SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
PG.GEGR.GDG.002
Data Emissão: 12/03/07
Revisão: 01
Data Revisão: 22/08/07
PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG
Página 1 de 7
TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS
1. OBJETIVO
Estabelecer políticas e critérios para o controle de documentos, sua elaboração, emissão,
aprovação, implementação, revisão, cancelamento e guarda.
2. CAMPO DE APLICAÇÃO
Este procedimento gerencial se aplica as empresas Energética Santa Helena Ltda., Usina
Eldorado Ltda. e seus parceiros, Agrícola Carandá Ltda. e Colorado Agropecuária Ltda.
3. DEFINIÇÕES
Controle de Documentos: Atividade que determina a forma como elaborar, emitir, aprovar,
distribuir, implementar, revisar, cancelar e guardar os documentos.
Cópia Controlada: Documento cuja emissão e distribuição são controladas. É emitida para o
centro de documentação e detentores relacionados na lista-mestra.
Cópia Não Controlada: Documentos usados para fins de treinamento e uso de auditores. Não
tem distribuição controlada.
Documento: Qualquer meio de armazenar ou transmitir informações possibilitando a
recuperação e uso das mesmas.
Documento Obsoleto: Documento que entrou em desuso (revisão não válida).
Documento Original: Documento que serve de origem para reprodução de cópias.
Documento Válido: Documento em uso cuja revisão corresponde a atual.
Documentos Externos: São normas regulamentadoras, portarias, leis e contratos aplicados.
4. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES
4.1 FLUXOGRAMA DO CONTROLE DE DOCUMENTOS
PG.GEGR.GDG.002
Data Emissão: 12/03/07
Revisão: 01
Data Revisão: 22/08/07
PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG
Página 2 de 7
TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS
Elaborador do Documento
Facilitador da
Gerência
Gestor dos
Documentos
Analista Gestão
Elaborar ou
revisar documento
Inicio
Consensar com
setores envolvidos
Aprovado?
N
Analisar
Padronização
OK?
N
Solicitar
aprovação do
responsável
S
Fazer análise
geral
OK?
Disponibilizar
sistema
informatizado
S
Providenciar
adequações junto
ao facilitador
N
Atualizar arquivos
obsoletos
Enviar mensagem
de documento
novo/revisado
Codificar
S
Arquivar
documento no
temporário da
unidade
Usuário
Consultar
Documentos
Fim
1
1
Atualizar lista
mestra
Enviar lista Mestra
ao Gestor de
Documentos
(e-mail).
FX.GEGR.CDO.001
Emissão: 12/03/07
Revisão: 00
Data Revisão:
Página: 1 de 1
FLUXOGRAMA
TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS
Elaborado por: Marcos Tessari Aprovado por: Marcos Abreu Data aprov. 12/03/07
PG.GEGR.GDG.002
Data Emissão: 12/03/07
Revisão: 01
Data Revisão: 22/08/07
PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG
Página 3 de 7
TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS
4.2 CONTROLE DE DOCUMENTOS
4.2.1 ELABORAÇÃO
Cabe á área usuária do documento, a sua elaboração. Após a elaboração, e
aprovação o documento deverá ser encaminhado ao Facilitador de sua gerência.
O Facilitador analisa a padronização dos documentos elaborados, estando de
acordo, codifica e registra na Lista Mestra. Os documentos deverão ser arquivos
em pasta específica a este fim na Unidade F de cada unidade e a Lista Mestra
encaminhada via e-mail ao Controlador de Documentos.
4.2.2 EMISSÃO/APROVAÇÃO
Antes da sua emissão, os documentos devem ser analisados criticamente quanto a
sua efetiva aplicabilidade.
A data de vigência dos documentos corresponde à data de aprovação dos
mesmos.
A responsabilidade pela análise crítica e emissão dos documentos será do
Controlador de Documentos, sendo as aprovações conforme quadro a seguir:
RESPONSÁVEL
TIPO DE DOCUMENTO
ELABORAÇÃO EMISSÃO APROVAÇÃO
Manual do Sistema de Gestão (MG) Div. de Operações Control. de. Doc. Div de Operações
Manual do Sistema de Informação (MS) Div. de Operações Control. de. Doc. Div de Operações
Manual de Treinamento (MT) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área
Procedimento Gerencial (PG) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área
Instrução de Trabalho (IT) Gerência da Área Control. de. Doc. Supervisor da Área
Padrão Técnico de Processo (PP) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área
Padrão Técnico de Manutenção (PM) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área
Plano de Qualidade (PQ) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área
Fluxograma (FX) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área
Especificação de Materiais (EM) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área
Especificação de Produto (EP) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área
Definição do Negócio (DN) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área
Característica do Produto (CP) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área
4.2.3 ARMAZENAMENTO DOS DOCUMENTOS
Todos os documentos do Sistema de Gestão serão armazenados
eletronicamente, estando disponíveis para consulta aos usuários da rede no
seguinte endereço: ftp://ftp.bcoutinho.com.br/.
4.2.4 TREINAMENTO
A implementação de todos os documentos em sua emissão inicial deve ser
executada e formalizada com treinamento. Nos casos de revisão, cabe aos
responsáveis pela elaboração e aprovação do documento avaliar a necessidade
ou não de treinamento, decidindo pela sua execução nas seguintes situações:
• Alterações que influenciem na essência do modo de executar as tarefas;
• Redefinição de responsabilidades;
• Mudanças conceituais (alterações significativas em alguma instrução);
• Mudanças na estrutura do documento.
4.2.5 IMPLEMENTAÇÃO
