SlideShare uma empresa Scribd logo
Potência de potência Potência de expoente nulo  Potência de expoente negativo REGRAS OPERATÓRIAS DAS POTÊNCIAS (CONTINUAÇÃO)
[object Object],Dá-se a mesma base e multiplicam-se os expoentes DEFINIÇÃO:  A potência de potência  é ainda uma potência com a mesma base e expoente igual ao produto dos expoentes. Dá dois exemplos
E nestes casos?
POTÊNCIAS DE EXPOENTE NULO Observa: Vamos aplicar as regras operatórias das potências já estudadas ou Logo, podemos concluir que:  Qualquer número elevado a zero é sempre um.
 
POTÊNCIAS DE EXPOENTE NEGATIVO Sem aplicar regras: Aplicando a regra (dividir potências com a mesma base) Então, é possível concluir que
De um modo geral: Uma potência, de base não nula, de expoente inteiro negativo é igual à potência de base inversa e expoente simétrico. Exemplo:
Estudar o quadro da página 83. Quadro - resumo das regras de operações com potências em que o expoente é um número inteiro Multiplicação Potência de potência Potências de expoente nulo Divisão Potência de expoente negativo
SINAL DE UMA POTÊNCIA (de expoente natural)    Se a base é positiva o número representado pela potência é sempre positivo.    Se a base é 0, o número representado pela potência é 0.    Se a  base é negativa , então: o número representado pela potência  é positivo , se o expoente for um número  par ; o número representado pela potência é  negativo , se o expoente for um número  ímpar .

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
O mundo da FÍSICA
 
17 aula intervalos reais
17 aula   intervalos reais17 aula   intervalos reais
17 aula intervalos reais
jatobaesem
 
Equações 7
Equações 7Equações 7
Equações 7
Helena Borralho
 
Resolução comentada matemática 002
Resolução comentada matemática  002Resolução comentada matemática  002
Resolução comentada matemática 002
comentada
 
Regras operatórias das potências
Regras operatórias das potênciasRegras operatórias das potências
Regras operatórias das potências
joaosantosterrivel
 
Cap4 - Parte 6 - Distribuições Discretas Exercicios Resolvidos
Cap4 - Parte 6 - Distribuições Discretas Exercicios ResolvidosCap4 - Parte 6 - Distribuições Discretas Exercicios Resolvidos
Cap4 - Parte 6 - Distribuições Discretas Exercicios Resolvidos
Regis Andrade
 
Circuitos eletricos 1 - Circuitos Elétricos em Corrente Contínua
Circuitos eletricos 1 - Circuitos Elétricos em Corrente ContínuaCircuitos eletricos 1 - Circuitos Elétricos em Corrente Contínua
Circuitos eletricos 1 - Circuitos Elétricos em Corrente Contínua
José Albuquerque
 
Coluna montante
Coluna montanteColuna montante
Coluna montante
Marco Silva
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
FÍSICA PROFESSOR TELMO
 
Regras da matemática
Regras da matemáticaRegras da matemática
Regras da matemática
Abigail Macedo
 
Potências 5ºano
Potências 5ºanoPotências 5ºano
Potências 5ºano
mariacferreira
 
Transformadores
TransformadoresTransformadores
Transformadores
Thatá Freitas
 
Semelhança de triângulos
Semelhança de triângulosSemelhança de triângulos
Semelhança de triângulos
giselelamas
 
Capacitores
CapacitoresCapacitores
Capacitores
Genivaldo Carmo
 
Força elétrica
Força elétricaForça elétrica
Força elétrica
Marco Antonio Sanches
 
1ª lei de coulomb
1ª lei de coulomb1ª lei de coulomb
1ª lei de coulomb
Fabiana Gonçalves
 
Variaveis complexas
Variaveis complexasVariaveis complexas
Variaveis complexas
Brenno Fernandes
 
Probabilidade e estatística - Variáveis Aleatórias
Probabilidade e estatística - Variáveis AleatóriasProbabilidade e estatística - Variáveis Aleatórias
Probabilidade e estatística - Variáveis Aleatórias
Lucas Vinícius
 
Teorema de thévenin e norton
Teorema de thévenin e nortonTeorema de thévenin e norton
Teorema de thévenin e norton
Claudio Arkan
 
