SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 79
NOVO TESTAMENTO 2 – www.grafia.in
ROMANOS - A Justificação Pela Fé em Cristo
• MENSAGEM – O Evangelho de Cristo
estabelece graciosa e eficazmente
judeus e gentios em justiça diante de
Deus e num viver sadio entre si depois
de satisfazer, por meio da fé, suas
necessidades morais perante Deus.
AUTORIA E DATA
• PAULO É O AUTOR, TÉRCIO O AMANUENSE
(1:1; 16:22)
• Referências pessoais (1:10-13)
• Tribo de Benjamim (11:1)
• Áqüila e Priscila (16:3)
• Similaridade com Gálatas e 1 Coríntios.
• Escrita por volta do ano 57 em Corinto.
DESTINATÁRIO
• Os irmãos romanos a quem
Paulo queria conhecer,
fortalecer na fé e estabelecer
uma parceria missionária (1:11-
12; 15:23-28).
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
Menciona líderes da Igreja em Roma
(Alexandre e Rufo 15:21 cf. Rm 16:13).
• Considerada a principal carta do
Novo Testamento
• A doutrina da justificação pela fé
• A doutrina da ira de Deus
• Lei X Evangelho
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Plano de Deus com Israel (9-11)
• Dons do Espírito Santo:
• Profecia, serviço, ensino, exortar,
contribuição, liderança, misericórdia.
• O papel das autoridades e dos civis.
• Como resolver questões polêmicas na
Igreja (Cap. 14).
1 Coríntios – Uma Igreja infantil
MENSAGEM - A verdadeira maturidade
espiritual na vida de uma Igreja
desenvolve relacionamentos de amor
sob o poder libertador e a graça
unificadora de Cristo.
AUTORIA E DATA
• Paulo e Sóstenes – Provavelmente como
amanuense.
• Sóstenes provavelmente o ex-líder da
Sinagoga de Corinto (Atos 18:17).
• Esta carta é aceita pelos críticos como sendo
paulina.
• Foi escrita por volta dos anos 55-57
DESTINATÁRIO
• Uma Igreja situada em Corinto que tinha uma
liturgia bagunçada e práticas não condizentes
com o Evangelho de Jesus Cristo.
• No entanto, os Coríntios eram:
“Igreja de Deus, santificados em Cristo Jesus,
chamados para ser santos, invocadores do
nome de Jesus, servos de Jesus” (1 Co 1:2).
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Deus decidiu salvar os pecadores pela “loucura
da pregação” (1:21)
• As bênçãos da vida eterna não podem ser
medidas “As coisas que olhos não viram, nem
ouvidos ouviram, nem penetraram o coração
humano, são as que Deus preparou para os que
o amam” (2:9).
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Divisões na Igreja – um só alicerce (Cap. 3)
• Os despenseiros de Deus (4:2).
• Havia uma carta anterior (5:9).
• “Expulsar”(5:2); “Entreguem a
Satanás”(5:5); “Não comais com ele”
(5:11).
• Litígio entre irmãos.
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Resposta a várias perguntas:
• “A respeito do casamento” (7).
• “A respeito da comida sacrificada a ídolos” (8-10).
• “Sobre as mulheres no culto e ceia” (11).
• “A respeito dos dons espitiruais” (12-14).
• “Sobre o Evangelho e a Ressurreição” (15).
2 CORÍNTIOS – UMA DEFESA APOSTOLAR
MENSAGEM - Um ministério digno
de ser seguido reflete o poder da
vida na nova aliança àqueles cuja
lealdade a Cristo ele busca
renovar.
AUTORIA E DATA
• Paulo e Timóteo (1:1; 10:1)
• 2 ou 4 Coríntios?
• Duas cartas juntas?
• Foi escrita por volta do ano
56.
DESTINATÁRIO
• Paulo escreve para uma Igreja
que deveria enviar ofertas aos
irmãos pobres e estavam em
crise a respeito do seu
verdadeiro apostolado.
• A defesa do apostolado Paulino visava a bênção
dos irmãos “Pensais que estamos nos
defendendo diante de vós? É diante de Deus que
falamos em Cristo; amados, tudo isso que
fazemos é para a vossa edificação” (12:19).
• A consolação divina(1:3-7)
• Paulo desesperou-se da vida (1:8)
• Paulo não era mercenário da Palavra de Deus
(2:17)
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Um evangelho de serviço centrado em
Cristo “Pois não pregamos a nós mesmos,
mas a Jesus Cristo, o Senhor, e a nós
mesmos como vossos servos por causa de
Jesus” (4:5).
• O tribunal de Cristo (5:10)
• Reconciliação com Deus em Cristo (5:19)
CARACTERÍTICAS DA CARTA
• Jugo desigual com os incrédulos
(6:14)
• Coleta para os irmãos mais pobres (8-
9)
• Defesa e “Curriculum Vitae” de Paulo
(10-11)
• Paulo foi ao céu (12)
GÁLATAS – Legalismo sem graça
MENSAGEM - A verdade do
Evangelho da graça
estabelece os crentes na
liberdade para viver em amor
pelo poder do Espírito.
AUTORIA E DATA
• Paulo e companheiros (1:1-2; 5:2)
• O fundador da Igreja (4:19-20)
• Paulo assina a carta (6:11; 2 Ts
3:17)
• Foi escrita entre os anos 52-57
DESTINATÁRIO
• Preferência pela teoria da
Galácia do Sul – Atual Turquia.
• Cristãos que estavam
enfrentando problemas de
heresias quanto à Lei.
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Não há ações de graças pelo autor
• Rápido desvio dos princípios do Evangelho
(1:6)
• Os hereges deveriam ser rejeitados e expulsos
da Igreja (1:8-9)
• Forte embate entre apóstolos (2:11-14)
• Lei X Graça – judaizantes
• Enfermidade nos olhos de Paulo (4:13, 15)
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Liberdade em Cristo (5:1)
