia Lane – que adota uma linha marxista e sócio-histórica. É com Sílvia Lane que se passa a admitir, claramente, o lugar e o significado da Subjetividade na Constituição Humana, buscando-se elementos da Consciência que permitam compreender o seu processo de construção.
  • 7. COMO SURGE O CONCEITO DE GÊNERONascido no intenso debate científico que o feminismo dos anos 60 e 70 gerou, o conceito de gênero rapidamente passou a integrar o discurso das ciências sociais e humanas. A emergência deste conceito inscrevia-se num novo projeto teórico que pretendia demonstrar a produção social das crenças e saberes sobre os sexos, colocando a questão na agenda científica da investigação social e retirando-a definitivamente da zona de influências da biologia.
  • 8. Gênero emerge de duas abordagens:A essencialista sugere a existência de diferenças inatas entre os sexos. Conceituando gênero como uma propriedade estável, inata e bipolar de diferenciação sexual.
  • 9. Socialização: O gênero passa a ser concebido, não como inato, mas como o resultado de forças sociais e culturais, aprendido por intermédio dos processos de modelagem e imitação (Bandura, 1977). Em 1990 surge uma nova abordagem o construcionismo social, traz uma nova visão ao conhecimento e às práticas;centra-se essencialmente nos problemas das populações locais e critica-se as pesquisas que se pretendem universais.
  • 10. O construcionismo social assume o gênero como uma construção social, um sistema de significados que se constrói e se organiza nas interações, e que governa o acesso ao poder e aos recursos (Crawford, 1995; Denzin, 1995). Não é por isso um atributo individual, mas uma forma de dar sentido às transações: ele não existe nas pessoas mas sim nas relações sociais.Na Psicologia Social, os estudos que enfocam as práticas discursivas e a produção de sentidos no cotidiano (SPINK, 2004) alinham-se às posturas do construcionismo social. Este, por sua vez, constitui-se na dinâmica das mudanças que vêm ocorrendo desde o século passado em vários domínios de saber, que deram centralidade à linguagem na produção de conhecimentos e de realidades (IBANEZ, 2004). Segundo Nogueira (2001), emerge como alternativa ao dualismo essencialista ou socializante, que avança ao questionar e recusar discursos universalizantes e generalizáveis sobre as mulheres. Com essa compreensão, a abordagem construcionista postula que não são identidades individuais que são construídas, mas formas de dar sentidos às relações sociais.
  • 11. X
  • 12. A Psicologia, enquanto campo de pesquisa, formação e atuação relacionada ao ser humano tem muito a contribuir no que se refere à desconstrução das desigualdades sociais e de gênero.O gênero corresponde então a uma construção social por meio da qual são construídas subjetividades e que organiza as relações entre homens e mulheres num determinado contexto, estruturando relações de poder.Estudar gênero, no âmbito da Psicologia, perpassa o entendimento de que categorias transversais de gênero, raça/etnia, classe social, orientação sexual e geração se cruzam construindo sujeitos com certas especificidades que precisam ser observadas.
  • 13. LENISE SANTANA BORGESPossui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1982), mestrado em Women and Development - Institute of Social Studies (1995) e doutorado em Psicologia (Psicologia Social) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2008). Atualmente é coordenadora de projetos do Grupo Transas do Corpo e professor assistente I da Universidade Católica de Goiás. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Social, atuando principalmente nos seguintes temas: práticas discursivas, mídia, gênero, dst-aids e diversidade sexual.Coordena a Rede Goiana de Pesquisa em Gênero; Sexualidade e intersecções/FAPEG (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás). 
  • 14. O que é Gênero e qual o seu contexto histórico?Explicar a questão das mulheres numa perspectiva relacional,
  • 15. A idéia de masculino e feminino tem haver com relações estabelecidas na sociedade,
  • 16. Eram relações perpassadas por poder e hierarquizadas
  • 17. O gênero vem ajudar a pensar 2. Qual o espaço que o tema Gênero ocupa na Psicologia Social?Na psicologia o gênero ainda ocupa um espaço muito pequeno,
  • 18. Somente a psicologia social vem tratando desse tema3.Qual a importância do trabalho do psicólogo social com a questão do gênero? Psicologia social tem uma preocupação com a transformação social e emancipação do sujeito excluído,
  • 19. O gênero vem tentar mexer com as desigualdades4.É possível desconstruir a visão estereotipada de masculino e feminino, e reconstruir uma visão de gênero na sociedade em que vivemos ?Várias instituições reproduzem essa visão polarizada do que é homem e mulher,
  • 20. Quanto mais separar, mais difícil será desconstruir essa visão estereotipada,
  • 21. Quais são as diferenças entre homem e mulher?
  • 22. Quais são as diferenças entre homem e mulher?5.Quando as mulheres resolveram empunhar a bandeira emancipatória, foram taxadas de feministas. Esse processo trouxe inúmeras implicações no contexto social e o sentido para o psicólogo do gênero. Comente isso.O movimento feminista foi bastante importante para as conquistas da mulher,
  • 23. Movimento sufragista ou direito de votar em eleições políticas.Observamos ao longo do trabalho que seria inútil apresentarmos o conceito de GÊNERO e não percorrermos na companhia de vocês um caminho. O caminho do questionamento, da conscientização.Você já pensou nas suas relações de Gênero?Como você pensa a relação homem e mulher dentro da sociedade? Você já se perguntou que tipo de profissional será ao concluir o curso de Psicologia?
  • 24. A emancipação da mulher, para mim, não quer dizer que queremos tomar o lugar do homem, ser homens ou concorrer com eles. Queremos ser dignamente emancipadas. Queremos viver num mundo melhor, sem insegurança e violência. Para o progresso. Mulheres e homens juntos, livres, emancipados, sem neuroses. Uma emancipação cultural, econômica e sexual.O poder de escolha em nosso País. (Norma Benguel 1970)
  • 25. BIBLIOGRAFIALouro, G. L. (1999). Gênero, Sexualidade e educação: uma perspectiva pós-estruturalista. Petrópolis: Vozes.http://repositorium.sdum.uminho.ptNogueira, Conceição. Feminismo e Discurso do Gênero na Psicologia Social. Instituto de Educação e Psicologia, Universidade do Minho. PortugalNOGUEIRA, C. Contribuições do construcionismo social a uma nova psicologia do gênero. Cadernos de Pesquisa, São Paulo: Fundação Carlos Chagas, n. 112, p. 137-153, mar. 2001.
  • 26. SPINK, M. J. P. (Org.). Práticas discursivas e produção de sentidos no cotidiano: aproximações teóricas e metodológicas. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2004. 
  • 27. AGRADECIMENTOSAgradecemos aos colegas que assistiram a exposição deste trabalho;Às monitoras Amanda e Paola por sanarem nossas dúvidas. Ao professor Ms. Thyago do Vale Rosa, pela paciência e disposição com que sempre esclareceu nossas dúvidas, e nos auxiliou no nosso desenvolvimento pessoal em mais esse semestre.A professora Dra. Adriana Bernardes Pereira, pela vontade de querer despertar em cada um de nós, uma visão além PUC, além “eu” mesmo.
  • 28. “A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original”. Albert Einstein