SlideShare uma empresa Scribd logo

Luto

1 de 20
Baixar para ler offline
LUTO

       Liliana Lobato
       Psicóloga Clínica
       Departamento de Psiquiatria
       e Saúde Mental
       C.H.C.B.
LUTO

Luto
Dores emocionais e/ou perturbações que
surgem quando alguém sofre uma perda ou
existe um acontecimento de perda iminente
(luto antecipado).
As respostas as estas situações são formas
de adaptação a que chamamos luto.



                                    Liliana Lobato
LUTO
           4 FASES DO LUTO

O que acontece psicologicamente quando se verifica
                   uma perda?

     O sujeito atravessa um processo de luto,
     composto por uma série de alterações
       emocionais específicas, ou FASES




                                          Liliana Lobato
LUTO

Negação/Incredulidade


Raiva


 Preocupação/Depressão

Aceitação/Resolução


                         Liliana Lobato
LUTO

   Choque/Incredulidade


  Choque. O sujeito recusa-se a acreditar
na perda




                                     Liliana Lobato
LUTO

   Raiva

    O sujeito culpabiliza os outros pela sua
perda. Podem verificar-se sentimentos de
cólera, dirigidos normalmente aos médicos, a
Deus ou outro alvo responsável. (Ex.: O Dr.
devia ter mandado fazer análises mais cedo)



                                    Liliana Lobato

Recomendados

Palestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadePalestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadeRenata Pimentel
 
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidadeSaúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidadeAroldo Gavioli
 
Depressão
DepressãoDepressão
DepressãoUNIME
 
Morte e luto
Morte e lutoMorte e luto
Morte e lutonu9000
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ansiedade, Depressão & superação
Ansiedade, Depressão & superaçãoAnsiedade, Depressão & superação
Ansiedade, Depressão & superaçãoRafael Almeida
 
Morte E Luto No Contexto Hospitalar
Morte E Luto No Contexto HospitalarMorte E Luto No Contexto Hospitalar
Morte E Luto No Contexto HospitalarWashington Costa
 
A morte e o processo de morrer
A morte e o processo de morrerA morte e o processo de morrer
A morte e o processo de morrerEliane Santos
 
Transtornos de ansiedade
Transtornos de ansiedadeTranstornos de ansiedade
Transtornos de ansiedadeMiriam Gorender
 
Transtornos mentais e comportamentais devido ao uso de substância psicoativa
Transtornos mentais e comportamentais devido ao uso de substância psicoativaTranstornos mentais e comportamentais devido ao uso de substância psicoativa
Transtornos mentais e comportamentais devido ao uso de substância psicoativaAroldo Gavioli
 
A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira).
A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira). A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira).
A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira). Leonardo Pereira
 
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofreniaTranstornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofreniaAroldo Gavioli
 
Palestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio originalPalestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio originalAlinebrauna Brauna
 

Mais procurados (20)

Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 
Ansiedade, Depressão & superação
Ansiedade, Depressão & superaçãoAnsiedade, Depressão & superação
Ansiedade, Depressão & superação
 
Depressão palestra
Depressão   palestraDepressão   palestra
Depressão palestra
 
Depressão Infância e Adolescência
Depressão Infância e AdolescênciaDepressão Infância e Adolescência
Depressão Infância e Adolescência
 
Morte E Luto No Contexto Hospitalar
Morte E Luto No Contexto HospitalarMorte E Luto No Contexto Hospitalar
Morte E Luto No Contexto Hospitalar
 
A morte e o processo de morrer
A morte e o processo de morrerA morte e o processo de morrer
A morte e o processo de morrer
 
Transtornos de ansiedade
Transtornos de ansiedadeTranstornos de ansiedade
Transtornos de ansiedade
 
Transtornos mentais e comportamentais devido ao uso de substância psicoativa
Transtornos mentais e comportamentais devido ao uso de substância psicoativaTranstornos mentais e comportamentais devido ao uso de substância psicoativa
Transtornos mentais e comportamentais devido ao uso de substância psicoativa
 
O Cuidar
O CuidarO Cuidar
O Cuidar
 
A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira).
A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira). A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira).
A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira).
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
O luto slid ucan.2016
O luto slid   ucan.2016O luto slid   ucan.2016
O luto slid ucan.2016
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 
Como Manejar a Ansiedade?
Como Manejar a Ansiedade?Como Manejar a Ansiedade?
Como Manejar a Ansiedade?
 
