SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
O QUE PODE ACONTECER A UM
CRISTÃO QUE DESPREZA O ESTUDO
BÍBLICO
Daniel 11:32 “Ele perverterá com
engano os que tiverem violado a
aliança; mas o povo que conhece o
seu Deus se tornará forte e
mostrará resistência”.
• J. I. Packer disse:
Eu sei o que é se deleitar com a Bíblia, isto é, sentir
alegria de encontrar Deus e ser encontrado por ele
na Bíblia e por meio dela; eu sei por experiência
própria a razão pela qual o salmista chamou a
mensagem de promessa e mandamento de seu
deleite (nove vezes!) e de sua alegria [...], e a razão
pela qual ele disse amá-la (dez vezes!); eu, assim
como muitas outras pessoas, tenho experimentado
que, da mesma maneira como a comida é fonte
tanto de prazer quanto de nutrição, assim também o
faz a Palavra de Deus.
• Desse modo, sou totalmente a favor de os
cristãos se aplicarem ao estudo da Bíblia com
expectativa de deleite, e aplaudo esses
escritores por realçarem as perspectivas de
alegria contra a ideia corriqueira de que o
estudo bíblico é algo fadado a ser chato e
insípido
O que pode acontecer?
1) PODE CAIR EM PECADO
Gênesis 3:1-6 “Não foi bem assim que
Deus disse...”.
O que pode acontecer?
2) PODE SE ESQUECER DO SENHOR
Deuteronômio 6:1-12 – “Cuidado para
não te esqueceres do SENHOR”.
O que pode acontecer?
3) NÃO SENTE PRAZER EM DEUS
Salmos 1:1-3 –“Pelo contrário, seu prazer
está na lei do SENHOR, e na sua lei medita
dia e noite”.
O que pode acontecer?
4) NÃO DÁ FRUTOS PARA DEUS
João 15:1-5 – “Eu sou a videira verdadeira, e
meu pai é o agricultor. Todo ramo que está em
mim e não dá fruto, ele o corta; e todo ramo
que dá fruto, ele o limpa, para que dê mais
fruto”.
O que pode acontecer?
5) NÃO CRESCE ESPIRITUALMENTE
Hebreus 5:12 – “De fato, embora já devêsseis
ser mestres, ainda precisais que alguém vos
ensine de novo os princípios elementares da
palavra de Deus, e vos tornastes necessitados de
leite, e não de alimento sólido”.
O que pode acontecer?
6) NÃO VIVE DE FORMA PLENA
Colossenses 3:16 – “A palavra de Cristo habite
ricamente em vós, em toda a sabedoria; ensinai
e aconselhai uns aos outros com salmos, hinos e
cânticos espirituais, louvando a Deus com
gratidão no coração”.
O que pode acontecer?
7) NÃO PODE FAZER DISCÍPULOS DE JESUS
Mateus 28:18-20 –“E, aproximando-se Jesus,
falou-lhes: Toda autoridade me foi concedida no
céu e na terra. Portanto, ide, fazei discípulos de
todas as nações, batizando-os em nome do Pai,
do Filho e do Espírito Santo; ensinando-lhes a
obedecer a todas as coisas que vos ordenei; e eu
estou convosco todos os dias, até o final dos
tempos”.
O que pode acontecer?
8) PODE ACREDITAR EM HERESIAS
Atos 20:29-30 –“Eu sei que, depois da minha
partida, lobos cruéis entrarão no vosso meio e
não pouparão rebanho, e que dentre vós
mesmos se levantarão homens falando coisas
distorcidas para atrair os discípulos para si”.
O que pode acontecer?
9) É REJEITADO POR DEUS
Oséias 4:6 – “O meu povo está sendo destruído
porque lhe faltou o conhecimento. Porque
rejeitaste o conhecimento, eu te rejeitarei, para
que não sejas sacerdote diante de mim; visto
que te esqueceste da lei do teu Deus, eu me
esquecerei de teus filhos”.
CONCLUSÃO
Não há nenhuma vantagem em desprezar o
conhecimento de Deus! Pelo contrário, isso
pode acarretar juízo para nós. Não devemos
negligenciar as oportunidades que Deus nos dá
para crescermos no conhecimento dele.
SIGA-NOS PELA INTERNET
• www.bruno-cesar.com
• www.bruno-cesar.jimdo.com
• www.grafia.in
• brunocesarnt@yahoo.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Historia da igreja i aula 1
Historia da igreja i  aula 1Historia da igreja i  aula 1
Historia da igreja i aula 1Moisés Sampaio
 
Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1Luciana Lisboa
 
principio-da-plantacao-de-igrejas-200416232136.pdf
principio-da-plantacao-de-igrejas-200416232136.pdfprincipio-da-plantacao-de-igrejas-200416232136.pdf
principio-da-plantacao-de-igrejas-200416232136.pdfAntnioMarcos49
 
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo TestamentoLição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo TestamentoÉder Tomé
 
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMOTREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMOigrejafecrista
 
Lição 01 - EBD- A EPÍSTOLA AOS ROMANOS
Lição 01 - EBD- A EPÍSTOLA AOS ROMANOS  Lição 01 - EBD- A EPÍSTOLA AOS ROMANOS
Lição 01 - EBD- A EPÍSTOLA AOS ROMANOS RODRIGO FERREIRA
 
Efésios - Lição 01
Efésios - Lição 01Efésios - Lição 01
Efésios - Lição 01Eid Marques
 
ministério_infantil_2015
ministério_infantil_2015ministério_infantil_2015
ministério_infantil_2015rosihertel
 
Jesus nos chama ao compromisso Lucas 14.25-33
Jesus nos chama ao compromisso   Lucas 14.25-33Jesus nos chama ao compromisso   Lucas 14.25-33
Jesus nos chama ao compromisso Lucas 14.25-33Paulo Dias Nogueira
 
reunião de alinhamento ministério infantil.pptx
reunião de alinhamento ministério infantil.pptxreunião de alinhamento ministério infantil.pptx
reunião de alinhamento ministério infantil.pptxdoterraces
 
Santa Ceia do Senhor
Santa Ceia do SenhorSanta Ceia do Senhor
Santa Ceia do SenhorAlmy Alves
 
estudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateusestudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de MateusRODRIGO FERREIRA
 
Slides apologética o que é e qual suas funções
Slides   apologética o que é e qual suas funçõesSlides   apologética o que é e qual suas funções
Slides apologética o que é e qual suas funçõesAbdias Barreto
 
Lição 02 - Doutrina dos Anjos
Lição 02 - Doutrina dos AnjosLição 02 - Doutrina dos Anjos
Lição 02 - Doutrina dos AnjosCoop. Fabio Silva
 
Lição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humanaLição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humanaErberson Pinheiro
 

Mais procurados (20)

Historia da igreja i aula 1
Historia da igreja i  aula 1Historia da igreja i  aula 1
Historia da igreja i aula 1
 
Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1Introdução à Teologia Sistemática 1
Introdução à Teologia Sistemática 1
 
principio-da-plantacao-de-igrejas-200416232136.pdf
principio-da-plantacao-de-igrejas-200416232136.pdfprincipio-da-plantacao-de-igrejas-200416232136.pdf
principio-da-plantacao-de-igrejas-200416232136.pdf
 
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo TestamentoLição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
 
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMOTREINAMENTO PARA EVANGELISMO
TREINAMENTO PARA EVANGELISMO
 
Lição 01 - EBD- A EPÍSTOLA AOS ROMANOS
Lição 01 - EBD- A EPÍSTOLA AOS ROMANOS  Lição 01 - EBD- A EPÍSTOLA AOS ROMANOS
Lição 01 - EBD- A EPÍSTOLA AOS ROMANOS
 
A Nova Aliança
A Nova AliançaA Nova Aliança
A Nova Aliança
 
Efésios - Lição 01
Efésios - Lição 01Efésios - Lição 01
Efésios - Lição 01
 
ministério_infantil_2015
ministério_infantil_2015ministério_infantil_2015
ministério_infantil_2015
 
O cânon do novo testamento
O cânon do novo testamentoO cânon do novo testamento
O cânon do novo testamento
 
