SlideShare uma empresa Scribd logo
Os sentidos gustativo e olfativo são chamados 
sentidos químicos, porque seus receptores são 
excitados por estimulantes químicos. Os receptores 
gustativos são excitados por substâncias químicas 
existentes nos alimentos, enquanto que os receptores 
olfativos são excitados por substâncias químicas do 
ar. Esses sentidos trabalham conjuntamente na 
percepção dos sabores. O centro do olfato e do gosto 
no cérebro combina a informação sensorial da língua 
e do nariz.
O receptor sensorial do paladar é a papila 
gustativa. É constituída por células epiteliais 
localizadas em torno de um poro central na 
membrana mucosa basal da língua. Na 
superfície de cada uma das células 
gustativas observam-se prolongamentos 
finos como pêlos, projetando-se em direção 
da cavidade bucal; são chamados 
microvilosidades. Essas estruturas fornecem 
a superfície receptora para o paladar.
Observa-se entre as células gustativas de uma papila 
uma rede com duas ou três fibras nervosas gustativas, 
as quais são estimuladas pelas próprias células 
gustativas. Para que se possa sentir o gosto de uma 
substância, ela deve primeiramente ser dissolvida no 
líquido bucal e difundida através do poro gustativo em 
torno das microvilosidades. Portanto substâncias 
altamente solúveis e difusíveis, como sais ou outros 
compostos que têm moléculas pequenas, geralmente 
fornecem graus gustativos mais altos do que 
substâncias pouco solúveis difusíveis, como proteínas e 
outras que possuam moléculas maiores.
Na superfície da língua existem dezenas de 
papilas gustativas, cujas células sensoriais 
percebem os quatro sabores primários, aos quais 
chamamos sensações gustativas primárias: 
amargo (A) , azedo ou ácido (B) , salgado (C) e 
doce (D) . De sua combinação resultam centenas 
de sabores distintos. A distribuição dos quatro 
tipos de receptores gustativos, na superfície da 
língua, não é homogênea.
Cada comida ativa uma diferente combinação de 
sabores básicos, ajudando a torná-la única. Muitas 
comidas têm um sabor distinto como resultado da 
soma de seu gosto e cheiro, percebidos 
simultaneamente. Além disso, outras modalidades 
sensoriais também contribuem com a experiência 
gustativa, como a textura e a temperatura dos 
alimentos. A sensação de dor também é essencial 
para sentirmos o sabor picante e estimulante das 
comidas apimentadas.
Muito do que chamamos gosto é, na verdade, olfato, 
pois os alimentos, ao penetrarem na boca, liberam 
odores que se espalham pelo nariz. Normalmente, a 
pessoa que está resfriada afirma não sentir gosto, 
mas, ao testar suas quatro sensações gustativas 
primárias, verifica-se que estão normais. 
As sensações olfativas funcionam ao lado das 
sensações gustativas, auxiliando no controle do 
apetite e da quantidade de alimentos que são 
ingeridos.
As vias de transmissão dos estímulos 
gustativos ao tronco cerebral e daí ao córtex 
cerebral. Os estímulos passam das papilas 
gustativas na boca ao tracto solitário, 
localizado na medula oblonga (bulbo). Em 
seguida, os estímulos são transmitidos ao 
tálamo; do tálamo passam ao córtex gustativo 
primário e, subseqüentemente, às áreas 
associativas gustativas circundantes e à região 
integrativa comum que é responsável pela 
integração de todas as sensações.
Quem é capaz de resistir a uma porção deliciosa de batatas fritas? Difícil missão, mesmo 
sabendo que uma porção de batatas fritas tem cerca de três vezes mais calorias do que uma 
porção de batatas assadas. 
Mas por que a fritura é tão agradável ao paladar? Uma pesquisa norte-americana afirma que 
não é a fome nem o sabor que nos fazem comer frituras, mas sim um desejo do nosso corpo. 
Desde os primórdios, os animais precisavam de gordura para o funcionamento celular, e por 
isso, até hoje, nosso corpo utiliza um mecanismo que nos leva a consumir mais fritura. O 
processo do desejo e da compulsão pela fritura começa na língua, onde a gordura gera um sinal 
que vai para o cérebro e depois para o intestino. Esse sinal estimula a produção de 
"endocabinoides", que desencadeiam nas células a sensação de desejo pelos alimentos 
gordurosos.
O uso continuo de cigarros e de alguns 
remédios, entre outros motivos, podem 
diminuir a capacidade sensorial das papilas 
linguais, causando a ageusia, ou seja, a falta de 
paladar.
PALADAR - SENTIDOS
PALADAR - SENTIDOS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fisiologia Gustação e Olfação
Fisiologia Gustação e OlfaçãoFisiologia Gustação e Olfação
Fisiologia Gustação e Olfação
luzienne moraes
 
