SlideShare uma empresa Scribd logo
Círculo de Estudos sobreHistória da Igreja Apontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na História
Igreja Primitiva Os Concílios de Nicéia e Constantinopla
Heresias Arianismo e o Concílio de Nicéia Concílio de Constantinopla Conteúdo
TheCatholicEncyclopedia – Enciclopédia Católica http://www.newadvent.org/ Breve História das Heresias, 1962 Monsenhor Cristiani História da Igreja de Cristo – Volume I Daniel-Rops Bibliografia
Etimologicamente: airesis = escolha O heregeaceita “escolhe” somente parte daRevelação Século I Judaizantes Século II Gnosticismo: Ofitas, Marcionismo, Nicolaítas... Montanismo: rigoristas, criam ser os profetas do Espírito Santo Docetismo: negam a realidade humana de Cristo Século III Adocionismo: Jesus foi adotado Modalismo: Monarquismo, sabelianismo... Subordinacionismo: Cristo abaixo do Pai Heresias
Remédio: Sagrada Tradição e Sagrada Escritura Concílios Locais Escritos Patrísticos São Clemente Romano, Papa Santo Inácio de Antioquia São Justino Didaquê Santo Irineu de Lião Santo Hipólito de Roma São Cipriano de Cartago Contra as Heresias
Constantino favorece a Igreja Construção de Basílicas Isenção de taxas para sacerdotes Intervenção em questões religiosas Motivo: garantir unidade e paz Século IV
Cristãos em 313
Donatismo Movimento forte na Igreja da África (311 a 413) Rigoristas Sacramentos administrados pelos traidores eram inválidos Maniqueísmo Criada em 242 por Mani Pregava uma doutrina dualista Não é uma heresia cristã Arianismo Heresias Século IV
Heresia Ariana
Constantino único imperador em 324 Deparou-se com a crise Ariana em Nicomédia Enviou cartas para Santo Alexandre e Ário Ósio de Córdova foi o portador da carta Constantino convoca um Concílio Ecumênico Sugerido por Ósio e outros prelados Escolheu-se Nicéia para reunião em 325 Atuação de Constantino “Eu creio que a causa é trivial... Basicamente vocês pensam de forma semelhante... Permaneçam unidos!... A questão entre vocês não é sobre um ponto essencial da fé.”Trechos da carta enviada a Ário e Santo Alexandre
Quem compareceu? Cerca de 300 bispos Mais bispos orientais do que ocidentais Cerca de uma quinzena de bispos arianos Papa São Silvestre representado por legados Duração: cerca de 1 mês Resultado Credo Niceno Precisou e fixou as definições da Tradição Foi assinado por quase todos os bispos Ário e dois bispos egípcios foram exilados Eusébio de Nicomédia foi exilado três meses depois Concílio de Nicéia
Concílio de Nicéia
Arianos tecem intrigas Retiram suas assinaturas Eusébio de Nicomédia retorna em 327 Ário retorna em 329 Arianos em campanha contra Bispos da Tradição Santo Atanásio assume Alexandria em 328 É exilado em 335 Morte de Ário em 336 Morte de Constantino em 337 Atanásio retorna (foi exilado mais 4 vezes) Pós-Concílio
Imperadores após Constantino
Imperador em 379 Batizado em 380 Após profunda doença Promulga o Edito de Tessalônica, em 380 Concílio de Constantinopla, 381 Morre em 395 Cisão definitiva do Império Política Pró-católica Fechamento de templos pagãos Isenção de impostos para a Igreja Teodósio
Edito dos Imperadores: Teodósio, Graciano e Valentiniano I Declara o cristianismo religião oficial do Império Edito de Tessalônica “Desejamos que todos [...] professem a religião que o divino apóstolo Pedro deu aos romanos e que é a que hoje professam o pontífice Dâmaso e o bispo de Alexandria, Pedro [...]. Segundo a disciplina apostólica e a doutrina evangélica, esta fé diz que devemos crer na divindade única do Pai, do Filho e do Espírito Santo, iguais em majestade sob a Santíssima Trindade. [...]” Trechos do chamado Edito de Tessalônica
Por volta de 360 Alguns arianos declaram-se contra a divindade do Espírito Santo Chefe: Macedônio, Bispo de Constantinopla Concílio de Constantinopla, 381 Resolveu a questão Macedônia e Ariana Macedônios
Quem compareceu? 186 Bispos Todos orientais Bispos arianos e macedônios eram 36 Papa São Dâmaso representado por legados Duração: cerca de 3 meses Resultado Credo Niceno-Constantinopolitano Única parte que restou das atas do Concílio Arianos, semi-arianos e macedônios foram excomungados Concílio de Constantinopla
Em 390, Santo AmbrósioexcomungaTeodósio Massacre de 7 mil pessoasemTessalônica Teodósiopassoumesesempenintênciapública Teodósio Impedido
Século IV foi difícil para a Igreja... Heresias Imperadores intrometidos ...Mas também foi glorioso Definições dos dogmas Século prolífico em santos Início do monaquismo Próximo Encontro: A queda do Império Romano Conclusão
Círculo de Estudos sobreHistória da Igreja Apontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na História