Jesus nos chama ao compromisso Lucas 14.25-33
Jesus nos chama ao compromisso   Lucas 14.25-33Jesus nos chama ao compromisso   Lucas 14.25-33
Jesus nos chama ao compromisso Lucas 14.25-33
 
reunião de alinhamento ministério infantil.pptx
reunião de alinhamento ministério infantil.pptxreunião de alinhamento ministério infantil.pptx
reunião de alinhamento ministério infantil.pptx
 
Santa Ceia do Senhor
Santa Ceia do SenhorSanta Ceia do Senhor
Santa Ceia do Senhor
 
Teontologia - AULA 01
Teontologia - AULA 01Teontologia - AULA 01
Teontologia - AULA 01
 
estudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateusestudo do evangelho de Mateus
estudo do evangelho de Mateus
 
O coração do homem
O coração do homemO coração do homem
O coração do homem
 
Slides apologética o que é e qual suas funções
Slides   apologética o que é e qual suas funçõesSlides   apologética o que é e qual suas funções
Slides apologética o que é e qual suas funções
 
38. O Profeta Jonas
38. O Profeta Jonas38. O Profeta Jonas
38. O Profeta Jonas
 
Lição 02 - Doutrina dos Anjos
Lição 02 - Doutrina dos AnjosLição 02 - Doutrina dos Anjos
Lição 02 - Doutrina dos Anjos
 
Lição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humanaLição 2 - Pecado uma realidade humana
Lição 2 - Pecado uma realidade humana
 

Destaque (8)

Justiça Social.EBD.Palavra e Vida.3T2015.aula 4
Justiça Social.EBD.Palavra e Vida.3T2015.aula 4Justiça Social.EBD.Palavra e Vida.3T2015.aula 4
Justiça Social.EBD.Palavra e Vida.3T2015.aula 4
 
Lição 04
Lição 04Lição 04
Lição 04
 
Plano de ensino ensino religioso 6,7,8,9
Plano de ensino ensino religioso 6,7,8,9Plano de ensino ensino religioso 6,7,8,9
Plano de ensino ensino religioso 6,7,8,9
 
Prova diagnostica ensino religioso sirlene
Prova diagnostica ensino religioso sirleneProva diagnostica ensino religioso sirlene
Prova diagnostica ensino religioso sirlene
 
Ensino religioso vinculo amizade, familia escola
Ensino religioso vinculo amizade, familia escolaEnsino religioso vinculo amizade, familia escola
Ensino religioso vinculo amizade, familia escola
 
Atividade ensino religioso carinho
Atividade ensino religioso carinhoAtividade ensino religioso carinho
Atividade ensino religioso carinho
 
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racialAtividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
 
Atividade ensino religioso compaixão
Atividade ensino religioso compaixãoAtividade ensino religioso compaixão
Atividade ensino religioso compaixão
 

Semelhante a O que pode acontecer a um cristão que despreza o estudo bíblico

Ministração do dia 12 08-12
Ministração do dia 12 08-12Ministração do dia 12 08-12
Ministração do dia 12 08-12idbguarapari
 
“Prossigo para o alvo”
“Prossigo para o alvo”“Prossigo para o alvo”
“Prossigo para o alvo”JUERP
 
Purpose of Missionary Work PORTUGUESE
Purpose of Missionary Work PORTUGUESEPurpose of Missionary Work PORTUGUESE
Purpose of Missionary Work PORTUGUESEdearl1
 
Purpose of Missionary Work PORTUGUESE
Purpose of Missionary Work PORTUGUESEPurpose of Missionary Work PORTUGUESE
Purpose of Missionary Work PORTUGUESEdearl1
 
Enchimento do espírito santo emanuel rev01
Enchimento do espírito santo   emanuel rev01Enchimento do espírito santo   emanuel rev01
Enchimento do espírito santo emanuel rev01Luiza Dayana
 
