SlideShare uma empresa Scribd logo
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
1
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
2
:UNIDADE 2: AS NOVAS TECNOLOGIAS E OS PROCESSOS EDUCATIVOS NA MODALIDADE PRESENCIAL
Olá aluno (a)!!!
Na unidade anterior estudamos sobre a história do desenvolvimento tecnológico e sua relação direta com a capacidade humana de
atribuir utilidade prática as suas produções culturais. Neste estudo objetivamos problematizar a relação existente entre a capacidade de
produção tecnológica do ser humano, suas funções sociais e seu desenvolvimento no transcurso histórico das sociedades.
Nesta segunda unidade daremos continuidade aos nossos estudos, enfocando questões relacionadas a vocação pragmática do
processo educativo e a importância instrumental das novas tecnologias no processo de aquisição do conhecimento e atualização e
aperfeiçoamento do processo educativo.
O objetivo geral deste estudo é descrever e analisar a histórica relação da educação com as novas tecnologias, recorrendo aos atuais
instrumentos tecnológicos como objetos de exame e apontando os seus potenciais usos didáticos em sala de aula.
Este estudo diacrônico é importante para sua formação como Técnico em Multimeios Didáticos, pois lhe possibilitará ter uma
compreensão mais ampla sobre os vários elementos que interferem e auxiliam no processo educativo.
Veja que a educação é um processo histórico que recebe influências de vários fatores e sua atual estruturação, formatos, meios
didáticos, metodologias e elementos acessórios, refletem os vários elementos pertencentes a esta caminhada.
A presença dos multimeios didáticos nos atuais processos e instituições educativas, evidencia o contexto tecnológico no qual se tornou
imprescindível a presença de novas tecnologias no processo ensino-aprendizagem. Sendo assim, veja que este módulo está dividido em seis
subtópicos:
1. A natureza pragmática da educação e as novas tecnologias
2. As novas tecnologias
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
3
3. Computador, notebook, tablet, celular
4. Lousa digital
5. Datashow
Esperamos que estes conteúdos possam conceder a você uma visão mais ampla sobre as possiblidades das novas tecnologias na educação
presencial.
Fique atento às várias oportunidades de aprendizagem, aprofundamento dos conteúdos, reflexões sobre os tópicos desenvolvidos e
oportunidades de avaliação do processo educativo. Os ícones abaixo sempre levarão vocês para novas experiências no maravilhoso mundo do
saber.
Bons estudos!!!
Prof. Dr. Israel Serique dos Santos
Hiperlinks de Texto
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
4
2.1 A NATUREZA PRAGMÁTICA DA EDUCAÇÃO E AS NOVAS TECNOLOGIAS
Olá aluno (a)!!!
Quando falamos sobre a natureza pragmática da educação, estamos nos referindo a forma objetiva e
simples pela qual o processo educacional deve ser desenvolvido, a partir das escolhas metodológicas e
instrumentais que o professor realiza para alcançar seus objetivos didáticos.
Com o grande desenvolvimento das tecnologias, as atividades educativas passaram a ter um leque
considerável de recursos disponíveis ao desenvolvimento e aprimoramento do processo ensino-
aprendizagem. Esta sempre nova realidade trouxe aos educadores o desafio de se distanciarem daquilo que
podemos chamar de “parafernália metodológica”, ou seja, o excessivo uso das novas tecnologias e/ou outros
recursos didáticos em sala de aula, sem que se defina pedagogicamente sua função e importância no
desenvolvimento do ensino.
Em algumas realidades educacionais, é comum certos professores considerarem que o simples uso das novas tecnologias seja a garantia
da completa eficácia no processo educativo. Nada mais distante da realidade!!! Embora se possa considerar que a presença de instrumentos
tecnológicos ajude despertar a curiosidade e o interesse dos alunos; contudo, o processo ensino-aprendizagem é muito mais do que esta
situação específica.
Em qualquer processo educativo, no qual se considere a importância dos princípios pedagógicos de ensino, não pode haver o uso
indiscriminado, aleatório e sem definição de especificidade didática dos equipamentos, materiais e tecnologias. A educação exige do professor
organização, escolha e ações que podem trazer o maior e melhor resultado possível no processo ensino-aprendizagem.
Esta exigência, própria do fazer pedagógico, desafia o educador à reflexão sobre quais seriam as novas tecnologias que melhor poderiam
se adequar aos contextos escolares, conteúdos disciplinares e realidades dos educandos. De complexa e desafiadora resposta, esta situação
pode ser adequadamente ajuizada na medida em que o professor lembre da função pragmática da educação, e tome como princípio para suas
decisões pedagógicas a ideia na qual a objetividade e simplicidade se façam presentes.
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
5
2.2 AS NOVAS TECNOLOGIAS
Desde que o ser humano de distinguiu positivamente da natureza sua relação com o mundo tem
sido caraterizada por uma incansável e constante busca por compreensão, domínio, replicação,
transformação e criação.
Neste processo histórico, as possiblidades de transmissão e preservação do conhecimento foram
fatores importantíssimos para o aprofundamento do conhecimento e desenvolvimento das tecnologias.
Das narrativas sagradas, desenvolvidas pela tradição oral entre as civilizações antigas, passando pelas
artes rupestres, até as novas tecnologias, o ser humano alcançou novas possibilidades de
desenvolvimento cultural e tecnológico, a partir do constante aperfeiçoamento do processo educativo.
Esta constatação evidencia que os processos educativos, o aprofundamento do conhecimento e os
avanços tecnológicos sempre estão correlacionados, em ações de mútuas influências e suportes para
aperfeiçoamento.
https://universoracionalista.org/wp-content/uploads/2014/05/Os-eg%C3%ADpcios-moveram-
pedras-gigantes-para-formar-as-pir%C3%A2mides.jpg
https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/70/Serra_da_Capivara_-
_Several_Paintings_2b.jpg
http://www.projetorcampinas.com.br/wp-content/uploads/2017/07/Projetor-vs-Retroprojetor.png
https://accaopopularlibertaria.files.wordpress.com/2013/01/05-primitivo-01.jpg
0
Arte rupestre: chama-se arte
rupestre as pinturas realizadas
pelos homens nas paredes das
cavernas. Através destes registros,
podemos conhecer como viviam as
antigas sociedades e quais eram as
técnicas e tecnologias
desenvolvidas em seu tempo.
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
6
Atualmente vivemos em tempos nos quais há um acelerado e contínuo desenvolvimento
tecnológico. Considerando o processo constante de pesquisas que é realizado pelas grandes empresas de
tecnologia, até mesmo os mais recentes lançamentos são colocados no mercado com anos de defasagem.
http://portal.mec.gov.br/images/stories/noquadro.gif http://images.quebarato.com.br/T440x/lousa+digital+com+projetor+marica+rj+brasil__5D3A9E_1.jpg
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
7
2.3 COMPUTADOR, NOTEBOOK, TABLET, CELULAR
O atual desenvolvimento tecnológico tem oportunizado a produção de um significativo número
de aparelhos, acessórios, aplicativos etc., os quais abrem janelas para novos conhecimentos e diversas
oportunidades para interação entre as pessoas.
Estes novos recursos, bem presentes no cotidiano dos alunos, podem contribuir significativamente
para o aprimoramento do processo ensino-aprendizagem, na medida em que o professor planeje suas
aulas e defina possíveis objetivos didáticos a serem alcançados no uso destas novas tecnologias. Para
tanto, o professor deve:
a. Entender os significados e utilidades que estas novas tecnologias possuem para os alunos.
b. Buscar uma linha de diálogo que possibilite uma nova configuração conceitual, na qual os alunos
poderão perceber a utilidade e importância das novas tecnologias para o desenvolvimento dos
estudos.
c. Conhecer as novas tecnologias, suas funcionalidades e possíveis aplicações nos processos
educativos.
d. Perceber quais tecnologias são mais adequadas ao processo ensino-aprendizagem e em quais
conteúdos e disciplinas.
e. Elaborar o plano de aula e adequar o uso das novas tecnologias aos objetivos propostos para a