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2Lisanro Cronje
 
Infográfico Primeiro Concílio de Niceia - 325 DC
Infográfico Primeiro Concílio de Niceia - 325 DCInfográfico Primeiro Concílio de Niceia - 325 DC
Infográfico Primeiro Concílio de Niceia - 325 DCRaniere Menezes
 
Aula 6 - A Igreja Moderna
Aula 6 - A Igreja Moderna Aula 6 - A Igreja Moderna
Aula 6 - A Igreja Moderna Adriano Pascoa
 
Introdução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia pptIntrodução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia pptGilson Barbosa
 
Aula 2 - Segundo Período - A Igreja Perseguida
Aula 2 - Segundo Período - A Igreja PerseguidaAula 2 - Segundo Período - A Igreja Perseguida
Aula 2 - Segundo Período - A Igreja PerseguidaAdriano Pascoa
 
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja ApostólicaAula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja ApostólicaAdriano Pascoa
 
Aula 4 - Quarto Período - A Idade Média Cristã
Aula 4 - Quarto Período - A Idade Média CristãAula 4 - Quarto Período - A Idade Média Cristã
Aula 4 - Quarto Período - A Idade Média CristãAdriano Pascoa
 
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma Protestante
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma ProtestanteLição 4 – A história da Igreja até a Reforma Protestante
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma ProtestanteÉder Tomé
 
História da Igreja I - Aula 1 - Introdução
História da Igreja I - Aula 1 - IntroduçãoHistória da Igreja I - Aula 1 - Introdução
História da Igreja I - Aula 1 - IntroduçãoAndre Nascimento
 
Infográfico sobre o Concílio de Niceia I
Infográfico sobre o Concílio de Niceia IInfográfico sobre o Concílio de Niceia I
Infográfico sobre o Concílio de Niceia IRaniere Menezes
 
Aula02 cristologia
Aula02 cristologiaAula02 cristologia
Aula02 cristologiaDanilo Lemos
 
Seitas, heresias e falsos ensinos - Introdução
Seitas, heresias e falsos ensinos - IntroduçãoSeitas, heresias e falsos ensinos - Introdução
Seitas, heresias e falsos ensinos - IntroduçãoLuan Almeida
 
Historia da igreja I aula 2
Historia da igreja I  aula 2Historia da igreja I  aula 2
Historia da igreja I aula 2Moisés Sampaio
 
História da Igreja I: Aula 3 - Paulo e os Pais Apostólicos
História da Igreja I: Aula 3 - Paulo e os Pais ApostólicosHistória da Igreja I: Aula 3 - Paulo e os Pais Apostólicos
História da Igreja I: Aula 3 - Paulo e os Pais ApostólicosAndre Nascimento
 
Teologia Sistemática - Aula 1 - Apresentação
Teologia Sistemática - Aula 1 - ApresentaçãoTeologia Sistemática - Aula 1 - Apresentação
Teologia Sistemática - Aula 1 - ApresentaçãoMissões Adoração
 
Aula 1 A Igreja Apostólica
Aula 1 A Igreja ApostólicaAula 1 A Igreja Apostólica
Aula 1 A Igreja ApostólicaMarcia oliveira
 

Mais procurados (20)

Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2
 
Infográfico Primeiro Concílio de Niceia - 325 DC
Infográfico Primeiro Concílio de Niceia - 325 DCInfográfico Primeiro Concílio de Niceia - 325 DC
Infográfico Primeiro Concílio de Niceia - 325 DC
 
Aula 6 - A Igreja Moderna
Aula 6 - A Igreja Moderna Aula 6 - A Igreja Moderna
Aula 6 - A Igreja Moderna
 
10º Aula de História da Igreja
10º Aula de História da Igreja10º Aula de História da Igreja
10º Aula de História da Igreja
 
Introdução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia pptIntrodução geral à bíblia ppt
Introdução geral à bíblia ppt
 
Aula 2 - Segundo Período - A Igreja Perseguida
Aula 2 - Segundo Período - A Igreja PerseguidaAula 2 - Segundo Período - A Igreja Perseguida
Aula 2 - Segundo Período - A Igreja Perseguida
 
