SlideShare uma empresa Scribd logo
U. 8 – Prevenção e controlo da Infeção:
Esterilização
Formador: Enfermeiro Adelino Martins

Trabalho elaborado Por:
Andreia Cardoso, Vera Carrilho, Cláudia Casimiro
e Mª Isabel Braz
Conceito de esterilização
Esterilização
é
a
total
eliminação
de
bactérias, vírus e micróbios através de diversos
métodos, sendo os principais:

 Métodos físicos
 Métodos químicos
Métodos de Esterilização
Existem vários métodos de esterilização
Métodos físicos
 Flambagem (método da lamparina):
é a colocação de materiais sobre o fogo até que
o metal fique vermelho;

 Fervura:
após a água começar a ferver, deixar o material
ferver durante 15 min.
Métodos de Esterilização
Métodos físicos (cont.)
 Calor seco:
neste processo é utilizado a estufa, onde são
necessários 60 min. a 170º, ou 12h a120 º, para
uma boa esterilização;
 Calor húmido:
Autoclavagem- é a exposição do material a
vapor de água sobre pressão durante 15 min. a
121º ou 4 min. a 134º, os materiais devem ser
embalados de forma a permitirem o contacto
total com o vapor de água;
Métodos de Esterilização
Métodos físicos (cont.)
Ebulição - não é um verdadeiro método, pois
não elimina formas resistentes e a sua condição
mínima é de 100º durante 15 min.

Tindalização - o material é submetido a 3
sessões de exposição a vapor de água a 100º
durante 20-45 min, 45 min. e novamente 20-45
min. Com repouso de 24h entre elas.
Métodos de Esterilização
Métodos físicos(cont.)
 Raios gama/cobalto:
os raios gama transportam muita energia que
são mortais para os microrganismos;

 Filtração:
É especialmente utilizada para esterilização
de meios e soluções. Unidades de filtração
(acetato) que podem ser posteriormente
autoclavadas.
Métodos de esterilização
Métodos químicos
 Gás óxido de etileno:
é um produto tóxico usado para esterilizar materiais;

 Formaldeído:
é utilizado em processos fechados com autoclave
especial, é eficiente mas depende de humidade local
controlada;
Métodos de esterilização
Métodos químicos
 Ácido peracético:
é um liquido que esteriliza materiais por imersão;
 Plasma de Peróxido de hidrogênio:
sistema a gás que utiliza equipamentos
complexos, compostos de alto vácuo e gerador
elétrico de plasma, sendo este processo eficiente
e de baixa temperatura (35º - 40º).
Riscos a que estão sujeitos os trabalhadores da
esterilização
 Riscos biológicos
 Riscos físicos
 Riscos químicos
 Riscos da atividade/ psicossociais
Riscos biológicos
 Bactérias,
vírus,
fungos
e
outros
microrganismos
presentes
nos
dispositivos
médicos e outros equipamentos hospitalares
contaminados.
Riscos físicos:
 Ruído e condições térmicas, transporte de
cargas, quedas, picadas e cortes.
 Riscos mecânicos – relacionados com: falhas
mecânicas dos equipamentos.
Riscos elétricos
 Condições de luminosidade, perigo ao
manusear equipamentos elétricos.

 Riscos associados aos autoclaves.
Riscos químicos
 Manuseamento de detergentes e produtos
desinfetantes e poeiras.
 Agentes esterilizantes.
Riscos da atividade/ psicossociais
 Estar muito tempo de pé ou na mesma posição a
executar tarefas muito repetitivas;
 Ansiedade, solidão, monotonia;
 Trabalho por turnos que privam de manter uma
vida social/ familiar.
Equipamentos de proteção individual que
devem usar os trabalhadores da esterilização
 Toucas;
 Sapatos, socas ou botas antiderrapantes e
impermeáveis;
 Luvas antiderrapante (latex/borracha);
 Óculos;
 Mascaras com filtro químico;
 Avental impermeável;
 Auriculares adequados;
Macacão impermeável.
Organização e funcionamento de um centro
de esterilização
Bibliografia
Este trabalho foi realizado com base na
informação e no material de apoio facilitado
pelo nosso formador, o Sr. Enfermeiro Adelino
Martins.

