SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
Escola Municipal Dr. Emílio Ábdon Póvoa
Lei Municipal nº 1810 de 29/01/93 Parecer CEE nº 765/93 de09/11/93
Rua: São José, nº 20 - Bairro Carioca –Tel.: (35) 3349-8470 - São Lourenço – MG
PLANEJAMENTO DE ENSINO DE CIÊNCIAS
ANO 2016
I- IDENTIFICAÇÃO
ESCOLA MUNICIPAL DR. EMÍLIO ABDOM PÓVOA
CONTEÚDO: CIÊNCIAS TURMA: 7º ano B e C Nº DE AULAS SEMANAIS: 2
PROFESSORA: MARIA DE LOURDES RIBEIRO
II- OBJETIVOS GERAIS
 Compreender o que é a ciência e como o conhecimento cientifico interfere em nossas
relações com o mundo natural, com o mundo construído e com as outras pessoas.
 Discutir e examinar impactos de ciência e tecnologia na sociedade, envolvendo as
dimensões ética, estética, política, social, econômica e ambiental.
 Compreender o mundo em que vivemos de modo a orientar as ações em nível individual e
social.
 Propor um modo de pensar, de chegar a conclusões coerentes a partir de proposições, de
questionar preconceitos e hipóteses.
III- CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
1º BIMESTRE
Eixo Temático Tema Tópicos Objetivos Específicos
Nº de
aulas
I Ambiente e
Vida
1. Diversidade da Vida nos
Ambientes
• As populações.
• As relações ecológicas.
• A ação humana nos
ecossistemas.
• A recomposição dos
ecossistemas.
1. Relacionar o aprendizado teórico com a observação prática de
ambientes naturais.
2. Compreender o conceito de população ecológica e as suas
propriedades.
3. Perceber que os organismos interagem entre si e estabelecem
relações ecológicas.
4. Problematizar o fato de o ser humano fazer parte do ambiente e
que suas ações interferem nele.
5. Construir o conceito de ecossistema, considerando que ele é
dinâmico.
6
I Ambiente e
Vida
1. Diversidade da Vida nos
Ambientes
• A organização dos seres
vivos.
• A célula.
• As células procariontes e
as eucariontes.
1. Reconhecer as características comuns a todos os seres vivos.
2. Perceber que a célula é a unidade fundamental de todos os
seres vivos.
3. Identificar as principais estruturas das células.
4. Conhecer os diferentes tipos de célula: procarionte e
eucarionte.
7
I Ambiente e
Vida
1. Diversidade da Vida nos
Ambientes
• Por que classificar?
• Os vírus.
• O reino dos moneras.
• O reino dos protistas.
• O reino dos fungos.
• O ambiente, a saúde e os
seres microscópicos.
1. Compreender a necessidade de classificação dos seres vivos.
2. Reconhecer os critérios utilizados para a classificação dos
seres vivos.
3. Identificar as categorias taxonômicas propostas por Lineu.
4. Caracterizar os cinco reinos apresentados. 5. Compreender por
que os vírus não estão classificados em nenhum reino.
6. Conhecer as características do reino dos moneras. 7. Conhecer
as características do reino dos protistas.
8. Conhecer as características do reino dos fungos.
9. Identificar doenças emergentes e reemergentes.
10. Discutir aspectos sociais que interferem nas condições de
saúde da população humana.
7
III- CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
2º BIMESTRE
Eixo Temático Tema Tópicos Objetivos Específicos
Nº de
aulas
I Ambiente e
Vida
1. Diversidade da Vida nos
Ambientes
• Características das
plantas.
• As células e os tecidos
das plantas.
• Classificação das plantas.
• Plantas sem sementes.
• Plantas com sementes.
1. Reconhecer as características que identificam as plantas,
comparando a teoria com a observação prática de diferentes
espécies.
2. Compreender a função das plantas nas cadeias alimentares.
3. Compreender o que são os tecidos das plantas e quais as
diferentes funções que eles podem desempenhar.
4. Conhecer como ocorre o processo de nutrição das plantas e
suas diferentes etapas: a absorção, a condução, a fotossíntese e
a respiração.
5. Identificar os quatro grandes grupos do reino das plantas:
briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas.
6. Construir elementos e conceitos que permitam interpretar a
diversidade dos grupos de plantas como consequência do
processo evolutivo
10
I Ambiente e
Vida
1. Diversidade da Vida nos
Ambientes
• A raiz.
• O caule.
• A folha.
• A flor.
• O fruto.
• A semente. •
1. Identificar as estruturas das angiospermas: raiz, caule, folha,
flor, fruto e semente.
2. Compreender o desenvolvimento das angiospermas.
3. Conhecer e discutir as adaptações dos diferentes tipos de
raízes.
4. Conhecer e discutir as adaptações dos diferentes tipos de
caules.
5. Conhecer e discutir as adaptações dos diferentes tipos de
folhas.
6. Conhecer as flores e seus órgãos reprodutores, feminino e
masculino. 7. Compreender o processo de polinização,
associando-o à adaptação.
8. Conhecer os diferentes tipos de frutos.
9. Compreender o processo de dispersão de sementes,
associando-o à adaptação.