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja ApostólicaAula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
Aula 1 - Primeiro Período - A Igreja Apostólica
 
Aula 4 - Quarto Período - A Idade Média Cristã
Aula 4 - Quarto Período - A Idade Média CristãAula 4 - Quarto Período - A Idade Média Cristã
Aula 4 - Quarto Período - A Idade Média Cristã
 
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma Protestante
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma ProtestanteLição 4 – A história da Igreja até a Reforma Protestante
Lição 4 – A história da Igreja até a Reforma Protestante
 
História da Igreja I - Aula 1 - Introdução
História da Igreja I - Aula 1 - IntroduçãoHistória da Igreja I - Aula 1 - Introdução
História da Igreja I - Aula 1 - Introdução
 
As Cartas de Paulo
As Cartas de PauloAs Cartas de Paulo
As Cartas de Paulo
 
Infográfico sobre o Concílio de Niceia I
Infográfico sobre o Concílio de Niceia IInfográfico sobre o Concílio de Niceia I
Infográfico sobre o Concílio de Niceia I
 
Aula02 cristologia
Aula02 cristologiaAula02 cristologia
Aula02 cristologia
 
Cristologia aula01
Cristologia aula01Cristologia aula01
Cristologia aula01
 
Seitas, heresias e falsos ensinos - Introdução
Seitas, heresias e falsos ensinos - IntroduçãoSeitas, heresias e falsos ensinos - Introdução
Seitas, heresias e falsos ensinos - Introdução
 
Historia da igreja I aula 2
Historia da igreja I  aula 2Historia da igreja I  aula 2
Historia da igreja I aula 2
 
Doutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicasDoutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicas
 
História da Igreja I: Aula 3 - Paulo e os Pais Apostólicos
História da Igreja I: Aula 3 - Paulo e os Pais ApostólicosHistória da Igreja I: Aula 3 - Paulo e os Pais Apostólicos
História da Igreja I: Aula 3 - Paulo e os Pais Apostólicos
 
Teologia Sistemática - Aula 1 - Apresentação
Teologia Sistemática - Aula 1 - ApresentaçãoTeologia Sistemática - Aula 1 - Apresentação
Teologia Sistemática - Aula 1 - Apresentação
 
Aula 1 A Igreja Apostólica
Aula 1 A Igreja ApostólicaAula 1 A Igreja Apostólica
Aula 1 A Igreja Apostólica
 

Destaque

Os Grandes Concilios Ecumenicos
Os Grandes Concilios EcumenicosOs Grandes Concilios Ecumenicos
Os Grandes Concilios EcumenicosJNR
 
Sete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de Fé
Sete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de FéSete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de Fé
Sete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de FéRaniere Menezes
 
História da Igreja - Visão geral
História da Igreja - Visão geralHistória da Igreja - Visão geral
História da Igreja - Visão geralGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - A queda do Império Romano
História da Igreja - A queda do Império RomanoHistória da Igreja - A queda do Império Romano
História da Igreja - A queda do Império RomanoGlauco Gonçalves
 
Carla geanfrancisco os apologistas e teólogos dos séculos ii e iii
Carla geanfrancisco   os apologistas e teólogos dos séculos ii e iiiCarla geanfrancisco   os apologistas e teólogos dos séculos ii e iii
Carla geanfrancisco os apologistas e teólogos dos séculos ii e iiiCarla Geanfrancisco Falasca
 
Movimientos ecuménicos
Movimientos ecuménicosMovimientos ecuménicos
Movimientos ecuménicosCesar Flores
 
História da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão
História da Igreja - Das perseguições ao Edito de MilãoHistória da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão
História da Igreja - Das perseguições ao Edito de MilãoGlauco Gonçalves
 
Leão Magno (400 – 461)
Leão Magno (400 – 461)Leão Magno (400 – 461)
Leão Magno (400 – 461)uriank
 
Nubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens Distribuídas
Nubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens DistribuídasNubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens Distribuídas
Nubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens DistribuídasGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - Os gloriosos séculos XII e XIII
História da Igreja - Os gloriosos séculos XII e XIIIHistória da Igreja - Os gloriosos séculos XII e XIII
História da Igreja - Os gloriosos séculos XII e XIIIGlauco Gonçalves
 
Infográfico sobre a Relevância do Passado para a Igreja Hoje
Infográfico sobre a Relevância do Passado para a Igreja HojeInfográfico sobre a Relevância do Passado para a Igreja Hoje
Infográfico sobre a Relevância do Passado para a Igreja HojeRaniere Menezes
 