mesma.
Entre as tecnologias mais presentes no cotidiano do aluno, do professor e da comunidade escolar,
temos os computadores pessoais, os notebooks, tablet e celulares. Estes aparelhos, além de possuírem
recursos aplicáveis aos processos de ensino, podem também receber outros programas e aplicativos e
acessar sites e blogs, específicos à matemática, linguagem, química, história, física etc.
Isto quer dizer que as possiblidades pedagógicas das novas tecnologias são várias e que cabe ao
professor a tarefa de fazer os adequados ajustes aos processos educativos.
http://escolhasegura.com.br/wp-content/uploads/2015/01/Tablet-Sony-S.jpg
http://cdn1.expertreviews.co.uk/sites/expertreviews/files/8/93/pc_specialist_invictus_0_0.jpg
http://thumbs.buscape.com.br/__PUr-f821_2.jpg
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
8
Entre estes aparelhos tecnológicos, o celular tem sido visto com muitas reservas pelos pais,
professores, coordenadores pedagógicos e gestores, pois muitos alunos tendem a usá-lo no período das
aulas. O fácil acesso a blogs, sites, redes sociais, aplicativos, jogos etc., contribui para dispersão dos alunos
e o inadequado desenvolvimento do processo de aprendizagem.
Devido esta realidade, algumas instituições têm optado por uma relação de estranhamento e/ou
distanciamento das novas tecnologias nos espaços educativos. Todavia, esta não é a única via possível. O
desenvolvimento de Apps, ou seja, softwares apropriados para celulares, tem possibilitado a abertura de
novas utilidades aos smartphones. Entre estas utilidades temos a vertente educacional.
Apps como: App som animal, ABC do Bita, jogo educativo crianças grátis, matemática fácil, tabuada
de multiplicar, aprender a ler, você consegue? Etc., evidenciam a diversidade de aplicativos, as várias áreas
de aplicação dos mesmos e os seus potenciais usos no processo ensino-aprendizagem.
Estes aplicativos podem ser facilmente baixados nos celulares por meio das lojas virtuais denominadas
de “App Stores”. Muitos destes softwares são gratuitos e outros são pagos. Nos contextos educacionais
cabe ao educador a tarefa de analisar e escolher quais Apps são mais adequados ao seu trabalho
pedagógico.
Por isso, é muito importante que o professor procure saber sobre a cultura tecnológica que seus
alunos trazem para a sala de aula e quais as suas habilidades e competências nesta área. Estes
conhecimentos sempre serão úteis na escolha que o professor fará dos Apps a serem utilizados em sala de
aula ou indicará aos pais como complementação do ensino escolar.
http://bahiaeconomica.com.br/ckfinder/userfiles/images/344492.jpg
http://www.midianews.com.br//storage/webdisco/2015/01/20/88
6x590/04e903253545a88e7732a7b58c05b611.jpg
https://betanews.com/wp-content/uploads/2014/06/Mobile-device-apps.jpg?w=640
http://mdemulher.abril.com.br/familia/9-aplicativos-gratuitos-e-educativos-para-criancas/
https://brasileirinhos.files.wordpress.com/2013/03/picture-81.png
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
9
2.4 LOUSA DIGITAL
A lousa digital é um recurso tecnológico que possibilita a transposição da tela do computador para um
painel interativo, o qual viabiliza uma maior interação entre o professor, os alunos, os conteúdos e
softwares presentes no PC.
Com a imagem projetada no painel e com dispositivos periféricos (caneta, mouse etc.) de auxílio para
realização de tarefas, tanto o professor como o aluno podem acessar todos os recursos disponíveis ao
processo ensino-aprendizagem.
Projetada para ser um espaço interativo, toda a extensão da lousa digital possibilita o mais fácil acesso
às pastas, documentos, programas (Corel Draw, Movie Maker) e aplicativos (Paint, Word, Excel) do PC. De
acordo com a funcionalidade de cada um destes, o professor e o aluno podem digitar, escrever, destacar e
sublinhar textos, desenhar, fazer cálculos, construir gráficos matemáticos e estatísticos, acessar vídeos,
sites, blogs etc.
http://www.malipe.com.br/arquivos/noticias/imagens/29/large/lousadigital.jpg
http://www.gazetadopovo.com.br/ra/mega/Pub/GP/p3/2011/07/23/
VidaCidadania/Imagens/lousa_digital_230711.jpg
https://http2.mlstatic.com/caneta-para-lousa-digital-ebeam-D_NQ_NP_893225-
MLB25390921635_022017-F.jpg
https://assets.logitech.com/assets/65019/3/mouton-boat-
m90-refresh-gallery-image.png
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
10
Entre os vários acessórios que podem ser anexados à lousa digital citamos:
Adequadamente manuseada a partir de objetivos didáticos bem definidos, a lousa digital oportuniza:
a. Maior interação entre o aluno e o conteúdo a ser estudado.
b. Familiaridade dos alunos com o mundo tecnológico no qual eles estão imersos.
c. Potencialização da aprendizagem do aluno.
d. Dinamização do processo ensino-aprendizagem.
e. Análise visual e vivência prática de certos conceitos que não podem ser experienciados apenas nos livros
didáticos.
f. Facilitação e otimização do trabalho que o professor realiza normalmente no quadro de giz.
g. Novos processos de ensino para o mesmo conteúdo a ser estudado.
h. caminhos tecnológicos os quais a criatividade pedagógica do professor pode ser desenvolvida e ampliada.
http://agenciaweber.com.br/arquivos/desenvolvimento/interaget
ec/wp-content/uploads/2015/08/datashow-epson1.jpg
https://www.kabum.com.br/conteudo/layout/318/html5/teclado2.png
http://d24kgseos9bn1o.cloudfront.net/intersolucao/imagens/produtos/original/notebook-positivo-
stilo-xc3550-intel-atom-quad-core-hd-32gb-mem-2gb-tela-lcd-14-windows-10-
23be6d5596537c204bce7327e2a8b9c9.jpg
http://s2.glbimg.com/idnp8ZQdvNoo-
vzNv6E1SO2D5sM=/695x0/s.glbimg.com/po/tt2/f/original/2016/11/18/3-logitech.jpg
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
11
LOUSA DIGITAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL
https://www.youtube.com/watch?v=htuEwwQ0z-I
LOUSA DIGITAL NO ENSINO FUNDAMENTAL
https://www.youtube.com/watch?v=HeCjgmdgOIg
LOUSA DIGITAL NO ENSINO MÉDIO
https://www.youtube.com/watch?v=0MJGThCaeN0
LOUSA DIGITAL: Instalação
https://www.youtube.com/watch?v=R4JazjYHZIk
LOUSA DIGITAL 01
https://www.youtube.com/watch?v=7YNZKNNE8NQ
LOUSA DIGITAL 02
https://www.youtube.com/watch?v=qAvCS7dKKSY
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
12
2.5 DATASHOW
O datashow é um recurso tecnológico de caracterização visual que possibilita a projeção e a ampliação
de fotos, vídeos, slides etc. Podendo ser conectado em computadores, notebook, tablete ....
Entre as características importantes de um Datashow está o lúmem. O lúmem é uma medida
pertinente à óptica e que indica a qualidade da imagem que será projetada. No atual mercado é possível
encontrar datashow com 800 a 3500 lúmens. Quanto mais lúmens tiver um Datashow, melhor será a
qualidade de sua imagem.
Além da qualidade das imagens, os lúmens também indicam os ambientes físicos mais adequados
para o uso do Datashow, ou seja, o projetor com até 2000 lúmens precisa de um local mais escuro para a
projeção e aquele que possui mais de 2000 lúmens pode ser usado em ambientes mais abertos e
iluminados.
Atualmente, computadores, notebooks e projetores, possuem entradas distintas de conexão: VGA e
HDMI. Para cada entrada existe um cabo específico de conexão
http://2.bp.blogspot.com/-
ImKLvU4UTH0/UhJ2JTeYUeI/AAAAAAAAABM/4cH18irszv0/s1600/1273970743_93486105_3-Arriendo-
Proyector-Data-Show-View-Sonic-cTelon-Informatica-1273970743.jpg
http://brasilescola.uol.com.br/upload/conteudo/images/9d694709104e8e549e1243baa1ea7ec7.j
pg
https://img.ibxk.com.br/materias/8160/32763.jpg?w=700&h=393&mode=crop
http://www.karaoketosing.tv/manual/images/hdmi_02.png
https://mediaserver.goepson.com/ImConvServlet/imconv/4dae9fcb09e44c7ebb98a65636
538a35420b2038/96Wx96H?use=productpictures&assetDescr=ep-vp-X36-back-medium
VGA HDMI
MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E
13
Às vezes, pode ocorrer que as entradas de conexão entre o datashow e outros aparelhos sejam diferentes.
Quando isto ocorre, é necessário o uso de adaptadores.
COMO LIGAR UM DATASHOW
https://www.youtube.com/watch?v=9E0DB6-KuRw
https://http2.mlstatic.com/D_Q_NP_199505-MLB25037585120_092016-Q.jpg http://www.grapetec.net/wp-content/uploads/2016/12/adaptador-vga-para-hdmi.png

