SlideShare uma empresa Scribd logo
O Método Científico1Francisco Vasconcelos2010
O que é a Ciência?Ciência é resultado de pesquisas e tentativas metódicas, leis e factos que formam o elemento de continuidade sendo aperfeiçoado e ampliado ao longo da história do homem.
A Revolução científica desenvolve-se nos séculos XVI e XVII com Cópernico, Bacon, Galileu, Descartes, entre outros.
O Método experimental propiciou o desenvolvimento da Biologia, Física e Química, Geologia, entre outras.2
Como era a Ciência na Antiguidade?3Os Gregos foram dos primeiros a construir conhecimento científico a partir da observação do Mundo. Os sábios gregos dedicaram-se ao interessante exercício intelectual de tentar descobrir as leis da Natureza, já que o Universo se encontrava sob o controlo dos deuses. (forma simples de explicar o que não se conhece)
Como era a Ciência na Antiguidade?4Um dos primeiros “cientistas” a conseguir descobrir uma dessas leis foi Tales de Mileto, cerca de 600 a.C., conseguindo prever eclipses solares. Os sábios também estudaram problemas relacionados com figuras geométricas. As relações que envolvem o triângulo e o rectângulo foram descobertas por Pitágoras cerca de 525 a.C., traduzindo-se no que hoje se designa por Teorema de Pitágoras, em sua honra.
Como era a Ciência na Antiguidade?5Para os Antigos Egípcios, o céu era o corpo da deusa Nut, cravejado de estrelas. Ra era o deus-Sol.Seduzidos pelos êxitos obtidos com a Geometria, os Gregos acabaram por considerar a Ciência como um conjunto de verdades absolutas e indiscutíveis. (?)
A Astrologia é uma Ciência?6Teoria CientíficaValidade e precisãoLimitação da nossa capacidade de explicaçãoProduz o avanço do conhecimentoEu sei hoje mais do que sabíamos ontem... (mas será que está correcto?)
O que é Ciência?7Lei da Gravitaçao UniversalA Gravitação universal é uma força fundamental de atracção que age entre todos os objectos por causa das suas massas, isto é, a quantidade de matéria de que são constituídos. A gravitação mantém o universo unido.Isaac Newton (sec XVI)Busca de explicação racional do UniversoTeoria científicaCapaz de explicar uma parte do mundo
A Ciência avança…8Gravitação UniversalRelatividade GeralA velocidade da luz é o limite de transmissão
O que é Ciência?9Começamos na ignorância…“Tudo é água”, Tales de Mileto (o chamado “Chico esperto”)…e acabamos construindo respostas plaúsiveisTabela periódica dos elementos químicosDNA como base de reprodução
Teoria e Observações…10Teste de um novo remédioObservar o comportamento de ratos em laboratórioObservar as órbitas dos planetasArquivo de todas as posições dos planetas a cada diaTycho Brahe Teoria de Copérnico/Newton/Kepler/Galileu é maior que as observações dos planetasObservações de Brahe foram fundamentais para reforçar a teoria
O Método Científico: método hipotético-dedutivo11
O Método Científico: método hipotético-dedutivo12O método científico começa com a observação. Quando não se encontra resposta, identificamos um problema cuja solução deve ser ansiosamente procurada.Prossegue-se com a criação de hipóteses de resolução do problema.As hipóteses quando comprovadas pela experimentaçãolevam à solução do problema, podendo transformar-se emleis ou teorias.
O que é um problema?13Algo que não podemos explicarProblemasComo movem-se os planetas?
O que causa a cólera?
O que causou a extinção dos dinossauros?A ciência é um processo de solução de problemas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

9 ano método ciêntífico
9 ano método ciêntífico9 ano método ciêntífico
9 ano método ciêntífico
Jane Jeiza
 
I.1 A origem do universo
I.1 A origem do universoI.1 A origem do universo
I.1 A origem do universo
Rebeca Vale
 