História da Igreja - Cruzadas
História da Igreja - CruzadasHistória da Igreja - Cruzadas
História da Igreja - CruzadasGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - Cluny e a reforma da Igreja
História da Igreja - Cluny e a reforma da IgrejaHistória da Igreja - Cluny e a reforma da Igreja
História da Igreja - Cluny e a reforma da IgrejaGlauco Gonçalves
 
Introdução à Patrística
Introdução à PatrísticaIntrodução à Patrística
Introdução à PatrísticaCursoDeFerias
 
10 normas para cantar gregoriano
10 normas para cantar gregoriano10 normas para cantar gregoriano
10 normas para cantar gregorianoalbertoarbej
 

Destaque (19)

Os Grandes Concilios Ecumenicos
Os Grandes Concilios EcumenicosOs Grandes Concilios Ecumenicos
Os Grandes Concilios Ecumenicos
 
Sete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de Fé
Sete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de FéSete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de Fé
Sete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de Fé
 
História da Igreja - Visão geral
História da Igreja - Visão geralHistória da Igreja - Visão geral
História da Igreja - Visão geral
 
História da Igreja - A queda do Império Romano
História da Igreja - A queda do Império RomanoHistória da Igreja - A queda do Império Romano
História da Igreja - A queda do Império Romano
 
Carla geanfrancisco os apologistas e teólogos dos séculos ii e iii
Carla geanfrancisco   os apologistas e teólogos dos séculos ii e iiiCarla geanfrancisco   os apologistas e teólogos dos séculos ii e iii
Carla geanfrancisco os apologistas e teólogos dos séculos ii e iii
 
Movimientos ecuménicos
Movimientos ecuménicosMovimientos ecuménicos
Movimientos ecuménicos
 
História da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão
História da Igreja - Das perseguições ao Edito de MilãoHistória da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão
História da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão
 
Concilios
ConciliosConcilios
Concilios
 
Leão Magno (400 – 461)
Leão Magno (400 – 461)Leão Magno (400 – 461)
Leão Magno (400 – 461)
 
Nubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens Distribuídas
Nubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens DistribuídasNubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens Distribuídas
Nubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens Distribuídas
 
Canto Gregoriano
Canto GregorianoCanto Gregoriano
Canto Gregoriano
 
História da Igreja - Os gloriosos séculos XII e XIII
História da Igreja - Os gloriosos séculos XII e XIIIHistória da Igreja - Os gloriosos séculos XII e XIII
História da Igreja - Os gloriosos séculos XII e XIII
 
Infográfico sobre a Relevância do Passado para a Igreja Hoje
Infográfico sobre a Relevância do Passado para a Igreja HojeInfográfico sobre a Relevância do Passado para a Igreja Hoje
Infográfico sobre a Relevância do Passado para a Igreja Hoje
 
História da Igreja - Cruzadas
História da Igreja - CruzadasHistória da Igreja - Cruzadas
História da Igreja - Cruzadas
 
História da Igreja - Cluny e a reforma da Igreja
História da Igreja - Cluny e a reforma da IgrejaHistória da Igreja - Cluny e a reforma da Igreja
História da Igreja - Cluny e a reforma da Igreja
 
Introdução à Patrística
Introdução à PatrísticaIntrodução à Patrística
Introdução à Patrística
 
CRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVAL
CRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVALCRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVAL
CRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVAL
 
Aula 2a parte patristica
Aula  2a parte patristicaAula  2a parte patristica
Aula 2a parte patristica
 
10 normas para cantar gregoriano
10 normas para cantar gregoriano10 normas para cantar gregoriano
10 normas para cantar gregoriano
 

Semelhante a História da Igreja - Concílios de Nicéia e Constantinopla

Concílio de nicéia a condenação dos evangelhos apócrifos
Concílio de nicéia   a condenação dos evangelhos apócrifosConcílio de nicéia   a condenação dos evangelhos apócrifos
Concílio de nicéia a condenação dos evangelhos apócrifosAlexinaldo Ferreira
 
7 - A igreja catolica imperial1.pptx
7 - A igreja catolica imperial1.pptx7 - A igreja catolica imperial1.pptx
7 - A igreja catolica imperial1.pptxPIB Penha - SP
 
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptx
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptxSão João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptx
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptxMartin M Flynn
 
6 a era da igreja católica - 6ª aula
6   a era da igreja católica - 6ª aula6   a era da igreja católica - 6ª aula
6 a era da igreja católica - 6ª aulaPIB Penha
 