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Três de Maio - Maria Iraci Cardoso Tuzzin
Três de Maio - Maria Iraci Cardoso TuzzinTrês de Maio - Maria Iraci Cardoso Tuzzin
Três de Maio - Maria Iraci Cardoso Tuzzin
CursoTICs
 
Três de Maio - Terezinha Nilza Zawatski
Três de Maio - Terezinha Nilza ZawatskiTrês de Maio - Terezinha Nilza Zawatski
Três de Maio - Terezinha Nilza Zawatski
CursoTICs
 
Três de Maio - Mercia Maria Vogel
Três de Maio - Mercia Maria VogelTrês de Maio - Mercia Maria Vogel
Três de Maio - Mercia Maria Vogel
CursoTICs
 
Três de Maio - Simone Raquel Frank
Três de Maio - Simone Raquel FrankTrês de Maio - Simone Raquel Frank
Três de Maio - Simone Raquel Frank
CursoTICs
 
Três de Maio - Osmar Sipmann
Três de Maio - Osmar SipmannTrês de Maio - Osmar Sipmann
Três de Maio - Osmar Sipmann
CursoTICs
 
Impacto das tic na formação de educadores brasileiros
Impacto das tic na formação de educadores brasileirosImpacto das tic na formação de educadores brasileiros
Impacto das tic na formação de educadores brasileiros
rositalima
 
slides do projeto
slides do projetoslides do projeto
slides do projeto
beatrizvalandro
 
Agudo - Leonila Nilse Kesseler
Agudo - Leonila Nilse KesselerAgudo - Leonila Nilse Kesseler
Agudo - Leonila Nilse Kesseler
CursoTICs
 
O uso das tecnologias como ferramentas pedagógicas nas aulas de biologia ma...
O uso das tecnologias como ferramentas pedagógicas nas aulas de biologia   ma...O uso das tecnologias como ferramentas pedagógicas nas aulas de biologia   ma...
O uso das tecnologias como ferramentas pedagógicas nas aulas de biologia ma...
bio_fecli
 
2
22
As TIC na prática pedagógica: um diferencial no contexto educacional
As TIC na prática pedagógica: um diferencial no contexto educacionalAs TIC na prática pedagógica: um diferencial no contexto educacional
As TIC na prática pedagógica: um diferencial no contexto educacional
celiafonseca
 
O uso das novas tecnologias da informação no ensino a distância
O uso das novas tecnologias da informação no ensino a distânciaO uso das novas tecnologias da informação no ensino a distância
O uso das novas tecnologias da informação no ensino a distância
tereza230600
 
Marcia rozane b. pipper
Marcia rozane b. pipperMarcia rozane b. pipper
Marcia rozane b. pipper
equipetics
 
