SlideShare uma empresa Scribd logo
By; Fernando Pereira
Índice A poesia
 Romantismo: A arte da burguesia
 O Romantismo em Portugal:
 A primeira geração Romântica
 A segunda geração Romântica
 O Romantismo no Brasil
 A primeira geração do Romantismo no Brasil
 A segunda geração do Romantismo no Brasil
 4. O Condoreirismo.
Poesia
•
•
Características da
Poesia•
•
•
•
•
TENDÊNCIAS DA POESIA
ROMÂNTICA
• Indianismo
• Ultra-Romantismo
• Poesia Social
Romantismo: A arte da
burguesia
•
O Romantismo em
Portugal•
Em Portugal, podemos considerar a
existência de duas gerações
românticas:
•
•
A primeira geração
Romântica
•
•
A segunda geração
Romântica
•
•
O Romantismo no
Brasil
•
A Primeira Geração do
Romantismo no Brasil
•
A Segunda Geração do Romantismo no
Brasil
•
Condoreirismo
Valeu Muito Obrigado!!!
Deixem um ai blz!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Amanda Resende
 
O romantismo em_outras_manifestações_artísticas[1]
O romantismo em_outras_manifestações_artísticas[1]O romantismo em_outras_manifestações_artísticas[1]
O romantismo em_outras_manifestações_artísticas[1]
Renato Rodrigues
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
vinivs
 
Romantismo resumo
Romantismo resumoRomantismo resumo
Romantismo resumo
Walace Cestari
 
Características do romantismo
Características do romantismoCaracterísticas do romantismo
Características do romantismo
Lidia Leal
 
Romantismo geral
Romantismo geralRomantismo geral
Romantismo geral
Abenilzo Dantas
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
anabremgartner
 
Romantismo na literatura
Romantismo na literaturaRomantismo na literatura
Romantismo na literatura
Marcos Feliciano
 
Romantismo.
Romantismo.Romantismo.
Romantismo.
Ana Sales
 
O movimento romântico
O movimento românticoO movimento romântico
O movimento romântico
Carolina Gomes
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
O surgimento do ideal romântico e sua permanência
O surgimento do ideal romântico e sua permanênciaO surgimento do ideal romântico e sua permanência
O surgimento do ideal romântico e sua permanência
André Stanley
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Lucas Queiroz
 
O Romantismo no Brasil II
O Romantismo no Brasil IIO Romantismo no Brasil II
O Romantismo no Brasil II
Cicero Luciano
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Cláudia Heloísa
 
Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...
Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...
Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...
SrtGalaxy
 

Mais procurados (17)

Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
O romantismo em_outras_manifestações_artísticas[1]
O romantismo em_outras_manifestações_artísticas[1]O romantismo em_outras_manifestações_artísticas[1]
O romantismo em_outras_manifestações_artísticas[1]
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Romantismo resumo
Romantismo resumoRomantismo resumo
Romantismo resumo
 
Características do romantismo
Características do romantismoCaracterísticas do romantismo
Características do romantismo
 
Romantismo geral
Romantismo geralRomantismo geral
Romantismo geral
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Romantismo na literatura
Romantismo na literaturaRomantismo na literatura
Romantismo na literatura
 
Romantismo.
Romantismo.Romantismo.
Romantismo.
 
O movimento romântico
O movimento românticoO movimento romântico
O movimento romântico
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
O surgimento do ideal romântico e sua permanência
O surgimento do ideal romântico e sua permanênciaO surgimento do ideal romântico e sua permanência
O surgimento do ideal romântico e sua permanência
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
O Romantismo no Brasil II
O Romantismo no Brasil IIO Romantismo no Brasil II
O Romantismo no Brasil II
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...
Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...
Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...
 

