SlideShare uma empresa Scribd logo
Círculo de Estudos sobreHistória da IgrejaApontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na história
Igreja MedievalOs Gloriosos Séculos XII e XIII
A Igreja das Catedrais e das Cruzadas - Volume IIIDaniel-RopsAtlas de História MedievalAutor: Colin McEvedyCatholicEncyclopediahttp://www.newadvent.org/cathen/Bibliografia
Unidade de princípios e fins dos batizadosUnidade das nações cristãsIgreja ≠ Cristandade, Igreja = MagistraA religião permeia tudoFraternidade: guildas, cavalaria, professores...Juramento feudal e Sagração dos reisMissões e CruzadasCatedrais e UniversidadesDesejo pela reforma!Cristandade
Cartuxos 1084Fundada por São BrunoRegra própriaAusteridade e SilêncioEremitas que tem vida comumCistercienses, 1098Três santos abadesSão Roberto, Santo Alberico, Santo EstevãoMelhor observância da regra beneditinaAusteridade e trabalho manualOutras reformas monásticas..."Separados de todos, estamos unidos a todos já que é em nome de todos que nos mantemos na presença do Deus vivo." Estatutos 34.2
Beato Vítor III (1086-1087)Beato Urbano II (1088-1099)Monge em Cluny e assistente de São Gregório VIICelebrou diversos concílios locaisConvocou a primeira Cruzada (1095)Pascoal II (1099-1118)Monge de ClunyConcordata de Londres, 1107Gelásio II (1118-1119)Calixto II (1119-1124)Concordata de Worms, 1122I Concílio de LatrãoO caminho para a libertação...“Condeno o queelecondenou, abraço o queeleamou, aprovo o queeleconsideroujusto e católico”Urbano II“Eu, Henrique(...) concedo que todas as igrejas que estão em meu reino ou império possuam eleições canônicas e consagrações livres.”Concordata de Worms
Ocorrido em 1123Convocado pelo Papa Calixto II (1119-1124)Quem compareceu?300 bispos e 600 abadesDuração: menos de 1 mêsResultadoRatificou a Concordata de WormsCondenou a SimoniaRatificou a Trégua de DeusI Concílio de Latrão
Morte de Honório II, 1130Cardeais divididosAnti-papa Anacleto II (1130-1138) – cisma de 8 anosPapa Inocêncio II (1130-1143)Anti-papa apoiado por alguns bispos e soberanosPapa apoiado por maioria de soberanos e bisposSão Bernardo de Claravaldirime a questãoSucessor: Anti-papa Vítor IV (1138)Submeteu-se ao Papa Inocêncio IIProblema resolvido no II Concílio de LatrãoCisma de Anacleto II
Ocorrido em 1139Convocado pelo Papa Inocêncio II (1130-1143)Quem compareceu?Cerca de 1000 preladosSão Bernardo, “a alma do concílio”Duração: menos de 1 mêsResultadoCondenação do anti-papa Anacleto IIRepetição de condenações do Concílio de Latrão IExcomunhão de quem agredir clérigosCondenação da venda de sacramentosII Concílio de Latrão
Asceta e Místico da Ordem CistercienseDoutor da Igreja32 sermões, 14 Tratados, +500 cartasArdoroso defensor de Nossa SenhoraCavaleiroApoiou a Ordem dos TempláriosPregou a Segunda Cruzada (1148)Homem de AçãoDiversas viagensDefesa da Igreja contra nobrezaDefesa da pobrezaCisma de AnacletoSão Bernardo (1090-1153)
Pontificado de Alexandre III (1159-1181)Anti-papasVítor IV (1159-1164)Pascoal III (1164–1168)Calixto III (1168–1178)Todos apoiados por Frederico Barbaroxa, ImperadorTratado de Veneza, 1177Resolve a questão com o ImperadorCalixto submeteu-se ao Papa em 1178III Concílio de LatrãoOutros anti-papas do século XII
ValdensesPedro Valdo inicia pregação em 1170Mensagem de pobrezaLivre interpretação da EscrituraCondenação de Lúcio III em 1184Cátaros ou albigensesDoutrina Maniqueísta CristianizadaHierarquia = “Perfeitos” e “crentes”Missão de São Bernardo, 1147Heresia no sul da França toma membrosda nobreza (1165)Outras missões: 1178, 1180Inquisição episcopalA Heresia retorna
