SlideShare uma empresa Scribd logo
INSTITUTO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL
CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM
DISCIPLINA: CENTRO CIRÚRGICO
DOCENTE: JULIANA FERREIRA
DISCENTES:SOLANGE,ADRIELLE,IARA,LUCIANA.




      ESTERILIZANTE                 ESTERILIZANTES
ESTERILIZAÇÃO

Procedimento utilizado para destruição
 de todas as formas de vida microbiana
 (bactérias vegetativas, fungos, vírus e
 esporos),mediante aplicação de agentes
 físicos e/ou químicos.
Procedimentos
 Limpeza:
   é o primeiro passo para o
    processamento de artigos, e esta
    intimamente ligada a qualidade final do
    processo,
     o principal fator que reduz até 4 log. de
    organismos contaminantes. Quanto
    mais limpo estiver o artigo, menores as
    chances de falhas na esterilização.
Uso de EPIs
-   é imprescindível o uso correto dos
    EPIS para o desenvolvimento das
    técnicas de limpeza e desinfecção.
    São eles: aventais impermeáveis,
    luvas antiderrapantes de cano longo,
    óculos de proteção, máscaras.
ARTIGOS
   Artigos críticos – São aqueles que penetram
    em tecidos subepiteliais e sistema vascular.

   Artigos Semi-Críticos – São aqueles que
    entram em contato com membrana mucosa
    íntegra ou pele não íntegra.

   Artigos Não Críticos – São aqueles que
    entram em contato apenas com pele íntegra
    ou não entram em contato com o paciente.
MÉTODOS DE
ESTERILIZAÇÃO

Métodos Físicos;




                   Métodos
  Químicos.
ESTERILIZANTES
FÍSICOS
          Calor Seco – Estufas;

       Calor Úmido - Autoclaves;

      Radiação – Através de raios
ESTERILIZANTES
QUIMICOS
             Óxido de Etileno

                  Glutaraldeido

             Ácido peracético

                  Formaldeido

              Peróxido de Hidrogênio
OBSERVAÇÕES
   Os processos de esterilização devem ser
    submetidos a testes de controle.
   Devem possuir amplo espectro de ação
    antimicrobiana;
   Agir rapidamente sobre todos os
    microorganismos;
   Ser atóxico para os seres humanos e meio
    ambiente;
   Não ser corrosivo em superfícies, não ser
    irritante.
BIBLIOGRAFIA
   www.faculdadedofuturo.edu.br

   www.cih.com.br



              OBRIGADA!!!!!!!!!!!!!!!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tipos de riscos que os agentes quimicos
Tipos de riscos que os agentes quimicosTipos de riscos que os agentes quimicos
Tipos de riscos que os agentes quimicos
Alinehl
 
09. classif. artigos
09. classif. artigos09. classif. artigos
09. classif. artigos
Luiz Gonçalves Mendes Jr
 
Cuidados de segurança na utilização de produtos quimicos
Cuidados de segurança na utilização de produtos quimicosCuidados de segurança na utilização de produtos quimicos
Cuidados de segurança na utilização de produtos quimicos
Ângela Barro
 
Aula de biossegurança
Aula de biossegurançaAula de biossegurança
Aula de biossegurança
Bianca Melo
 
Apostila toxicologia
Apostila toxicologiaApostila toxicologia
Apostila toxicologia
Ane Costa
 
Limpeza de artigos médico
Limpeza de artigos médicoLimpeza de artigos médico
Limpeza de artigos médico
JPaulo23
 
Cartilha prod quim
Cartilha prod quimCartilha prod quim
Cartilha prod quim
Cleber Lazzari
 
Assepsia anestesia
Assepsia anestesiaAssepsia anestesia
Assepsia anestesia
Flavia Cardoso
 
Toxicidade
ToxicidadeToxicidade
Atuação enf. biosseg
Atuação enf. biossegAtuação enf. biosseg
Atuação enf. biosseg
Luiz Gonçalves Mendes Jr
 

Mais procurados (10)

Tipos de riscos que os agentes quimicos
Tipos de riscos que os agentes quimicosTipos de riscos que os agentes quimicos
Tipos de riscos que os agentes quimicos
 
09. classif. artigos
09. classif. artigos09. classif. artigos
09. classif. artigos
 
Cuidados de segurança na utilização de produtos quimicos
Cuidados de segurança na utilização de produtos quimicosCuidados de segurança na utilização de produtos quimicos
Cuidados de segurança na utilização de produtos quimicos
 
Aula de biossegurança
Aula de biossegurançaAula de biossegurança
Aula de biossegurança
 
Apostila toxicologia
Apostila toxicologiaApostila toxicologia
Apostila toxicologia
 