Destaque

LINGUA: USO E REFLEXÃO
LINGUA: USO E REFLEXÃOLINGUA: USO E REFLEXÃO
LINGUA: USO E REFLEXÃO
Wanderson Godinho
 
Cefet/Coltec - Extensivo - Aula 23 figuras de linguagem
Cefet/Coltec - Extensivo - Aula 23  figuras de linguagemCefet/Coltec - Extensivo - Aula 23  figuras de linguagem
Cefet/Coltec - Extensivo - Aula 23 figuras de linguagem
ProfFernandaBraga
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo poesia power point
Romantismo poesia power pointRomantismo poesia power point
Romantismo poesia power point
sfotoinpoc
 
O romantismo
O romantismoO romantismo
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
Ana Arminda Moreira
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
humanitas.pt.vu
 
VARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASIL
VARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASILVARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASIL
VARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASIL
universigatas
 
Bibliografia ensayo
Bibliografia ensayoBibliografia ensayo
Bibliografia ensayo
Pedro Sacristan
 
Apostila várias atividades de leitura
Apostila várias atividades de leituraApostila várias atividades de leitura
Apostila várias atividades de leitura
Dayse Neco
 
Projeto literatura de cordel
Projeto literatura de cordelProjeto literatura de cordel
Projeto literatura de cordel
Marinelda B. da Silva
 
Resumão de língua portuguesa 2º ano
Resumão de língua portuguesa   2º anoResumão de língua portuguesa   2º ano
Resumão de língua portuguesa 2º ano
Ewerton Gindri
 
Literatura 1 2013
Literatura 1   2013Literatura 1   2013
Literatura 1 2013
Letícia Contilde
 
Simulado ENEM - Linguagens, Códigos e suas Tenologias
Simulado ENEM - Linguagens, Códigos e suas TenologiasSimulado ENEM - Linguagens, Códigos e suas Tenologias
Simulado ENEM - Linguagens, Códigos e suas Tenologias
Privada
 
Estudo biblia
Estudo bibliaEstudo biblia
Estudo biblia
Jocarli Junior
 
Cordel
CordelCordel
COMO A BÍBLIA CHEGOU ATÉ NÓS
COMO A BÍBLIA CHEGOU ATÉ NÓSCOMO A BÍBLIA CHEGOU ATÉ NÓS
COMO A BÍBLIA CHEGOU ATÉ NÓS
Antonio Marcos
 
Conceitos básicos de Literatura
Conceitos básicos de LiteraturaConceitos básicos de Literatura
Conceitos básicos de Literatura
leliovr
 

Destaque (20)

LINGUA: USO E REFLEXÃO
LINGUA: USO E REFLEXÃOLINGUA: USO E REFLEXÃO
LINGUA: USO E REFLEXÃO
 
Cefet/Coltec - Extensivo - Aula 23 figuras de linguagem
Cefet/Coltec - Extensivo - Aula 23  figuras de linguagemCefet/Coltec - Extensivo - Aula 23  figuras de linguagem
Cefet/Coltec - Extensivo - Aula 23 figuras de linguagem
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Romantismo poesia power point
Romantismo poesia power pointRomantismo poesia power point
Romantismo poesia power point
 
O romantismo
O romantismoO romantismo
O romantismo
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
Bibliografia
BibliografiaBibliografia
Bibliografia
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 
Bibliografia
BibliografiaBibliografia
Bibliografia
 
VARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASIL
VARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASILVARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASIL
VARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASIL
 
Bibliografia ensayo
Bibliografia ensayoBibliografia ensayo
Bibliografia ensayo
 
Apostila várias atividades de leitura
Apostila várias atividades de leituraApostila várias atividades de leitura
Apostila várias atividades de leitura
 
Projeto literatura de cordel
Projeto literatura de cordelProjeto literatura de cordel
Projeto literatura de cordel
 
Resumão de língua portuguesa 2º ano
Resumão de língua portuguesa   2º anoResumão de língua portuguesa   2º ano
Resumão de língua portuguesa 2º ano
 
Literatura 1 2013
Literatura 1   2013Literatura 1   2013
Literatura 1 2013
 
Simulado ENEM - Linguagens, Códigos e suas Tenologias
Simulado ENEM - Linguagens, Códigos e suas TenologiasSimulado ENEM - Linguagens, Códigos e suas Tenologias
Simulado ENEM - Linguagens, Códigos e suas Tenologias
 