Ocorrido em 1179Convocado pelo Papa Alexandre III (1159-1181)Quem compareceu?Cerca de 302 bisposDuração: menos de 1 mêsResultadoCondenou os anti-papas Vítor IV, Pascoal III, Calixto IIICondenação da Heresia dos CátarosCondenação da sodomiaReiterou condenações anterioresIII Concílio de Latrão
Catedrais e UniversidadesBologna (1088), Oxford (1096),Paris (1150), Modena (1175)Início da EscolásticaSanto Anselmo (1033-1109)Ordens de Monges-cavaleirosFaziam votos e seguiam uma regra monásticaTemplários (1118) e Hospitalários (1120)A semente foi plantadaO que foi plantado no século XII frutificou no século XIII
Mudanças de baseRegime feudal em mudançaCresce o poder dos reisDesenvolvimento do comércio e das cidadesAs ordens reformadoras declinaramHeresiasSolução: Um Papa e dois Santos!O fim do século XII
ReformadorDenunciou e condenou a simonia e o nicolaísmoReorganizou a cúria (Reduziu a ostentação)IV Concílio de LatrãoConvocou a Quarta Cruzada (1202)Excomungou os cruzados que atacaram cidades cristãsDefensor da FéMissões aos cátaros (1204, 1205, 1206)Cruzada contra os Albigenses (1209 - 1229)Inquisição através de legados pontifíciosVisionárioPercebeu a mudança e previu a soluçãoAs ordens mendicantesPapa Inocêncio III (1198-1216)
Ocorrido em 1215Convocado pelo Papa Inocêncio IIIQuem compareceu?Cerca de 412 bispos orientais e ocidentais800 abadesDiversas autoridades temporaisDuração: cerca de 1 mêsResultadoFormação e costumes do cleroCuidado com a EucaristiaConfessar-se e comungar ao menos uma vez por anoLeis processuais para questões de má conduta clericalConvocação da 5ª CruzadaIV Concílio de Latrão
Dominicanos (1217)		         Franciscanos (1210)   São Domingos 				São Francisco(1170-1221)				(1181-1226)Ordens MendicantesPregação &PobrezaPobreza&Pregação
Cresceram rapidamenteRamo feminino e Ordem TerceiraAdaptaram-se às cidadesLigados diretamente aos PapasMissionários, Inquisidores, ConselheirosDoutores DominicanosSanto Alberto Magno (1193-1280)São Tomás de Aquino (1225-1274)FranciscanosSanto Antônio de Pádua (1195-1231)São Boaventura (1221-1274)Frutos dos Mendicantes
Ocorrido em 1245Convocado pelo Papa Inocêncio IV (1243-1254)Cinco chagas: relaxamento do clero, queda de Jerusalém, cisma do oriente, invasão mongol e luta com o ImperadorQuem compareceu?Cerca de 250 bispos, inclusive patriarcas orientaisAlgumas autoridades temporaisDuração: cerca de 1 mêsResultadoExcomunhão de Frederico II, ImperadorConvocação da 7ª CruzadaI Concílio de Lião
Reinado: 1226-1270Rei e Árbitro da EuropaAplicou a justiçaRefreou as guerras privadasCavaleiro e Cruzado7ª e 8ª Cruzadas (1248, 1270)Pai e Santo11 filhosCanonizado em 1297São Luís IX (1214-1270)
Ocorrido em 1274Convocado pelo Papa Beato Gregório X (1271-1276)Quem compareceu?Cerca de 560 bispos orientais e ocidentaisAlgumas autoridades temporaisSão Tomás faleceu à caminho São Boaventura e Santo Alberto estiveram presentesDuração: cerca de 1 mêsResultadoReforma da IgrejaUnificação temporária com cismáticosMas não foi bem aceita no ImpérioII Concílio de Lião
HospitaisIrmãos Hospitalários de Santo Antão (1095)Ordem do Espírito Santo (1178)LeprosáriosRecuperação das prostitutasAuxílio aos viajantesOrdens redentorasOrdem dos Trinitários (1193)Ordem dos Mercedários (1218)A Caridade
CristandadeTônica: Reformar sempreGrande número de novas ordensNumerosos SantosEventosCruzadas e MissõesInquisiçãoPróximo encontro: Grande cisma do OcidenteCatequese do Papa: http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/audiences/2009/documents/hf_ben-xvi_aud_20091118_po.htmlConclusão
Círculo de Estudos sobreHistória da IgrejaApontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na história