• Obras da Carne X Fruto do Espírito
(contra essas coisas não há lei)
• Levem os fardos uns dos outros (6:2)
• Paulo leva no corpo as Marcas de Cristo
(6:17).
NOVO TESTAMENTO
EFÉSIOS – Até onde devemos crescer?
•MENSAGEM - Privilégios espirituais
no Cristo exaltado devem levar o
corpo ao crescimento em união, à
santificação na vida diária e ao
triunfo no conflito espiritual.
AUTORIA E DATA
• Paulo
• Ausência de referências pessoais onde Paulo
passou muito tempo.
• Muitos hapax legomenas (novas palavras)
• Conceitos avançados da teologia paulina
• Foi escrita por volta do ano 60
DESTINATÁRIO
• Santos e fiéis em Cristo Jesus
(1:1)
• Vivem “Em Éfeso” ou não?
• Cristãos predestinados – o que
significa? (v.11)
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Profundidade teológica
• Maior parágrafo da Bíblia (1:3-14) Não há
ponto.
• Parte teórica (1-3) e prática (4-6)
• Doutrina da Igreja – ênfase no corpo
• Salvação pela fé e graça divina (2:1-10)
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• A organização da Igreja serve para o
crescimento do corpo “até que todos
cheguemos à unidade da fé e do pleno
conhecimento do Filho de Deus, ao
estado de homem feito, à medida da
estatura da plenitude de Cristo” (4:13).
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Apóstolos, profetas, evangelistas, pastores
e mestres (4:11)
• Mudança de vida “quem roubava...”
• “Não entristeçais o Espírito Santo” (4:30)
• “Procurando saber o que é agradável ao
Senhor” (5:10).
• A plenitude do Espírito e o álcool (5:18)
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Obrigações familiares (5:21-
6:4)
• Obrigações trabalhistas (6:5-9)
• Armadura espiritual (6:10-20)
FILIPENSES – A alegria de servir a Deus
• MENSAGEM - A vitalidade
contínua do Evangelho entre os
Filipenses e a garantia de que o
Evangelho continuará a crescer
por meio deles.
AUTORIA E DATA
• Paulo e Timóteo (1:1)
• Fariseu da tribo de Benjamim,
perseguidor da Igreja (3:3-7)
• Alguém contente com o que tinha
(4:10-16)
• Escrita por volta dos anos 60-61
DESTINATÁRIO
• Os santos que estão com os
bispos e diáconos (1:1)
• Uma comunidade cristã pobre
que ofertava ao apóstolo
(4:10)
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Paulo transformou a cadeia numa Igreja,
agência missionária e apologética (1:12-
18).
• “Estes o fazem por amor, sabendo que fui
posto aqui para defesa do Evangelho” (v.
16).
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Cristo é o nosso exemplo de serviço
• Hino cristão (2:6-11)
• Paulo esperava por notícias dos
irmãos (2:19)
• Paulo considera seu passado com
esterco em relação ao que ganhou
(3:8).
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• “Suplico a Evódia e Síntique que entrem
em acordo no Senhor” (4:2)
• “Alegrai-vos no Senhor” (4:4)
• Não fiquem ansiosos, orem (4:6-7)
• Pensem no que é bom (4:8)
• “Tudo posso” (4:13)
COLOSSENSES - Plenamente Satisfeitos em Cristo
• MENSAGEM - A superioridade e
suficiência da pessoa de Cristo
e de sua obra como cabeça da
igreja exigem dedicação
exclusiva em atitude e ação.
AUTORIA E DATA
• Paulo e Timóteo (1:1)
• A carta a Filemon menciona as mesmas
pessoas presentes aqui (Timóteo,
Onésimo, Arquipo, Epafras, Marcos,
Aristarco, Demas e Lucas) e é enviada à
mesma cidade.
• Escrita por volta do ano 61.
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• A ideia de plenitude aparece
explicitamente 9X (1:9; 1:19; 1:25; 2:2 (2X);
2:9; 2:10; 3:10; 4:12)
• A plenitude aparece outras 25X
implicitamente (Ex.: agradando a Deus
em tudo; ninguém vos julgue; tudo
quanto fizerdes; etc...).
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Ênfase na cabeça ≠ Efésios
• A plenitude da vida cristã (1:1-8)
• O conhecimento da vontade de Deus (1:9)
• Hino cristão (1:15-20)
• “Nele habita corporalmente toda a plenitude da
Divindade” (2:9)
• “Buscai as coisas do alto” (3:1-4)
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• “E tudo quanto fizerdes, quer por palavras,
quer por ações, fazei em nome do Senhor
Jesus, dando graças por ele a Deus pai”
(3:17).
• “E tudo quanto fizerdes, fazei de coração, como
se fizésseis ao Senhor e não aos homens”
(3:23).
NOVO TESTAMENTO
1 TESSALONICENSES – O REI ESTÁ VOLTANDO
• MENSAGEM - A conduta cristã em meio
a provações e tristeza precisa ser
continuamente caracterizada por pureza,
esperançosa alegria e ordem à luz da
verdade do Evangelho que os
Tessalonicenses receberam de Paulo e da
iminente manifestação de Cristo.
AUTORIA E DATA
• Paulo, Silvano e Timóteo (1:1)
• Esperava estar vivo na vinda do Senhor:
“Afirmamos pela Palavra do Senhor que nós,
os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor,
de modo algum precederemos os que já
faleceram” (4:15).
• Foi escrita por volta do ano 51.
DESTINATÁRIO
• UMA IGREJA FUNDADA EM TRÊS
SEMANAS
• À IGREJA QUE ESTÁ EM DEUS
PAI E DEUS FILHO (1:1)
CARACTERÍTICAS DA CARTA
• Paulo louva a Deus pelos irmãos (1:2)
• Modelo para toda a região (1:7)