Depressão e Suicício
Depressão e SuicícioDepressão e Suicício
Depressão e Suicício
 
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofreniaTranstornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
 
Palestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio originalPalestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio original
 
Como cuidar da minha saúde mental?
Como cuidar da minha saúde mental?Como cuidar da minha saúde mental?
Como cuidar da minha saúde mental?
 
saude mental
saude mental saude mental
saude mental
 
Saúde Mental
Saúde Mental Saúde Mental
Saúde Mental
 

Semelhante a Luto

Bipolar Apresentação final?
Bipolar Apresentação final?Bipolar Apresentação final?
Bipolar Apresentação final?adglm
 
Licao 7 1 t - 2019 - betel
Licao 7   1 t - 2019 - betelLicao 7   1 t - 2019 - betel
Licao 7 1 t - 2019 - betelÉder Tomé
 
Resumo para a prova de psicopatologia II
Resumo para a prova de psicopatologia IIResumo para a prova de psicopatologia II
Resumo para a prova de psicopatologia IISandra Pintos
 
Visão medico e espirita da depressão
Visão medico e espirita da depressãoVisão medico e espirita da depressão
Visão medico e espirita da depressãoMarcelo Monteiro
 
Shober, sthephan superando a depressão biblica e naturalmente (artigo)
Shober, sthephan superando a depressão biblica e naturalmente (artigo)Shober, sthephan superando a depressão biblica e naturalmente (artigo)
Shober, sthephan superando a depressão biblica e naturalmente (artigo)didaque
 
Nucleovivo novo2 1
Nucleovivo novo2 1Nucleovivo novo2 1
Nucleovivo novo2 1grizzdesign
 
DEPRESSÃO
DEPRESSÃODEPRESSÃO
DEPRESSÃOZilrene
 
depressao.pdf
depressao.pdfdepressao.pdf
depressao.pdfacl_sousa
 
Aula 02 - SAUDE MENTAL para saúde me.pdf
Aula 02 - SAUDE MENTAL para saúde me.pdfAula 02 - SAUDE MENTAL para saúde me.pdf
Aula 02 - SAUDE MENTAL para saúde me.pdflimadossantostainara
 
Transtornos depressivos
Transtornos depressivosTranstornos depressivos
Transtornos depressivosCaio Maximino
 
comorbidades_11_ago.pdf
comorbidades_11_ago.pdfcomorbidades_11_ago.pdf
comorbidades_11_ago.pdfMaxDrummond1
 
O litio como importante instrumento terapêutico no tratamento do transtorno a...
O litio como importante instrumento terapêutico no tratamento do transtorno a...O litio como importante instrumento terapêutico no tratamento do transtorno a...
O litio como importante instrumento terapêutico no tratamento do transtorno a...Fernando Vieira Filho
 
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdf
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdfAulas 10 e 11 Guanambi.pdf
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdfJainnyBeatriz1
 

Semelhante a Luto (20)

SURTO PSICÓTICO, DEPRESSÃO, DISTIMIA E TRANSTORNO BIPOLAR.pdf
SURTO PSICÓTICO, DEPRESSÃO, DISTIMIA E TRANSTORNO BIPOLAR.pdfSURTO PSICÓTICO, DEPRESSÃO, DISTIMIA E TRANSTORNO BIPOLAR.pdf
SURTO PSICÓTICO, DEPRESSÃO, DISTIMIA E TRANSTORNO BIPOLAR.pdf
 
Transtornos do humor
Transtornos do humorTranstornos do humor
Transtornos do humor
 
Bipolar Apresentação final?
Bipolar Apresentação final?Bipolar Apresentação final?
Bipolar Apresentação final?
 