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
Mauricio Maulaz
 
Tecnologia E Aprendizagem No Ambiente Escolar
Tecnologia E Aprendizagem No Ambiente EscolarTecnologia E Aprendizagem No Ambiente Escolar
Tecnologia E Aprendizagem No Ambiente Escolar
Leny Cerqueira
 
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Adroaldo Dallabrida
 
DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...
DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...
DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...
hawbertt
 
Apres Sancho
Apres SanchoApres Sancho
Apres Sancho
Egui Branco
 
A tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensino
A tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensinoA tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensino
A tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensino
Alexandre Bento
 
O uso de tecnologias em sala de aula
O uso de tecnologias em sala de aulaO uso de tecnologias em sala de aula
O uso de tecnologias em sala de aula
Nana De Carvalho
 

Mais procurados (20)

Três de Maio - Maria Iraci Cardoso Tuzzin
Três de Maio - Maria Iraci Cardoso TuzzinTrês de Maio - Maria Iraci Cardoso Tuzzin
Três de Maio - Maria Iraci Cardoso Tuzzin
 
Três de Maio - Terezinha Nilza Zawatski
Três de Maio - Terezinha Nilza ZawatskiTrês de Maio - Terezinha Nilza Zawatski
Três de Maio - Terezinha Nilza Zawatski
 
Três de Maio - Mercia Maria Vogel
Três de Maio - Mercia Maria VogelTrês de Maio - Mercia Maria Vogel
Três de Maio - Mercia Maria Vogel
 
Três de Maio - Simone Raquel Frank
Três de Maio - Simone Raquel FrankTrês de Maio - Simone Raquel Frank
Três de Maio - Simone Raquel Frank
 
Três de Maio - Osmar Sipmann
Três de Maio - Osmar SipmannTrês de Maio - Osmar Sipmann
Três de Maio - Osmar Sipmann
 
Impacto das tic na formação de educadores brasileiros
Impacto das tic na formação de educadores brasileirosImpacto das tic na formação de educadores brasileiros
Impacto das tic na formação de educadores brasileiros
 
slides do projeto
slides do projetoslides do projeto
slides do projeto
 
Agudo - Leonila Nilse Kesseler
Agudo - Leonila Nilse KesselerAgudo - Leonila Nilse Kesseler
Agudo - Leonila Nilse Kesseler
 
O uso das tecnologias como ferramentas pedagógicas nas aulas de biologia ma...
O uso das tecnologias como ferramentas pedagógicas nas aulas de biologia   ma...O uso das tecnologias como ferramentas pedagógicas nas aulas de biologia   ma...
O uso das tecnologias como ferramentas pedagógicas nas aulas de biologia ma...
 
2
22
2
 
As TIC na prática pedagógica: um diferencial no contexto educacional
As TIC na prática pedagógica: um diferencial no contexto educacionalAs TIC na prática pedagógica: um diferencial no contexto educacional
As TIC na prática pedagógica: um diferencial no contexto educacional
 
O uso das novas tecnologias da informação no ensino a distância
O uso das novas tecnologias da informação no ensino a distânciaO uso das novas tecnologias da informação no ensino a distância
O uso das novas tecnologias da informação no ensino a distância
 
Marcia rozane b. pipper
Marcia rozane b. pipperMarcia rozane b. pipper
Marcia rozane b. pipper
 
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
As inovações tecnológicas e os sistemas educacionais: os impactos, limites, d...
 
Tecnologia E Aprendizagem No Ambiente Escolar
Tecnologia E Aprendizagem No Ambiente EscolarTecnologia E Aprendizagem No Ambiente Escolar
Tecnologia E Aprendizagem No Ambiente Escolar
 
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
 
DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...
DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...
DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...
 
Apres Sancho
Apres SanchoApres Sancho
Apres Sancho
 
A tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensino
A tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensinoA tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensino
A tecnologia da informação e comunicação aplicada no ensino
 
O uso de tecnologias em sala de aula
O uso de tecnologias em sala de aulaO uso de tecnologias em sala de aula
O uso de tecnologias em sala de aula
 

Semelhante a Novas tecnologias cap 2 final slide

Novas tecnologias slide cap 1
Novas tecnologias slide cap 1Novas tecnologias slide cap 1
Novas tecnologias slide cap 1
Israel serique
 
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Adroaldo Dallabrida
 
As tecnologias no cotidiano escolar possibilidades de __articular o trabalh...
As tecnologias no cotidiano   escolar possibilidades de __articular o trabalh...As tecnologias no cotidiano   escolar possibilidades de __articular o trabalh...
As tecnologias no cotidiano escolar possibilidades de __articular o trabalh...
Mayke Machado
 
Novas tecnologias cap 3 slide
Novas tecnologias cap 3 slideNovas tecnologias cap 3 slide
Novas tecnologias cap 3 slide
Israel serique
 
A corrente pedagógica racional-tecnológica no contexto da cibercultura
A corrente pedagógica racional-tecnológica no contexto da ciberculturaA corrente pedagógica racional-tecnológica no contexto da cibercultura
A corrente pedagógica racional-tecnológica no contexto da cibercultura
shuchufec
 
ARTIGO 2 A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO D...
ARTIGO 2 A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO D...ARTIGO 2 A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO D...
ARTIGO 2 A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO D...
SimoneHelenDrumond
 
4 ARTIGO A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO ...
4 ARTIGO  A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO ...4 ARTIGO  A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO ...
4 ARTIGO A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO ...
SimoneHelenDrumond
 
TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO DE RECURSO...
TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO DE RECURSO...TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO DE RECURSO...
TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO DE RECURSO...
Cassia Duque
 
Análise dos Dados E.E.M. Macário Borba
Análise dos Dados E.E.M. Macário BorbaAnálise dos Dados E.E.M. Macário Borba
Análise dos Dados E.E.M. Macário Borba
jana_ramos
 
Santina todendi
Santina todendiSantina todendi
Santina todendi
equipetics
 
Vantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informáticaVantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informática
umburaconaparede
 
Vantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informáticaVantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informática
umburaconaparede
 
Vantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informáticaVantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informática
umburaconaparede
 
Apresentacao oa campinas_oeste
Apresentacao oa campinas_oesteApresentacao oa campinas_oeste
Apresentacao oa campinas_oeste
tecampinasoeste
 
Apresentacao Oa Campinas Oeste
Apresentacao Oa Campinas OesteApresentacao Oa Campinas Oeste
Apresentacao Oa Campinas Oeste
tecampinasoeste
 
Universidade federal de alagoas
Universidade federal de alagoas Universidade federal de alagoas
Universidade federal de alagoas
Cristovao Santos
 