33636183 roberto-constanza-o-governo-da-igreja-e-o-sistema-presbiteriano
33636183 roberto-constanza-o-governo-da-igreja-e-o-sistema-presbiteriano33636183 roberto-constanza-o-governo-da-igreja-e-o-sistema-presbiteriano
33636183 roberto-constanza-o-governo-da-igreja-e-o-sistema-presbiterianodenisemoda
 
Artigo Wesley Arruda
Artigo Wesley ArrudaArtigo Wesley Arruda
Artigo Wesley ArrudaWesley Arruda
 
Liturgia breve histórico
Liturgia   breve históricoLiturgia   breve histórico
Liturgia breve históricoNúccia Ortega
 
Paróquia nossa senhora auxiliadora ministros
Paróquia nossa senhora auxiliadora ministrosParóquia nossa senhora auxiliadora ministros
Paróquia nossa senhora auxiliadora ministrosRaimundo Oliveira
 
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...Tiago Silva
 
4 história do cristianismo -4ª aula
4  história do cristianismo -4ª aula4  história do cristianismo -4ª aula
4 história do cristianismo -4ª aulaPIB Penha
 
Emrc 7º aula 17
Emrc 7º aula 17Emrc 7º aula 17
Emrc 7º aula 17jv26
 
Vários motivos para não sermos católicos romanos
Vários motivos para não sermos católicos romanosVários motivos para não sermos católicos romanos
Vários motivos para não sermos católicos romanosREFORMADOR PROTESTANTE
 
Historia da igreja antiga
Historia da igreja antigaHistoria da igreja antiga
Historia da igreja antigaJosJunqueira1
 
Diaconado no oriente e no ocidente
Diaconado no oriente e no ocidenteDiaconado no oriente e no ocidente
Diaconado no oriente e no ocidenteIFCE - Tianguá
 
Espelho meu, que planeta tenho eu
Espelho meu, que planeta tenho euEspelho meu, que planeta tenho eu
Espelho meu, que planeta tenho eudragonfire1999
 
História do cristianismo ii - Um resumo histórico
História do cristianismo ii - Um resumo históricoHistória do cristianismo ii - Um resumo histórico
História do cristianismo ii - Um resumo históricoGustavo Messias
 
Mudancas doutrina
Mudancas doutrinaMudancas doutrina
Mudancas doutrinaJose Moraes
 

Semelhante a História da Igreja - Concílios de Nicéia e Constantinopla (20)

Concílio de nicéia a condenação dos evangelhos apócrifos
Concílio de nicéia   a condenação dos evangelhos apócrifosConcílio de nicéia   a condenação dos evangelhos apócrifos
Concílio de nicéia a condenação dos evangelhos apócrifos
 
7 - A igreja catolica imperial1.pptx
7 - A igreja catolica imperial1.pptx7 - A igreja catolica imperial1.pptx
7 - A igreja catolica imperial1.pptx
 
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptx
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptxSão João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptx
São João Crisóstomo, Patriarca de Constantinopla.pptx
 
6 a era da igreja católica - 6ª aula
6   a era da igreja católica - 6ª aula6   a era da igreja católica - 6ª aula
6 a era da igreja católica - 6ª aula
 
33636183 roberto-constanza-o-governo-da-igreja-e-o-sistema-presbiteriano
33636183 roberto-constanza-o-governo-da-igreja-e-o-sistema-presbiteriano33636183 roberto-constanza-o-governo-da-igreja-e-o-sistema-presbiteriano
33636183 roberto-constanza-o-governo-da-igreja-e-o-sistema-presbiteriano
 
Artigo Wesley Arruda
Artigo Wesley ArrudaArtigo Wesley Arruda
Artigo Wesley Arruda
 
30a atos
30a atos30a atos
30a atos
 
Liturgia breve histórico
Liturgia   breve históricoLiturgia   breve histórico
Liturgia breve histórico
 
Paróquia nossa senhora auxiliadora ministros
Paróquia nossa senhora auxiliadora ministrosParóquia nossa senhora auxiliadora ministros
Paróquia nossa senhora auxiliadora ministros
 
Identidade Nazarena - M2
Identidade Nazarena - M2Identidade Nazarena - M2
Identidade Nazarena - M2
 
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
08-histc3b3ria-eclesic3a1stica-a-reforma-na-igreja-a-contra-reforma-e-a-igrej...
 