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

História da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão
História da Igreja - Das perseguições ao Edito de MilãoHistória da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão
História da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão
Glauco Gonçalves
 
O Cisma do Oriente
O Cisma do OrienteO Cisma do Oriente
O Cisma do Oriente
Nelson Ramalhoto
 
Igreja na Idade Média
Igreja na Idade MédiaIgreja na Idade Média
Igreja na Idade Média
Glauco Gonçalves
 
História da Igreja - O Cisma do Ocidente
História da Igreja - O Cisma do OcidenteHistória da Igreja - O Cisma do Ocidente
História da Igreja - O Cisma do Ocidente
Glauco Gonçalves
 
Cisma da igreja católica
Cisma da igreja católicaCisma da igreja católica
Cisma da igreja católica
Alex J. Eger
 
O grande cisma do ocidente
O grande cisma do ocidenteO grande cisma do ocidente
O grande cisma do ocidente
João Couto
 
Os Grandes Concilios Ecumenicos
Os Grandes Concilios EcumenicosOs Grandes Concilios Ecumenicos
Os Grandes Concilios Ecumenicos
JNR
 
Cristianismo Na Sociedade Medieval
Cristianismo Na Sociedade MedievalCristianismo Na Sociedade Medieval
Cristianismo Na Sociedade Medieval
eduardo carneiro
 
8 ano ul2[1]
8 ano ul2[1]8 ano ul2[1]
8 ano ul2[1]
Lino Barbosa
 
7 ano ul2_cristianismo
7 ano ul2_cristianismo7 ano ul2_cristianismo
7 ano ul2_cristianismo
Bento Oliveira
 
Sete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de Fé
Sete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de FéSete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de Fé
Sete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de Fé
Raniere Menezes
 
8 ano ul2[1]
8 ano ul2[1]8 ano ul2[1]
8 ano ul2[1]
Lino Barbosa
 
CRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVAL
CRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVALCRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVAL
CRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVAL
Jorge Luiz dos Santos
 
História da Igreja - O Século XIX e as Revoluções
História da Igreja - O Século XIX e as RevoluçõesHistória da Igreja - O Século XIX e as Revoluções
História da Igreja - O Século XIX e as Revoluções
Glauco Gonçalves
 
A cristandade ocidental face ao islão parte 3
A cristandade ocidental face ao islão  parte 3A cristandade ocidental face ao islão  parte 3
A cristandade ocidental face ao islão parte 3
Carla Teixeira
 
A reforma religiosa e a contra reforma1
A reforma religiosa e a contra   reforma1A reforma religiosa e a contra   reforma1
A reforma religiosa e a contra reforma1
Carla Teixeira
 
O tempo das reformas religiosas parte 1
O tempo das reformas religiosas parte 1O tempo das reformas religiosas parte 1
O tempo das reformas religiosas parte 1
Carla Teixeira
 
A reforma católica e a contra reforma- parte 1
A reforma católica e a contra  reforma- parte 1A reforma católica e a contra  reforma- parte 1
A reforma católica e a contra reforma- parte 1
Carla Teixeira
 
Apresentação2 reforma
Apresentação2 reformaApresentação2 reforma
Apresentação2 reforma
Carla Teixeira
 
Cad cristianismo
Cad cristianismoCad cristianismo
Cad cristianismo
Zaara Miranda
 

Mais procurados (20)

História da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão
História da Igreja - Das perseguições ao Edito de MilãoHistória da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão
História da Igreja - Das perseguições ao Edito de Milão
 
O Cisma do Oriente
O Cisma do OrienteO Cisma do Oriente
O Cisma do Oriente
 
Igreja na Idade Média
Igreja na Idade MédiaIgreja na Idade Média
Igreja na Idade Média
 
História da Igreja - O Cisma do Ocidente
História da Igreja - O Cisma do OcidenteHistória da Igreja - O Cisma do Ocidente
História da Igreja - O Cisma do Ocidente
 
Cisma da igreja católica
Cisma da igreja católicaCisma da igreja católica
Cisma da igreja católica
 
O grande cisma do ocidente
O grande cisma do ocidenteO grande cisma do ocidente
O grande cisma do ocidente
 
Os Grandes Concilios Ecumenicos
Os Grandes Concilios EcumenicosOs Grandes Concilios Ecumenicos
Os Grandes Concilios Ecumenicos
 
Cristianismo Na Sociedade Medieval
Cristianismo Na Sociedade MedievalCristianismo Na Sociedade Medieval
Cristianismo Na Sociedade Medieval
 
8 ano ul2[1]
8 ano ul2[1]8 ano ul2[1]
8 ano ul2[1]
 
7 ano ul2_cristianismo
7 ano ul2_cristianismo7 ano ul2_cristianismo
7 ano ul2_cristianismo
 
Sete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de Fé
Sete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de FéSete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de Fé
Sete Concílios Ecumênicos - Credos e Confissões de Fé
 
8 ano ul2[1]
8 ano ul2[1]8 ano ul2[1]
8 ano ul2[1]
 
CRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVAL
CRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVALCRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVAL
CRISTIANISMO ANTIGO E MEDIEVAL
 
História da Igreja - O Século XIX e as Revoluções
História da Igreja - O Século XIX e as RevoluçõesHistória da Igreja - O Século XIX e as Revoluções
História da Igreja - O Século XIX e as Revoluções
 
A cristandade ocidental face ao islão parte 3
A cristandade ocidental face ao islão  parte 3A cristandade ocidental face ao islão  parte 3
A cristandade ocidental face ao islão parte 3
 
A reforma religiosa e a contra reforma1
A reforma religiosa e a contra   reforma1A reforma religiosa e a contra   reforma1
A reforma religiosa e a contra reforma1
 
O tempo das reformas religiosas parte 1
O tempo das reformas religiosas parte 1O tempo das reformas religiosas parte 1
O tempo das reformas religiosas parte 1
 
A reforma católica e a contra reforma- parte 1
A reforma católica e a contra  reforma- parte 1A reforma católica e a contra  reforma- parte 1
A reforma católica e a contra reforma- parte 1
 