Biologia (lamarckismo e darwinismo)
Biologia  (lamarckismo e darwinismo)Biologia  (lamarckismo e darwinismo)
Biologia (lamarckismo e darwinismo)
Vanessa Anzolin
 
Tranformações fisicas e quimicas
Tranformações fisicas e quimicasTranformações fisicas e quimicas
Tranformações fisicas e quimicas
Isadora Girio
 
Os Tipos de Conhecimento
Os Tipos de ConhecimentoOs Tipos de Conhecimento
Os Tipos de Conhecimento
Jonathan Nascyn
 
8ano - Aula 12 - circuito elétrico.pptx
8ano -  Aula 12 -  circuito elétrico.pptx8ano -  Aula 12 -  circuito elétrico.pptx
8ano - Aula 12 - circuito elétrico.pptx
maria leir leir
 
Reprodução humana - 8º ano
Reprodução humana - 8º anoReprodução humana - 8º ano
Reprodução humana - 8º ano
Governo do Estado do Rio Grande do Sul
 
Teorias de evolução
Teorias de evoluçãoTeorias de evolução
Teorias de evolução
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Aula relações ecológicas
Aula relações ecológicasAula relações ecológicas
Aula relações ecológicas
Gabriela de Lima
 
Temperatura e Calor
Temperatura e Calor Temperatura e Calor
Temperatura e Calor
Renato Brasil
 
I. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vidaI. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vida
Rebeca Vale
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução Humana
Sérgio Luiz
 
Propagação de Calor
Propagação de CalorPropagação de Calor
Propagação de Calor
Bruno De Siqueira Costa
 
Matéria e energia (Aula 1 e 2)
Matéria e energia (Aula 1 e 2) Matéria e energia (Aula 1 e 2)
Matéria e energia (Aula 1 e 2)
João Paulo Luna
 
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
Luiz Lázaro Leal de Albuquerque
 
Aula 01 - Conhecimento Científico
Aula 01 - Conhecimento CientíficoAula 01 - Conhecimento Científico
Aula 01 - Conhecimento Científico
Ghiordanno Bruno
 
Cadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentaresCadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentares
Gabriela de Lima
 
Estados físicos da matéria prof Ivanise Meyer
Estados físicos da matéria prof Ivanise MeyerEstados físicos da matéria prof Ivanise Meyer
Estados físicos da matéria prof Ivanise Meyer
Ivanise Meyer
 
Aulão a origem da vida
Aulão a origem da vidaAulão a origem da vida
Aulão a origem da vida
César Milani
 
Maquinas simples-cris
Maquinas simples-crisMaquinas simples-cris
Maquinas simples-cris
cristbarb
 

Mais procurados (20)

9 ano método ciêntífico
9 ano método ciêntífico9 ano método ciêntífico
9 ano método ciêntífico
 
I.1 A origem do universo
I.1 A origem do universoI.1 A origem do universo
I.1 A origem do universo
 
Biologia (lamarckismo e darwinismo)
Biologia  (lamarckismo e darwinismo)Biologia  (lamarckismo e darwinismo)
Biologia (lamarckismo e darwinismo)
 
Tranformações fisicas e quimicas
Tranformações fisicas e quimicasTranformações fisicas e quimicas
Tranformações fisicas e quimicas
 
Os Tipos de Conhecimento
Os Tipos de ConhecimentoOs Tipos de Conhecimento
Os Tipos de Conhecimento
 
8ano - Aula 12 - circuito elétrico.pptx
8ano -  Aula 12 -  circuito elétrico.pptx8ano -  Aula 12 -  circuito elétrico.pptx
8ano - Aula 12 - circuito elétrico.pptx
 
Reprodução humana - 8º ano
Reprodução humana - 8º anoReprodução humana - 8º ano
Reprodução humana - 8º ano
 
Teorias de evolução
Teorias de evoluçãoTeorias de evolução
Teorias de evolução
 
Aula relações ecológicas
Aula relações ecológicasAula relações ecológicas
Aula relações ecológicas
 