Cateq pt 19
Cateq pt 19Cateq pt 19
Cateq pt 19
 
4 história do cristianismo -4ª aula
4  história do cristianismo -4ª aula4  história do cristianismo -4ª aula
4 história do cristianismo -4ª aula
 
Emrc 7º aula 17
Emrc 7º aula 17Emrc 7º aula 17
Emrc 7º aula 17
 
Vários motivos para não sermos católicos romanos
Vários motivos para não sermos católicos romanosVários motivos para não sermos católicos romanos
Vários motivos para não sermos católicos romanos
 
Historia da igreja antiga
Historia da igreja antigaHistoria da igreja antiga
Historia da igreja antiga
 
Diaconado no oriente e no ocidente
Diaconado no oriente e no ocidenteDiaconado no oriente e no ocidente
Diaconado no oriente e no ocidente
 
Espelho meu, que planeta tenho eu
Espelho meu, que planeta tenho euEspelho meu, que planeta tenho eu
Espelho meu, que planeta tenho eu
 
História do cristianismo ii - Um resumo histórico
História do cristianismo ii - Um resumo históricoHistória do cristianismo ii - Um resumo histórico
História do cristianismo ii - Um resumo histórico
 
Mudancas doutrina
Mudancas doutrinaMudancas doutrina
Mudancas doutrina
 

Mais de Glauco Gonçalves

Nubilum: Resource Management System for Distributed Clouds
Nubilum: Resource Management System for Distributed CloudsNubilum: Resource Management System for Distributed Clouds
Nubilum: Resource Management System for Distributed CloudsGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - Fátima e o Século XX
História da Igreja - Fátima e o Século XX História da Igreja - Fátima e o Século XX
História da Igreja - Fátima e o Século XX Glauco Gonçalves
 
História da Igreja - O Século XIX e as Revoluções
História da Igreja - O Século XIX e as RevoluçõesHistória da Igreja - O Século XIX e as Revoluções
História da Igreja - O Século XIX e as RevoluçõesGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - Revolução Francesa
História da Igreja - Revolução FrancesaHistória da Igreja - Revolução Francesa
História da Igreja - Revolução FrancesaGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - Embates islâmico-cristãos
História da Igreja - Embates islâmico-cristãosHistória da Igreja - Embates islâmico-cristãos
História da Igreja - Embates islâmico-cristãosGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - Reforma e Contra-reforma
História da Igreja - Reforma e Contra-reformaHistória da Igreja - Reforma e Contra-reforma
História da Igreja - Reforma e Contra-reformaGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - O Renascimento
História da Igreja - O RenascimentoHistória da Igreja - O Renascimento
História da Igreja - O RenascimentoGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - Visão Geral da Modernidade
História da Igreja - Visão Geral da ModernidadeHistória da Igreja - Visão Geral da Modernidade
História da Igreja - Visão Geral da ModernidadeGlauco Gonçalves
 
Burst TCP: an approach for benefiting mice flows
Burst TCP: an approach for benefiting mice flowsBurst TCP: an approach for benefiting mice flows
Burst TCP: an approach for benefiting mice flowsGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - O Cisma do Ocidente
História da Igreja - O Cisma do OcidenteHistória da Igreja - O Cisma do Ocidente
História da Igreja - O Cisma do OcidenteGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - O Cisma do Oriente
História da Igreja - O Cisma do OrienteHistória da Igreja - O Cisma do Oriente
História da Igreja - O Cisma do OrienteGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - Francos: de Clóvis a Carlos Magno
História da Igreja - Francos: de Clóvis a Carlos MagnoHistória da Igreja - Francos: de Clóvis a Carlos Magno
História da Igreja - Francos: de Clóvis a Carlos MagnoGlauco Gonçalves
 
História da Igreja - Visão geral da Idade Média
História da Igreja - Visão geral da Idade MédiaHistória da Igreja - Visão geral da Idade Média
História da Igreja - Visão geral da Idade MédiaGlauco Gonçalves
 
Interoperabilidade entre SIP e H.323
Interoperabilidade entre SIP e H.323Interoperabilidade entre SIP e H.323
Interoperabilidade entre SIP e H.323Glauco Gonçalves
 
Controle de Congestionamento e fluxos ratos
Controle de Congestionamento e fluxos ratosControle de Congestionamento e fluxos ratos
Controle de Congestionamento e fluxos ratosGlauco Gonçalves
 

Mais de Glauco Gonçalves (19)

Nubilum: Resource Management System for Distributed Clouds
Nubilum: Resource Management System for Distributed CloudsNubilum: Resource Management System for Distributed Clouds
Nubilum: Resource Management System for Distributed Clouds
 
A Santa Inquisição
A Santa InquisiçãoA Santa Inquisição
A Santa Inquisição
 
História da Igreja - Fátima e o Século XX
História da Igreja - Fátima e o Século XX História da Igreja - Fátima e o Século XX
História da Igreja - Fátima e o Século XX
 
História da Igreja - O Século XIX e as Revoluções
História da Igreja - O Século XIX e as RevoluçõesHistória da Igreja - O Século XIX e as Revoluções
História da Igreja - O Século XIX e as Revoluções
 