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...Tiago Silva
 
2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O PODER DA EVANGELIZAÇÃO NA FAMÍLIA
2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O PODER DA EVANGELIZAÇÃO NA FAMÍLIA2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O PODER DA EVANGELIZAÇÃO NA FAMÍLIA
2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O PODER DA EVANGELIZAÇÃO NA FAMÍLIANatalino das Neves Neves
 
Segredo 17 18 - Edifiquem e Ensinem uns dos outros
Segredo 17 18 - Edifiquem e Ensinem uns dos outrosSegredo 17 18 - Edifiquem e Ensinem uns dos outros
Segredo 17 18 - Edifiquem e Ensinem uns dos outrosAnderson Cássio Oliveira
 
Pais e filhos_espirituais
Pais e filhos_espirituaisPais e filhos_espirituais
Pais e filhos_espirituaisPaulo Da Rocha
 
7. Aula 7 de 9 - DOUTRINA DA PREDESTINAÇÃO E ELEIÇÃO.pdf
7. Aula 7 de 9 - DOUTRINA DA PREDESTINAÇÃO E ELEIÇÃO.pdf7. Aula 7 de 9 - DOUTRINA DA PREDESTINAÇÃO E ELEIÇÃO.pdf
7. Aula 7 de 9 - DOUTRINA DA PREDESTINAÇÃO E ELEIÇÃO.pdfssuser42c235
 
A importância do Estudo Bíblico
A importância do Estudo BíblicoA importância do Estudo Bíblico
A importância do Estudo BíblicoEder L. Souza
 
Os estágios na vida do cristão parte 01 29 07 2012
Os estágios na vida do cristão parte 01 29 07 2012Os estágios na vida do cristão parte 01 29 07 2012
Os estágios na vida do cristão parte 01 29 07 2012Rômulo Martins
 

Semelhante a O que pode acontecer a um cristão que despreza o estudo bíblico (20)

Intimidade com Deus
Intimidade com DeusIntimidade com Deus
Intimidade com Deus
 
Ministração do dia 12 08-12
Ministração do dia 12 08-12Ministração do dia 12 08-12
Ministração do dia 12 08-12
 
A amizade através da oração
A amizade através da oraçãoA amizade através da oração
A amizade através da oração
 
Sentinela
SentinelaSentinela
Sentinela
 
“Prossigo para o alvo”
“Prossigo para o alvo”“Prossigo para o alvo”
“Prossigo para o alvo”
 
Lição 2 o propósito do curso
Lição 2   o propósito do cursoLição 2   o propósito do curso
Lição 2 o propósito do curso
 
Purpose of Missionary Work PORTUGUESE
Purpose of Missionary Work PORTUGUESEPurpose of Missionary Work PORTUGUESE
Purpose of Missionary Work PORTUGUESE
 
Purpose of Missionary Work PORTUGUESE
Purpose of Missionary Work PORTUGUESEPurpose of Missionary Work PORTUGUESE
Purpose of Missionary Work PORTUGUESE
 
Filipenses 3
Filipenses 3Filipenses 3
Filipenses 3
 
Enchimento do espírito santo emanuel rev01
Enchimento do espírito santo   emanuel rev01Enchimento do espírito santo   emanuel rev01
Enchimento do espírito santo emanuel rev01
 
Hebreus 2
Hebreus 2Hebreus 2
Hebreus 2
 
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
dokumen.tips_aula-1-colossenses-lembrem-se-das-minhas-algemas-418-colossenses...
 
2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O PODER DA EVANGELIZAÇÃO NA FAMÍLIA
2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O PODER DA EVANGELIZAÇÃO NA FAMÍLIA2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O PODER DA EVANGELIZAÇÃO NA FAMÍLIA
2016 3 TRI LIÇÃO 10 - O PODER DA EVANGELIZAÇÃO NA FAMÍLIA
 
Catecismo puritano, com provas, de c.h.spurgeon
Catecismo puritano, com provas, de c.h.spurgeonCatecismo puritano, com provas, de c.h.spurgeon
Catecismo puritano, com provas, de c.h.spurgeon
 
Segredo 17 18 - Edifiquem e Ensinem uns dos outros
Segredo 17 18 - Edifiquem e Ensinem uns dos outrosSegredo 17 18 - Edifiquem e Ensinem uns dos outros
Segredo 17 18 - Edifiquem e Ensinem uns dos outros
 