Eduação, tecnologia e inovação - mitos e possibilidades
Eduação, tecnologia e inovação - mitos e possibilidadesEduação, tecnologia e inovação - mitos e possibilidades
Eduação, tecnologia e inovação - mitos e possibilidades
Nome Sobrenome
 
Slide rp eixo geometria
Slide rp eixo geometriaSlide rp eixo geometria
Slide rp eixo geometria
Luciano Macedo
 
Adriana santos-da-silva
Adriana santos-da-silvaAdriana santos-da-silva
Adriana santos-da-silva
Gelsia Vítor
 
Apropriaçãoo das tecnologias um fenomeno em espiral
Apropriaçãoo das tecnologias  um fenomeno em espiralApropriaçãoo das tecnologias  um fenomeno em espiral
Apropriaçãoo das tecnologias um fenomeno em espiral
Deusirene Magalhaes de Araujo
 

Semelhante a Novas tecnologias cap 2 final slide (20)

Novas tecnologias slide cap 1
Novas tecnologias slide cap 1Novas tecnologias slide cap 1
Novas tecnologias slide cap 1
 
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
Uso pedagogico do excel novos paradigmas para novos tempos versão final para ...
 
As tecnologias no cotidiano escolar possibilidades de __articular o trabalh...
As tecnologias no cotidiano   escolar possibilidades de __articular o trabalh...As tecnologias no cotidiano   escolar possibilidades de __articular o trabalh...
As tecnologias no cotidiano escolar possibilidades de __articular o trabalh...
 
Novas tecnologias cap 3 slide
Novas tecnologias cap 3 slideNovas tecnologias cap 3 slide
Novas tecnologias cap 3 slide
 
A corrente pedagógica racional-tecnológica no contexto da cibercultura
A corrente pedagógica racional-tecnológica no contexto da ciberculturaA corrente pedagógica racional-tecnológica no contexto da cibercultura
A corrente pedagógica racional-tecnológica no contexto da cibercultura
 
ARTIGO 2 A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO D...
ARTIGO 2 A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO D...ARTIGO 2 A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO D...
ARTIGO 2 A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO D...
 
4 ARTIGO A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO ...
4 ARTIGO  A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO ...4 ARTIGO  A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO ...
4 ARTIGO A TECNOLOGIA EDUCACIONAL UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO ...
 
TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO DE RECURSO...
TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO DE RECURSO...TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO DE RECURSO...
TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS UM CONCEITO QUE DIZ RESPEITO À UTILIZAÇÃO DE RECURSO...
 
Análise dos Dados E.E.M. Macário Borba
Análise dos Dados E.E.M. Macário BorbaAnálise dos Dados E.E.M. Macário Borba
Análise dos Dados E.E.M. Macário Borba
 
Santina todendi
Santina todendiSantina todendi
Santina todendi
 
Vantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informáticaVantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informática
 
Vantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informáticaVantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informática
 
Vantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informáticaVantagens e desvantagens do uso da informática
Vantagens e desvantagens do uso da informática
 
Apresentacao oa campinas_oeste
Apresentacao oa campinas_oesteApresentacao oa campinas_oeste
Apresentacao oa campinas_oeste
 
Apresentacao Oa Campinas Oeste
Apresentacao Oa Campinas OesteApresentacao Oa Campinas Oeste
Apresentacao Oa Campinas Oeste
 
Universidade federal de alagoas
Universidade federal de alagoas Universidade federal de alagoas
Universidade federal de alagoas
 
Eduação, tecnologia e inovação - mitos e possibilidades
Eduação, tecnologia e inovação - mitos e possibilidadesEduação, tecnologia e inovação - mitos e possibilidades
Eduação, tecnologia e inovação - mitos e possibilidades
 
Slide rp eixo geometria
Slide rp eixo geometriaSlide rp eixo geometria
Slide rp eixo geometria
 
Adriana santos-da-silva
Adriana santos-da-silvaAdriana santos-da-silva
Adriana santos-da-silva
 
Apropriaçãoo das tecnologias um fenomeno em espiral
Apropriaçãoo das tecnologias  um fenomeno em espiralApropriaçãoo das tecnologias  um fenomeno em espiral
Apropriaçãoo das tecnologias um fenomeno em espiral
 

Mais de Israel serique

UA 02.pdf
UA 02.pdfUA 02.pdf
UA 02.pdf
Israel serique
 
Políticas públicas - EJA
Políticas públicas - EJAPolíticas públicas - EJA
Políticas públicas - EJA
Israel serique
 
Tendências pedagógicas
Tendências pedagógicasTendências pedagógicas
Tendências pedagógicas
Israel serique
 
Psicogênese da Língua Escrita 2
Psicogênese da Língua Escrita 2Psicogênese da Língua Escrita 2
Psicogênese da Língua Escrita 2
Israel serique
 
Psicogênese da língua escrita 1
Psicogênese da língua escrita  1Psicogênese da língua escrita  1
Psicogênese da língua escrita 1
Israel serique
 
Alfabetização e letramento 04
Alfabetização e letramento 04Alfabetização e letramento 04
Alfabetização e letramento 04
Israel serique
 
Edu básica 04
Edu básica 04Edu básica 04
Edu básica 04
Israel serique
 
Edu básica 03
Edu básica 03Edu básica 03
Edu básica 03
Israel serique
 
Edu básica 01
Edu básica 01Edu básica 01
Edu básica 01
Israel serique
 
Edu básica 02:
Edu básica 02: Edu básica 02:
Edu básica 02:
Israel serique
 
Desenv e linguagem
Desenv e linguagemDesenv e linguagem
Desenv e linguagem
Israel serique
 
Alfabetização e letramento 02
Alfabetização e letramento 02Alfabetização e letramento 02
Alfabetização e letramento 02
Israel serique
 
Alfabetização e letramento 01
Alfabetização e letramento 01Alfabetização e letramento 01
Alfabetização e letramento 01
Israel serique
 
Assistivos slide cap 2
Assistivos slide cap 2Assistivos slide cap 2
Assistivos slide cap 2
Israel serique
 
Aula 04: equipamentos e materiais didáticos
Aula 04: equipamentos e materiais didáticosAula 04: equipamentos e materiais didáticos
Aula 04: equipamentos e materiais didáticos
Israel serique
 
tecnologias assistivas e educação
tecnologias assistivas e educaçãotecnologias assistivas e educação
tecnologias assistivas e educação
Israel serique
 
Aula 03: equipamentos didáticos
Aula 03: equipamentos didáticosAula 03: equipamentos didáticos
Aula 03: equipamentos didáticos
Israel serique
 
Aula 04: ESTATÍSTICA
Aula 04: ESTATÍSTICAAula 04: ESTATÍSTICA
Aula 04: ESTATÍSTICA
Israel serique
 