Cabe aos responsáveis pela elaboração e aprovação dos documentos
acompanharem a sua utilização e avaliar a sua aplicabilidade. Havendo
divergências entre o conteúdo destes documentos e o que efetivamente está
sendo executado, devem ser tomadas uma ou mais das ações corretivas:
PG.GEGR.GDG.002
Data Emissão: 12/03/07
Revisão: 01
Data Revisão: 22/08/07
PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG
Página 4 de 7
TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS
• Treinamento de reciclagem com os usuários do documento;
• Revisão do documento;
• Criação de infra-estrutura necessária para cumprimento do prescrito no
conteúdo do documento.
4.2.6 REVISÃO DE DOCUMENTOS
Quando um documento for revisado, este deve ser encaminhado ao facilitador da
respectiva gerência que preenchera o documento e a lista mestra, informando o
número e a data da revisão, e também o responsável e a data da aprovação,
encaminhando posteriormente ao Controlador de Documentos, conforme descrito
no item 4.2.1.
As revisões em documentos devem ser analisadas criticamente e aprovadas
pelas mesmas funções que o fizeram quando da última revisão, conforme
descrito no item 4.2.2. Devem ser asseguradas a estas funções informações
básicas pertinentes para subsidiar sua análise crítica e aprovação.
As alterações de cunhos gramaticais, ortográficos e de formatação não são
obrigatoriamente consideradas revisão.
4.2.7 CANCELAMENTO
O cancelamento de documentos, quando necessário, deve ser autorizado pelo
responsável pela aprovação da última revisão, que informará ao facilitador da
gerência desta necessidade. O facilitador da gerência preenche o formulário de
Registro de Solicitação de Cancelamento de Documento (anexo 8.2) e envia via
e-mail ao responsável pelo controle dos documentos.
Os documentos cancelados são removidos de todos os pontos de emissão e uso,
guardando-se para garantia de histórico, 03 cópias físicas identificadas como
“Documento Obsoleto” no arquivo do centro de documentação.
A notificação de cancelamento às funções envolvidas deverá ser formalizada pelo
responsável pela aprovação do documento, através do registro denominado
“Protocolo – Notificação de Cancelamento de Documentos”, conforme anexo 8.1..
4.3 GUARDA DE DOCUMENTOS
4.3.1 DOCUMENTOS ORIGINAIS
É de responsabilidade do Controlador de Documentos a coordenação do centro
de documentação, onde ficam armazenados os documentos originais, podendo
ser arquivados.
A atualização dos documentos externos controlados deve ser realizada
anualmente conforme descrito abaixo:
• Consultar junto aos Órgãos emissores a lista dos documentos externos
controlados, solicitando atualização dos dados quanto ao status da revisão;
• Com base na relação atualizada, adquirir os documentos que sofreram
revisão;
• Os documentos externos obsoletos que foram disponibilizados devem ser
destruídos, podendo ser armazenado 1(uma) via das 3 últimas emissões,
quando existir algum requisito legal, para preservar decisões anteriores;
• Todos os outros documentos, elaborados com base nos documentos externos
controlados ou que fazem referências a estes, também devem ser analisados
e atualizados, se necessário.
Os documentos externos controlados ficam armazenados em pastas suspensas,
junto aos demais documentos internos. Não é permitido tirar cópias de
documentos externos sem prévia autorização do Controlador de Documentos.
4.3.2 VALIDADE DOS DOCUMENTOS
PG.GEGR.GDG.002
Data Emissão: 12/03/07
Revisão: 01
Data Revisão: 22/08/07
PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG
Página 5 de 7
TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS
A atualização dos documentos do sistema de gestão deve ser realizada no
mínimo semestralmente.
O controle do tempo de validade dos documentos será exercido pelo Controlador
de Documentos, que informará ao responsável pelo documento sobre o
vencimento do mesmo, providenciando revisão ou simplesmente solicitando sua
re-validação ou o seu cancelamento.
5. RESPONSABILIDADE
A responsabilidade pela gestão dos documentos é do Controlador de Documentos.
A responsabilidade pela preservação física dos documentos em uso, é de todas as áreas
usuárias, onde deve ser assegurada a inexistência de rasuras, alterações manuscritas e
condições diversas que impeçam sua legibilidade.
6. REFERÊNCIAS
PG - Estrutura para Elaboração de Documentos
7. REGISTROS DO SISTEMA DE GESTÃO APLICÁVEIS
RG - Protocolo de Notificação de Cancelamento de Documentos
RG – Registro de Solicitação de Cancelamento de Documentos
8. ANEXOS
8.1 Modelo do Protocolo de Notificação de Cancelamento de Documentos
8.2 Modelo de Registro de Solicitação de Cancelamento de Documentos.
PG.GEGR.GDG.002
Data Emissão: 12/03/07
Revisão: 01
Data Revisão: 22/08/07
PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG
Página 6 de 7
TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS
8.1 Modelo do Protocolo de Notificação de Cancelamento de Documentos
PROTOCOLO – NOTIFICAÇÃO DE
CANCELAMENTO DE DOCUMENTOS
R.G.
TÍTULO: CÓDIGO:
RECEBIMENTO
ORD RESPONSÁVEL ÁREA FUNCIONAL
DATA ASSINATURA
PG.GEGR.GDG.002
Data Emissão: 12/03/07
Revisão: 01
Data Revisão: 22/08/07
PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG
Página 7 de 7
TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS
8.2. Modelo de Solicitação de Cancelamento de Documentos
SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO DE DOCUMENTOS R.G.
DOCUMENTO A SER CANCELADO SOLICITANTE
CÓDIGO TÍTULO NOME CARGO DATA
Elaborado por:
Marcos Tessari
Aprovado por:
Marcos Abreu
Data aprov.
22/08/07