As imagens foram retiradas do motor de
pesquisa do Google e o documento audiovisual
foi adaptado a partir do seguinte link:
https://www.youtube.com/watch?v=5RAaHTia
G0A

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Processo de esterilização
Processo de esterilizaçãoProcesso de esterilização
Processo de esterilização
Amanda Amate
 
Aula de Artigos críticos, semi críticos e não críticos
Aula de Artigos críticos, semi críticos e não críticosAula de Artigos críticos, semi críticos e não críticos
Aula de Artigos críticos, semi críticos e não críticos
SMS - Petrópolis
 
Aula Central de material Esterilizado
Aula Central de material EsterilizadoAula Central de material Esterilizado
Aula Central de material Esterilizado
Conceição Quirino
 
Processamento de Roupas de Serviços de Saúde: Prevenção e Controle de Riscos
Processamento de Roupas de Serviços de Saúde: Prevenção e Controle de RiscosProcessamento de Roupas de Serviços de Saúde: Prevenção e Controle de Riscos
Processamento de Roupas de Serviços de Saúde: Prevenção e Controle de Riscos
Robson Peixoto
 
Resíduos hospitalares
Resíduos hospitalaresResíduos hospitalares
Resíduos hospitalares
william vilhena
 
Folheto - Gestão de resíduos hospitalares
Folheto - Gestão de resíduos hospitalares  Folheto - Gestão de resíduos hospitalares
Folheto - Gestão de resíduos hospitalares
Pedro Alves
 
Manual de procedimentos de higienização e limpeza em controlo da infecção
Manual de procedimentos de higienização e limpeza em controlo da infecçãoManual de procedimentos de higienização e limpeza em controlo da infecção
Manual de procedimentos de higienização e limpeza em controlo da infecção
Paulo Vaz
 
UFCD -6465 -Prevenção e Controlo de infeção Esterilização
UFCD -6465 -Prevenção e Controlo de infeção Esterilização UFCD -6465 -Prevenção e Controlo de infeção Esterilização
UFCD -6465 -Prevenção e Controlo de infeção Esterilização
Nome Sobrenome
 
Desinfecção química automatizada e manual - No Caminho da Enfermagem - Lucas ...
Desinfecção química automatizada e manual - No Caminho da Enfermagem - Lucas ...Desinfecção química automatizada e manual - No Caminho da Enfermagem - Lucas ...
Desinfecção química automatizada e manual - No Caminho da Enfermagem - Lucas ...
Lucas Fontes
 
Cadeia de infecção e controle de infecção
Cadeia de infecção e controle de infecção Cadeia de infecção e controle de infecção
Cadeia de infecção e controle de infecção
Mariana Remiro
 
UFCD 6580 - Cuidados na Saúde a populações mais vulneráveis - outras doenças ...
UFCD 6580 - Cuidados na Saúde a populações mais vulneráveis - outras doenças ...UFCD 6580 - Cuidados na Saúde a populações mais vulneráveis - outras doenças ...
UFCD 6580 - Cuidados na Saúde a populações mais vulneráveis - outras doenças ...
João Silva
 
Aula esterilizacao
Aula esterilizacaoAula esterilizacao
Aula esterilizacao
Mario Santos Aguiar
 
Gestão de resíduos hospitalares
Gestão de resíduos hospitalaresGestão de resíduos hospitalares
Gestão de resíduos hospitalares
ミゲル ソレッス
 
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Fonte Medicina Diagnóstica
 
Central de Material e esterelização
 Central de Material e esterelização Central de Material e esterelização
Central de Material e esterelização
Gilson Betta Sevilha
 
Lavandaria Hospitalar
Lavandaria HospitalarLavandaria Hospitalar
Lavandaria Hospitalar
Fábio Simões
 
UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...
UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...
UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...
Manualis
 
Nr 32 – segurança e saúde no trabalho
Nr 32 – segurança e saúde no trabalhoNr 32 – segurança e saúde no trabalho
Nr 32 – segurança e saúde no trabalho
Maria Auxiliadora Nascimento Ferreira
 