10
3º BIMESTRE
Eixo Temático Tema Tópicos Objetivos Específicos
Nº de
aulas
I Ambiente e
Vida
1. Diversidade da Vida nos
Ambientes
• Grupos de animais.
• Poríferos.
• Cnidários.
• Platelmintos.
• Nematódeos.
• Moluscos.
• Anelídeos.
• Artrópodes.
• Equinodermos.
• O desafio do dengue.
1. Perceber e entender as condições que favorecem a diversidade
dos invertebrados.
2. Identificar os diversos filos de animais invertebrados e suas
características.
3. Conhecer algumas parasitoses causadas por platelmintos e
nematódeos e como são transmitidas.
4. Compreender o processo de metamorfose dos insetos.
5. Contextualizar o estudo dos invertebrados pela relação entre
forma, função e adaptação ao ambiente.
20
4º BIMESTRE
Eixo Temático Tema Tópicos Objetivos Específicos
Nº de
aulas
I Ambiente e
Vida
1. Diversidade da Vida nos
Ambientes
Vertebrados.
• Peixes.
• Anfíbios.
• Aves.
• Mamíferos
1. Perceber a diversidade dos vertebrados.
2. Identificar os diversos grupos de animais vertebrados e suas
características.
3. Reconhecer e discutir as características que conferem
capacidade de voo às aves.
4. Reconhecer e discutir as estratégias, de alguns grupos,
relacionadas à vida terrestre.
20
Total de Aulas:
80
IV- CONTEÚDO PROGRAMÁTICO – Tópicos Complementares
Programação Anual 7 º ano
Eixo Temático Tema Tópicos Objetivos Específicos
Nº de
aulas
I Ambiente e
Vida
2: Diversidade dos Materiais
II. O ar – propriedades
e composição
• Reconhecer a presença de componentes do ar atmosférico em
reações químicas como a combustão, fermentação, fotossíntese e
respiração celular.
3
II Corpo
Humano e
Saúde
8: A Dinâmica do Corpo V. Saúde preventiva
• Reconhecer os fatores de risco associados às doenças circulatórias
e formas de prevenção. 2
Programação Anual 7 º ano
Eixo Temático Tema Tópicos Objetivos Específicos
Nº de
aulas
II Corpo
Humano e
Saúde
8: A Dinâmica do Corpo V. Saúde preventiva
• Reconhecer fatores ambientais (fumo e poluição) em doenças do
sistema respiratório.
2
II Corpo
Humano e
Saúde
8: A Dinâmica do Corpo V. Saúde preventiva
• Examinar problemas no sistema excretor, formas de tratamento e
cuidados de prevenção.
2
II Corpo
Humano e
Saúde
9.Sexualidade
VI. Mudanças na
adolescência
• Reconhecer e discutir mudanças físicas e psicológicas na
adolescência.
2
II Corpo
Humano e
Saúde
9.Sexualidade
VI. Mudanças na
adolescência
• Diferenciar identidade pessoal e coletiva e sua importância na vida
em sociedade.
2
II Corpo
Humano e
Saúde
10: Interação do Corpo com
Estímulos do Ambiente
VII. Produção e
percepção de sons
• Identificar a presença de vibração em fenômenos de produção de
sons.
3
II Corpo
Humano e
Saúde
10: Interação do Corpo com
Estímulos do Ambiente
VII. Produção e
percepção de sons
• Utilizar o modelo ondulatório para descrever a propagação de sons. 3
Total de Aulas: 19
Obs : Os tópicos complementares e respectivos números de aulas serão ministrados e avaliados a critério do professor, de acordo com o
desenvolvimento da turma, priorizando os tópicos obrigatórios.
V- METODOLOGIA
Trabalho em grupo; Pesquisa de Campo; Aula Prática; Exercícios de Fixação; Mídias;
Hipermídias; Feira Cultural; Exposição de Trabalhos; Leituras.
VI- RECURSOS
Caderno do aluno; Datashow; Quadro/giz; Livro didático; Experimentos simples com
sucata e material alternativo de laboratório; jornais, revistas e artigos diversos; Mídias;
Computador; Celular e Projetor.
Obs.: O uso do livro didático
Seleção dos eixos temáticos e temas, tópicos e habilidades, referentes ao ano escolar em
curso.
Seleção dos textos, experiências, atividades que podem ser utilizadas para a
concretização do conteúdo do CBC.
Pesquisa em outros livros didáticos do mesmo ano ou de anos diferentes e outros
materiais as atividades que possam ser utilizadas para concretizar as habilidades
selecionadas.
VII- AVALIAÇÃO
Diagnóstica; Oral; Escrita; Atitudinal e Virtual (quando possível).
VIII – BIBLIOGRAFIA
Projeto Araribá – 7º ano
Conteúdos Básicos Comuns – CBC
Blog da Educação
Caderno de Boas Práticas do Ensino de Ciências
Portal do Professor – MEC
Orientações Pedagógicas SEE/MG
Centro de Referência Virtual do Professor
Moderna Digital. Serviços Educacionais. Disponível em:
<http://www.modernadigital.com.br/main.jsp?lumChannelId=4028818B3D4657C0013D5F
B35F865BA8>
Planejamento de ciências. planejamento_ciencias_arariba.pdf. Disponível em:
<http://issuu.com/ed_moderna/docs/planejamento_ciencias_arariba>
OBS.:
Ações para alunos de PDI (Plano de Desenvolvimento Individual): Abordagem do
conteúdo de maneira diferenciada; avaliações de acordo com o grau de desenvolvimento
e adaptação; acompanhamento individual do desempenho.
São Lourenço, fevereiro de 2016
Profª Ms. Maria de Lourdes Ribeiro

