SlideShare uma empresa Scribd logo
O MÉTODO CIENTÍFICO
Prof. ALAN BRUNO
George F. Kneller em seu livro A ciência como
atividade humana, diz:

 “Toda investigação é uma tentativa para resolver um problema
decorrente da solução de um problema anterior. Se for bem-
sucedida, descobre um ou mais novos problemas a serem
investigados por pesquisas. O problema resolvido é um elo na
cadeia de problemas e suas soluções, através dos quais a ciência
avança. De um modo geral, uma nova teoria é uma fonte muito
fecunda de problemas, através das predições que gera”.
O movimento da ciência descrito por Kneller mostra
justamente o caráter histórico e provisório das
conclusões, sempre enfrentando novos questionamentos.

 Nesse sentido, nos deparamos com problemas, assim
sendo, nos perguntamos:

Quais sãos os melhores procedimentos a serem aplicados mediante
                          um problema?

                  Qual é o método da ciência?
Comecemos pelo exemplo do procedimento levado a feito por Claude
  Bernard (1813-1879):
1°) Claude Bernard percebeu que os coelhos trazidos do mercado têm a urina
  clara e ácida, característica dos animais carnívoros (observação);
2°) Como ele sabia que os coelhos tem a urina turva e alcalina, por ser
  herbívoros, supôs que aqueles coelhos não se alimentavam a muito tempo
  e se transformaram pela abstinência em verdadeiros carnívoros, vivendo
  do seu próprio sangue (hipótese);
3°) Fez variar o regime alimentar dos coelhos, dando a alguns alimentação
  herbívora e, a outros, carnívora; repetiu a experiência com um cavalo
  (controle experimental);
4°) No final, enunciou que “em jejum todos os animais se alimentam de
  carne” (generalização).
O que é método científico?
Definição de método científico
 O método científico é um conjunto de regras básicas
para desenvolver uma experiência a fim de produzir
novo conhecimento, bem como corrigir e integrar
conhecimentos pré-existentes. Na maioria das
disciplinas científicas consiste em juntar evidências
observáveis, empíricas (ou seja, baseadas apenas na
experiência) e mensuráveis e as analisar com o uso da
lógica. Para muitos autores o método científico nada
mais é do que a lógica aplicada à ciência.
Como é proceder através de um método
              científico?

Para isso, existem etapas, que nos auxiliam
de maneira didática a compreender o
próprio método científico.
Observação
Como o próprio nome diz, é a visualização de um
fato (ou fenômeno). Essa observação deve ser
repetida várias vezes, buscando obter o maior
número possível de detalhes, sendo realizada,
portanto, com a maior precisão possível. Deve-se
tomar o cuidado com os “vícios” para que ocorra
uma observação correta do fato; em muitos
casos, a pessoa vê o que deseja ver, e não o que
está ocorrendo de fato.
A observação científica é impregnada de teoria.
 Ao fazer a coleta de dados, o cientista seleciona
  os mais relevantes para o encaminhamento da
  solução do problema. O critério para a seleção
  dos fatos obviamente já orienta a observação.
Problematização
 Corresponde à execução de questionamentos
sobre o fato observado. E para essas perguntas, o
pesquisador vai à busca de respostas. Um
problema bem formulado é mais importante
para a ciência do que a sua solução, pois, abre
caminho para diversas outras pesquisas.
Formulação da hipótese
  A hipótese nada mais é do que uma possível explicação para o
problema. No jargão científico, hipótese equivale, habitualmente, à
suposição verossímel, depois comprovável ou denegável pelos fatos,
os quais hão de decidir, em última instância, sobre a verdade ou
falsidade dos fatos que se pretende explicar. "A hipótese é a
suposição de uma causa ou de uma lei destinada a explicar
provisoriamente um fenômeno até que os fatos a venham
contradizer ou afirmar." (Cervo & Bervian,1974:29)
Experimentação
           Etapa em que o pesquisador realiza
          experiências para provar (ou negar) a
          veracidade de sua(s) hipótese(s). Se, após a
             execução por repetidas vezes da experiência,
os resultados obtidos forem os mesmos, a hipótese é
considerada verdadeira.
 Na antiguidade, as experiências não eram controladas –
experiências empíricas – muito usadas pelos
alquimistas. Nesse modelo, as experiências eram do tipo
tentativa-erro; com isso, as descobertas acabam sendo
puramente casual.
Uma hipótese confirmada nas experimentações passa a ser
denominada de lei científica. A um conjunto de leis que explicam
um determinado fenômeno (ou grupo deles) chamamos de teoria.
As teorias científicas têm validade até que sejam incapazes de
explicar determinados fatos ou fenômenos, ou até que algum
descobrimento novo comprovado se oponha a elas. A partir de
então, os cientistas começam a elaborar outra teoria que possa
explicar esses novos descobrimentos. A Ciência é conhecimento
evolutivo e não estacionário.
GENERALIZAÇÃO.
Responda
1) Analise os itens a seguir.
I. Levantamento de deduções;
II. Formulação de hipótese;
III. Experimentos que podem ser realizados;
IV. Observação de um fato.