Paladar
PaladarPaladar
Paladar
Vinicius
 
Paladar
PaladarPaladar
Paladar
Sofia Pais
 
Fisiologia da olfação
Fisiologia da olfaçãoFisiologia da olfação
Fisiologia da olfação
Leticia Passos
 
14 o sistema nervoso
14   o sistema nervoso14   o sistema nervoso
14 o sistema nervoso
Rebeca Vale
 
Neurofisiologia - sentidos especiais - Paladar - aula 8 capítulo 5
Neurofisiologia - sentidos especiais - Paladar - aula 8 capítulo 5Neurofisiologia - sentidos especiais - Paladar - aula 8 capítulo 5
Neurofisiologia - sentidos especiais - Paladar - aula 8 capítulo 5
Cleanto Santos Vieira
 
Tato
TatoTato
8 ano Tato, olfato e paladar
8 ano Tato, olfato e paladar8 ano Tato, olfato e paladar
8 ano Tato, olfato e paladar
Sarah Lemes
 
O Sistema Digestório
O Sistema DigestórioO Sistema Digestório
O Sistema Digestório
LdFlor
 
Sistema sensorial
Sistema sensorialSistema sensorial
Sistema sensorial
Fernando Graeff
 
7ª aula classes de medicamentos
7ª aula   classes de medicamentos7ª aula   classes de medicamentos
7ª aula classes de medicamentos
Claudio Luis Venturini
 
Aula 08 sistema sensorial - anatomia e fisiologia
Aula 08   sistema sensorial - anatomia e fisiologiaAula 08   sistema sensorial - anatomia e fisiologia
Aula 08 sistema sensorial - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Sistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humanaSistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humana
Marília Gomes
 
Sistema digestório UCSAL
Sistema digestório UCSALSistema digestório UCSAL
Sistema digestório UCSAL
Ana Caroline
 
II Oficina Sensorial da NeuroLiga
II Oficina Sensorial da NeuroLigaII Oficina Sensorial da NeuroLiga
II Oficina Sensorial da NeuroLiga
Caio Maximino
 
Drogas
DrogasDrogas
Fisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestórioFisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestório
LIVROS PSI
 
Paladar e Tato
Paladar e TatoPaladar e Tato
Paladar e Tato
nayslides Sobrenome
 
Sistema nervoso
Sistema nervoso Sistema nervoso
Sistema nervoso
Profissão Professor
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
Ivanilson Gomes
 

Mais procurados (20)

Fisiologia Gustação e Olfação
Fisiologia Gustação e OlfaçãoFisiologia Gustação e Olfação
Fisiologia Gustação e Olfação
 
Paladar
PaladarPaladar
Paladar
 
Paladar
PaladarPaladar
Paladar
 
Fisiologia da olfação
Fisiologia da olfaçãoFisiologia da olfação
Fisiologia da olfação
 
14 o sistema nervoso
14   o sistema nervoso14   o sistema nervoso
14 o sistema nervoso
 
Neurofisiologia - sentidos especiais - Paladar - aula 8 capítulo 5
Neurofisiologia - sentidos especiais - Paladar - aula 8 capítulo 5Neurofisiologia - sentidos especiais - Paladar - aula 8 capítulo 5
Neurofisiologia - sentidos especiais - Paladar - aula 8 capítulo 5
 