Pais e filhos_espirituais
Pais e filhos_espirituaisPais e filhos_espirituais
Pais e filhos_espirituais
 
7. Aula 7 de 9 - DOUTRINA DA PREDESTINAÇÃO E ELEIÇÃO.pdf
7. Aula 7 de 9 - DOUTRINA DA PREDESTINAÇÃO E ELEIÇÃO.pdf7. Aula 7 de 9 - DOUTRINA DA PREDESTINAÇÃO E ELEIÇÃO.pdf
7. Aula 7 de 9 - DOUTRINA DA PREDESTINAÇÃO E ELEIÇÃO.pdf
 
A importância do Estudo Bíblico
A importância do Estudo BíblicoA importância do Estudo Bíblico
A importância do Estudo Bíblico
 
Os estágios na vida do cristão parte 01 29 07 2012
Os estágios na vida do cristão parte 01 29 07 2012Os estágios na vida do cristão parte 01 29 07 2012
Os estágios na vida do cristão parte 01 29 07 2012
 
Nistocremos pg
Nistocremos pgNistocremos pg
Nistocremos pg
 

Mais de Bruno Cesar Santos de Sousa

Mais de Bruno Cesar Santos de Sousa (20)

Como estudar a bíblia
Como estudar a bíbliaComo estudar a bíblia
Como estudar a bíblia
 
Panorama do novo testamento
Panorama do novo testamentoPanorama do novo testamento
Panorama do novo testamento
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
 
Hare krishna
Hare krishnaHare krishna
Hare krishna
 
Espiritismo
EspiritismoEspiritismo
Espiritismo
 
Novo testamento 2 2016.1 tarde e noite
Novo testamento 2   2016.1 tarde e noiteNovo testamento 2   2016.1 tarde e noite
Novo testamento 2 2016.1 tarde e noite
 
Novo testamento 1 noite 2016.1
Novo testamento 1   noite 2016.1Novo testamento 1   noite 2016.1
Novo testamento 1 noite 2016.1
 
Budismo
BudismoBudismo
Budismo
 
A formação da bíblia
A formação da bíbliaA formação da bíblia
A formação da bíblia
 
Homilética I Itaporanga
Homilética I ItaporangaHomilética I Itaporanga
Homilética I Itaporanga
 
Principais Tipos de Sermão
Principais Tipos de SermãoPrincipais Tipos de Sermão
Principais Tipos de Sermão
 
A hermenêutica nos séculos xix e xx
A hermenêutica nos séculos xix e xx A hermenêutica nos séculos xix e xx
A hermenêutica nos séculos xix e xx
 
A hermenêutica na reforma protestante 9
A hermenêutica na reforma protestante 9A hermenêutica na reforma protestante 9
A hermenêutica na reforma protestante 9
 
A hermenêutica na idade média 8
A hermenêutica na idade média 8A hermenêutica na idade média 8
A hermenêutica na idade média 8
 
Hermenêutica na igreja primitiva 7
Hermenêutica na igreja primitiva 7Hermenêutica na igreja primitiva 7
Hermenêutica na igreja primitiva 7
 
Teologia da prosperidade
Teologia da prosperidadeTeologia da prosperidade
Teologia da prosperidade
 
A corrida da vida cristã
A corrida da vida cristãA corrida da vida cristã
A corrida da vida cristã
 
Missões e as redes sociais
Missões e as redes sociaisMissões e as redes sociais
Missões e as redes sociais
 
O papel do espírito santo no livro de Atos
O papel do espírito santo no livro de AtosO papel do espírito santo no livro de Atos
O papel do espírito santo no livro de Atos
 
A hermenêutica entre os judeus 6
A hermenêutica entre os judeus 6A hermenêutica entre os judeus 6
A hermenêutica entre os judeus 6
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfGisellySobral
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguaKelly Mendes
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 

Último (20)