Aula biossegurança
Aula biossegurançaAula biossegurança
Aula biossegurança
Renatbar
 
Biossegurança
BiossegurançaBiossegurança
Biossegurança
Sheilla Sandes
 

Mais procurados (20)

Processo de esterilização
Processo de esterilizaçãoProcesso de esterilização
Processo de esterilização
 
Aula de Artigos críticos, semi críticos e não críticos
Aula de Artigos críticos, semi críticos e não críticosAula de Artigos críticos, semi críticos e não críticos
Aula de Artigos críticos, semi críticos e não críticos
 
Aula Central de material Esterilizado
Aula Central de material EsterilizadoAula Central de material Esterilizado
Aula Central de material Esterilizado
 
Processamento de Roupas de Serviços de Saúde: Prevenção e Controle de Riscos
Processamento de Roupas de Serviços de Saúde: Prevenção e Controle de RiscosProcessamento de Roupas de Serviços de Saúde: Prevenção e Controle de Riscos
Processamento de Roupas de Serviços de Saúde: Prevenção e Controle de Riscos
 
Resíduos hospitalares
Resíduos hospitalaresResíduos hospitalares
Resíduos hospitalares
 
Folheto - Gestão de resíduos hospitalares
Folheto - Gestão de resíduos hospitalares  Folheto - Gestão de resíduos hospitalares
Folheto - Gestão de resíduos hospitalares
 
Manual de procedimentos de higienização e limpeza em controlo da infecção
Manual de procedimentos de higienização e limpeza em controlo da infecçãoManual de procedimentos de higienização e limpeza em controlo da infecção
Manual de procedimentos de higienização e limpeza em controlo da infecção
 
UFCD -6465 -Prevenção e Controlo de infeção Esterilização
UFCD -6465 -Prevenção e Controlo de infeção Esterilização UFCD -6465 -Prevenção e Controlo de infeção Esterilização
UFCD -6465 -Prevenção e Controlo de infeção Esterilização
 
Desinfecção química automatizada e manual - No Caminho da Enfermagem - Lucas ...
Desinfecção química automatizada e manual - No Caminho da Enfermagem - Lucas ...Desinfecção química automatizada e manual - No Caminho da Enfermagem - Lucas ...
Desinfecção química automatizada e manual - No Caminho da Enfermagem - Lucas ...
 
Cadeia de infecção e controle de infecção
Cadeia de infecção e controle de infecção Cadeia de infecção e controle de infecção
Cadeia de infecção e controle de infecção
 
UFCD 6580 - Cuidados na Saúde a populações mais vulneráveis - outras doenças ...
UFCD 6580 - Cuidados na Saúde a populações mais vulneráveis - outras doenças ...UFCD 6580 - Cuidados na Saúde a populações mais vulneráveis - outras doenças ...
UFCD 6580 - Cuidados na Saúde a populações mais vulneráveis - outras doenças ...
 
Aula esterilizacao
Aula esterilizacaoAula esterilizacao
Aula esterilizacao
 
Gestão de resíduos hospitalares
Gestão de resíduos hospitalaresGestão de resíduos hospitalares
Gestão de resíduos hospitalares
 
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
 
Central de Material e esterelização
 Central de Material e esterelização Central de Material e esterelização
Central de Material e esterelização
 
Lavandaria Hospitalar
Lavandaria HospitalarLavandaria Hospitalar
Lavandaria Hospitalar
 
UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...
UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...
UFCD - 6563 - Prevenção e Controlo da Infeção na Higienização de Roupas, Espa...
 