Notação científica
Notação científicaNotação científica
Notação científica
O mundo da FÍSICA
 

Mais procurados (20)

Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
 
17 aula intervalos reais
17 aula   intervalos reais17 aula   intervalos reais
17 aula intervalos reais
 
Equações 7
Equações 7Equações 7
Equações 7
 
Resolução comentada matemática 002
Resolução comentada matemática  002Resolução comentada matemática  002
Resolução comentada matemática 002
 
Regras operatórias das potências
Regras operatórias das potênciasRegras operatórias das potências
Regras operatórias das potências
 
Cap4 - Parte 6 - Distribuições Discretas Exercicios Resolvidos
Cap4 - Parte 6 - Distribuições Discretas Exercicios ResolvidosCap4 - Parte 6 - Distribuições Discretas Exercicios Resolvidos
Cap4 - Parte 6 - Distribuições Discretas Exercicios Resolvidos
 
Circuitos eletricos 1 - Circuitos Elétricos em Corrente Contínua
Circuitos eletricos 1 - Circuitos Elétricos em Corrente ContínuaCircuitos eletricos 1 - Circuitos Elétricos em Corrente Contínua
Circuitos eletricos 1 - Circuitos Elétricos em Corrente Contínua
 
Coluna montante
Coluna montanteColuna montante
Coluna montante
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
 
Regras da matemática
Regras da matemáticaRegras da matemática
Regras da matemática
 
Potências 5ºano
Potências 5ºanoPotências 5ºano
Potências 5ºano
 
Transformadores
TransformadoresTransformadores
Transformadores
 
Semelhança de triângulos
Semelhança de triângulosSemelhança de triângulos
Semelhança de triângulos
 
Capacitores
CapacitoresCapacitores
Capacitores
 
Força elétrica
Força elétricaForça elétrica
Força elétrica
 
1ª lei de coulomb
1ª lei de coulomb1ª lei de coulomb
1ª lei de coulomb
 
Variaveis complexas
Variaveis complexasVariaveis complexas
Variaveis complexas
 
Probabilidade e estatística - Variáveis Aleatórias
Probabilidade e estatística - Variáveis AleatóriasProbabilidade e estatística - Variáveis Aleatórias
Probabilidade e estatística - Variáveis Aleatórias
 
Teorema de thévenin e norton
Teorema de thévenin e nortonTeorema de thévenin e norton
Teorema de thévenin e norton
 
Notação científica
Notação científicaNotação científica
Notação científica
 

Semelhante a Operações com potências (parte ii)

Operações com potências (parte i)
Operações com potências (parte i)Operações com potências (parte i)
Operações com potências (parte i)
aldaalves
 
Potenciacao
PotenciacaoPotenciacao
Potenciacao
con_seguir
 
Transformar potência de expoente zero
Transformar potência de expoente zeroTransformar potência de expoente zero
Transformar potência de expoente zero
Jeremias Manhica
 
POTENCIA-2018 (1).pptxpotenciapotenciapotenciapotencia
POTENCIA-2018 (1).pptxpotenciapotenciapotenciapotenciaPOTENCIA-2018 (1).pptxpotenciapotenciapotenciapotencia
POTENCIA-2018 (1).pptxpotenciapotenciapotenciapotencia
alessandraoliveira324
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
1999RodriLeo
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
1999RodriLeo
 
Matemática - Aula 5
Matemática - Aula 5Matemática - Aula 5
Matemática - Aula 5
IBEST ESCOLA
 
Potenciação.pptx
Potenciação.pptxPotenciação.pptx
Potenciação.pptx
EstevoDeAguiar
 
Propriedades da Potenciação
Propriedades da PotenciaçãoPropriedades da Potenciação
Propriedades da Potenciação
Elcielle .
 