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Planejamento de biologia 2º ano
Planejamento de  biologia 2º anoPlanejamento de  biologia 2º ano
Planejamento de biologia 2º ano
Antonio Carneiro
 
Quimica aplicada
Quimica aplicadaQuimica aplicada
Quimica aplicada
Eva Sofia
 
Planejamento biologia 2012
Planejamento biologia 2012Planejamento biologia 2012
Planejamento biologia 2012
Suely Santos
 
Planejamento de biologia 1º ano antonio carlos carneiro barroso
Planejamento de biologia 1º ano antonio carlos carneiro barrosoPlanejamento de biologia 1º ano antonio carlos carneiro barroso
Planejamento de biologia 1º ano antonio carlos carneiro barroso
Antonio Carneiro
 
Descritores do 1º bimestre de 2011
Descritores do 1º bimestre de 2011Descritores do 1º bimestre de 2011
Descritores do 1º bimestre de 2011
Ana Fernandes
 
Planejamento anual TI Biologia 1° Ano
Planejamento anual TI Biologia 1° AnoPlanejamento anual TI Biologia 1° Ano
Planejamento anual TI Biologia 1° Ano
Ronaldo Santana
 
Descritores cie 2_bim_2014
Descritores cie  2_bim_2014Descritores cie  2_bim_2014
Descritores cie 2_bim_2014
Janete Guedes
 
Plano de aula 6 gabriel
Plano de aula 6   gabrielPlano de aula 6   gabriel
Plano de aula 6 gabriel
familiaestagio
 
Biologia ensino profissional - módulo a1
Biologia   ensino profissional - módulo a1Biologia   ensino profissional - módulo a1
Biologia ensino profissional - módulo a1
Rita_Brito
 
Biologia: Manual de Orientação
Biologia: Manual de OrientaçãoBiologia: Manual de Orientação
Biologia: Manual de Orientação
LeciOne
 
Planejamento anual de ciências
Planejamento anual de ciênciasPlanejamento anual de ciências
Planejamento anual de ciências
Marlene Sampaio
 
Versão preliminar do currículo referencia da rede estadual ensino médio
Versão preliminar do currículo referencia da rede estadual   ensino médioVersão preliminar do currículo referencia da rede estadual   ensino médio
Versão preliminar do currículo referencia da rede estadual ensino médio
heliane
 
a origem da biologia e as bases do pensamento
a origem da biologia e as bases do pensamento a origem da biologia e as bases do pensamento
a origem da biologia e as bases do pensamento
Gisleno Alves
 

Mais procurados (20)

Planejamento de biologia 2º ano
Planejamento de  biologia 2º anoPlanejamento de  biologia 2º ano
Planejamento de biologia 2º ano
 
023 ciências
023   ciências023   ciências
023 ciências
 
Quimica aplicada
Quimica aplicadaQuimica aplicada
Quimica aplicada
 
Ementa biologia
Ementa biologiaEmenta biologia
Ementa biologia
 
Curso de Biologia para ENEM 2017
Curso de Biologia para ENEM 2017Curso de Biologia para ENEM 2017
Curso de Biologia para ENEM 2017
 