Os itens listados são etapas simplificadas do método científico. Pode-se prever que os
  passos lógicos desse método seria:

a) I, II, III e IV;
b) I, IV, II e III;
c) III, I, II e IV;
d) III, II, IV e I;
e) IV, II, I e III.
2) No nosso cotidiano, acontecem, geralmente, coisas que servem para ilustrar
determinados estudos teóricos.
A contextualização é um meio muito utilizado para enriquecermos nosso
conhecimento. As figuras a seguir mostram elementos que exemplificam essa idéia.
Observe-as.




   De acordo com as figuras e o assunto abordado, analise as alternativas a seguir e assinale a que
   REPRESENTA os passos correspondentes à experimentação (parte prática) evidenciada no
   desenvolvimento de uma pesquisa científica.

 a) I, II e III.
 b) I e III, apenas
 c) I e II, apenas.
 d) II e III, apenas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Método Científico
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Método CientíficoSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Método Científico
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Método Científico
Turma Olímpica
 
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e QuantitativaPesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
jlpaesjr
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
César Milani
 
Introdução a Física
Introdução a FísicaIntrodução a Física
Introdução a Física
fismatromulo
 
Reprodução assexuada e sexuada
Reprodução assexuada  e sexuadaReprodução assexuada  e sexuada
Reprodução assexuada e sexuada
Matheus Faria do Valle
 
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumAula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Leonardo Kaplan
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científica
Ludmila Moura
 
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
Luiz Lázaro Leal de Albuquerque
 
Temperatura e Calor
Temperatura e Calor Temperatura e Calor
Temperatura e Calor
Renato Brasil
 
Metabolismo Energético
Metabolismo EnergéticoMetabolismo Energético
Metabolismo Energético
Killer Max
 
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De PesquisaComo Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
mauricio aquino
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres VivosClassificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
Juliana Mendes
 
I. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vidaI. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vida
Rebeca Vale
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
Kátia Elias
 
Níveis de organização dos seres vivos
Níveis de organização dos seres vivosNíveis de organização dos seres vivos
Níveis de organização dos seres vivos
Fatima Comiotto
 
Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)
Karol Maia
 
Sistema urinário
Sistema urinárioSistema urinário
Sistema urinário
Cláudia Moura
 
Biotecnologia
Biotecnologia Biotecnologia
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
Luis Costa
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
Cláudia Moura
 

Mais procurados (20)

Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Método Científico
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Método CientíficoSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Método Científico
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Método Científico
 
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e QuantitativaPesquisa Qualitativa e Quantitativa
Pesquisa Qualitativa e Quantitativa
 
Sistema endócrino
Sistema endócrinoSistema endócrino
Sistema endócrino
 
Introdução a Física
Introdução a FísicaIntrodução a Física
Introdução a Física
 
Reprodução assexuada e sexuada
Reprodução assexuada  e sexuadaReprodução assexuada  e sexuada
Reprodução assexuada e sexuada
 
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comumAula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
Aula 6º ano - Introdução às ciências, método científico, ciências e senso comum
 
Aula 1 metodologia científica
Aula 1   metodologia científicaAula 1   metodologia científica
Aula 1 metodologia científica
 
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano1   introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
1 introdução ao Estudo da Biologia 1º ano
 
Temperatura e Calor
Temperatura e Calor Temperatura e Calor
Temperatura e Calor
 
Metabolismo Energético
Metabolismo EnergéticoMetabolismo Energético
Metabolismo Energético
 
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De PesquisaComo Elaborar Um Projeto De Pesquisa
Como Elaborar Um Projeto De Pesquisa
 
Classificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres VivosClassificação dos Seres Vivos
Classificação dos Seres Vivos
 
I. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vidaI. 2 Origem da vida
I. 2 Origem da vida
 
Ligações Químicas
Ligações QuímicasLigações Químicas
Ligações Químicas
 
Níveis de organização dos seres vivos
Níveis de organização dos seres vivosNíveis de organização dos seres vivos
Níveis de organização dos seres vivos
 
Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)
 
Sistema urinário
Sistema urinárioSistema urinário
Sistema urinário
 
Biotecnologia
Biotecnologia Biotecnologia
Biotecnologia
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
 
Sistema digestivo
Sistema digestivoSistema digestivo
Sistema digestivo
 

Destaque

21 o método científico
21 o método científico21 o método científico
21 o método científico
Joao Balbi
 
0 método científico - power point
0   método científico - power point0   método científico - power point
0 método científico - power point
margaridabt
 
Biologia e metodo cientifico
Biologia e metodo cientificoBiologia e metodo cientifico
Biologia e metodo cientifico
Marcia Bantim
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
Missões Adoração
 
Método científico indutivo
Método científico   indutivoMétodo científico   indutivo
Método científico indutivo
Augusto Magalhães
 
Tipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicaçãoTipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicação
Cleidiane Barbosa
 
Metodologia cientíca - tipos de método
Metodologia cientíca - tipos de métodoMetodologia cientíca - tipos de método
Metodologia cientíca - tipos de método
Letícia Oliveira
 
Resumo Método Científico
Resumo Método CientíficoResumo Método Científico
Resumo Método Científico
Daniela Nunes
 
Tipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicaçãoTipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicação
gestao2015
 
16 o método científico
16 o método científico16 o método científico
16 o método científico
Joao Balbi
 
Ciências: dos metodo às leis
Ciências: dos metodo às leisCiências: dos metodo às leis
Ciências: dos metodo às leis
Miguel De Lima
 
Método Hipotético Dedutivo
 Método Hipotético Dedutivo Método Hipotético Dedutivo
Método Hipotético Dedutivo
Antonio César Junior Ferreira
 
Biologia ciencia e vida
Biologia ciencia e vidaBiologia ciencia e vida
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Nicolau Chaud
 
1EM #3 Método cientifico e Geração espontânea
1EM #3 Método cientifico e Geração espontânea1EM #3 Método cientifico e Geração espontânea
1EM #3 Método cientifico e Geração espontânea
Professô Kyoshi
 
Hipotetico dedutivo
Hipotetico dedutivoHipotetico dedutivo
Hipotetico dedutivo
Jafer Daltro
 
Ciência e Método científico
Ciência e Método científicoCiência e Método científico
Ciência e Método científico
Tainara Lira
 
Introdução à biologia 1º ano
Introdução à biologia   1º anoIntrodução à biologia   1º ano
Introdução à biologia 1º ano
Luciana Mendes
 
Bg 2 método científico e aulas práticas
Bg 2    método científico e aulas práticasBg 2    método científico e aulas práticas
Bg 2 método científico e aulas práticas
Nuno Correia
 
Os Tipos de Conhecimento
Os Tipos de ConhecimentoOs Tipos de Conhecimento
Os Tipos de Conhecimento
Jonathan Nascyn
 

Destaque (20)

21 o método científico
21 o método científico21 o método científico
21 o método científico
 
0 método científico - power point
0   método científico - power point0   método científico - power point
0 método científico - power point
 
Biologia e metodo cientifico
Biologia e metodo cientificoBiologia e metodo cientifico
Biologia e metodo cientifico
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
 
Método científico indutivo
Método científico   indutivoMétodo científico   indutivo
Método científico indutivo
 
Tipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicaçãoTipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicação
 
Metodologia cientíca - tipos de método
Metodologia cientíca - tipos de métodoMetodologia cientíca - tipos de método
Metodologia cientíca - tipos de método
 
Resumo Método Científico
Resumo Método CientíficoResumo Método Científico
Resumo Método Científico
 
Tipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicaçãoTipos de métodos e sua aplicação
Tipos de métodos e sua aplicação
 
16 o método científico
16 o método científico16 o método científico
16 o método científico
 
Ciências: dos metodo às leis
Ciências: dos metodo às leisCiências: dos metodo às leis
Ciências: dos metodo às leis
 
Método Hipotético Dedutivo
 Método Hipotético Dedutivo Método Hipotético Dedutivo
Método Hipotético Dedutivo
 
Biologia ciencia e vida
Biologia ciencia e vidaBiologia ciencia e vida
Biologia ciencia e vida
 
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
Metodologia - Aula 1 (A pesquisa científica)
 
1EM #3 Método cientifico e Geração espontânea
1EM #3 Método cientifico e Geração espontânea1EM #3 Método cientifico e Geração espontânea
1EM #3 Método cientifico e Geração espontânea
 
Hipotetico dedutivo
Hipotetico dedutivoHipotetico dedutivo
Hipotetico dedutivo
 
Ciência e Método científico
Ciência e Método científicoCiência e Método científico
Ciência e Método científico
 
Introdução à biologia 1º ano
Introdução à biologia   1º anoIntrodução à biologia   1º ano
Introdução à biologia 1º ano
 
Bg 2 método científico e aulas práticas
Bg 2    método científico e aulas práticasBg 2    método científico e aulas práticas
Bg 2 método científico e aulas práticas
 
Os Tipos de Conhecimento
Os Tipos de ConhecimentoOs Tipos de Conhecimento
Os Tipos de Conhecimento
 

Semelhante a Aula método cientifico

Aula método científico
Aula método científicoAula método científico
Aula método científico
Mayra Ruas da Costa
 
aulamtodocientifico-130213204339-phpapp01.pptx
aulamtodocientifico-130213204339-phpapp01.pptxaulamtodocientifico-130213204339-phpapp01.pptx
aulamtodocientifico-130213204339-phpapp01.pptx
ClaudislaneLima
 
Aula de Método Científico: Metodologia Científica
Aula de Método Científico: Metodologia CientíficaAula de Método Científico: Metodologia Científica
Aula de Método Científico: Metodologia Científica
natboy51
 
Metodo científico
Metodo científicoMetodo científico
Metodo científico
Carlos Priante
 
MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA
MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISAMÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA
MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA
Jadde Caroline
 
Trabalho método científico
Trabalho método científico Trabalho método científico
Trabalho método científico
Vanderson lage
 
Ficha Informativa - Método Científico
Ficha Informativa - Método CientíficoFicha Informativa - Método Científico
Ficha Informativa - Método Científico
Isaura Mourão
 
Os parametros da pesquisa
Os parametros da pesquisaOs parametros da pesquisa
Os parametros da pesquisa
unesp
 
Aula de Metodologia do Trabalho Cientifico.ppt
Aula de Metodologia do Trabalho Cientifico.pptAula de Metodologia do Trabalho Cientifico.ppt
Aula de Metodologia do Trabalho Cientifico.ppt
Pedro Luis Moraes
 
Algumas características do método científico
Algumas características do método científicoAlgumas características do método científico
Algumas características do método científico
WaleskaSampaio
 
O que e ciencia afinal
O que e ciencia afinalO que e ciencia afinal
O que e ciencia afinal
Ivo Mai
 
CIÊNCIA.pdf
CIÊNCIA.pdfCIÊNCIA.pdf
CIÊNCIA.pdf
AnaClaraBorgesdaSilv
 
Construção da ciência
Construção da ciênciaConstrução da ciência
Construção da ciência
MariaSantos508206
 
eqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptx
eqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptxeqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptx
eqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptx
MnicaMatos22
 
MTC_ProfLuciana
MTC_ProfLucianaMTC_ProfLuciana
MTC_ProfLuciana
Paulo Silva
 
A01 +metodologia+cientifica
A01 +metodologia+cientificaA01 +metodologia+cientifica
A01 +metodologia+cientifica
Adriana Guimarães
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
URCA
 
Teoria e Prática Científica - Helena Assumpção
 Teoria e Prática Científica - Helena Assumpção Teoria e Prática Científica - Helena Assumpção
Teoria e Prática Científica - Helena Assumpção
helenabci
 
07-02-22-Fundamentos do pensamento científico.pptx
07-02-22-Fundamentos do pensamento científico.pptx07-02-22-Fundamentos do pensamento científico.pptx
07-02-22-Fundamentos do pensamento científico.pptx
taloGardner
 
Verificab..
Verificab..Verificab..
Verificab..
pyteroliva
 

Semelhante a Aula método cientifico (20)

Aula método científico
Aula método científicoAula método científico
Aula método científico
 
aulamtodocientifico-130213204339-phpapp01.pptx
aulamtodocientifico-130213204339-phpapp01.pptxaulamtodocientifico-130213204339-phpapp01.pptx
aulamtodocientifico-130213204339-phpapp01.pptx
 
Aula de Método Científico: Metodologia Científica
Aula de Método Científico: Metodologia CientíficaAula de Método Científico: Metodologia Científica
Aula de Método Científico: Metodologia Científica
 
Metodo científico
Metodo científicoMetodo científico
Metodo científico
 
MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA
MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISAMÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA
MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA
 
Trabalho método científico
Trabalho método científico Trabalho método científico
Trabalho método científico
 
Ficha Informativa - Método Científico
Ficha Informativa - Método CientíficoFicha Informativa - Método Científico
Ficha Informativa - Método Científico
 
Os parametros da pesquisa
Os parametros da pesquisaOs parametros da pesquisa
Os parametros da pesquisa
 
Aula de Metodologia do Trabalho Cientifico.ppt
Aula de Metodologia do Trabalho Cientifico.pptAula de Metodologia do Trabalho Cientifico.ppt
Aula de Metodologia do Trabalho Cientifico.ppt
 
Algumas características do método científico
Algumas características do método científicoAlgumas características do método científico
Algumas características do método científico
 
O que e ciencia afinal
O que e ciencia afinalO que e ciencia afinal
O que e ciencia afinal
 
CIÊNCIA.pdf
CIÊNCIA.pdfCIÊNCIA.pdf
CIÊNCIA.pdf
 
Construção da ciência
Construção da ciênciaConstrução da ciência
Construção da ciência
 
eqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptx
eqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptxeqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptx
eqt11_estatuto_conhecimento_cientifico.pptx
 
MTC_ProfLuciana
MTC_ProfLucianaMTC_ProfLuciana
MTC_ProfLuciana
 
A01 +metodologia+cientifica
A01 +metodologia+cientificaA01 +metodologia+cientifica
A01 +metodologia+cientifica
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
 
Teoria e Prática Científica - Helena Assumpção
 Teoria e Prática Científica - Helena Assumpção Teoria e Prática Científica - Helena Assumpção
Teoria e Prática Científica - Helena Assumpção
 
07-02-22-Fundamentos do pensamento científico.pptx
07-02-22-Fundamentos do pensamento científico.pptx07-02-22-Fundamentos do pensamento científico.pptx
07-02-22-Fundamentos do pensamento científico.pptx
 
Verificab..
Verificab..Verificab..
Verificab..
 

Aula método cientifico

  • 2.
  • 3. George F. Kneller em seu livro A ciência como atividade humana, diz: “Toda investigação é uma tentativa para resolver um problema decorrente da solução de um problema anterior. Se for bem- sucedida, descobre um ou mais novos problemas a serem investigados por pesquisas. O problema resolvido é um elo na cadeia de problemas e suas soluções, através dos quais a ciência avança. De um modo geral, uma nova teoria é uma fonte muito fecunda de problemas, através das predições que gera”.
  • 4. O movimento da ciência descrito por Kneller mostra justamente o caráter histórico e provisório das conclusões, sempre enfrentando novos questionamentos. Nesse sentido, nos deparamos com problemas, assim sendo, nos perguntamos: Quais sãos os melhores procedimentos a serem aplicados mediante um problema? Qual é o método da ciência?
  • 5. Comecemos pelo exemplo do procedimento levado a feito por Claude Bernard (1813-1879): 1°) Claude Bernard percebeu que os coelhos trazidos do mercado têm a urina clara e ácida, característica dos animais carnívoros (observação); 2°) Como ele sabia que os coelhos tem a urina turva e alcalina, por ser herbívoros, supôs que aqueles coelhos não se alimentavam a muito tempo e se transformaram pela abstinência em verdadeiros carnívoros, vivendo do seu próprio sangue (hipótese); 3°) Fez variar o regime alimentar dos coelhos, dando a alguns alimentação herbívora e, a outros, carnívora; repetiu a experiência com um cavalo (controle experimental); 4°) No final, enunciou que “em jejum todos os animais se alimentam de carne” (generalização).
  • 6. O que é método científico?
  • 7. Definição de método científico O método científico é um conjunto de regras básicas para desenvolver uma experiência a fim de produzir novo conhecimento, bem como corrigir e integrar conhecimentos pré-existentes. Na maioria das disciplinas científicas consiste em juntar evidências observáveis, empíricas (ou seja, baseadas apenas na experiência) e mensuráveis e as analisar com o uso da lógica. Para muitos autores o método científico nada mais é do que a lógica aplicada à ciência.
  • 8.
  • 9.
  • 10. Como é proceder através de um método científico? Para isso, existem etapas, que nos auxiliam de maneira didática a compreender o próprio método científico.
  • 11.
  • 12. Observação Como o próprio nome diz, é a visualização de um fato (ou fenômeno). Essa observação deve ser repetida várias vezes, buscando obter o maior número possível de detalhes, sendo realizada, portanto, com a maior precisão possível. Deve-se tomar o cuidado com os “vícios” para que ocorra uma observação correta do fato; em muitos casos, a pessoa vê o que deseja ver, e não o que está ocorrendo de fato.
  • 13. A observação científica é impregnada de teoria. Ao fazer a coleta de dados, o cientista seleciona os mais relevantes para o encaminhamento da solução do problema. O critério para a seleção dos fatos obviamente já orienta a observação.
  • 14. Problematização Corresponde à execução de questionamentos sobre o fato observado. E para essas perguntas, o pesquisador vai à busca de respostas. Um problema bem formulado é mais importante para a ciência do que a sua solução, pois, abre caminho para diversas outras pesquisas.
  • 15. Formulação da hipótese A hipótese nada mais é do que uma possível explicação para o problema. No jargão científico, hipótese equivale, habitualmente, à suposição verossímel, depois comprovável ou denegável pelos fatos, os quais hão de decidir, em última instância, sobre a verdade ou falsidade dos fatos que se pretende explicar. "A hipótese é a suposição de uma causa ou de uma lei destinada a explicar provisoriamente um fenômeno até que os fatos a venham contradizer ou afirmar." (Cervo & Bervian,1974:29)
  • 16. Experimentação Etapa em que o pesquisador realiza experiências para provar (ou negar) a veracidade de sua(s) hipótese(s). Se, após a execução por repetidas vezes da experiência, os resultados obtidos forem os mesmos, a hipótese é considerada verdadeira. Na antiguidade, as experiências não eram controladas – experiências empíricas – muito usadas pelos alquimistas. Nesse modelo, as experiências eram do tipo tentativa-erro; com isso, as descobertas acabam sendo puramente casual.
  • 17. Uma hipótese confirmada nas experimentações passa a ser denominada de lei científica. A um conjunto de leis que explicam um determinado fenômeno (ou grupo deles) chamamos de teoria. As teorias científicas têm validade até que sejam incapazes de explicar determinados fatos ou fenômenos, ou até que algum descobrimento novo comprovado se oponha a elas. A partir de então, os cientistas começam a elaborar outra teoria que possa explicar esses novos descobrimentos. A Ciência é conhecimento evolutivo e não estacionário. GENERALIZAÇÃO.
  • 18. Responda 1) Analise os itens a seguir. I. Levantamento de deduções; II. Formulação de hipótese; III. Experimentos que podem ser realizados; IV. Observação de um fato. Os itens listados são etapas simplificadas do método científico. Pode-se prever que os passos lógicos desse método seria: a) I, II, III e IV; b) I, IV, II e III; c) III, I, II e IV; d) III, II, IV e I; e) IV, II, I e III.
  • 19. 2) No nosso cotidiano, acontecem, geralmente, coisas que servem para ilustrar determinados estudos teóricos. A contextualização é um meio muito utilizado para enriquecermos nosso conhecimento. As figuras a seguir mostram elementos que exemplificam essa idéia. Observe-as. De acordo com as figuras e o assunto abordado, analise as alternativas a seguir e assinale a que REPRESENTA os passos correspondentes à experimentação (parte prática) evidenciada no desenvolvimento de uma pesquisa científica. a) I, II e III. b) I e III, apenas c) I e II, apenas. d) II e III, apenas.