Temperatura e Calor
Temperatura e Calor Temperatura e Calor
Temperatura e Calor
 
I. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vidaI. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vida
 
Reprodução Humana
Reprodução HumanaReprodução Humana
Reprodução Humana
 
Propagação de Calor
Propagação de CalorPropagação de Calor
Propagação de Calor
 
Matéria e energia (Aula 1 e 2)
Matéria e energia (Aula 1 e 2) Matéria e energia (Aula 1 e 2)
Matéria e energia (Aula 1 e 2)
 
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
 
Aula 01 - Conhecimento Científico
Aula 01 - Conhecimento CientíficoAula 01 - Conhecimento Científico
Aula 01 - Conhecimento Científico
 
Cadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentaresCadeia e teias alimentares
Cadeia e teias alimentares
 
Estados físicos da matéria prof Ivanise Meyer
Estados físicos da matéria prof Ivanise MeyerEstados físicos da matéria prof Ivanise Meyer
Estados físicos da matéria prof Ivanise Meyer
 
Aulão a origem da vida
Aulão a origem da vidaAulão a origem da vida
Aulão a origem da vida
 
Maquinas simples-cris
Maquinas simples-crisMaquinas simples-cris
Maquinas simples-cris
 

Destaque

Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
Francisco Chaves
 
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumAula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Leonardo Kaplan
 
21 o método científico
21 o método científico21 o método científico
21 o método científico
Joao Balbi
 
Biologia e metodo cientifico
Biologia e metodo cientificoBiologia e metodo cientifico
Biologia e metodo cientifico
Marcia Bantim
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
Missões Adoração
 
0 método científico - power point
0   método científico - power point0   método científico - power point
0 método científico - power point
margaridabt
 
Método científico indutivo
Método científico   indutivoMétodo científico   indutivo
Método científico indutivo
Augusto Magalhães
 
16 o método científico
16 o método científico16 o método científico
16 o método científico
Joao Balbi
 
Tipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicaçãoTipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicação
Cleidiane Barbosa
 
Ciências: dos metodo às leis
Ciências: dos metodo às leisCiências: dos metodo às leis
Ciências: dos metodo às leis
Miguel De Lima
 
Resumo Método Científico
Resumo Método CientíficoResumo Método Científico
Resumo Método Científico
Daniela Nunes
 
MéTodo Cientifico Gelatina
MéTodo Cientifico GelatinaMéTodo Cientifico Gelatina
MéTodo Cientifico Gelatina
efacontabilidade
 
Metodologia cientíca - tipos de método
Metodologia cientíca - tipos de métodoMetodologia cientíca - tipos de método
Metodologia cientíca - tipos de método
Letícia Oliveira
 
Método Hipotético Dedutivo
 Método Hipotético Dedutivo Método Hipotético Dedutivo
Método Hipotético Dedutivo
Antonio César Junior Ferreira
 
Bg 2 método científico e aulas práticas
Bg 2    método científico e aulas práticasBg 2    método científico e aulas práticas
Bg 2 método científico e aulas práticas
Nuno Correia
 
Hipotetico dedutivo
Hipotetico dedutivoHipotetico dedutivo
Hipotetico dedutivo
Jafer Daltro
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
Ana Castro
 
Tipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicaçãoTipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicação
gestao2015
 
Ciência segundo ander egg
Ciência segundo ander eggCiência segundo ander egg
Ciência segundo ander egg
conceicao1
 
Ciência e Método científico
Ciência e Método científicoCiência e Método científico
Ciência e Método científico
Tainara Lira
 

Destaque (20)

Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
 
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumAula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
 
21 o método científico
21 o método científico21 o método científico
21 o método científico
 
Biologia e metodo cientifico
Biologia e metodo cientificoBiologia e metodo cientifico
Biologia e metodo cientifico
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
 
0 método científico - power point
0   método científico - power point0   método científico - power point
0 método científico - power point
 
Método científico indutivo
Método científico   indutivoMétodo científico   indutivo
Método científico indutivo
 