Limpeza de artigos médico
Limpeza de artigos médicoLimpeza de artigos médico
Limpeza de artigos médico
 
Cartilha prod quim
Cartilha prod quimCartilha prod quim
Cartilha prod quim
 
Assepsia anestesia
Assepsia anestesiaAssepsia anestesia
Assepsia anestesia
 
Toxicidade
ToxicidadeToxicidade
Toxicidade
 
Atuação enf. biosseg
Atuação enf. biossegAtuação enf. biosseg
Atuação enf. biosseg
 

Semelhante a Esterilizantes slides (2)

Aula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdf
Aula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdfAula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdf
Aula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdf
HerikaValenzuelaferr
 
Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...
Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...
Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...
Conceicao Cavalcante
 
BIOSSEGURANÇA.ppt
BIOSSEGURANÇA.pptBIOSSEGURANÇA.ppt
BIOSSEGURANÇA.ppt
AndriellyFernanda1
 
Aula biossegurança dna
Aula biossegurança   dnaAula biossegurança   dna
Aula biossegurança dna
anadeiva
 
2. biossegurança
2. biossegurança2. biossegurança
2. biossegurança
Fredson Serejo
 
Normas e técnica de descontaminação pptx
Normas e técnica de descontaminação pptxNormas e técnica de descontaminação pptx
Normas e técnica de descontaminação pptx
RaquelOlimpio1
 
Princípios de biossegurança 2017 - GRUPO IRRADIAR
Princípios de biossegurança 2017 - GRUPO IRRADIARPrincípios de biossegurança 2017 - GRUPO IRRADIAR
Princípios de biossegurança 2017 - GRUPO IRRADIAR
CURSO TÉCNICO CEPRAMED
 
Aula Biossegurança - Embalagem.pdf
Aula Biossegurança - Embalagem.pdfAula Biossegurança - Embalagem.pdf
Aula Biossegurança - Embalagem.pdf
TedTrindade1
 
processodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdf
processodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdfprocessodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdf
processodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdf
RaquelOlimpio1
 
Processo de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptx
Processo de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptxProcesso de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptx
Processo de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptx
savesegdotrabalho
 
Aula 06 - Limpeza e esterilização.pdf
Aula 06 - Limpeza e esterilização.pdfAula 06 - Limpeza e esterilização.pdf
Aula 06 - Limpeza e esterilização.pdf
MayaraOliveira228
 
Semiologia a1
Semiologia a1Semiologia a1
Semiologia a1
Dessa Reis
 
assepsia_antissepsia_cap_cirurg-2017-ilovepdf-compressed.pptx
assepsia_antissepsia_cap_cirurg-2017-ilovepdf-compressed.pptxassepsia_antissepsia_cap_cirurg-2017-ilovepdf-compressed.pptx
assepsia_antissepsia_cap_cirurg-2017-ilovepdf-compressed.pptx
WilliamdaCostaMoreir
 
BIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICA
BIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICABIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICA
BIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICA
MARIA ELIZABETE DE LIMA MONTEIRO
 
biossegurança.pptx
biossegurança.pptxbiossegurança.pptx
biossegurança.pptx
MarcoReisBrugnerotto
 
Aula_CME_Atualizada.pptx
Aula_CME_Atualizada.pptxAula_CME_Atualizada.pptx
Aula_CME_Atualizada.pptx
VanessaAlvesDeSouza4
 
biosseg__aula_3.ppt
biosseg__aula_3.pptbiosseg__aula_3.ppt
biosseg__aula_3.ppt
Fernandaluckmann1
 
Controle De Microorganismos
Controle De MicroorganismosControle De Microorganismos
Controle De Microorganismos
Kelton Silva Sena
 
Controle microbiano - Renato Varges
Controle microbiano - Renato VargesControle microbiano - Renato Varges
Controle microbiano - Renato Varges
Renato Varges - UFF
 
Biossegurança 1
Biossegurança 1Biossegurança 1
Biossegurança 1
drjeffersontst
 

Semelhante a Esterilizantes slides (2) (20)

Aula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdf
Aula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdfAula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdf
Aula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdf
 
Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...
Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...
Limpeza, desinfecção e esterilização de artigos como medidas de prevenção e c...
 
