SlideShare uma empresa Scribd logo
Fundamentos da Educação Básica
Formação de professores: Pedagogia como ciência da educação
O curso de Pedagogia, como curso de formação de professores da Educação Básica se
encontra em contradição com a Pedagogia como Ciência da Educação, segundo Pimenta,
Franco e Libâneo (2007), pois entende-se por esta Legislação que a Pedagogia tem como base
a docência e infelizmente não considera o estudo do fenômeno educativo, em todas as suas
dimensões, compreendendo os elementos da ação educativa e sua contextualização:
A. O aluno como sujeito do processo de socialização e aprendizagem;
B. Os agentes de formação;
C. As situações concretas em que ocorrem os processos formativos;
D. O contexto socioinstitucional das instituições (LIBÂNEO, 2007).
Esta mesma Resolução (BRASIL, 2006) ressalta a docência, prescrevendo o seguinte:
Art. 2º As Diretrizes Curriculares para o curso de Pedagogia aplicam-se à
formação inicial para o exercício da docência [...] § 1º Compreende-se a
docência como ação educativa e processo pedagógico metódico e
intencional, construído em relações sociais, étnico-raciais e produtivas, as
quais influenciam conceitos, princípios e objetivos da Pedagogia,
desenvolvendo-se na articulação entre conhecimentos científicos e culturais,
valores éticos e estéticos inerentes a processos de aprendizagem, de
socialização e de construção do conhecimento, no âmbito do diálogo entre
diferentes visões de mundo (BRASIL, 2006, p. 11).
..LIBÂNEO E A PEDAGOGIA COMO CIÊNCIA..
LIBÂNEO, José Carlos
Segundo Franco, Libâneo e Pimenta (2007), o texto da Resolução (BRASIL, 2006) salienta o exercício
docente do pedagogo e recusa a articulação entre as dimensões epistemológica, disciplinar e prática da
Pedagogia, ou seja, não é missão maior de o pedagogo atender às complexas demandas da educação
brasileira.
A base de um curso de Pedagogia não pode ser a docência. A base de um curso de pedagogia é o
estudo do fenômeno educativo, em sua complexidade, em sua amplitude. Então, podemos dizer: Todo
trabalho docente é trabalho pedagógico, mas nem todo trabalho pedagógico é trabalho docente
(LIBÂNEO, 2006).
A história da Pedagogia desde a Grécia antiga é muito contraditória, pois o conceito de Pedagogia
tem dupla referência, como afirma Saviani (2007):
a. desenvolvendo, de um lado, a reflexão estreita com a filosofia, finalidade ética que guia o ato
educativo
b. e de outro lado, experiência e a prática, reforçando a metodologia, a condução da criança.
No percurso histórico da Pedagogia ela é tratada:
a. Como arte,
b. Como metodologia,
c. Ciência da arte educativa
d. Recentemente a grande ênfase na atuação docente e não no estudo do fenômeno educativo
na sua complexidade e amplitude.
Esta indefinição de papel tem contribuído para manter a Pedagogia no papel que hoje ainda
infelizmente cumpre: práticas educativas conservadoras e descontextualizadas, tanto dos profissionais da
educação como do próprio conhecimento científico.
Com o intuito de conceber a Pedagogia como ciência da educação, Libâneo (2001, p. 6) a define
como “um campo de conhecimentos sobre a problemática educativa na sua totalidade e historicidade e,
ao mesmo tempo, uma diretriz orientadora da ação educativa.”
A Pedagogia se ocupa do ato educativo; interessa-se pela prática educativa como ação humana e
social, que transforma os seres humanos nos seus estados físicos, mentais, espirituais, culturais, dando a
configuração a nossa existência humana individual e coletiva.
São essas transformações que constituem o objeto de estudo da Pedagogia.
A Pedagogia é a ciência que tem a educação como objeto de estudo (LIBÂNEO, 2001). A sociologia,
a psicologia, a economia, entre outras, também podem e tem se ocupado com os problemas educativos,
abordando-os segundo o referencial teórico construídos por estas ciências. Entretanto, “é a Pedagogia
que pode postular o educativo, propriamente dito, e ser ciência integradora dos aportes das demais
áreas. Isto não quer dizer, todavia, que ela, por isso, passa ocupar lugar hierarquicamente superior às
demais” (LIBÂNEO, 1996, p. 118).
A Pedagogia tem uma identidade e tem problemas próprios, tendo como campo de estudos os
elementos da ação educativa e sua contextualização.
..SAVIANI E A PEDAGOGIA COMO CIÊNCIA..
Na verdade o conceito de Pedagogia se reporta a uma teoria que se
estrutura a partir e em função da prática educativa. A pedagogia, como
teoria da educação, busca equacionar, de alguma maneira, o problema da
relação educador-educando, de modo geral, ou, no caso específico da
escola, a relação professor-aluno, orientando o processo de ensino e
aprendizagem (SAVIANI, 2001, p. 102).
A Pedagogia é ciência autônoma porque tem uma linguagem própria,
tendo consciência de usá-la segundo um método próprio e segundo os
próprios fins e por meio dela, gera um corpo de conhecimentos, uma série
de experimentações e de técnicas sem o que lhe seria impossível qualquer
construção de modelos educativos (GENOVESI, 1999, p. 79-80 apud
SAVIANI, 2007, p. 102).
SAVIANI, Dermeval
..PIMENTA E A PEDAGOGIA COMO CIÊNCIA..
Pimenta (1996) concorda com Mazzotti quanto à necessidade de determinar um
estatuto científico da Pedagogia. Relata, também que nas Ciências Humanas,