Estudo biblia
Estudo bibliaEstudo biblia
Estudo biblia
 
Cordel
CordelCordel
Cordel
 
COMO A BÍBLIA CHEGOU ATÉ NÓS
COMO A BÍBLIA CHEGOU ATÉ NÓSCOMO A BÍBLIA CHEGOU ATÉ NÓS
COMO A BÍBLIA CHEGOU ATÉ NÓS
 
Conceitos básicos de Literatura
Conceitos básicos de LiteraturaConceitos básicos de Literatura
Conceitos básicos de Literatura
 

Semelhante a História social do romantismo

Estudos CACD Missão Diplomática - Literatura Aula Resumo 02 - Romantismo
Estudos CACD Missão Diplomática - Literatura Aula Resumo 02 - RomantismoEstudos CACD Missão Diplomática - Literatura Aula Resumo 02 - Romantismo
Estudos CACD Missão Diplomática - Literatura Aula Resumo 02 - Romantismo
missaodiplomatica
 
Historia Da Literatura Brasileira
Historia Da Literatura BrasileiraHistoria Da Literatura Brasileira
Historia Da Literatura Brasileira
Speaking in English
 
Arte e cultura
Arte e culturaArte e cultura
Arte e cultura
hunteew
 
Arte e cultura
Arte e culturaArte e cultura
Arte e cultura
hunteew
 
Romantismo.pptx
Romantismo.pptxRomantismo.pptx
Romantismo.pptx
MariaLuciaFernandes4
 
Primeiro bimestre
Primeiro bimestrePrimeiro bimestre
Primeiro bimestre
EdsonAlves121
 
ROMANTISMO- CARACTERÍSTICAS E CONTEXTO HISTÓRICO.doc
ROMANTISMO- CARACTERÍSTICAS E CONTEXTO HISTÓRICO.docROMANTISMO- CARACTERÍSTICAS E CONTEXTO HISTÓRICO.doc
ROMANTISMO- CARACTERÍSTICAS E CONTEXTO HISTÓRICO.doc
ValeriaCristina51
 
A literatura brasileira ppt ok
A literatura brasileira   ppt okA literatura brasileira   ppt ok
A literatura brasileira ppt ok
Sabrina Gomes
 
3.1 Romantismo.pptx
3.1 Romantismo.pptx3.1 Romantismo.pptx
3.1 Romantismo.pptx
SILVIAREGINARODRIGUE8
 
Romantismo prosa
Romantismo prosaRomantismo prosa
Romantismo prosa
Nathaly Caldas Costa
 
Romantismo à brasileira
Romantismo à brasileiraRomantismo à brasileira
Romantismo à brasileira
Walace Cestari
 
Romantismo1836 1881-121031124003-phpapp02
Romantismo1836 1881-121031124003-phpapp02Romantismo1836 1881-121031124003-phpapp02
Romantismo1836 1881-121031124003-phpapp02
Alexandre Barbosa
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Salete Costa
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Evandro Batista
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Evandro Batista
 
slide livia maria 2.0 (1).pdf
slide livia maria 2.0 (1).pdfslide livia maria 2.0 (1).pdf
slide livia maria 2.0 (1).pdf
valber4
 
romantismo1836-1881-121031124003-phpapp02.pdf
romantismo1836-1881-121031124003-phpapp02.pdfromantismo1836-1881-121031124003-phpapp02.pdf
romantismo1836-1881-121031124003-phpapp02.pdf
ANNAPAULAAIRESDESOUZ
 
Concepção do amor romântico.
Concepção do amor romântico.Concepção do amor romântico.
Concepção do amor romântico.
Fábio Oliveira
 
Cap 13 e 14 a prosa no romantismo
Cap 13 e 14 a prosa no romantismoCap 13 e 14 a prosa no romantismo
Cap 13 e 14 a prosa no romantismo
whybells
 