• Paulo estava disposto a dar a própria
vida pelos irmãos (2:8)
• Eles receberam a Palavra de Paulo
como Palavra de Deus (2:13)
CARACTERÍTICAS DA CARTA
• AUTORIDADE APOSTÓLICA: “Pois sabeis
o que vos ordenamos pelo Senhor
Jesus” (4:2)
• O dia do Senhor virá como o ladrão (5:2)
• “Não apagueis o Espírito; não desprezeis
as profecias, mas, examinando tudo,
conservai o que é bom” (5:19-21).
NOVO TESTAMENTO
2 TESSALONICENSES – A PREPARAÇÃO PARA O
GRANDE ENCONTRO
• MENSAGEM - Os atuais sofrimentos por Cristo
não devem ser encarados em pânico como o
derramar da ira de Deus, mas em perseverança,
como uma oportunidade de aprovação
enquanto ele prepara seu povo para sua vinda
como supremo Juiz da rebelião humana.
AUTORIA E DATA
• Paulo, Silvano e Timóteo
(1:1)
• Escrita no mesmo ano da
primeira carta, 51.
DESTINATÁRIO
• ALGUNS IRMÃOS ESTAVAM
FICANDO ACOMODADOS COM A
IMINÊNCIA DA SEGUNDA VINDO
DO SENHOR E PRECISAVAM SER
CORRIGIDOS.
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Deus vai pagar com tribulação àqueles
que atribulam sua Igreja (1:6-7)
• Correções em relação à segunda vinda
do Senhor (Cap. 2)
• “Quem não quer trabalhar, também não
coma” (3:10).
• “De próprio punho” (3:17)
NOVO TESTAMENTO
1 TIMÓTEO – A IGREJA É A COLUNA DA
VERDADE
MENSAGEM - A vida da igreja
deve ser coerente com seu
caráter de casa de Deus e
guardiã da verdade divina.
AUTORIA E DATA
• Paulo (1:1).
• Escrita entre os anos 62-63.
DESTINATÁRIO
• Timóteo (1:2)
• Filho na fé.
• Graça, misericórdia e paz
(1:2)
• Pastor em Éfeso (1:3)
NOVO TESTAMENTO
2 TIMÓTEO – PREGAR A PALAVRA SEMPRE
• MENSAGEM - A participação de
Timóteo no ministério de Paulo só
será realizada se ele demonstrar
perseverança em meio às
provações e pureza em meio à
heresia.
AUTORIA, DATA E DESTINATÁRIO
• Paulo (1:1)
• Escrita por volta dos anos
(67-68)
• Graça, misericórdia e Paz
(1:2)
APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO
• Paulo faz uma série de recomendações a
Timóteo sobre o cuidado da Igreja e dele
próprio, mesmo à distância, em pelo
menos cinco temas principais:
• Ânimo, Pregação, Disciplina, Oração e
Visita.
APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO
• Ânimo:
• 1 Tm 1:2 Paulo deseja além de graça
e paz, algo comum nas suas outras
11 cartas, misericórdia a Timóteo.
• 1 Tm 1:18 Timóteo é orientado com
base nas profecias a seu respeito.
APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO
• 2 Tm 1:3 Paulo ora por Timóteo.
• 2 Tm 2:1-3 Timóteo deveria se
fortalecer, discipular e sofrer junto
com Paulo.
APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO
Pregação:
• 1 Tm 1:3-4 Paulo ordena a Timóteo que não
permita a entrada da heresia na Igreja.
• 2 Tm 4:1-2 Timóteo deveria pregar a Palavra
em toda e qualquer situação.
APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO
DISCIPLINA:
• 1 Tm 2:8-15 Paulo orienta Timóteo como
deve ser o procedimento dos homens e
das mulheres na Igreja
• 1 Tm 3:1-13 Timóteo deveria organizar
a Igreja e levantar liderança.
APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO
• Oração:
• 1 Tm 2:1 Paulo ordena que
Timóteo ore por todos os
homens.
APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO
• Visita:
• Paulo esperava visitar
Timóteo em breve (1 Tm
3:14-15; 2 Tm 1:4).
NOVO TESTAMENTO
TITO – LIDERANÇA SADIA PARA A IGREJA SADIA
• MENSAGEM - O estabelecimento de
igrejas maduras, nas quais a doutrina é
confirmada pela vida, depende da
presença espiritualmente qualificada e da
prática de boas obras por parte de cada
crente por meio da graciosa capacitação
de Deus.
AUTORIA, DATA E DESTINATÁRIO
Menciona líderes da Igreja em Roma
(Alexandre e Rufo 15:21 cf. Rm 16:13).
• Paulo e os que estavam com ele
(1:1; 3:15).
• Escrita no ano 66.
• Tito “filho na fé”.
• Colocar em ordem e estabelecer
Presbíteros (1:5).
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Os cretenses eram mentirosos e
preguiçosos (1:12)
• Tito deveria ser exemplo para a sociedade
e Igreja (2:7)
• “Aguardando a bendita esperança e o
aparecimento da glória do nosso grande
Deus e Salvador, Cristo Jesus” (2:13).
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Os irmãos deveriam ser
ensinados na prática das
boas obras (3:14)
NOVO TESTAMENTO
FILEMOM – O AMOR CRISTÃO NA PRÁTICA
• MENSAGEM – O amor de Deus
no Evangelho quebra barreiras
sociais e falhas pessoais,
fornecendo plena aceitação por
causa dos laços fraternais.
AUTORIA E DATA
•Paulo e Timóteo (1:1).
•Um prisioneiro.
•Escrita no ano 61.
DESTINATÁRIO
• Para Filemom, companheiro
de trabalho de Paulo e um
proprietário de escravos.
• Para Áfia e Arquipo e à Igreja
da sua casa.
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Paulo não ordena, mas, pede
(8-9).
• Paulo intercede por “meu
filho” Onésimo (10).
• “Ponhe na minha conta” (19)
CARACTERÍSTICAS DA CARTA
• Paulo esperava ser liberto por
meio das orações (22)
• “Epafras, Marcos, Aristarco,
Demas e Lucas, meus
cooperadores” (23-24)
NOVO TESTAMENTO 2 – www.grafia.in

