Dons espirituais

4.479 visualizações

Publicada em

dons espirituais, ministérios, operações de milagre, profeta, pastor, mestre, operações, apóstolos, evangelistas, manifestação do espírito, dom, talento, fruto, línguas, discernimento de espírito, edificação da igreja,ensino

2 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.479
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
365
Comentários
2
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dons espirituais

  1. 1. DONS ESPIRITUAIS
  2. 2. Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes. 1 Coríntios 12:1
  3. 3. O que você é? ignorante, cessacionista, medroso ou crente nos dons hoje?
  4. 4. E como “crente” devo... ser um cristão de verdade crer nos dons espirituais orar e estudar os dons na Bíblia trabalhar, experimentar, estar disponível examinar meus desejos e sentimentos, evidências, oportunidades e resultados esperar confirmação por parte do Corpo de Cristo.
  5. 5. Para quem? Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil. I Coríntios 12:7
  6. 6. Para quê? ...o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Efésios 4:11-13
  7. 7. ... de forma que em todas as coisas Deus seja glorificado mediante Jesus Cristo! 1 Pedro 4:10-11
  8. 8. Conceitos diferenciais
  9. 9. Crentes Dom x TalentoTodos x Dom: capacitação espiritual, ferramenta de trabalho para execução das boas obras. Talento: habilidade natural em todas áreas. Talento pode ser potencializado pelo ES e freqüentemente faz parte do equipamento para exercício de um Dom espiritual.
  10. 10. Dom x Fruto FAZER Realização do trabalho de Deus através de nós. SER Formação do caráter de Jesus em nós.
  11. 11. Dom x Responsabilidade O exercício dos dons não dispensa o cumprimento das responsabilidades comuns a todos os crentes.
  12. 12. Para a manifestação dos dons, eu preciso ter: Sabedoria Humildade Sensibilidade ao ES Comunhão com o Senhor Desejo Fé Prática Ambiente e vida de adoração
  13. 13. “Porque os dons e o chamado de Deus são irrevogáveis”. Romanos 11:29
  14. 14. Classificação dos dons Ora, há diversidade de dons-Χαρισματων, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios-διακονιων, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações-ενεργηματων, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. 1 Coríntios 12:4-6
  15. 15. Dons de Ministérios E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado, Efésios 4:11-12
  16. 16. Apóstolo tem uma especial capacidade de liderança, assim como para estabelecer novas igrejas locais e guiá-los em sua fase inicial de desenvolvimento até que apareça uma nova liderança emergente. recebe autoridade de Deus para iniciar este novo trabalho. a palavra apóstolo significa “enviado”, para uma missão definida.
  17. 17. Profeta fala por inspiração e revelação direta de Deus; tem também dons de revelação; tem o dom de profecia e "fala aos homens para edificação, exortação e consolação" (1 Cor. 14:3) no AT e NT: dever de desmascarar o pecado, proclamar a justiça, advertir do juízo vindouro e combater o mundanismo e frieza espiritual entre o povo de Deus.
  18. 18. Evangelista prega sobre o evangelho, sobre Jesus; sabe dar o primeiro alimento espiritual a quem não conhece o Evangelho; confronta publica e particularmente as pessoas, através de “vários métodos” de comunicação da mensagem salvadora de Cristo.
  19. 19. Pastor guia e pastoreia as ovelhas de Deus; dirige a congregação local e cuida das suas necessidades espirituais.
  20. 20. Mestre é o magistério da Igreja; tem na mente um sistema doutrinário completo e domina o assunto; instrui e treina os crentes; nem todo mestre é pastor.
  21. 21. Dons de Operações: Revelar, Fazer e Dizer algo Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas. 1 Coríntios 12:8-10
  22. 22. Palavra de Conhecimento É uma revelação sobrenatural pelo Espírito de Deus a respeito de certos fatos na mente de Deus que se relacionam com pessoas, lugares ou objetos. Ex: Ananias e Safira (At 5) e II Pe 3.15-16 sobre a revelação de Paulo. Traz iluminação sobrenatural do Evangelho, especialmente no ministério do ensino e da pregação. Localiza o problema ou necessidade