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Instrução de Trabalho MODELO
Instrução de Trabalho MODELOInstrução de Trabalho MODELO
Instrução de Trabalho MODELORogério Souza
 
Cronograma de atividades da gestão da qualidade
Cronograma de atividades da gestão da qualidadeCronograma de atividades da gestão da qualidade
Cronograma de atividades da gestão da qualidadeYthia Karla
 
Check list almoxarifado
Check list almoxarifadoCheck list almoxarifado
Check list almoxarifadoFábio Gomes
 
Pop rg 000_elaboracao_de_pop
Pop rg 000_elaboracao_de_popPop rg 000_elaboracao_de_pop
Pop rg 000_elaboracao_de_popAndreia Oliveira
 
Check list para auditoria interna
Check list para auditoria internaCheck list para auditoria interna
Check list para auditoria internaMiguel
 
exemplo Avaliacao eficacia treinamento
exemplo Avaliacao eficacia treinamentoexemplo Avaliacao eficacia treinamento
exemplo Avaliacao eficacia treinamentoitapissuma
 
Check list 5 s
Check list 5 sCheck list 5 s
Check list 5 sJedson G
 
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00Erick Luiz Coutinho dos Santos
 
Check list de preparação para a auditoria interna (3)
Check list de preparação para a auditoria interna (3)Check list de preparação para a auditoria interna (3)
Check list de preparação para a auditoria interna (3)Amanda Fraga
 
Lista de verificação de canteiro de obras
Lista de verificação de canteiro de obrasLista de verificação de canteiro de obras
Lista de verificação de canteiro de obrasAne Costa
 
CHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdf
CHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdfCHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdf
CHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdftjoana
 
Pop+ +procedimento+operacional+padrao
Pop+ +procedimento+operacional+padraoPop+ +procedimento+operacional+padrao
Pop+ +procedimento+operacional+padraoGlaucione Garcia
 
7 c - check list ppra (nr 9) - seguranca do trabalho
7   c - check list ppra (nr 9) - seguranca do trabalho7   c - check list ppra (nr 9) - seguranca do trabalho
7 c - check list ppra (nr 9) - seguranca do trabalhoZacarias Junior
 
Check list 5 s
Check list 5 sCheck list 5 s
Check list 5 sodmg
 
Pop aquisição e qualificação de fornecedores
Pop   aquisição e qualificação de fornecedoresPop   aquisição e qualificação de fornecedores
Pop aquisição e qualificação de fornecedoresJuciê Vasconcelos
 

Mais procurados (20)

Instrução de Trabalho MODELO
Instrução de Trabalho MODELOInstrução de Trabalho MODELO
Instrução de Trabalho MODELO
 
Cronograma de atividades da gestão da qualidade
Cronograma de atividades da gestão da qualidadeCronograma de atividades da gestão da qualidade
Cronograma de atividades da gestão da qualidade
 
Check list almoxarifado
Check list almoxarifadoCheck list almoxarifado
Check list almoxarifado
 
Pop rg 000_elaboracao_de_pop
Pop rg 000_elaboracao_de_popPop rg 000_elaboracao_de_pop
Pop rg 000_elaboracao_de_pop
 
Check list para auditoria interna
Check list para auditoria internaCheck list para auditoria interna
Check list para auditoria interna
 
exemplo Avaliacao eficacia treinamento
exemplo Avaliacao eficacia treinamentoexemplo Avaliacao eficacia treinamento
exemplo Avaliacao eficacia treinamento
 
Check list 5 s
Check list 5 sCheck list 5 s
Check list 5 s
 
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
Procedimento operacional manutenção mecânica_rev.00
 
ISO 9001
ISO 9001ISO 9001
ISO 9001
 
Check list de preparação para a auditoria interna (3)
Check list de preparação para a auditoria interna (3)Check list de preparação para a auditoria interna (3)
Check list de preparação para a auditoria interna (3)
 
Lista de verificação de canteiro de obras
Lista de verificação de canteiro de obrasLista de verificação de canteiro de obras
Lista de verificação de canteiro de obras
 
CHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdf
CHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdfCHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdf
CHECK LIST DE AUDITORIA ISO 9001_2015.pdf
 
Pr 2-auditoria-interna-rev2
Pr 2-auditoria-interna-rev2Pr 2-auditoria-interna-rev2
Pr 2-auditoria-interna-rev2
 
PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO – POP
PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO – POPPROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO – POP
PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO – POP
 
Pop+ +procedimento+operacional+padrao
Pop+ +procedimento+operacional+padraoPop+ +procedimento+operacional+padrao
Pop+ +procedimento+operacional+padrao
 
7 c - check list ppra (nr 9) - seguranca do trabalho
7   c - check list ppra (nr 9) - seguranca do trabalho7   c - check list ppra (nr 9) - seguranca do trabalho
7 c - check list ppra (nr 9) - seguranca do trabalho
 
Gestão da Qualidade - Análise Crítica pela Direção
Gestão da Qualidade - Análise Crítica pela DireçãoGestão da Qualidade - Análise Crítica pela Direção
Gestão da Qualidade - Análise Crítica pela Direção
 
Exemplo de relatório de auditoria interna
Exemplo de relatório de auditoria internaExemplo de relatório de auditoria interna
Exemplo de relatório de auditoria interna
 
Check list 5 s
Check list 5 sCheck list 5 s
Check list 5 s
 
Pop aquisição e qualificação de fornecedores
Pop   aquisição e qualificação de fornecedoresPop   aquisição e qualificação de fornecedores
Pop aquisição e qualificação de fornecedores
 

Destaque

Gestão de documentos: Classificação, Ordenação e Protocolo, Tipos de Arquivo:...
Gestão de documentos: Classificação, Ordenação e Protocolo, Tipos de Arquivo:...Gestão de documentos: Classificação, Ordenação e Protocolo, Tipos de Arquivo:...
Gestão de documentos: Classificação, Ordenação e Protocolo, Tipos de Arquivo:...Jader Windson
 
A importância da gestão de documentos nas empresas.
A importância da gestão de documentos nas empresas.A importância da gestão de documentos nas empresas.
A importância da gestão de documentos nas empresas.Fleides Teodoro de Lima
 