certamente incluindo a Ciência da Educação, o sujeito e o objeto se inter-relacionam e
se constituem um ao outro.
Pimenta (1996), esclarece que não existe ciência sem que se saiba o seu campo,
seu objeto de estudo. Argumenta ainda que, para a Pedagogia se constituir como
ciência, precisa encontrar o seu objeto. Propõe como caminho a explicitação do
“irredutível pedagógico”. Explica que o irredutível pedagógico é o aluno. Com isso, o
campo da Pedagogia é o ato pedagógico incluindo o aluno, o saber, o professor, a
situação institucional, etc. (educação escolar), significando uma mudança radical da
fundamentação epistemológica e da prática de investigação na Pedagogia (PIMENTA,
1996).
PIMENTA, Selma Garrido
..FRANCO E A PEDAGOGIA COMO CIÊNCIA..
Franco (2008) considera que o objeto de estudo da Pedagogia é a
educação e considera que a dimensão educativa, que será o objeto de
estudo da Pedagogia, será a práxis educativa, entendida por ela, como
realidade pedagógica.
A práxis educativa, diz Franco (2008), caracteriza-se pela ação
intencional e reflexiva de sua prática. Não tem um lócus
definido, podendo ocorrer na família, na empresa, nos meios
de comunicação, ou onde houver intencionalidade.
A práxis pedagógica “será o exercício do fazer científico da
pedagogia sobre a práxis educativa” (FRANCO, 2008, p. 84).
Portanto, caberá a Pedagogia ser a ciência que transforma o senso
comum pedagógico em atos científicos, perpassados pelos valores
educacionais e relevantes na comunidade social. “Seu campo de
conhecimentos será formado pela interseção entre os saberes
interrogantes das práticas, os saberes dialogantes das intencionalidades da
práxis e os saberes que respondem às indagações reflexivas formuladas
por essas práxis” (FRANCO, 2008, p. 86).
FRANCO, Maria Amélia
Com a complexidade do objeto de estudo da Pedagogia é necessário a participação de outras ciências
como ciências auxiliares, possibilitando a interdisciplinaridade entre elas.
A utilização de conhecimentos, teorias, meios, instrumentos de outras ciências não altera a
cientificidade da pedagogia, pois a ótica da análise e da inclusão de outros elementos se fará
pela ciência pedagógica.” Anísio apud Franco (2008. p. 28).
A Pedagogia para exercer o seu papel social, deve definir-se como uma ciência própria, libertando-se
dos pressupostos positivistas e a sua submissão total a epistemologia das ciências auxiliares.
É preciso, em última análise, que a Pedagogia e seus educadores a assumam como ciência que não
somente reflita e teorize sobre os fenômenos educativos, e sim organize ações estruturais e produzam
novas condições de exercer o ato pedagógico, sempre com o intuito da emancipação da sociedade e do
indivíduo.
O arcabouço teórico existente deve usar outras lentes de leitura sobre a formação de professores e,
sobretudo, ao curso de Pedagogia, que atualmente é o encarregado de formar os professores para a
Educação Básica.
...CONCLUSÃO...
REFERÊNCIAS
BRASIL. Resolução CNE/CP 1/2006. Diário Oficial da União, Brasília, 16 de maio de 2006.
CHALMERS. A. F. O que é ciência afinal? Editora Brasiliense. 1993.
COSTA, Marisa Vorraber .Pesquisa-ação, pesquisa participativa e política cultural da identidade. In: COSTA, Marisa Vorraber (Org.). Caminhos Investigativos II: outros modos
de pensar e fazer pesquisa em Educação. 2.ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2007. p.91-115.
ENS, R.T., VAZ, F.A.B. Políticas de formação de professores no Brasil: caminhos do curso de Pedagogia. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n.43, p. 143-158, set2011 - ISSN:
1676-2584. Acessado dia 15/02/2012.
FRANCO, Maria Amélia. Pedagogia como ciência da educação. São Paulo: Cortez, 2ª Ed. 2008.
__________. LIBÂNEO, J.C.; PIMENTA, S. G. Elementos para a formulação de diretrizes curriculares para cursos de pedagogia. Cadernos de Pesquisa, v. 37, n. 130, p.
63-97, jan./abr. 2007
GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 4ª edição. 2009.
LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos: inquietações e buscas. Educar. n. 17. ,p. 153-176. Editora da UFPR. Curitiba, 2001.
________. Que destino os educadores darão à Pedagogia? IN: PIMENTA, Selma Garrido (Org.). Pedagogia, ciência da educação?. São Paulo: Cortez. 1996.
________. PARREIRA. Lelis. Pedagogia, como ciência da educação. Cadernos de Pesquisa. Vol. 37, n. 131, São Paulo, mar/Aug. 2007.
_______. Diretrizes curriculares da Pedagogia: um adeus à Pedagogia e aos pedagogos? 2006. Disponível em: http://www.ced.ufsc.br/nova/Textos/JoseCarlosLibaneo.htm . Acesso
em: 15 fev. 2012.
MAZZOTTI, Tarso. Estatuto de cientificidade da Pedagogia IN: PIMENTA, Selma Garrido (Org.). Pedagogia, ciência da educação?. São Paulo: Cortez. 1996.
PIMENTA, Selma Garrido [et.al.]. Pedagogia, ciência da educação? São Paulo: Cortez, 1996.
SAVIANI, Dermeval. Pedagogia: o espaço da Educação na Universidade. Cadernos de Pesquisa, v. 37. N. 130, p. 99-134, jan./abr. 2007.
Resumo do texto: Formação de professores: Pedagogia como ciência da educação
Por: Nelci Aparecida Zanette Rovaris
Maristela, Rosso Walker
Ano: 2012
Postado em: http://www.ucs.br/etc/conferencias/index.php/anpedsul/9anpedsul/paper/view/525/640