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 

O que pode acontecer a um cristão que despreza o estudo bíblico

  • 1. O QUE PODE ACONTECER A UM CRISTÃO QUE DESPREZA O ESTUDO BÍBLICO
  • 2. Daniel 11:32 “Ele perverterá com engano os que tiverem violado a aliança; mas o povo que conhece o seu Deus se tornará forte e mostrará resistência”.
  • 3. • J. I. Packer disse: Eu sei o que é se deleitar com a Bíblia, isto é, sentir alegria de encontrar Deus e ser encontrado por ele na Bíblia e por meio dela; eu sei por experiência própria a razão pela qual o salmista chamou a mensagem de promessa e mandamento de seu deleite (nove vezes!) e de sua alegria [...], e a razão pela qual ele disse amá-la (dez vezes!); eu, assim como muitas outras pessoas, tenho experimentado que, da mesma maneira como a comida é fonte tanto de prazer quanto de nutrição, assim também o faz a Palavra de Deus.
  • 4. • Desse modo, sou totalmente a favor de os cristãos se aplicarem ao estudo da Bíblia com expectativa de deleite, e aplaudo esses escritores por realçarem as perspectivas de alegria contra a ideia corriqueira de que o estudo bíblico é algo fadado a ser chato e insípido
  • 5. O que pode acontecer? 1) PODE CAIR EM PECADO Gênesis 3:1-6 “Não foi bem assim que Deus disse...”.
  • 6. O que pode acontecer? 2) PODE SE ESQUECER DO SENHOR Deuteronômio 6:1-12 – “Cuidado para não te esqueceres do SENHOR”.
  • 7. O que pode acontecer? 3) NÃO SENTE PRAZER EM DEUS Salmos 1:1-3 –“Pelo contrário, seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita dia e noite”.
  • 8. O que pode acontecer? 4) NÃO DÁ FRUTOS PARA DEUS João 15:1-5 – “Eu sou a videira verdadeira, e meu pai é o agricultor. Todo ramo que está em mim e não dá fruto, ele o corta; e todo ramo que dá fruto, ele o limpa, para que dê mais fruto”.
  • 9. O que pode acontecer? 5) NÃO CRESCE ESPIRITUALMENTE Hebreus 5:12 – “De fato, embora já devêsseis ser mestres, ainda precisais que alguém vos ensine de novo os princípios elementares da palavra de Deus, e vos tornastes necessitados de leite, e não de alimento sólido”.
  • 10. O que pode acontecer? 6) NÃO VIVE DE FORMA PLENA Colossenses 3:16 – “A palavra de Cristo habite ricamente em vós, em toda a sabedoria; ensinai e aconselhai uns aos outros com salmos, hinos e cânticos espirituais, louvando a Deus com gratidão no coração”.
  • 11. O que pode acontecer? 7) NÃO PODE FAZER DISCÍPULOS DE JESUS Mateus 28:18-20 –“E, aproximando-se Jesus, falou-lhes: Toda autoridade me foi concedida no céu e na terra. Portanto, ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo; ensinando-lhes a obedecer a todas as coisas que vos ordenei; e eu estou convosco todos os dias, até o final dos tempos”.
  • 12. O que pode acontecer? 8) PODE ACREDITAR EM HERESIAS Atos 20:29-30 –“Eu sei que, depois da minha partida, lobos cruéis entrarão no vosso meio e não pouparão rebanho, e que dentre vós mesmos se levantarão homens falando coisas distorcidas para atrair os discípulos para si”.
  • 13. O que pode acontecer? 9) É REJEITADO POR DEUS Oséias 4:6 – “O meu povo está sendo destruído porque lhe faltou o conhecimento. Porque rejeitaste o conhecimento, eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; visto que te esqueceste da lei do teu Deus, eu me esquecerei de teus filhos”.
  • 14. CONCLUSÃO Não há nenhuma vantagem em desprezar o conhecimento de Deus! Pelo contrário, isso pode acarretar juízo para nós. Não devemos negligenciar as oportunidades que Deus nos dá para crescermos no conhecimento dele.
  • 15. SIGA-NOS PELA INTERNET • www.bruno-cesar.com • www.bruno-cesar.jimdo.com • www.grafia.in • brunocesarnt@yahoo.com.br