Apresentação2 reforma
Apresentação2 reformaApresentação2 reforma
Apresentação2 reforma
 
Cad cristianismo
Cad cristianismoCad cristianismo
Cad cristianismo
 

Destaque

História da Igreja - Visão geral da Idade Média
História da Igreja - Visão geral da Idade MédiaHistória da Igreja - Visão geral da Idade Média
História da Igreja - Visão geral da Idade Média
Glauco Gonçalves
 
Nubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens Distribuídas
Nubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens DistribuídasNubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens Distribuídas
Nubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens Distribuídas
Glauco Gonçalves
 
Canto Gregoriano
Canto GregorianoCanto Gregoriano
Canto Gregoriano
musicapiramide
 
História da Igreja - Cruzadas
História da Igreja - CruzadasHistória da Igreja - Cruzadas
História da Igreja - Cruzadas
Glauco Gonçalves
 
Os Papas Do Seculo Xx
Os Papas Do Seculo XxOs Papas Do Seculo Xx
Os Papas Do Seculo Xx
JNR
 
Crise do Papado
Crise do PapadoCrise do Papado
Crise do Papado
Valéria Shoujofan
 
O Primado de São Pedro
O Primado de São PedroO Primado de São Pedro
O Primado de São Pedro
Glauco Gonçalves
 
10 normas para cantar gregoriano
10 normas para cantar gregoriano10 normas para cantar gregoriano
10 normas para cantar gregoriano
albertoarbej
 
Cursocantogregoriano
CursocantogregorianoCursocantogregoriano
Cursocantogregoriano
Cursos Católicos
 
Curso Canto Gregoriano - Gregorian Chant tutorial in portuguese
Curso Canto Gregoriano - Gregorian Chant tutorial in portugueseCurso Canto Gregoriano - Gregorian Chant tutorial in portuguese
Curso Canto Gregoriano - Gregorian Chant tutorial in portuguese
Altair Costa
 
Canto Gregoriano
Canto GregorianoCanto Gregoriano
Canto Gregoriano
complementoindirecto
 
Idade média
Idade médiaIdade média
História da Igreja - Reforma e Contra-reforma
História da Igreja - Reforma e Contra-reformaHistória da Igreja - Reforma e Contra-reforma
História da Igreja - Reforma e Contra-reforma
Glauco Gonçalves
 
A Crise Religiosa
A Crise ReligiosaA Crise Religiosa
A Crise Religiosa
Professores História
 
História da Igreja - Visão Geral da Modernidade
História da Igreja - Visão Geral da ModernidadeHistória da Igreja - Visão Geral da Modernidade
História da Igreja - Visão Geral da Modernidade
Glauco Gonçalves
 
O catecismo da igreja católica
O catecismo da igreja católicaO catecismo da igreja católica
O catecismo da igreja católica
Francisco Rodrigues
 
Igreja na idade media
Igreja na idade mediaIgreja na idade media
Igreja na idade media
Marcela Marangon Ribeiro
 
Igreja medieval
Igreja medievalIgreja medieval
Igreja medieval
PROFºWILTONREIS
 
Historia da igreja
Historia da igrejaHistoria da igreja
Historia da igreja
ESTUDANTETEOLOGIA
 
Igreja Católica na Idade Média
Igreja Católica na Idade MédiaIgreja Católica na Idade Média
Igreja Católica na Idade Média
Fernando Cesar Gouveia
 

Destaque (20)

História da Igreja - Visão geral da Idade Média
História da Igreja - Visão geral da Idade MédiaHistória da Igreja - Visão geral da Idade Média
História da Igreja - Visão geral da Idade Média
 
Nubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens Distribuídas
Nubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens DistribuídasNubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens Distribuídas
Nubilum: Sistema para gerência de recursos em Nuvens Distribuídas
 
Canto Gregoriano
Canto GregorianoCanto Gregoriano
Canto Gregoriano
 
História da Igreja - Cruzadas
História da Igreja - CruzadasHistória da Igreja - Cruzadas
História da Igreja - Cruzadas
 
Os Papas Do Seculo Xx
Os Papas Do Seculo XxOs Papas Do Seculo Xx
Os Papas Do Seculo Xx
 
Crise do Papado
Crise do PapadoCrise do Papado
Crise do Papado
 
O Primado de São Pedro
O Primado de São PedroO Primado de São Pedro
O Primado de São Pedro
 
10 normas para cantar gregoriano
10 normas para cantar gregoriano10 normas para cantar gregoriano
10 normas para cantar gregoriano
 
Cursocantogregoriano
CursocantogregorianoCursocantogregoriano
Cursocantogregoriano
 
Curso Canto Gregoriano - Gregorian Chant tutorial in portuguese
Curso Canto Gregoriano - Gregorian Chant tutorial in portugueseCurso Canto Gregoriano - Gregorian Chant tutorial in portuguese
Curso Canto Gregoriano - Gregorian Chant tutorial in portuguese
 
Canto Gregoriano
Canto GregorianoCanto Gregoriano
Canto Gregoriano
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média
 