  23. 23. Palavra de Sabedoria É uma revelação pelo Espírito de Deus, no tocante ao plano e propósito divino na mente e na vontade de Deus e o que fazer com esse conhecimento. É uma orientação e direção para que a igreja possa saber o que fazer, sobre como resolver um problema prático. É para o aconselhamento a irmãos e para uma palavra prudente em questões difíceis (contendas e divisões na Igreja).
  24. 24. Discernimento de Espíritos É um Dom ligado a proteção do rebanho, pois o Espírito Santo capacita o crente para perceber falsos mestres (I Jo 4:1-3) e detectar espíritos enganadores (Mt 7:15). É um Dom útil ao ministério pastoral para detectar também comportamentos errados e falsos ensinos (Gl 2:11-14). Um dos dons mais necessários nos últimos dias.
  25. 25. Dom da Fé Não é o que chamamos fé para “salvação”. É a capacidade do crente de ter a certeza que suas orações estão sendo respondidas. Uma pessoa com esse Dom anima todas as outras em situações difíceis, levando-as a perseverar. Não produz apenas milagres, mas mártires.
  26. 26. Dons de Curas Tem como propósito libertar doentes e aflitos e destruir as obras de satanás, confirmar a palavra pregada, dar testemunho de Jesus Cristo e glorificar ao Pai. Para ser usado na Igreja e está muito ligado a fé. Toda cura é obra divina (II Rs 20:7)
  27. 27. Operação de Milagres Visa ressaltar e confirmar para a Igreja o poder de Deus e Seu senhorio sobre tudo, incluindo as forças da natureza e a matéria. Milagres são a concretização de tarefas impossíveis, realizações espirituais. Exemplos: água em vinho, Mar Vermelho se abrindo, Jesus andando sobre as águas, acalmando a tempestade,
  28. 28. Dom de Profecia É uma manifestação momentânea e sobrenatural do ESPÍRITO SANTO, como um dos dons espirituais prometidos, e não um ministério, para falar a igreja ou a outra pessoa: exortar, edificar e consolar (1 Cor 14:3) A palavra profetizar no grego significa: Falar em prol de outrem, ou seja, falar em nome de Deus ou ser o seu porta voz “... Não desprezeis as profecias”. (I Ts. 5.19-20)
  29. 29. Dom de Línguas Causa muita polêmica dentro da Igreja. Existem, segundo a Bíblia, “língua dos homens” (At 2) e “língua dos anjos” (I Co 13 e 14). Lembre que: é o menor dentre os dons; não é marca obrigatória da habitação do ES; o que fala em línguas deve orar para interpretálas a fim de edificar a Igreja; e deve ser usado na Igreja conforme I Co 14. único para autoedificação.
  30. 30. Interpretação de Línguas É o entendimento das línguas para comunicá-las a Igreja, visando a edificação do Corpo de Cristo. É um Dom complementar e muito necessário aos que possuem o Dom de línguas. Interpretar não é traduzir, é dar significado ao que foi dito.
  31. 31. Outra Classificação Dons para estabelecimento da igreja : apóstolos, profetas, evangelistas e pastores e mestres - escolhidos pelo Senhor. Ef 4:11-16 Dons de edificação da igreja: através dos membros locais, são dados à medida que necessários e conforme ES deseja. I Cor12:8-10 Dons para o serviço e para alcançar os de fora: administração, governo, ministério, contribuição, socorros, misericórdia e exortação.
  32. 32. “O que precisamos em nossa igreja”? Profecia: Mensagens bem preparadas, expondo o pecado, proclamando justiça e julgamento final. Ensino: Estudos bíblicos profundos, com ênfase especial nas palavras-chave. Exortação: Aconselhamento e estímulo a cada membro, para aplicar as verdades bíblicas à sua vida diária. Contribuição: Campanhas financeiras generosas para manutenção do trabalho. Governo: Uma estrutura organizacional eficiente, com departamentos e subdivisões. Misericórdia: Preocupação e cuidado com os sentimentos e necessidades dos membros.
  33. 33. Sigam o caminho do amor e busquem com dedicação os dons espirituais, principalmente o dom de profecia. 1 Coríntios 14:1
  34. 34. “Busquem com dedicação os melhores dons!” 1 Coríntios 12:31

×