SlideShare uma empresa Scribd logo
PLANEJAMENTO VERTICAL E HORIZONTAL NAS 
ESCOLAS DO VALE DO JURUÁ – 2013 
 PLANEJAMENTO: 
 Inicialmente, os professores deverão se organizar por disciplinas (vertical) para 
definição dos conteúdos a serem retomados e priorizados para o nivelamento e apoio 
pedagógico. 
 Ao determinar o plano de curso mediante utilização dos referenciais curriculares, dividir 
os conteúdos que serão trabalhados por bimestre e as atividades de leitura e escrita 
priorizando um gênero textual. 
 O Planejamento deve estar voltado para garantir ações de qualidade principalmente para 
que os alunos no nível crítico e abaixo do crítico tenham condições para avançar em 
leitura e produção textual em todas as áreas. 
 Os professores deverão se organizar por disciplinas e discutir a partir dos resultados das 
últimas avaliações de aprendizagem dos alunos de 2012 a estrutura do trabalho a ser 
desenvolvido em 2013 com cada ano. 
 Planejar com os professores do 8º e 9º ano, 2º e 3º ano do ensino médio para avaliar os 
alunos e definir o enturmamento temporário para 1º bimestre - serão formadas turmas 
provisórias de apoio às dificuldades desses alunos; não haverá prejuízos com o trabalho 
normal dos conteúdos. O professor responsável pela turma elaborará atividades 
diferenciadas e qualitativas acessíveis ao entendimento do aluno, permeando e 
observando seu avanço, (as atividades poderão ser selecionadas dos seguintes suportes: 
Gestar II, Oficinas de Língua Portuguesa, Nivelamento...), sendo que das 4 horas aula 
de Língua Portuguesa 2 horas são destinadas ao nivelamento e 2 para as OLETS. 
 Para as atividades de leitura, escrita e produção cada disciplina deverá definir atividades 
(2) que deverão ser desenvolvidas durante cada bimestre. O gênero textual poderá ser 
determinado pelo professor de Português. Não esquecer de explorar em sala 
informações sobre o gênero que está sendo trabalhado. 
 A organização dos professores por ano e por disciplinas tem como objetivo a prática do 
planejamento, o fortalecimento do trabalho coletivo e o compartilhamento dos saberes 
como parte da formação de todos, além de potencializar o ensino nas várias áreas a 
favor da aprendizagem dos alunos.
 A formação de leitores e escritores competentes em todas as áreas é um dos desafios 
que é preciso alcançar e todas as disciplinas podem contribuir para que seja possível em 
um tempo curto. Para tanto, é preciso que as atividades a serem desenvolvidas em todas 
as disciplinas tenham esse foco. 
 ENTURMAMENTO: 
 No planejamento horizontal os professores do 8º e 9º ano, 2º e 3º do ensino médio irão 
se reunir para direcionar quais alunos com dificuldades farão parte da enturmamento no 
1º bimestre. 
 A escola deverá determinar critérios para a formação deste enturmamento baseadas nas 
dificuldades de aprendizagem, relatórios e nos resultados finais. 
 Será trabalhado nas mesmas o nivelamento em Língua Portuguesa (2 h/a para as OLETs 
e 2 h/a para o nivelamento: com os componentes linguísticos) e Matemática. 
 As atividades selecionadas deverão ser de acordo com os descritores em que os alunos 
ficaram no básico e no abaixo do básico nos resultados das avaliações externas e 
internas. 
 Formar uma dupla de formadores em Língua Portuguesa e Matemática do NSEE para 
orientar e planejar com os professores de 9º ano e 3º ano do ensino médio no decorrer 
do ano. 
 Os professores de Língua Portuguesa e Matemática devem acrescentar atividades 
complementares no nivelamento para sanar dificuldades detectadas a partir de sua 
prática de sala de aula. (Ex: o aluno não domina conhecimentos com números racionais, 
então deverá ser incluído no apoio pedagógico). 
 As demais disciplinas trabalham o seu “nivelamento” (avaliação diagnóstica) 
retomando os pontos básicos que faltou trabalhar na série anterior ou os que são lacunas 
na formação do aluno e pré-requisito para a nova série desenvolvendo atividades 
visando leitura, escrita e produção. (OLETs) 
 No final do 1º bimestre, os alunos dos 6º ao 9º ano e Ensino Médio, em Língua 