História da Igreja - Reforma e Contra-reforma
História da Igreja - Reforma e Contra-reformaHistória da Igreja - Reforma e Contra-reforma
História da Igreja - Reforma e Contra-reforma
 
A Crise Religiosa
A Crise ReligiosaA Crise Religiosa
A Crise Religiosa
 
História da Igreja - Visão Geral da Modernidade
História da Igreja - Visão Geral da ModernidadeHistória da Igreja - Visão Geral da Modernidade
História da Igreja - Visão Geral da Modernidade
 
O catecismo da igreja católica
O catecismo da igreja católicaO catecismo da igreja católica
O catecismo da igreja católica
 
Igreja na idade media
Igreja na idade mediaIgreja na idade media
Igreja na idade media
 
Igreja medieval
Igreja medievalIgreja medieval
Igreja medieval
 
Historia da igreja
Historia da igrejaHistoria da igreja
Historia da igreja
 
Igreja Católica na Idade Média
Igreja Católica na Idade MédiaIgreja Católica na Idade Média
Igreja Católica na Idade Média
 

Semelhante a História da Igreja - Os gloriosos séculos XII e XIII

Aula - História da Igreja.pptx
Aula - História da Igreja.pptxAula - História da Igreja.pptx
Aula - História da Igreja.pptx
DenisAurlio2
 
8 o cristianismo na idade média -8ª aula
8   o cristianismo na idade média -8ª aula8   o cristianismo na idade média -8ª aula
8 o cristianismo na idade média -8ª aula
PIB Penha
 
Aula 4 - Quarto Período - A Idade Média Cristã
Aula 4 - Quarto Período - A Idade Média CristãAula 4 - Quarto Período - A Idade Média Cristã
Aula 4 - Quarto Período - A Idade Média Cristã
Adriano Pascoa
 
Capitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila Igreja
Capitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila IgrejaCapitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila Igreja
Capitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila Igreja
Klaus Newman
 
Feudalismo
FeudalismoFeudalismo
Feudalismo
Ivan Furmann
 
História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)
História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)
História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)
Andre Nascimento
 
A Igreja medieval
A Igreja medievalA Igreja medieval
A Igreja medieval
Professor Marcelo
 
A igreja medieval e a cultura medieval
A igreja medieval e a cultura medievalA igreja medieval e a cultura medieval
A igreja medieval e a cultura medieval
pmarisa
 
158 a reforma e contrareforma o poder da igreja
158 a reforma e contrareforma o poder da igreja158 a reforma e contrareforma o poder da igreja
158 a reforma e contrareforma o poder da igreja
cristianoperinpissolato
 
Panorama da História do Cristianismo
Panorama da História do CristianismoPanorama da História do Cristianismo
Panorama da História do Cristianismo
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
A Reforma
A ReformaA Reforma
A Reforma
Rui Neto
 
Reformas religiosas 2010
Reformas religiosas 2010Reformas religiosas 2010
Reformas religiosas 2010
BriefCase
 
Aula 1a parte hc antiguidade
Aula  1a parte  hc antiguidadeAula  1a parte  hc antiguidade
Aula 1a parte hc antiguidade
Gcom digital factory
 
Idade Média parte 1 (Cruzadas, Cultura, Política)
Idade Média parte 1 (Cruzadas, Cultura, Política)Idade Média parte 1 (Cruzadas, Cultura, Política)
Idade Média parte 1 (Cruzadas, Cultura, Política)
Marcos Mamute
 
28 reforma protestante e contra reforma
28   reforma protestante e contra reforma28   reforma protestante e contra reforma
28 reforma protestante e contra reforma
Carla Freitas
 
INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA IGREJA - CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA
INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA IGREJA - CURSO BÁSICO EM TEOLOGIAINTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA IGREJA - CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA
INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA IGREJA - CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA
Francelia Carvalho Oliveira
 
Tratado de história eclesiástica - volume 1
Tratado de história eclesiástica - volume 1Tratado de história eclesiástica - volume 1
Tratado de história eclesiástica - volume 1
epinus
 
12 - A reforma na Europa.pptx
12 - A reforma na Europa.pptx12 - A reforma na Europa.pptx
12 - A reforma na Europa.pptx
PIB Penha - SP
 
Reformas religiosasppt
Reformas religiosaspptReformas religiosasppt
Reformas religiosasppt
andrecarlosocosta
 
Historia da igreja antiga
Historia da igreja antigaHistoria da igreja antiga
Historia da igreja antiga
JosJunqueira1
 

Semelhante a História da Igreja - Os gloriosos séculos XII e XIII (20)

Aula - História da Igreja.pptx
Aula - História da Igreja.pptxAula - História da Igreja.pptx
Aula - História da Igreja.pptx
 
8 o cristianismo na idade média -8ª aula
8   o cristianismo na idade média -8ª aula8   o cristianismo na idade média -8ª aula
8 o cristianismo na idade média -8ª aula
 