Transtorno bipolar
Transtorno bipolarTranstorno bipolar
Transtorno bipolar
 
Licao 7 1 t - 2019 - betel
Licao 7   1 t - 2019 - betelLicao 7   1 t - 2019 - betel
Licao 7 1 t - 2019 - betel
 
Resumo para a prova de psicopatologia II
Resumo para a prova de psicopatologia IIResumo para a prova de psicopatologia II
Resumo para a prova de psicopatologia II
 
Transtorno Bipolar
Transtorno BipolarTranstorno Bipolar
Transtorno Bipolar
 
Visão medico e espirita da depressão
Visão medico e espirita da depressãoVisão medico e espirita da depressão
Visão medico e espirita da depressão
 
Shober, sthephan superando a depressão biblica e naturalmente (artigo)
Shober, sthephan superando a depressão biblica e naturalmente (artigo)Shober, sthephan superando a depressão biblica e naturalmente (artigo)
Shober, sthephan superando a depressão biblica e naturalmente (artigo)
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Nucleovivo novo2 1
Nucleovivo novo2 1Nucleovivo novo2 1
Nucleovivo novo2 1
 
DEPRESSÃO
DEPRESSÃODEPRESSÃO
DEPRESSÃO
 
depressao.pdf
depressao.pdfdepressao.pdf
depressao.pdf
 
Nucleovivo novo 2
Nucleovivo novo 2Nucleovivo novo 2
Nucleovivo novo 2
 
AULA DISTIMIA.pptx
AULA DISTIMIA.pptxAULA DISTIMIA.pptx
AULA DISTIMIA.pptx
 
Aula 02 - SAUDE MENTAL para saúde me.pdf
Aula 02 - SAUDE MENTAL para saúde me.pdfAula 02 - SAUDE MENTAL para saúde me.pdf
Aula 02 - SAUDE MENTAL para saúde me.pdf
 
Transtornos depressivos
Transtornos depressivosTranstornos depressivos
Transtornos depressivos
 
comorbidades_11_ago.pdf
comorbidades_11_ago.pdfcomorbidades_11_ago.pdf
comorbidades_11_ago.pdf
 
O litio como importante instrumento terapêutico no tratamento do transtorno a...
O litio como importante instrumento terapêutico no tratamento do transtorno a...O litio como importante instrumento terapêutico no tratamento do transtorno a...
O litio como importante instrumento terapêutico no tratamento do transtorno a...
 
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdf
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdfAulas 10 e 11 Guanambi.pdf
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdf
 