Apostila tecnologia industrial
Apostila tecnologia industrialApostila tecnologia industrial
Apostila tecnologia industrialMarcelo Ricardo
 
Pop para distribuidora de medicamentos rd
Pop para distribuidora de medicamentos rdPop para distribuidora de medicamentos rd
Pop para distribuidora de medicamentos rdDaniela Batista
 
Apostila de recebimento_e_expedição
Apostila de recebimento_e_expediçãoApostila de recebimento_e_expedição
Apostila de recebimento_e_expediçãoClaudio Santos
 
Documentos projeto integrador
Documentos projeto integradorDocumentos projeto integrador
Documentos projeto integradorMatheus Yuri
 
Relatório TUV NANO
Relatório TUV NANORelatório TUV NANO
Relatório TUV NANOMarcos Abreu
 
Circuito da correspondência modulo 14 - Sonia e Tamara
Circuito da correspondência modulo 14 - Sonia e TamaraCircuito da correspondência modulo 14 - Sonia e Tamara
Circuito da correspondência modulo 14 - Sonia e Tamara11CPTS
 
Taxonomia: elemento fundamental para a gestao do conhecimento
Taxonomia: elemento fundamental para a gestao do conhecimentoTaxonomia: elemento fundamental para a gestao do conhecimento
Taxonomia: elemento fundamental para a gestao do conhecimentoJose Claudio Terra
 
Apresentao ibraf embrapa
Apresentao ibraf embrapaApresentao ibraf embrapa
Apresentao ibraf embrapapalamaz
 
Controle de Registros MODELO
Controle de Registros MODELOControle de Registros MODELO
Controle de Registros MODELORogério Souza
 

Destaque (20)

Controle de Documentos e Registros
Controle de Documentos e RegistrosControle de Documentos e Registros
Controle de Documentos e Registros
 
Gestão de Documentos - Metodologia Documentar
Gestão de Documentos - Metodologia DocumentarGestão de Documentos - Metodologia Documentar
Gestão de Documentos - Metodologia Documentar
 
Tecnicas de arquivamento
Tecnicas de arquivamentoTecnicas de arquivamento
Tecnicas de arquivamento
 
Gestão de documentos: Classificação, Ordenação e Protocolo, Tipos de Arquivo:...
Gestão de documentos: Classificação, Ordenação e Protocolo, Tipos de Arquivo:...Gestão de documentos: Classificação, Ordenação e Protocolo, Tipos de Arquivo:...
Gestão de documentos: Classificação, Ordenação e Protocolo, Tipos de Arquivo:...
 
Como fazer POP - PORTAL DA QUALIDADE
Como fazer POP - PORTAL DA QUALIDADEComo fazer POP - PORTAL DA QUALIDADE
Como fazer POP - PORTAL DA QUALIDADE
 
Taxonomia Documentos
Taxonomia DocumentosTaxonomia Documentos
Taxonomia Documentos
 
A importância da gestão de documentos nas empresas.
A importância da gestão de documentos nas empresas.A importância da gestão de documentos nas empresas.
A importância da gestão de documentos nas empresas.
 
Apostila tecnologia industrial
Apostila tecnologia industrialApostila tecnologia industrial
Apostila tecnologia industrial
 
Pop para distribuidora de medicamentos rd
Pop para distribuidora de medicamentos rdPop para distribuidora de medicamentos rd
Pop para distribuidora de medicamentos rd
 
Apostila de recebimento_e_expedição
Apostila de recebimento_e_expediçãoApostila de recebimento_e_expedição
Apostila de recebimento_e_expedição
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Mapeamento de Processos
 
Taxonomia documental
Taxonomia documentalTaxonomia documental
Taxonomia documental
 
Documentos projeto integrador
Documentos projeto integradorDocumentos projeto integrador
Documentos projeto integrador
 
Relatório TUV NANO
Relatório TUV NANORelatório TUV NANO
Relatório TUV NANO
 
Circuito da correspondência modulo 14 - Sonia e Tamara
Circuito da correspondência modulo 14 - Sonia e TamaraCircuito da correspondência modulo 14 - Sonia e Tamara
Circuito da correspondência modulo 14 - Sonia e Tamara
 
Aula -2 Sistema de Documentação
Aula -2 Sistema de DocumentaçãoAula -2 Sistema de Documentação
Aula -2 Sistema de Documentação
 
Taxonomia: elemento fundamental para a gestao do conhecimento
Taxonomia: elemento fundamental para a gestao do conhecimentoTaxonomia: elemento fundamental para a gestao do conhecimento
Taxonomia: elemento fundamental para a gestao do conhecimento
 
Apresentao ibraf embrapa
Apresentao ibraf embrapaApresentao ibraf embrapa
Apresentao ibraf embrapa
 
6426003 fluxogramas
6426003 fluxogramas6426003 fluxogramas
6426003 fluxogramas
 
Controle de Registros MODELO
Controle de Registros MODELOControle de Registros MODELO
Controle de Registros MODELO
 

Semelhante a Procedimento de Controle de Documentos

gerenciamento de projetos, pmbok, cap5 escopo
gerenciamento de projetos, pmbok,  cap5 escopogerenciamento de projetos, pmbok,  cap5 escopo
gerenciamento de projetos, pmbok, cap5 escopoFernando Palma
 
Autoridade de trabalho - guia de documentação
Autoridade de trabalho -  guia de documentaçãoAutoridade de trabalho -  guia de documentação
Autoridade de trabalho - guia de documentaçãoA. Rui Teixeira Santos
 
Pq 01 - contr. de doc. e dados - r.000 20.07.14
Pq 01 - contr. de doc. e dados - r.000 20.07.14Pq 01 - contr. de doc. e dados - r.000 20.07.14
Pq 01 - contr. de doc. e dados - r.000 20.07.14Construtora João de Barro
 