Nr 32 – segurança e saúde no trabalho
Nr 32 – segurança e saúde no trabalhoNr 32 – segurança e saúde no trabalho
Nr 32 – segurança e saúde no trabalho
 
Aula biossegurança
Aula biossegurançaAula biossegurança
Aula biossegurança
 
Biossegurança
BiossegurançaBiossegurança
Biossegurança
 

Semelhante a Prevenção e Controlo da Infeção: Esterilização

Aula 1 esterilização preparatorio aprova
Aula 1   esterilização preparatorio aprovaAula 1   esterilização preparatorio aprova
Aula 1 esterilização preparatorio aprova
Marlon Vaughan
 
Processo de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptx
Processo de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptxProcesso de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptx
Processo de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptx
savesegdotrabalho
 
processodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdf
processodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdfprocessodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdf
processodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdf
RaquelOlimpio1
 
Segurança no laboratório(versao 2)
Segurança no laboratório(versao 2)Segurança no laboratório(versao 2)
Segurança no laboratório(versao 2)
Karina Ferreira
 
Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...
Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...
Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...
Conceicao Cavalcante
 
Desinfecção e Esterilização
Desinfecção e EsterilizaçãoDesinfecção e Esterilização
Desinfecção e Esterilização
Flavia Carmo
 
Aula6 esteriliza
Aula6 esterilizaAula6 esteriliza
Aula6 esteriliza
Thalita Chaim
 
Introdução à higienização - definições, fatores e etapas.ppt
Introdução à higienização -  definições, fatores e etapas.pptIntrodução à higienização -  definições, fatores e etapas.ppt
Introdução à higienização - definições, fatores e etapas.ppt
GUILHERMEERNANDES1
 
AULA DE BISSEGURANÇA TURMA DE ENFERMAGEM E FARMÁCIA
AULA DE BISSEGURANÇA TURMA DE ENFERMAGEM  E FARMÁCIAAULA DE BISSEGURANÇA TURMA DE ENFERMAGEM  E FARMÁCIA
AULA DE BISSEGURANÇA TURMA DE ENFERMAGEM E FARMÁCIA
KarineRibeiro57
 
Serviços SOS equipa
Serviços SOS equipaServiços SOS equipa
Serviços SOS equipa
eduardoprofissonalbrasil
 
Aula 06 - Limpeza e esterilização.pdf
Aula 06 - Limpeza e esterilização.pdfAula 06 - Limpeza e esterilização.pdf
Aula 06 - Limpeza e esterilização.pdf
MayaraOliveira228
 
Normas e técnica de descontaminação pptx
Normas e técnica de descontaminação pptxNormas e técnica de descontaminação pptx
Normas e técnica de descontaminação pptx
RaquelOlimpio1
 
Cme
CmeCme
Esterilização Industrial
Esterilização IndustrialEsterilização Industrial
Esterilização Industrial
Diogo Andreis
 
Agentes biologicos
Agentes biologicosAgentes biologicos
Agentes biologicos
Rita Cleia
 
Higienização dos materiais
Higienização dos materiaisHigienização dos materiais
Higienização dos materiais
Ester Figueira
 
Ft bio higiene_no_laboratório_trabalho_de_grupo (7)
Ft bio higiene_no_laboratório_trabalho_de_grupo (7)Ft bio higiene_no_laboratório_trabalho_de_grupo (7)
Ft bio higiene_no_laboratório_trabalho_de_grupo (7)
alexandrelourador
 
Esterilizantes slides (2)
Esterilizantes   slides (2)Esterilizantes   slides (2)
Esterilizantes slides (2)
Biel Pinho
 
Aula_CME_Atualizada.pptx
Aula_CME_Atualizada.pptxAula_CME_Atualizada.pptx
Aula_CME_Atualizada.pptx
VanessaAlvesDeSouza4
 
Aula 5 - ESTERILIZAÇÃO E GARANTIA DE ESTERILIDADE.pptx
Aula 5 - ESTERILIZAÇÃO E GARANTIA DE ESTERILIDADE.pptxAula 5 - ESTERILIZAÇÃO E GARANTIA DE ESTERILIDADE.pptx
Aula 5 - ESTERILIZAÇÃO E GARANTIA DE ESTERILIDADE.pptx
TabathaLopes1
 

Semelhante a Prevenção e Controlo da Infeção: Esterilização (20)

Aula 1 esterilização preparatorio aprova
Aula 1   esterilização preparatorio aprovaAula 1   esterilização preparatorio aprova
Aula 1 esterilização preparatorio aprova
 
Processo de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptx
Processo de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptxProcesso de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptx
Processo de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptx
 
processodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdf
processodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdfprocessodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdf
processodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdf
 
Segurança no laboratório(versao 2)
Segurança no laboratório(versao 2)Segurança no laboratório(versao 2)
Segurança no laboratório(versao 2)
 
Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...
Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...
Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...
 