Planejamento biologia 2012
Planejamento biologia 2012Planejamento biologia 2012
Planejamento biologia 2012
 
Apostila de-biologia
Apostila de-biologiaApostila de-biologia
Apostila de-biologia
 
Planejamento de biologia 1º ano antonio carlos carneiro barroso
Planejamento de biologia 1º ano antonio carlos carneiro barrosoPlanejamento de biologia 1º ano antonio carlos carneiro barroso
Planejamento de biologia 1º ano antonio carlos carneiro barroso
 
Descritores do 1º bimestre de 2011
Descritores do 1º bimestre de 2011Descritores do 1º bimestre de 2011
Descritores do 1º bimestre de 2011
 
Otm biologia
Otm biologiaOtm biologia
Otm biologia
 
Caderno de Bilogia 1º ano - Resolvido
Caderno de Bilogia 1º ano - ResolvidoCaderno de Bilogia 1º ano - Resolvido
Caderno de Bilogia 1º ano - Resolvido
 
OTMs biologia
OTMs biologiaOTMs biologia
OTMs biologia
 
Planejamento anual TI Biologia 1° Ano
Planejamento anual TI Biologia 1° AnoPlanejamento anual TI Biologia 1° Ano
Planejamento anual TI Biologia 1° Ano
 
Descritores cie 2_bim_2014
Descritores cie  2_bim_2014Descritores cie  2_bim_2014
Descritores cie 2_bim_2014
 
Plano de aula 6 gabriel
Plano de aula 6   gabrielPlano de aula 6   gabriel
Plano de aula 6 gabriel
 
Biologia ensino profissional - módulo a1
Biologia   ensino profissional - módulo a1Biologia   ensino profissional - módulo a1
Biologia ensino profissional - módulo a1
 
Biologia: Manual de Orientação
Biologia: Manual de OrientaçãoBiologia: Manual de Orientação
Biologia: Manual de Orientação
 
Planejamento anual de ciências
Planejamento anual de ciênciasPlanejamento anual de ciências
Planejamento anual de ciências
 
Versão preliminar do currículo referencia da rede estadual ensino médio
Versão preliminar do currículo referencia da rede estadual   ensino médioVersão preliminar do currículo referencia da rede estadual   ensino médio
Versão preliminar do currículo referencia da rede estadual ensino médio
 
a origem da biologia e as bases do pensamento
a origem da biologia e as bases do pensamento a origem da biologia e as bases do pensamento
a origem da biologia e as bases do pensamento
 

Destaque

Planejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º anoPlanejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º ano
Agenario Silva
 
7ª série 1º sem2013
7ª série 1º sem20137ª série 1º sem2013
7ª série 1º sem2013
guilaboratorio
 
Artes 01 gênesis 1º ano diretrizes e pré-história
Artes 01 gênesis 1º ano  diretrizes e  pré-históriaArtes 01 gênesis 1º ano  diretrizes e  pré-história
Artes 01 gênesis 1º ano diretrizes e pré-história
hbilinha
 
6° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 2010
6° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 20106° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 2010
6° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 2010
familiaestagio
 
Planejamento de acordo com cbc
Planejamento de acordo com cbcPlanejamento de acordo com cbc
Planejamento de acordo com cbc
Angelina Lopes
 
Egito história da arte 7º ano
Egito história da arte 7º anoEgito história da arte 7º ano
Egito história da arte 7º ano
josivaldopassos
 
97753484 atividade-de-artes-expressionismo
97753484 atividade-de-artes-expressionismo97753484 atividade-de-artes-expressionismo
97753484 atividade-de-artes-expressionismo
Pedro Alcantara
 

Destaque (20)

Planejamento Ciencias Arariba
Planejamento Ciencias AraribaPlanejamento Ciencias Arariba
Planejamento Ciencias Arariba
 
Planejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º anoPlanejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º ano
 
Plano de ensino 8º ano ciencias
Plano de ensino 8º ano cienciasPlano de ensino 8º ano ciencias
Plano de ensino 8º ano ciencias
 
O paladar
O paladarO paladar
O paladar
 
7ª série 1º sem2013
7ª série 1º sem20137ª série 1º sem2013
7ª série 1º sem2013
 
Diário de classe do 7º ano
Diário de classe do 7º anoDiário de classe do 7º ano
Diário de classe do 7º ano
 
Arte 7º ano monet e a música simone helen drumond
Arte 7º ano   monet e a música simone helen drumondArte 7º ano   monet e a música simone helen drumond
Arte 7º ano monet e a música simone helen drumond
 
Matrizde referência ciências
Matrizde referência ciênciasMatrizde referência ciências
Matrizde referência ciências
 