História da Igreja - Revolução Francesa
História da Igreja - Revolução FrancesaHistória da Igreja - Revolução Francesa
História da Igreja - Revolução Francesa
 
História da Igreja - Embates islâmico-cristãos
História da Igreja - Embates islâmico-cristãosHistória da Igreja - Embates islâmico-cristãos
História da Igreja - Embates islâmico-cristãos
 
História da Igreja - Reforma e Contra-reforma
História da Igreja - Reforma e Contra-reformaHistória da Igreja - Reforma e Contra-reforma
História da Igreja - Reforma e Contra-reforma
 
História da Igreja - O Renascimento
História da Igreja - O RenascimentoHistória da Igreja - O Renascimento
História da Igreja - O Renascimento
 
História da Igreja - Visão Geral da Modernidade
História da Igreja - Visão Geral da ModernidadeHistória da Igreja - Visão Geral da Modernidade
História da Igreja - Visão Geral da Modernidade
 
Burst TCP: an approach for benefiting mice flows
Burst TCP: an approach for benefiting mice flowsBurst TCP: an approach for benefiting mice flows
Burst TCP: an approach for benefiting mice flows
 
Igreja na Idade Média
Igreja na Idade MédiaIgreja na Idade Média
Igreja na Idade Média
 
História da Igreja - O Cisma do Ocidente
História da Igreja - O Cisma do OcidenteHistória da Igreja - O Cisma do Ocidente
História da Igreja - O Cisma do Ocidente
 
História da Igreja - O Cisma do Oriente
História da Igreja - O Cisma do OrienteHistória da Igreja - O Cisma do Oriente
História da Igreja - O Cisma do Oriente
 
História da Igreja - Francos: de Clóvis a Carlos Magno
História da Igreja - Francos: de Clóvis a Carlos MagnoHistória da Igreja - Francos: de Clóvis a Carlos Magno
História da Igreja - Francos: de Clóvis a Carlos Magno
 
História da Igreja - Visão geral da Idade Média
História da Igreja - Visão geral da Idade MédiaHistória da Igreja - Visão geral da Idade Média
História da Igreja - Visão geral da Idade Média
 
O Primado de São Pedro
O Primado de São PedroO Primado de São Pedro
O Primado de São Pedro
 
Introdução xDSL
Introdução xDSLIntrodução xDSL
Introdução xDSL
 
Interoperabilidade entre SIP e H.323
Interoperabilidade entre SIP e H.323Interoperabilidade entre SIP e H.323
Interoperabilidade entre SIP e H.323
 
Controle de Congestionamento e fluxos ratos
Controle de Congestionamento e fluxos ratosControle de Congestionamento e fluxos ratos
Controle de Congestionamento e fluxos ratos
 

Último

As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdfedjailmax
 
hereditariedade é variabilidade genetic
hereditariedade é variabilidade  genetichereditariedade é variabilidade  genetic
hereditariedade é variabilidade geneticMrMartnoficial
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40vitoriaalyce2011
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetosLeonardoHenrique931183
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaComando Resgatai
 
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédioifbauab
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxSolangeWaltre
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxGraycyelleCavalcanti
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaaCarolineFrancielle
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-carloseduardogonalve36
 
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]ESCRIBA DE CRISTO
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfrarakey779
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisValéria Shoujofan
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessRodrigoGonzlez461291
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 

Último (20)

As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
hereditariedade é variabilidade genetic
hereditariedade é variabilidade  genetichereditariedade é variabilidade  genetic
hereditariedade é variabilidade genetic
 
Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40Atividade português 7 ano página 38 a 40
Atividade português 7 ano página 38 a 40
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
 
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
INTRODUÇÃO A ARQUEOLOGIA BÍBLICA [BIBLIOLOGIA]]
 
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdfGRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
GRAMÁTICA NORMATIVA DA LÍNGUA PORTUGUESA UM GUIA COMPLETO DO IDIOMA.pdf
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 