Desinfecção e Esterilização
Desinfecção e EsterilizaçãoDesinfecção e Esterilização
Desinfecção e Esterilização
 
Aula6 esteriliza
Aula6 esterilizaAula6 esteriliza
Aula6 esteriliza
 
Introdução à higienização - definições, fatores e etapas.ppt
Introdução à higienização -  definições, fatores e etapas.pptIntrodução à higienização -  definições, fatores e etapas.ppt
Introdução à higienização - definições, fatores e etapas.ppt
 
AULA DE BISSEGURANÇA TURMA DE ENFERMAGEM E FARMÁCIA
AULA DE BISSEGURANÇA TURMA DE ENFERMAGEM  E FARMÁCIAAULA DE BISSEGURANÇA TURMA DE ENFERMAGEM  E FARMÁCIA
AULA DE BISSEGURANÇA TURMA DE ENFERMAGEM E FARMÁCIA
 
Serviços SOS equipa
Serviços SOS equipaServiços SOS equipa
Serviços SOS equipa
 
Aula 06 - Limpeza e esterilização.pdf
Aula 06 - Limpeza e esterilização.pdfAula 06 - Limpeza e esterilização.pdf
Aula 06 - Limpeza e esterilização.pdf
 
Normas e técnica de descontaminação pptx
Normas e técnica de descontaminação pptxNormas e técnica de descontaminação pptx
Normas e técnica de descontaminação pptx
 
Cme
CmeCme
Cme
 
Esterilização Industrial
Esterilização IndustrialEsterilização Industrial
Esterilização Industrial
 
Agentes biologicos
Agentes biologicosAgentes biologicos
Agentes biologicos
 
Higienização dos materiais
Higienização dos materiaisHigienização dos materiais
Higienização dos materiais
 
Ft bio higiene_no_laboratório_trabalho_de_grupo (7)
Ft bio higiene_no_laboratório_trabalho_de_grupo (7)Ft bio higiene_no_laboratório_trabalho_de_grupo (7)
Ft bio higiene_no_laboratório_trabalho_de_grupo (7)
 
Esterilizantes slides (2)
Esterilizantes   slides (2)Esterilizantes   slides (2)
Esterilizantes slides (2)
 
Aula_CME_Atualizada.pptx
Aula_CME_Atualizada.pptxAula_CME_Atualizada.pptx
Aula_CME_Atualizada.pptx
 
Aula 5 - ESTERILIZAÇÃO E GARANTIA DE ESTERILIDADE.pptx
Aula 5 - ESTERILIZAÇÃO E GARANTIA DE ESTERILIDADE.pptxAula 5 - ESTERILIZAÇÃO E GARANTIA DE ESTERILIDADE.pptx
Aula 5 - ESTERILIZAÇÃO E GARANTIA DE ESTERILIDADE.pptx
 

Mais de I.Braz Slideshares

Desnutrição
DesnutriçãoDesnutrição
Desnutrição
I.Braz Slideshares
 
Breve análise do documentário “China Blue”
Breve análise do documentário “China Blue”Breve análise do documentário “China Blue”
Breve análise do documentário “China Blue”
I.Braz Slideshares
 
Qualidade, conceitos e definições
Qualidade, conceitos e definiçõesQualidade, conceitos e definições
Qualidade, conceitos e definições
I.Braz Slideshares
 
Exemplo de uma Reclamação
Exemplo de uma ReclamaçãoExemplo de uma Reclamação
Exemplo de uma Reclamação
I.Braz Slideshares
 
Reflexão sobre a reportagem orfãos da idade
Reflexão sobre a reportagem orfãos da idadeReflexão sobre a reportagem orfãos da idade
Reflexão sobre a reportagem orfãos da idade
I.Braz Slideshares
 