Plano de curso 6ano
Plano de curso 6anoPlano de curso 6ano
Plano de curso 6ano
 
Artes 01 gênesis 1º ano diretrizes e pré-história
Artes 01 gênesis 1º ano  diretrizes e  pré-históriaArtes 01 gênesis 1º ano  diretrizes e  pré-história
Artes 01 gênesis 1º ano diretrizes e pré-história
 
Plano 4º ano arte
Plano 4º ano artePlano 4º ano arte
Plano 4º ano arte
 
6° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 2010
6° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 20106° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 2010
6° e 7º plano de aula. quinzenal. 10.11 a 17.11 de 2010
 
Plano de ensino de arte em 1 ano
Plano de ensino de arte em 1 anoPlano de ensino de arte em 1 ano
Plano de ensino de arte em 1 ano
 
Planejamento de acordo com cbc
Planejamento de acordo com cbcPlanejamento de acordo com cbc
Planejamento de acordo com cbc
 
Oficina matriz de referencia
Oficina matriz de referenciaOficina matriz de referencia
Oficina matriz de referencia
 
Plano de curso setimo ano artes (1)
Plano de curso setimo ano artes (1)Plano de curso setimo ano artes (1)
Plano de curso setimo ano artes (1)
 
Egito história da arte 7º ano
Egito história da arte 7º anoEgito história da arte 7º ano
Egito história da arte 7º ano
 
Plano de curso 7º ano matemática
Plano de curso 7º ano matemáticaPlano de curso 7º ano matemática
Plano de curso 7º ano matemática
 
97753484 atividade-de-artes-expressionismo
97753484 atividade-de-artes-expressionismo97753484 atividade-de-artes-expressionismo
97753484 atividade-de-artes-expressionismo
 
Plano de aula o escravo negro no brasil colonia - tráfico e cotidiano
Plano de aula   o escravo negro no brasil colonia - tráfico e cotidianoPlano de aula   o escravo negro no brasil colonia - tráfico e cotidiano
Plano de aula o escravo negro no brasil colonia - tráfico e cotidiano
 

Semelhante a Plano de curso 7ano

Plano de estudos habilidades e competências, ciências
Plano de estudos habilidades e competências, ciênciasPlano de estudos habilidades e competências, ciências
Plano de estudos habilidades e competências, ciências
pibiduergsmontenegro
 
Planificação anual cn 5
Planificação anual cn 5Planificação anual cn 5
Planificação anual cn 5
Pedro Tonyzinho
 
6 plano semanal rondinelle
6   plano semanal rondinelle6   plano semanal rondinelle
6 plano semanal rondinelle
familiaestagio
 
Há microrganismos em toda parte
Há microrganismos em toda parteHá microrganismos em toda parte
Há microrganismos em toda parte
neuza1964
 
Plano de curso fundamentos de biologia.
Plano de curso fundamentos de biologia.Plano de curso fundamentos de biologia.
Plano de curso fundamentos de biologia.
wagnermaximo
 
Proposta curricular de biologia 2010
Proposta curricular de biologia 2010Proposta curricular de biologia 2010
Proposta curricular de biologia 2010
familiaestagio
 
Proposta curricular tais, paula e charlene
Proposta curricular tais, paula e charleneProposta curricular tais, paula e charlene
Proposta curricular tais, paula e charlene
familiaestagio
 
Proposta curricular tais, paula e charlene
Proposta curricular tais, paula e charleneProposta curricular tais, paula e charlene
Proposta curricular tais, paula e charlene
familiaestagio
 
Proposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiro
Proposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiroProposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiro
Proposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiro
familiaestagio
 
Proposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiro
Proposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiroProposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiro
Proposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiro
familiaestagio
 
Unidade escolar santa inês plano de curso
Unidade escolar santa inês plano de cursoUnidade escolar santa inês plano de curso
Unidade escolar santa inês plano de curso
Diana Costa
 
Proposta curricular de biologia 2010 severino vieira
Proposta curricular de biologia 2010 severino vieiraProposta curricular de biologia 2010 severino vieira
Proposta curricular de biologia 2010 severino vieira
familiaestagio
 
Biologia ensinoprofissional-mduloa1-121104122012-phpapp01 (1)
Biologia ensinoprofissional-mduloa1-121104122012-phpapp01 (1)Biologia ensinoprofissional-mduloa1-121104122012-phpapp01 (1)
Biologia ensinoprofissional-mduloa1-121104122012-phpapp01 (1)
João Valério
 
Proposta curricular de biologia brazilino viegas cris
Proposta curricular de biologia brazilino viegas   crisProposta curricular de biologia brazilino viegas   cris
Proposta curricular de biologia brazilino viegas cris
familiaestagio
 