História da Igreja - Concílios de Nicéia e Constantinopla

  • 1. Círculo de Estudos sobreHistória da Igreja Apontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na História
  • 2. Igreja Primitiva Os Concílios de Nicéia e Constantinopla
  • 3. Heresias Arianismo e o Concílio de Nicéia Concílio de Constantinopla Conteúdo
  • 4. TheCatholicEncyclopedia – Enciclopédia Católica http://www.newadvent.org/ Breve História das Heresias, 1962 Monsenhor Cristiani História da Igreja de Cristo – Volume I Daniel-Rops Bibliografia
  • 5. Etimologicamente: airesis = escolha O heregeaceita “escolhe” somente parte daRevelação Século I Judaizantes Século II Gnosticismo: Ofitas, Marcionismo, Nicolaítas... Montanismo: rigoristas, criam ser os profetas do Espírito Santo Docetismo: negam a realidade humana de Cristo Século III Adocionismo: Jesus foi adotado Modalismo: Monarquismo, sabelianismo... Subordinacionismo: Cristo abaixo do Pai Heresias
  • 6. Remédio: Sagrada Tradição e Sagrada Escritura Concílios Locais Escritos Patrísticos São Clemente Romano, Papa Santo Inácio de Antioquia São Justino Didaquê Santo Irineu de Lião Santo Hipólito de Roma São Cipriano de Cartago Contra as Heresias
  • 7. Constantino favorece a Igreja Construção de Basílicas Isenção de taxas para sacerdotes Intervenção em questões religiosas Motivo: garantir unidade e paz Século IV
  • 9. Donatismo Movimento forte na Igreja da África (311 a 413) Rigoristas Sacramentos administrados pelos traidores eram inválidos Maniqueísmo Criada em 242 por Mani Pregava uma doutrina dualista Não é uma heresia cristã Arianismo Heresias Século IV
  • 11. Constantino único imperador em 324 Deparou-se com a crise Ariana em Nicomédia Enviou cartas para Santo Alexandre e Ário Ósio de Córdova foi o portador da carta Constantino convoca um Concílio Ecumênico Sugerido por Ósio e outros prelados Escolheu-se Nicéia para reunião em 325 Atuação de Constantino “Eu creio que a causa é trivial... Basicamente vocês pensam de forma semelhante... Permaneçam unidos!... A questão entre vocês não é sobre um ponto essencial da fé.”Trechos da carta enviada a Ário e Santo Alexandre
  • 12. Quem compareceu? Cerca de 300 bispos Mais bispos orientais do que ocidentais Cerca de uma quinzena de bispos arianos Papa São Silvestre representado por legados Duração: cerca de 1 mês Resultado Credo Niceno Precisou e fixou as definições da Tradição Foi assinado por quase todos os bispos Ário e dois bispos egípcios foram exilados Eusébio de Nicomédia foi exilado três meses depois Concílio de Nicéia
  • 14. Arianos tecem intrigas Retiram suas assinaturas Eusébio de Nicomédia retorna em 327 Ário retorna em 329 Arianos em campanha contra Bispos da Tradição Santo Atanásio assume Alexandria em 328 É exilado em 335 Morte de Ário em 336 Morte de Constantino em 337 Atanásio retorna (foi exilado mais 4 vezes) Pós-Concílio
  • 16. Imperador em 379 Batizado em 380 Após profunda doença Promulga o Edito de Tessalônica, em 380 Concílio de Constantinopla, 381 Morre em 395 Cisão definitiva do Império Política Pró-católica Fechamento de templos pagãos Isenção de impostos para a Igreja Teodósio
  • 17. Edito dos Imperadores: Teodósio, Graciano e Valentiniano I Declara o cristianismo religião oficial do Império Edito de Tessalônica “Desejamos que todos [...] professem a religião que o divino apóstolo Pedro deu aos romanos e que é a que hoje professam o pontífice Dâmaso e o bispo de Alexandria, Pedro [...]. Segundo a disciplina apostólica e a doutrina evangélica, esta fé diz que devemos crer na divindade única do Pai, do Filho e do Espírito Santo, iguais em majestade sob a Santíssima Trindade. [...]” Trechos do chamado Edito de Tessalônica
  • 18. Por volta de 360 Alguns arianos declaram-se contra a divindade do Espírito Santo Chefe: Macedônio, Bispo de Constantinopla Concílio de Constantinopla, 381 Resolveu a questão Macedônia e Ariana Macedônios
  • 19. Quem compareceu? 186 Bispos Todos orientais Bispos arianos e macedônios eram 36 Papa São Dâmaso representado por legados Duração: cerca de 3 meses Resultado Credo Niceno-Constantinopolitano Única parte que restou das atas do Concílio Arianos, semi-arianos e macedônios foram excomungados Concílio de Constantinopla
  • 20. Em 390, Santo AmbrósioexcomungaTeodósio Massacre de 7 mil pessoasemTessalônica Teodósiopassoumesesempenintênciapública Teodósio Impedido
  • 21. Século IV foi difícil para a Igreja... Heresias Imperadores intrometidos ...Mas também foi glorioso Definições dos dogmas Século prolífico em santos Início do monaquismo Próximo Encontro: A queda do Império Romano Conclusão
  • 22. Círculo de Estudos sobreHistória da Igreja Apontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na História