Apoio domiciliário e abrigos-residências para idosos
Apoio domiciliário e abrigos-residências para idososApoio domiciliário e abrigos-residências para idosos
Apoio domiciliário e abrigos-residências para idosos
I.Braz Slideshares
 
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
I.Braz Slideshares
 
Sistema Português de Qualidade
Sistema Português de QualidadeSistema Português de Qualidade
Sistema Português de Qualidade
I.Braz Slideshares
 
C.L.C. 7 - Memórias...
C.L.C. 7 -  Memórias...C.L.C. 7 -  Memórias...
C.L.C. 7 - Memórias...
I.Braz Slideshares
 
C.L.C. 5 - Reflexão crítica sobre o computador
C.L.C. 5 - Reflexão crítica sobre o computadorC.L.C. 5 - Reflexão crítica sobre o computador
C.L.C. 5 - Reflexão crítica sobre o computador
I.Braz Slideshares
 
C.L.C. 5 - Telemóveis
C.L.C. 5 - TelemóveisC.L.C. 5 - Telemóveis
C.L.C. 5 - Telemóveis
I.Braz Slideshares
 
C.P. 1 - Direitos Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
C.P. 1 - Direitos  Liberdades e Garantias dos Trabalhadores C.P. 1 - Direitos  Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
C.P. 1 - Direitos Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
I.Braz Slideshares
 
C.L.C. 6 Imigração em Portugal
C.L.C.  6   Imigração em PortugalC.L.C.  6   Imigração em Portugal
C.L.C. 6 Imigração em Portugal
I.Braz Slideshares
 
Mecatrónica Automóvel - Sistemas de climatização
Mecatrónica Automóvel - Sistemas de climatizaçãoMecatrónica Automóvel - Sistemas de climatização
Mecatrónica Automóvel - Sistemas de climatização
I.Braz Slideshares
 
Mecatrónica Automóvel - Sistema Mono-Jectrónic
Mecatrónica Automóvel - Sistema Mono-JectrónicMecatrónica Automóvel - Sistema Mono-Jectrónic
Mecatrónica Automóvel - Sistema Mono-Jectrónic
I.Braz Slideshares
 
Mecatrónica Automóvel - Manutenção e reparação do sistema de transmissão auto...
Mecatrónica Automóvel - Manutenção e reparação do sistema de transmissão auto...Mecatrónica Automóvel - Manutenção e reparação do sistema de transmissão auto...
Mecatrónica Automóvel - Manutenção e reparação do sistema de transmissão auto...
I.Braz Slideshares
 
C.L.C. 7 - Roteiro de visualização do filme "Crash"
C.L.C. 7 - Roteiro de visualização do filme "Crash"C.L.C. 7 - Roteiro de visualização do filme "Crash"
C.L.C. 7 - Roteiro de visualização do filme "Crash"
I.Braz Slideshares
 
C.L.C.7 - Valores da família - A verdadeira felicidade está na própria casa
C.L.C.7 - Valores da família - A verdadeira felicidade está na própria casaC.L.C.7 - Valores da família - A verdadeira felicidade está na própria casa
C.L.C.7 - Valores da família - A verdadeira felicidade está na própria casa
I.Braz Slideshares
 
C.P. 4 Diferenças - (deficiências físicas e psíquicas)
C.P. 4   Diferenças - (deficiências físicas e psíquicas)C.P. 4   Diferenças - (deficiências físicas e psíquicas)
C.P. 4 Diferenças - (deficiências físicas e psíquicas)
I.Braz Slideshares
 
C.P. 5 - Mass Media - Globalização
C.P. 5 - Mass Media - GlobalizaçãoC.P. 5 - Mass Media - Globalização
C.P. 5 - Mass Media - Globalização
I.Braz Slideshares
 

Mais de I.Braz Slideshares (20)

Desnutrição
DesnutriçãoDesnutrição
Desnutrição
 
Breve análise do documentário “China Blue”
Breve análise do documentário “China Blue”Breve análise do documentário “China Blue”
Breve análise do documentário “China Blue”
 