E. MÉDIO 2 MANHÃ LITERATURA 08 03 2023 ROMANTISMO NO BRASIL (1).pdf
E. MÉDIO 2 MANHÃ LITERATURA 08 03 2023 ROMANTISMO NO BRASIL (1).pdfE. MÉDIO 2 MANHÃ LITERATURA 08 03 2023 ROMANTISMO NO BRASIL (1).pdf
E. MÉDIO 2 MANHÃ LITERATURA 08 03 2023 ROMANTISMO NO BRASIL (1).pdf
Elizeth608
 

Semelhante a História social do romantismo (20)

Estudos CACD Missão Diplomática - Literatura Aula Resumo 02 - Romantismo
Estudos CACD Missão Diplomática - Literatura Aula Resumo 02 - RomantismoEstudos CACD Missão Diplomática - Literatura Aula Resumo 02 - Romantismo
Estudos CACD Missão Diplomática - Literatura Aula Resumo 02 - Romantismo
 
Historia Da Literatura Brasileira
Historia Da Literatura BrasileiraHistoria Da Literatura Brasileira
Historia Da Literatura Brasileira
 
Arte e cultura
Arte e culturaArte e cultura
Arte e cultura
 
Arte e cultura
Arte e culturaArte e cultura
Arte e cultura
 
Romantismo.pptx
Romantismo.pptxRomantismo.pptx
Romantismo.pptx
 
Primeiro bimestre
Primeiro bimestrePrimeiro bimestre
Primeiro bimestre
 
ROMANTISMO- CARACTERÍSTICAS E CONTEXTO HISTÓRICO.doc
ROMANTISMO- CARACTERÍSTICAS E CONTEXTO HISTÓRICO.docROMANTISMO- CARACTERÍSTICAS E CONTEXTO HISTÓRICO.doc
ROMANTISMO- CARACTERÍSTICAS E CONTEXTO HISTÓRICO.doc
 
A literatura brasileira ppt ok
A literatura brasileira   ppt okA literatura brasileira   ppt ok
A literatura brasileira ppt ok
 
3.1 Romantismo.pptx
3.1 Romantismo.pptx3.1 Romantismo.pptx
3.1 Romantismo.pptx
 
Romantismo prosa
Romantismo prosaRomantismo prosa
Romantismo prosa
 
Romantismo à brasileira
Romantismo à brasileiraRomantismo à brasileira
Romantismo à brasileira
 
Romantismo1836 1881-121031124003-phpapp02
Romantismo1836 1881-121031124003-phpapp02Romantismo1836 1881-121031124003-phpapp02
Romantismo1836 1881-121031124003-phpapp02
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
slide livia maria 2.0 (1).pdf
slide livia maria 2.0 (1).pdfslide livia maria 2.0 (1).pdf
slide livia maria 2.0 (1).pdf
 
romantismo1836-1881-121031124003-phpapp02.pdf
romantismo1836-1881-121031124003-phpapp02.pdfromantismo1836-1881-121031124003-phpapp02.pdf
romantismo1836-1881-121031124003-phpapp02.pdf
 
Concepção do amor romântico.
Concepção do amor romântico.Concepção do amor romântico.
Concepção do amor romântico.
 
Cap 13 e 14 a prosa no romantismo
Cap 13 e 14 a prosa no romantismoCap 13 e 14 a prosa no romantismo
Cap 13 e 14 a prosa no romantismo
 
E. MÉDIO 2 MANHÃ LITERATURA 08 03 2023 ROMANTISMO NO BRASIL (1).pdf
E. MÉDIO 2 MANHÃ LITERATURA 08 03 2023 ROMANTISMO NO BRASIL (1).pdfE. MÉDIO 2 MANHÃ LITERATURA 08 03 2023 ROMANTISMO NO BRASIL (1).pdf
E. MÉDIO 2 MANHÃ LITERATURA 08 03 2023 ROMANTISMO NO BRASIL (1).pdf
 

Mais de Fernando Pereira

Usina hidreletrica
Usina hidreletricaUsina hidreletrica
Usina hidreletrica
Fernando Pereira
 
Modelo OSI Camada Física
Modelo OSI Camada FísicaModelo OSI Camada Física
Modelo OSI Camada Física
Fernando Pereira
 
Erico verissimo Biografia
Erico verissimo BiografiaErico verissimo Biografia
Erico verissimo Biografia
Fernando Pereira
 