BIOSSEGURANÇA.ppt
BIOSSEGURANÇA.pptBIOSSEGURANÇA.ppt
BIOSSEGURANÇA.ppt
 
Aula biossegurança dna
Aula biossegurança   dnaAula biossegurança   dna
Aula biossegurança dna
 
2. biossegurança
2. biossegurança2. biossegurança
2. biossegurança
 
Normas e técnica de descontaminação pptx
Normas e técnica de descontaminação pptxNormas e técnica de descontaminação pptx
Normas e técnica de descontaminação pptx
 
Princípios de biossegurança 2017 - GRUPO IRRADIAR
Princípios de biossegurança 2017 - GRUPO IRRADIARPrincípios de biossegurança 2017 - GRUPO IRRADIAR
Princípios de biossegurança 2017 - GRUPO IRRADIAR
 
Aula Biossegurança - Embalagem.pdf
Aula Biossegurança - Embalagem.pdfAula Biossegurança - Embalagem.pdf
Aula Biossegurança - Embalagem.pdf
 
processodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdf
processodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdfprocessodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdf
processodeesterilizaodemateriaismdicoshospitalares-240313195632-86dbc181.pdf
 
Processo de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptx
Processo de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptxProcesso de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptx
Processo de esterilização de materiais médicos_hospitalares.pptx
 
Aula 06 - Limpeza e esterilização.pdf
Aula 06 - Limpeza e esterilização.pdfAula 06 - Limpeza e esterilização.pdf
Aula 06 - Limpeza e esterilização.pdf
 
Semiologia a1
Semiologia a1Semiologia a1
Semiologia a1
 
assepsia_antissepsia_cap_cirurg-2017-ilovepdf-compressed.pptx
assepsia_antissepsia_cap_cirurg-2017-ilovepdf-compressed.pptxassepsia_antissepsia_cap_cirurg-2017-ilovepdf-compressed.pptx
assepsia_antissepsia_cap_cirurg-2017-ilovepdf-compressed.pptx
 
BIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICA
BIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICABIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICA
BIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICA
 
biossegurança.pptx
biossegurança.pptxbiossegurança.pptx
biossegurança.pptx
 
Aula_CME_Atualizada.pptx
Aula_CME_Atualizada.pptxAula_CME_Atualizada.pptx
Aula_CME_Atualizada.pptx
 
biosseg__aula_3.ppt
biosseg__aula_3.pptbiosseg__aula_3.ppt
biosseg__aula_3.ppt
 
Controle De Microorganismos
Controle De MicroorganismosControle De Microorganismos
Controle De Microorganismos
 
Controle microbiano - Renato Varges
Controle microbiano - Renato VargesControle microbiano - Renato Varges
Controle microbiano - Renato Varges
 
Biossegurança 1
Biossegurança 1Biossegurança 1
Biossegurança 1
 

Esterilizantes slides (2)

  • 1. INSTITUTO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL CURSO TÉCNICO DE ENFERMAGEM DISCIPLINA: CENTRO CIRÚRGICO DOCENTE: JULIANA FERREIRA DISCENTES:SOLANGE,ADRIELLE,IARA,LUCIANA. ESTERILIZANTE ESTERILIZANTES
  • 2. ESTERILIZAÇÃO Procedimento utilizado para destruição de todas as formas de vida microbiana (bactérias vegetativas, fungos, vírus e esporos),mediante aplicação de agentes físicos e/ou químicos.
  • 3. Procedimentos  Limpeza:  é o primeiro passo para o processamento de artigos, e esta intimamente ligada a qualidade final do processo, o principal fator que reduz até 4 log. de organismos contaminantes. Quanto mais limpo estiver o artigo, menores as chances de falhas na esterilização.
  • 4. Uso de EPIs - é imprescindível o uso correto dos EPIS para o desenvolvimento das técnicas de limpeza e desinfecção. São eles: aventais impermeáveis, luvas antiderrapantes de cano longo, óculos de proteção, máscaras.
  • 5. ARTIGOS  Artigos críticos – São aqueles que penetram em tecidos subepiteliais e sistema vascular.  Artigos Semi-Críticos – São aqueles que entram em contato com membrana mucosa íntegra ou pele não íntegra.  Artigos Não Críticos – São aqueles que entram em contato apenas com pele íntegra ou não entram em contato com o paciente.
  • 7. ESTERILIZANTES FÍSICOS  Calor Seco – Estufas;  Calor Úmido - Autoclaves;  Radiação – Através de raios
  • 8. ESTERILIZANTES QUIMICOS  Óxido de Etileno  Glutaraldeido  Ácido peracético  Formaldeido  Peróxido de Hidrogênio
  • 9. OBSERVAÇÕES  Os processos de esterilização devem ser submetidos a testes de controle.  Devem possuir amplo espectro de ação antimicrobiana;  Agir rapidamente sobre todos os microorganismos;  Ser atóxico para os seres humanos e meio ambiente;  Não ser corrosivo em superfícies, não ser irritante.
  • 10. BIBLIOGRAFIA  www.faculdadedofuturo.edu.br  www.cih.com.br OBRIGADA!!!!!!!!!!!!!!!!!