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conceitos de pedagogia
Conceitos de pedagogiaConceitos de pedagogia
Conceitos de pedagogia
Esporte e Cidadania
 
Texto SAVIANI Concepções Pedagógicas_histdbr
Texto SAVIANI Concepções Pedagógicas_histdbrTexto SAVIANI Concepções Pedagógicas_histdbr
Texto SAVIANI Concepções Pedagógicas_histdbr
Débora Silveira
 
Teorias pedagogicas ntem 2014
Teorias pedagogicas ntem 2014Teorias pedagogicas ntem 2014
Teorias pedagogicas ntem 2014
Tatiana Professora
 
Fundamentos Da Educação Filosofia
Fundamentos Da Educação   FilosofiaFundamentos Da Educação   Filosofia
Tendências pedagógicas texto
Tendências pedagógicas   textoTendências pedagógicas   texto
Tendências pedagógicas texto
diegocn
 
C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...
C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...
C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...
emíliapignata
 
Slide informatica educatia i tarefa 2
Slide informatica educatia i tarefa 2Slide informatica educatia i tarefa 2
Slide informatica educatia i tarefa 2
jeanderson nascimento
 
Apostila de didatica
 Apostila de didatica Apostila de didatica
Apostila de didatica
Jocimary Josefa Gonçalves
 
Tendencias pedagógicas 2013
Tendencias pedagógicas 2013Tendencias pedagógicas 2013
Tendencias pedagógicas 2013
Sa'ndro Soares
 
Multi, Inter ou Transdisciplinaridade?
Multi, Inter ou Transdisciplinaridade?Multi, Inter ou Transdisciplinaridade?
Multi, Inter ou Transdisciplinaridade?
Ranlig
 
Trabalho de didática geral
Trabalho de didática geral Trabalho de didática geral
Trabalho de didática geral
João Monteiro
 
Interdisciplinaridade
InterdisciplinaridadeInterdisciplinaridade
Interdisciplinaridade
Gerdian Teixeira
 
Apresentação valdriano interdisciplinaridade - cópia
Apresentação valdriano   interdisciplinaridade - cópiaApresentação valdriano   interdisciplinaridade - cópia
Apresentação valdriano interdisciplinaridade - cópia
Elioneide Pedagoga
 
Teorias da educa_o
Teorias da educa_oTeorias da educa_o
Teorias da educa_o
elviswesp
 
Ensino desenvolvimental antologia 2017
Ensino desenvolvimental antologia 2017Ensino desenvolvimental antologia 2017
Ensino desenvolvimental antologia 2017
Ana Raquel de Oliveira
 
2.introdução à didática
2.introdução à didática2.introdução à didática
2.introdução à didática
joaovitorinopolacimatos
 
Interdisciplinaridade morrinhos
Interdisciplinaridade   morrinhosInterdisciplinaridade   morrinhos
Interdisciplinaridade morrinhos
Andréa Kochhann
 
TENDENCIAS PEDAGÓGICAS didática
TENDENCIAS PEDAGÓGICAS didáticaTENDENCIAS PEDAGÓGICAS didática
TENDENCIAS PEDAGÓGICAS didática
Vinicius O Resiliente
 
Pedagogia, ciências da educação e o lugar da história
Pedagogia, ciências da educação e o lugar da históriaPedagogia, ciências da educação e o lugar da história
Pedagogia, ciências da educação e o lugar da história
Otávio Sales
 
Ideias pedagogicas
Ideias pedagogicasIdeias pedagogicas
Ideias pedagogicas
Antonio Futuro
 

Mais procurados (20)

Conceitos de pedagogia
Conceitos de pedagogiaConceitos de pedagogia
Conceitos de pedagogia
 
Texto SAVIANI Concepções Pedagógicas_histdbr
Texto SAVIANI Concepções Pedagógicas_histdbrTexto SAVIANI Concepções Pedagógicas_histdbr
Texto SAVIANI Concepções Pedagógicas_histdbr
 
Teorias pedagogicas ntem 2014
Teorias pedagogicas ntem 2014Teorias pedagogicas ntem 2014
Teorias pedagogicas ntem 2014
 
Fundamentos Da Educação Filosofia
Fundamentos Da Educação   FilosofiaFundamentos Da Educação   Filosofia
Fundamentos Da Educação Filosofia
 
Tendências pedagógicas texto
Tendências pedagógicas   textoTendências pedagógicas   texto
Tendências pedagógicas texto
 
C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...
C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...
C:\Documents And Settings\EstaçãO\Meus Documentos\Emilia\Interdisciplinaridad...
 
Slide informatica educatia i tarefa 2
Slide informatica educatia i tarefa 2Slide informatica educatia i tarefa 2
Slide informatica educatia i tarefa 2
 
Apostila de didatica
 Apostila de didatica Apostila de didatica
Apostila de didatica
 
Tendencias pedagógicas 2013
Tendencias pedagógicas 2013Tendencias pedagógicas 2013
Tendencias pedagógicas 2013
 
Multi, Inter ou Transdisciplinaridade?
Multi, Inter ou Transdisciplinaridade?Multi, Inter ou Transdisciplinaridade?
Multi, Inter ou Transdisciplinaridade?
 
Trabalho de didática geral
Trabalho de didática geral Trabalho de didática geral
Trabalho de didática geral
 
Interdisciplinaridade
InterdisciplinaridadeInterdisciplinaridade
Interdisciplinaridade
 
Apresentação valdriano interdisciplinaridade - cópia
Apresentação valdriano   interdisciplinaridade - cópiaApresentação valdriano   interdisciplinaridade - cópia
Apresentação valdriano interdisciplinaridade - cópia
 
Teorias da educa_o
Teorias da educa_oTeorias da educa_o
Teorias da educa_o
 
Ensino desenvolvimental antologia 2017
Ensino desenvolvimental antologia 2017Ensino desenvolvimental antologia 2017
Ensino desenvolvimental antologia 2017
 
2.introdução à didática
2.introdução à didática2.introdução à didática
2.introdução à didática
 
Interdisciplinaridade morrinhos
Interdisciplinaridade   morrinhosInterdisciplinaridade   morrinhos
Interdisciplinaridade morrinhos
 
TENDENCIAS PEDAGÓGICAS didática
TENDENCIAS PEDAGÓGICAS didáticaTENDENCIAS PEDAGÓGICAS didática
TENDENCIAS PEDAGÓGICAS didática
 
Pedagogia, ciências da educação e o lugar da história
Pedagogia, ciências da educação e o lugar da históriaPedagogia, ciências da educação e o lugar da história
Pedagogia, ciências da educação e o lugar da história
 
Ideias pedagogicas
Ideias pedagogicasIdeias pedagogicas
Ideias pedagogicas
 

Semelhante a Edu básica 03

O dilema da Interdisciplinaridade : Algumas questões para quem forma professo...
O dilema da Interdisciplinaridade : Algumas questões para quem forma professo...O dilema da Interdisciplinaridade : Algumas questões para quem forma professo...
O dilema da Interdisciplinaridade : Algumas questões para quem forma professo...
Seminário Latino-Americano SLIEC
 
Teoria e prática saviani
Teoria e prática savianiTeoria e prática saviani
Teoria e prática saviani
Telma Teles Silveira
 
Resumo - Material de leitura..pdf
Resumo  - Material de leitura..pdfResumo  - Material de leitura..pdf
Resumo - Material de leitura..pdf
AvelinoErnestoEliote
 
Aula 01_Didática e sua trajetória histórica.pptx
Aula 01_Didática e sua trajetória histórica.pptxAula 01_Didática e sua trajetória histórica.pptx
Aula 01_Didática e sua trajetória histórica.pptx
academicplanconsulto
 
Didática e metodologia do ensino religioso
Didática e metodologia do ensino religiosoDidática e metodologia do ensino religioso
Didática e metodologia do ensino religioso
Werkson Azeredo
 
Pedagogia da Alternância e seus referenciais teróricos.pptx
Pedagogia da Alternância e seus referenciais teróricos.pptxPedagogia da Alternância e seus referenciais teróricos.pptx
Pedagogia da Alternância e seus referenciais teróricos.pptx
GilmarSantosAndrade
 
Avances de investigación: INVESTIGAÇÃO EDUCATIVA BÁSICA, APLICADA E AVALIATIVA
Avances de investigación: INVESTIGAÇÃO EDUCATIVA BÁSICA, APLICADA E AVALIATIVA Avances de investigación: INVESTIGAÇÃO EDUCATIVA BÁSICA, APLICADA E AVALIATIVA
Avances de investigación: INVESTIGAÇÃO EDUCATIVA BÁSICA, APLICADA E AVALIATIVA
Universidad de la Empresa UDE
 
Didática
DidáticaDidática
Didática
Ivanylde Santos
 
Formação em rede - Complexo Temático
Formação em rede - Complexo TemáticoFormação em rede - Complexo Temático
Formação em rede - Complexo Temático
luiz10filho
 
20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb
Mariana Correia
 
Da Aprendizagem Significativa A Apredizagem Satisfatoria
Da Aprendizagem Significativa A Apredizagem SatisfatoriaDa Aprendizagem Significativa A Apredizagem Satisfatoria
Da Aprendizagem Significativa A Apredizagem Satisfatoria
janloterio
 
Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...
Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...
Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...
PROIDDBahiana
 
Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...
Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...
Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...
PROIDDBahiana
 
Alfabetizacao teoria-pratica
Alfabetizacao teoria-praticaAlfabetizacao teoria-pratica
Alfabetizacao teoria-pratica
pedagogia para licenciados
 
Slides Pedagogia educação infantil e pptx
Slides Pedagogia educação infantil e pptxSlides Pedagogia educação infantil e pptx
Slides Pedagogia educação infantil e pptx
Milene452635
 
Didática Modular I
Didática Modular I  Didática Modular I
Didática Modular I
Karina Tafre
 
Didatica
DidaticaDidatica
Didaticgeoaula2
Didaticgeoaula2Didaticgeoaula2
Didaticgeoaula2
Ana Beatriz
 
Apostila projeto político pedagógico fak
Apostila projeto político pedagógico   fakApostila projeto político pedagógico   fak
Apostila projeto político pedagógico fak
Prof. Antônio Martins de Almeida Filho
 
Aprendizagem significativa fabiano antunes
Aprendizagem significativa fabiano antunesAprendizagem significativa fabiano antunes
Aprendizagem significativa fabiano antunes
Fabiano Antunes
 

Semelhante a Edu básica 03 (20)

O dilema da Interdisciplinaridade : Algumas questões para quem forma professo...
O dilema da Interdisciplinaridade : Algumas questões para quem forma professo...O dilema da Interdisciplinaridade : Algumas questões para quem forma professo...
O dilema da Interdisciplinaridade : Algumas questões para quem forma professo...
 
Teoria e prática saviani
Teoria e prática savianiTeoria e prática saviani
Teoria e prática saviani
 
Resumo - Material de leitura..pdf
Resumo  - Material de leitura..pdfResumo  - Material de leitura..pdf
Resumo - Material de leitura..pdf
 
Aula 01_Didática e sua trajetória histórica.pptx
Aula 01_Didática e sua trajetória histórica.pptxAula 01_Didática e sua trajetória histórica.pptx
Aula 01_Didática e sua trajetória histórica.pptx
 
Didática e metodologia do ensino religioso
Didática e metodologia do ensino religiosoDidática e metodologia do ensino religioso
Didática e metodologia do ensino religioso
 
Pedagogia da Alternância e seus referenciais teróricos.pptx
Pedagogia da Alternância e seus referenciais teróricos.pptxPedagogia da Alternância e seus referenciais teróricos.pptx
Pedagogia da Alternância e seus referenciais teróricos.pptx
 
Avances de investigación: INVESTIGAÇÃO EDUCATIVA BÁSICA, APLICADA E AVALIATIVA
Avances de investigación: INVESTIGAÇÃO EDUCATIVA BÁSICA, APLICADA E AVALIATIVA Avances de investigación: INVESTIGAÇÃO EDUCATIVA BÁSICA, APLICADA E AVALIATIVA
Avances de investigación: INVESTIGAÇÃO EDUCATIVA BÁSICA, APLICADA E AVALIATIVA
 
Didática
DidáticaDidática
Didática
 
Formação em rede - Complexo Temático
Formação em rede - Complexo TemáticoFormação em rede - Complexo Temático
Formação em rede - Complexo Temático
 
20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb20265 87941-1-pb
20265 87941-1-pb
 
Da Aprendizagem Significativa A Apredizagem Satisfatoria
Da Aprendizagem Significativa A Apredizagem SatisfatoriaDa Aprendizagem Significativa A Apredizagem Satisfatoria
Da Aprendizagem Significativa A Apredizagem Satisfatoria
 
Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...
Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...
Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...
 
Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...
Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...
Da aprendizagem-significativa-a-aprendizagem-satisfatoria-na-educacao-em-cien...
 
Alfabetizacao teoria-pratica
Alfabetizacao teoria-praticaAlfabetizacao teoria-pratica
Alfabetizacao teoria-pratica
 
Slides Pedagogia educação infantil e pptx
Slides Pedagogia educação infantil e pptxSlides Pedagogia educação infantil e pptx
Slides Pedagogia educação infantil e pptx
 
Didática Modular I
Didática Modular I  Didática Modular I
Didática Modular I
 
Didatica
DidaticaDidatica
Didatica
 
Didaticgeoaula2
Didaticgeoaula2Didaticgeoaula2
Didaticgeoaula2
 
Apostila projeto político pedagógico fak
Apostila projeto político pedagógico   fakApostila projeto político pedagógico   fak
Apostila projeto político pedagógico fak
 
Aprendizagem significativa fabiano antunes
Aprendizagem significativa fabiano antunesAprendizagem significativa fabiano antunes
Aprendizagem significativa fabiano antunes
 

Mais de Israel serique

UA 02.pdf
UA 02.pdfUA 02.pdf
UA 02.pdf
Israel serique
 
Políticas públicas - EJA
Políticas públicas - EJAPolíticas públicas - EJA
Políticas públicas - EJA
Israel serique
 
Tendências pedagógicas
Tendências pedagógicasTendências pedagógicas
Tendências pedagógicas
Israel serique
 
Psicogênese da Língua Escrita 2
Psicogênese da Língua Escrita 2Psicogênese da Língua Escrita 2
Psicogênese da Língua Escrita 2
Israel serique
 
Psicogênese da língua escrita 1
Psicogênese da língua escrita  1Psicogênese da língua escrita  1
Psicogênese da língua escrita 1
Israel serique
 
Alfabetização e letramento 04
Alfabetização e letramento 04Alfabetização e letramento 04
Alfabetização e letramento 04
Israel serique
 
Edu básica 01
Edu básica 01Edu básica 01
Edu básica 01
Israel serique
 
Edu básica 02:
Edu básica 02: Edu básica 02:
Edu básica 02:
Israel serique
 
Desenv e linguagem
Desenv e linguagemDesenv e linguagem
Desenv e linguagem
Israel serique
 
Alfabetização e letramento 02
Alfabetização e letramento 02Alfabetização e letramento 02
Alfabetização e letramento 02
Israel serique
 
Alfabetização e letramento 01
Alfabetização e letramento 01Alfabetização e letramento 01
Alfabetização e letramento 01
Israel serique
 
Novas tecnologias cap 3 slide
Novas tecnologias cap 3 slideNovas tecnologias cap 3 slide
Novas tecnologias cap 3 slide
Israel serique
 
Novas tecnologias cap 2 final slide
Novas tecnologias cap 2 final slideNovas tecnologias cap 2 final slide
Novas tecnologias cap 2 final slide
Israel serique
 
Assistivos slide cap 2
Assistivos slide cap 2Assistivos slide cap 2
Assistivos slide cap 2
Israel serique
 
Novas tecnologias slide cap 1
Novas tecnologias slide cap 1Novas tecnologias slide cap 1
Novas tecnologias slide cap 1
Israel serique
 
Aula 04: equipamentos e materiais didáticos
Aula 04: equipamentos e materiais didáticosAula 04: equipamentos e materiais didáticos
Aula 04: equipamentos e materiais didáticos
Israel serique
 
tecnologias assistivas e educação
tecnologias assistivas e educaçãotecnologias assistivas e educação
tecnologias assistivas e educação
Israel serique
 
Aula 03: equipamentos didáticos
Aula 03: equipamentos didáticosAula 03: equipamentos didáticos
Aula 03: equipamentos didáticos
Israel serique
 
Aula 04: ESTATÍSTICA
Aula 04: ESTATÍSTICAAula 04: ESTATÍSTICA
Aula 04: ESTATÍSTICA
Israel serique
 
Aula 03 estatística
Aula 03 estatísticaAula 03 estatística
Aula 03 estatística
Israel serique
 

Mais de Israel serique (20)

UA 02.pdf
UA 02.pdfUA 02.pdf
UA 02.pdf
 
Políticas públicas - EJA
Políticas públicas - EJAPolíticas públicas - EJA
Políticas públicas - EJA
 
Tendências pedagógicas
Tendências pedagógicasTendências pedagógicas
Tendências pedagógicas
 
Psicogênese da Língua Escrita 2
Psicogênese da Língua Escrita 2Psicogênese da Língua Escrita 2
Psicogênese da Língua Escrita 2
 
Psicogênese da língua escrita 1
Psicogênese da língua escrita  1Psicogênese da língua escrita  1
Psicogênese da língua escrita 1
 
Alfabetização e letramento 04
Alfabetização e letramento 04Alfabetização e letramento 04
Alfabetização e letramento 04
 
Edu básica 01
Edu básica 01Edu básica 01
Edu básica 01
 
Edu básica 02:
Edu básica 02: Edu básica 02:
Edu básica 02:
 
Desenv e linguagem
Desenv e linguagemDesenv e linguagem
Desenv e linguagem
 
Alfabetização e letramento 02
Alfabetização e letramento 02Alfabetização e letramento 02
Alfabetização e letramento 02
 
Alfabetização e letramento 01
Alfabetização e letramento 01Alfabetização e letramento 01
Alfabetização e letramento 01
 
Novas tecnologias cap 3 slide
Novas tecnologias cap 3 slideNovas tecnologias cap 3 slide
Novas tecnologias cap 3 slide
 
Novas tecnologias cap 2 final slide
Novas tecnologias cap 2 final slideNovas tecnologias cap 2 final slide
Novas tecnologias cap 2 final slide
 
Assistivos slide cap 2
Assistivos slide cap 2Assistivos slide cap 2
Assistivos slide cap 2
 
Novas tecnologias slide cap 1
Novas tecnologias slide cap 1Novas tecnologias slide cap 1
Novas tecnologias slide cap 1
 
Aula 04: equipamentos e materiais didáticos
Aula 04: equipamentos e materiais didáticosAula 04: equipamentos e materiais didáticos
Aula 04: equipamentos e materiais didáticos
 
tecnologias assistivas e educação
tecnologias assistivas e educaçãotecnologias assistivas e educação
tecnologias assistivas e educação
 
Aula 03: equipamentos didáticos
Aula 03: equipamentos didáticosAula 03: equipamentos didáticos
Aula 03: equipamentos didáticos
 
Aula 04: ESTATÍSTICA
Aula 04: ESTATÍSTICAAula 04: ESTATÍSTICA
Aula 04: ESTATÍSTICA
 
Aula 03 estatística
Aula 03 estatísticaAula 03 estatística
Aula 03 estatística
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 

Edu básica 03

  • 1. Fundamentos da Educação Básica Formação de professores: Pedagogia como ciência da educação
  • 2. O curso de Pedagogia, como curso de formação de professores da Educação Básica se encontra em contradição com a Pedagogia como Ciência da Educação, segundo Pimenta, Franco e Libâneo (2007), pois entende-se por esta Legislação que a Pedagogia tem como base a docência e infelizmente não considera o estudo do fenômeno educativo, em todas as suas dimensões, compreendendo os elementos da ação educativa e sua contextualização: A. O aluno como sujeito do processo de socialização e aprendizagem; B. Os agentes de formação; C. As situações concretas em que ocorrem os processos formativos; D. O contexto socioinstitucional das instituições (LIBÂNEO, 2007). Esta mesma Resolução (BRASIL, 2006) ressalta a docência, prescrevendo o seguinte: Art. 2º As Diretrizes Curriculares para o curso de Pedagogia aplicam-se à formação inicial para o exercício da docência [...] § 1º Compreende-se a docência como ação educativa e processo pedagógico metódico e intencional, construído em relações sociais, étnico-raciais e produtivas, as quais influenciam conceitos, princípios e objetivos da Pedagogia, desenvolvendo-se na articulação entre conhecimentos científicos e culturais, valores éticos e estéticos inerentes a processos de aprendizagem, de socialização e de construção do conhecimento, no âmbito do diálogo entre diferentes visões de mundo (BRASIL, 2006, p. 11). ..LIBÂNEO E A PEDAGOGIA COMO CIÊNCIA.. LIBÂNEO, José Carlos
  • 3. Segundo Franco, Libâneo e Pimenta (2007), o texto da Resolução (BRASIL, 2006) salienta o exercício docente do pedagogo e recusa a articulação entre as dimensões epistemológica, disciplinar e prática da Pedagogia, ou seja, não é missão maior de o pedagogo atender às complexas demandas da educação brasileira. A base de um curso de Pedagogia não pode ser a docência. A base de um curso de pedagogia é o estudo do fenômeno educativo, em sua complexidade, em sua amplitude. Então, podemos dizer: Todo trabalho docente é trabalho pedagógico, mas nem todo trabalho pedagógico é trabalho docente (LIBÂNEO, 2006). A história da Pedagogia desde a Grécia antiga é muito contraditória, pois o conceito de Pedagogia tem dupla referência, como afirma Saviani (2007): a. desenvolvendo, de um lado, a reflexão estreita com a filosofia, finalidade ética que guia o ato educativo b. e de outro lado, experiência e a prática, reforçando a metodologia, a condução da criança.
  • 4. No percurso histórico da Pedagogia ela é tratada: a. Como arte, b. Como metodologia, c. Ciência da arte educativa d. Recentemente a grande ênfase na atuação docente e não no estudo do fenômeno educativo na sua complexidade e amplitude. Esta indefinição de papel tem contribuído para manter a Pedagogia no papel que hoje ainda infelizmente cumpre: práticas educativas conservadoras e descontextualizadas, tanto dos profissionais da educação como do próprio conhecimento científico. Com o intuito de conceber a Pedagogia como ciência da educação, Libâneo (2001, p. 6) a define como “um campo de conhecimentos sobre a problemática educativa na sua totalidade e historicidade e, ao mesmo tempo, uma diretriz orientadora da ação educativa.” A Pedagogia se ocupa do ato educativo; interessa-se pela prática educativa como ação humana e social, que transforma os seres humanos nos seus estados físicos, mentais, espirituais, culturais, dando a configuração a nossa existência humana individual e coletiva. São essas transformações que constituem o objeto de estudo da Pedagogia.
  • 5. A Pedagogia é a ciência que tem a educação como objeto de estudo (LIBÂNEO, 2001). A sociologia, a psicologia, a economia, entre outras, também podem e tem se ocupado com os problemas educativos, abordando-os segundo o referencial teórico construídos por estas ciências. Entretanto, “é a Pedagogia que pode postular o educativo, propriamente dito, e ser ciência integradora dos aportes das demais áreas. Isto não quer dizer, todavia, que ela, por isso, passa ocupar lugar hierarquicamente superior às demais” (LIBÂNEO, 1996, p. 118). A Pedagogia tem uma identidade e tem problemas próprios, tendo como campo de estudos os elementos da ação educativa e sua contextualização.
  • 6. ..SAVIANI E A PEDAGOGIA COMO CIÊNCIA.. Na verdade o conceito de Pedagogia se reporta a uma teoria que se estrutura a partir e em função da prática educativa. A pedagogia, como teoria da educação, busca equacionar, de alguma maneira, o problema da relação educador-educando, de modo geral, ou, no caso específico da escola, a relação professor-aluno, orientando o processo de ensino e aprendizagem (SAVIANI, 2001, p. 102). A Pedagogia é ciência autônoma porque tem uma linguagem própria, tendo consciência de usá-la segundo um método próprio e segundo os próprios fins e por meio dela, gera um corpo de conhecimentos, uma série de experimentações e de técnicas sem o que lhe seria impossível qualquer construção de modelos educativos (GENOVESI, 1999, p. 79-80 apud SAVIANI, 2007, p. 102). SAVIANI, Dermeval
  • 7. ..PIMENTA E A PEDAGOGIA COMO CIÊNCIA.. Pimenta (1996) concorda com Mazzotti quanto à necessidade de determinar um estatuto científico da Pedagogia. Relata, também que nas Ciências Humanas, certamente incluindo a Ciência da Educação, o sujeito e o objeto se inter-relacionam e se constituem um ao outro. Pimenta (1996), esclarece que não existe ciência sem que se saiba o seu campo, seu objeto de estudo. Argumenta ainda que, para a Pedagogia se constituir como ciência, precisa encontrar o seu objeto. Propõe como caminho a explicitação do “irredutível pedagógico”. Explica que o irredutível pedagógico é o aluno. Com isso, o campo da Pedagogia é o ato pedagógico incluindo o aluno, o saber, o professor, a situação institucional, etc. (educação escolar), significando uma mudança radical da fundamentação epistemológica e da prática de investigação na Pedagogia (PIMENTA, 1996). PIMENTA, Selma Garrido
  • 8. ..FRANCO E A PEDAGOGIA COMO CIÊNCIA.. Franco (2008) considera que o objeto de estudo da Pedagogia é a educação e considera que a dimensão educativa, que será o objeto de estudo da Pedagogia, será a práxis educativa, entendida por ela, como realidade pedagógica. A práxis educativa, diz Franco (2008), caracteriza-se pela ação intencional e reflexiva de sua prática. Não tem um lócus definido, podendo ocorrer na família, na empresa, nos meios de comunicação, ou onde houver intencionalidade. A práxis pedagógica “será o exercício do fazer científico da pedagogia sobre a práxis educativa” (FRANCO, 2008, p. 84). Portanto, caberá a Pedagogia ser a ciência que transforma o senso comum pedagógico em atos científicos, perpassados pelos valores educacionais e relevantes na comunidade social. “Seu campo de conhecimentos será formado pela interseção entre os saberes interrogantes das práticas, os saberes dialogantes das intencionalidades da práxis e os saberes que respondem às indagações reflexivas formuladas por essas práxis” (FRANCO, 2008, p. 86). FRANCO, Maria Amélia
  • 9. Com a complexidade do objeto de estudo da Pedagogia é necessário a participação de outras ciências como ciências auxiliares, possibilitando a interdisciplinaridade entre elas. A utilização de conhecimentos, teorias, meios, instrumentos de outras ciências não altera a cientificidade da pedagogia, pois a ótica da análise e da inclusão de outros elementos se fará pela ciência pedagógica.” Anísio apud Franco (2008. p. 28). A Pedagogia para exercer o seu papel social, deve definir-se como uma ciência própria, libertando-se dos pressupostos positivistas e a sua submissão total a epistemologia das ciências auxiliares. É preciso, em última análise, que a Pedagogia e seus educadores a assumam como ciência que não somente reflita e teorize sobre os fenômenos educativos, e sim organize ações estruturais e produzam novas condições de exercer o ato pedagógico, sempre com o intuito da emancipação da sociedade e do indivíduo. O arcabouço teórico existente deve usar outras lentes de leitura sobre a formação de professores e, sobretudo, ao curso de Pedagogia, que atualmente é o encarregado de formar os professores para a Educação Básica. ...CONCLUSÃO...
  • 10. REFERÊNCIAS BRASIL. Resolução CNE/CP 1/2006. Diário Oficial da União, Brasília, 16 de maio de 2006. CHALMERS. A. F. O que é ciência afinal? Editora Brasiliense. 1993. COSTA, Marisa Vorraber .Pesquisa-ação, pesquisa participativa e política cultural da identidade. In: COSTA, Marisa Vorraber (Org.). Caminhos Investigativos II: outros modos de pensar e fazer pesquisa em Educação. 2.ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2007. p.91-115. ENS, R.T., VAZ, F.A.B. Políticas de formação de professores no Brasil: caminhos do curso de Pedagogia. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n.43, p. 143-158, set2011 - ISSN: 1676-2584. Acessado dia 15/02/2012. FRANCO, Maria Amélia. Pedagogia como ciência da educação. São Paulo: Cortez, 2ª Ed. 2008. __________. LIBÂNEO, J.C.; PIMENTA, S. G. Elementos para a formulação de diretrizes curriculares para cursos de pedagogia. Cadernos de Pesquisa, v. 37, n. 130, p. 63-97, jan./abr. 2007 GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 4ª edição. 2009. LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos: inquietações e buscas. Educar. n. 17. ,p. 153-176. Editora da UFPR. Curitiba, 2001. ________. Que destino os educadores darão à Pedagogia? IN: PIMENTA, Selma Garrido (Org.). Pedagogia, ciência da educação?. São Paulo: Cortez. 1996. ________. PARREIRA. Lelis. Pedagogia, como ciência da educação. Cadernos de Pesquisa. Vol. 37, n. 131, São Paulo, mar/Aug. 2007. _______. Diretrizes curriculares da Pedagogia: um adeus à Pedagogia e aos pedagogos? 2006. Disponível em: http://www.ced.ufsc.br/nova/Textos/JoseCarlosLibaneo.htm . Acesso em: 15 fev. 2012. MAZZOTTI, Tarso. Estatuto de cientificidade da Pedagogia IN: PIMENTA, Selma Garrido (Org.). Pedagogia, ciência da educação?. São Paulo: Cortez. 1996. PIMENTA, Selma Garrido [et.al.]. Pedagogia, ciência da educação? São Paulo: Cortez, 1996. SAVIANI, Dermeval. Pedagogia: o espaço da Educação na Universidade. Cadernos de Pesquisa, v. 37. N. 130, p. 99-134, jan./abr. 2007. Resumo do texto: Formação de professores: Pedagogia como ciência da educação Por: Nelci Aparecida Zanette Rovaris Maristela, Rosso Walker Ano: 2012 Postado em: http://www.ucs.br/etc/conferencias/index.php/anpedsul/9anpedsul/paper/view/525/640