Luto

  • 1. LUTO Liliana Lobato Psicóloga Clínica Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental C.H.C.B.
  • 2. LUTO Luto Dores emocionais e/ou perturbações que surgem quando alguém sofre uma perda ou existe um acontecimento de perda iminente (luto antecipado). As respostas as estas situações são formas de adaptação a que chamamos luto. Liliana Lobato
  • 3. LUTO 4 FASES DO LUTO O que acontece psicologicamente quando se verifica uma perda? O sujeito atravessa um processo de luto, composto por uma série de alterações emocionais específicas, ou FASES Liliana Lobato
  • 5. LUTO Choque/Incredulidade Choque. O sujeito recusa-se a acreditar na perda Liliana Lobato
  • 6. LUTO Raiva O sujeito culpabiliza os outros pela sua perda. Podem verificar-se sentimentos de cólera, dirigidos normalmente aos médicos, a Deus ou outro alvo responsável. (Ex.: O Dr. devia ter mandado fazer análises mais cedo) Liliana Lobato
  • 7. LUTO Preocupação/Depressão O sujeito entristece. Trata-se de uma fase intermédia que envolve preocupação com a pessoa e/ou coisa perdida. Surgem sintomas como: choro incontrolável, humor deprimido, evitamento social e outros sintomas somáticos semelhantes aos da Depressão. Pode surgir a voz e/ou imagem da pessoa/coisa perdida, mas não de forma alucinatória, mas sim na forma “como se …”. Liliana Lobato
  • 8. LUTO Aceitação/Resolução Aceitação do acontecimento. O sujeito resigna-se e começa a aceitar a perda com o passar do tempo. Os sintomas atenuam-se e a vida começa progressivamente a chegar ao normal. Podem decorrer vários meses até esta fase começar e alguns mais até que esteja completa. Nos aniversários é comum haver recorrência do luto. Liliana Lobato
  • 9. LUTO LUTO PATOLÓGICO (3 formas) 1 Luto Ausente e Luto Diferido 2 Luto Prolongado 3 Luto Excessivo Liliana Lobato
  • 10. LUTO 1 Luto Ausente e Luto Diferido Quando não há sinais externos de luto, apesar da ocorrência de um acontecimento com dimensão que o justifique. Estamos perante um Luto Ausente. Quando o luto começa algumas semanas mais tarde, dizemos que se trata de um Luto Diferido. Liliana Lobato
  • 11. LUTO 2 Luto Prolongado Quando os sintomas persistem 6 a 12 meses mais tarde. É de considerar uma perturbação depressiva. Liliana Lobato
  • 12. LUTO 3 Luto Excessivo Intensidade excessivamente grave dos sintomas de luto. Pode reflectir-se sobretudo em pessoas com personalidade mais vulnerável ou mais próximas do falecido. Liliana Lobato
  • 13. LUTO LUTO E DEPRESSÃO A Depressão ocorre num terço das pessoas em luto e em 20% dos casos é grave. Nem sempre é fácil decidir quando se atravessa o limiar entre o Luto e a Depressão. Liliana Lobato
  • 14. LUTO COMPARAÇÃO DEPRESSÃO/LUTO Ideação suicida - Comum na Depressão (comandada pelo humor deprimido). - Transitória no Luto (comandada pelo desejo de estar junto do/a falecido/a). Liliana Lobato
  • 15. LUTO Culpabilização pela situação - Culpabilidade dirigida ao próprio, na Depressão. - Culpabilidade dirigida aos outros e ao destino, no Luto. Lentificação psicomotora - Verifica-se na Depressão. - Não se verifica no Luto. Liliana Lobato
  • 16. LUTO Sintomatologia psicótica - Pode ocorrer em casos graves e é congruente com o humor. - Não ocorre no Luto, embora se possa imaginar ouvir/ver o falecido. Evolução dos sintomas - Persistente na Depressão (mais de 2 meses). - Flutuante no Luto (remitem em 2 meses). Liliana Lobato
  • 17. LUTO PERDA DE UM DOS PAIS Fase de protesto A criança sente grande desejo de estar com o progenitor falecido. Fase de desespero A criança experimenta falta de esperança, retraimento e apatia. Liliana Lobato
  • 18. LUTO Fase de distanciamento A criança abandona o apego emocional com o progenitor falecido. A criança transfere a falta do progenitor para um ou mais adultos. Liliana Lobato
  • 19. LUTO PERDA DE UM FILHO Pode ser mais intensa; Podem surgir sentimentos de culpa e impotência; Choque, negação, raiva; Manifestações de pesar para toda a vida; 50% dos casamentos onde morre um filho culminam em divórcio. Liliana Lobato
  • 20. LUTO TRATAMENTO DO LUTO Aconselhamento/apoio úteis no Luto Normal. Nota: neste caso não se fala em Perturbação; o Luto deve ser considerado como um processo normal, embora doloroso. Quando surgem sintomas de Luto Patológico ou de Perturbação Depressiva, pode ser necessário persuadir a pessoa de que o seu sofrimento exige um plano terapêutico: - Antidepressivos e Benzodiazepinas )para problemas de sono); - Terapia cognitivo-comportamental. Liliana Lobato