Aula 4 - Quarto Período - A Idade Média Cristã
Aula 4 - Quarto Período - A Idade Média CristãAula 4 - Quarto Período - A Idade Média Cristã
Aula 4 - Quarto Período - A Idade Média Cristã
 
Capitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila Igreja
Capitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila IgrejaCapitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila Igreja
Capitulo 2 - Visão Histórica da Igreja - Apostila Igreja
 
Feudalismo
FeudalismoFeudalismo
Feudalismo
 
História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)
História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)
História da Igreja I: Aula 9: Império e Cristianismo Latino Teutônico (2/2)
 
A Igreja medieval
A Igreja medievalA Igreja medieval
A Igreja medieval
 
A igreja medieval e a cultura medieval
A igreja medieval e a cultura medievalA igreja medieval e a cultura medieval
A igreja medieval e a cultura medieval
 
158 a reforma e contrareforma o poder da igreja
158 a reforma e contrareforma o poder da igreja158 a reforma e contrareforma o poder da igreja
158 a reforma e contrareforma o poder da igreja
 
Panorama da História do Cristianismo
Panorama da História do CristianismoPanorama da História do Cristianismo
Panorama da História do Cristianismo
 
A Reforma
A ReformaA Reforma
A Reforma
 
Reformas religiosas 2010
Reformas religiosas 2010Reformas religiosas 2010
Reformas religiosas 2010
 
Aula 1a parte hc antiguidade
Aula  1a parte  hc antiguidadeAula  1a parte  hc antiguidade
Aula 1a parte hc antiguidade
 
Idade Média parte 1 (Cruzadas, Cultura, Política)
Idade Média parte 1 (Cruzadas, Cultura, Política)Idade Média parte 1 (Cruzadas, Cultura, Política)
Idade Média parte 1 (Cruzadas, Cultura, Política)
 
28 reforma protestante e contra reforma
28   reforma protestante e contra reforma28   reforma protestante e contra reforma
28 reforma protestante e contra reforma
 
INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA IGREJA - CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA
INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA IGREJA - CURSO BÁSICO EM TEOLOGIAINTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA IGREJA - CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA
INTRODUÇÃO A HISTÓRIA DA IGREJA - CURSO BÁSICO EM TEOLOGIA
 
Tratado de história eclesiástica - volume 1
Tratado de história eclesiástica - volume 1Tratado de história eclesiástica - volume 1
Tratado de história eclesiástica - volume 1
 
12 - A reforma na Europa.pptx
12 - A reforma na Europa.pptx12 - A reforma na Europa.pptx
12 - A reforma na Europa.pptx
 
Reformas religiosasppt
Reformas religiosaspptReformas religiosasppt
Reformas religiosasppt
 
Historia da igreja antiga
Historia da igreja antigaHistoria da igreja antiga
Historia da igreja antiga
 

Mais de Glauco Gonçalves

Nubilum: Resource Management System for Distributed Clouds
Nubilum: Resource Management System for Distributed CloudsNubilum: Resource Management System for Distributed Clouds
Nubilum: Resource Management System for Distributed Clouds
Glauco Gonçalves
 
A Santa Inquisição
A Santa InquisiçãoA Santa Inquisição
A Santa Inquisição
Glauco Gonçalves
 
História da Igreja - Fátima e o Século XX
História da Igreja - Fátima e o Século XX História da Igreja - Fátima e o Século XX
História da Igreja - Fátima e o Século XX
Glauco Gonçalves
 
História da Igreja - O Renascimento
História da Igreja - O RenascimentoHistória da Igreja - O Renascimento
História da Igreja - O Renascimento
Glauco Gonçalves
 
Burst TCP: an approach for benefiting mice flows
Burst TCP: an approach for benefiting mice flowsBurst TCP: an approach for benefiting mice flows
Burst TCP: an approach for benefiting mice flows
Glauco Gonçalves
 
Introdução xDSL
Introdução xDSLIntrodução xDSL
Introdução xDSL
Glauco Gonçalves
 
Interoperabilidade entre SIP e H.323
Interoperabilidade entre SIP e H.323Interoperabilidade entre SIP e H.323
Interoperabilidade entre SIP e H.323
Glauco Gonçalves
 
Controle de Congestionamento e fluxos ratos
Controle de Congestionamento e fluxos ratosControle de Congestionamento e fluxos ratos
Controle de Congestionamento e fluxos ratos
Glauco Gonçalves
 

Mais de Glauco Gonçalves (8)

Nubilum: Resource Management System for Distributed Clouds
Nubilum: Resource Management System for Distributed CloudsNubilum: Resource Management System for Distributed Clouds
Nubilum: Resource Management System for Distributed Clouds
 
A Santa Inquisição
A Santa InquisiçãoA Santa Inquisição
A Santa Inquisição
 
História da Igreja - Fátima e o Século XX
História da Igreja - Fátima e o Século XX História da Igreja - Fátima e o Século XX
História da Igreja - Fátima e o Século XX
 