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O que pode acontecer a um cristão que despreza o estudo bíblico
O que pode acontecer a um cristão que  despreza o estudo bíblicoO que pode acontecer a um cristão que  despreza o estudo bíblico
O que pode acontecer a um cristão que despreza o estudo bíblicoBruno Cesar Santos de Sousa
 
5º módulo 4ª aula
5º módulo   4ª aula5º módulo   4ª aula
5º módulo 4ª aulaJoel Silva
 
A bíblia: origem e propósito
A bíblia: origem e propósitoA bíblia: origem e propósito
A bíblia: origem e propósitoErberson Pinheiro
 
1º módulo 4ª aula
1º módulo   4ª aula1º módulo   4ª aula
1º módulo 4ª aulaJoel Silva
 
Cap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das Escrituras
Cap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das EscriturasCap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das Escrituras
Cap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das EscriturasPetula
 
Ebd a Inspiração Divina da Bíblia
Ebd a Inspiração Divina da BíbliaEbd a Inspiração Divina da Bíblia
Ebd a Inspiração Divina da BíbliaNey Bellas
 
Teologia do Antigo Testamento aula 2 Pr Jonas
Teologia do Antigo Testamento aula 2 Pr JonasTeologia do Antigo Testamento aula 2 Pr Jonas
Teologia do Antigo Testamento aula 2 Pr JonasJose Ventura
 
Aula 3 a inspiração
Aula 3   a inspiraçãoAula 3   a inspiração
Aula 3 a inspiraçãonpmscampos
 
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das EscriturasCap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das EscriturasPetula
 
Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01Coop. Fabio Silva
 
Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?
Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?
Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?Noimix
 

Mais procurados (20)

A importância do estudo bíblico para a igreja
A importância do estudo bíblico para a igrejaA importância do estudo bíblico para a igreja
A importância do estudo bíblico para a igreja
 
O que pode acontecer a um cristão que despreza o estudo bíblico
O que pode acontecer a um cristão que  despreza o estudo bíblicoO que pode acontecer a um cristão que  despreza o estudo bíblico
O que pode acontecer a um cristão que despreza o estudo bíblico
 
Biblia na catequese
Biblia na catequeseBiblia na catequese
Biblia na catequese
 
5º módulo 4ª aula
5º módulo   4ª aula5º módulo   4ª aula
5º módulo 4ª aula
 
A bíblia: origem e propósito
A bíblia: origem e propósitoA bíblia: origem e propósito
A bíblia: origem e propósito
 
1º módulo 4ª aula
1º módulo   4ª aula1º módulo   4ª aula
1º módulo 4ª aula
 
Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
 
BIBLIOLOGIA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
BIBLIOLOGIA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)BIBLIOLOGIA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
BIBLIOLOGIA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
 
Cap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das Escrituras
Cap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das EscriturasCap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das Escrituras
Cap 1 Bibliologia E RevelaçãO Das Escrituras
 
Como estudar a bíblia
Como estudar a bíbliaComo estudar a bíblia
Como estudar a bíblia
 
O cânon do novo testamento
O cânon do novo testamentoO cânon do novo testamento
O cânon do novo testamento
 
Ebd a Inspiração Divina da Bíblia
Ebd a Inspiração Divina da BíbliaEbd a Inspiração Divina da Bíblia
Ebd a Inspiração Divina da Bíblia
 
A Epístola aos Romanos
A Epístola aos RomanosA Epístola aos Romanos
A Epístola aos Romanos
 
Teologia do Antigo Testamento aula 2 Pr Jonas
Teologia do Antigo Testamento aula 2 Pr JonasTeologia do Antigo Testamento aula 2 Pr Jonas
Teologia do Antigo Testamento aula 2 Pr Jonas
 
Aula 3 a inspiração
Aula 3   a inspiraçãoAula 3   a inspiração
Aula 3 a inspiração
 
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das EscriturasCap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
Cap 2 InspiraçãO, IluminaçãO E Unidade Das Escrituras
 
Revelação biblica
Revelação biblicaRevelação biblica
Revelação biblica
 
Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01Bibliologia - IBADEP: AULA 01
Bibliologia - IBADEP: AULA 01
 
# Bíblia a Palavra de Deus####
# Bíblia   a Palavra de Deus##### Bíblia   a Palavra de Deus####
# Bíblia a Palavra de Deus####
 
Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?
Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?
Bíblia: Palavra de Deus ou de homens?
 

Destaque

Concepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero completo
Concepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero  completoConcepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero  completo
Concepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero completoFlorêncio M. Costa Jr
 
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016Pr. Andre Luiz
 
Propósito da provação.
Propósito da provação.Propósito da provação.
Propósito da provação.Quenia Damata
 
A Lei, A Carne e o Espírito - Lição 06 - 2º Trimestre de 2016
A Lei, A Carne e o Espírito - Lição 06 - 2º Trimestre de 2016A Lei, A Carne e o Espírito - Lição 06 - 2º Trimestre de 2016
A Lei, A Carne e o Espírito - Lição 06 - 2º Trimestre de 2016Pr. Andre Luiz
 
A lei, a Carne e o Espírito.
A lei, a Carne e o Espírito.A lei, a Carne e o Espírito.
A lei, a Carne e o Espírito.Márcio Martins
 
A SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIA
A SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIAA SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIA
A SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIAEnerliz
 
2013_3 tri_Lição 1 - Paulo e a igreja de filipos
2013_3 tri_Lição 1 - Paulo e a igreja de filipos2013_3 tri_Lição 1 - Paulo e a igreja de filipos
2013_3 tri_Lição 1 - Paulo e a igreja de filiposNatalino das Neves Neves
 
1 Coríntios (1º Estudo)
1 Coríntios (1º Estudo)1 Coríntios (1º Estudo)
1 Coríntios (1º Estudo)Daniel Junior
 

Destaque (20)

Hare krishna
Hare krishnaHare krishna
Hare krishna
 
Espiritismo
EspiritismoEspiritismo
Espiritismo
 
Novo testamento 1 noite 2016.1
Novo testamento 1   noite 2016.1Novo testamento 1   noite 2016.1
Novo testamento 1 noite 2016.1
 
Hinduísmo
HinduísmoHinduísmo
Hinduísmo
 
Budismo
BudismoBudismo
Budismo
 
Panorama do novo testamento
Panorama do novo testamentoPanorama do novo testamento
Panorama do novo testamento
 
Lição 1ª A igreja de Deus
Lição 1ª A igreja de DeusLição 1ª A igreja de Deus
Lição 1ª A igreja de Deus
 
Corintios13
Corintios13Corintios13
Corintios13
 
Concepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero completo
Concepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero  completoConcepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero  completo
Concepcoes de homens hospitalizados sobre questo de genero completo
 
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
A fidelidade de deus - Lição 13 - 4º Trimestre de 2016
 
Propósito da provação.
Propósito da provação.Propósito da provação.
Propósito da provação.
 
A Lei, A Carne e o Espírito - Lição 06 - 2º Trimestre de 2016
A Lei, A Carne e o Espírito - Lição 06 - 2º Trimestre de 2016A Lei, A Carne e o Espírito - Lição 06 - 2º Trimestre de 2016
A Lei, A Carne e o Espírito - Lição 06 - 2º Trimestre de 2016
 
Trabalho de Novo Testamento
Trabalho de Novo TestamentoTrabalho de Novo Testamento
Trabalho de Novo Testamento
 
A lei, a Carne e o Espírito.
A lei, a Carne e o Espírito.A lei, a Carne e o Espírito.
A lei, a Carne e o Espírito.
 