Modelo plano de_testes
Modelo plano de_testesModelo plano de_testes
Modelo plano de_testesIsaias Silva
 
Gestão de Resíduos FGV
Gestão de Resíduos FGVGestão de Resíduos FGV
Gestão de Resíduos FGVMarco Coghi
 
Gestão de projetos gerenciamento do escopo- aula 4
Gestão de projetos gerenciamento do escopo- aula 4Gestão de projetos gerenciamento do escopo- aula 4
Gestão de projetos gerenciamento do escopo- aula 4Luiz Claudio Godoi
 
Ecad - Coordenação de auditoria interna
Ecad - Coordenação de auditoria internaEcad - Coordenação de auditoria interna
Ecad - Coordenação de auditoria internaAlerj
 
01. descrição de processo
01. descrição de processo01. descrição de processo
01. descrição de processoJonathan
 
01. descricao de processo
01. descricao de processo01. descricao de processo
01. descricao de processowannynessa
 
01. descrição de processo
01. descrição de processo01. descrição de processo
01. descrição de processoJonathan
 
procedimento-de-data-book
procedimento-de-data-bookprocedimento-de-data-book
procedimento-de-data-bookTony Fernandes
 

Semelhante a Procedimento de Controle de Documentos (20)

Declaracao de escopo de um projecto
Declaracao de escopo de um projectoDeclaracao de escopo de um projecto
Declaracao de escopo de um projecto
 
gerenciamento de projetos, pmbok, cap5 escopo
gerenciamento de projetos, pmbok,  cap5 escopogerenciamento de projetos, pmbok,  cap5 escopo
gerenciamento de projetos, pmbok, cap5 escopo
 
Autoridade de trabalho - guia de documentação
Autoridade de trabalho -  guia de documentaçãoAutoridade de trabalho -  guia de documentação
Autoridade de trabalho - guia de documentação
 
NFCe
NFCeNFCe
NFCe
 
Auditoria de Processo
Auditoria de ProcessoAuditoria de Processo
Auditoria de Processo
 
Gestão de Configuração (CM)
Gestão de Configuração (CM)Gestão de Configuração (CM)
Gestão de Configuração (CM)
 
CMMI 4
CMMI 4CMMI 4
CMMI 4
 
Pq 01 - contr. de doc. e dados - r.000 20.07.14
Pq 01 - contr. de doc. e dados - r.000 20.07.14Pq 01 - contr. de doc. e dados - r.000 20.07.14
Pq 01 - contr. de doc. e dados - r.000 20.07.14
 
Modelo plano de_testes
Modelo plano de_testesModelo plano de_testes
Modelo plano de_testes
 
Edital MDA 2014
Edital MDA 2014Edital MDA 2014
Edital MDA 2014
 
Guias da Qualidade ANVISA
Guias da Qualidade ANVISAGuias da Qualidade ANVISA
Guias da Qualidade ANVISA
 
Gestão de Resíduos FGV
Gestão de Resíduos FGVGestão de Resíduos FGV
Gestão de Resíduos FGV
 
Gestão de projetos gerenciamento do escopo- aula 4
Gestão de projetos gerenciamento do escopo- aula 4Gestão de projetos gerenciamento do escopo- aula 4
Gestão de projetos gerenciamento do escopo- aula 4
 
Ecad - Coordenação de auditoria interna
Ecad - Coordenação de auditoria internaEcad - Coordenação de auditoria interna
Ecad - Coordenação de auditoria interna
 
01. descrição de processo
01. descrição de processo01. descrição de processo
01. descrição de processo
 
01. descricao de processo
01. descricao de processo01. descricao de processo
01. descricao de processo
 
01. descrição de processo
01. descrição de processo01. descrição de processo
01. descrição de processo
 
Troca de CRM
Troca de CRMTroca de CRM
Troca de CRM
 
Troca de CRM
Troca de CRMTroca de CRM
Troca de CRM
 
procedimento-de-data-book
procedimento-de-data-bookprocedimento-de-data-book
procedimento-de-data-book
 

Mais de Marcos Abreu

Apresentacao nano.docx 2
Apresentacao nano.docx 2Apresentacao nano.docx 2
Apresentacao nano.docx 2Marcos Abreu
 
Perguntas e Respostas - nine® Protection Motor Renew
Perguntas e Respostas - nine® Protection Motor RenewPerguntas e Respostas - nine® Protection Motor Renew
Perguntas e Respostas - nine® Protection Motor RenewMarcos Abreu
 
Prova Cientifica e Cases - nine® Protection Motor Renew
Prova Cientifica e Cases - nine® Protection Motor RenewProva Cientifica e Cases - nine® Protection Motor Renew
Prova Cientifica e Cases - nine® Protection Motor RenewMarcos Abreu
 
O que é - nine® protection motor renew .ppt
O que é - nine® protection motor renew .pptO que é - nine® protection motor renew .ppt
O que é - nine® protection motor renew .pptMarcos Abreu
 
Ensaios Técnicos 1 - nine® Protection Motor Renew
Ensaios Técnicos 1 - nine® Protection Motor Renew Ensaios Técnicos 1 - nine® Protection Motor Renew
Ensaios Técnicos 1 - nine® Protection Motor Renew Marcos Abreu
 
COMPROVANDO A EFICACIA - nine® Protection Motor Renew
COMPROVANDO A  EFICACIA - nine® Protection Motor Renew COMPROVANDO A  EFICACIA - nine® Protection Motor Renew
COMPROVANDO A EFICACIA - nine® Protection Motor Renew Marcos Abreu
 
Método e Analise de Solução de Problemas
Método e Analise de Solução de Problemas Método e Analise de Solução de Problemas
Método e Analise de Solução de Problemas Marcos Abreu
 