História da Igreja - O Renascimento
História da Igreja - O RenascimentoHistória da Igreja - O Renascimento
História da Igreja - O Renascimento
 
Burst TCP: an approach for benefiting mice flows
Burst TCP: an approach for benefiting mice flowsBurst TCP: an approach for benefiting mice flows
Burst TCP: an approach for benefiting mice flows
 
Introdução xDSL
Introdução xDSLIntrodução xDSL
Introdução xDSL
 
Interoperabilidade entre SIP e H.323
Interoperabilidade entre SIP e H.323Interoperabilidade entre SIP e H.323
Interoperabilidade entre SIP e H.323
 
Controle de Congestionamento e fluxos ratos
Controle de Congestionamento e fluxos ratosControle de Congestionamento e fluxos ratos
Controle de Congestionamento e fluxos ratos
 

Último

Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 

História da Igreja - Os gloriosos séculos XII e XIII

  • 1. Círculo de Estudos sobreHistória da IgrejaApontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na história
  • 2. Igreja MedievalOs Gloriosos Séculos XII e XIII
  • 3. A Igreja das Catedrais e das Cruzadas - Volume IIIDaniel-RopsAtlas de História MedievalAutor: Colin McEvedyCatholicEncyclopediahttp://www.newadvent.org/cathen/Bibliografia
  • 4. Unidade de princípios e fins dos batizadosUnidade das nações cristãsIgreja ≠ Cristandade, Igreja = MagistraA religião permeia tudoFraternidade: guildas, cavalaria, professores...Juramento feudal e Sagração dos reisMissões e CruzadasCatedrais e UniversidadesDesejo pela reforma!Cristandade
  • 5. Cartuxos 1084Fundada por São BrunoRegra própriaAusteridade e SilêncioEremitas que tem vida comumCistercienses, 1098Três santos abadesSão Roberto, Santo Alberico, Santo EstevãoMelhor observância da regra beneditinaAusteridade e trabalho manualOutras reformas monásticas..."Separados de todos, estamos unidos a todos já que é em nome de todos que nos mantemos na presença do Deus vivo." Estatutos 34.2
  • 6. Beato Vítor III (1086-1087)Beato Urbano II (1088-1099)Monge em Cluny e assistente de São Gregório VIICelebrou diversos concílios locaisConvocou a primeira Cruzada (1095)Pascoal II (1099-1118)Monge de ClunyConcordata de Londres, 1107Gelásio II (1118-1119)Calixto II (1119-1124)Concordata de Worms, 1122I Concílio de LatrãoO caminho para a libertação...“Condeno o queelecondenou, abraço o queeleamou, aprovo o queeleconsideroujusto e católico”Urbano II“Eu, Henrique(...) concedo que todas as igrejas que estão em meu reino ou império possuam eleições canônicas e consagrações livres.”Concordata de Worms
  • 7. Ocorrido em 1123Convocado pelo Papa Calixto II (1119-1124)Quem compareceu?300 bispos e 600 abadesDuração: menos de 1 mêsResultadoRatificou a Concordata de WormsCondenou a SimoniaRatificou a Trégua de DeusI Concílio de Latrão
  • 8. Morte de Honório II, 1130Cardeais divididosAnti-papa Anacleto II (1130-1138) – cisma de 8 anosPapa Inocêncio II (1130-1143)Anti-papa apoiado por alguns bispos e soberanosPapa apoiado por maioria de soberanos e bisposSão Bernardo de Claravaldirime a questãoSucessor: Anti-papa Vítor IV (1138)Submeteu-se ao Papa Inocêncio IIProblema resolvido no II Concílio de LatrãoCisma de Anacleto II
  • 9. Ocorrido em 1139Convocado pelo Papa Inocêncio II (1130-1143)Quem compareceu?Cerca de 1000 preladosSão Bernardo, “a alma do concílio”Duração: menos de 1 mêsResultadoCondenação do anti-papa Anacleto IIRepetição de condenações do Concílio de Latrão IExcomunhão de quem agredir clérigosCondenação da venda de sacramentosII Concílio de Latrão
  • 10. Asceta e Místico da Ordem CistercienseDoutor da Igreja32 sermões, 14 Tratados, +500 cartasArdoroso defensor de Nossa SenhoraCavaleiroApoiou a Ordem dos TempláriosPregou a Segunda Cruzada (1148)Homem de AçãoDiversas viagensDefesa da Igreja contra nobrezaDefesa da pobrezaCisma de AnacletoSão Bernardo (1090-1153)
  • 11. Pontificado de Alexandre III (1159-1181)Anti-papasVítor IV (1159-1164)Pascoal III (1164–1168)Calixto III (1168–1178)Todos apoiados por Frederico Barbaroxa, ImperadorTratado de Veneza, 1177Resolve a questão com o ImperadorCalixto submeteu-se ao Papa em 1178III Concílio de LatrãoOutros anti-papas do século XII