A historia do novo testamento
A historia do novo testamentoA historia do novo testamento
A historia do novo testamento
 
A SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIA
A SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIAA SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIA
A SEGUNDA VIAGEM MISSIONÁRIA
 
Lição 01: Paulo e a Igreja em Filipos
Lição 01:  Paulo e a Igreja em FiliposLição 01:  Paulo e a Igreja em Filipos
Lição 01: Paulo e a Igreja em Filipos
 
Estudo em 1 coríntios
Estudo em 1 coríntiosEstudo em 1 coríntios
Estudo em 1 coríntios
 
2013_3 tri_Lição 1 - Paulo e a igreja de filipos
2013_3 tri_Lição 1 - Paulo e a igreja de filipos2013_3 tri_Lição 1 - Paulo e a igreja de filipos
2013_3 tri_Lição 1 - Paulo e a igreja de filipos
 
1 Coríntios (1º Estudo)
1 Coríntios (1º Estudo)1 Coríntios (1º Estudo)
1 Coríntios (1º Estudo)
 

Semelhante a Novo testamento 2 2016.1 tarde e noite

PRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTONatalino das Neves Neves
 
Filipe como missionário_Liç_Orig_1032015 + textos
Filipe como missionário_Liç_Orig_1032015 + textosFilipe como missionário_Liç_Orig_1032015 + textos
Filipe como missionário_Liç_Orig_1032015 + textosGerson G. Ramos
 
Preleção_JOVENS_Lição 2 - Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_JOVENS_Lição 2 - Ação de Graças pela Igreja de CorintoPreleção_JOVENS_Lição 2 - Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_JOVENS_Lição 2 - Ação de Graças pela Igreja de CorintoPastor Natalino Das Neves
 
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoPreleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoNatalino das Neves Neves
 
Lição 1 - A epístola aos romanos
Lição 1 - A epístola aos romanosLição 1 - A epístola aos romanos
Lição 1 - A epístola aos romanosAilton da Silva
 
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.pptLição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.pptPauloMello68
 
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01Joel Silva
 
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1Natalino das Neves Neves
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTONatalino das Neves Neves
 
2 - O periodo dos apostolos.pptx
2 - O periodo dos apostolos.pptx2 - O periodo dos apostolos.pptx
2 - O periodo dos apostolos.pptxPIB Penha - SP
 
Dons e talentos usados para a gloria de deus
Dons e talentos usados para a gloria de deusDons e talentos usados para a gloria de deus
Dons e talentos usados para a gloria de deusTiago Silveira
 
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristoLBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristoNatalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptx
LIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptxLIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptx
LIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptxKARINEVONEYVIEIRABAR
 
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptxSLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptxUelison Santana
 

Semelhante a Novo testamento 2 2016.1 tarde e noite (20)

PRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTOPRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PRELEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
 
Filipe como missionário_Liç_Orig_1032015 + textos
Filipe como missionário_Liç_Orig_1032015 + textosFilipe como missionário_Liç_Orig_1032015 + textos
Filipe como missionário_Liç_Orig_1032015 + textos
 
Preleção_JOVENS_Lição 2 - Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_JOVENS_Lição 2 - Ação de Graças pela Igreja de CorintoPreleção_JOVENS_Lição 2 - Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_JOVENS_Lição 2 - Ação de Graças pela Igreja de Corinto
 
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de CorintoPreleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
Preleção_2021 2 tri_lbj_licao_2_Ação de Graças pela Igreja de Corinto
 
Lição 1 - A epístola aos romanos
Lição 1 - A epístola aos romanosLição 1 - A epístola aos romanos
Lição 1 - A epístola aos romanos
 
9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios
 
Epistola de efeso
Epistola de efesoEpistola de efeso
Epistola de efeso
 
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.pptLição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
 
Estudo da 1ª carta de paulo a corintios
Estudo da 1ª carta de paulo a corintiosEstudo da 1ª carta de paulo a corintios
Estudo da 1ª carta de paulo a corintios
 
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 01
 
012 tessalonicenses 1º
012 tessalonicenses 1º012 tessalonicenses 1º
012 tessalonicenses 1º
 
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno LageO que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
O que Jesus espera da igreja? A estrutura de Deus (3ª parte) by Pr. Nuno Lage
 
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
Epistolas paulinas e gerais_IBADEP_Llição 1
 
PROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTOPROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
PROJEÇÃO_LIÇÃO 2 - AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO
 
2 - O periodo dos apostolos.pptx
2 - O periodo dos apostolos.pptx2 - O periodo dos apostolos.pptx
2 - O periodo dos apostolos.pptx
 
Dons e talentos usados para a gloria de deus
Dons e talentos usados para a gloria de deusDons e talentos usados para a gloria de deus
Dons e talentos usados para a gloria de deus
 
Livro bibliologia novo testamento
Livro bibliologia novo testamento Livro bibliologia novo testamento
Livro bibliologia novo testamento
 
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristoLBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristo
LBA 2017 3 TRI LIÇÃO 8 - A igreja de cristo
 
LIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptx
LIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptxLIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptx
LIÇÃO 2 JOVENS AÇÃO DE GRAÇAS PELA IGREJA DE CORINTO .pptx
 
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptxSLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
SLIDES - LIÇÃO 10 - PAULO E SEU AMOR PELA IGREJA - CANAL TEXTO ÁUREO.pptx
 

Mais de Bruno Cesar Santos de Sousa (12)

Homilética I Itaporanga
Homilética I ItaporangaHomilética I Itaporanga
Homilética I Itaporanga
 
Principais Tipos de Sermão
Principais Tipos de SermãoPrincipais Tipos de Sermão
Principais Tipos de Sermão
 
A hermenêutica nos séculos xix e xx
A hermenêutica nos séculos xix e xx A hermenêutica nos séculos xix e xx
A hermenêutica nos séculos xix e xx
 
A hermenêutica na reforma protestante 9
A hermenêutica na reforma protestante 9A hermenêutica na reforma protestante 9
A hermenêutica na reforma protestante 9
 