Qualidade, conceitos e definições
Qualidade, conceitos e definiçõesQualidade, conceitos e definições
Qualidade, conceitos e definições
 
Exemplo de uma Reclamação
Exemplo de uma ReclamaçãoExemplo de uma Reclamação
Exemplo de uma Reclamação
 
Reflexão sobre a reportagem orfãos da idade
Reflexão sobre a reportagem orfãos da idadeReflexão sobre a reportagem orfãos da idade
Reflexão sobre a reportagem orfãos da idade
 
Apoio domiciliário e abrigos-residências para idosos
Apoio domiciliário e abrigos-residências para idososApoio domiciliário e abrigos-residências para idosos
Apoio domiciliário e abrigos-residências para idosos
 
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
Tarefas e funções do Técnico Auxiliar de Saúde no Bloco Operatório e no Servi...
 
Sistema Português de Qualidade
Sistema Português de QualidadeSistema Português de Qualidade
Sistema Português de Qualidade
 
C.L.C. 7 - Memórias...
C.L.C. 7 -  Memórias...C.L.C. 7 -  Memórias...
C.L.C. 7 - Memórias...
 
C.L.C. 5 - Reflexão crítica sobre o computador
C.L.C. 5 - Reflexão crítica sobre o computadorC.L.C. 5 - Reflexão crítica sobre o computador
C.L.C. 5 - Reflexão crítica sobre o computador
 
C.L.C. 5 - Telemóveis
C.L.C. 5 - TelemóveisC.L.C. 5 - Telemóveis
C.L.C. 5 - Telemóveis
 
C.P. 1 - Direitos Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
C.P. 1 - Direitos  Liberdades e Garantias dos Trabalhadores C.P. 1 - Direitos  Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
C.P. 1 - Direitos Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
 
C.L.C. 6 Imigração em Portugal
C.L.C.  6   Imigração em PortugalC.L.C.  6   Imigração em Portugal
C.L.C. 6 Imigração em Portugal
 
Mecatrónica Automóvel - Sistemas de climatização
Mecatrónica Automóvel - Sistemas de climatizaçãoMecatrónica Automóvel - Sistemas de climatização
Mecatrónica Automóvel - Sistemas de climatização
 
Mecatrónica Automóvel - Sistema Mono-Jectrónic
Mecatrónica Automóvel - Sistema Mono-JectrónicMecatrónica Automóvel - Sistema Mono-Jectrónic
Mecatrónica Automóvel - Sistema Mono-Jectrónic
 
Mecatrónica Automóvel - Manutenção e reparação do sistema de transmissão auto...
Mecatrónica Automóvel - Manutenção e reparação do sistema de transmissão auto...Mecatrónica Automóvel - Manutenção e reparação do sistema de transmissão auto...
Mecatrónica Automóvel - Manutenção e reparação do sistema de transmissão auto...
 
C.L.C. 7 - Roteiro de visualização do filme "Crash"
C.L.C. 7 - Roteiro de visualização do filme "Crash"C.L.C. 7 - Roteiro de visualização do filme "Crash"
C.L.C. 7 - Roteiro de visualização do filme "Crash"
 
C.L.C.7 - Valores da família - A verdadeira felicidade está na própria casa
C.L.C.7 - Valores da família - A verdadeira felicidade está na própria casaC.L.C.7 - Valores da família - A verdadeira felicidade está na própria casa
C.L.C.7 - Valores da família - A verdadeira felicidade está na própria casa
 
C.P. 4 Diferenças - (deficiências físicas e psíquicas)
C.P. 4   Diferenças - (deficiências físicas e psíquicas)C.P. 4   Diferenças - (deficiências físicas e psíquicas)
C.P. 4 Diferenças - (deficiências físicas e psíquicas)
 
C.P. 5 - Mass Media - Globalização
C.P. 5 - Mass Media - GlobalizaçãoC.P. 5 - Mass Media - Globalização
C.P. 5 - Mass Media - Globalização
 

Último

CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 

Último (20)

CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 

Prevenção e Controlo da Infeção: Esterilização

  • 1. U. 8 – Prevenção e controlo da Infeção: Esterilização Formador: Enfermeiro Adelino Martins Trabalho elaborado Por: Andreia Cardoso, Vera Carrilho, Cláudia Casimiro e Mª Isabel Braz
  • 2. Conceito de esterilização Esterilização é a total eliminação de bactérias, vírus e micróbios através de diversos métodos, sendo os principais:  Métodos físicos  Métodos químicos
  • 3. Métodos de Esterilização Existem vários métodos de esterilização Métodos físicos  Flambagem (método da lamparina): é a colocação de materiais sobre o fogo até que o metal fique vermelho;  Fervura: após a água começar a ferver, deixar o material ferver durante 15 min.
  • 4. Métodos de Esterilização Métodos físicos (cont.)  Calor seco: neste processo é utilizado a estufa, onde são necessários 60 min. a 170º, ou 12h a120 º, para uma boa esterilização;  Calor húmido: Autoclavagem- é a exposição do material a vapor de água sobre pressão durante 15 min. a 121º ou 4 min. a 134º, os materiais devem ser embalados de forma a permitirem o contacto total com o vapor de água;
  • 5. Métodos de Esterilização Métodos físicos (cont.) Ebulição - não é um verdadeiro método, pois não elimina formas resistentes e a sua condição mínima é de 100º durante 15 min. Tindalização - o material é submetido a 3 sessões de exposição a vapor de água a 100º durante 20-45 min, 45 min. e novamente 20-45 min. Com repouso de 24h entre elas.
  • 6. Métodos de Esterilização Métodos físicos(cont.)  Raios gama/cobalto: os raios gama transportam muita energia que são mortais para os microrganismos;  Filtração: É especialmente utilizada para esterilização de meios e soluções. Unidades de filtração (acetato) que podem ser posteriormente autoclavadas.
  • 7. Métodos de esterilização Métodos químicos  Gás óxido de etileno: é um produto tóxico usado para esterilizar materiais;  Formaldeído: é utilizado em processos fechados com autoclave especial, é eficiente mas depende de humidade local controlada;
  • 8. Métodos de esterilização Métodos químicos  Ácido peracético: é um liquido que esteriliza materiais por imersão;  Plasma de Peróxido de hidrogênio: sistema a gás que utiliza equipamentos complexos, compostos de alto vácuo e gerador elétrico de plasma, sendo este processo eficiente e de baixa temperatura (35º - 40º).
  • 9. Riscos a que estão sujeitos os trabalhadores da esterilização  Riscos biológicos  Riscos físicos  Riscos químicos  Riscos da atividade/ psicossociais
  • 11. Riscos físicos:  Ruído e condições térmicas, transporte de cargas, quedas, picadas e cortes.  Riscos mecânicos – relacionados com: falhas mecânicas dos equipamentos.
  • 12. Riscos elétricos  Condições de luminosidade, perigo ao manusear equipamentos elétricos.  Riscos associados aos autoclaves.
  • 13. Riscos químicos  Manuseamento de detergentes e produtos desinfetantes e poeiras.  Agentes esterilizantes.
  • 14. Riscos da atividade/ psicossociais  Estar muito tempo de pé ou na mesma posição a executar tarefas muito repetitivas;  Ansiedade, solidão, monotonia;  Trabalho por turnos que privam de manter uma vida social/ familiar.
  • 15. Equipamentos de proteção individual que devem usar os trabalhadores da esterilização  Toucas;  Sapatos, socas ou botas antiderrapantes e impermeáveis;  Luvas antiderrapante (latex/borracha);  Óculos;  Mascaras com filtro químico;  Avental impermeável;  Auriculares adequados; Macacão impermeável.
  • 16. Organização e funcionamento de um centro de esterilização
  • 17. Bibliografia Este trabalho foi realizado com base na informação e no material de apoio facilitado pelo nosso formador, o Sr. Enfermeiro Adelino Martins. As imagens foram retiradas do motor de pesquisa do Google e o documento audiovisual foi adaptado a partir do seguinte link: https://www.youtube.com/watch?v=5RAaHTia G0A