Aula 03 estatística
Aula 03 estatísticaAula 03 estatística
Aula 03 estatística
Israel serique
 
Aula 02 equipamentos
Aula 02 equipamentosAula 02 equipamentos
Aula 02 equipamentos
Israel serique
 

Mais de Israel serique (20)

UA 02.pdf
UA 02.pdfUA 02.pdf
UA 02.pdf
 
Políticas públicas - EJA
Políticas públicas - EJAPolíticas públicas - EJA
Políticas públicas - EJA
 
Tendências pedagógicas
Tendências pedagógicasTendências pedagógicas
Tendências pedagógicas
 
Psicogênese da Língua Escrita 2
Psicogênese da Língua Escrita 2Psicogênese da Língua Escrita 2
Psicogênese da Língua Escrita 2
 
Psicogênese da língua escrita 1
Psicogênese da língua escrita  1Psicogênese da língua escrita  1
Psicogênese da língua escrita 1
 
Alfabetização e letramento 04
Alfabetização e letramento 04Alfabetização e letramento 04
Alfabetização e letramento 04
 
Edu básica 04
Edu básica 04Edu básica 04
Edu básica 04
 
Edu básica 03
Edu básica 03Edu básica 03
Edu básica 03
 
Edu básica 01
Edu básica 01Edu básica 01
Edu básica 01
 
Edu básica 02:
Edu básica 02: Edu básica 02:
Edu básica 02:
 
Desenv e linguagem
Desenv e linguagemDesenv e linguagem
Desenv e linguagem
 
Alfabetização e letramento 02
Alfabetização e letramento 02Alfabetização e letramento 02
Alfabetização e letramento 02
 
Alfabetização e letramento 01
Alfabetização e letramento 01Alfabetização e letramento 01
Alfabetização e letramento 01
 
Assistivos slide cap 2
Assistivos slide cap 2Assistivos slide cap 2
Assistivos slide cap 2
 
Aula 04: equipamentos e materiais didáticos
Aula 04: equipamentos e materiais didáticosAula 04: equipamentos e materiais didáticos
Aula 04: equipamentos e materiais didáticos
 
tecnologias assistivas e educação
tecnologias assistivas e educaçãotecnologias assistivas e educação
tecnologias assistivas e educação
 
Aula 03: equipamentos didáticos
Aula 03: equipamentos didáticosAula 03: equipamentos didáticos
Aula 03: equipamentos didáticos
 
Aula 04: ESTATÍSTICA
Aula 04: ESTATÍSTICAAula 04: ESTATÍSTICA
Aula 04: ESTATÍSTICA
 
Aula 03 estatística
Aula 03 estatísticaAula 03 estatística
Aula 03 estatística
 
Aula 02 equipamentos
Aula 02 equipamentosAula 02 equipamentos
Aula 02 equipamentos
 

Último

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 

Último (20)