A hermenêutica na idade média 8
A hermenêutica na idade média 8A hermenêutica na idade média 8
A hermenêutica na idade média 8
 
Hermenêutica na igreja primitiva 7
Hermenêutica na igreja primitiva 7Hermenêutica na igreja primitiva 7
Hermenêutica na igreja primitiva 7
 
Teologia da prosperidade
Teologia da prosperidadeTeologia da prosperidade
Teologia da prosperidade
 
A corrida da vida cristã
A corrida da vida cristãA corrida da vida cristã
A corrida da vida cristã
 
O papel do espírito santo no livro de Atos
O papel do espírito santo no livro de AtosO papel do espírito santo no livro de Atos
O papel do espírito santo no livro de Atos
 
A hermenêutica entre os judeus 6
A hermenêutica entre os judeus 6A hermenêutica entre os judeus 6
A hermenêutica entre os judeus 6
 
As traduções bíblicas e o significado do texto 5
As traduções bíblicas e o significado do texto 5As traduções bíblicas e o significado do texto 5
As traduções bíblicas e o significado do texto 5
 
Introdução ao estudo da hermenêutica 1
Introdução ao estudo da hermenêutica 1Introdução ao estudo da hermenêutica 1
Introdução ao estudo da hermenêutica 1
 

Último

Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Susana Stoffel
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 

Último (20)

Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
Família de palavras.ppt com exemplos e exercícios interativos.
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 