16 o método científico
16 o método científico16 o método científico
16 o método científico
 
Tipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicaçãoTipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicação
 
Ciências: dos metodo às leis
Ciências: dos metodo às leisCiências: dos metodo às leis
Ciências: dos metodo às leis
 
Resumo Método Científico
Resumo Método CientíficoResumo Método Científico
Resumo Método Científico
 
MéTodo Cientifico Gelatina
MéTodo Cientifico GelatinaMéTodo Cientifico Gelatina
MéTodo Cientifico Gelatina
 
Metodologia cientíca - tipos de método
Metodologia cientíca - tipos de métodoMetodologia cientíca - tipos de método
Metodologia cientíca - tipos de método
 
Método Hipotético Dedutivo
 Método Hipotético Dedutivo Método Hipotético Dedutivo
Método Hipotético Dedutivo
 
Bg 2 método científico e aulas práticas
Bg 2    método científico e aulas práticasBg 2    método científico e aulas práticas
Bg 2 método científico e aulas práticas
 
Hipotetico dedutivo
Hipotetico dedutivoHipotetico dedutivo
Hipotetico dedutivo
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
 
Tipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicaçãoTipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicação
 
Ciência segundo ander egg
Ciência segundo ander eggCiência segundo ander egg
Ciência segundo ander egg
 
Ciência e Método científico
Ciência e Método científicoCiência e Método científico
Ciência e Método científico
 

Semelhante a O metodo científico

Pode se confiar-nos_cientistas
Pode se confiar-nos_cientistasPode se confiar-nos_cientistas
Pode se confiar-nos_cientistas
lucasuperior
 
O que é fisica
O que é fisicaO que é fisica
O que é fisica
gil junior
 
AULAS 1 E 2_PENSAMENTO CIENTÍFICO_8º E 9º ANO_O MUNDO ESTA AI E COMO VOCE SAB...
AULAS 1 E 2_PENSAMENTO CIENTÍFICO_8º E 9º ANO_O MUNDO ESTA AI E COMO VOCE SAB...AULAS 1 E 2_PENSAMENTO CIENTÍFICO_8º E 9º ANO_O MUNDO ESTA AI E COMO VOCE SAB...
AULAS 1 E 2_PENSAMENTO CIENTÍFICO_8º E 9º ANO_O MUNDO ESTA AI E COMO VOCE SAB...
ssuseraa95c7
 
Ciência, tecnologia e sociedade
Ciência, tecnologia e sociedadeCiência, tecnologia e sociedade
Ciência, tecnologia e sociedade
Cláudia Moura
 
Cienciatecnologiasociedadeeambiente
CienciatecnologiasociedadeeambienteCienciatecnologiasociedadeeambiente
Cienciatecnologiasociedadeeambiente
Articula_a_ciencia
 
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICOCONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
jackson bruno
 
CIENCIAS
CIENCIASCIENCIAS
CIENCIAS
jackson bruno
 
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICOCONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
Net Viva
 
Arquimedes e a Alavanca.pdf
Arquimedes e a Alavanca.pdfArquimedes e a Alavanca.pdf
Arquimedes e a Alavanca.pdf
VIEIRA RESENDE
 
História da Ciência - Ciência Moderna
História da Ciência - Ciência ModernaHistória da Ciência - Ciência Moderna
História da Ciência - Ciência Moderna
Kelvin Oliveira
 
Habilidade 03 enem_fisica
Habilidade 03 enem_fisicaHabilidade 03 enem_fisica
Habilidade 03 enem_fisica
William Ananias
 
Energia angela
Energia angelaEnergia angela
Energia angela
angelalbres
 
Ciencia Tecnologia E Sociedade
Ciencia Tecnologia E SociedadeCiencia Tecnologia E Sociedade
Ciencia Tecnologia E Sociedade
guestbbb7bf
 