Tato
TatoTato
Tato
 
8 ano Tato, olfato e paladar
8 ano Tato, olfato e paladar8 ano Tato, olfato e paladar
8 ano Tato, olfato e paladar
 
O Sistema Digestório
O Sistema DigestórioO Sistema Digestório
O Sistema Digestório
 
Sistema sensorial
Sistema sensorialSistema sensorial
Sistema sensorial
 
7ª aula classes de medicamentos
7ª aula   classes de medicamentos7ª aula   classes de medicamentos
7ª aula classes de medicamentos
 
Aula 08 sistema sensorial - anatomia e fisiologia
Aula 08   sistema sensorial - anatomia e fisiologiaAula 08   sistema sensorial - anatomia e fisiologia
Aula 08 sistema sensorial - anatomia e fisiologia
 
Sistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humanaSistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humana
 
Sistema digestório UCSAL
Sistema digestório UCSALSistema digestório UCSAL
Sistema digestório UCSAL
 
II Oficina Sensorial da NeuroLiga
II Oficina Sensorial da NeuroLigaII Oficina Sensorial da NeuroLiga
II Oficina Sensorial da NeuroLiga
 
Drogas
DrogasDrogas
Drogas
 
Fisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestórioFisiologia do sistema digestório
Fisiologia do sistema digestório
 
Paladar e Tato
Paladar e TatoPaladar e Tato
Paladar e Tato
 
Sistema nervoso
Sistema nervoso Sistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema digestório
Sistema digestórioSistema digestório
Sistema digestório
 

Destaque

Paladar Biologia
Paladar BiologiaPaladar Biologia
Paladar Biologia
Nábila Quennet
 
SA Paladar
SA  PaladarSA  Paladar
SA Paladar
Glaucie de Morais
 
ÓRGÃOS DOS SENTIDOS HUMANOS - OLFATO E PALADAR
ÓRGÃOS DOS SENTIDOS HUMANOS - OLFATO E PALADAR ÓRGÃOS DOS SENTIDOS HUMANOS - OLFATO E PALADAR
ÓRGÃOS DOS SENTIDOS HUMANOS - OLFATO E PALADAR
denizecardoso
 
Olfato trabalho
Olfato trabalhoOlfato trabalho
Olfato trabalho
joyce9224
 
Olfato 2
Olfato 2Olfato 2
Olfato 2
suzi.cristina
 
Aula de cerebro
Aula de cerebroAula de cerebro
Aula de cerebro
lourivalcaburite
 
Plano de Aula: Olfato e Paladar
Plano de Aula: Olfato e PaladarPlano de Aula: Olfato e Paladar
Plano de Aula: Olfato e Paladar
Neia Andreotti
 
Audição
AudiçãoAudição
Audição
Cláudia Augusto
 
Sistema sensorial fisiologia
Sistema sensorial   fisiologiaSistema sensorial   fisiologia
Sistema sensorial fisiologia
Malu Correia
 
Sistema Sensorial Completo
Sistema Sensorial CompletoSistema Sensorial Completo
Sistema Sensorial Completo
Renata Oliveira
 
Olfato 2
Olfato 2Olfato 2
Olfato 2
suzi.cristina
 
A licao do passaro
A licao do passaroA licao do passaro
A licao do passaro
Mensagens Virtuais
 
Sentidos especiais
Sentidos especiaisSentidos especiais
Sentidos especiais
Nina Sama
 
T
TT
Motivacional coaching fabula empresarial
Motivacional coaching fabula empresarialMotivacional coaching fabula empresarial
Motivacional coaching fabula empresarial
luizhsr
 
Sistema Sensorial
Sistema SensorialSistema Sensorial
Sistema Sensorial
profatatiana
 
O abacaxi
O abacaxiO abacaxi
Audição
AudiçãoAudição
Audição
Paulo Sérgio
 
Audição
AudiçãoAudição
Audição
Hamphreis
 
O Abacaxi - Uma história de gestão
O Abacaxi - Uma história de gestãoO Abacaxi - Uma história de gestão
O Abacaxi - Uma história de gestão
Leonardo Michel
 