Gestão pela Excelência em Resultados
Gestão pela Excelência em ResultadosGestão pela Excelência em Resultados
Gestão pela Excelência em ResultadosMarcos Abreu
 
GESTAO de Excelencia na LUBRIFICACAO
GESTAO de Excelencia na LUBRIFICACAOGESTAO de Excelencia na LUBRIFICACAO
GESTAO de Excelencia na LUBRIFICACAOMarcos Abreu
 
Gestão pela Excelência em Resultados
Gestão pela Excelência em Resultados Gestão pela Excelência em Resultados
Gestão pela Excelência em Resultados Marcos Abreu
 
GESTÃO de Excelência na LUBRIFICAÇÃO
GESTÃO de Excelência na  LUBRIFICAÇÃO                GESTÃO de Excelência na  LUBRIFICAÇÃO
GESTÃO de Excelência na LUBRIFICAÇÃO Marcos Abreu
 
Procedimento Tratamento de Anomalias
Procedimento Tratamento de AnomaliasProcedimento Tratamento de Anomalias
Procedimento Tratamento de AnomaliasMarcos Abreu
 
Consumo Diesel Transporte
Consumo Diesel Transporte Consumo Diesel Transporte
Consumo Diesel Transporte Marcos Abreu
 
Planta de Biodigestao da Palha da Cana
Planta de Biodigestao da Palha da CanaPlanta de Biodigestao da Palha da Cana
Planta de Biodigestao da Palha da CanaMarcos Abreu
 
Treinamento Operador de Separadora de Fermento
Treinamento Operador de Separadora de FermentoTreinamento Operador de Separadora de Fermento
Treinamento Operador de Separadora de FermentoMarcos Abreu
 
Treinamento Fermentador
Treinamento FermentadorTreinamento Fermentador
Treinamento FermentadorMarcos Abreu
 
RTC Medindo a Eficiencia da Industria
RTC  Medindo a Eficiencia da Industria RTC  Medindo a Eficiencia da Industria
RTC Medindo a Eficiencia da Industria Marcos Abreu
 
Cuidados Operacionais e Manutenção Sistema Moagem
Cuidados Operacionais e Manutenção  Sistema MoagemCuidados Operacionais e Manutenção  Sistema Moagem
Cuidados Operacionais e Manutenção Sistema MoagemMarcos Abreu
 
Procedimento Treinamento
Procedimento Treinamento Procedimento Treinamento
Procedimento Treinamento Marcos Abreu
 

Mais de Marcos Abreu (20)

Apresentacao nano.docx 2
Apresentacao nano.docx 2Apresentacao nano.docx 2
Apresentacao nano.docx 2
 
Perguntas e Respostas - nine® Protection Motor Renew
Perguntas e Respostas - nine® Protection Motor RenewPerguntas e Respostas - nine® Protection Motor Renew
Perguntas e Respostas - nine® Protection Motor Renew
 
Prova Cientifica e Cases - nine® Protection Motor Renew
Prova Cientifica e Cases - nine® Protection Motor RenewProva Cientifica e Cases - nine® Protection Motor Renew
Prova Cientifica e Cases - nine® Protection Motor Renew
 
O que é - nine® protection motor renew .ppt
O que é - nine® protection motor renew .pptO que é - nine® protection motor renew .ppt
O que é - nine® protection motor renew .ppt
 
Ensaios Técnicos 1 - nine® Protection Motor Renew
Ensaios Técnicos 1 - nine® Protection Motor Renew Ensaios Técnicos 1 - nine® Protection Motor Renew
Ensaios Técnicos 1 - nine® Protection Motor Renew
 
COMPROVANDO A EFICACIA - nine® Protection Motor Renew
COMPROVANDO A  EFICACIA - nine® Protection Motor Renew COMPROVANDO A  EFICACIA - nine® Protection Motor Renew
COMPROVANDO A EFICACIA - nine® Protection Motor Renew
 
Método e Analise de Solução de Problemas
Método e Analise de Solução de Problemas Método e Analise de Solução de Problemas
Método e Analise de Solução de Problemas
 
Gestão pela Excelência em Resultados
Gestão pela Excelência em ResultadosGestão pela Excelência em Resultados
Gestão pela Excelência em Resultados
 
GESTAO de Excelencia na LUBRIFICACAO
GESTAO de Excelencia na LUBRIFICACAOGESTAO de Excelencia na LUBRIFICACAO
GESTAO de Excelencia na LUBRIFICACAO
 
Gestão pela Excelência em Resultados
Gestão pela Excelência em Resultados Gestão pela Excelência em Resultados
Gestão pela Excelência em Resultados
 
A águia
A águia A águia
A águia
 
GESTÃO de Excelência na LUBRIFICAÇÃO
GESTÃO de Excelência na  LUBRIFICAÇÃO                GESTÃO de Excelência na  LUBRIFICAÇÃO
GESTÃO de Excelência na LUBRIFICAÇÃO
 
Procedimento Tratamento de Anomalias
Procedimento Tratamento de AnomaliasProcedimento Tratamento de Anomalias
Procedimento Tratamento de Anomalias
 
Consumo Diesel Transporte
Consumo Diesel Transporte Consumo Diesel Transporte
Consumo Diesel Transporte
 
Planta de Biodigestao da Palha da Cana
Planta de Biodigestao da Palha da CanaPlanta de Biodigestao da Palha da Cana
Planta de Biodigestao da Palha da Cana
 
Treinamento Operador de Separadora de Fermento
Treinamento Operador de Separadora de FermentoTreinamento Operador de Separadora de Fermento
Treinamento Operador de Separadora de Fermento
 
Treinamento Fermentador
Treinamento FermentadorTreinamento Fermentador
Treinamento Fermentador
 
RTC Medindo a Eficiencia da Industria
RTC  Medindo a Eficiencia da Industria RTC  Medindo a Eficiencia da Industria
RTC Medindo a Eficiencia da Industria
 