Ciencia tecnologia sociedade ambiente
Ciencia tecnologia sociedade ambienteCiencia tecnologia sociedade ambiente
Ciencia tecnologia sociedade ambiente
Escola Básica e Secundária de Vizela - Infias
 
Metamorfose da ciência
Metamorfose da ciência Metamorfose da ciência
Metamorfose da ciência
nextfiocruz
 
A Nova Aliança - resumo do livro
A Nova Aliança - resumo do livroA Nova Aliança - resumo do livro
A Nova Aliança - resumo do livro
Zara Hoffmann
 
Física 1º ano parte 1
Física 1º ano   parte 1Física 1º ano   parte 1
Física 1º ano parte 1
Fabiana Gonçalves
 
IE1
IE1IE1
FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
 FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
Diego Bian Filo Moreira
 
Progr.radio in progress
Progr.radio in progressProgr.radio in progress
Progr.radio in progress
filipassis
 

Semelhante a O metodo científico (20)

Pode se confiar-nos_cientistas
Pode se confiar-nos_cientistasPode se confiar-nos_cientistas
Pode se confiar-nos_cientistas
 
O que é fisica
O que é fisicaO que é fisica
O que é fisica
 
AULAS 1 E 2_PENSAMENTO CIENTÍFICO_8º E 9º ANO_O MUNDO ESTA AI E COMO VOCE SAB...
AULAS 1 E 2_PENSAMENTO CIENTÍFICO_8º E 9º ANO_O MUNDO ESTA AI E COMO VOCE SAB...AULAS 1 E 2_PENSAMENTO CIENTÍFICO_8º E 9º ANO_O MUNDO ESTA AI E COMO VOCE SAB...
AULAS 1 E 2_PENSAMENTO CIENTÍFICO_8º E 9º ANO_O MUNDO ESTA AI E COMO VOCE SAB...
 
Ciência, tecnologia e sociedade
Ciência, tecnologia e sociedadeCiência, tecnologia e sociedade
Ciência, tecnologia e sociedade
 
Cienciatecnologiasociedadeeambiente
CienciatecnologiasociedadeeambienteCienciatecnologiasociedadeeambiente
Cienciatecnologiasociedadeeambiente
 
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICOCONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
 
CIENCIAS
CIENCIASCIENCIAS
CIENCIAS
 
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICOCONHECIMENTO CIENTÍFICO
CONHECIMENTO CIENTÍFICO
 
Arquimedes e a Alavanca.pdf
Arquimedes e a Alavanca.pdfArquimedes e a Alavanca.pdf
Arquimedes e a Alavanca.pdf
 
História da Ciência - Ciência Moderna
História da Ciência - Ciência ModernaHistória da Ciência - Ciência Moderna
História da Ciência - Ciência Moderna
 
Habilidade 03 enem_fisica
Habilidade 03 enem_fisicaHabilidade 03 enem_fisica
Habilidade 03 enem_fisica
 
Energia angela
Energia angelaEnergia angela
Energia angela
 
Ciencia Tecnologia E Sociedade
Ciencia Tecnologia E SociedadeCiencia Tecnologia E Sociedade
Ciencia Tecnologia E Sociedade
 
Ciencia tecnologia sociedade ambiente
Ciencia tecnologia sociedade ambienteCiencia tecnologia sociedade ambiente
Ciencia tecnologia sociedade ambiente
 
Metamorfose da ciência
Metamorfose da ciência Metamorfose da ciência
Metamorfose da ciência
 
A Nova Aliança - resumo do livro
A Nova Aliança - resumo do livroA Nova Aliança - resumo do livro
A Nova Aliança - resumo do livro
 
Física 1º ano parte 1
Física 1º ano   parte 1Física 1º ano   parte 1
Física 1º ano parte 1
 
IE1
IE1IE1
IE1
 
FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
 FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
 
Progr.radio in progress
Progr.radio in progressProgr.radio in progress
Progr.radio in progress
 