Destaque (20)

Paladar Biologia
Paladar BiologiaPaladar Biologia
Paladar Biologia
 
SA Paladar
SA  PaladarSA  Paladar
SA Paladar
 
ÓRGÃOS DOS SENTIDOS HUMANOS - OLFATO E PALADAR
ÓRGÃOS DOS SENTIDOS HUMANOS - OLFATO E PALADAR ÓRGÃOS DOS SENTIDOS HUMANOS - OLFATO E PALADAR
ÓRGÃOS DOS SENTIDOS HUMANOS - OLFATO E PALADAR
 
Olfato trabalho
Olfato trabalhoOlfato trabalho
Olfato trabalho
 
Olfato 2
Olfato 2Olfato 2
Olfato 2
 
Aula de cerebro
Aula de cerebroAula de cerebro
Aula de cerebro
 
Plano de Aula: Olfato e Paladar
Plano de Aula: Olfato e PaladarPlano de Aula: Olfato e Paladar
Plano de Aula: Olfato e Paladar
 
Audição
AudiçãoAudição
Audição
 
Sistema sensorial fisiologia
Sistema sensorial   fisiologiaSistema sensorial   fisiologia
Sistema sensorial fisiologia
 
Sistema Sensorial Completo
Sistema Sensorial CompletoSistema Sensorial Completo
Sistema Sensorial Completo
 
Olfato 2
Olfato 2Olfato 2
Olfato 2
 
A licao do passaro
A licao do passaroA licao do passaro
A licao do passaro
 
Sentidos especiais
Sentidos especiaisSentidos especiais
Sentidos especiais
 
T
TT
T
 
Motivacional coaching fabula empresarial
Motivacional coaching fabula empresarialMotivacional coaching fabula empresarial
Motivacional coaching fabula empresarial
 
Sistema Sensorial
Sistema SensorialSistema Sensorial
Sistema Sensorial
 
O abacaxi
O abacaxiO abacaxi
O abacaxi
 
Audição
AudiçãoAudição
Audição
 
Audição
AudiçãoAudição
Audição
 
O Abacaxi - Uma história de gestão
O Abacaxi - Uma história de gestãoO Abacaxi - Uma história de gestão
O Abacaxi - Uma história de gestão
 

Semelhante a PALADAR - SENTIDOS

Aulasenacbh
AulasenacbhAulasenacbh
Aulasenacbh
Anderson Silva
 
Origens do Gosto
Origens do GostoOrigens do Gosto
Origens do Gosto
Carolina Sá
 
Sistemas gustatório e olfatório
Sistemas gustatório e olfatórioSistemas gustatório e olfatório
Sistemas gustatório e olfatório
Danillo Paulo da Silva
 
Trabalho de fisiologia
Trabalho de  fisiologiaTrabalho de  fisiologia
Trabalho de fisiologia
Walquiria Silva
 
Aroma gosto sabor
Aroma gosto saborAroma gosto sabor
Aroma gosto sabor
Luciana Moura Abreu Prieto
 
SLIDE OS SENTIDOS.pdf
SLIDE OS SENTIDOS.pdfSLIDE OS SENTIDOS.pdf
SLIDE OS SENTIDOS.pdf
JoyceSouza875857
 
Plano de Aula
Plano de AulaPlano de Aula
Plano de Aula
Pedro Henrique Moraes
 
Sistemasensorial 130627135240-phpapp01
Sistemasensorial 130627135240-phpapp01Sistemasensorial 130627135240-phpapp01
Sistemasensorial 130627135240-phpapp01
Gabriel Dias
 
Eliziane
ElizianeEliziane
Eliziane
eliziane_senna
 
Apresentação de ciências
Apresentação de ciênciasApresentação de ciências
Apresentação de ciências
Reinaldo Baptista De Oliveira
 
orgãos dos sentidos do corpo humano.pptx
orgãos dos sentidos do corpo humano.pptxorgãos dos sentidos do corpo humano.pptx
orgãos dos sentidos do corpo humano.pptx
WelfeRocha
 
Seu Estômago
Seu  EstômagoSeu  Estômago
Seu Estômago
Andreia Moreira
 
Gosto e Sabor.pptx
Gosto e Sabor.pptxGosto e Sabor.pptx
Gosto e Sabor.pptx
Renata777582
 
Sensação.percep
Sensação.percepSensação.percep
Sensação.percep
Scriba Digital
 
Slide Revisão e Sistema sensorial.pptx
Slide Revisão e Sistema sensorial.pptxSlide Revisão e Sistema sensorial.pptx
Slide Revisão e Sistema sensorial.pptx
rafaelbrandao22
 
Corpo Humano
Corpo HumanoCorpo Humano
Corpo Humano
Goreth Moreira
 
Sentidos
SentidosSentidos
Seminário olfação gustação
Seminário olfação   gustaçãoSeminário olfação   gustação
Seminário olfação gustação
Isis Campos Gonçalves
 
Os cinco sentidos
Os cinco sentidosOs cinco sentidos
Os cinco sentidos
Joice04
 
Mkt vendas 6 sentidos
Mkt vendas 6 sentidosMkt vendas 6 sentidos
Mkt vendas 6 sentidos
Mirian Oliveira
 

Semelhante a PALADAR - SENTIDOS (20)

Aulasenacbh
AulasenacbhAulasenacbh
Aulasenacbh
 
Origens do Gosto
Origens do GostoOrigens do Gosto
Origens do Gosto
 
Sistemas gustatório e olfatório
Sistemas gustatório e olfatórioSistemas gustatório e olfatório
Sistemas gustatório e olfatório
 
Trabalho de fisiologia
Trabalho de  fisiologiaTrabalho de  fisiologia
Trabalho de fisiologia
 
Aroma gosto sabor
Aroma gosto saborAroma gosto sabor
Aroma gosto sabor
 
SLIDE OS SENTIDOS.pdf
SLIDE OS SENTIDOS.pdfSLIDE OS SENTIDOS.pdf
SLIDE OS SENTIDOS.pdf
 
Plano de Aula
Plano de AulaPlano de Aula
Plano de Aula
 
Sistemasensorial 130627135240-phpapp01
Sistemasensorial 130627135240-phpapp01Sistemasensorial 130627135240-phpapp01
Sistemasensorial 130627135240-phpapp01
 
Eliziane
ElizianeEliziane
Eliziane
 
Apresentação de ciências
Apresentação de ciênciasApresentação de ciências
Apresentação de ciências
 
orgãos dos sentidos do corpo humano.pptx
orgãos dos sentidos do corpo humano.pptxorgãos dos sentidos do corpo humano.pptx
orgãos dos sentidos do corpo humano.pptx
 
Seu Estômago
Seu  EstômagoSeu  Estômago
Seu Estômago
 
Gosto e Sabor.pptx
Gosto e Sabor.pptxGosto e Sabor.pptx
Gosto e Sabor.pptx
 
Sensação.percep
Sensação.percepSensação.percep
Sensação.percep
 
Slide Revisão e Sistema sensorial.pptx
Slide Revisão e Sistema sensorial.pptxSlide Revisão e Sistema sensorial.pptx
Slide Revisão e Sistema sensorial.pptx
 
Corpo Humano
Corpo HumanoCorpo Humano
Corpo Humano
 
Sentidos
SentidosSentidos
Sentidos
 
Seminário olfação gustação
Seminário olfação   gustaçãoSeminário olfação   gustação
Seminário olfação gustação
 
Os cinco sentidos
Os cinco sentidosOs cinco sentidos
Os cinco sentidos
 
Mkt vendas 6 sentidos
Mkt vendas 6 sentidosMkt vendas 6 sentidos
Mkt vendas 6 sentidos
 

Mais de Danillo Rodrigues

A engenharia aplicada à saúde
A engenharia aplicada à saúdeA engenharia aplicada à saúde
A engenharia aplicada à saúde
Danillo Rodrigues
 
A engenharia aplicada a saúde
A engenharia aplicada a saúde A engenharia aplicada a saúde
A engenharia aplicada a saúde
Danillo Rodrigues
 
Modelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meio
Modelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meioModelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meio
Modelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meio
Danillo Rodrigues
 
Plaquinhas para formatura
Plaquinhas para formaturaPlaquinhas para formatura
Plaquinhas para formatura
Danillo Rodrigues
 
TCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOS
TCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOSTCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOS
TCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOS
Danillo Rodrigues
 
MOLDURA INSTAGRAM - ALTA QUALIDADE
MOLDURA INSTAGRAM - ALTA QUALIDADEMOLDURA INSTAGRAM - ALTA QUALIDADE
MOLDURA INSTAGRAM - ALTA QUALIDADE
Danillo Rodrigues
 
Botulismo
BotulismoBotulismo
TRIGONOMETRIA - TEORIA, APLICAÇÕES E EXERCÍCIOS RESOLVIDOS PASSO A PASSO
TRIGONOMETRIA - TEORIA, APLICAÇÕES E EXERCÍCIOS RESOLVIDOS PASSO A PASSOTRIGONOMETRIA - TEORIA, APLICAÇÕES E EXERCÍCIOS RESOLVIDOS PASSO A PASSO
TRIGONOMETRIA - TEORIA, APLICAÇÕES E EXERCÍCIOS RESOLVIDOS PASSO A PASSO
Danillo Rodrigues
 
FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA NA PRODUÇÃO DE PÃO
FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA NA PRODUÇÃO DE PÃOFERMENTAÇÃO ALCOÓLICA NA PRODUÇÃO DE PÃO
FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA NA PRODUÇÃO DE PÃO
Danillo Rodrigues
 
A evolução da mulher no cenário político
A evolução da mulher no cenário políticoA evolução da mulher no cenário político
A evolução da mulher no cenário político
Danillo Rodrigues
 
Augusto dos anjos - PRÉ MODERNISMO
Augusto dos anjos - PRÉ MODERNISMOAugusto dos anjos - PRÉ MODERNISMO
Augusto dos anjos - PRÉ MODERNISMO
Danillo Rodrigues
 
Amazônia - BIOMAS
Amazônia - BIOMASAmazônia - BIOMAS
Amazônia - BIOMAS
Danillo Rodrigues
 
APARTHEID
APARTHEID APARTHEID
APARTHEID
Danillo Rodrigues
 
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICOA EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
Danillo Rodrigues
 
Eritroblastose fetal - DOENÇA
Eritroblastose fetal - DOENÇAEritroblastose fetal - DOENÇA
Eritroblastose fetal - DOENÇA
Danillo Rodrigues
 
A crise do euro e o Brasil - INFLUÊNCIAS
A crise do euro e o Brasil - INFLUÊNCIASA crise do euro e o Brasil - INFLUÊNCIAS
A crise do euro e o Brasil - INFLUÊNCIAS
Danillo Rodrigues
 
DOENÇA - Ancilostomose (amarelão) - BIOLOGIA
DOENÇA - Ancilostomose (amarelão) - BIOLOGIA DOENÇA - Ancilostomose (amarelão) - BIOLOGIA
DOENÇA - Ancilostomose (amarelão) - BIOLOGIA
Danillo Rodrigues
 
China
China China
Operações de separação - FILTRAÇÃO
Operações de separação - FILTRAÇÃOOperações de separação - FILTRAÇÃO
Operações de separação - FILTRAÇÃO
Danillo Rodrigues
 
GONÇALVES DIAS - ROMANTISMO (Vida, obra e características)
GONÇALVES DIAS - ROMANTISMO (Vida, obra e características)GONÇALVES DIAS - ROMANTISMO (Vida, obra e características)
GONÇALVES DIAS - ROMANTISMO (Vida, obra e características)
Danillo Rodrigues
 

Mais de Danillo Rodrigues (20)