Jorge amado biografia
Jorge amado biografiaJorge amado biografia
Jorge amado biografia
Fernando Pereira
 
Herança do Sexo
Herança do SexoHerança do Sexo
Herança do Sexo
Fernando Pereira
 
Vinicius de Moraes: Biografia
Vinicius de Moraes: Biografia Vinicius de Moraes: Biografia
Vinicius de Moraes: Biografia
Fernando Pereira
 
Murilo mendes: Biografia
Murilo mendes: Biografia Murilo mendes: Biografia
Murilo mendes: Biografia
Fernando Pereira
 
O método da ciência da natureza
O método da ciência da natureza O método da ciência da natureza
O método da ciência da natureza
Fernando Pereira
 
Período entre Guerras
Período entre Guerras Período entre Guerras
Período entre Guerras
Fernando Pereira
 
Instalações Elétricas
Instalações Elétricas Instalações Elétricas
Instalações Elétricas
Fernando Pereira
 
O consumo de Energia no Brasil
O consumo de Energia no BrasilO consumo de Energia no Brasil
O consumo de Energia no Brasil
Fernando Pereira
 
Carvão Mineral e Energia Elétrica
Carvão Mineral e Energia ElétricaCarvão Mineral e Energia Elétrica
Carvão Mineral e Energia Elétrica
Fernando Pereira
 
A grande guerra
A grande guerraA grande guerra
A grande guerra
Fernando Pereira
 
Conceitos básicos de eletricidade
Conceitos básicos de eletricidadeConceitos básicos de eletricidade
Conceitos básicos de eletricidade
Fernando Pereira
 
As vanguardas Brasileiras e Vanguardas Europeias
As vanguardas Brasileiras e Vanguardas Europeias As vanguardas Brasileiras e Vanguardas Europeias
As vanguardas Brasileiras e Vanguardas Europeias
Fernando Pereira
 

Mais de Fernando Pereira (15)

Usina hidreletrica
Usina hidreletricaUsina hidreletrica
Usina hidreletrica
 
Modelo OSI Camada Física
Modelo OSI Camada FísicaModelo OSI Camada Física
Modelo OSI Camada Física
 
Erico verissimo Biografia
Erico verissimo BiografiaErico verissimo Biografia
Erico verissimo Biografia
 
Jorge amado biografia
Jorge amado biografiaJorge amado biografia
Jorge amado biografia
 
Herança do Sexo
Herança do SexoHerança do Sexo
Herança do Sexo
 
Vinicius de Moraes: Biografia
Vinicius de Moraes: Biografia Vinicius de Moraes: Biografia
Vinicius de Moraes: Biografia
 
Murilo mendes: Biografia
Murilo mendes: Biografia Murilo mendes: Biografia
Murilo mendes: Biografia
 
O método da ciência da natureza
O método da ciência da natureza O método da ciência da natureza
O método da ciência da natureza
 
Período entre Guerras
Período entre Guerras Período entre Guerras
Período entre Guerras
 
Instalações Elétricas
Instalações Elétricas Instalações Elétricas
Instalações Elétricas
 
O consumo de Energia no Brasil
O consumo de Energia no BrasilO consumo de Energia no Brasil
O consumo de Energia no Brasil
 
Carvão Mineral e Energia Elétrica
Carvão Mineral e Energia ElétricaCarvão Mineral e Energia Elétrica
Carvão Mineral e Energia Elétrica
 
A grande guerra
A grande guerraA grande guerra
A grande guerra
 
Conceitos básicos de eletricidade
Conceitos básicos de eletricidadeConceitos básicos de eletricidade
Conceitos básicos de eletricidade
 
As vanguardas Brasileiras e Vanguardas Europeias
As vanguardas Brasileiras e Vanguardas Europeias As vanguardas Brasileiras e Vanguardas Europeias
As vanguardas Brasileiras e Vanguardas Europeias
 

Último

Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
nunesly
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
A importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino MédioA importância das conjunções- Ensino Médio
A importância das conjunções- Ensino Médio
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 

História social do romantismo