SlideShare uma empresa Scribd logo
Testemunhas de Jeová
Compilação: Pr. Luan Almeida
“Porque já muitos enganadores entraram no mundo, os
quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Este tal
é o enganador e o anticristo. Olhai por vós mesmos, para
que não percamos o que temos ganho, antes recebamos o
inteiro galardão. Todo aquele que prevarica, e não persevera
na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na
doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho. Se
alguém vem ter convosco, e não traz esta doutrina, não o
recebais em casa, nem tampouco o saudeis. Porque quem o
saúda tem parte nas suas más obras.”
2 João 1:7-11
Testemunhas de Jeová
Os T.J fazem parte do chamado
Cristianismo de Fronteira. São
grupos que usam a Bíblia como
referência, mas também se valem
de outras fontes de
revelação/verdade que,
eventualmente, podem contradizer
a doutrina cristã. As principais
igrejas são a Adventista, a Mórmon
e a Testemunhas de Jeová.
• Tem mais de 9 milhões de praticantes no mundo;
• Estão presentes em 239 países e territórios;
• Suas publicações já atingiram 473 línguas;
• No Brasil já são 1.393.209 seguidores;
• A seita chegou ao Brasil em 1923 trazida por 8
marinheiros norte americanos que chegaram ao
Rio de Janeiro;
• Sua sede nacional fica em São Paulo.
Testemunhas de Jeová
Fotos da sede nacional em SP.
Fotos da sede nacional em SP.
História
A seita conhecida hoje em dia como as
Testemunhas de Jeová iniciou no estado
americano da Pensilvânia em 1870, como uma
escola bíblica iniciada por Charles Taze Russell.
Russell nomeou seu grupo de “Estudos Bíblicos
Aurora do Milênio” e começou a escrever uma
série de livros chamada “Aurora do Milênio”, que
se estendeu por seis volumes antes da sua morte
e que continha grande parte da teologia agora
seguida pelas Testemunhas de Jeová.
Após a morte de Russell em 1916, Judge J. F.
Rutherford, amigo e sucessor de Russell, escreveu o
sétimo e último volume da série “Aurora do
Milênio”, “O Mistério Consumado”, em 1917. A
Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados foi
fundada em 1886 e rapidamente tornou-se o veículo
através do qual o movimento “Aurora do Milênio”
passou a distribuir suas visões aos outros. O grupo
era conhecido como os “russellitas” até 1931
quando, devido a uma divisão na organização, esta
foi renomeada “Testemunhas de Jeová”.
História
Charles Taze Russell
Charles Taze Russell era comerciante e foi
criado como presbiteriano, mas filiou-se à
Igreja Congregacional.
Um dia, desiludido com as religiões,
participou de um culto na Igreja Adventista e
viu de novo brotar sua fé. Formou um grupo
de estudantes da Bíblia e em 1879, começou
a publicar uma revista que se tornou A
Sentinela, onde publicava suas pesquisas
bíblicas e novas doutrinas.
Charles Taze Russell
Russel fundou a associação religiosa
conhecida como Sociedade Torre de Vigília
para divulgação dos seus impressos.
Charles tinha envolvimento com a
piramidologia, a maçonaria e a astrologia, de
onde se baseou, junto com cálculos de um
inglês, para marcar datas sobre o fim do
mundo e a guerra final entre Jesus e Satanás.
Ele previu o “fim” para 1914, 1915, 1918,
1925, 1941, 1975, 2000.
Literatura T.J
1. Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas
Trata-se da Bíblia de edição particular das Testemunhas de Jeová.
2. Estudo das Escrituras
Essa obra de seis volumes escritos por Russel é a base de suas
doutrinas. Ele afirmou que não seria errado chamar esses seis
volumes de “Bíblia em forma ordenada”.
3. A Sentinela
Esse periódico tem a tiragem quinzenal de 15 milhões de
exemplares, em 111 línguas.
4. Despertai
Outro periódico da seita, que possui uma tiragem quinzenal de 13
milhões de exemplares.
Literatura T.J
A Tradução do Novo Mundo das Escrituras
Sagradas não é uma tradução das línguas
originais, mas uma adaptação de uma versão em
inglês. Os textos da TNM foram reescritos,
distorcendo diversas doutrinas essenciais do
cristianismo, a fim de apoiar as argumentações
publicadas por Russel em seus Estudos das
Escrituras.
Literatura T.J
João 1.1
RC “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava
com Deus, e o Verbo era Deus”.
TNM “No princípio era a Palavra, e a Palavra
estava com o Deus e a Palavra era [um] deus”.
Eles traduziram erradamente este versículo
como "um deus". Novamente, isto é porque eles
negam quem Jesus é, e devem mudar a Bíblia
para que ela se torne adequada à sua teologia.
Literatura T.J
Colossenses 1.15-17
Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito
de toda a criação; pois por meio dele foram
criadas todas as outras coisas nos céus e na
terra, as coisas visíveis e as coisas invisíveis, quer
sejam tronos, quer domínios, quer governos,
quer autoridades. Todas as outras coisas foram
criadas por meio dele e para ele. Também, ele já
existia antes de todas as outras coisas, e por
meio dele todas as outras coisas vieram a existir.
Literatura T.J
Hebreus 1.8
Mas a respeito do Filho ele diz: “Deus é o seu
trono para todo o sempre, e o cetro do seu Reino
é o cetro da retidão.
Já que as T.J. não concordam com a divindade de
Cristo, de novo, eles alteraram a Bíblia para que
ela se adequasse à sua teologia. O problema
com a tradução das T.J. é que esta passagem é
uma citação do Salmo 45.6 que, no Hebraico, só
pode ser traduzido como "...O teu trono, ó Deus,
subsiste pelos séculos dos séculos ..."
A fé T.J.
Negam a Trindade
As TJ combatem ferozmente a doutrina da Trindade. Negam
a divindade de Jesus e negam também a divindade e a
pessoalidade do Espírito Santo. Afirmam que não pode haver
trindade porque tal palavra não se encontra na Bíblia. E, por
outras religiões antigas representarem seus deuses pagãos
por meio figuras de trindade.
A Bíblia é categórica ao afirmar a existência de uma trindade:
Gn 1.1, 26; 3.22; 11.7; Êx 20.2; Jó 33.4; Mt 3.16-17; 28.19; Jo
1.3; 20.28; At 5.3-4; 1Co 12.4-6; 2Co 13.13; 1 Pe 1.2; Jd 20-
21; Ap 1.4-5.
A fé T.J.
Rejeição da divindade de Jesus
As TJ negam explicitamente a divindade de Jesus Cristo. No conjunto
de seus falsos ensinos, contrariamente a tudo o que as Escrituras
claramente revelam, eles concluem que Jesus:
a) Não é Deus;
b) Foi simplesmente uma pessoa espiritual;
c) Não é Todo-Poderoso;
d) Foi criado pelo Pai;
e) Não é o Autor da Criação;
f) Não tem poder para expiar pecados.
A fé T.J.
Outro absurdo é que os TJ creem que Jesus, na sua
existência pré-humana, era o Arcanjo Miguel.
Esses falsos ensinamentos tem como principal fonte
uma heresia conhecida como arianismo (Ário) do
século III e IV, que negava a divindade de Cristo e a
Trindade.
“A primeira obra dele (Deus) foi Jesus Cristo, não a
partir de Maria que foi obra do Espírito Santo para ser
feito carne. Antes ele já existia...”.
Valdemiro Santiago
A fé T.J.
Rejeição da divindade e pessoalidade do Espírito
Santo
Quanto ao Espírito Santo, as Testemunhas de Jeová
negam Sua divindade e pessoalidade. Para eles a
terceira pessoa da trindade não é nem Deus, nem
uma pessoa, apenas uma força ativa, um poder ou
influência divina, não possuindo vontade própria,
muito menos personalidade.
“A terra era vazia e deserta, e havia escuridão sobre
as águas profundas; e a força ativa de Deus movia-se
sobre as águas.” (Gn 1.2 TNM)
A fé T.J.
As Escrituras Sagradas, em contrapartida, dizem que o Espírito Santo:
Fala (At 8.29; 13.2), intercede (Rm 8.26-27), fica triste (Ef 4.30), dá
ordens (At 16.6-7; 13.2), tem vontade própria (1Co 12.11), ama (Rm
15.30), convida (Ap 22.17), pode ser resistido (At 7.51), ensina (Jo
14.26), guia (Rm 8.14), testifica (Rm 8.16; Jo 15.26) e convence (Jo
16.7-8).
A Bíblia ainda fala a respeito do Espírito Santo como Deus (At 5.3-4).
Ele possui os atributos da divindade: onipresença (Sl 139.7);
onipotência (Rm 15.19); onisciência (1Co 2.10); eternidade (Hb 9.14).
Portanto, o Espírito Santo é uma pessoa divina, não uma força ou
poder.
A fé T.J.
Os 144 mil
Em resposta a pergunta: “Quantos vão para o Céu?”, a seita cita
Apocalipse (Rev.) 7.4-8, 14.1, afirmando que somente 144 mil fiéis
irão para o céu, enquanto os outros T.J’s ficarão na Terra restaurada.
Chegam ao absurdo de dizer que Jó, Davi e João Batista constituirão a
nova terra.
Estes 144 mil são a representação da totalidade dos servos de Deus
(Ap 7.3, 9 e 14.4). São 12 (Tribos de Israel – espiritual, cf. Rm 9) e um
número de milhares para dar a noção ao leitor, de multiplicidade.
Além disso, há o fato de que, segundo eles, os 144 mil vão para o céu,
mas Deus habitará no Novo Céu e Nova Terra com o Seu povo (Ap 21.
3). Eles ficarão sozinhos no céu!
Proibições T.J
1. As mulheres não devem usar calças. Os homens, nem bigode, nem
barba, nem cabelo comprido;
2. Não se deve casar com quem não seja Testemunha de Jeová, nem se
pode romper um compromisso matrimonial;
3. Não se deve celebrar o Natal nem bodas;
4. Não se pode brindar levantando copos;
5. Não se pode ser esportista, porque cria nacionalismo;
6. Não se pode participar de loterias ou jogos por dinheiro;
7. Não participar nem apoiar as Olimpíadas porque são adoração pagã;
8. Não se devem celebrar aniversários;
Proibições T.J
9. Não se deve dar esmola aos mendigos;
10. Não se deve jogar xadrez;
11. Não se deve deixar fazer transfusões de sangue nem soro, antes deixa-se
morrer;
12. É obrigatório ensinar a doutrina T.J aos filhos, mesmo que eles não queiram;
13. É obrigatória a assistência as reuniões dos Testemunhas, sob pena de ser
castigado;
14. Há que batizar-se como testemunha, de outra forma não há a possibilidade
de salvação;
15. Há que pregar sempre, ainda que esteja cansado ou sem vontade;
16. Há que assistir a todas as assembleias;
17. Não se pode servir em nenhum exército;
15 razões pelas quais são considerados uma seita
1. Negam a divindade absoluta e singular de Jesus
Cristo;
2. Ensinam que Jesus Cristo é um ser criado –
simplesmente um outro deus;
3. Negam a personalidade e divindade do Espírito
Santo;
4. Negam a doutrina bíblica da Trindade;
5. Negam a ressurreição física e corporal de Jesus
Cristo.
6*. Negam a volta física e visível de Jesus Cristo;
7. Negam a presença do crente com Cristo após a
morte;
8. Reprovam a esperança que o crente tem de ir
para o céu;
9. Negam a realidade e eternidade do castigo
futuro;
10. Negam a salvação perfeita da cruz de Cristo.
15 razões pelas quais são considerados uma seita
11. Negam o patriotismo e a continência à bandeira;
12. Estão confusos quanto aos 144.000;
13. Usam uma tradução deturpada da bíblia, tendo um
sistema doutrinário que se baseia nas interpretações
de Charles Taze Russell;
14. Não aceitam transfusões de sangue;
15. Não acreditam na cruz.
15 razões pelas quais são considerados uma seita
Conclusão
Qualquer que nega o Filho, também não tem o Pai; mas
aquele que confessa o Filho, tem também o Pai. (1 João
2:23)
“Se alguém vem ter convosco e não traz esta doutrina (de
Cristo), não o recebais em casa, nem lhe deis as boas-
vindas; porquanto aquele que lhe dá boas-vindas faz-se
cúmplice das suas obras más” (II João 10.11).
Por negarem pontos basilares da fé cristã histórica, defender
salvação pelas obras e outras heresias. As testemunhas de
Jeová são uma seita. Seus adeptos devem ser evangelizados
a fim de que Deus salve vidas entre os TJ.
Conclusão
Caso seja confrontado por Testemunhas de Jeová:
1. Não discuta acerca da crença deles.
2. Fale com autoridade e segurança a respeito de sua fé em Jesus.
3. Fale do perdão e da salvação em Jesus Cristo.
4. Faça o apelo para que creiam em Cristo e o recebam como Senhor e
Salvador.
Os resultados de uma conversa dirigida serão:
Ou aceitam a Cristo, ou fogem.
Se fugirem, dificilmente voltarão à sua casa.
Você estará trabalhando em favor da Verdade que deve prevalecer.
Referências:
Quem são os 144 mil descritos em Apocalipse? – Blog Esboçando ideias:
https://www.esbocandoideias.com/2017/08/quem-sao-os-144-mil-de-
apocalipse.html
Testemunhas de Jeová – Power Point (Slide share):
https://pt.slideshare.net/minicalmadureira/ebd-lio-03-testemunhas-de-jeov
Bíblia Sagrada – Tradução do Novo Mundo:
https://www.jw.org/pt/publicacoes/biblia/nwt/livros/G%C3%AAnesis/1/
Testemunhas de Jeová – Sérgio Silva – Power Point (Slide share):
https://pt.slideshare.net/sergiooropo/lio-12-testemunha-de-jeov-2-
quadrimestre-2012-ebd-religies-e-religiosidade-editora-crist-evanglica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Seitas e Heresias
Seitas e HeresiasSeitas e Heresias
Seitas e Heresias
Ricardo Gondim
 
Os IASD Movimento de Reforma e a Mudanças Doutrinarias.
Os IASD Movimento de Reforma e a Mudanças Doutrinarias.Os IASD Movimento de Reforma e a Mudanças Doutrinarias.
Os IASD Movimento de Reforma e a Mudanças Doutrinarias.
ASD Remanescentes
 
14 periodo da igreja primitiva
14  periodo da igreja primitiva14  periodo da igreja primitiva
14 periodo da igreja primitiva
PIB Penha
 
Detonando o adventismo
Detonando o adventismoDetonando o adventismo
Detonando o adventismo
and_psi
 
Ebd lição 03 Testemunhas de Jeová
Ebd lição 03 Testemunhas de JeováEbd lição 03 Testemunhas de Jeová
Ebd lição 03 Testemunhas de Jeová
Escol Dominical
 
Seitas e-heresias-aula-05-nova-era
Seitas e-heresias-aula-05-nova-eraSeitas e-heresias-aula-05-nova-era
Seitas e-heresias-aula-05-nova-era
adão Ferreira
 
HERESIOLOGIA (AULA 01 - BÁSICO - IBADEP)
HERESIOLOGIA (AULA 01 - BÁSICO - IBADEP)HERESIOLOGIA (AULA 01 - BÁSICO - IBADEP)
HERESIOLOGIA (AULA 01 - BÁSICO - IBADEP)
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
A origem oculta dos símolos na igreja adventista
A origem oculta dos símolos na igreja adventistaA origem oculta dos símolos na igreja adventista
A origem oculta dos símolos na igreja adventista
Eduardo Sousa Gomes
 
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOSESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
EVANGELISTA SOARES
 
A Nova Teologia Adventista e a Mensagem do Anticristo.
A  Nova Teologia Adventista e a Mensagem do Anticristo.A  Nova Teologia Adventista e a Mensagem do Anticristo.
A Nova Teologia Adventista e a Mensagem do Anticristo.
ASD Remanescentes
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
Márcio Martins
 
Quem são os "ASD Remanescentes"?
Quem são os "ASD Remanescentes"?Quem são os "ASD Remanescentes"?
Quem são os "ASD Remanescentes"?
ASD Remanescentes
 
Atos
AtosAtos
QUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTOQUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTO
ASD Remanescentes
 
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo DiaHistória da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
Walter Mendes
 
Carta à Igreja de Filadélfia no Apocalipse
Carta à Igreja de Filadélfia no ApocalipseCarta à Igreja de Filadélfia no Apocalipse
Carta à Igreja de Filadélfia no Apocalipse
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Eclesiologia ana
Eclesiologia anaEclesiologia ana
Eclesiologia ana
Eraldo Luciano
 
3)Escatologia principio do fim - principio das dores
3)Escatologia principio do fim - principio das dores3)Escatologia principio do fim - principio das dores
3)Escatologia principio do fim - principio das dores
Jean Jorge Silva
 
Aula 3 - Terceiro Período - A Igreja Imperial
Aula 3 -  Terceiro Período - A Igreja ImperialAula 3 -  Terceiro Período - A Igreja Imperial
Aula 3 - Terceiro Período - A Igreja Imperial
Adriano Pascoa
 
Adventistas do Sétimo Dia - Seitas e Heresias
Adventistas do Sétimo Dia - Seitas e HeresiasAdventistas do Sétimo Dia - Seitas e Heresias
Adventistas do Sétimo Dia - Seitas e Heresias
Luan Almeida
 

Mais procurados (20)

Seitas e Heresias
Seitas e HeresiasSeitas e Heresias
Seitas e Heresias
 
Os IASD Movimento de Reforma e a Mudanças Doutrinarias.
Os IASD Movimento de Reforma e a Mudanças Doutrinarias.Os IASD Movimento de Reforma e a Mudanças Doutrinarias.
Os IASD Movimento de Reforma e a Mudanças Doutrinarias.
 
14 periodo da igreja primitiva
14  periodo da igreja primitiva14  periodo da igreja primitiva
14 periodo da igreja primitiva
 
Detonando o adventismo
Detonando o adventismoDetonando o adventismo
Detonando o adventismo
 
Ebd lição 03 Testemunhas de Jeová
Ebd lição 03 Testemunhas de JeováEbd lição 03 Testemunhas de Jeová
Ebd lição 03 Testemunhas de Jeová
 
Seitas e-heresias-aula-05-nova-era
Seitas e-heresias-aula-05-nova-eraSeitas e-heresias-aula-05-nova-era
Seitas e-heresias-aula-05-nova-era
 
HERESIOLOGIA (AULA 01 - BÁSICO - IBADEP)
HERESIOLOGIA (AULA 01 - BÁSICO - IBADEP)HERESIOLOGIA (AULA 01 - BÁSICO - IBADEP)
HERESIOLOGIA (AULA 01 - BÁSICO - IBADEP)
 
A origem oculta dos símolos na igreja adventista
A origem oculta dos símolos na igreja adventistaA origem oculta dos símolos na igreja adventista
A origem oculta dos símolos na igreja adventista
 
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOSESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
ESCATOLOGIA: VISÃO GERAL PANORÂMICA FINAIS DOS TEMPOS
 
A Nova Teologia Adventista e a Mensagem do Anticristo.
A  Nova Teologia Adventista e a Mensagem do Anticristo.A  Nova Teologia Adventista e a Mensagem do Anticristo.
A Nova Teologia Adventista e a Mensagem do Anticristo.
 
O Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da IgrejaO Arrebatamento da Igreja
O Arrebatamento da Igreja
 
Quem são os "ASD Remanescentes"?
Quem são os "ASD Remanescentes"?Quem são os "ASD Remanescentes"?
Quem são os "ASD Remanescentes"?
 
Atos
AtosAtos
Atos
 
QUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTOQUEM É O ESPIRITO SANTO
QUEM É O ESPIRITO SANTO
 
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo DiaHistória da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
História da Trindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Carta à Igreja de Filadélfia no Apocalipse
Carta à Igreja de Filadélfia no ApocalipseCarta à Igreja de Filadélfia no Apocalipse
Carta à Igreja de Filadélfia no Apocalipse
 
Eclesiologia ana
Eclesiologia anaEclesiologia ana
Eclesiologia ana
 
3)Escatologia principio do fim - principio das dores
3)Escatologia principio do fim - principio das dores3)Escatologia principio do fim - principio das dores
3)Escatologia principio do fim - principio das dores
 
Aula 3 - Terceiro Período - A Igreja Imperial
Aula 3 -  Terceiro Período - A Igreja ImperialAula 3 -  Terceiro Período - A Igreja Imperial
Aula 3 - Terceiro Período - A Igreja Imperial
 
Adventistas do Sétimo Dia - Seitas e Heresias
Adventistas do Sétimo Dia - Seitas e HeresiasAdventistas do Sétimo Dia - Seitas e Heresias
Adventistas do Sétimo Dia - Seitas e Heresias
 

Semelhante a Testemunhas de Jeová - Seitas e Heresias

Testemunha de Jeová
Testemunha de JeováTestemunha de Jeová
Testemunha de Jeová
prantoniocarlos
 
As testemunhas de jeová terceiro post do blog
As testemunhas de jeová terceiro post do blogAs testemunhas de jeová terceiro post do blog
As testemunhas de jeová terceiro post do blog
leandroaleixo
 
TJ Fortaleza 2010
TJ Fortaleza 2010TJ Fortaleza 2010
TJ Fortaleza 2010
Almighty
 
Desmascarando seitas e heresias 1
Desmascarando seitas e   heresias 1Desmascarando seitas e   heresias 1
Desmascarando seitas e heresias 1
ThayaneCristineManho
 
5º módulo 1ª aula
5º módulo   1ª aula5º módulo   1ª aula
5º módulo 1ª aula
Monergista Post
 
5º módulo 1ª aula
5º módulo   1ª aula5º módulo   1ª aula
5º módulo 1ª aula
Joel Silva
 
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptx
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptxIBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptx
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptx
Rubens Sohn
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 
doutrinas bíblicas
doutrinas bíblicasdoutrinas bíblicas
doutrinas bíblicas
faculdadeteologica
 
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas BíblicasDisciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
faculdadeteologica
 
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdfdoutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
Tiago Silva
 
Doutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicasDoutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicas
CursosTeologicos
 
Teontologia - AULA 03
Teontologia - AULA 03Teontologia - AULA 03
Teontologia - AULA 03
Pastor W. Costa
 
STNB-SMR-M3A
STNB-SMR-M3ASTNB-SMR-M3A
STNB-SMR-M3A
Milton JB Sobreiro
 
A Trindade
A TrindadeA Trindade
A Trindade
Wesley Arruda
 
Trindade Deus Jesus E. santo
Trindade Deus Jesus E. santoTrindade Deus Jesus E. santo
Trindade Deus Jesus E. santo
jb1955
 
Testemunhos dos pioneiros
Testemunhos dos pioneirosTestemunhos dos pioneiros
Testemunhos dos pioneiros
Jose Moraes
 
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTAARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ESCRIBAVALDEMIR
 
A trindade
A trindadeA trindade
A trindade
Jose Moraes
 
Resumo para a prova de apocalipse
Resumo para a prova de apocalipseResumo para a prova de apocalipse
Resumo para a prova de apocalipse
Reynan Matos
 

Semelhante a Testemunhas de Jeová - Seitas e Heresias (20)

Testemunha de Jeová
Testemunha de JeováTestemunha de Jeová
Testemunha de Jeová
 
As testemunhas de jeová terceiro post do blog
As testemunhas de jeová terceiro post do blogAs testemunhas de jeová terceiro post do blog
As testemunhas de jeová terceiro post do blog
 
TJ Fortaleza 2010
TJ Fortaleza 2010TJ Fortaleza 2010
TJ Fortaleza 2010
 
Desmascarando seitas e heresias 1
Desmascarando seitas e   heresias 1Desmascarando seitas e   heresias 1
Desmascarando seitas e heresias 1
 
5º módulo 1ª aula
5º módulo   1ª aula5º módulo   1ª aula
5º módulo 1ª aula
 
5º módulo 1ª aula
5º módulo   1ª aula5º módulo   1ª aula
5º módulo 1ª aula
 
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptx
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptxIBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptx
IBADEP BÁSICO - HERESIOLOGIA - CAPITULO 4.pptx
 
02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas02 doutrinas bíblicas
02 doutrinas bíblicas
 
doutrinas bíblicas
doutrinas bíblicasdoutrinas bíblicas
doutrinas bíblicas
 
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas BíblicasDisciplina de Doutrinas Bíblicas
Disciplina de Doutrinas Bíblicas
 
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdfdoutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
doutrinasbblicas-140512160139-phpapp02 (1).pdf
 
Doutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicasDoutrinas bíblicas
Doutrinas bíblicas
 
Teontologia - AULA 03
Teontologia - AULA 03Teontologia - AULA 03
Teontologia - AULA 03
 
STNB-SMR-M3A
STNB-SMR-M3ASTNB-SMR-M3A
STNB-SMR-M3A
 
A Trindade
A TrindadeA Trindade
A Trindade
 
Trindade Deus Jesus E. santo
Trindade Deus Jesus E. santoTrindade Deus Jesus E. santo
Trindade Deus Jesus E. santo
 
Testemunhos dos pioneiros
Testemunhos dos pioneirosTestemunhos dos pioneiros
Testemunhos dos pioneiros
 
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTAARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
ARREBATAMENTO PRÉ-TRIBULACIONISTA
 
A trindade
A trindadeA trindade
A trindade
 
Resumo para a prova de apocalipse
Resumo para a prova de apocalipseResumo para a prova de apocalipse
Resumo para a prova de apocalipse
 

Mais de Luan Almeida

5 solas da Reforma Protestante
5 solas da Reforma Protestante5 solas da Reforma Protestante
5 solas da Reforma Protestante
Luan Almeida
 
Eleições 2018 - TCG
Eleições 2018 - TCGEleições 2018 - TCG
Eleições 2018 - TCG
Luan Almeida
 
O cristão e a política
O cristão e a políticaO cristão e a política
O cristão e a política
Luan Almeida
 
Por que o Cristianismo e a única religião verdadeira
Por que o Cristianismo e a única religião verdadeiraPor que o Cristianismo e a única religião verdadeira
Por que o Cristianismo e a única religião verdadeira
Luan Almeida
 
Movimento Pentecostal - Seitas e Heresias
Movimento Pentecostal - Seitas e HeresiasMovimento Pentecostal - Seitas e Heresias
Movimento Pentecostal - Seitas e Heresias
Luan Almeida
 
A importância do culto doméstico
A importância do culto domésticoA importância do culto doméstico
A importância do culto doméstico
Luan Almeida
 
Finanças da Família
Finanças da FamíliaFinanças da Família
Finanças da Família
Luan Almeida
 
Conflitos no Lar
Conflitos no LarConflitos no Lar
Conflitos no Lar
Luan Almeida
 
A Família e a Igreja
A Família e a IgrejaA Família e a Igreja
A Família e a Igreja
Luan Almeida
 
O Propósito de Deus para a Família - Pr. David Merkh
O Propósito de Deus para a Família - Pr. David MerkhO Propósito de Deus para a Família - Pr. David Merkh
O Propósito de Deus para a Família - Pr. David Merkh
Luan Almeida
 
Movimento celular (G12, M12, MIR, MDA, Encontro com Deus) - Seitas e Heresias
Movimento celular (G12, M12, MIR, MDA, Encontro com Deus) - Seitas e HeresiasMovimento celular (G12, M12, MIR, MDA, Encontro com Deus) - Seitas e Heresias
Movimento celular (G12, M12, MIR, MDA, Encontro com Deus) - Seitas e Heresias
Luan Almeida
 
Espiritismo - Seitas e Heresias
Espiritismo - Seitas e HeresiasEspiritismo - Seitas e Heresias
Espiritismo - Seitas e Heresias
Luan Almeida
 
O cristão e a sexualidade
O cristão e a sexualidadeO cristão e a sexualidade
O cristão e a sexualidade
Luan Almeida
 
Adventistas do Sétimo Dia - Seitas e Heresias
Adventistas do Sétimo Dia - Seitas e HeresiasAdventistas do Sétimo Dia - Seitas e Heresias
Adventistas do Sétimo Dia - Seitas e Heresias
Luan Almeida
 
Cultos Afro - Seitas e Heresias
Cultos Afro - Seitas e HeresiasCultos Afro - Seitas e Heresias
Cultos Afro - Seitas e Heresias
Luan Almeida
 
Liberalismo Teológico - Seitas e Heresias
Liberalismo Teológico - Seitas e HeresiasLiberalismo Teológico - Seitas e Heresias
Liberalismo Teológico - Seitas e Heresias
Luan Almeida
 
O cristão e a Rede (O cristão e a Internet)
O cristão e a Rede (O cristão e a Internet)O cristão e a Rede (O cristão e a Internet)
O cristão e a Rede (O cristão e a Internet)
Luan Almeida
 
Catolicismo Romano - Seitas e Heresias
Catolicismo Romano - Seitas e HeresiasCatolicismo Romano - Seitas e Heresias
Catolicismo Romano - Seitas e Heresias
Luan Almeida
 
Islamismo - Seitas e Heresias
Islamismo - Seitas e HeresiasIslamismo - Seitas e Heresias
Islamismo - Seitas e Heresias
Luan Almeida
 
O cristão e as drogas
O cristão e as drogasO cristão e as drogas
O cristão e as drogas
Luan Almeida
 

Mais de Luan Almeida (20)

5 solas da Reforma Protestante
5 solas da Reforma Protestante5 solas da Reforma Protestante
5 solas da Reforma Protestante
 
Eleições 2018 - TCG
Eleições 2018 - TCGEleições 2018 - TCG
Eleições 2018 - TCG
 
O cristão e a política
O cristão e a políticaO cristão e a política
O cristão e a política
 
Por que o Cristianismo e a única religião verdadeira
Por que o Cristianismo e a única religião verdadeiraPor que o Cristianismo e a única religião verdadeira
Por que o Cristianismo e a única religião verdadeira
 
Movimento Pentecostal - Seitas e Heresias
Movimento Pentecostal - Seitas e HeresiasMovimento Pentecostal - Seitas e Heresias
Movimento Pentecostal - Seitas e Heresias
 
A importância do culto doméstico
A importância do culto domésticoA importância do culto doméstico
A importância do culto doméstico
 
Finanças da Família
Finanças da FamíliaFinanças da Família
Finanças da Família
 
Conflitos no Lar
Conflitos no LarConflitos no Lar
Conflitos no Lar
 
A Família e a Igreja
A Família e a IgrejaA Família e a Igreja
A Família e a Igreja
 
O Propósito de Deus para a Família - Pr. David Merkh
O Propósito de Deus para a Família - Pr. David MerkhO Propósito de Deus para a Família - Pr. David Merkh
O Propósito de Deus para a Família - Pr. David Merkh
 
Movimento celular (G12, M12, MIR, MDA, Encontro com Deus) - Seitas e Heresias
Movimento celular (G12, M12, MIR, MDA, Encontro com Deus) - Seitas e HeresiasMovimento celular (G12, M12, MIR, MDA, Encontro com Deus) - Seitas e Heresias
Movimento celular (G12, M12, MIR, MDA, Encontro com Deus) - Seitas e Heresias
 
Espiritismo - Seitas e Heresias
Espiritismo - Seitas e HeresiasEspiritismo - Seitas e Heresias
Espiritismo - Seitas e Heresias
 
O cristão e a sexualidade
O cristão e a sexualidadeO cristão e a sexualidade
O cristão e a sexualidade
 
Adventistas do Sétimo Dia - Seitas e Heresias
Adventistas do Sétimo Dia - Seitas e HeresiasAdventistas do Sétimo Dia - Seitas e Heresias
Adventistas do Sétimo Dia - Seitas e Heresias
 
Cultos Afro - Seitas e Heresias
Cultos Afro - Seitas e HeresiasCultos Afro - Seitas e Heresias
Cultos Afro - Seitas e Heresias
 
Liberalismo Teológico - Seitas e Heresias
Liberalismo Teológico - Seitas e HeresiasLiberalismo Teológico - Seitas e Heresias
Liberalismo Teológico - Seitas e Heresias
 
O cristão e a Rede (O cristão e a Internet)
O cristão e a Rede (O cristão e a Internet)O cristão e a Rede (O cristão e a Internet)
O cristão e a Rede (O cristão e a Internet)
 
Catolicismo Romano - Seitas e Heresias
Catolicismo Romano - Seitas e HeresiasCatolicismo Romano - Seitas e Heresias
Catolicismo Romano - Seitas e Heresias
 
Islamismo - Seitas e Heresias
Islamismo - Seitas e HeresiasIslamismo - Seitas e Heresias
Islamismo - Seitas e Heresias
 
O cristão e as drogas
O cristão e as drogasO cristão e as drogas
O cristão e as drogas
 

Último

PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 

Último (16)

PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 

Testemunhas de Jeová - Seitas e Heresias

  • 2. “Porque já muitos enganadores entraram no mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Este tal é o enganador e o anticristo. Olhai por vós mesmos, para que não percamos o que temos ganho, antes recebamos o inteiro galardão. Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho. Se alguém vem ter convosco, e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis. Porque quem o saúda tem parte nas suas más obras.” 2 João 1:7-11
  • 3. Testemunhas de Jeová Os T.J fazem parte do chamado Cristianismo de Fronteira. São grupos que usam a Bíblia como referência, mas também se valem de outras fontes de revelação/verdade que, eventualmente, podem contradizer a doutrina cristã. As principais igrejas são a Adventista, a Mórmon e a Testemunhas de Jeová.
  • 4. • Tem mais de 9 milhões de praticantes no mundo; • Estão presentes em 239 países e territórios; • Suas publicações já atingiram 473 línguas; • No Brasil já são 1.393.209 seguidores; • A seita chegou ao Brasil em 1923 trazida por 8 marinheiros norte americanos que chegaram ao Rio de Janeiro; • Sua sede nacional fica em São Paulo. Testemunhas de Jeová Fotos da sede nacional em SP. Fotos da sede nacional em SP.
  • 5. História A seita conhecida hoje em dia como as Testemunhas de Jeová iniciou no estado americano da Pensilvânia em 1870, como uma escola bíblica iniciada por Charles Taze Russell. Russell nomeou seu grupo de “Estudos Bíblicos Aurora do Milênio” e começou a escrever uma série de livros chamada “Aurora do Milênio”, que se estendeu por seis volumes antes da sua morte e que continha grande parte da teologia agora seguida pelas Testemunhas de Jeová.
  • 6. Após a morte de Russell em 1916, Judge J. F. Rutherford, amigo e sucessor de Russell, escreveu o sétimo e último volume da série “Aurora do Milênio”, “O Mistério Consumado”, em 1917. A Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados foi fundada em 1886 e rapidamente tornou-se o veículo através do qual o movimento “Aurora do Milênio” passou a distribuir suas visões aos outros. O grupo era conhecido como os “russellitas” até 1931 quando, devido a uma divisão na organização, esta foi renomeada “Testemunhas de Jeová”. História
  • 7. Charles Taze Russell Charles Taze Russell era comerciante e foi criado como presbiteriano, mas filiou-se à Igreja Congregacional. Um dia, desiludido com as religiões, participou de um culto na Igreja Adventista e viu de novo brotar sua fé. Formou um grupo de estudantes da Bíblia e em 1879, começou a publicar uma revista que se tornou A Sentinela, onde publicava suas pesquisas bíblicas e novas doutrinas.
  • 8. Charles Taze Russell Russel fundou a associação religiosa conhecida como Sociedade Torre de Vigília para divulgação dos seus impressos. Charles tinha envolvimento com a piramidologia, a maçonaria e a astrologia, de onde se baseou, junto com cálculos de um inglês, para marcar datas sobre o fim do mundo e a guerra final entre Jesus e Satanás. Ele previu o “fim” para 1914, 1915, 1918, 1925, 1941, 1975, 2000.
  • 9. Literatura T.J 1. Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas Trata-se da Bíblia de edição particular das Testemunhas de Jeová. 2. Estudo das Escrituras Essa obra de seis volumes escritos por Russel é a base de suas doutrinas. Ele afirmou que não seria errado chamar esses seis volumes de “Bíblia em forma ordenada”. 3. A Sentinela Esse periódico tem a tiragem quinzenal de 15 milhões de exemplares, em 111 línguas. 4. Despertai Outro periódico da seita, que possui uma tiragem quinzenal de 13 milhões de exemplares.
  • 10. Literatura T.J A Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas não é uma tradução das línguas originais, mas uma adaptação de uma versão em inglês. Os textos da TNM foram reescritos, distorcendo diversas doutrinas essenciais do cristianismo, a fim de apoiar as argumentações publicadas por Russel em seus Estudos das Escrituras.
  • 11. Literatura T.J João 1.1 RC “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus”. TNM “No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com o Deus e a Palavra era [um] deus”. Eles traduziram erradamente este versículo como "um deus". Novamente, isto é porque eles negam quem Jesus é, e devem mudar a Bíblia para que ela se torne adequada à sua teologia.
  • 12. Literatura T.J Colossenses 1.15-17 Ele é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; pois por meio dele foram criadas todas as outras coisas nos céus e na terra, as coisas visíveis e as coisas invisíveis, quer sejam tronos, quer domínios, quer governos, quer autoridades. Todas as outras coisas foram criadas por meio dele e para ele. Também, ele já existia antes de todas as outras coisas, e por meio dele todas as outras coisas vieram a existir.
  • 13. Literatura T.J Hebreus 1.8 Mas a respeito do Filho ele diz: “Deus é o seu trono para todo o sempre, e o cetro do seu Reino é o cetro da retidão. Já que as T.J. não concordam com a divindade de Cristo, de novo, eles alteraram a Bíblia para que ela se adequasse à sua teologia. O problema com a tradução das T.J. é que esta passagem é uma citação do Salmo 45.6 que, no Hebraico, só pode ser traduzido como "...O teu trono, ó Deus, subsiste pelos séculos dos séculos ..."
  • 14. A fé T.J. Negam a Trindade As TJ combatem ferozmente a doutrina da Trindade. Negam a divindade de Jesus e negam também a divindade e a pessoalidade do Espírito Santo. Afirmam que não pode haver trindade porque tal palavra não se encontra na Bíblia. E, por outras religiões antigas representarem seus deuses pagãos por meio figuras de trindade. A Bíblia é categórica ao afirmar a existência de uma trindade: Gn 1.1, 26; 3.22; 11.7; Êx 20.2; Jó 33.4; Mt 3.16-17; 28.19; Jo 1.3; 20.28; At 5.3-4; 1Co 12.4-6; 2Co 13.13; 1 Pe 1.2; Jd 20- 21; Ap 1.4-5.
  • 15. A fé T.J. Rejeição da divindade de Jesus As TJ negam explicitamente a divindade de Jesus Cristo. No conjunto de seus falsos ensinos, contrariamente a tudo o que as Escrituras claramente revelam, eles concluem que Jesus: a) Não é Deus; b) Foi simplesmente uma pessoa espiritual; c) Não é Todo-Poderoso; d) Foi criado pelo Pai; e) Não é o Autor da Criação; f) Não tem poder para expiar pecados.
  • 16. A fé T.J. Outro absurdo é que os TJ creem que Jesus, na sua existência pré-humana, era o Arcanjo Miguel. Esses falsos ensinamentos tem como principal fonte uma heresia conhecida como arianismo (Ário) do século III e IV, que negava a divindade de Cristo e a Trindade. “A primeira obra dele (Deus) foi Jesus Cristo, não a partir de Maria que foi obra do Espírito Santo para ser feito carne. Antes ele já existia...”. Valdemiro Santiago
  • 17. A fé T.J. Rejeição da divindade e pessoalidade do Espírito Santo Quanto ao Espírito Santo, as Testemunhas de Jeová negam Sua divindade e pessoalidade. Para eles a terceira pessoa da trindade não é nem Deus, nem uma pessoa, apenas uma força ativa, um poder ou influência divina, não possuindo vontade própria, muito menos personalidade. “A terra era vazia e deserta, e havia escuridão sobre as águas profundas; e a força ativa de Deus movia-se sobre as águas.” (Gn 1.2 TNM)
  • 18. A fé T.J. As Escrituras Sagradas, em contrapartida, dizem que o Espírito Santo: Fala (At 8.29; 13.2), intercede (Rm 8.26-27), fica triste (Ef 4.30), dá ordens (At 16.6-7; 13.2), tem vontade própria (1Co 12.11), ama (Rm 15.30), convida (Ap 22.17), pode ser resistido (At 7.51), ensina (Jo 14.26), guia (Rm 8.14), testifica (Rm 8.16; Jo 15.26) e convence (Jo 16.7-8). A Bíblia ainda fala a respeito do Espírito Santo como Deus (At 5.3-4). Ele possui os atributos da divindade: onipresença (Sl 139.7); onipotência (Rm 15.19); onisciência (1Co 2.10); eternidade (Hb 9.14). Portanto, o Espírito Santo é uma pessoa divina, não uma força ou poder.
  • 19. A fé T.J. Os 144 mil Em resposta a pergunta: “Quantos vão para o Céu?”, a seita cita Apocalipse (Rev.) 7.4-8, 14.1, afirmando que somente 144 mil fiéis irão para o céu, enquanto os outros T.J’s ficarão na Terra restaurada. Chegam ao absurdo de dizer que Jó, Davi e João Batista constituirão a nova terra. Estes 144 mil são a representação da totalidade dos servos de Deus (Ap 7.3, 9 e 14.4). São 12 (Tribos de Israel – espiritual, cf. Rm 9) e um número de milhares para dar a noção ao leitor, de multiplicidade. Além disso, há o fato de que, segundo eles, os 144 mil vão para o céu, mas Deus habitará no Novo Céu e Nova Terra com o Seu povo (Ap 21. 3). Eles ficarão sozinhos no céu!
  • 20. Proibições T.J 1. As mulheres não devem usar calças. Os homens, nem bigode, nem barba, nem cabelo comprido; 2. Não se deve casar com quem não seja Testemunha de Jeová, nem se pode romper um compromisso matrimonial; 3. Não se deve celebrar o Natal nem bodas; 4. Não se pode brindar levantando copos; 5. Não se pode ser esportista, porque cria nacionalismo; 6. Não se pode participar de loterias ou jogos por dinheiro; 7. Não participar nem apoiar as Olimpíadas porque são adoração pagã; 8. Não se devem celebrar aniversários;
  • 21. Proibições T.J 9. Não se deve dar esmola aos mendigos; 10. Não se deve jogar xadrez; 11. Não se deve deixar fazer transfusões de sangue nem soro, antes deixa-se morrer; 12. É obrigatório ensinar a doutrina T.J aos filhos, mesmo que eles não queiram; 13. É obrigatória a assistência as reuniões dos Testemunhas, sob pena de ser castigado; 14. Há que batizar-se como testemunha, de outra forma não há a possibilidade de salvação; 15. Há que pregar sempre, ainda que esteja cansado ou sem vontade; 16. Há que assistir a todas as assembleias; 17. Não se pode servir em nenhum exército;
  • 22. 15 razões pelas quais são considerados uma seita 1. Negam a divindade absoluta e singular de Jesus Cristo; 2. Ensinam que Jesus Cristo é um ser criado – simplesmente um outro deus; 3. Negam a personalidade e divindade do Espírito Santo; 4. Negam a doutrina bíblica da Trindade; 5. Negam a ressurreição física e corporal de Jesus Cristo.
  • 23. 6*. Negam a volta física e visível de Jesus Cristo; 7. Negam a presença do crente com Cristo após a morte; 8. Reprovam a esperança que o crente tem de ir para o céu; 9. Negam a realidade e eternidade do castigo futuro; 10. Negam a salvação perfeita da cruz de Cristo. 15 razões pelas quais são considerados uma seita
  • 24. 11. Negam o patriotismo e a continência à bandeira; 12. Estão confusos quanto aos 144.000; 13. Usam uma tradução deturpada da bíblia, tendo um sistema doutrinário que se baseia nas interpretações de Charles Taze Russell; 14. Não aceitam transfusões de sangue; 15. Não acreditam na cruz. 15 razões pelas quais são considerados uma seita
  • 25. Conclusão Qualquer que nega o Filho, também não tem o Pai; mas aquele que confessa o Filho, tem também o Pai. (1 João 2:23) “Se alguém vem ter convosco e não traz esta doutrina (de Cristo), não o recebais em casa, nem lhe deis as boas- vindas; porquanto aquele que lhe dá boas-vindas faz-se cúmplice das suas obras más” (II João 10.11). Por negarem pontos basilares da fé cristã histórica, defender salvação pelas obras e outras heresias. As testemunhas de Jeová são uma seita. Seus adeptos devem ser evangelizados a fim de que Deus salve vidas entre os TJ.
  • 26. Conclusão Caso seja confrontado por Testemunhas de Jeová: 1. Não discuta acerca da crença deles. 2. Fale com autoridade e segurança a respeito de sua fé em Jesus. 3. Fale do perdão e da salvação em Jesus Cristo. 4. Faça o apelo para que creiam em Cristo e o recebam como Senhor e Salvador. Os resultados de uma conversa dirigida serão: Ou aceitam a Cristo, ou fogem. Se fugirem, dificilmente voltarão à sua casa. Você estará trabalhando em favor da Verdade que deve prevalecer.
  • 27. Referências: Quem são os 144 mil descritos em Apocalipse? – Blog Esboçando ideias: https://www.esbocandoideias.com/2017/08/quem-sao-os-144-mil-de- apocalipse.html Testemunhas de Jeová – Power Point (Slide share): https://pt.slideshare.net/minicalmadureira/ebd-lio-03-testemunhas-de-jeov Bíblia Sagrada – Tradução do Novo Mundo: https://www.jw.org/pt/publicacoes/biblia/nwt/livros/G%C3%AAnesis/1/ Testemunhas de Jeová – Sérgio Silva – Power Point (Slide share): https://pt.slideshare.net/sergiooropo/lio-12-testemunha-de-jeov-2- quadrimestre-2012-ebd-religies-e-religiosidade-editora-crist-evanglica

Notas do Editor

  1. Hebreus 1:8 Este é um versículo onde Deus Pai, está chamando Jesus de Deus: "Mas do Filho diz: O teu trono, ó Deus, subsiste pelos séculos dos séculos, e cetro de eqüidade é o cetro do teu reino.'" Para justificar a tradução do N.T eles atualmente também trocaram a tradução do Antigo Testamento!
  2. 6* Em Apocalipse 1:7, "todo o olho o verá". Em 1 Tessalonicenses 4:16-17, "o Senhor mesmo...descerá dos céus" E em Atos 1:10-11, "assim virá do modo como o vistes subir". O testemunho dessas passagens é irrefutável. De acordo com 2 Coríntios 5:8, Filipenses 1:21-24 e Lucas 16:20-22, o crente, imediatamente após a morte, passa para a presença de Cristo. O corpo fica no solo, João 11:11-14, aguardando a ressurreição, 1 Coríntios 15:20-23; João 14:1-3, Filipenses 3:20-21, 1 Pedro 1:3-5 e Apocalipse 3:12 são apenas algumas das muitas passagens bíblicas que falam da "esperança viva" de estar com Cristo para sempre; Mateus 13:49-50, Mateus 25:41,