Cuidados Operacionais e Manutenção Sistema Moagem
Cuidados Operacionais e Manutenção  Sistema MoagemCuidados Operacionais e Manutenção  Sistema Moagem
Cuidados Operacionais e Manutenção Sistema Moagem
 
Procedimento Treinamento
Procedimento Treinamento Procedimento Treinamento
Procedimento Treinamento
 

Procedimento de Controle de Documentos

  • 1. PG.GEGR.GDG.002 Data Emissão: 12/03/07 Revisão: 01 Data Revisão: 22/08/07 PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG Página 1 de 7 TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS 1. OBJETIVO Estabelecer políticas e critérios para o controle de documentos, sua elaboração, emissão, aprovação, implementação, revisão, cancelamento e guarda. 2. CAMPO DE APLICAÇÃO Este procedimento gerencial se aplica as empresas Energética Santa Helena Ltda., Usina Eldorado Ltda. e seus parceiros, Agrícola Carandá Ltda. e Colorado Agropecuária Ltda. 3. DEFINIÇÕES Controle de Documentos: Atividade que determina a forma como elaborar, emitir, aprovar, distribuir, implementar, revisar, cancelar e guardar os documentos. Cópia Controlada: Documento cuja emissão e distribuição são controladas. É emitida para o centro de documentação e detentores relacionados na lista-mestra. Cópia Não Controlada: Documentos usados para fins de treinamento e uso de auditores. Não tem distribuição controlada. Documento: Qualquer meio de armazenar ou transmitir informações possibilitando a recuperação e uso das mesmas. Documento Obsoleto: Documento que entrou em desuso (revisão não válida). Documento Original: Documento que serve de origem para reprodução de cópias. Documento Válido: Documento em uso cuja revisão corresponde a atual. Documentos Externos: São normas regulamentadoras, portarias, leis e contratos aplicados. 4. DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES 4.1 FLUXOGRAMA DO CONTROLE DE DOCUMENTOS
  • 2. PG.GEGR.GDG.002 Data Emissão: 12/03/07 Revisão: 01 Data Revisão: 22/08/07 PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG Página 2 de 7 TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS Elaborador do Documento Facilitador da Gerência Gestor dos Documentos Analista Gestão Elaborar ou revisar documento Inicio Consensar com setores envolvidos Aprovado? N Analisar Padronização OK? N Solicitar aprovação do responsável S Fazer análise geral OK? Disponibilizar sistema informatizado S Providenciar adequações junto ao facilitador N Atualizar arquivos obsoletos Enviar mensagem de documento novo/revisado Codificar S Arquivar documento no temporário da unidade Usuário Consultar Documentos Fim 1 1 Atualizar lista mestra Enviar lista Mestra ao Gestor de Documentos (e-mail). FX.GEGR.CDO.001 Emissão: 12/03/07 Revisão: 00 Data Revisão: Página: 1 de 1 FLUXOGRAMA TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS Elaborado por: Marcos Tessari Aprovado por: Marcos Abreu Data aprov. 12/03/07
  • 3. PG.GEGR.GDG.002 Data Emissão: 12/03/07 Revisão: 01 Data Revisão: 22/08/07 PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG Página 3 de 7 TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS 4.2 CONTROLE DE DOCUMENTOS 4.2.1 ELABORAÇÃO Cabe á área usuária do documento, a sua elaboração. Após a elaboração, e aprovação o documento deverá ser encaminhado ao Facilitador de sua gerência. O Facilitador analisa a padronização dos documentos elaborados, estando de acordo, codifica e registra na Lista Mestra. Os documentos deverão ser arquivos em pasta específica a este fim na Unidade F de cada unidade e a Lista Mestra encaminhada via e-mail ao Controlador de Documentos. 4.2.2 EMISSÃO/APROVAÇÃO Antes da sua emissão, os documentos devem ser analisados criticamente quanto a sua efetiva aplicabilidade. A data de vigência dos documentos corresponde à data de aprovação dos mesmos. A responsabilidade pela análise crítica e emissão dos documentos será do Controlador de Documentos, sendo as aprovações conforme quadro a seguir: RESPONSÁVEL TIPO DE DOCUMENTO ELABORAÇÃO EMISSÃO APROVAÇÃO Manual do Sistema de Gestão (MG) Div. de Operações Control. de. Doc. Div de Operações Manual do Sistema de Informação (MS) Div. de Operações Control. de. Doc. Div de Operações Manual de Treinamento (MT) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área Procedimento Gerencial (PG) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área Instrução de Trabalho (IT) Gerência da Área Control. de. Doc. Supervisor da Área Padrão Técnico de Processo (PP) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área Padrão Técnico de Manutenção (PM) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área Plano de Qualidade (PQ) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área Fluxograma (FX) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área Especificação de Materiais (EM) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área Especificação de Produto (EP) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área Definição do Negócio (DN) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área Característica do Produto (CP) Gerência da Área Control. de. Doc. Gerente da Área 4.2.3 ARMAZENAMENTO DOS DOCUMENTOS Todos os documentos do Sistema de Gestão serão armazenados eletronicamente, estando disponíveis para consulta aos usuários da rede no seguinte endereço: ftp://ftp.bcoutinho.com.br/. 4.2.4 TREINAMENTO A implementação de todos os documentos em sua emissão inicial deve ser executada e formalizada com treinamento. Nos casos de revisão, cabe aos responsáveis pela elaboração e aprovação do documento avaliar a necessidade ou não de treinamento, decidindo pela sua execução nas seguintes situações: • Alterações que influenciem na essência do modo de executar as tarefas; • Redefinição de responsabilidades; • Mudanças conceituais (alterações significativas em alguma instrução); • Mudanças na estrutura do documento. 4.2.5 IMPLEMENTAÇÃO Cabe aos responsáveis pela elaboração e aprovação dos documentos acompanharem a sua utilização e avaliar a sua aplicabilidade. Havendo divergências entre o conteúdo destes documentos e o que efetivamente está sendo executado, devem ser tomadas uma ou mais das ações corretivas:
  • 4. PG.GEGR.GDG.002 Data Emissão: 12/03/07 Revisão: 01 Data Revisão: 22/08/07 PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG Página 4 de 7 TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS • Treinamento de reciclagem com os usuários do documento; • Revisão do documento; • Criação de infra-estrutura necessária para cumprimento do prescrito no conteúdo do documento. 4.2.6 REVISÃO DE DOCUMENTOS Quando um documento for revisado, este deve ser encaminhado ao facilitador da respectiva gerência que preenchera o documento e a lista mestra, informando o número e a data da revisão, e também o responsável e a data da aprovação, encaminhando posteriormente ao Controlador de Documentos, conforme descrito no item 4.2.1. As revisões em documentos devem ser analisadas criticamente e aprovadas pelas mesmas funções que o fizeram quando da última revisão, conforme descrito no item 4.2.2. Devem ser asseguradas a estas funções informações básicas pertinentes para subsidiar sua análise crítica e aprovação. As alterações de cunhos gramaticais, ortográficos e de formatação não são obrigatoriamente consideradas revisão. 4.2.7 CANCELAMENTO O cancelamento de documentos, quando necessário, deve ser autorizado pelo responsável pela aprovação da última revisão, que informará ao facilitador da gerência desta necessidade. O facilitador da gerência preenche o formulário de Registro de Solicitação de Cancelamento de Documento (anexo 8.2) e envia via e-mail ao responsável pelo controle dos documentos. Os documentos cancelados são removidos de todos os pontos de emissão e uso, guardando-se para garantia de histórico, 03 cópias físicas identificadas como “Documento Obsoleto” no arquivo do centro de documentação. A notificação de cancelamento às funções envolvidas deverá ser formalizada pelo responsável pela aprovação do documento, através do registro denominado “Protocolo – Notificação de Cancelamento de Documentos”, conforme anexo 8.1.. 4.3 GUARDA DE DOCUMENTOS 4.3.1 DOCUMENTOS ORIGINAIS É de responsabilidade do Controlador de Documentos a coordenação do centro de documentação, onde ficam armazenados os documentos originais, podendo ser arquivados. A atualização dos documentos externos controlados deve ser realizada anualmente conforme descrito abaixo: • Consultar junto aos Órgãos emissores a lista dos documentos externos controlados, solicitando atualização dos dados quanto ao status da revisão; • Com base na relação atualizada, adquirir os documentos que sofreram revisão; • Os documentos externos obsoletos que foram disponibilizados devem ser destruídos, podendo ser armazenado 1(uma) via das 3 últimas emissões, quando existir algum requisito legal, para preservar decisões anteriores; • Todos os outros documentos, elaborados com base nos documentos externos controlados ou que fazem referências a estes, também devem ser analisados e atualizados, se necessário. Os documentos externos controlados ficam armazenados em pastas suspensas, junto aos demais documentos internos. Não é permitido tirar cópias de documentos externos sem prévia autorização do Controlador de Documentos. 4.3.2 VALIDADE DOS DOCUMENTOS
  • 5. PG.GEGR.GDG.002 Data Emissão: 12/03/07 Revisão: 01 Data Revisão: 22/08/07 PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG Página 5 de 7 TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS A atualização dos documentos do sistema de gestão deve ser realizada no mínimo semestralmente. O controle do tempo de validade dos documentos será exercido pelo Controlador de Documentos, que informará ao responsável pelo documento sobre o vencimento do mesmo, providenciando revisão ou simplesmente solicitando sua re-validação ou o seu cancelamento. 5. RESPONSABILIDADE A responsabilidade pela gestão dos documentos é do Controlador de Documentos. A responsabilidade pela preservação física dos documentos em uso, é de todas as áreas usuárias, onde deve ser assegurada a inexistência de rasuras, alterações manuscritas e condições diversas que impeçam sua legibilidade. 6. REFERÊNCIAS PG - Estrutura para Elaboração de Documentos 7. REGISTROS DO SISTEMA DE GESTÃO APLICÁVEIS RG - Protocolo de Notificação de Cancelamento de Documentos RG – Registro de Solicitação de Cancelamento de Documentos 8. ANEXOS 8.1 Modelo do Protocolo de Notificação de Cancelamento de Documentos 8.2 Modelo de Registro de Solicitação de Cancelamento de Documentos.
  • 6. PG.GEGR.GDG.002 Data Emissão: 12/03/07 Revisão: 01 Data Revisão: 22/08/07 PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG Página 6 de 7 TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS 8.1 Modelo do Protocolo de Notificação de Cancelamento de Documentos PROTOCOLO – NOTIFICAÇÃO DE CANCELAMENTO DE DOCUMENTOS R.G. TÍTULO: CÓDIGO: RECEBIMENTO ORD RESPONSÁVEL ÁREA FUNCIONAL DATA ASSINATURA
  • 7. PG.GEGR.GDG.002 Data Emissão: 12/03/07 Revisão: 01 Data Revisão: 22/08/07 PROCEDIMENTO GERENCIAL – PG Página 7 de 7 TÍTULO: CONTROLE DE DOCUMENTOS E DADOS 8.2. Modelo de Solicitação de Cancelamento de Documentos SOLICITAÇÃO DE CANCELAMENTO DE DOCUMENTOS R.G. DOCUMENTO A SER CANCELADO SOLICITANTE CÓDIGO TÍTULO NOME CARGO DATA Elaborado por: Marcos Tessari Aprovado por: Marcos Abreu Data aprov. 22/08/07