Retorno avaliação
Retorno avaliaçãoRetorno avaliação
Retorno avaliação
Binatto
 
Planejamento anual 2013
Planejamento anual 2013Planejamento anual 2013
Planejamento anual 2013
silvana oliver
 

Semelhante a Plano de curso 7ano (20)

Plano de estudos habilidades e competências, ciências
Plano de estudos habilidades e competências, ciênciasPlano de estudos habilidades e competências, ciências
Plano de estudos habilidades e competências, ciências
 
Planificação anual cn 5
Planificação anual cn 5Planificação anual cn 5
Planificação anual cn 5
 
Anual cn5
Anual cn5Anual cn5
Anual cn5
 
Conecte biologia -
Conecte   biologia - Conecte   biologia -
Conecte biologia -
 
6 plano semanal rondinelle
6   plano semanal rondinelle6   plano semanal rondinelle
6 plano semanal rondinelle
 
Há microrganismos em toda parte
Há microrganismos em toda parteHá microrganismos em toda parte
Há microrganismos em toda parte
 
EJA PLANEJAMENTO ANUAL
EJA PLANEJAMENTO ANUAL EJA PLANEJAMENTO ANUAL
EJA PLANEJAMENTO ANUAL
 
Plano de curso fundamentos de biologia.
Plano de curso fundamentos de biologia.Plano de curso fundamentos de biologia.
Plano de curso fundamentos de biologia.
 
Proposta curricular de biologia 2010
Proposta curricular de biologia 2010Proposta curricular de biologia 2010
Proposta curricular de biologia 2010
 
Proposta curricular tais, paula e charlene
Proposta curricular tais, paula e charleneProposta curricular tais, paula e charlene
Proposta curricular tais, paula e charlene
 
Proposta curricular tais, paula e charlene
Proposta curricular tais, paula e charleneProposta curricular tais, paula e charlene
Proposta curricular tais, paula e charlene
 
Proposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiro
Proposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiroProposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiro
Proposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiro
 
Proposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiro
Proposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiroProposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiro
Proposta curricular de biologia 2010 pedro ribeiro
 
Unidade escolar santa inês plano de curso
Unidade escolar santa inês plano de cursoUnidade escolar santa inês plano de curso
Unidade escolar santa inês plano de curso
 
Anual cn6
Anual cn6Anual cn6
Anual cn6
 
Proposta curricular de biologia 2010 severino vieira
Proposta curricular de biologia 2010 severino vieiraProposta curricular de biologia 2010 severino vieira
Proposta curricular de biologia 2010 severino vieira
 
Biologia ensinoprofissional-mduloa1-121104122012-phpapp01 (1)
Biologia ensinoprofissional-mduloa1-121104122012-phpapp01 (1)Biologia ensinoprofissional-mduloa1-121104122012-phpapp01 (1)
Biologia ensinoprofissional-mduloa1-121104122012-phpapp01 (1)
 
Proposta curricular de biologia brazilino viegas cris
Proposta curricular de biologia brazilino viegas   crisProposta curricular de biologia brazilino viegas   cris
Proposta curricular de biologia brazilino viegas cris
 
Retorno avaliação
Retorno avaliaçãoRetorno avaliação
Retorno avaliação
 
Planejamento anual 2013
Planejamento anual 2013Planejamento anual 2013
Planejamento anual 2013
 

Último

clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
LuanaAlves940822
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 

Último (20)

Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e SenegalTrabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
Trabalho sobre as diferenças demograficas entre EUA e Senegal
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 