Mais de Francisco Vasconcelos

Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicas
Francisco Vasconcelos
 
Reproducao
ReproducaoReproducao
Perfis Topográficos
Perfis TopográficosPerfis Topográficos
Perfis Topográficos
Francisco Vasconcelos
 
Datação da terra
Datação da terraDatação da terra
Datação da terra
Francisco Vasconcelos
 
Isostasia
IsostasiaIsostasia
Palavras paraquê
 Palavras paraquê Palavras paraquê
Palavras paraquê
Francisco Vasconcelos
 
Inferno
InfernoInferno
Wegener geo 12
Wegener geo 12Wegener geo 12
Wegener geo 12
Francisco Vasconcelos
 
Sucesso
SucessoSucesso
Reuniao geral1
Reuniao geral1Reuniao geral1
Reuniao geral1
Francisco Vasconcelos
 
Meio intra e extracelular
Meio intra e extracelularMeio intra e extracelular
Meio intra e extracelular
Francisco Vasconcelos
 
A cigarra e a formiga
A cigarra e a formigaA cigarra e a formiga
A cigarra e a formiga
Francisco Vasconcelos
 
Trintamentiras
TrintamentirasTrintamentiras
Trintamentiras
Francisco Vasconcelos
 
Pai cria filho
Pai cria filhoPai cria filho
Pai cria filho
Francisco Vasconcelos
 
A celula
A celulaA celula
gastronomia madeirense
gastronomia madeirensegastronomia madeirense
gastronomia madeirense
Francisco Vasconcelos
 

Mais de Francisco Vasconcelos (20)

Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicas
 
Reproducao
ReproducaoReproducao
Reproducao
 
Perfis Topográficos
Perfis TopográficosPerfis Topográficos
Perfis Topográficos
 
Datação da terra
Datação da terraDatação da terra
Datação da terra
 
Isostasia
IsostasiaIsostasia
Isostasia
 
Palavras paraquê
 Palavras paraquê Palavras paraquê
Palavras paraquê
 
Inferno
InfernoInferno
Inferno
 
Wegener geo 12
Wegener geo 12Wegener geo 12
Wegener geo 12
 
Sucesso
SucessoSucesso
Sucesso
 
Reuniao geral1
Reuniao geral1Reuniao geral1
Reuniao geral1
 
Meio intra e extracelular
Meio intra e extracelularMeio intra e extracelular
Meio intra e extracelular
 
Divisao celular
Divisao celularDivisao celular
Divisao celular
 
A cigarra e a formiga
A cigarra e a formigaA cigarra e a formiga
A cigarra e a formiga
 
Portas de garagem
Portas de garagemPortas de garagem
Portas de garagem
 
Turma do curso de informatica
Turma do curso de informaticaTurma do curso de informatica
Turma do curso de informatica
 
Trintamentiras
TrintamentirasTrintamentiras
Trintamentiras
 
Pai cria filho
Pai cria filhoPai cria filho
Pai cria filho
 
A celula
A celulaA celula
A celula
 
Mercedes Benz M Zeum
Mercedes Benz M ZeumMercedes Benz M Zeum
Mercedes Benz M Zeum
 
gastronomia madeirense
gastronomia madeirensegastronomia madeirense
gastronomia madeirense
 

Último

UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 

Último (20)

UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 

O metodo científico

  • 2. O que é a Ciência?Ciência é resultado de pesquisas e tentativas metódicas, leis e factos que formam o elemento de continuidade sendo aperfeiçoado e ampliado ao longo da história do homem.
  • 3. A Revolução científica desenvolve-se nos séculos XVI e XVII com Cópernico, Bacon, Galileu, Descartes, entre outros.
  • 4. O Método experimental propiciou o desenvolvimento da Biologia, Física e Química, Geologia, entre outras.2
  • 5. Como era a Ciência na Antiguidade?3Os Gregos foram dos primeiros a construir conhecimento científico a partir da observação do Mundo. Os sábios gregos dedicaram-se ao interessante exercício intelectual de tentar descobrir as leis da Natureza, já que o Universo se encontrava sob o controlo dos deuses. (forma simples de explicar o que não se conhece)
  • 6. Como era a Ciência na Antiguidade?4Um dos primeiros “cientistas” a conseguir descobrir uma dessas leis foi Tales de Mileto, cerca de 600 a.C., conseguindo prever eclipses solares. Os sábios também estudaram problemas relacionados com figuras geométricas. As relações que envolvem o triângulo e o rectângulo foram descobertas por Pitágoras cerca de 525 a.C., traduzindo-se no que hoje se designa por Teorema de Pitágoras, em sua honra.
  • 7. Como era a Ciência na Antiguidade?5Para os Antigos Egípcios, o céu era o corpo da deusa Nut, cravejado de estrelas. Ra era o deus-Sol.Seduzidos pelos êxitos obtidos com a Geometria, os Gregos acabaram por considerar a Ciência como um conjunto de verdades absolutas e indiscutíveis. (?)
  • 8. A Astrologia é uma Ciência?6Teoria CientíficaValidade e precisãoLimitação da nossa capacidade de explicaçãoProduz o avanço do conhecimentoEu sei hoje mais do que sabíamos ontem... (mas será que está correcto?)
  • 9. O que é Ciência?7Lei da Gravitaçao UniversalA Gravitação universal é uma força fundamental de atracção que age entre todos os objectos por causa das suas massas, isto é, a quantidade de matéria de que são constituídos. A gravitação mantém o universo unido.Isaac Newton (sec XVI)Busca de explicação racional do UniversoTeoria científicaCapaz de explicar uma parte do mundo
  • 10. A Ciência avança…8Gravitação UniversalRelatividade GeralA velocidade da luz é o limite de transmissão
  • 11. O que é Ciência?9Começamos na ignorância…“Tudo é água”, Tales de Mileto (o chamado “Chico esperto”)…e acabamos construindo respostas plaúsiveisTabela periódica dos elementos químicosDNA como base de reprodução
  • 12. Teoria e Observações…10Teste de um novo remédioObservar o comportamento de ratos em laboratórioObservar as órbitas dos planetasArquivo de todas as posições dos planetas a cada diaTycho Brahe Teoria de Copérnico/Newton/Kepler/Galileu é maior que as observações dos planetasObservações de Brahe foram fundamentais para reforçar a teoria
  • 13. O Método Científico: método hipotético-dedutivo11
  • 14. O Método Científico: método hipotético-dedutivo12O método científico começa com a observação. Quando não se encontra resposta, identificamos um problema cuja solução deve ser ansiosamente procurada.Prossegue-se com a criação de hipóteses de resolução do problema.As hipóteses quando comprovadas pela experimentaçãolevam à solução do problema, podendo transformar-se emleis ou teorias.
  • 15. O que é um problema?13Algo que não podemos explicarProblemasComo movem-se os planetas?
  • 16. O que causa a cólera?
  • 17. O que causou a extinção dos dinossauros?A ciência é um processo de solução de problemas.
  • 18. O que é uma hipótese?14A semente de uma nova teoria para resolver o problema.ExemplosOs planetas giram em torno do Sol
  • 19. A Cólera é transmitida ao beber água contaminada
  • 20. Os dinossauros desapareceram por uma mudança climática causada pela queda de um meteoritoO que é a experiência?15Um teste reprodutível da hipóteseExemplosCalcular e observar as posições dos planetas
  • 21. Analisar a conexão entre as fontes de água potável e os casos de cólera
  • 22. Encontrar evidências para o impacto do meteorito O método científico na prática16 Hipóteses precisam de ser refutáveis(combater com argumentos)As experiências precisam de ser reprodutíveis Os resultados precisam ser comunicados Os métodos e resultados precisam ser criticadosAssim se cria uma teoria
  • 23. Considera duas velas acesas, uma mais alta e outra mais baixa, inseridas num recipiente fechado.Qual das duas deverá apagar-se primeiro?Um desafio para pensarmos: