SlideShare uma empresa Scribd logo
CARBOIDRATOS GORDURAS PROTEÍNAS *MONOSSACARÍDEOS  (glicose/sacarose) *DISSACARÍDEOS (combinação dos MONO) (açúcar de mesa) *POLISSACARÍDEOS (CARBO complexos) (combinação + 3 MONO) (celulose e amido) C+H+O2 Função: energética 1g CARBO=4 Kcal E C+H+O2 Relação C e O2 + forte Função: acúmulo de energia 1g GORDURA=9 Kcal E *ÁCIDOS GRAXOS (utilizado  Pelas células como fonte  Energética) *TRIGLICERÍDEOS (forma de  Armazenar os AG/3moléculas De AG + 1 de glicerol) *FOSFOLIPÍDEOS (integridade Da membrana celular/bainha de  Isolamento em torno das FN) *ESTERÓIDES (colesterol) Aminoácidos Função: formação 1g PROT= 4 Kcal E *CONTRIBUIÇÃO E: (1) Aminoácido alanina Convertido em glicose no fígado. (2) Muitos aminoácidos podem ser convertidos Em intermediários  Metabólicos nas CM
OS CARBOIDRATOS FUNCIONAM COMO: Principal fonte energética Evitar a desintegração das proteínas Ativador metabólico para o metabolismo das gorduras Combustível para o SNC VÁRIAS MOLÉCULAS DE GLICOSE = GLICOGÊNIO (armazenado no músculo e fígado). GLICOGÊNIO MUSCULAR e GLICOSE SANGUÍNEA = combustíveis primários durante o exercício intenso. DIETA DEFICIENTE EM CARBOIDRATOS = depleta + rápido o glicogênio muscular e hepático. Influencia a capacidade de realizar exercícios tanto Anaeróbico  quanto Aeróbico. GLICOGENÓLISE é o processo que consiste em converter novamente o glicogênio em GLICOSE. CARBOIDRATOS
GORDURAS SIMPLES: consistem principalmente em triglicerídeos (glicerol+ácidos graxos). GORDURAS COMPOSTAS: consistem em 1 triglicerídeo + combinação com outras substâncias químicas.  = AG + grupo fosfato + base nitrogenada = AG + C + N = AG + proteína + fosfolipídios  Ácidos graxos saturados insaturados Não contém ligações duplas entre os átomos de C. Tem + H Contém 1 ou + ligações duplas entre C Fosfolipídios Glicolipídios Lipoproteínas GORDURAS
GORDURAS DERIVADAS: substâncias derivadas das gorduras simples e compostas. Principal exemplo é o  colesterol  (endógeno e exógeno). Funções do colesterol: (a) construção de membrana plasmática; (b) precursor de vitamina D; (c) precursor dos hormônios estrogênio, androgênio e progesterona. Funções da gordura no organismo: Fonte e reserva de energia; Proteção e isolamento; Carreador de vitaminas (A, D, E e K) e depressor da fome; GORDURAS
PROTEÍNAS: formadas por aminoácidos unidos por ligações peptídicas. São 20 aminoácidos que podem combinar-se de maneiras diferentes formando um número quase infinito de proteínas. AMINOÁCIDOS ESSENCIAIS: isoleucina, leucina, lisina, metionina  (cistina),  fenilalanina  (tirosina) , treonina, triptofano, valina. AMINOÁCIDOS NÃO ESSENCIAIS: podem ser sintetizados pelo organismo. TIPOS DE PROTEÍNAS: Proteínas completas: contém todos os aminoácidos essenciais. Proteínas incompletas: carece de um ou mais aminoácido essencial. QUANTIDADES DIETÉTICAS RECOMENDADAS (QDR) DE PROTEÍNAS:  Adolescentes = 0,9 g p/kg de massa corporal Adultos = 0,8 p/kg de massa corporal PROTEÍNAS
TRÊS PRINCIPAIS FONTES DE PROTEÍNA CORPORAL: (a) plasma; (b) tecido visceral; (c) músculo. OBS: não existem depósitos corporais desse macronutriente. ANABOLISMO:  processo para a construção dos tecidos. Então, o  balanço nitrogenado é positivo. CATABOLISMO:  utilização da proteína para a produção de energia. Então, o  balanço nitrogenado é negativo. OBS:  Balanço nitrogenado: quando a ingestão de nitrogênio (proteína) iguala a excreção de nitrogênio. CICLO ALANINA-GLICOSE:  PROTEÍNAS
15% 55% 30%
 
 
 
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Composição nutricional dos alimentos
Composição nutricional dos alimentosComposição nutricional dos alimentos
Composição nutricional dos alimentos
Deise Rafaelle de Omena Nicácio
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vida
Katiucia Ferreira
 
Lipídios
LipídiosLipídios
Lipídios
emanuel
 
Nutriçao
NutriçaoNutriçao
Nutriçao
Sheilla Sandes
 
Saúde - nutrição e nutrientes 4
Saúde - nutrição e nutrientes 4Saúde - nutrição e nutrientes 4
Saúde - nutrição e nutrientes 4
Helena Rocha
 
Introdução à bioquímica
Introdução à bioquímicaIntrodução à bioquímica
Introdução à bioquímica
Messias Miranda
 
Nutrientes nos diferentes ciclos da vida
Nutrientes nos diferentes  ciclos da vidaNutrientes nos diferentes  ciclos da vida
Nutrientes nos diferentes ciclos da vida
Marcelo Silva
 
Introdução a Nutrição
Introdução a NutriçãoIntrodução a Nutrição
Introdução a Nutrição
Paulo Matias
 
Bioenergética
BioenergéticaBioenergética
Bioenergética
Adriana Quevedo
 
Carboidratos
CarboidratosCarboidratos
Carboidratos
emanuel
 
Lipidios
LipidiosLipidios
Proteinas
ProteinasProteinas
Exames Bioquímicos
Exames BioquímicosExames Bioquímicos
Exames Bioquímicos
Camila Ferreira
 
Digestão e absorção de nutrientes
Digestão e absorção de nutrientesDigestão e absorção de nutrientes
Digestão e absorção de nutrientes
marcelosilveirazero1
 
Aminoácidos e proteínas
Aminoácidos e proteínasAminoácidos e proteínas
Aminoácidos e proteínas
Adrianne Mendonça
 
Lipidios
LipidiosLipidios
Lipidios
moroni damasio
 
Alimentação e nutrição
Alimentação e nutriçãoAlimentação e nutrição
Alimentação e nutrição
Luciana Foerstnow
 
Introdução à bromatologia
Introdução à bromatologiaIntrodução à bromatologia
Introdução à bromatologia
UFPE
 
3. Causas de deterioracao de alimentos.apostila.p df
3. Causas de deterioracao de alimentos.apostila.p df3. Causas de deterioracao de alimentos.apostila.p df
3. Causas de deterioracao de alimentos.apostila.p df
primaquim
 
Proteinas
ProteinasProteinas
Proteinas
Lucas Roberto
 

Mais procurados (20)

Composição nutricional dos alimentos
Composição nutricional dos alimentosComposição nutricional dos alimentos
Composição nutricional dos alimentos
 
Alimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vidaAlimentação e qualidade de vida
Alimentação e qualidade de vida
 
Lipídios
LipídiosLipídios
Lipídios
 
Nutriçao
NutriçaoNutriçao
Nutriçao
 
Saúde - nutrição e nutrientes 4
Saúde - nutrição e nutrientes 4Saúde - nutrição e nutrientes 4
Saúde - nutrição e nutrientes 4
 
Introdução à bioquímica
Introdução à bioquímicaIntrodução à bioquímica
Introdução à bioquímica
 
Nutrientes nos diferentes ciclos da vida
Nutrientes nos diferentes  ciclos da vidaNutrientes nos diferentes  ciclos da vida
Nutrientes nos diferentes ciclos da vida
 
Introdução a Nutrição
Introdução a NutriçãoIntrodução a Nutrição
Introdução a Nutrição
 
Bioenergética
BioenergéticaBioenergética
Bioenergética
 
Carboidratos
CarboidratosCarboidratos
Carboidratos
 
Lipidios
LipidiosLipidios
Lipidios
 
Proteinas
ProteinasProteinas
Proteinas
 
Exames Bioquímicos
Exames BioquímicosExames Bioquímicos
Exames Bioquímicos
 
Digestão e absorção de nutrientes
Digestão e absorção de nutrientesDigestão e absorção de nutrientes
Digestão e absorção de nutrientes
 
Aminoácidos e proteínas
Aminoácidos e proteínasAminoácidos e proteínas
Aminoácidos e proteínas
 
Lipidios
LipidiosLipidios
Lipidios
 
Alimentação e nutrição
Alimentação e nutriçãoAlimentação e nutrição
Alimentação e nutrição
 
Introdução à bromatologia
Introdução à bromatologiaIntrodução à bromatologia
Introdução à bromatologia
 
3. Causas de deterioracao de alimentos.apostila.p df
3. Causas de deterioracao de alimentos.apostila.p df3. Causas de deterioracao de alimentos.apostila.p df
3. Causas de deterioracao de alimentos.apostila.p df
 
Proteinas
ProteinasProteinas
Proteinas
 

Destaque

Micronutrientes y macronutrientes
Micronutrientes y macronutrientesMicronutrientes y macronutrientes
Micronutrientes y macronutrientes
derc1985
 
Sistema articular
Sistema articularSistema articular
Sistema articular
marcossage
 
Macronutrientes
MacronutrientesMacronutrientes
Macronutrientes
Noemi Enriquez Arias
 
Presentacion macro y_micronutrientes
Presentacion macro y_micronutrientesPresentacion macro y_micronutrientes
Presentacion macro y_micronutrientes
PUCE SEDE IBARRA
 
Macro y micronutrientes para la planta
Macro y micronutrientes para la plantaMacro y micronutrientes para la planta
Macro y micronutrientes para la planta
jacg_108
 
Los macro y micronutrientes
Los macro y micronutrientesLos macro y micronutrientes
Los macro y micronutrientes
César Colomer
 
Micronutrientes
MicronutrientesMicronutrientes
Macronutrientes
MacronutrientesMacronutrientes
Macronutrientes
antonioandaluz
 
Micronutrientes.
Micronutrientes.Micronutrientes.
Micronutrientes.
Myriam Fernández
 
Macronutrientes en la nutrición
Macronutrientes en la nutriciónMacronutrientes en la nutrición
Macronutrientes en la nutrición
csanchezos
 
Tabla de micronutrientes
Tabla de micronutrientesTabla de micronutrientes
Tabla de micronutrientes
LA Odiada Cupido
 
Macro E Micronutrientes ImportâNcia
Macro E Micronutrientes   ImportâNciaMacro E Micronutrientes   ImportâNcia
Macro E Micronutrientes ImportâNcia
Alex Tosta
 
Los Macronutrientes
Los MacronutrientesLos Macronutrientes
Los Macronutrientes
pmartinez201569
 
Dicionário do ballet
Dicionário do balletDicionário do ballet
Dicionário do ballet
Ana Yazlle
 
Macronutriente y micronutrientes
Macronutriente y micronutrientesMacronutriente y micronutrientes
Macronutriente y micronutrientes
Manuel Centeno Mar
 
Plano de aula baby class 1ª aula ministério el shadai
Plano de aula baby class 1ª aula ministério el shadaiPlano de aula baby class 1ª aula ministério el shadai
Plano de aula baby class 1ª aula ministério el shadai
zuleica Aparecida
 
Aula de nutrição mineral
Aula de nutrição mineralAula de nutrição mineral
Aula de nutrição mineral
Bruno Rodrigues
 
Funciones y deficiencias de nutrientes
Funciones y deficiencias de nutrientesFunciones y deficiencias de nutrientes
Funciones y deficiencias de nutrientes
Raul Castañeda
 
Alimentação Saudável
Alimentação SaudávelAlimentação Saudável
Alimentação Saudável
Externato Santo Antonio
 
Alimentação saudável
Alimentação saudávelAlimentação saudável
Alimentação saudável
paulabarrela
 

Destaque (20)

Micronutrientes y macronutrientes
Micronutrientes y macronutrientesMicronutrientes y macronutrientes
Micronutrientes y macronutrientes
 
Sistema articular
Sistema articularSistema articular
Sistema articular
 
Macronutrientes
MacronutrientesMacronutrientes
Macronutrientes
 
Presentacion macro y_micronutrientes
Presentacion macro y_micronutrientesPresentacion macro y_micronutrientes
Presentacion macro y_micronutrientes
 
Macro y micronutrientes para la planta
Macro y micronutrientes para la plantaMacro y micronutrientes para la planta
Macro y micronutrientes para la planta
 
Los macro y micronutrientes
Los macro y micronutrientesLos macro y micronutrientes
Los macro y micronutrientes
 
Micronutrientes
MicronutrientesMicronutrientes
Micronutrientes
 
Macronutrientes
MacronutrientesMacronutrientes
Macronutrientes
 
Micronutrientes.
Micronutrientes.Micronutrientes.
Micronutrientes.
 
Macronutrientes en la nutrición
Macronutrientes en la nutriciónMacronutrientes en la nutrición
Macronutrientes en la nutrición
 
Tabla de micronutrientes
Tabla de micronutrientesTabla de micronutrientes
Tabla de micronutrientes
 
Macro E Micronutrientes ImportâNcia
Macro E Micronutrientes   ImportâNciaMacro E Micronutrientes   ImportâNcia
Macro E Micronutrientes ImportâNcia
 
Los Macronutrientes
Los MacronutrientesLos Macronutrientes
Los Macronutrientes
 
Dicionário do ballet
Dicionário do balletDicionário do ballet
Dicionário do ballet
 
Macronutriente y micronutrientes
Macronutriente y micronutrientesMacronutriente y micronutrientes
Macronutriente y micronutrientes
 
Plano de aula baby class 1ª aula ministério el shadai
Plano de aula baby class 1ª aula ministério el shadaiPlano de aula baby class 1ª aula ministério el shadai
Plano de aula baby class 1ª aula ministério el shadai
 
Aula de nutrição mineral
Aula de nutrição mineralAula de nutrição mineral
Aula de nutrição mineral
 
Funciones y deficiencias de nutrientes
Funciones y deficiencias de nutrientesFunciones y deficiencias de nutrientes
Funciones y deficiencias de nutrientes
 
Alimentação Saudável
Alimentação SaudávelAlimentação Saudável
Alimentação Saudável
 
Alimentação saudável
Alimentação saudávelAlimentação saudável
Alimentação saudável
 

Semelhante a Macronutrientes

Exercícios lipídeos
Exercícios lipídeosExercícios lipídeos
Exercícios lipídeos
Flávia Cardoso
 
Nutrientes
NutrientesNutrientes
Nutrientes
wagneripo
 
QuíM. De Alim. I Carboidratos I
QuíM. De Alim. I   Carboidratos IQuíM. De Alim. I   Carboidratos I
QuíM. De Alim. I Carboidratos I
Ricardo Stefani
 
Proteínas funções.
Proteínas        funções.Proteínas        funções.
Proteínas funções.
Ajudar Pessoas
 
Nutrientes
NutrientesNutrientes
Nutrientes
wagneripo
 
003 compostos -liídios
003   compostos -liídios003   compostos -liídios
003 compostos -liídios
CIN
 
Carboidratos e Lipídios
Carboidratos e LipídiosCarboidratos e Lipídios
Carboidratos e Lipídios
acessoriaem21ma
 
Bioquimica
BioquimicaBioquimica
Bioquimica
Thiago Oliveira
 
Carboidratos.pptx
Carboidratos.pptxCarboidratos.pptx
Carboidratos.pptx
MiriamDantzger1
 
A química da célula - Agua e sais minerais
A química da célula - Agua e sais mineraisA química da célula - Agua e sais minerais
A química da célula - Agua e sais minerais
Matheus de Paula Medeiros
 
Compostos org. (amido e proteína)
Compostos org. (amido e proteína)Compostos org. (amido e proteína)
Compostos org. (amido e proteína)
JulianaGimenes
 
Glícidos
GlícidosGlícidos
Glícidos
Ana Helena
 
Fundamentos químicos da vida
Fundamentos químicos da vidaFundamentos químicos da vida
Fundamentos químicos da vida
letyap
 
2° etapa biologia
2° etapa  biologia2° etapa  biologia
2° etapa biologia
Daniel Cavalcanti
 
Aula sobre os Carboidratos nas Plantasss
Aula sobre os Carboidratos nas PlantasssAula sobre os Carboidratos nas Plantasss
Aula sobre os Carboidratos nas Plantasss
JeanMarcelo21
 
81m rafael v e valber
81m rafael v e valber81m rafael v e valber
81m rafael v e valber
Andrea Bruzaca
 
Glicídios e lipídios
Glicídios e lipídiosGlicídios e lipídios
Glicídios e lipídios
Glayson Sombra
 
Carboidratos.pdf
Carboidratos.pdfCarboidratos.pdf
Carboidratos.pdf
Gilmargomesdasilva7
 
Carboidrato e vitaminas
Carboidrato  e vitaminasCarboidrato  e vitaminas
Carboidrato e vitaminas
cristinabio
 
Carboidratos
CarboidratosCarboidratos
Carboidratos
Iuri Fretta Wiggers
 

Semelhante a Macronutrientes (20)

Exercícios lipídeos
Exercícios lipídeosExercícios lipídeos
Exercícios lipídeos
 
Nutrientes
NutrientesNutrientes
Nutrientes
 
QuíM. De Alim. I Carboidratos I
QuíM. De Alim. I   Carboidratos IQuíM. De Alim. I   Carboidratos I
QuíM. De Alim. I Carboidratos I
 
Proteínas funções.
Proteínas        funções.Proteínas        funções.
Proteínas funções.
 
Nutrientes
NutrientesNutrientes
Nutrientes
 
003 compostos -liídios
003   compostos -liídios003   compostos -liídios
003 compostos -liídios
 
Carboidratos e Lipídios
Carboidratos e LipídiosCarboidratos e Lipídios
Carboidratos e Lipídios
 
Bioquimica
BioquimicaBioquimica
Bioquimica
 
Carboidratos.pptx
Carboidratos.pptxCarboidratos.pptx
Carboidratos.pptx
 
A química da célula - Agua e sais minerais
A química da célula - Agua e sais mineraisA química da célula - Agua e sais minerais
A química da célula - Agua e sais minerais
 
Compostos org. (amido e proteína)
Compostos org. (amido e proteína)Compostos org. (amido e proteína)
Compostos org. (amido e proteína)
 
Glícidos
GlícidosGlícidos
Glícidos
 
Fundamentos químicos da vida
Fundamentos químicos da vidaFundamentos químicos da vida
Fundamentos químicos da vida
 
2° etapa biologia
2° etapa  biologia2° etapa  biologia
2° etapa biologia
 
Aula sobre os Carboidratos nas Plantasss
Aula sobre os Carboidratos nas PlantasssAula sobre os Carboidratos nas Plantasss
Aula sobre os Carboidratos nas Plantasss
 
81m rafael v e valber
81m rafael v e valber81m rafael v e valber
81m rafael v e valber
 
Glicídios e lipídios
Glicídios e lipídiosGlicídios e lipídios
Glicídios e lipídios
 
Carboidratos.pdf
Carboidratos.pdfCarboidratos.pdf
Carboidratos.pdf
 
Carboidrato e vitaminas
Carboidrato  e vitaminasCarboidrato  e vitaminas
Carboidrato e vitaminas
 
Carboidratos
CarboidratosCarboidratos
Carboidratos
 

Mais de marcossage

Escola de balé encerra o ano com noite beneficente
Escola de balé encerra o ano com noite beneficenteEscola de balé encerra o ano com noite beneficente
Escola de balé encerra o ano com noite beneficente
marcossage
 
Ballet Juvenil na Bahia
Ballet Juvenil na BahiaBallet Juvenil na Bahia
Ballet Juvenil na Bahia
marcossage
 
Www clicrbs-com-br anoticia-jsp_default2-jsp_jo5xtab5
Www clicrbs-com-br anoticia-jsp_default2-jsp_jo5xtab5Www clicrbs-com-br anoticia-jsp_default2-jsp_jo5xtab5
Www clicrbs-com-br anoticia-jsp_default2-jsp_jo5xtab5
marcossage
 
Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_m3u0fcfm
Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_m3u0fcfmWww cefid-udesc-br noticias-noticia-php_m3u0fcfm
Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_m3u0fcfm
marcossage
 
Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_1kjy4li2
Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_1kjy4li2Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_1kjy4li2
Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_1kjy4li2
marcossage
 
Www canalrural-com-br diariocatarinense-jsp_default2-jsp_f5erjevp
Www canalrural-com-br diariocatarinense-jsp_default2-jsp_f5erjevpWww canalrural-com-br diariocatarinense-jsp_default2-jsp_f5erjevp
Www canalrural-com-br diariocatarinense-jsp_default2-jsp_f5erjevp
marcossage
 
Www an-com-br 2007-mar_02_0ane-jsp_fspiwenc
Www an-com-br 2007-mar_02_0ane-jsp_fspiwencWww an-com-br 2007-mar_02_0ane-jsp_fspiwenc
Www an-com-br 2007-mar_02_0ane-jsp_fspiwenc
marcossage
 
Www1 an-com-br jville2001-pg04-htm_yekifhca
Www1 an-com-br jville2001-pg04-htm_yekifhcaWww1 an-com-br jville2001-pg04-htm_yekifhca
Www1 an-com-br jville2001-pg04-htm_yekifhca
marcossage
 
Www1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_xlgukdph
Www1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_xlgukdphWww1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_xlgukdph
Www1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_xlgukdph
marcossage
 
Www1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_pfi411gp
Www1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_pfi411gpWww1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_pfi411gp
Www1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_pfi411gp
marcossage
 
Www1 an-com-br 2002-jul_23_0fes-htm_cpq3ta3f
Www1 an-com-br 2002-jul_23_0fes-htm_cpq3ta3fWww1 an-com-br 2002-jul_23_0fes-htm_cpq3ta3f
Www1 an-com-br 2002-jul_23_0fes-htm_cpq3ta3f
marcossage
 
Www1 an-com-br 2001-jun_07_0cid-htm_vdzbpwue
Www1 an-com-br 2001-jun_07_0cid-htm_vdzbpwueWww1 an-com-br 2001-jun_07_0cid-htm_vdzbpwue
Www1 an-com-br 2001-jun_07_0cid-htm_vdzbpwue
marcossage
 
Www1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_etl3yccg
Www1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_etl3yccgWww1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_etl3yccg
Www1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_etl3yccg
marcossage
 
Www1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_3w4pvrxj
Www1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_3w4pvrxjWww1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_3w4pvrxj
Www1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_3w4pvrxj
marcossage
 
Www1 an-com-br 1999-festival_24fes-htm_m1nxycmw
Www1 an-com-br 1999-festival_24fes-htm_m1nxycmwWww1 an-com-br 1999-festival_24fes-htm_m1nxycmw
Www1 an-com-br 1999-festival_24fes-htm_m1nxycmw
marcossage
 
Www1 an-com-br 1999-festival_20fes-htm_giwxpor4
Www1 an-com-br 1999-festival_20fes-htm_giwxpor4Www1 an-com-br 1999-festival_20fes-htm_giwxpor4
Www1 an-com-br 1999-festival_20fes-htm_giwxpor4
marcossage
 
Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_yodd5jd4
Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_yodd5jd4Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_yodd5jd4
Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_yodd5jd4
marcossage
 
Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_2xrsgsc2
Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_2xrsgsc2Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_2xrsgsc2
Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_2xrsgsc2
marcossage
 
Www1 an-com-br 1998-mai_05_0ane-htm_caj4udyo
Www1 an-com-br 1998-mai_05_0ane-htm_caj4udyoWww1 an-com-br 1998-mai_05_0ane-htm_caj4udyo
Www1 an-com-br 1998-mai_05_0ane-htm_caj4udyo
marcossage
 
Www1 an-com-br 1998-festival_0fes26-htm_k0c3pvyh
Www1 an-com-br 1998-festival_0fes26-htm_k0c3pvyhWww1 an-com-br 1998-festival_0fes26-htm_k0c3pvyh
Www1 an-com-br 1998-festival_0fes26-htm_k0c3pvyh
marcossage
 

Mais de marcossage (20)

Escola de balé encerra o ano com noite beneficente
Escola de balé encerra o ano com noite beneficenteEscola de balé encerra o ano com noite beneficente
Escola de balé encerra o ano com noite beneficente
 
Ballet Juvenil na Bahia
Ballet Juvenil na BahiaBallet Juvenil na Bahia
Ballet Juvenil na Bahia
 
Www clicrbs-com-br anoticia-jsp_default2-jsp_jo5xtab5
Www clicrbs-com-br anoticia-jsp_default2-jsp_jo5xtab5Www clicrbs-com-br anoticia-jsp_default2-jsp_jo5xtab5
Www clicrbs-com-br anoticia-jsp_default2-jsp_jo5xtab5
 
Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_m3u0fcfm
Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_m3u0fcfmWww cefid-udesc-br noticias-noticia-php_m3u0fcfm
Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_m3u0fcfm
 
Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_1kjy4li2
Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_1kjy4li2Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_1kjy4li2
Www cefid-udesc-br noticias-noticia-php_1kjy4li2
 
Www canalrural-com-br diariocatarinense-jsp_default2-jsp_f5erjevp
Www canalrural-com-br diariocatarinense-jsp_default2-jsp_f5erjevpWww canalrural-com-br diariocatarinense-jsp_default2-jsp_f5erjevp
Www canalrural-com-br diariocatarinense-jsp_default2-jsp_f5erjevp
 
Www an-com-br 2007-mar_02_0ane-jsp_fspiwenc
Www an-com-br 2007-mar_02_0ane-jsp_fspiwencWww an-com-br 2007-mar_02_0ane-jsp_fspiwenc
Www an-com-br 2007-mar_02_0ane-jsp_fspiwenc
 
Www1 an-com-br jville2001-pg04-htm_yekifhca
Www1 an-com-br jville2001-pg04-htm_yekifhcaWww1 an-com-br jville2001-pg04-htm_yekifhca
Www1 an-com-br jville2001-pg04-htm_yekifhca
 
Www1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_xlgukdph
Www1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_xlgukdphWww1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_xlgukdph
Www1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_xlgukdph
 
Www1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_pfi411gp
Www1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_pfi411gpWww1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_pfi411gp
Www1 an-com-br 2002-jun_16_0ane-htm_pfi411gp
 
Www1 an-com-br 2002-jul_23_0fes-htm_cpq3ta3f
Www1 an-com-br 2002-jul_23_0fes-htm_cpq3ta3fWww1 an-com-br 2002-jul_23_0fes-htm_cpq3ta3f
Www1 an-com-br 2002-jul_23_0fes-htm_cpq3ta3f
 
Www1 an-com-br 2001-jun_07_0cid-htm_vdzbpwue
Www1 an-com-br 2001-jun_07_0cid-htm_vdzbpwueWww1 an-com-br 2001-jun_07_0cid-htm_vdzbpwue
Www1 an-com-br 2001-jun_07_0cid-htm_vdzbpwue
 
Www1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_etl3yccg
Www1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_etl3yccgWww1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_etl3yccg
Www1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_etl3yccg
 
Www1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_3w4pvrxj
Www1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_3w4pvrxjWww1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_3w4pvrxj
Www1 an-com-br 1999-jan_26_0ane-htm_3w4pvrxj
 
Www1 an-com-br 1999-festival_24fes-htm_m1nxycmw
Www1 an-com-br 1999-festival_24fes-htm_m1nxycmwWww1 an-com-br 1999-festival_24fes-htm_m1nxycmw
Www1 an-com-br 1999-festival_24fes-htm_m1nxycmw
 
Www1 an-com-br 1999-festival_20fes-htm_giwxpor4
Www1 an-com-br 1999-festival_20fes-htm_giwxpor4Www1 an-com-br 1999-festival_20fes-htm_giwxpor4
Www1 an-com-br 1999-festival_20fes-htm_giwxpor4
 
Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_yodd5jd4
Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_yodd5jd4Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_yodd5jd4
Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_yodd5jd4
 
Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_2xrsgsc2
Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_2xrsgsc2Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_2xrsgsc2
Www1 an-com-br 1999-dez_16_0ane-htm_2xrsgsc2
 
Www1 an-com-br 1998-mai_05_0ane-htm_caj4udyo
Www1 an-com-br 1998-mai_05_0ane-htm_caj4udyoWww1 an-com-br 1998-mai_05_0ane-htm_caj4udyo
Www1 an-com-br 1998-mai_05_0ane-htm_caj4udyo
 
Www1 an-com-br 1998-festival_0fes26-htm_k0c3pvyh
Www1 an-com-br 1998-festival_0fes26-htm_k0c3pvyhWww1 an-com-br 1998-festival_0fes26-htm_k0c3pvyh
Www1 an-com-br 1998-festival_0fes26-htm_k0c3pvyh
 

Macronutrientes

  • 1. CARBOIDRATOS GORDURAS PROTEÍNAS *MONOSSACARÍDEOS (glicose/sacarose) *DISSACARÍDEOS (combinação dos MONO) (açúcar de mesa) *POLISSACARÍDEOS (CARBO complexos) (combinação + 3 MONO) (celulose e amido) C+H+O2 Função: energética 1g CARBO=4 Kcal E C+H+O2 Relação C e O2 + forte Função: acúmulo de energia 1g GORDURA=9 Kcal E *ÁCIDOS GRAXOS (utilizado Pelas células como fonte Energética) *TRIGLICERÍDEOS (forma de Armazenar os AG/3moléculas De AG + 1 de glicerol) *FOSFOLIPÍDEOS (integridade Da membrana celular/bainha de Isolamento em torno das FN) *ESTERÓIDES (colesterol) Aminoácidos Função: formação 1g PROT= 4 Kcal E *CONTRIBUIÇÃO E: (1) Aminoácido alanina Convertido em glicose no fígado. (2) Muitos aminoácidos podem ser convertidos Em intermediários Metabólicos nas CM
  • 2. OS CARBOIDRATOS FUNCIONAM COMO: Principal fonte energética Evitar a desintegração das proteínas Ativador metabólico para o metabolismo das gorduras Combustível para o SNC VÁRIAS MOLÉCULAS DE GLICOSE = GLICOGÊNIO (armazenado no músculo e fígado). GLICOGÊNIO MUSCULAR e GLICOSE SANGUÍNEA = combustíveis primários durante o exercício intenso. DIETA DEFICIENTE EM CARBOIDRATOS = depleta + rápido o glicogênio muscular e hepático. Influencia a capacidade de realizar exercícios tanto Anaeróbico quanto Aeróbico. GLICOGENÓLISE é o processo que consiste em converter novamente o glicogênio em GLICOSE. CARBOIDRATOS
  • 3. GORDURAS SIMPLES: consistem principalmente em triglicerídeos (glicerol+ácidos graxos). GORDURAS COMPOSTAS: consistem em 1 triglicerídeo + combinação com outras substâncias químicas. = AG + grupo fosfato + base nitrogenada = AG + C + N = AG + proteína + fosfolipídios Ácidos graxos saturados insaturados Não contém ligações duplas entre os átomos de C. Tem + H Contém 1 ou + ligações duplas entre C Fosfolipídios Glicolipídios Lipoproteínas GORDURAS
  • 4. GORDURAS DERIVADAS: substâncias derivadas das gorduras simples e compostas. Principal exemplo é o colesterol (endógeno e exógeno). Funções do colesterol: (a) construção de membrana plasmática; (b) precursor de vitamina D; (c) precursor dos hormônios estrogênio, androgênio e progesterona. Funções da gordura no organismo: Fonte e reserva de energia; Proteção e isolamento; Carreador de vitaminas (A, D, E e K) e depressor da fome; GORDURAS
  • 5. PROTEÍNAS: formadas por aminoácidos unidos por ligações peptídicas. São 20 aminoácidos que podem combinar-se de maneiras diferentes formando um número quase infinito de proteínas. AMINOÁCIDOS ESSENCIAIS: isoleucina, leucina, lisina, metionina (cistina), fenilalanina (tirosina) , treonina, triptofano, valina. AMINOÁCIDOS NÃO ESSENCIAIS: podem ser sintetizados pelo organismo. TIPOS DE PROTEÍNAS: Proteínas completas: contém todos os aminoácidos essenciais. Proteínas incompletas: carece de um ou mais aminoácido essencial. QUANTIDADES DIETÉTICAS RECOMENDADAS (QDR) DE PROTEÍNAS: Adolescentes = 0,9 g p/kg de massa corporal Adultos = 0,8 p/kg de massa corporal PROTEÍNAS
  • 6. TRÊS PRINCIPAIS FONTES DE PROTEÍNA CORPORAL: (a) plasma; (b) tecido visceral; (c) músculo. OBS: não existem depósitos corporais desse macronutriente. ANABOLISMO: processo para a construção dos tecidos. Então, o balanço nitrogenado é positivo. CATABOLISMO: utilização da proteína para a produção de energia. Então, o balanço nitrogenado é negativo. OBS: Balanço nitrogenado: quando a ingestão de nitrogênio (proteína) iguala a excreção de nitrogênio. CICLO ALANINA-GLICOSE: PROTEÍNAS
  • 8.  
  • 9.  
  • 10.  
  • 11.