Portuguesa e Matemática, passarão por uma avaliação da SEE para verificar a correção 
do desempenho e se ainda for detectado alunos com baixo desempenho ou baixo 
rendimento, a escola terá de organizar o apoio pedagógico paralelo ao trabalho letivo 
(Ex: Matemática 1 ou duas aulas de apoio pedagógico e as demais segue o conteúdo 
normal; Língua Portuguesa 2 h para oficina de leitura e escrita e 2 h para o conteúdo 
normal).
 No final do 1º bimestre os alunos do enturmamento voltarão para sua turma de origem. 
 PLANEJAMENTO VERTICAL: 
 1º momento: Ocorrerá o agrupamento dos professores por disciplina. 
 Será realizado quinzenalmente. 
 Visa analisar o desempenho dos alunos nas várias disciplinas, buscando identificar as 
variações entre as disciplinas e as possíveis causas. 
 Busca definir as modalidades de nivelamento e apoio pedagógico a ser oferecido aos 
alunos, bem como a forma de implementação. 
 Analisa coletivamente os planejamentos esboçados pela disciplina, visando identificar 
as articulações possíveis entre os conteúdos, textos que podem ser trabalhados de forma 
coletiva, projetos que podem ser interdisciplinares, etc. 
 Deverão levar em conta os resultados das avaliações internas (Avaliações da própria 
escola) e externas (SEAP, PROVA BRASIL), os descritores e as competências de cada 
ano/série. 
 Selecionar atividades de leitura e escrita dentro de sua área e do referencial. 
 Selecionar recursos, adaptação das atividades a projetos ou programas da escola, 
inclusão comunitária... 
 É importante que os professores de uma mesma disciplina possam garantir a sequência 
do trabalho pedagógico ao longo dos anos (6º. ao 9º. e Ensino Médio) para que as 
disciplinas não sejam tratadas de forma estanque em cada ano. 
 PLANEJAMENTO HORIZONTAL: 
 2º momento: Ocorrerá o agrupamento dos professores por ano/série. 
 Será bimestral, podendo ocorrer mensalmente. 
 Visa analisar o desempenho dos alunos nas várias disciplinas, buscando identificar as 
variações entre as disciplinas e as possíveis causas. 
 Busca definir as modalidades de nivelamento e apoio pedagógico a ser oferecido aos 
alunos, bem como a forma de implementação. 
 Analisa coletivamente os planejamentos esboçados para as várias disciplinas, visando 
identificar as articulações possíveis entre os conteúdos, textos que podem ser 
trabalhados de forma coletiva, projetos que podem ser interdisciplinares, etc.
 Reunir por ano e além de discutir questões de interesse conjunto, problemáticas, 
projetos e etc. selecionar a quantidade de atividades de leitura, escrita e produção que 
deverão ser realizadas no bimestre e adequar as atividades às disciplinas. 
 Destacar quais disciplinas poderão trabalhar essas atividades (leitura e escrita) e os 
conteúdos relacionados. 
 Selecionar recursos, adaptação das atividades a projetos ou programas da escola, 
inclusão comunitária... 
 OBSERVAÇÕES 
 Os professores juntamente com a equipe pedagógica nos planejamentos deverão levar 
em conta os resultados das avaliações internas (Avaliações da própria escola) e externas 
(SEAP, PROVA BRASIL), os descritores e as competências de cada ano/série. 
 Conteúdos priorizados: conteúdos presentes nos referenciais curriculares para cada 
ano/série e disciplina. 
 O quadro dos conteúdos priorizados deve ser organizado e entregue em cada bimestre. 
 Deve ser entregue para o coordenador pedagógico, para o mesmo organizar sua rotina. 
 Servirá de subsídio para a elaboração das sequências quinzenais. 
 Atividades de leitura e escrita 
 O quadro sobre as atividades de leitura e escrita deve ser feito a cada bimestre e 
anexado no planejamento vertical dos conteúdos priorizados. As atividades devem ser 
retiradas do referencial curricular. 
 Um gênero textual deve ser priorizado em cada bimestre, determinado pelo grupo de 
professores sobre a orientação principalmente do professor de Língua Portuguesa.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cópia de Plano de Ação_EE Coronel 2023.docx
Cópia de Plano de Ação_EE Coronel 2023.docxCópia de Plano de Ação_EE Coronel 2023.docx
Cópia de Plano de Ação_EE Coronel 2023.docx
ProfLeandrodosSantos
 
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADEPPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
QUEDMA SILVA
 
Conselho de classe - slides
Conselho de classe - slidesConselho de classe - slides
Conselho de classe - slides
Luziete Leite
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Belister Paulino
 
Projeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPProjeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPP
Hebert Arcanjo
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolar
Ananda Lima
 
Construindo PEI .pdf
Construindo PEI .pdfConstruindo PEI .pdf
Construindo PEI .pdf
LetciaCarvalhodosSan2
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação Pedagogo
CÉSAR TAVARES
 
Formularios avaliacao-diretor
Formularios avaliacao-diretorFormularios avaliacao-diretor
Formularios avaliacao-diretor
Fabiano Ferraz
 
Gestão de sala de aula
Gestão de sala de aula Gestão de sala de aula
Gestão de sala de aula
mtolentino1507
 
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Ricardo Silva
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
GERALDOGOMESDEBARROS
 
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópiaApresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Eunice Mendes de Oliveira
 
CURRICULO EJA 3ª E 4ª ETAPA 2023.pdf
CURRICULO EJA 3ª E 4ª ETAPA 2023.pdfCURRICULO EJA 3ª E 4ª ETAPA 2023.pdf
CURRICULO EJA 3ª E 4ª ETAPA 2023.pdf
Gleici Licá
 
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdfPrograma de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
AdrianoSilvestre6
 
Gestão escolar
Gestão escolarGestão escolar
Projeto gincana cultural interdisciplinar
Projeto gincana cultural interdisciplinarProjeto gincana cultural interdisciplinar
Projeto gincana cultural interdisciplinar
Alexandra Battalin Picheli
 
Pei slides programa de acao
Pei slides programa de acaoPei slides programa de acao
Pei slides programa de acao
E.E. Mario Martins Pereira
 
Ficha de acompanhamento bimestral do aluno por nível
Ficha de acompanhamento bimestral do aluno por nívelFicha de acompanhamento bimestral do aluno por nível
Ficha de acompanhamento bimestral do aluno por nível
Alekson Morais
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação Pedagogo
CÉSAR TAVARES
 

Mais procurados (20)

Cópia de Plano de Ação_EE Coronel 2023.docx
Cópia de Plano de Ação_EE Coronel 2023.docxCópia de Plano de Ação_EE Coronel 2023.docx
Cópia de Plano de Ação_EE Coronel 2023.docx
 
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADEPPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
 
Conselho de classe - slides
Conselho de classe - slidesConselho de classe - slides
Conselho de classe - slides
 
Plano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão EscolarPlano de trabalho para Gestão Escolar
Plano de trabalho para Gestão Escolar
 
Projeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPProjeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPP
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolar
 
Construindo PEI .pdf
Construindo PEI .pdfConstruindo PEI .pdf
Construindo PEI .pdf
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação Pedagogo
 
Formularios avaliacao-diretor
Formularios avaliacao-diretorFormularios avaliacao-diretor
Formularios avaliacao-diretor
 
Gestão de sala de aula
Gestão de sala de aula Gestão de sala de aula
Gestão de sala de aula
 
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
 
Plano de ação 2011
Plano de ação 2011Plano de ação 2011
Plano de ação 2011
 
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópiaApresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
 
CURRICULO EJA 3ª E 4ª ETAPA 2023.pdf
CURRICULO EJA 3ª E 4ª ETAPA 2023.pdfCURRICULO EJA 3ª E 4ª ETAPA 2023.pdf
CURRICULO EJA 3ª E 4ª ETAPA 2023.pdf
 
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdfPrograma de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
Programa de ação PEI Adriano Silvestre de Oliveira Junior 2023.pdf
 
Gestão escolar
Gestão escolarGestão escolar
Gestão escolar
 
Projeto gincana cultural interdisciplinar
Projeto gincana cultural interdisciplinarProjeto gincana cultural interdisciplinar
Projeto gincana cultural interdisciplinar
 
Pei slides programa de acao
Pei slides programa de acaoPei slides programa de acao
Pei slides programa de acao
 
Ficha de acompanhamento bimestral do aluno por nível
Ficha de acompanhamento bimestral do aluno por nívelFicha de acompanhamento bimestral do aluno por nível
Ficha de acompanhamento bimestral do aluno por nível
 
Plano de Ação Pedagogo
Plano de Ação PedagogoPlano de Ação Pedagogo
Plano de Ação Pedagogo
 

Destaque

23416525 arte-planos-de-aula
23416525 arte-planos-de-aula23416525 arte-planos-de-aula
23416525 arte-planos-de-aula
Daniel Comparini
 
Orientações curriculares do estado do acre ensino fundamental.
Orientações curriculares do estado do acre   ensino fundamental.Orientações curriculares do estado do acre   ensino fundamental.
Orientações curriculares do estado do acre ensino fundamental.
Mauro Uchoa
 
Procedimentos de leitura
Procedimentos de leituraProcedimentos de leitura
Procedimentos de leitura
weleslima
 
Analise vertical e horizontal
Analise vertical e horizontalAnalise vertical e horizontal
Analise vertical e horizontal
admcontabil
 
Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino
Darlan Campos
 
Ações Mercadológicas
Ações MercadológicasAções Mercadológicas
Ações Mercadológicas
Carolina Gianotta
 
Estratégias mercadológicas i – parte 1
Estratégias mercadológicas i – parte 1Estratégias mercadológicas i – parte 1
Estratégias mercadológicas i – parte 1
Francisco Junior
 
Orientacoes Curriculares para a Educação Pré-Escolar
Orientacoes Curriculares para a Educação Pré-EscolarOrientacoes Curriculares para a Educação Pré-Escolar
Orientacoes Curriculares para a Educação Pré-Escolar
Maria Leonor
 
FUNÇÃO DO PROFESSOR REGENTE
FUNÇÃO DO PROFESSOR REGENTEFUNÇÃO DO PROFESSOR REGENTE
FUNÇÃO DO PROFESSOR REGENTE
mlfmlopes
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
cejad
 
Apresentação da Proposta Anual - EMI - Leitura e Letramento
Apresentação da Proposta Anual - EMI - Leitura e LetramentoApresentação da Proposta Anual - EMI - Leitura e Letramento
Apresentação da Proposta Anual - EMI - Leitura e Letramento
cejad
 
orientações curriculares
 orientações curriculares orientações curriculares
orientações curriculares
lucimeirecsf
 
Matriz de referência – língua portuguesa
Matriz de referência – língua portuguesaMatriz de referência – língua portuguesa
Matriz de referência – língua portuguesa
weleslima
 
Proposta de Plano anual de atividades do Colégio Letrinhas 2015/2016
Proposta de Plano anual de atividades do Colégio Letrinhas 2015/2016Proposta de Plano anual de atividades do Colégio Letrinhas 2015/2016
Proposta de Plano anual de atividades do Colégio Letrinhas 2015/2016
Sílvia Sousa
 
Plano de curso de fisica
Plano de curso de fisicaPlano de curso de fisica
Plano de curso de fisica
kl3ison
 
Juízo de fato e Juízo de valor
Juízo de fato e Juízo de valorJuízo de fato e Juízo de valor
Juízo de fato e Juízo de valor
Danilo Pires
 
Texto com lacunas
Texto com lacunasTexto com lacunas
Texto com lacunas
Telma Sá
 
Plano anual de física para o ensino médio
Plano anual de física para o ensino médioPlano anual de física para o ensino médio
Plano anual de física para o ensino médio
Eric Novais SIlva
 
28 planta baixa e corte- passo a passo
28 planta baixa e corte- passo a passo28 planta baixa e corte- passo a passo
28 planta baixa e corte- passo a passo
Família Schmidt
 
Pauta de formação
Pauta de formaçãoPauta de formação
Pauta de formação
aplima71
 

Destaque (20)

23416525 arte-planos-de-aula
23416525 arte-planos-de-aula23416525 arte-planos-de-aula
23416525 arte-planos-de-aula
 
Orientações curriculares do estado do acre ensino fundamental.
Orientações curriculares do estado do acre   ensino fundamental.Orientações curriculares do estado do acre   ensino fundamental.
Orientações curriculares do estado do acre ensino fundamental.
 
Procedimentos de leitura
Procedimentos de leituraProcedimentos de leitura
Procedimentos de leitura
 
Analise vertical e horizontal
Analise vertical e horizontalAnalise vertical e horizontal
Analise vertical e horizontal
 
Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino Estrutura e funcionamento do ensino
Estrutura e funcionamento do ensino
 
Ações Mercadológicas
Ações MercadológicasAções Mercadológicas
Ações Mercadológicas
 
Estratégias mercadológicas i – parte 1
Estratégias mercadológicas i – parte 1Estratégias mercadológicas i – parte 1
Estratégias mercadológicas i – parte 1
 
Orientacoes Curriculares para a Educação Pré-Escolar
Orientacoes Curriculares para a Educação Pré-EscolarOrientacoes Curriculares para a Educação Pré-Escolar
Orientacoes Curriculares para a Educação Pré-Escolar
 
FUNÇÃO DO PROFESSOR REGENTE
FUNÇÃO DO PROFESSOR REGENTEFUNÇÃO DO PROFESSOR REGENTE
FUNÇÃO DO PROFESSOR REGENTE
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Apresentação da Proposta Anual - EMI - Leitura e Letramento
Apresentação da Proposta Anual - EMI - Leitura e LetramentoApresentação da Proposta Anual - EMI - Leitura e Letramento
Apresentação da Proposta Anual - EMI - Leitura e Letramento
 
orientações curriculares
 orientações curriculares orientações curriculares
orientações curriculares
 
Matriz de referência – língua portuguesa
Matriz de referência – língua portuguesaMatriz de referência – língua portuguesa
Matriz de referência – língua portuguesa
 
Proposta de Plano anual de atividades do Colégio Letrinhas 2015/2016
Proposta de Plano anual de atividades do Colégio Letrinhas 2015/2016Proposta de Plano anual de atividades do Colégio Letrinhas 2015/2016
Proposta de Plano anual de atividades do Colégio Letrinhas 2015/2016
 
Plano de curso de fisica
Plano de curso de fisicaPlano de curso de fisica
Plano de curso de fisica
 
Juízo de fato e Juízo de valor
Juízo de fato e Juízo de valorJuízo de fato e Juízo de valor
Juízo de fato e Juízo de valor
 
Texto com lacunas
Texto com lacunasTexto com lacunas
Texto com lacunas
 
Plano anual de física para o ensino médio
Plano anual de física para o ensino médioPlano anual de física para o ensino médio
Plano anual de física para o ensino médio
 
28 planta baixa e corte- passo a passo
28 planta baixa e corte- passo a passo28 planta baixa e corte- passo a passo
28 planta baixa e corte- passo a passo
 
Pauta de formação
Pauta de formaçãoPauta de formação
Pauta de formação
 

Semelhante a Planejamento vertical e horizontal nas escolas do vale do juruá atual

Lingua portuguesa documento orientador
Lingua portuguesa   documento orientadorLingua portuguesa   documento orientador
Lingua portuguesa documento orientador
Lúcia Ribeiro
 
7 Planejamento 31_01 Manhã.pptx
7 Planejamento 31_01 Manhã.pptx7 Planejamento 31_01 Manhã.pptx
7 Planejamento 31_01 Manhã.pptx
PEILUIZABELEM
 
Projeto reforço escolar
Projeto reforço escolarProjeto reforço escolar
Projeto reforço escolar
CLEAN LOURENÇO
 
ROTEIRO DE APOIO À ANÁLISE DE MATERIAIS DIDÁTICOS (1).pptx
ROTEIRO DE APOIO À ANÁLISE DE MATERIAIS DIDÁTICOS (1).pptxROTEIRO DE APOIO À ANÁLISE DE MATERIAIS DIDÁTICOS (1).pptx
ROTEIRO DE APOIO À ANÁLISE DE MATERIAIS DIDÁTICOS (1).pptx
JUSTINOOLIVEIRA
 
Aprendizagens e metas no ensino basico
Aprendizagens e metas no ensino basicoAprendizagens e metas no ensino basico
Aprendizagens e metas no ensino basico
fprc
 
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdfArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
Rosalina Simão Nunes
 
Diretrizes curriculares para imprensão
Diretrizes curriculares para imprensãoDiretrizes curriculares para imprensão
Diretrizes curriculares para imprensão
Rosemeri Fazoli Cezarette Lima
 
ensino integral slides_nivelamento_-15-03-2018.pptx
ensino integral slides_nivelamento_-15-03-2018.pptxensino integral slides_nivelamento_-15-03-2018.pptx
ensino integral slides_nivelamento_-15-03-2018.pptx
TulioSousa7
 
165262510 modelo-de-adequacao-curricular-autista
165262510 modelo-de-adequacao-curricular-autista165262510 modelo-de-adequacao-curricular-autista
165262510 modelo-de-adequacao-curricular-autista
marcinhamarcelino
 
Eb pt metas_curriculares_14_agos_2013
Eb pt metas_curriculares_14_agos_2013Eb pt metas_curriculares_14_agos_2013
Eb pt metas_curriculares_14_agos_2013
Mac2001
 
Metas Curriculares de Português
Metas Curriculares de PortuguêsMetas Curriculares de Português
Metas Curriculares de Português
Maria José Ramalho
 
Matriz_de_avaliacao_Processual_Anos_inic.pdf
Matriz_de_avaliacao_Processual_Anos_inic.pdfMatriz_de_avaliacao_Processual_Anos_inic.pdf
Matriz_de_avaliacao_Processual_Anos_inic.pdf
Evanise Albendim
 
METAS CURRICULARES DE PORTUGUES ENSINO BASICO 1.°, 2.° E 3.° CICLOS
METAS CURRICULARES DE PORTUGUES ENSINO BASICO 1.°, 2.° E 3.° CICLOSMETAS CURRICULARES DE PORTUGUES ENSINO BASICO 1.°, 2.° E 3.° CICLOS
METAS CURRICULARES DE PORTUGUES ENSINO BASICO 1.°, 2.° E 3.° CICLOS
Biblioteca da Escola EB 2/3 de Beiriz
 
Matriz de referencia
Matriz de referenciaMatriz de referencia
Matriz de referencia
mfmpafatima
 
36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor
rosemereporto
 
Guia planejamento orient_did_terceira_volume_unico
Guia planejamento orient_did_terceira_volume_unicoGuia planejamento orient_did_terceira_volume_unico
Guia planejamento orient_did_terceira_volume_unico
Edson Virginio
 
36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor
Monica Cardoso
 
Caderno reforco lingua_portuguesa_ef
Caderno reforco lingua_portuguesa_efCaderno reforco lingua_portuguesa_ef
Caderno reforco lingua_portuguesa_ef
Cristiana Pinto
 
Evidencias das formações 1º semestre_Adilene_Brasileia
Evidencias das formações 1º semestre_Adilene_BrasileiaEvidencias das formações 1º semestre_Adilene_Brasileia
Evidencias das formações 1º semestre_Adilene_Brasileia
Maria do Carmo Lira silva
 
Planejamento Escolar 2014
Planejamento Escolar 2014Planejamento Escolar 2014
Planejamento Escolar 2014
Claudia Elisabete Silva
 

Semelhante a Planejamento vertical e horizontal nas escolas do vale do juruá atual (20)

Lingua portuguesa documento orientador
Lingua portuguesa   documento orientadorLingua portuguesa   documento orientador
Lingua portuguesa documento orientador
 
7 Planejamento 31_01 Manhã.pptx
7 Planejamento 31_01 Manhã.pptx7 Planejamento 31_01 Manhã.pptx
7 Planejamento 31_01 Manhã.pptx
 
Projeto reforço escolar
Projeto reforço escolarProjeto reforço escolar
Projeto reforço escolar
 
ROTEIRO DE APOIO À ANÁLISE DE MATERIAIS DIDÁTICOS (1).pptx
ROTEIRO DE APOIO À ANÁLISE DE MATERIAIS DIDÁTICOS (1).pptxROTEIRO DE APOIO À ANÁLISE DE MATERIAIS DIDÁTICOS (1).pptx
ROTEIRO DE APOIO À ANÁLISE DE MATERIAIS DIDÁTICOS (1).pptx
 
Aprendizagens e metas no ensino basico
Aprendizagens e metas no ensino basicoAprendizagens e metas no ensino basico
Aprendizagens e metas no ensino basico
 
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdfArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
ArticulaçãoCurricularVertical_PROPOSTA_v2.pdf
 
Diretrizes curriculares para imprensão
Diretrizes curriculares para imprensãoDiretrizes curriculares para imprensão
Diretrizes curriculares para imprensão
 
ensino integral slides_nivelamento_-15-03-2018.pptx
ensino integral slides_nivelamento_-15-03-2018.pptxensino integral slides_nivelamento_-15-03-2018.pptx
ensino integral slides_nivelamento_-15-03-2018.pptx
 
165262510 modelo-de-adequacao-curricular-autista
165262510 modelo-de-adequacao-curricular-autista165262510 modelo-de-adequacao-curricular-autista
165262510 modelo-de-adequacao-curricular-autista
 
Eb pt metas_curriculares_14_agos_2013
Eb pt metas_curriculares_14_agos_2013Eb pt metas_curriculares_14_agos_2013
Eb pt metas_curriculares_14_agos_2013
 
Metas Curriculares de Português
Metas Curriculares de PortuguêsMetas Curriculares de Português
Metas Curriculares de Português
 
Matriz_de_avaliacao_Processual_Anos_inic.pdf
Matriz_de_avaliacao_Processual_Anos_inic.pdfMatriz_de_avaliacao_Processual_Anos_inic.pdf
Matriz_de_avaliacao_Processual_Anos_inic.pdf
 
METAS CURRICULARES DE PORTUGUES ENSINO BASICO 1.°, 2.° E 3.° CICLOS
METAS CURRICULARES DE PORTUGUES ENSINO BASICO 1.°, 2.° E 3.° CICLOSMETAS CURRICULARES DE PORTUGUES ENSINO BASICO 1.°, 2.° E 3.° CICLOS
METAS CURRICULARES DE PORTUGUES ENSINO BASICO 1.°, 2.° E 3.° CICLOS
 
Matriz de referencia
Matriz de referenciaMatriz de referencia
Matriz de referencia
 
36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor
 
Guia planejamento orient_did_terceira_volume_unico
Guia planejamento orient_did_terceira_volume_unicoGuia planejamento orient_did_terceira_volume_unico
Guia planejamento orient_did_terceira_volume_unico
 
36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor36529302 guia-dop-professor
36529302 guia-dop-professor
 
Caderno reforco lingua_portuguesa_ef
Caderno reforco lingua_portuguesa_efCaderno reforco lingua_portuguesa_ef
Caderno reforco lingua_portuguesa_ef
 
Evidencias das formações 1º semestre_Adilene_Brasileia
Evidencias das formações 1º semestre_Adilene_BrasileiaEvidencias das formações 1º semestre_Adilene_Brasileia
Evidencias das formações 1º semestre_Adilene_Brasileia
 
Planejamento Escolar 2014
Planejamento Escolar 2014Planejamento Escolar 2014
Planejamento Escolar 2014
 

Último

UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
BiancaCristina75
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 

Último (20)

UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 

Planejamento vertical e horizontal nas escolas do vale do juruá atual

  • 1. PLANEJAMENTO VERTICAL E HORIZONTAL NAS ESCOLAS DO VALE DO JURUÁ – 2013  PLANEJAMENTO:  Inicialmente, os professores deverão se organizar por disciplinas (vertical) para definição dos conteúdos a serem retomados e priorizados para o nivelamento e apoio pedagógico.  Ao determinar o plano de curso mediante utilização dos referenciais curriculares, dividir os conteúdos que serão trabalhados por bimestre e as atividades de leitura e escrita priorizando um gênero textual.  O Planejamento deve estar voltado para garantir ações de qualidade principalmente para que os alunos no nível crítico e abaixo do crítico tenham condições para avançar em leitura e produção textual em todas as áreas.  Os professores deverão se organizar por disciplinas e discutir a partir dos resultados das últimas avaliações de aprendizagem dos alunos de 2012 a estrutura do trabalho a ser desenvolvido em 2013 com cada ano.  Planejar com os professores do 8º e 9º ano, 2º e 3º ano do ensino médio para avaliar os alunos e definir o enturmamento temporário para 1º bimestre - serão formadas turmas provisórias de apoio às dificuldades desses alunos; não haverá prejuízos com o trabalho normal dos conteúdos. O professor responsável pela turma elaborará atividades diferenciadas e qualitativas acessíveis ao entendimento do aluno, permeando e observando seu avanço, (as atividades poderão ser selecionadas dos seguintes suportes: Gestar II, Oficinas de Língua Portuguesa, Nivelamento...), sendo que das 4 horas aula de Língua Portuguesa 2 horas são destinadas ao nivelamento e 2 para as OLETS.  Para as atividades de leitura, escrita e produção cada disciplina deverá definir atividades (2) que deverão ser desenvolvidas durante cada bimestre. O gênero textual poderá ser determinado pelo professor de Português. Não esquecer de explorar em sala informações sobre o gênero que está sendo trabalhado.  A organização dos professores por ano e por disciplinas tem como objetivo a prática do planejamento, o fortalecimento do trabalho coletivo e o compartilhamento dos saberes como parte da formação de todos, além de potencializar o ensino nas várias áreas a favor da aprendizagem dos alunos.
  • 2.  A formação de leitores e escritores competentes em todas as áreas é um dos desafios que é preciso alcançar e todas as disciplinas podem contribuir para que seja possível em um tempo curto. Para tanto, é preciso que as atividades a serem desenvolvidas em todas as disciplinas tenham esse foco.  ENTURMAMENTO:  No planejamento horizontal os professores do 8º e 9º ano, 2º e 3º do ensino médio irão se reunir para direcionar quais alunos com dificuldades farão parte da enturmamento no 1º bimestre.  A escola deverá determinar critérios para a formação deste enturmamento baseadas nas dificuldades de aprendizagem, relatórios e nos resultados finais.  Será trabalhado nas mesmas o nivelamento em Língua Portuguesa (2 h/a para as OLETs e 2 h/a para o nivelamento: com os componentes linguísticos) e Matemática.  As atividades selecionadas deverão ser de acordo com os descritores em que os alunos ficaram no básico e no abaixo do básico nos resultados das avaliações externas e internas.  Formar uma dupla de formadores em Língua Portuguesa e Matemática do NSEE para orientar e planejar com os professores de 9º ano e 3º ano do ensino médio no decorrer do ano.  Os professores de Língua Portuguesa e Matemática devem acrescentar atividades complementares no nivelamento para sanar dificuldades detectadas a partir de sua prática de sala de aula. (Ex: o aluno não domina conhecimentos com números racionais, então deverá ser incluído no apoio pedagógico).  As demais disciplinas trabalham o seu “nivelamento” (avaliação diagnóstica) retomando os pontos básicos que faltou trabalhar na série anterior ou os que são lacunas na formação do aluno e pré-requisito para a nova série desenvolvendo atividades visando leitura, escrita e produção. (OLETs)  No final do 1º bimestre, os alunos dos 6º ao 9º ano e Ensino Médio, em Língua Portuguesa e Matemática, passarão por uma avaliação da SEE para verificar a correção do desempenho e se ainda for detectado alunos com baixo desempenho ou baixo rendimento, a escola terá de organizar o apoio pedagógico paralelo ao trabalho letivo (Ex: Matemática 1 ou duas aulas de apoio pedagógico e as demais segue o conteúdo normal; Língua Portuguesa 2 h para oficina de leitura e escrita e 2 h para o conteúdo normal).
  • 3.  No final do 1º bimestre os alunos do enturmamento voltarão para sua turma de origem.  PLANEJAMENTO VERTICAL:  1º momento: Ocorrerá o agrupamento dos professores por disciplina.  Será realizado quinzenalmente.  Visa analisar o desempenho dos alunos nas várias disciplinas, buscando identificar as variações entre as disciplinas e as possíveis causas.  Busca definir as modalidades de nivelamento e apoio pedagógico a ser oferecido aos alunos, bem como a forma de implementação.  Analisa coletivamente os planejamentos esboçados pela disciplina, visando identificar as articulações possíveis entre os conteúdos, textos que podem ser trabalhados de forma coletiva, projetos que podem ser interdisciplinares, etc.  Deverão levar em conta os resultados das avaliações internas (Avaliações da própria escola) e externas (SEAP, PROVA BRASIL), os descritores e as competências de cada ano/série.  Selecionar atividades de leitura e escrita dentro de sua área e do referencial.  Selecionar recursos, adaptação das atividades a projetos ou programas da escola, inclusão comunitária...  É importante que os professores de uma mesma disciplina possam garantir a sequência do trabalho pedagógico ao longo dos anos (6º. ao 9º. e Ensino Médio) para que as disciplinas não sejam tratadas de forma estanque em cada ano.  PLANEJAMENTO HORIZONTAL:  2º momento: Ocorrerá o agrupamento dos professores por ano/série.  Será bimestral, podendo ocorrer mensalmente.  Visa analisar o desempenho dos alunos nas várias disciplinas, buscando identificar as variações entre as disciplinas e as possíveis causas.  Busca definir as modalidades de nivelamento e apoio pedagógico a ser oferecido aos alunos, bem como a forma de implementação.  Analisa coletivamente os planejamentos esboçados para as várias disciplinas, visando identificar as articulações possíveis entre os conteúdos, textos que podem ser trabalhados de forma coletiva, projetos que podem ser interdisciplinares, etc.
  • 4.  Reunir por ano e além de discutir questões de interesse conjunto, problemáticas, projetos e etc. selecionar a quantidade de atividades de leitura, escrita e produção que deverão ser realizadas no bimestre e adequar as atividades às disciplinas.  Destacar quais disciplinas poderão trabalhar essas atividades (leitura e escrita) e os conteúdos relacionados.  Selecionar recursos, adaptação das atividades a projetos ou programas da escola, inclusão comunitária...  OBSERVAÇÕES  Os professores juntamente com a equipe pedagógica nos planejamentos deverão levar em conta os resultados das avaliações internas (Avaliações da própria escola) e externas (SEAP, PROVA BRASIL), os descritores e as competências de cada ano/série.  Conteúdos priorizados: conteúdos presentes nos referenciais curriculares para cada ano/série e disciplina.  O quadro dos conteúdos priorizados deve ser organizado e entregue em cada bimestre.  Deve ser entregue para o coordenador pedagógico, para o mesmo organizar sua rotina.  Servirá de subsídio para a elaboração das sequências quinzenais.  Atividades de leitura e escrita  O quadro sobre as atividades de leitura e escrita deve ser feito a cada bimestre e anexado no planejamento vertical dos conteúdos priorizados. As atividades devem ser retiradas do referencial curricular.  Um gênero textual deve ser priorizado em cada bimestre, determinado pelo grupo de professores sobre a orientação principalmente do professor de Língua Portuguesa.