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 

Novas tecnologias cap 2 final slide

  • 2. MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E 2 :UNIDADE 2: AS NOVAS TECNOLOGIAS E OS PROCESSOS EDUCATIVOS NA MODALIDADE PRESENCIAL Olá aluno (a)!!! Na unidade anterior estudamos sobre a história do desenvolvimento tecnológico e sua relação direta com a capacidade humana de atribuir utilidade prática as suas produções culturais. Neste estudo objetivamos problematizar a relação existente entre a capacidade de produção tecnológica do ser humano, suas funções sociais e seu desenvolvimento no transcurso histórico das sociedades. Nesta segunda unidade daremos continuidade aos nossos estudos, enfocando questões relacionadas a vocação pragmática do processo educativo e a importância instrumental das novas tecnologias no processo de aquisição do conhecimento e atualização e aperfeiçoamento do processo educativo. O objetivo geral deste estudo é descrever e analisar a histórica relação da educação com as novas tecnologias, recorrendo aos atuais instrumentos tecnológicos como objetos de exame e apontando os seus potenciais usos didáticos em sala de aula. Este estudo diacrônico é importante para sua formação como Técnico em Multimeios Didáticos, pois lhe possibilitará ter uma compreensão mais ampla sobre os vários elementos que interferem e auxiliam no processo educativo. Veja que a educação é um processo histórico que recebe influências de vários fatores e sua atual estruturação, formatos, meios didáticos, metodologias e elementos acessórios, refletem os vários elementos pertencentes a esta caminhada. A presença dos multimeios didáticos nos atuais processos e instituições educativas, evidencia o contexto tecnológico no qual se tornou imprescindível a presença de novas tecnologias no processo ensino-aprendizagem. Sendo assim, veja que este módulo está dividido em seis subtópicos: 1. A natureza pragmática da educação e as novas tecnologias 2. As novas tecnologias
  • 3. MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E 3 3. Computador, notebook, tablet, celular 4. Lousa digital 5. Datashow Esperamos que estes conteúdos possam conceder a você uma visão mais ampla sobre as possiblidades das novas tecnologias na educação presencial. Fique atento às várias oportunidades de aprendizagem, aprofundamento dos conteúdos, reflexões sobre os tópicos desenvolvidos e oportunidades de avaliação do processo educativo. Os ícones abaixo sempre levarão vocês para novas experiências no maravilhoso mundo do saber. Bons estudos!!! Prof. Dr. Israel Serique dos Santos Hiperlinks de Texto
  • 4. MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E 4 2.1 A NATUREZA PRAGMÁTICA DA EDUCAÇÃO E AS NOVAS TECNOLOGIAS Olá aluno (a)!!! Quando falamos sobre a natureza pragmática da educação, estamos nos referindo a forma objetiva e simples pela qual o processo educacional deve ser desenvolvido, a partir das escolhas metodológicas e instrumentais que o professor realiza para alcançar seus objetivos didáticos. Com o grande desenvolvimento das tecnologias, as atividades educativas passaram a ter um leque considerável de recursos disponíveis ao desenvolvimento e aprimoramento do processo ensino- aprendizagem. Esta sempre nova realidade trouxe aos educadores o desafio de se distanciarem daquilo que podemos chamar de “parafernália metodológica”, ou seja, o excessivo uso das novas tecnologias e/ou outros recursos didáticos em sala de aula, sem que se defina pedagogicamente sua função e importância no desenvolvimento do ensino. Em algumas realidades educacionais, é comum certos professores considerarem que o simples uso das novas tecnologias seja a garantia da completa eficácia no processo educativo. Nada mais distante da realidade!!! Embora se possa considerar que a presença de instrumentos tecnológicos ajude despertar a curiosidade e o interesse dos alunos; contudo, o processo ensino-aprendizagem é muito mais do que esta situação específica. Em qualquer processo educativo, no qual se considere a importância dos princípios pedagógicos de ensino, não pode haver o uso indiscriminado, aleatório e sem definição de especificidade didática dos equipamentos, materiais e tecnologias. A educação exige do professor organização, escolha e ações que podem trazer o maior e melhor resultado possível no processo ensino-aprendizagem. Esta exigência, própria do fazer pedagógico, desafia o educador à reflexão sobre quais seriam as novas tecnologias que melhor poderiam se adequar aos contextos escolares, conteúdos disciplinares e realidades dos educandos. De complexa e desafiadora resposta, esta situação pode ser adequadamente ajuizada na medida em que o professor lembre da função pragmática da educação, e tome como princípio para suas decisões pedagógicas a ideia na qual a objetividade e simplicidade se façam presentes.
  • 5. MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E 5 2.2 AS NOVAS TECNOLOGIAS Desde que o ser humano de distinguiu positivamente da natureza sua relação com o mundo tem sido caraterizada por uma incansável e constante busca por compreensão, domínio, replicação, transformação e criação. Neste processo histórico, as possiblidades de transmissão e preservação do conhecimento foram fatores importantíssimos para o aprofundamento do conhecimento e desenvolvimento das tecnologias. Das narrativas sagradas, desenvolvidas pela tradição oral entre as civilizações antigas, passando pelas artes rupestres, até as novas tecnologias, o ser humano alcançou novas possibilidades de desenvolvimento cultural e tecnológico, a partir do constante aperfeiçoamento do processo educativo. Esta constatação evidencia que os processos educativos, o aprofundamento do conhecimento e os avanços tecnológicos sempre estão correlacionados, em ações de mútuas influências e suportes para aperfeiçoamento. https://universoracionalista.org/wp-content/uploads/2014/05/Os-eg%C3%ADpcios-moveram- pedras-gigantes-para-formar-as-pir%C3%A2mides.jpg https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/70/Serra_da_Capivara_- _Several_Paintings_2b.jpg http://www.projetorcampinas.com.br/wp-content/uploads/2017/07/Projetor-vs-Retroprojetor.png https://accaopopularlibertaria.files.wordpress.com/2013/01/05-primitivo-01.jpg 0 Arte rupestre: chama-se arte rupestre as pinturas realizadas pelos homens nas paredes das cavernas. Através destes registros, podemos conhecer como viviam as antigas sociedades e quais eram as técnicas e tecnologias desenvolvidas em seu tempo.
  • 6. MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E 6 Atualmente vivemos em tempos nos quais há um acelerado e contínuo desenvolvimento tecnológico. Considerando o processo constante de pesquisas que é realizado pelas grandes empresas de tecnologia, até mesmo os mais recentes lançamentos são colocados no mercado com anos de defasagem. http://portal.mec.gov.br/images/stories/noquadro.gif http://images.quebarato.com.br/T440x/lousa+digital+com+projetor+marica+rj+brasil__5D3A9E_1.jpg
  • 7. MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E 7 2.3 COMPUTADOR, NOTEBOOK, TABLET, CELULAR O atual desenvolvimento tecnológico tem oportunizado a produção de um significativo número de aparelhos, acessórios, aplicativos etc., os quais abrem janelas para novos conhecimentos e diversas oportunidades para interação entre as pessoas. Estes novos recursos, bem presentes no cotidiano dos alunos, podem contribuir significativamente para o aprimoramento do processo ensino-aprendizagem, na medida em que o professor planeje suas aulas e defina possíveis objetivos didáticos a serem alcançados no uso destas novas tecnologias. Para tanto, o professor deve: a. Entender os significados e utilidades que estas novas tecnologias possuem para os alunos. b. Buscar uma linha de diálogo que possibilite uma nova configuração conceitual, na qual os alunos poderão perceber a utilidade e importância das novas tecnologias para o desenvolvimento dos estudos. c. Conhecer as novas tecnologias, suas funcionalidades e possíveis aplicações nos processos educativos. d. Perceber quais tecnologias são mais adequadas ao processo ensino-aprendizagem e em quais conteúdos e disciplinas. e. Elaborar o plano de aula e adequar o uso das novas tecnologias aos objetivos propostos para a mesma. Entre as tecnologias mais presentes no cotidiano do aluno, do professor e da comunidade escolar, temos os computadores pessoais, os notebooks, tablet e celulares. Estes aparelhos, além de possuírem recursos aplicáveis aos processos de ensino, podem também receber outros programas e aplicativos e acessar sites e blogs, específicos à matemática, linguagem, química, história, física etc. Isto quer dizer que as possiblidades pedagógicas das novas tecnologias são várias e que cabe ao professor a tarefa de fazer os adequados ajustes aos processos educativos. http://escolhasegura.com.br/wp-content/uploads/2015/01/Tablet-Sony-S.jpg http://cdn1.expertreviews.co.uk/sites/expertreviews/files/8/93/pc_specialist_invictus_0_0.jpg http://thumbs.buscape.com.br/__PUr-f821_2.jpg