Plano de curso 7ano

  • 1. Escola Municipal Dr. Emílio Ábdon Póvoa Lei Municipal nº 1810 de 29/01/93 Parecer CEE nº 765/93 de09/11/93 Rua: São José, nº 20 - Bairro Carioca –Tel.: (35) 3349-8470 - São Lourenço – MG PLANEJAMENTO DE ENSINO DE CIÊNCIAS ANO 2016 I- IDENTIFICAÇÃO ESCOLA MUNICIPAL DR. EMÍLIO ABDOM PÓVOA CONTEÚDO: CIÊNCIAS TURMA: 7º ano B e C Nº DE AULAS SEMANAIS: 2 PROFESSORA: MARIA DE LOURDES RIBEIRO II- OBJETIVOS GERAIS  Compreender o que é a ciência e como o conhecimento cientifico interfere em nossas relações com o mundo natural, com o mundo construído e com as outras pessoas.  Discutir e examinar impactos de ciência e tecnologia na sociedade, envolvendo as dimensões ética, estética, política, social, econômica e ambiental.  Compreender o mundo em que vivemos de modo a orientar as ações em nível individual e social.  Propor um modo de pensar, de chegar a conclusões coerentes a partir de proposições, de questionar preconceitos e hipóteses.
  • 2. III- CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1º BIMESTRE Eixo Temático Tema Tópicos Objetivos Específicos Nº de aulas I Ambiente e Vida 1. Diversidade da Vida nos Ambientes • As populações. • As relações ecológicas. • A ação humana nos ecossistemas. • A recomposição dos ecossistemas. 1. Relacionar o aprendizado teórico com a observação prática de ambientes naturais. 2. Compreender o conceito de população ecológica e as suas propriedades. 3. Perceber que os organismos interagem entre si e estabelecem relações ecológicas. 4. Problematizar o fato de o ser humano fazer parte do ambiente e que suas ações interferem nele. 5. Construir o conceito de ecossistema, considerando que ele é dinâmico. 6 I Ambiente e Vida 1. Diversidade da Vida nos Ambientes • A organização dos seres vivos. • A célula. • As células procariontes e as eucariontes. 1. Reconhecer as características comuns a todos os seres vivos. 2. Perceber que a célula é a unidade fundamental de todos os seres vivos. 3. Identificar as principais estruturas das células. 4. Conhecer os diferentes tipos de célula: procarionte e eucarionte. 7 I Ambiente e Vida 1. Diversidade da Vida nos Ambientes • Por que classificar? • Os vírus. • O reino dos moneras. • O reino dos protistas. • O reino dos fungos. • O ambiente, a saúde e os seres microscópicos. 1. Compreender a necessidade de classificação dos seres vivos. 2. Reconhecer os critérios utilizados para a classificação dos seres vivos. 3. Identificar as categorias taxonômicas propostas por Lineu. 4. Caracterizar os cinco reinos apresentados. 5. Compreender por que os vírus não estão classificados em nenhum reino. 6. Conhecer as características do reino dos moneras. 7. Conhecer as características do reino dos protistas. 8. Conhecer as características do reino dos fungos. 9. Identificar doenças emergentes e reemergentes. 10. Discutir aspectos sociais que interferem nas condições de saúde da população humana. 7
  • 3. III- CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 2º BIMESTRE Eixo Temático Tema Tópicos Objetivos Específicos Nº de aulas I Ambiente e Vida 1. Diversidade da Vida nos Ambientes • Características das plantas. • As células e os tecidos das plantas. • Classificação das plantas. • Plantas sem sementes. • Plantas com sementes. 1. Reconhecer as características que identificam as plantas, comparando a teoria com a observação prática de diferentes espécies. 2. Compreender a função das plantas nas cadeias alimentares. 3. Compreender o que são os tecidos das plantas e quais as diferentes funções que eles podem desempenhar. 4. Conhecer como ocorre o processo de nutrição das plantas e suas diferentes etapas: a absorção, a condução, a fotossíntese e a respiração. 5. Identificar os quatro grandes grupos do reino das plantas: briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas. 6. Construir elementos e conceitos que permitam interpretar a diversidade dos grupos de plantas como consequência do processo evolutivo 10 I Ambiente e Vida 1. Diversidade da Vida nos Ambientes • A raiz. • O caule. • A folha. • A flor. • O fruto. • A semente. • 1. Identificar as estruturas das angiospermas: raiz, caule, folha, flor, fruto e semente. 2. Compreender o desenvolvimento das angiospermas. 3. Conhecer e discutir as adaptações dos diferentes tipos de raízes. 4. Conhecer e discutir as adaptações dos diferentes tipos de caules. 5. Conhecer e discutir as adaptações dos diferentes tipos de folhas. 6. Conhecer as flores e seus órgãos reprodutores, feminino e masculino. 7. Compreender o processo de polinização, associando-o à adaptação. 8. Conhecer os diferentes tipos de frutos. 9. Compreender o processo de dispersão de sementes, associando-o à adaptação. 10