Novo testamento 2 2016.1 tarde e noite

  • 1. NOVO TESTAMENTO 2 – www.grafia.in
  • 2. ROMANOS - A Justificação Pela Fé em Cristo • MENSAGEM – O Evangelho de Cristo estabelece graciosa e eficazmente judeus e gentios em justiça diante de Deus e num viver sadio entre si depois de satisfazer, por meio da fé, suas necessidades morais perante Deus.
  • 3. AUTORIA E DATA • PAULO É O AUTOR, TÉRCIO O AMANUENSE (1:1; 16:22) • Referências pessoais (1:10-13) • Tribo de Benjamim (11:1) • Áqüila e Priscila (16:3) • Similaridade com Gálatas e 1 Coríntios. • Escrita por volta do ano 57 em Corinto.
  • 4. DESTINATÁRIO • Os irmãos romanos a quem Paulo queria conhecer, fortalecer na fé e estabelecer uma parceria missionária (1:11- 12; 15:23-28).
  • 5. CARACTERÍSTICAS DA CARTA Menciona líderes da Igreja em Roma (Alexandre e Rufo 15:21 cf. Rm 16:13). • Considerada a principal carta do Novo Testamento • A doutrina da justificação pela fé • A doutrina da ira de Deus • Lei X Evangelho
  • 6. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Plano de Deus com Israel (9-11) • Dons do Espírito Santo: • Profecia, serviço, ensino, exortar, contribuição, liderança, misericórdia. • O papel das autoridades e dos civis. • Como resolver questões polêmicas na Igreja (Cap. 14).
  • 7. 1 Coríntios – Uma Igreja infantil MENSAGEM - A verdadeira maturidade espiritual na vida de uma Igreja desenvolve relacionamentos de amor sob o poder libertador e a graça unificadora de Cristo.
  • 8. AUTORIA E DATA • Paulo e Sóstenes – Provavelmente como amanuense. • Sóstenes provavelmente o ex-líder da Sinagoga de Corinto (Atos 18:17). • Esta carta é aceita pelos críticos como sendo paulina. • Foi escrita por volta dos anos 55-57
  • 9. DESTINATÁRIO • Uma Igreja situada em Corinto que tinha uma liturgia bagunçada e práticas não condizentes com o Evangelho de Jesus Cristo. • No entanto, os Coríntios eram: “Igreja de Deus, santificados em Cristo Jesus, chamados para ser santos, invocadores do nome de Jesus, servos de Jesus” (1 Co 1:2).
  • 10. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Deus decidiu salvar os pecadores pela “loucura da pregação” (1:21) • As bênçãos da vida eterna não podem ser medidas “As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração humano, são as que Deus preparou para os que o amam” (2:9).
  • 11. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Divisões na Igreja – um só alicerce (Cap. 3) • Os despenseiros de Deus (4:2). • Havia uma carta anterior (5:9). • “Expulsar”(5:2); “Entreguem a Satanás”(5:5); “Não comais com ele” (5:11). • Litígio entre irmãos.
  • 12. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Resposta a várias perguntas: • “A respeito do casamento” (7). • “A respeito da comida sacrificada a ídolos” (8-10). • “Sobre as mulheres no culto e ceia” (11). • “A respeito dos dons espitiruais” (12-14). • “Sobre o Evangelho e a Ressurreição” (15).
  • 13. 2 CORÍNTIOS – UMA DEFESA APOSTOLAR MENSAGEM - Um ministério digno de ser seguido reflete o poder da vida na nova aliança àqueles cuja lealdade a Cristo ele busca renovar.
  • 14. AUTORIA E DATA • Paulo e Timóteo (1:1; 10:1) • 2 ou 4 Coríntios? • Duas cartas juntas? • Foi escrita por volta do ano 56.
  • 15. DESTINATÁRIO • Paulo escreve para uma Igreja que deveria enviar ofertas aos irmãos pobres e estavam em crise a respeito do seu verdadeiro apostolado.
  • 16. • A defesa do apostolado Paulino visava a bênção dos irmãos “Pensais que estamos nos defendendo diante de vós? É diante de Deus que falamos em Cristo; amados, tudo isso que fazemos é para a vossa edificação” (12:19). • A consolação divina(1:3-7) • Paulo desesperou-se da vida (1:8) • Paulo não era mercenário da Palavra de Deus (2:17)
  • 17. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Um evangelho de serviço centrado em Cristo “Pois não pregamos a nós mesmos, mas a Jesus Cristo, o Senhor, e a nós mesmos como vossos servos por causa de Jesus” (4:5). • O tribunal de Cristo (5:10) • Reconciliação com Deus em Cristo (5:19)
  • 18. CARACTERÍTICAS DA CARTA • Jugo desigual com os incrédulos (6:14) • Coleta para os irmãos mais pobres (8- 9) • Defesa e “Curriculum Vitae” de Paulo (10-11) • Paulo foi ao céu (12)
  • 19. GÁLATAS – Legalismo sem graça MENSAGEM - A verdade do Evangelho da graça estabelece os crentes na liberdade para viver em amor pelo poder do Espírito.
  • 20. AUTORIA E DATA • Paulo e companheiros (1:1-2; 5:2) • O fundador da Igreja (4:19-20) • Paulo assina a carta (6:11; 2 Ts 3:17) • Foi escrita entre os anos 52-57
  • 21. DESTINATÁRIO • Preferência pela teoria da Galácia do Sul – Atual Turquia. • Cristãos que estavam enfrentando problemas de heresias quanto à Lei.
  • 22. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Não há ações de graças pelo autor • Rápido desvio dos princípios do Evangelho (1:6) • Os hereges deveriam ser rejeitados e expulsos da Igreja (1:8-9) • Forte embate entre apóstolos (2:11-14) • Lei X Graça – judaizantes • Enfermidade nos olhos de Paulo (4:13, 15)
  • 23. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Liberdade em Cristo (5:1) • Obras da Carne X Fruto do Espírito (contra essas coisas não há lei) • Levem os fardos uns dos outros (6:2) • Paulo leva no corpo as Marcas de Cristo (6:17).
  • 25. EFÉSIOS – Até onde devemos crescer? •MENSAGEM - Privilégios espirituais no Cristo exaltado devem levar o corpo ao crescimento em união, à santificação na vida diária e ao triunfo no conflito espiritual.
  • 26. AUTORIA E DATA • Paulo • Ausência de referências pessoais onde Paulo passou muito tempo. • Muitos hapax legomenas (novas palavras) • Conceitos avançados da teologia paulina • Foi escrita por volta do ano 60
  • 27. DESTINATÁRIO • Santos e fiéis em Cristo Jesus (1:1) • Vivem “Em Éfeso” ou não? • Cristãos predestinados – o que significa? (v.11)
  • 28. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Profundidade teológica • Maior parágrafo da Bíblia (1:3-14) Não há ponto. • Parte teórica (1-3) e prática (4-6) • Doutrina da Igreja – ênfase no corpo • Salvação pela fé e graça divina (2:1-10)
  • 29. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • A organização da Igreja serve para o crescimento do corpo “até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo” (4:13).
  • 30. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres (4:11) • Mudança de vida “quem roubava...” • “Não entristeçais o Espírito Santo” (4:30) • “Procurando saber o que é agradável ao Senhor” (5:10). • A plenitude do Espírito e o álcool (5:18)
  • 31. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Obrigações familiares (5:21- 6:4) • Obrigações trabalhistas (6:5-9) • Armadura espiritual (6:10-20)
  • 32. FILIPENSES – A alegria de servir a Deus • MENSAGEM - A vitalidade contínua do Evangelho entre os Filipenses e a garantia de que o Evangelho continuará a crescer por meio deles.
  • 33. AUTORIA E DATA • Paulo e Timóteo (1:1) • Fariseu da tribo de Benjamim, perseguidor da Igreja (3:3-7) • Alguém contente com o que tinha (4:10-16) • Escrita por volta dos anos 60-61
  • 34. DESTINATÁRIO • Os santos que estão com os bispos e diáconos (1:1) • Uma comunidade cristã pobre que ofertava ao apóstolo (4:10)
  • 35. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Paulo transformou a cadeia numa Igreja, agência missionária e apologética (1:12- 18). • “Estes o fazem por amor, sabendo que fui posto aqui para defesa do Evangelho” (v. 16).