A engenharia aplicada à saúde
A engenharia aplicada à saúdeA engenharia aplicada à saúde
A engenharia aplicada à saúde
 
A engenharia aplicada a saúde
A engenharia aplicada a saúde A engenharia aplicada a saúde
A engenharia aplicada a saúde
 
Modelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meio
Modelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meioModelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meio
Modelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meio
 
Plaquinhas para formatura
Plaquinhas para formaturaPlaquinhas para formatura
Plaquinhas para formatura
 
TCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOS
TCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOSTCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOS
TCC - ANÁLISE BROMATOLÓGICA E COMPARATIVA DE SALGADINHOS INDUSTRIALIZADOS
 
MOLDURA INSTAGRAM - ALTA QUALIDADE
MOLDURA INSTAGRAM - ALTA QUALIDADEMOLDURA INSTAGRAM - ALTA QUALIDADE
MOLDURA INSTAGRAM - ALTA QUALIDADE
 
Botulismo
BotulismoBotulismo
Botulismo
 
TRIGONOMETRIA - TEORIA, APLICAÇÕES E EXERCÍCIOS RESOLVIDOS PASSO A PASSO
TRIGONOMETRIA - TEORIA, APLICAÇÕES E EXERCÍCIOS RESOLVIDOS PASSO A PASSOTRIGONOMETRIA - TEORIA, APLICAÇÕES E EXERCÍCIOS RESOLVIDOS PASSO A PASSO
TRIGONOMETRIA - TEORIA, APLICAÇÕES E EXERCÍCIOS RESOLVIDOS PASSO A PASSO
 
FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA NA PRODUÇÃO DE PÃO
FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA NA PRODUÇÃO DE PÃOFERMENTAÇÃO ALCOÓLICA NA PRODUÇÃO DE PÃO
FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA NA PRODUÇÃO DE PÃO
 
A evolução da mulher no cenário político
A evolução da mulher no cenário políticoA evolução da mulher no cenário político
A evolução da mulher no cenário político
 
Augusto dos anjos - PRÉ MODERNISMO
Augusto dos anjos - PRÉ MODERNISMOAugusto dos anjos - PRÉ MODERNISMO
Augusto dos anjos - PRÉ MODERNISMO
 
Amazônia - BIOMAS
Amazônia - BIOMASAmazônia - BIOMAS
Amazônia - BIOMAS
 
APARTHEID
APARTHEID APARTHEID
APARTHEID
 
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICOA EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
 
Eritroblastose fetal - DOENÇA
Eritroblastose fetal - DOENÇAEritroblastose fetal - DOENÇA
Eritroblastose fetal - DOENÇA
 
A crise do euro e o Brasil - INFLUÊNCIAS
A crise do euro e o Brasil - INFLUÊNCIASA crise do euro e o Brasil - INFLUÊNCIAS
A crise do euro e o Brasil - INFLUÊNCIAS
 
DOENÇA - Ancilostomose (amarelão) - BIOLOGIA
DOENÇA - Ancilostomose (amarelão) - BIOLOGIA DOENÇA - Ancilostomose (amarelão) - BIOLOGIA
DOENÇA - Ancilostomose (amarelão) - BIOLOGIA
 
China
China China
China
 
Operações de separação - FILTRAÇÃO
Operações de separação - FILTRAÇÃOOperações de separação - FILTRAÇÃO
Operações de separação - FILTRAÇÃO
 
GONÇALVES DIAS - ROMANTISMO (Vida, obra e características)
GONÇALVES DIAS - ROMANTISMO (Vida, obra e características)GONÇALVES DIAS - ROMANTISMO (Vida, obra e características)
GONÇALVES DIAS - ROMANTISMO (Vida, obra e características)
 