  • 12. ValdensesPedro Valdo inicia pregação em 1170Mensagem de pobrezaLivre interpretação da EscrituraCondenação de Lúcio III em 1184Cátaros ou albigensesDoutrina Maniqueísta CristianizadaHierarquia = “Perfeitos” e “crentes”Missão de São Bernardo, 1147Heresia no sul da França toma membrosda nobreza (1165)Outras missões: 1178, 1180Inquisição episcopalA Heresia retorna
  • 13. Ocorrido em 1179Convocado pelo Papa Alexandre III (1159-1181)Quem compareceu?Cerca de 302 bisposDuração: menos de 1 mêsResultadoCondenou os anti-papas Vítor IV, Pascoal III, Calixto IIICondenação da Heresia dos CátarosCondenação da sodomiaReiterou condenações anterioresIII Concílio de Latrão
  • 14. Catedrais e UniversidadesBologna (1088), Oxford (1096),Paris (1150), Modena (1175)Início da EscolásticaSanto Anselmo (1033-1109)Ordens de Monges-cavaleirosFaziam votos e seguiam uma regra monásticaTemplários (1118) e Hospitalários (1120)A semente foi plantadaO que foi plantado no século XII frutificou no século XIII
  • 15. Mudanças de baseRegime feudal em mudançaCresce o poder dos reisDesenvolvimento do comércio e das cidadesAs ordens reformadoras declinaramHeresiasSolução: Um Papa e dois Santos!O fim do século XII
  • 16. ReformadorDenunciou e condenou a simonia e o nicolaísmoReorganizou a cúria (Reduziu a ostentação)IV Concílio de LatrãoConvocou a Quarta Cruzada (1202)Excomungou os cruzados que atacaram cidades cristãsDefensor da FéMissões aos cátaros (1204, 1205, 1206)Cruzada contra os Albigenses (1209 - 1229)Inquisição através de legados pontifíciosVisionárioPercebeu a mudança e previu a soluçãoAs ordens mendicantesPapa Inocêncio III (1198-1216)
  • 17. Ocorrido em 1215Convocado pelo Papa Inocêncio IIIQuem compareceu?Cerca de 412 bispos orientais e ocidentais800 abadesDiversas autoridades temporaisDuração: cerca de 1 mêsResultadoFormação e costumes do cleroCuidado com a EucaristiaConfessar-se e comungar ao menos uma vez por anoLeis processuais para questões de má conduta clericalConvocação da 5ª CruzadaIV Concílio de Latrão
  • 18. Dominicanos (1217) Franciscanos (1210) São Domingos São Francisco(1170-1221) (1181-1226)Ordens MendicantesPregação &PobrezaPobreza&Pregação
  • 19. Cresceram rapidamenteRamo feminino e Ordem TerceiraAdaptaram-se às cidadesLigados diretamente aos PapasMissionários, Inquisidores, ConselheirosDoutores DominicanosSanto Alberto Magno (1193-1280)São Tomás de Aquino (1225-1274)FranciscanosSanto Antônio de Pádua (1195-1231)São Boaventura (1221-1274)Frutos dos Mendicantes
  • 20. Ocorrido em 1245Convocado pelo Papa Inocêncio IV (1243-1254)Cinco chagas: relaxamento do clero, queda de Jerusalém, cisma do oriente, invasão mongol e luta com o ImperadorQuem compareceu?Cerca de 250 bispos, inclusive patriarcas orientaisAlgumas autoridades temporaisDuração: cerca de 1 mêsResultadoExcomunhão de Frederico II, ImperadorConvocação da 7ª CruzadaI Concílio de Lião
  • 21. Reinado: 1226-1270Rei e Árbitro da EuropaAplicou a justiçaRefreou as guerras privadasCavaleiro e Cruzado7ª e 8ª Cruzadas (1248, 1270)Pai e Santo11 filhosCanonizado em 1297São Luís IX (1214-1270)
  • 22. Ocorrido em 1274Convocado pelo Papa Beato Gregório X (1271-1276)Quem compareceu?Cerca de 560 bispos orientais e ocidentaisAlgumas autoridades temporaisSão Tomás faleceu à caminho São Boaventura e Santo Alberto estiveram presentesDuração: cerca de 1 mêsResultadoReforma da IgrejaUnificação temporária com cismáticosMas não foi bem aceita no ImpérioII Concílio de Lião
  • 23. HospitaisIrmãos Hospitalários de Santo Antão (1095)Ordem do Espírito Santo (1178)LeprosáriosRecuperação das prostitutasAuxílio aos viajantesOrdens redentorasOrdem dos Trinitários (1193)Ordem dos Mercedários (1218)A Caridade
  • 24. CristandadeTônica: Reformar sempreGrande número de novas ordensNumerosos SantosEventosCruzadas e MissõesInquisiçãoPróximo encontro: Grande cisma do OcidenteCatequese do Papa: http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/audiences/2009/documents/hf_ben-xvi_aud_20091118_po.htmlConclusão
  • 25. Círculo de Estudos sobreHistória da IgrejaApontamentos sobre a atuação da Santa Madre Igreja na história