  • 36. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Cristo é o nosso exemplo de serviço • Hino cristão (2:6-11) • Paulo esperava por notícias dos irmãos (2:19) • Paulo considera seu passado com esterco em relação ao que ganhou (3:8).
  • 37. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • “Suplico a Evódia e Síntique que entrem em acordo no Senhor” (4:2) • “Alegrai-vos no Senhor” (4:4) • Não fiquem ansiosos, orem (4:6-7) • Pensem no que é bom (4:8) • “Tudo posso” (4:13)
  • 38. COLOSSENSES - Plenamente Satisfeitos em Cristo • MENSAGEM - A superioridade e suficiência da pessoa de Cristo e de sua obra como cabeça da igreja exigem dedicação exclusiva em atitude e ação.
  • 39. AUTORIA E DATA • Paulo e Timóteo (1:1) • A carta a Filemon menciona as mesmas pessoas presentes aqui (Timóteo, Onésimo, Arquipo, Epafras, Marcos, Aristarco, Demas e Lucas) e é enviada à mesma cidade. • Escrita por volta do ano 61.
  • 40. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • A ideia de plenitude aparece explicitamente 9X (1:9; 1:19; 1:25; 2:2 (2X); 2:9; 2:10; 3:10; 4:12) • A plenitude aparece outras 25X implicitamente (Ex.: agradando a Deus em tudo; ninguém vos julgue; tudo quanto fizerdes; etc...).
  • 41. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Ênfase na cabeça ≠ Efésios • A plenitude da vida cristã (1:1-8) • O conhecimento da vontade de Deus (1:9) • Hino cristão (1:15-20) • “Nele habita corporalmente toda a plenitude da Divindade” (2:9) • “Buscai as coisas do alto” (3:1-4)
  • 42. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • “E tudo quanto fizerdes, quer por palavras, quer por ações, fazei em nome do Senhor Jesus, dando graças por ele a Deus pai” (3:17). • “E tudo quanto fizerdes, fazei de coração, como se fizésseis ao Senhor e não aos homens” (3:23).
  • 44. 1 TESSALONICENSES – O REI ESTÁ VOLTANDO • MENSAGEM - A conduta cristã em meio a provações e tristeza precisa ser continuamente caracterizada por pureza, esperançosa alegria e ordem à luz da verdade do Evangelho que os Tessalonicenses receberam de Paulo e da iminente manifestação de Cristo.
  • 45. AUTORIA E DATA • Paulo, Silvano e Timóteo (1:1) • Esperava estar vivo na vinda do Senhor: “Afirmamos pela Palavra do Senhor que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que já faleceram” (4:15). • Foi escrita por volta do ano 51.
  • 46. DESTINATÁRIO • UMA IGREJA FUNDADA EM TRÊS SEMANAS • À IGREJA QUE ESTÁ EM DEUS PAI E DEUS FILHO (1:1)
  • 47. CARACTERÍTICAS DA CARTA • Paulo louva a Deus pelos irmãos (1:2) • Modelo para toda a região (1:7) • Paulo estava disposto a dar a própria vida pelos irmãos (2:8) • Eles receberam a Palavra de Paulo como Palavra de Deus (2:13)
  • 48. CARACTERÍTICAS DA CARTA • AUTORIDADE APOSTÓLICA: “Pois sabeis o que vos ordenamos pelo Senhor Jesus” (4:2) • O dia do Senhor virá como o ladrão (5:2) • “Não apagueis o Espírito; não desprezeis as profecias, mas, examinando tudo, conservai o que é bom” (5:19-21).
  • 50. 2 TESSALONICENSES – A PREPARAÇÃO PARA O GRANDE ENCONTRO • MENSAGEM - Os atuais sofrimentos por Cristo não devem ser encarados em pânico como o derramar da ira de Deus, mas em perseverança, como uma oportunidade de aprovação enquanto ele prepara seu povo para sua vinda como supremo Juiz da rebelião humana.
  • 51. AUTORIA E DATA • Paulo, Silvano e Timóteo (1:1) • Escrita no mesmo ano da primeira carta, 51.
  • 52. DESTINATÁRIO • ALGUNS IRMÃOS ESTAVAM FICANDO ACOMODADOS COM A IMINÊNCIA DA SEGUNDA VINDO DO SENHOR E PRECISAVAM SER CORRIGIDOS.
  • 53. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Deus vai pagar com tribulação àqueles que atribulam sua Igreja (1:6-7) • Correções em relação à segunda vinda do Senhor (Cap. 2) • “Quem não quer trabalhar, também não coma” (3:10). • “De próprio punho” (3:17)
  • 55. 1 TIMÓTEO – A IGREJA É A COLUNA DA VERDADE MENSAGEM - A vida da igreja deve ser coerente com seu caráter de casa de Deus e guardiã da verdade divina.
  • 56. AUTORIA E DATA • Paulo (1:1). • Escrita entre os anos 62-63.
  • 57. DESTINATÁRIO • Timóteo (1:2) • Filho na fé. • Graça, misericórdia e paz (1:2) • Pastor em Éfeso (1:3)
  • 59. 2 TIMÓTEO – PREGAR A PALAVRA SEMPRE • MENSAGEM - A participação de Timóteo no ministério de Paulo só será realizada se ele demonstrar perseverança em meio às provações e pureza em meio à heresia.
  • 60. AUTORIA, DATA E DESTINATÁRIO • Paulo (1:1) • Escrita por volta dos anos (67-68) • Graça, misericórdia e Paz (1:2)
  • 61. APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO • Paulo faz uma série de recomendações a Timóteo sobre o cuidado da Igreja e dele próprio, mesmo à distância, em pelo menos cinco temas principais: • Ânimo, Pregação, Disciplina, Oração e Visita.
  • 62. APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO • Ânimo: • 1 Tm 1:2 Paulo deseja além de graça e paz, algo comum nas suas outras 11 cartas, misericórdia a Timóteo. • 1 Tm 1:18 Timóteo é orientado com base nas profecias a seu respeito.
  • 63. APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO • 2 Tm 1:3 Paulo ora por Timóteo. • 2 Tm 2:1-3 Timóteo deveria se fortalecer, discipular e sofrer junto com Paulo.
  • 64. APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO Pregação: • 1 Tm 1:3-4 Paulo ordena a Timóteo que não permita a entrada da heresia na Igreja. • 2 Tm 4:1-2 Timóteo deveria pregar a Palavra em toda e qualquer situação.
  • 65. APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO DISCIPLINA: • 1 Tm 2:8-15 Paulo orienta Timóteo como deve ser o procedimento dos homens e das mulheres na Igreja • 1 Tm 3:1-13 Timóteo deveria organizar a Igreja e levantar liderança.
  • 66. APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO • Oração: • 1 Tm 2:1 Paulo ordena que Timóteo ore por todos os homens.
  • 67. APRECIAÇÃO DAS DUAS CARTAS A TIMÓTEO • Visita: • Paulo esperava visitar Timóteo em breve (1 Tm 3:14-15; 2 Tm 1:4).
  • 69. TITO – LIDERANÇA SADIA PARA A IGREJA SADIA • MENSAGEM - O estabelecimento de igrejas maduras, nas quais a doutrina é confirmada pela vida, depende da presença espiritualmente qualificada e da prática de boas obras por parte de cada crente por meio da graciosa capacitação de Deus.
  • 70. AUTORIA, DATA E DESTINATÁRIO Menciona líderes da Igreja em Roma (Alexandre e Rufo 15:21 cf. Rm 16:13). • Paulo e os que estavam com ele (1:1; 3:15). • Escrita no ano 66. • Tito “filho na fé”. • Colocar em ordem e estabelecer Presbíteros (1:5).
  • 71. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Os cretenses eram mentirosos e preguiçosos (1:12) • Tito deveria ser exemplo para a sociedade e Igreja (2:7) • “Aguardando a bendita esperança e o aparecimento da glória do nosso grande Deus e Salvador, Cristo Jesus” (2:13).
  • 72. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Os irmãos deveriam ser ensinados na prática das boas obras (3:14)
  • 74. FILEMOM – O AMOR CRISTÃO NA PRÁTICA • MENSAGEM – O amor de Deus no Evangelho quebra barreiras sociais e falhas pessoais, fornecendo plena aceitação por causa dos laços fraternais.
  • 75. AUTORIA E DATA •Paulo e Timóteo (1:1). •Um prisioneiro. •Escrita no ano 61.
  • 76. DESTINATÁRIO • Para Filemom, companheiro de trabalho de Paulo e um proprietário de escravos. • Para Áfia e Arquipo e à Igreja da sua casa.
  • 77. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Paulo não ordena, mas, pede (8-9). • Paulo intercede por “meu filho” Onésimo (10). • “Ponhe na minha conta” (19)
  • 78. CARACTERÍSTICAS DA CARTA • Paulo esperava ser liberto por meio das orações (22) • “Epafras, Marcos, Aristarco, Demas e Lucas, meus cooperadores” (23-24)
  • 79. NOVO TESTAMENTO 2 – www.grafia.in