  • 8. MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E 8 Entre estes aparelhos tecnológicos, o celular tem sido visto com muitas reservas pelos pais, professores, coordenadores pedagógicos e gestores, pois muitos alunos tendem a usá-lo no período das aulas. O fácil acesso a blogs, sites, redes sociais, aplicativos, jogos etc., contribui para dispersão dos alunos e o inadequado desenvolvimento do processo de aprendizagem. Devido esta realidade, algumas instituições têm optado por uma relação de estranhamento e/ou distanciamento das novas tecnologias nos espaços educativos. Todavia, esta não é a única via possível. O desenvolvimento de Apps, ou seja, softwares apropriados para celulares, tem possibilitado a abertura de novas utilidades aos smartphones. Entre estas utilidades temos a vertente educacional. Apps como: App som animal, ABC do Bita, jogo educativo crianças grátis, matemática fácil, tabuada de multiplicar, aprender a ler, você consegue? Etc., evidenciam a diversidade de aplicativos, as várias áreas de aplicação dos mesmos e os seus potenciais usos no processo ensino-aprendizagem. Estes aplicativos podem ser facilmente baixados nos celulares por meio das lojas virtuais denominadas de “App Stores”. Muitos destes softwares são gratuitos e outros são pagos. Nos contextos educacionais cabe ao educador a tarefa de analisar e escolher quais Apps são mais adequados ao seu trabalho pedagógico. Por isso, é muito importante que o professor procure saber sobre a cultura tecnológica que seus alunos trazem para a sala de aula e quais as suas habilidades e competências nesta área. Estes conhecimentos sempre serão úteis na escolha que o professor fará dos Apps a serem utilizados em sala de aula ou indicará aos pais como complementação do ensino escolar. http://bahiaeconomica.com.br/ckfinder/userfiles/images/344492.jpg http://www.midianews.com.br//storage/webdisco/2015/01/20/88 6x590/04e903253545a88e7732a7b58c05b611.jpg https://betanews.com/wp-content/uploads/2014/06/Mobile-device-apps.jpg?w=640 http://mdemulher.abril.com.br/familia/9-aplicativos-gratuitos-e-educativos-para-criancas/ https://brasileirinhos.files.wordpress.com/2013/03/picture-81.png
  • 9. MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E 9 2.4 LOUSA DIGITAL A lousa digital é um recurso tecnológico que possibilita a transposição da tela do computador para um painel interativo, o qual viabiliza uma maior interação entre o professor, os alunos, os conteúdos e softwares presentes no PC. Com a imagem projetada no painel e com dispositivos periféricos (caneta, mouse etc.) de auxílio para realização de tarefas, tanto o professor como o aluno podem acessar todos os recursos disponíveis ao processo ensino-aprendizagem. Projetada para ser um espaço interativo, toda a extensão da lousa digital possibilita o mais fácil acesso às pastas, documentos, programas (Corel Draw, Movie Maker) e aplicativos (Paint, Word, Excel) do PC. De acordo com a funcionalidade de cada um destes, o professor e o aluno podem digitar, escrever, destacar e sublinhar textos, desenhar, fazer cálculos, construir gráficos matemáticos e estatísticos, acessar vídeos, sites, blogs etc. http://www.malipe.com.br/arquivos/noticias/imagens/29/large/lousadigital.jpg http://www.gazetadopovo.com.br/ra/mega/Pub/GP/p3/2011/07/23/ VidaCidadania/Imagens/lousa_digital_230711.jpg https://http2.mlstatic.com/caneta-para-lousa-digital-ebeam-D_NQ_NP_893225- MLB25390921635_022017-F.jpg https://assets.logitech.com/assets/65019/3/mouton-boat- m90-refresh-gallery-image.png
  • 10. MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E 10 Entre os vários acessórios que podem ser anexados à lousa digital citamos: Adequadamente manuseada a partir de objetivos didáticos bem definidos, a lousa digital oportuniza: a. Maior interação entre o aluno e o conteúdo a ser estudado. b. Familiaridade dos alunos com o mundo tecnológico no qual eles estão imersos. c. Potencialização da aprendizagem do aluno. d. Dinamização do processo ensino-aprendizagem. e. Análise visual e vivência prática de certos conceitos que não podem ser experienciados apenas nos livros didáticos. f. Facilitação e otimização do trabalho que o professor realiza normalmente no quadro de giz. g. Novos processos de ensino para o mesmo conteúdo a ser estudado. h. caminhos tecnológicos os quais a criatividade pedagógica do professor pode ser desenvolvida e ampliada. http://agenciaweber.com.br/arquivos/desenvolvimento/interaget ec/wp-content/uploads/2015/08/datashow-epson1.jpg https://www.kabum.com.br/conteudo/layout/318/html5/teclado2.png http://d24kgseos9bn1o.cloudfront.net/intersolucao/imagens/produtos/original/notebook-positivo- stilo-xc3550-intel-atom-quad-core-hd-32gb-mem-2gb-tela-lcd-14-windows-10- 23be6d5596537c204bce7327e2a8b9c9.jpg http://s2.glbimg.com/idnp8ZQdvNoo- vzNv6E1SO2D5sM=/695x0/s.glbimg.com/po/tt2/f/original/2016/11/18/3-logitech.jpg
  • 11. MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E 11 LOUSA DIGITAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL https://www.youtube.com/watch?v=htuEwwQ0z-I LOUSA DIGITAL NO ENSINO FUNDAMENTAL https://www.youtube.com/watch?v=HeCjgmdgOIg LOUSA DIGITAL NO ENSINO MÉDIO https://www.youtube.com/watch?v=0MJGThCaeN0 LOUSA DIGITAL: Instalação https://www.youtube.com/watch?v=R4JazjYHZIk LOUSA DIGITAL 01 https://www.youtube.com/watch?v=7YNZKNNE8NQ LOUSA DIGITAL 02 https://www.youtube.com/watch?v=qAvCS7dKKSY
  • 12. MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E 12 2.5 DATASHOW O datashow é um recurso tecnológico de caracterização visual que possibilita a projeção e a ampliação de fotos, vídeos, slides etc. Podendo ser conectado em computadores, notebook, tablete .... Entre as características importantes de um Datashow está o lúmem. O lúmem é uma medida pertinente à óptica e que indica a qualidade da imagem que será projetada. No atual mercado é possível encontrar datashow com 800 a 3500 lúmens. Quanto mais lúmens tiver um Datashow, melhor será a qualidade de sua imagem. Além da qualidade das imagens, os lúmens também indicam os ambientes físicos mais adequados para o uso do Datashow, ou seja, o projetor com até 2000 lúmens precisa de um local mais escuro para a projeção e aquele que possui mais de 2000 lúmens pode ser usado em ambientes mais abertos e iluminados. Atualmente, computadores, notebooks e projetores, possuem entradas distintas de conexão: VGA e HDMI. Para cada entrada existe um cabo específico de conexão http://2.bp.blogspot.com/- ImKLvU4UTH0/UhJ2JTeYUeI/AAAAAAAAABM/4cH18irszv0/s1600/1273970743_93486105_3-Arriendo- Proyector-Data-Show-View-Sonic-cTelon-Informatica-1273970743.jpg http://brasilescola.uol.com.br/upload/conteudo/images/9d694709104e8e549e1243baa1ea7ec7.j pg https://img.ibxk.com.br/materias/8160/32763.jpg?w=700&h=393&mode=crop http://www.karaoketosing.tv/manual/images/hdmi_02.png https://mediaserver.goepson.com/ImConvServlet/imconv/4dae9fcb09e44c7ebb98a65636 538a35420b2038/96Wx96H?use=productpictures&assetDescr=ep-vp-X36-back-medium VGA HDMI
  • 13. MULTIMEIOS DIDÁTICOS TECNOLOGIAS ASSISTIVAS E 13 Às vezes, pode ocorrer que as entradas de conexão entre o datashow e outros aparelhos sejam diferentes. Quando isto ocorre, é necessário o uso de adaptadores. COMO LIGAR UM DATASHOW https://www.youtube.com/watch?v=9E0DB6-KuRw https://http2.mlstatic.com/D_Q_NP_199505-MLB25037585120_092016-Q.jpg http://www.grapetec.net/wp-content/uploads/2016/12/adaptador-vga-para-hdmi.png