Potenciação
PotenciaçãoPotenciação
Potenciação
leilamaluf
 
Equação Exponencial - 2º ano M12 e M13
Equação Exponencial - 2º ano M12 e M13Equação Exponencial - 2º ano M12 e M13
Equação Exponencial - 2º ano M12 e M13
Drielly Valvassori Stocco
 
ae_msi6_cap1_1_5.pptx....................................
ae_msi6_cap1_1_5.pptx....................................ae_msi6_cap1_1_5.pptx....................................
ae_msi6_cap1_1_5.pptx....................................
mariagrave
 
Aula03 operacoesbasicas parte-3
Aula03 operacoesbasicas parte-3Aula03 operacoesbasicas parte-3
Aula03 operacoesbasicas parte-3
Fulano Silva
 

Semelhante a Operações com potências (parte ii) (13)

Operações com potências (parte i)
Operações com potências (parte i)Operações com potências (parte i)
Operações com potências (parte i)
 
Potenciacao
PotenciacaoPotenciacao
Potenciacao
 
Transformar potência de expoente zero
Transformar potência de expoente zeroTransformar potência de expoente zero
Transformar potência de expoente zero
 
POTENCIA-2018 (1).pptxpotenciapotenciapotenciapotencia
POTENCIA-2018 (1).pptxpotenciapotenciapotenciapotenciaPOTENCIA-2018 (1).pptxpotenciapotenciapotenciapotencia
POTENCIA-2018 (1).pptxpotenciapotenciapotenciapotencia
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
 
Matemática
MatemáticaMatemática
Matemática
 
Matemática - Aula 5
Matemática - Aula 5Matemática - Aula 5
Matemática - Aula 5
 
Potenciação.pptx
Potenciação.pptxPotenciação.pptx
Potenciação.pptx
 
Propriedades da Potenciação
Propriedades da PotenciaçãoPropriedades da Potenciação
Propriedades da Potenciação
 
Potenciação
PotenciaçãoPotenciação
Potenciação
 
Equação Exponencial - 2º ano M12 e M13
Equação Exponencial - 2º ano M12 e M13Equação Exponencial - 2º ano M12 e M13
Equação Exponencial - 2º ano M12 e M13
 
ae_msi6_cap1_1_5.pptx....................................
ae_msi6_cap1_1_5.pptx....................................ae_msi6_cap1_1_5.pptx....................................
ae_msi6_cap1_1_5.pptx....................................
 
Aula03 operacoesbasicas parte-3
Aula03 operacoesbasicas parte-3Aula03 operacoesbasicas parte-3
Aula03 operacoesbasicas parte-3
 

Mais de aldaalves

1.ª chamada 2005
1.ª chamada 20051.ª chamada 2005
1.ª chamada 2005
aldaalves
 
Representações gráficas
Representações gráficasRepresentações gráficas
Representações gráficas
aldaalves
 
Proporcionalidades soluções
Proporcionalidades soluçõesProporcionalidades soluções
Proporcionalidades soluções
aldaalves
 
Exercícios de proporcionalidade
Exercícios de proporcionalidadeExercícios de proporcionalidade
Exercícios de proporcionalidade
aldaalves
 
Soluções estatística e probabil.
Soluções estatística e probabil.Soluções estatística e probabil.
Soluções estatística e probabil.
aldaalves
 
Estatística e probabilidades ii
Estatística e probabilidades iiEstatística e probabilidades ii
Estatística e probabilidades ii
aldaalves
 
Estatística e probabilidades i
Estatística e probabilidades iEstatística e probabilidades i
Estatística e probabilidades i
aldaalves
 
Equações do 2.º grau soluções
Equações do 2.º grau  soluçõesEquações do 2.º grau  soluções
Equações do 2.º grau soluções
aldaalves
 
Circunferência e polígonos
Circunferência e polígonosCircunferência e polígonos
Circunferência e polígonos
aldaalves
 
Circunferência e polígonos resolução
Circunferência e polígonos resoluçãoCircunferência e polígonos resolução
Circunferência e polígonos resolução
aldaalves
 
Trigonometria soluções
Trigonometria soluçõesTrigonometria soluções
Trigonometria soluções
aldaalves
 
Espaço volumes-respetiva correção
Espaço volumes-respetiva correçãoEspaço volumes-respetiva correção
Espaço volumes-respetiva correção
aldaalves
 
Números reais e inequações
Números reais e inequaçõesNúmeros reais e inequações
Números reais e inequações
aldaalves
 