PALADAR - SENTIDOS

  • 1.
  • 2. Os sentidos gustativo e olfativo são chamados sentidos químicos, porque seus receptores são excitados por estimulantes químicos. Os receptores gustativos são excitados por substâncias químicas existentes nos alimentos, enquanto que os receptores olfativos são excitados por substâncias químicas do ar. Esses sentidos trabalham conjuntamente na percepção dos sabores. O centro do olfato e do gosto no cérebro combina a informação sensorial da língua e do nariz.
  • 3.
  • 4. O receptor sensorial do paladar é a papila gustativa. É constituída por células epiteliais localizadas em torno de um poro central na membrana mucosa basal da língua. Na superfície de cada uma das células gustativas observam-se prolongamentos finos como pêlos, projetando-se em direção da cavidade bucal; são chamados microvilosidades. Essas estruturas fornecem a superfície receptora para o paladar.
  • 5.
  • 6. Observa-se entre as células gustativas de uma papila uma rede com duas ou três fibras nervosas gustativas, as quais são estimuladas pelas próprias células gustativas. Para que se possa sentir o gosto de uma substância, ela deve primeiramente ser dissolvida no líquido bucal e difundida através do poro gustativo em torno das microvilosidades. Portanto substâncias altamente solúveis e difusíveis, como sais ou outros compostos que têm moléculas pequenas, geralmente fornecem graus gustativos mais altos do que substâncias pouco solúveis difusíveis, como proteínas e outras que possuam moléculas maiores.
  • 7.
  • 8. Na superfície da língua existem dezenas de papilas gustativas, cujas células sensoriais percebem os quatro sabores primários, aos quais chamamos sensações gustativas primárias: amargo (A) , azedo ou ácido (B) , salgado (C) e doce (D) . De sua combinação resultam centenas de sabores distintos. A distribuição dos quatro tipos de receptores gustativos, na superfície da língua, não é homogênea.
  • 9. Cada comida ativa uma diferente combinação de sabores básicos, ajudando a torná-la única. Muitas comidas têm um sabor distinto como resultado da soma de seu gosto e cheiro, percebidos simultaneamente. Além disso, outras modalidades sensoriais também contribuem com a experiência gustativa, como a textura e a temperatura dos alimentos. A sensação de dor também é essencial para sentirmos o sabor picante e estimulante das comidas apimentadas.
  • 10. Muito do que chamamos gosto é, na verdade, olfato, pois os alimentos, ao penetrarem na boca, liberam odores que se espalham pelo nariz. Normalmente, a pessoa que está resfriada afirma não sentir gosto, mas, ao testar suas quatro sensações gustativas primárias, verifica-se que estão normais. As sensações olfativas funcionam ao lado das sensações gustativas, auxiliando no controle do apetite e da quantidade de alimentos que são ingeridos.
  • 11. As vias de transmissão dos estímulos gustativos ao tronco cerebral e daí ao córtex cerebral. Os estímulos passam das papilas gustativas na boca ao tracto solitário, localizado na medula oblonga (bulbo). Em seguida, os estímulos são transmitidos ao tálamo; do tálamo passam ao córtex gustativo primário e, subseqüentemente, às áreas associativas gustativas circundantes e à região integrativa comum que é responsável pela integração de todas as sensações.
  • 12.
  • 13. Quem é capaz de resistir a uma porção deliciosa de batatas fritas? Difícil missão, mesmo sabendo que uma porção de batatas fritas tem cerca de três vezes mais calorias do que uma porção de batatas assadas. Mas por que a fritura é tão agradável ao paladar? Uma pesquisa norte-americana afirma que não é a fome nem o sabor que nos fazem comer frituras, mas sim um desejo do nosso corpo. Desde os primórdios, os animais precisavam de gordura para o funcionamento celular, e por isso, até hoje, nosso corpo utiliza um mecanismo que nos leva a consumir mais fritura. O processo do desejo e da compulsão pela fritura começa na língua, onde a gordura gera um sinal que vai para o cérebro e depois para o intestino. Esse sinal estimula a produção de "endocabinoides", que desencadeiam nas células a sensação de desejo pelos alimentos gordurosos.
  • 14. O uso continuo de cigarros e de alguns remédios, entre outros motivos, podem diminuir a capacidade sensorial das papilas linguais, causando a ageusia, ou seja, a falta de paladar.