  • 4. 3º BIMESTRE Eixo Temático Tema Tópicos Objetivos Específicos Nº de aulas I Ambiente e Vida 1. Diversidade da Vida nos Ambientes • Grupos de animais. • Poríferos. • Cnidários. • Platelmintos. • Nematódeos. • Moluscos. • Anelídeos. • Artrópodes. • Equinodermos. • O desafio do dengue. 1. Perceber e entender as condições que favorecem a diversidade dos invertebrados. 2. Identificar os diversos filos de animais invertebrados e suas características. 3. Conhecer algumas parasitoses causadas por platelmintos e nematódeos e como são transmitidas. 4. Compreender o processo de metamorfose dos insetos. 5. Contextualizar o estudo dos invertebrados pela relação entre forma, função e adaptação ao ambiente. 20 4º BIMESTRE Eixo Temático Tema Tópicos Objetivos Específicos Nº de aulas I Ambiente e Vida 1. Diversidade da Vida nos Ambientes Vertebrados. • Peixes. • Anfíbios. • Aves. • Mamíferos 1. Perceber a diversidade dos vertebrados. 2. Identificar os diversos grupos de animais vertebrados e suas características. 3. Reconhecer e discutir as características que conferem capacidade de voo às aves. 4. Reconhecer e discutir as estratégias, de alguns grupos, relacionadas à vida terrestre. 20 Total de Aulas: 80 IV- CONTEÚDO PROGRAMÁTICO – Tópicos Complementares Programação Anual 7 º ano Eixo Temático Tema Tópicos Objetivos Específicos Nº de aulas I Ambiente e Vida 2: Diversidade dos Materiais II. O ar – propriedades e composição • Reconhecer a presença de componentes do ar atmosférico em reações químicas como a combustão, fermentação, fotossíntese e respiração celular. 3 II Corpo Humano e Saúde 8: A Dinâmica do Corpo V. Saúde preventiva • Reconhecer os fatores de risco associados às doenças circulatórias e formas de prevenção. 2
  • 5. Programação Anual 7 º ano Eixo Temático Tema Tópicos Objetivos Específicos Nº de aulas II Corpo Humano e Saúde 8: A Dinâmica do Corpo V. Saúde preventiva • Reconhecer fatores ambientais (fumo e poluição) em doenças do sistema respiratório. 2 II Corpo Humano e Saúde 8: A Dinâmica do Corpo V. Saúde preventiva • Examinar problemas no sistema excretor, formas de tratamento e cuidados de prevenção. 2 II Corpo Humano e Saúde 9.Sexualidade VI. Mudanças na adolescência • Reconhecer e discutir mudanças físicas e psicológicas na adolescência. 2 II Corpo Humano e Saúde 9.Sexualidade VI. Mudanças na adolescência • Diferenciar identidade pessoal e coletiva e sua importância na vida em sociedade. 2 II Corpo Humano e Saúde 10: Interação do Corpo com Estímulos do Ambiente VII. Produção e percepção de sons • Identificar a presença de vibração em fenômenos de produção de sons. 3 II Corpo Humano e Saúde 10: Interação do Corpo com Estímulos do Ambiente VII. Produção e percepção de sons • Utilizar o modelo ondulatório para descrever a propagação de sons. 3 Total de Aulas: 19 Obs : Os tópicos complementares e respectivos números de aulas serão ministrados e avaliados a critério do professor, de acordo com o desenvolvimento da turma, priorizando os tópicos obrigatórios.
  • 6. V- METODOLOGIA Trabalho em grupo; Pesquisa de Campo; Aula Prática; Exercícios de Fixação; Mídias; Hipermídias; Feira Cultural; Exposição de Trabalhos; Leituras. VI- RECURSOS Caderno do aluno; Datashow; Quadro/giz; Livro didático; Experimentos simples com sucata e material alternativo de laboratório; jornais, revistas e artigos diversos; Mídias; Computador; Celular e Projetor. Obs.: O uso do livro didático Seleção dos eixos temáticos e temas, tópicos e habilidades, referentes ao ano escolar em curso. Seleção dos textos, experiências, atividades que podem ser utilizadas para a concretização do conteúdo do CBC. Pesquisa em outros livros didáticos do mesmo ano ou de anos diferentes e outros materiais as atividades que possam ser utilizadas para concretizar as habilidades selecionadas. VII- AVALIAÇÃO Diagnóstica; Oral; Escrita; Atitudinal e Virtual (quando possível). VIII – BIBLIOGRAFIA Projeto Araribá – 7º ano Conteúdos Básicos Comuns – CBC Blog da Educação Caderno de Boas Práticas do Ensino de Ciências Portal do Professor – MEC Orientações Pedagógicas SEE/MG Centro de Referência Virtual do Professor Moderna Digital. Serviços Educacionais. Disponível em: <http://www.modernadigital.com.br/main.jsp?lumChannelId=4028818B3D4657C0013D5F B35F865BA8> Planejamento de ciências. planejamento_ciencias_arariba.pdf. Disponível em: <http://issuu.com/ed_moderna/docs/planejamento_ciencias_arariba> OBS.: Ações para alunos de PDI (Plano de Desenvolvimento Individual): Abordagem do conteúdo de maneira diferenciada; avaliações de acordo com o grau de desenvolvimento e adaptação; acompanhamento individual do desempenho. São Lourenço, fevereiro de 2016 Profª Ms. Maria de Lourdes Ribeiro