Sistemas de equações e respetiva correção
Sistemas de equações e respetiva correçãoSistemas de equações e respetiva correção
Sistemas de equações e respetiva correção
aldaalves
 
Sistemas de equações
Sistemas de equaçõesSistemas de equações
Sistemas de equações
aldaalves
 
Números reais e inequações
Números reais e inequaçõesNúmeros reais e inequações
Números reais e inequações
aldaalves
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
aldaalves
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
aldaalves
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
aldaalves
 
Polinómios e monómios
Polinómios e monómiosPolinómios e monómios
Polinómios e monómios
aldaalves
 

Mais de aldaalves (20)

1.ª chamada 2005
1.ª chamada 20051.ª chamada 2005
1.ª chamada 2005
 
Representações gráficas
Representações gráficasRepresentações gráficas
Representações gráficas
 
Proporcionalidades soluções
Proporcionalidades soluçõesProporcionalidades soluções
Proporcionalidades soluções
 
Exercícios de proporcionalidade
Exercícios de proporcionalidadeExercícios de proporcionalidade
Exercícios de proporcionalidade
 
Soluções estatística e probabil.
Soluções estatística e probabil.Soluções estatística e probabil.
Soluções estatística e probabil.
 
Estatística e probabilidades ii
Estatística e probabilidades iiEstatística e probabilidades ii
Estatística e probabilidades ii
 
Estatística e probabilidades i
Estatística e probabilidades iEstatística e probabilidades i
Estatística e probabilidades i
 
Equações do 2.º grau soluções
Equações do 2.º grau  soluçõesEquações do 2.º grau  soluções
Equações do 2.º grau soluções
 
Circunferência e polígonos
Circunferência e polígonosCircunferência e polígonos
Circunferência e polígonos
 
Circunferência e polígonos resolução
Circunferência e polígonos resoluçãoCircunferência e polígonos resolução
Circunferência e polígonos resolução
 
Trigonometria soluções
Trigonometria soluçõesTrigonometria soluções
Trigonometria soluções
 
Espaço volumes-respetiva correção
Espaço volumes-respetiva correçãoEspaço volumes-respetiva correção
Espaço volumes-respetiva correção
 
Números reais e inequações
Números reais e inequaçõesNúmeros reais e inequações
Números reais e inequações
 
Sistemas de equações e respetiva correção
Sistemas de equações e respetiva correçãoSistemas de equações e respetiva correção
Sistemas de equações e respetiva correção
 
Sistemas de equações
Sistemas de equaçõesSistemas de equações
Sistemas de equações
 
Números reais e inequações
Números reais e inequaçõesNúmeros reais e inequações
Números reais e inequações
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
 
Equações literais
Equações literaisEquações literais
Equações literais
 
Polinómios e monómios
Polinómios e monómiosPolinómios e monómios
Polinómios e monómios
 

Último

O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 

Último (20)

O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 

Operações com potências (parte ii)

  • 1. Potência de potência Potência de expoente nulo Potência de expoente negativo REGRAS OPERATÓRIAS DAS POTÊNCIAS (CONTINUAÇÃO)
  • 2.
  • 4. POTÊNCIAS DE EXPOENTE NULO Observa: Vamos aplicar as regras operatórias das potências já estudadas ou Logo, podemos concluir que: Qualquer número elevado a zero é sempre um.
  • 5.  
  • 6. POTÊNCIAS DE EXPOENTE NEGATIVO Sem aplicar regras: Aplicando a regra (dividir potências com a mesma base) Então, é possível concluir que
  • 7. De um modo geral: Uma potência, de base não nula, de expoente inteiro negativo é igual à potência de base inversa e expoente simétrico. Exemplo:
  • 8. Estudar o quadro da página 83. Quadro - resumo das regras de operações com potências em que o expoente é um número inteiro Multiplicação Potência de potência Potências de expoente nulo Divisão Potência de expoente negativo
  • 9. SINAL DE UMA POTÊNCIA (de expoente natural)  Se a base é positiva o número representado pela potência é sempre positivo.  Se a base é 0, o número representado pela potência é 0.  Se a base é negativa , então: o número representado pela potência é positivo , se o expoente for um número par ; o número representado pela potência é negativo , se o expoente for um número ímpar .